SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
Baixar para ler offline
A Expansão Dentro do Projeto CIBI
Brasil 2020
Igreja Batista Independente
Em Guaraniaçu-Pr.
Avenida Ivan Ferreira do Amaral nº 104 - Centro
Pastor: Nelson Castro e Souza
Miss. Eliane Siqueira Cristino Souza
(45) 9973-7630 e 9973-8577
1
UMA IGREJA NA
VISÃO BÍBLICA.Mateus 28:19
2
Apresentação
PREPARANDO LÍDERES PARA A GRANDE COLHEITA
“Você jamais se tornará um líder servo".
Até que se torne primeiro, servo do líder.
Vivemos num tempo desafiador e empolgante, quando o Espírito de Deus
“soprado” fortemente sobre a igreja, causando despertamento, descobertas, redescobertas,
questionamentos, insatisfação, busca, reflexão, ação e mudanças, não havendo mais espaços para
igrejas estruturadas em programas e eventos. Daí ressurge a igreja neotestamentária, o “corpo
vivo de Cristo”, onde todas as partes (membros) são importantes e necessários para sua
edificação e crescimento.
Com certeza a igreja bíblica, que tem tomado lugar na agenda da igreja no
momento, é resultado deste “agir” do Espírito de Deus. Essa visão propõe a necessidade de
capacitação urgente dos membros da Igreja, tornando-os, em primeiro lugar, discípulos e aí,
então, líderes servos, como Jesus. Líderes capazes de ganhar, consolidar, treinar e enviar outros
para fazerem o mesmo. Por isto, é certo o ditado: a Escola de Líderes é o coração da igreja,
para termos discípulos saudáveis e frutíferos, necessitamos de líderes saudáveis e frutíferos.
A escola de líderes se propõe, de forma pratica, criativa e ungida, treinar esses
lideres para a igreja. Igreja que se espalhará por todos os lugares (casas, praças, escola e espaços
outros), buscando assim, o cumprimento da missão que Ele nos confiou como igreja (Mateus
28:19 e 20).
Este material foi preparado para que a igreja possa formar lideres aptos para
colocar em pratica esta ordem de Jesus, lideres curados e frutíferos, e que assumam sem nenhum
receio, a posição de servo, a ponto de dizerem a seus liderados “sede meus imitadores como eu
sou de Cristo”.
Recomendo este manual para pastores e igreja, na certeza da grande benção que
ele produzirá.
Bom proveito. Boa Colheita.
3
Orientação sobre a escola de lideres
Treinar lideres é um dos maiores benefícios que podemos trazer para a igreja. Temos o
exemplo de Moisés em êxodo 18, que enfrentou problemas ao centralizar a liderança em uma só
pessoa. Assim distribuiu suas tarefas para indivíduos capazes, que supervisionariam grupos de
dez, cinqüenta, cem e mil pessoas (Êxodo 18:21). Desta forma, Moisés poderia desempenhar sua
liderança com mais eficiência, levando o povo à “saber o caminho em que deveriam andar e a
obra que deveriam fazer” (Êxodo 18:20) “. A escola de lideres faz parte da visão dos cinco
ministérios dada por Jesus em (Efesios 4:11). Existem” com vistas ao aperfeiçoamento dos santos
para o desempenho de seu serviço (efesios 4:12). O treinamento dos membros parte do principio
de que todo crente pode ser um líder, sendo que sua capacidade e responsabilidades podem variar
de acordo com os talentos que recebeu. Seu objetivo maior é formar o caráter do líder, trata-lo e
tirar o seu melhor. Ele pretende restaurar o zelo pela palavra de Deus. Na escola de lideres a vida
e o ministério são trabalhados.
O ensino deve ser um espaço para as pessoas se realizem, e se tornarem sujeitas do
próprio conhecimento. Na escola de lideres, as pessoas precisam ter oportunidades para usarem
seus talentos e desenvolverem suas capacidades. Isto significa sair da função de “esquentador de
banco na igreja” e assumir as responsabilidades da vida cristã, sendo um crente ativo. Como por
exemplo, cada membro deve ter oportunidade de desenvolver sua função e seu Dom: “quando
vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua e ainda
outro interpretação”. (1O
Cor. 14:26). Isto num ambiente de amor e apoio, propício para gerar
novos lideres. Alem de terem espaço para atuar, as pessoas precisam ter a certeza de que foram
bem preparadas para ministrar escola de lideres.
Dois são os eixos condutores da escola de lideres: caráter e unção. Deus tem nos dado
talentos para que possamos administra-los com caráter e unção, produzindo assim muitos frutos.
Objetivo geral
“Treinar e orientar os crentes na teoria e pratica, capacitando-os a serem lideres maduros e
cheios do Espírito Santos”. (Ricardo Bucard).
Objetivo específico da escola de lideres
• Trabalhar o caráter do aluno e desenvolver seu ministério individual.
• Equipar os santos para desempenho do ministério.
• Transformar membros em discípulos frutíferos.
• Desenvolver a capacidade de liderança.
• Descobrir lideres com potencial para liderar pessoas e para o envolvimento nas
diferentes esferas da igreja.
• “Gerar segurança na igreja como um todo, afim de que seus discipuladores possuam
qualificação necessárias para acompanhamento no discipulado individual”.
“Ao final do treinamento o líder deverá estar suficientemente treinado, consciente de seus
dons, compartilhando do conhecimento, submetendo-se a ele e produzindo frutos”.
4
O processo de preparação dura mais ou menos nove meses há um perigo de se reduzir o
tempo da escola, pois para trabalhar o caráter é preciso que se gaste tempo e dedicação, apesar
desta formação ser um processo continuo na vida de todo o crente. Terminado esse período, a
pessoa está geralmente pronta para gerar frutos.
Esse treinamento deve ser usado com inteligência e discernimento. O ensino não pode sair
da igreja, pois ele faz parte da grande comissão. Precisamos adequar o nosso treinamento à nossa
realidade.
Durante a escola de líderes, o aluno deve estar orando por três pessoas e, até o termino, ou
logo após, iniciar seu grupo familiar. A escola de líderes não forma pastores, e, sim, líderes de
grupos familiares.
Currículo
O treinamento para desenvolver líderes deve ter em vista que o líder é treinado para:
(pregar), consolidar, (pastorear), treinar, (preparar), enviar para fazer discípulos e formar
outros líderes. Esses quatro níveis já existem em várias igrejas, muitas vezes com outros nomes,
mas o conceito é o mesmo. Todas as aulas, exercícios e relacionamentos têm por objetivo
desenvolver estas quatro habilidades, que devem estar sempre à vista, como um alvo constante.
O conteúdo deste módulo1 se baseia no estudo da estratégia da igreja formada por grupos
familiares e nas doutrinas do novo nascimento, para que o discípulo entenda seu
desenvolvimento, se situando nesta realidade como líder.
No segundo modulo, ele precisa compreender o pulmão da grande comissão – a
consolidação. Também são trabalhados os aspectos da cruz de Cristo, num ambiente de cura
interior, num processo de tratamento, libertação, batalha espiritual, jejum e oração, que
culminarão em uma vida abundante e próspera.
No modulo 3, aprende-se sobre aconselhamento e como lidar e ajudar os diversos tipos de
pessoas que serão salvas, como preparar um estudo de pregação. Consolida-se aqui seu preparo,
para ser enviado.
Dentro da escola, pode haver seminários com temas e abordagens específica a cada faixa
etária.
As aulas:
Sugerimos duas horas aulas por semana sendo uma hora para cada matéria. Durante as
aulas, o mestre deve ministrar, desafiar, acompanhar, cobrar, treinar e enviar...
O que se espera em cada aula por parte do ministrante é criatividade e um coração aberto
para entender o mover de Deus para cada assunto, bem como a unção de Deus, para que as aulas
sejam desafiadoras e transformadoras.
Sugestões para uso deste material/metodologia
Optamos por material em que o aluno é um pesquisador, e o mestre um condutor de
aprendizagem. A metodologia participativa desenvolverá autonomia e responsabilidade com que
o discípulo aprenderá na escola. Ela é capaz de fazer com que o indivíduo seja co-participante de
seu desenvolvimento pessoal e social e de sua aprendizagem. Para tanto, exige compromisso e
presença ativa em todas as ocasiões, já que a ausência é uma forma de não comprometimento. A
problematizacão e a reflexão são o fio condutor, gerando interesse em aprender. O indivíduo é
um ser e relações que precisa do outro para se desenvolver. Neste sentido, as discutições e os
trabalhos em duplas e em grupos se fazem importantes.
Não se deve tratar o aluno como mero receptor de informações. O professor na sala de
aula, não é o único detentor do saber. Alunos e professores estão ali para aprender, crescer, trocar
experiências, conhecimentos. Sem dúvida, o professor, ali é o aprendiz mais experimentado, que
5
deve ter muito mais contribuição a dar; sobretudo, porque é o condutor da aprendizagem – o
discípulador. Assim procedendo, estaremos formando discipuladores autênticos, criativos,
capazes.
Este material apresentado em forma de estudo, visa contribuir para discípulador e
discípulos, levando-se em conta a bagagem que trazem – conhecimentos prévios, fome e
necessidade de saber, alcancem resultados positivos. É evidente que não estabelecemos tudo aqui,
deixamos espaço para resolver questões imprevistas e para a busca. Para nós, o sucesso da escola
está amarrado à unção, à direção do Espírito Santo; por isso, não podemos engessar o processo.
Isso da importância ainda maior ao planejamento, a pesquisa, a busca. Planejamento medíocre é
sinal de aula medíocre. A aula precisa provocar mudanças de atitudes, levar o discípulo a assumir
compromisso com o que aprendeu. Se quisermos formar discípulos de caráter e frutíferos, é o
momento propício para criar um ensino emancipador. Este material deve funcionar como fio
condutor da aprendizagem. Não deve ser seguido como outras matérias didáticas como vem
sendo até agora, como um curso pronto, que livra o educador de interferir, adequar,
complementar. Agora, esta tarefa envolve outras pessoas. Ninguém vai a lugar nenhum sem um
bom entrosamento entre professores, pastores, coordenadores, discípulos; enfim, entre todos os
envolvidos.
A lição deverá ser estudada em casa antes d ser ministrada. Assim o aproveitamento e o
aprofundamento no assunto é muito maior. Ao final de cada aula deverá ser dada uma tarefa para
que o aluno cumpra durante a semana. Elabore tarefas desafiadoras que levem os seus discípulos
a praticarem o conteúdo trabalhado. Algumas lições já vem com sugestões para estas tarefas.
A metodologia foi e sempre será aquela que o mestre Jesus ensinou: Jesus ensinava
envolvendo; os discípulos aprendiam fazendo. O fio condutor do ensino de Jesus foi o
relacionamento construído entre mestre e discípulo, onde a vida do mestre é o principal fator do
ensino.
“Conte com o espírito Santo para ter o ensino sobrenatural”.
Avaliação
As funções da avaliação são freqüentemente confundidas com autoritarismo, identificação
de erros e/ou desânimo. A avaliação deve ser processual e qualitativa.
Para avaliar, devem ser definidos objetivos, e, então, buscamos qual a melhor maneira de
verificar se foram alcançados. Se nossa meta maior é a transformação do caráter dos discípulos,
então uma das maneiras de avaliar seria observar sua maneira de ser e as transformações que vem
ocorrendo.
Avaliações (escritas e praticas) e trabalhos devem ser elaborados de acordo com as
peculiaridades de cada turma. Cada professor deverá adaptar seu processo de avaliação de acordo
com as características de seus alunos, como o lançamento de notas em diário, fica por conta da
direção e do mestre de cada escola de lideres. Para uma auto avaliação sobre as qualidades que
buscamos ter e o que devemos ser, sugerimos a avaliação pessoal que vem no livro: A estatura de
um homem espiritual.
O quadro a seguir tem sido usado na Igreja Batista Cidade Nova, em BH. É uma sugestão
para se avaliar o compromisso e a vontade de aprender do aluno. Deve ser passada uma folha
com este quadro em cada aula, o próprio aluno preencher. A lição devem ser estuda
anteriormente, durante ser estudada anteriormente durante a semana; assim, a aula será mais
produtiva e profunda.
É preciso também avaliar os professores e tudo o que se fez até aqui. Em Bogotá, de seis
em seis meses, pára-se tudo e faz-se um congresso interno para avaliar o desempenho das funções
6
inerentes a cada um, com o propósito de avaliar o máximo e trabalhar com excelência.
Precisamos ver o bom e avalia-lo para que fique ainda melhor.
Nunca perca de vista o objetivo centra: ganhar, consolidar, pastorear, treinar e enviar
para fazer discípulos e formar outros lideres; bem como a praticidade e a simplicidade da escola
de lideres, que deve mover-se pelos eixos do caráter e da unção.
“Respondeu-lhes Jesus: O meu ensino não é meu, e sim, daquele que me enviou.
Quem fala por si mesmo está procurando a sua própria glória, mas o que procura a glória
de quem o enviou, esse é verdadeiro e Nele não há injustiça”. (João 7:16, 18).
Auto avaliação
Avalie-se sinceramente em relação à tarefa realizada e ao seu empenho na execução da
mesma.
A auto avaliação trabalha o caráter e fortalece o compromisso. Utilize a seguinte legenda:
OK para texto(s) lido(s) e estudado(s) satisfatoriamente (qualidade e compreensão)
+/- Li, mas não estudei.
-- Não li
Nota: De 0 a 10, dê a sua nota considerando o seu aproveitamento no exercício.
Nome Estuda da lição Estudo na bíblia Nota
7
ÍNDICE
Programa do Módulo 1
Conteúdo da 1ª Parte Pg. Conteúdo da 2ª Parte Pg.
1 hora/aula 1 hora/aula
1. Salvação 08 1. A Missão da Igreja – Ganhar e Consolidar. 32
2. A velha e a nova natureza 10 2. Treinar e Enviar 35
3. Arrependimento, o que é? 12 3. Autoridade Delegada 37
4. Bíblia - a palavra de Deus 13 4. Autoridade e submissão 38
5. Oração 15 5. O Líder e sua Fidelidade 40
6. E a fé, como vai? 17 6. A influência do Caráter 42
7. O batismo nas águas 19 7. Deus modela nosso Caráter 44
8. O Espírito santo 21
9. Imposição de mãos 23
10. Vencendo as barreiras do dia a dia 26
11. Santidade ao alcance de todos 28
8
Lição
01
Versículo Chave
“Pois todos pecaram e destituídos estão da gloria de Deus”. (Rm 3:23)
Textos básicos: Gen. 2:4-17 e 3:1-24
SALVAÇAO
Introdução
Para compreender o significado da salvação, temos que voltar ao Éden, a criação do
homem. A necessidade de salvação surgiu de uma perda. E que perda foi esta?
Tudo era perfeito e muito bom! O homem se alegrava em Deus, e Deus se alegrava com o
homem, havia relacionamento, comunhão entre o Criador e a criatura especial.
O homem, porém, desobedeceu a uma ordem expressa de Deus, trazendo para si, para a
natureza e para toda a raça humana, conseqüências terríveis.
O Homem Criado por Deus:
1. Era perfeito (Eclesiastes 7:29)
2. Sem pecado (Gênesis 2:17 e Romanos 5:12)
3. Em inocência (Gênesis 2:25)
4. Com grande capacidade física e intelectual (Gênesis 2:15 e 20a
)
5. Vivia em perfeita comunhão com o Criador, Deus falava com o homem (Gênesis
1:28).
Deus deu ao homem ordens expressas. Leia Gn 2:16, 17 e opine: essa ordem foi clara?
Porque?
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Deus visitava o Homem no jardim (Gn 3:8).
6. Não havia morte (Gn 2:17). Adão e Eva desconheciam a morte. Não tinham medo,
nem pavor, nem expectativa de morte. A vida era uma promessa constante. Também
não havia doença nem dor, sua morada era o Éden – “Lugar de delícias”. Só havia
paz, harmonia, alegria.
A Queda do Homem:
Leia Gn 3:1-19.
Qual foi a causa da queda do homem?
________________________________________________________________________
______________________________________________________________
_________________________________________________________
A queda foi possível também por causa da tentação. Eva foi tentada (1Tm 2:14).
A tentação envolve três elementos que João classifica com concupiscência da carne;
concupiscência dos olhos e soberba da vida (1João 2:16), identifique esses elementos na tentação
de Eva:
9
1. ________________________________________________________________
2. ________________________________________________________________
3. ________________________________________________________________
A cobiça foi exercitada e com ela o pecado consumado (Tg 1:15).
As conseqüências do pecado de Adão e Eva foram terríveis. Logo depois que comeram,
tiveram os olhos abertos. Mas não para serem iguais a Deus, passaram a conhecer o bem e o mal
na própria experiência.
Cite de acordo com o terceiro capítulo de Gênesis, os resultados da queda:
Para a mulher: _______________________________________________________
Para o homem: ______________________________________________________
Para a terra: _________________________________________________________
Em Gênesis 3:15, vemos as conseqüências de caráter espiritual:
• Haveria inimizade, sempre, entre a descendência da serpente – o pecado – e o
descendente da mulher – Jesus;
• Jesus seria ferido no calcanhar, mas esmagaria a cabeça da serpente;
• O pecado perverteu por completo a natureza humana (Rm 3:10-18);
• O homem morreu espiritualmente, ficando separado de Deus. (Isaías 49:2 e Rm 3:23);
• As conseqüências do pecado de Adão se fizeram sentir em toda a humanidade. As
conseqüências passaram a todos os homens (Rm 5:12, 18 e 19). Todos os homens já nascem
pecadores, porque pertencem à semente de Adão. Pertencem à raça humana. (SL 51:5).
A Obra Expiatória de Cristo
Deus tomou a iniciativa para salvar o homem perdido (João 3:16 a 18).
Jesus morreu pelos nossos pecados, os justos pelos injustos, para nos conduzir a Deus (1º
Pe 3:18).
Na cruz foi oferecido um sacrifício expiatório de purificação dos nossos pecados, de
reconciliação com Deus (2º Cor 5:14 e Rm 5:10).
Na cruz Jesus disse entes de expirar: “está consumado!” Sua morte voluntária fez
cumprir a vontade do Pai para a salvação dos homens.
Estando efetuada a obra redentora de Cristo, o que precisamos fazer para ser salvos?
Procure os textos bíblicos para responder.
Atos 2:38; 3:19; 17:30. ________________________________________________
___________________________________________________________________
João 3:15; 5:24; 20:31; At 16:31; Rm 10:9 e Ef. 2:8. _________________________
___________________________________________________________________
Pesquise o significado bíblico da palavra arrependimento. ____________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Porque muitos dizem crer em Cristo, sem apresentar em suas vidas, nenhuma evidência de
conversão?
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Conclusão
10
Fomos criados à imagem e semelhança de Deus, para com Ele vivermos em comunhão. A
desobediência de Adão trouxe para a humanidade suas tristes conseqüências. O pecado nos
separou de Deus, que é Santo. O pecado nos trouxe condenação, morte e culpa.
Mas Deus nos amou de tal maneira que enviou o Seu Filho Jesus para morrer em nosso
lugar, e, assim, nos livrar da condenação e da morte eterna.
Da parte de Deus está realizado tudo que é necessário para nossa salvação. Mas, qual é a
nossa resposta para essa providência Divina? Somente aqueles que reconhecem seu estado de
pecado e se arrependem, crendo que é o único capaz de nos conduzir a Deus, serão salvos.
DESAFIO
1-) Escreva sua experiência de salvação pessoal.
2-) Ore por alguém de seu relacionamento que ainda não ouviu seu testemunho.
3-) Promova um encontro e fale de Jesus baseado na lição de hoje.
 Referências bibliográficas e sugestões para leitura
Revista passo com Cristo – nº 1, Lições 5, 6, 7 e 8 – Xavier João dos santos –(Adaptado com autorização).
“Bíblia Vida Nova, Esboço de Doutrina Cristã .
Lição
02
Versículo Chave
“E Assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram;
eis que se fizeram novas” (2º Cor. 5:17).
Textos básicos: Rm 6: 1-14
A VELHA E A NOVA NARUREZA
Introdução:
Sabemos que a velha natureza é a natureza do pecado que nos dominava, antes de
recebermos o Senhor Jesus em nossas vidas. Em Romanos 5:12 e seguintes, Paulo nos explica
como o pecado entrou no mundo e se espalhou por toda a raça humana – um efeito devastador!
Mas assim como pela desobediência de um só homem, todos se tornaram pecadores, assim também
por meio da obediência de um só (Jesus), somo aceitos por Deus. Se somos de Cristo, temos uma
nova natureza.
Nosso prazer não é mais o pecado; queremos agradar a Deus, buscar as coisas lá do alto,
onde Cristo vive.
A Velha Natureza
O que produz a natureza do homem sem Deus? Leia os textos abaixo, e relacione algumas
características do velho homem:
Colosences 3:5-10. ________________________________________________________
11
______________________________________________________________________________
Gálatas 5:19-20. __________________________________________________________
______________________________________________________________________________
Em Romanos 6:11 lemos: “Considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus,
em Cristo Jesus”. E ainda no Verso 14: Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não
estais debaixo da lei, e sim, da Graça”. Diante disso, como lidarmos com os pecados em nosso
dia-dia? Podemos viver sem pecar? Responda a essas questões com base bíblica._____________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
Uma Nova Natureza
O ser humano tem a natureza daquele que o gera. Se o homem nasce de Adão, tem a
natureza de Adão.Mas se nasce de Deus, tem a natureza de Deus. “Todo aquele que é nascido de
Deus não vive na pratica do pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse
não pode viver pecando porque é nascido de Deus”( João 3:9).
Como filhos da luz, devemos dar o fruto da luz. Examine o texto de Gálatas 5:16-26, e
escreva abaixo como vencer a concupiscência da carne. _________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
Qual é o fruto do Espírito? Identifique em sua vida os resultados da operação do Espírito
Santos em seu caráter. ___________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
Conclusão
“Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, porque são
opostos entre si; para que não façais o que porventura seja do vosso querer”. Gálatas 5:17.
Temos um conflito dentro de nós. O que nossa carne deseja é contra o que o Espírito quer,
portanto irá prevalecer em nós a natureza que mais fortalecermos. “Que o Espírito, que nos deu
a vida, controle também a nossa vida”. (Gálatas 5:25). Bíblia linguagem de Hoje.
Desafio
Leia Efésios 4:25-32. Em que área da sua vida o velho homem ainda esta no controle?___
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
O que você pode fazer para fortalecer sua nova natureza? __________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
Referências bibliográficas e sugestões para leituras:
Revista “Passo a passo com Cristo” – Volume 1 e 2 – LERBAN
Escola de líderes, Doutrina, Primeiro Nível, Missão carismática internacional – PR. RENE TERRA NOVA
12
SHEDD, Russel, O mundo, a Carne e o Diabo – Vida Nova, 1995
Lição
03
Versículo Chave
“Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse,
confessarei ao Senhor as minhas transgressões e Tu perdoaste a iniqüidade do
meu pecado” (SL 32:5).
Textos básicos: 1º Sm 15:24-31; Mt 26:75 e Mt 27:3.
ARREPENDIMENTO, O QUE É.
Introdução
Arrependimento é uma das doutrinas principais do Cristianismo. Mas é preciso
compreender bem o que é, para quê, e arrepender-se de quê.
Você pode estar perguntando: - mas, vou me arrepender de que? Já me arrependi quando
abri meu coração para Jesus. Como um discípulo fiel, você abe que a salvação deve ser
desenvolvida dia a dia? Então todos os dias o homem precisa de arrependimento.
Faça uma pesquisa (dicionarizo ou outro) e defina as palavras abaixo:
Arrependimento é. ____________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Remorso é__________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Quais diferenças podemos notar nestes 2 (dois) conceitos? ____________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Vejamos 03 (três) casos na bíblia:
1º- Mt 27:3-5. O texto fala de quem? _____________________________________
___________________________________________________________________
Qual foi o seu Pecado? ________________________________________________
___________________________________________________________________
A atitude do personagem houve arrependimento? Explique: __________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
2º- Mt 26:75 e Jô 18:25-27. Nome do personagem: __________________________
De acordo com o texto este personagem chorou amargamente. Nem sempre o choro prova
arrependimento. Neste caso, este choro prova arrependimento, ou remorso? Por quê?
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
3º - 1ºSm 15:24-31. Nomes dos personagens: ______________________________
___________________________________________________________________
Qual deles precisou de arrependimento? __________________________________
___________________________________________________________________
O que ele fez de errado? _______________________________________________
13
___________________________________________________________________
Neste caso houve arrependimento sincero? Prove na bíblia: ___________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Que conseqüência sofreu nosso personagem? ______________________________
___________________________________________________________________
Deus quer que todo o homem tenha um coração quebrantado e contrito, só se arrepende
quem busca este coração. No arrependimento o homem encontra vida. Ele sai do reino das trevas
para o reino da luz (Colosences 1:13).
Arrependimento não é qualidade natural do homem, mas é resultado de uma comunhão
com aquele que nunca precisa de se arrepender (1ºSm 15:29).
O arrependimento acontece com agir de Deus, de Sua bondade para com o homem (Rm
2:4) através do Espírito Santo que nos inquieta (Jô 16:8).
De acordo com os textos a seguir, quais são os resultados desse arrependimento genuíno?
Defina em poucas palavras.
Lucas 15:7. _________________________________________________________
Atos 3: 19 e 20. ______________________________________________________
Salmo 32:3. _________________________________________________________
Conclusão
Deus nos fez sua imagem e semelhança, mas, o pecado nos contaminou e mascarou esta
semelhança, Deus quer que nos voltemos para Ele, e isso só é possível pelo arrependimento, pela
confissão dos nossos pecados e lavagem de nossas vestes no sangue do cordeiro.
Para que haja um arrependimento genuíno, preciso:
a) Reconhecer que errei/pequei;
b) Tomar a atitude: confessar e concertar
“Se roubei, devolver”, “se ofendi, pedir perdão”, “se fui ofendido, perdoar”. Etc.
c) Não repetir o erro.
Desafio
Faça um auto-exame. Verifique todas as áreas de sua vida, em quais não houve mudança,
meia volta, arrependimento? Dobre seus joelhos, confesse a Deus que lhe houve e desista de
pecar, magoar o coração do Pai. Devolva ou restitua o que for preciso, converse, telefone ou
corresponda com alguém que você feriu com palavras, gestos ou atitudes e siga as demais
lembranças e orientações que o Espírito Santo lhe der (SL 32:5).
Tarefa
Memorize o versículo chave e compartilhe-o com alguém.
Referências bibliográficas e sugestões para leituras:
Sumário – Doutrina 1º Nível – Escola de Líderes – MCI – Pr. RENE TERRA NOVA
Revista Passo a passo com Cristo – LERBAN – Xavier, João leão dos Santos
14
Reflexão/Discussão
A Bíblia contém a Palavra de Deus? Ou a Bíblia é a Palavra de Deus? (2º Tim 3:16, 17.
De acordo com o Versículo chave, qual a sua Utilidade? ________________________.
_________________________________________________________________________
Ao estudarmos os sessenta e seis livros da bíblia, que foi escrita por cerca de quarenta
homens, de diversas formações e culturas, num período de um mil e quinhentos anos,
encontraremos nela uma notável unidade de pensamento, mostrando que uma mente única e
superior a produziu.
Por que a bíblia foi escrita?
Jesus Cristo é o centro da Bíblia. O antigo testamento descreve uma NAÇÃO que foi
gerada e nutrida por Deus, para que o HOMEM do Novo Testamento viesse ao mundo. A Bíblia
discorre sobre a história do Messias e de Sua promessa de Vida Eterna a todos quanto o
aceitarem.
A Bíblia foi escrita para que o homem... (Rm 10:9-11; 1º Jô 2:6 e Dt 12:28)______
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Por que devemos ler a Bíblia?
Leia os versículos abaixo e relacione a cada um, bom motivo para você estudar a Bíblia:
1. 1º Tim 4:13. ___________________________________________________________ .
2. 2º Tim 215. _____________________________________________________________
3. Sl 119.11. _____________________________________________________________
3. Js 1:8. _________________________________________________________________
4. Tg 1:25._______________________________________________________________
A Bíblia nos fala de como podemos ser um sucesso e “funcionar” bem – Ela é nosso
manual do fabricante. O caminho para o sucesso é: ler, meditar e praticar a Palavra de Deus seja
qual for a sua ocupação ou ministério.
O amor e dedicação de Esdras pelas Escrituras é contagiante.
O que a lei de Deus representava para Esdras. (Ed. 7:10). _____________________
___________________________________________________________________
Que tipo de relacionamento você tem com a Palavra de Deus. _________________
___________________________________________________________________
Essas e outras razões nos leva a crer que o salmo 119, que é um poema lindíssimo de um
servo que tinha intimidade com os preceitos de Deus, foi escrito por Esdras.
Tarefa
Extrair do Salmo 119:
15
Lição
04
Versículo Chave
“Toda a escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender,
para corrigir, para instruir em justiça, afim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente preparado para toda boa obra”. (2º Tim 3: 16, 17).
Textos Básicos: 2º Tim 3:16, 17; e SL 119
Bíblia --- A Palavra de Deus
• Algumas promessas e suas condições.
• O que as leis de Deus representam para o Salmista, a que ele compara as escrituras.
• Motivos para ler, praticar e ensinar os mandamentos de Deus.
Conclusão
A melhor conclusão que você pode tomar depois de entregar sua vida a Jesus é a de ler a
Bíblia diariamente. A felicidade de Deus, revelada nas escrituras, e pratica-la (Lc. 11:28; Tg
1:25).
Só há um modo de se crescer e se fortalecer espiritualmente: ler, estudar e praticar as
escrituras. Você quer que sua vida Espiritual tome uma nova dimensão. Então aceite o desafio de
ser um estudioso e praticante da Palavra de Deus.
Louve ao Senhor com o “cântico de Moisés” em Dt 32
Durante este estudo fui desafiado a:
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
Por isso, me comprometo a:
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
Referências bibliográficas e sugestões para leituras:
HALLEY, Henry H. Manual bíblico Vida Nova, 1970.
A bíblia, a Palavra de Deus, Seriado: Estudando a Palavra de Deus, Volume I, Editora LERBAN.
Palestra do curso de formação de Professores em Educação Crista, do CECED/COBEMGE. bíblico@zipmail.com.br
LAHAYE, Tim. Como estudar a bíblia sozinho, Ed Betania, 1984.
Introdução
Muito de tem falado a respeito da oração e quando se pergunta: “o que é oração” As
respostas são diversas: “Diálogo com Deus”, “Comunhão com Deus”, “Conversa com Deus”,
“Abrir o coração a Deus como a um amigo”, “Colóquio com Deus”, “Prece ou súplica
dirigida a Deus”. Pois aí estão algumas definições de orações, pela oração mantemos comunhão
e obtemos o fortalecimento para nossa vida.
16
Lição
05
Versículo Chave
“Orai sem cessar” (1º Ts 5:17)
Textos Básicos: Lc: 11:1-13
A ORAÇÃO
Necessidade da oração
Nós não somente precisamos, mas devemos orar, a oração é como nossa respiração Espiritual.
1. Orar é um dever – O que Jesus disse sobre isso: (Leia em Lc 18:1). ________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
2. Você já desistiu de orar sobre um assunto. Justifique sua resposta. ______________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
3. Orar é uma ordem bíblica, encontre em sua bíblia, um versículo com essa ordem.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
4. Orar deve uma pratica constante (1º Tim 2:1). Você sente necessidade de estar envolvido em
oração, todo o tempo. _________________________________________________________
5. Você que esta deve ser uma pratica de todos os crentes, ou apenas daqueles que se ocupam
integralmente de um ministério na igreja. _________________________________________
___________________________________________________________________________
6. Então como é possível vivermos uma vida de oração, se temos tantos afazeres. ____________
___________________________________________________________________________
7. Fortalecimento – é através da oração que recebemos o fortalecimento interior.Paulo sabia
como era importante estar em oração pela igreja. (Ef 1:15-18; 3:14-21).
Deixar de orar é pecado (1º Sm 12:23).
Deus sempre responde nossas orações
1. Recompensa – O Senhor afirmou que o Pai recompensa aquele que o busca em
oração. (Mt 6:6; Hb 11:6).
2. Deus faz mais do que pedimos (Ef 3:20). Você se lembra de ter se surpreendido com
uma resposta de oração muito melhor que o pedido. Nosso Deus é Maravilhoso!
3. Obtemos cura através da oração. Tiago afirmou o poder da oração no caso de
enfermidade (Tg 5:15).
4. Deus responde no tempo certo – Deus pode demorar a nos responder, mas essa
demora é apenas aparente, porque Deus sabe o tempo certo para responder(Lc 18:7).
Condições para resposta de oração.
1. Fé – A primeira condição para Deus responder à oração é que esta seja feita com fé
(Mc 11:24).
2. Pedir em Nome de Jesus – Esta é a segunda condição. Ele mesmo a instituiu (Jo14:
13-14). De acordo com este texto e seu contexto, pedir em Nome de Jesus é apenas
uma fórmula. Justifique sua resposta. _______________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
3. À vontade de Deus – A oração deve ser feita de acordo com a vontade de Deus,
revelada em sua Palavra, ou, em um caso específico, que não esteja declarado nas
Escrituras, por uma indicação do Espírito Santos, ou pro princípios bíblicos (João
9:31).
4. Como ouvir Deus em questões como: “com quem devo me casar”, ou “que
profissão devo escolher”,”quantos filhos ter. __________________________________
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
17
Ausência de motivos egoístas (Tg 4:2, 3). Quando se ora com motivos errados
Deus não atende essa oração (Mt 6:5).
Um coração puro (Sl 66:18) – Fazer confissão e restituição (Pv. 28:13). Mãos limpas (
1º Tim 2:8) Acertar diferenças com outra pessoa (Mt 5:23, 24); Perdoar (Mt 6: 12 a 15).
5. Humildade – A oração deve ser humilde, aceitando o que Deus determinar (Lc 18:9-14
e Tg 4:6).
3. Persistência – Orar até receber a resposta, ou a convicção do Espírito Santo de que o
Senhor já respondeu (Rm 12:12).
4. Cite dois exemplos de persistência na oração. ___________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
5. Objetividade – A oração deve ser específica, sem divagação (Mt 6:7 e Lc 11:11-12).
6. Tendo em vista os textos lidos até aqui, faça uma lista de petições não respondidas, e
verifique quais possam ser os impedimentos. ________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
Como orar
1. A oração modelo – Jesus ensinou um modelo de oração. (Lc 11:1-4).
2. A ajuda do Espírito Santo – Somos fracos e não sabemos orar. Mas recebemos ajuda
do Espírito Santo (Rm 8:26).
Aspectos da oração
1. Oração e súplica por nós mesmos, por nossas necessidades.
2. Intercessão – É quando oramos por outra pessoa, cidade, nações etc. Cite dois exemplos
bíblicos de intercessão. _______________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
3. Ações de Graça – É quando agradecemos a Deus por alguma bênção recebida.
4. Louvor – Pode ser também um tipo de oração.
Conclusão
A oração é a respiração da alma. O crente que não ora fica “asfixiado”,nós precisamos
orar sempre nunca esmorecer. Estar sempre na brecha da oração é uma das nossas maiores
necessidades, a que não podemos negligenciar.
Referências bibliográficas e sugestões para leituras:
Revista Passo a passo com Cristo – Volume I – LERBAN – XAVIER, João leão dos Santos (adaptado com autorização).
“A oração funciona”. Ed Betania (Autor Anônimo)
GRUBB, Norman – Intercessor, Ed Betania.
18
Introdução
Fé é confiança, é certeza até do que não vemos. Em nossa vida toda, damos passos de fé. Ao
andarmos em conduções lotadas, ao comermos, bebermos etc. precisamos ter fé, convicção de que
chegaremos, de que venceremos, de que viveremos, de que continuaremos.
De acordo com Romanos 10:17, como obtemos a fé. _______________________________
Deus já deu a sua Palavra, mas o homem precisa ouvi-la com atenção.
Então a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus.
Em Hebreus 11:6, vemos que ninguém agrada a Deus ou se aproxima D’Ele sem fé.
Quem está alicerçado na Palavra de Deus pode conhecer a dimensão da fé, nem tudo que acontece
tem explicação. Vida cristã é tida por fé (2º Cor. 5:7).
Encontramos n o Novo Testamento a palavra “fé” repetida 240 vezes. Concluímos, então que esta
palavra tão minúscula de apenas 2 letras, é a mais importante, eficaz e necessária ao ser humano.
Na língua grega aparece o termo “PISTIS” como o equivalente exato da palavra fé, dando a
entender, “a ação de depender; recostar-se em Deus, confiar em Deus”. O uso desta palavra dá a entender
a firme convicção acerca da realidade de algo. Em outras palavras, fé é o crer em ação.
A bíblia nos mostra, na prática, pessoas que confiaram em Deus com todo o seu ser, sua alma,
mente e coração. (Hb 11:2).
1. Quando Deus chamou a Abraão, para onde lhe disse que lhe mandaria. _____________
______________________________________________________________________
2. Se Deus o provasse como fez a Abraão, qual seria sua reação ou atitude. ____________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
3. Falando ainda do nosso Patriarca Abraão. É possível um casal com 100 anos ser pai e mãe
pela 1ª vez. ________________________________________________________
______________________________________________________________________
4. O que se explica nesse caso. _______________________________________________
______________________________________________________________________
5. O filho do casal nasce muito bem, cresce e Deus o pede de volta. Abraão sobe a montanha
para devolver o filho de suas cãs ao Senhor. Quando se despede de seus servos, faz-lhes uma
afirmação.
Copie o Versículo 5 do Cap. 22 de Gênesis. __________________________________
___________________________________________________________________________
_________________________________________________________________
Circule o último verbo deste verso. Explique com suas palavras, porque Abraão usou este
verbo no plural. Afinal, ele ia oferecer o seu filho! _________________________
___________________________________________________________________________
_________________________________________________________________
6. Compare sua resposta com Hb 11:19. isso é fé, certeza de que Deus cumpre sua Palavra
quando estamos em aliança com Ele.
Continue estudando Hb 11 e coloque o nome do personagem e o que provou a fé de cada um
deles.
19
Lição
06
Versículo Chave
“Ora a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas
que não de vêem” (Hb 11:1).
Textos Básicos: Hb 11:1-40; Gn 12:1 e 2; 21:1-7; 22:1-19.
E A “FÉ”, COMO VAI.
V. 20 _____________________________
V. 22 _____________________________
V. 23-26 __________________________
V. 31 _____________________________
(____________________________________)
(____________________________________)
(____________________________________)
(____________________________________)
Compare sua com a dessas pessoas e conclua:
 Você ofereceria seu único filho num altar.
 Atravessaria um imenso mar, com águas barulhentas e montanhosas a sua
esquerda e sua direita.
 Seguiria um homem sem armas, transporte dinheiro, roupas etc. Apenas com uma
vara na mão.
 Levaria uma gravidez até o fim, sendo noiva e não casada, mesmo sabendo o futuro
drástico de seu filho.
 Seguiria um homem aonde quer que Ele fosse. Ele mesmo diz não ter casa, não comer
em hora certa, não ter onde reclinar a cabeça...
“Sem fé é impossível agradar a Deus”
Desafio
Deus tem nos levado a um novo tempo: tempo de mudanças, concertos etc...
• O que posso fazer para lavar outros a reconhecer e participar deste momento de
impacto. __________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
• Através de que poderei crer que este é em mover de Deus. ___________________
_________________________________________________________________________
Tarefa
Relate em poucas palavras uma situação ocorrida com você, quando precisou crer, confiar
e obter os resultados em sua vida. _______________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
_____________________________________________________
Referências bibliográficas e sugestões para leituras
Comentário bíblico “Vida Cristã” – Hebreus Ed. Vida Cristã – Lightfsost, Neil R.
Castelhanos César – Entrando na dimensão da fé – Trad. Palavra da fé e produções Ltda.
Escola de lideres – Sumário – Doutrina – 1º Nível – Missão Carismática Internacional – RENE TERRA NOVA
20
Introdução
O batismo nas águas é aquele ordenado pelo Senhor Jesus (Mt 28:18-20) Simboliza
principalmente identificação e purificação. “Pelo batismo de João, os judeus, inclusive o próprio
Jesus, identificava-se com a atitude que João apregoava, com relação ao pecado e a justiça. Pelo
batismo Cristão, identificamo-nos com o nosso Salvador em Sua morte, sepultura e ressurreição,
reconhecendo-nos, pela fé, mortos e ressuscitados com Ele” (Rm 6). (Bíblia Vida Nova, esboço
de doutrina).
O que é o Batismo.
1. Significado do termo. A palavra BATISMO se originou do grego BAPTIZO
Baptizw, que significa “mergulhar, imergir”.
2. Significado do ato. O batismo é uma das ordenanças do Senhor Jesus para a sua
igreja e representa exteriormente uma experiência interior. Antes de sermos batizados
em água, precisamos ser batizados “em Cristo”. Isto significa uma identificação total
com Cristo na sua morte e ressurreição. Leia Romanos 6:3-11, Cristo morreu e
morremos com Ele,fomos sepultados com Ele e ressuscitados com Ele. Assim
morremos para o mundo e andamos em novidade de Vida. Com essa experiência
somos admitidos à igreja de Jesus. E somos batizados no corpo de Cristo (1º Cor.
12:13). O batismo em água é o testemunho desta experiência.
3. Batismo é um mandamento de Cristo (Mt 28:18-20 e Mc 16:15 e 16)
4. Batismo é uma admissão a igreja local. Através do batismo o crente se torna membro
de uma igreja loca, ele passa,a partir daí a ter privilégios e responsabilidades como
membro da igreja.
5. Para quem é o batismo. Não tem valor batizar o incrédulo. (At 2:38)
Tendo em vista o que já estudamos até aqui, responda:
A) Porque o batismo nas águas não é um “rito de iniciação”. Explique porque o novo
nascimento, não começa com o batismo nas águas. ___________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
B) Porque o batismo nas águas não é um meio de salvação. ___________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
C)O batismo nas águas é opcional para o crente. Justifique com um texto bíblico.
_________________________________________________________________________
D)O que é o batismo no corpo Cristo. ____________________________________
_________________________________________________________________________
21
Lição
07
Versículo Chave
“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em Nome do Pai e
do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28:19)
Textos Básicos: Romanos 6:1-14
BATISMO NAS ÁGUAS
A forma de Batismo
Como já vimos a palavra batismo significa imersão, encontramos na bíblia exemplos que
corroboram esta forma de batizar:
1. João Batista, o batismo de arrependimento, feito por João era por imersão, razão porque ele
procurava lugar onde houvesse muita água. (João 3:23). Jesus foi batizado no rio Jordão. E a
bíblia diz: “batizado Jesus, saiu logo da água (Mt 3:16a
). (se tivesse recebido apenas água
sobre a cabeça, seria desnecessário entrar na água).
2. Eunuco, Felipe evangelizou o Eunuco da rainha da Etiópia e o batizou. O texto diz: “ambos
desceram à água” Atos 8:38 e: “saíram da água” (Atos 8:39).
A Fórmula Batismal
Leia Atos 2:38 e pondere: A expressão “em nome de Jesus” foi usada aqui para
distinguir o batismo ordenados por Jesus e de outros já existentes na Judéia, e também, para
autenticar a autoridade do Senhor Jesus para mandar batizar. Portanto, “em nome de Jesus
Cristo” não é a fórmula bíblica.
Leia agora Mt 28:19; esta é a formula correta do batismo Cristão é esta – Em nome do
Pai, do Filho e do Espírito Santo – conforme instruções do próprio Jesus.
Conclusão
O batismo nas águas é o testemunho da experiência no novo nascimento. Primeiro somos
batizados no “corpo de Cristo”, uma experiência Espiritual. O batismo nas águas é um rito,
uma ordenança de Jesus, em que externamos uma experiência interior. Através do batismo nas
águas, demonstramos à nossa família e ao mundo o significado de nossa fé em Cristo.
Aplicação
O batismo é um marco na vida do crente em Jesus. Descreva abaixo, quando e como foi a
sua experiência de batismo nas águas, e se esta experiência fortaleceu sua fé em Cristo.
Referência bibliográfica e sugestões para leitura
Xavier, João leão dos Santos – Revista “Passo a passo com Cristo” – nº 1 – LERBAN (Adaptado com Autorização).
Introdução
22
Lição
08
Versículo Chave
“Mas receberei poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas
testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até os
confins da terra” (At 1:8).
Textos Básicos: Jô 14:16-26; At 2.
O ESPÍRITO SANTO
É importante sabermos o que o Espírito Santo pode e quer fazer por nós e em nós. Este
assunto, como os demais que temos estudado, é tão amplo que existem diversas obras que se
aprofundam no tema. Nosso intuito é que ao longo deste estudo, você possa responder, de
maneira clara e simples, algumas questões: “Quem é o Espírito Santo. Qual é a importância do
enchimento d’Ele e como recebe-lo. Como manter-se cheio do Espírito Santo”.
Reflexão
Quem é o Espírito Santo para você. Já teve alguma experiência com Ele. Qual. ____
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
__________________________________________________________
Experiência de vida – certa vez, eu precisava ministrar sobre um assunto sobre o qual não tinha
experiência, então o temor do Senhor aumentou em min a responsabilidade e com isso me senti
incapaz. Pedi ao Espírito Santo que me direcionasse sobre o que fazer: dizer não, ou encarar o
desafio e me preparar. Busquei ao Senhor e Ele me respondeu através de um Sonho e o
confirmou com a seguinte Palavra “mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará
em meu Nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho
dito” Jo 14:26. Em lagrimas me rendi ao Senhor, me preparei e fui ministrar confiante no agir do
Senhor. Foi maravilhoso! O Espírito de Deus operou de maneira sobrenatural! O Senhor como
sempre cumpriu a sua Palavra.
O Espírito Santo é Deus. Ele age como Deus, Ele não é uma influência, pois trabalhou na
criação e no embelezamento do universo (Jó 33:4; Salmo 104:30) ressuscitou a Jesus (Rm 8:11),
é Ele quem transforma o Homem em Nova Criatura por meio do novo nascimento. (João 3:3-8).
O Espírito Santo possui atributos divinos. Descreva-os conforme as referências:
1. Hb 9:14 _______________________________________________________
2. Sl 139:7-10 _______________________________________________________
3. Jó 33:4; Lc. 1:35 _________________________________________________
4. Rm 8:26, 27; 1º Cor 2:10.____________________________________________.
O Espírito Santo é uma pessoa, logo tem características da personalidade.
Descreva ao lado das referências abaixo, as características correspondentes, que
expressam a personalidade da terceira pessoa da Trindade. Como Ele é.
1. Rm 8:27 _______________________________________________________
2. 1º Tim 4:1; Ap. 2:7_________________________________________________.
3. Is 63:10; Ef 4:30 _________________________________________________.
4. At 7:51 _______________________________________________________
Descreva as atividades pessoais do Espírito, de acordo com os textos abaixo, o que Ele faz
por nós.
1. Jo 16:8 _______________________________________________________
2. 1º Cor 2:10-12; 2º Pe 1:21 ___________________________________________.
3. Jo 14:26 _______________________________________________________
4. Rm 8:26 _______________________________________________________
5. Jo 16:13 _______________________________________________________
Volte aos versículos acima para analisar o que o Espírito Santo está fazendo em sua vida.
Quais destas atividades ou manifestações d’Ele, você já experimentou em seu caminhar com
Deus. Como foi. ”Compartilhe isso com quem estiver ao seu lado”.
23
O Espírito Santo seria para as pessoas, o que Jesus foi para os discípulos, coma vantagem
de estar conosco para sempre (Jo 14:16).
Revestimento do Espírito Santo
Qual a importância do enchimento do Espírito Santo.
A Bíblia nos traz varias promessas do derramamento do Espírito (Jl 2: 28,29; Mt 3:11; Mc
1:8; At 1:1-5) dentre outros – a promessa é para todos os crentes (At 2:17-39). O próprio Jesus
reconheceu a importância do enchimento do Espírito Santo. Antes de iniciar seu ministério, veio
sobre Ele o Espírito Santo (Lc. 3: 21,22; At 10:38).
No batismo no Espírito Santo, Deus vem sobre o crente, enche-o plenamente e apodera-se
dele como propriedade exclusiva Sua. Ele dá a seus filhos dons e/ou ministérios de acordo sua
vontade soberana. Dota o discípulo de Jesus de poder para testemunhar de Cristo e por Cristo, na
proclamação das Boas Novas do Reino de Deus. De acordo com Atos 1:8, o principal propósito
do enchimento do Espírito Santos seria tornar-nos testemunhas poderosas de Jesus Cristo em toda
a terra.(Atos 4:31).
Como receber
1.Ter fome e sede. (Jo 7:37-39).
2. Pedir em oração. (Lc. 11:13).
3. Crer. (Gal. 3: 2,22).
4. Obedecer e se submeterão Senhor. (At 5:32).
5. Tomar ou apropriar-se, beber. (Jo 7:37-39) – Passo a passo com Cristo, Vol. 4 Pág 25
Você já recebeu o enchimento do Espírito Santo. Se não, faça agora, conforme At. 8:15-
17; para você receber e ser cheio do Espírito Santo.
Viva como os Santos do primeiro século. Uma das qualidades estipuladas pelos Apóstolos
na escolha de pessoas para a obra de Deus era que fossem “cheios do Espírito Santo” (Atos
6:3). O batismo com o Espírito Santo é o marco de início de uma dimensão de vida. Uma vida
dirigida pelo Espírito Santos é abundante, cheia de paz, produz o fruto do Espírito e reflete o
caráter de Jesus. É vida rendida onde assumiu o controle. Ser cheio do Espírito Santo é ter uma
vida de profundidade em Deus, Santa e Plena.
“Pois o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no
Espírito Santo”. (Rm 14: 17).
Reflexão e aplicação
1. O que você pode fazer para manter-se cheio do Espírito Santo. (Gl. 5:22-26; Ef 4:23 e
5:21) e outros. _______________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________
2. Das coisas que você citou acima, a quais dela você precisa se dedicar mais,para que o
Espírito Santo não de apague em você. _____________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________
24
Referência bibliográfica e sugestões para leituras:
NASCIMENTO, José Rego – Renovação Espiritual – LERBAN.
Reflexão/discussão
Somos advertidos em 1º Tim 5:22 a não impor as mãos precipitadamente. O que quer
dizer agir precipitadamente.
Para se evitar impor as mãos precipitadamente, é preciso conhecer os propósitos e
implicações desta doutrina bíblica.
Relacione cada versículo abaixo ao que foi transmitido através da imposição de mãos,
qual foi seu propósito em:
1. 1º Tim 1:6. _______________________________________________________
2. Dt. 34:9; At 13:2 e 3. _______________________________________________
3. Mc 16:18; Lc 4:40. _________________________________________________
4. Mc 10:16. ________________________________________________________
5. Num 27:18-20. ____________________________________________________
6. At 8:17, 18. _______________________________________________________
Ministrados para ministrar
“Ninguém pode ministrar a outros sem antes haver sido ministrado”. Em outras
palavras pode dar o que não tem. Alguém que há de impor mãos sobre outros deve ter recebido
autoridade para faze-lo e haver passado pelo processo de ministração no qual sua vida foi
renovada, liberta e restaurada. Durante seu ministério na terra, Jesus permaneceu preocupando-se
com as necessidades físicas e espirituais de quem o seguia. Ele via como as pessoas estavam
presas pelo pecado, por influências demoníacas e que tinham feridas em seus corações, e teve
compaixão delas, procurando dar-lhes a cura que precisavam. É algo que o apóstolo Pedro assim
destacou em Atos 10:37, 38.
A) Reconhecer e aceitar nossa condição.
Ao reconhecer e aceitar nossa condição estamos manifestando o desejo de ser libertos das
amarras do pecado. As amarras são laços espirituais de maldade. São manifestações que se
infiltram em nosso caráter e em nosso temperamento, de tal modo que impedem a possibilidade
de todo o processo espiritual, físico e material. Uma pessoa, cheia de amarras, age como se
levasse grilhões em seus pés, pesadas cadeias que lhe retém o passo. Satanás maquina de tal
modo contra o ser humano, que sabe infiltrar-se na vida das pessoas, colocando esses grilhões.
25
Lição
09
Versículo Chave
“Apresentaram estes aos Apóstolos. Estes, orando, lhes impuseram as mãos”.
(Atos 6:6)
Textos Básicos: At 6:2-6; 1º Tim 5:21, 22; Hb 6: 1.
IMPOSIÇÃO DE MÃOS
No reino espiritual, movem-se de maneira sobrenatural, forças de opressão, com quais o
adversário procura manter as almas do seu lado. São elas: ”amargura, falta de perdão”, etc.
b) Disposição para sermos quebrados e morrer.
Deus nos chamou para darmos frutos, compartilhando com outros a mensagem de
salvação de Jesus Cristo. Porém, faz-se necessário que, como o grão de trigo, morramos para nós
mesmos, renunciemos totalmente a vida passada, e entremos em um processo de libertação.
Morrer para a auto-suficiência, a intelectualidade, o orgulho, tudo aquilo que durante toda a vida
nos manteve encarcerados em nós mesmos. Somente quando uma pessoa está disposta a ser
quebrada em seu interior, a viver seu Peniel, como aconteceu com Jacó, quando seu coração
estiver morto para si, é que pode vir a unção sobre ele para ministrar para outros.
Na imposição de mãos, a autoridade é outorgada por Deus. A todo filho de Deus é dada a
autoridade para ministrar em Nome de Jesus, através da imposição de mãos. Sabemos que toda a
autoridade foi dada a Jesus Cristo e a Igreja. Então vamos impor as mãos em oração, com
sabedoria e humildade.
Questões
1. Quais os resultados que podem serem alcançados com a imposição de mãos, quando o
processo se dá com a unção devida. ____________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
2. Explique o que significa “ser ministrado para ministrar” . ________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Jesus e a imposição de mãos
Mediante a imposição de mãos Jesus demonstrou a autoridade que o acompanhava,
mostrando com isso que a igreja podia exercer o domínio sobre as enfermidades e quebrar toda a
influência de opressão nos pecadores. As de Jesus devem continuar desenvolvendo Seu poder de
Santidade, libertando e restaurando, através de seus seguidores na igreja de hoje.
A palavra IMPOSIÇÃO associa-se a contato físico. No desenvolvimento de seu
ministério, Jesus destacou a importância do contato com o povo, da proximidade com as
multidões, para que o poder e a autoridade divina fluíssem e cumprissem seu objetivo em cada
vida. Destacamos alguns acontecimentos distintos nos evangelhos associados a: proximidade,
contato físico e a imposição de mãos, descreva como foi esse contato, e como Jesus agiu em cada
um deles, associando-os a imposição de mãos.
1. Lucas 13:10-13. ____________________________________________________
2. Mateus 9:18-25. ___________________________________________________
3. Mateus 9:27-30. ___________________________________________________
“A fé é elemento chave para que ocorra algo sobrenatural, mediante o contato físico,
coma imposição de mãos. A fé em Deus se move fazendo o impossível, é que abra as postas para
que o milagre aconteça”.
Nas passagens que acabamos de citar,vemos as pessoas prostrando-se diante do Senhor,
reconhecendo a autoridade do Mestre e alcançando um benefício através do contato físico com
Ele, Jesus tem desejo de restaurar, curar, libertar da escravidão do pecado, todo aquele que deseja
ser limpo, Jesus está pronto para pousar Sua mão de bênção e restauração em nossa vida, em todo
o nosso ser: espírito, alma e corpo. A mão do Senhor está estendida para tocar e dizer. “Quero
que sejas limpo”.
26
Como você pode se tornar as próprias mãos de Jesus, operando no meio das necessidades
do povo. _______________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Conclusão
Impor as mãos, mãos santas, faz parte do princípio de transmissão em que flui o poder
que vem de Deus. Nossa vida, através de nossas mãos, se tornam um instrumento usado por Deus
para ministrar: cura, libertação, batismo no Espírito Santo, benção e ainda para transmitir
autoridade e dons e para consagrar o serviço ao Senhor.
Que você seja abençoado nas obras de suas mãos!
Vamos orar o Salmo 90:17. “Seja sobre nós a graça do Senhor nosso Deus, confirma
sobre nós as obras de nossas mãos, sim confirma a obra de nossas mãos”.
Tarefa
Durante essa semana busque de Deus, em oração, uma oportunidade para aplicar o
princípio encontrado em Mc 16:18, ou de Mc 10:16. Esteja sobre a orientação de seu líder. Traga
o relatório do que aconteceu.
Referências bibliográficas e sugestões para leitura:
Bíblia de referência Thompsom.
Apostila: Estudo básico da vida Cristã – Igreja de células/G12 – http:/saldaterra.spedia.net
Apostila: Escola de líderes – igreja Batista Cidade Nova
Introdução
Seguir a cristo não é tão fácil! Antes de trocarmos com Ele o nosso fardo, que é pesado,
pelo d’Ele, que é leve e suave, passamos por muitas dificuldades em nosso dia-dia, até
aprendermos a vencer as barreiras que se levantam à nossa frente.
Barreiras vão se levantando para nos desanimar, nos destruir, nos desviar deste caminho
Santo.
Vejamos alguns exemplos:
27
Lição
10
Versículo Chave
“Então disse a todos, se alguém que vir após min, negue-se a si mesmo, tome cada
dia a sua cruz e siga-me”. (Lc. 9:23)
Textos Básicos: Romanos 8:35-39
VENCENDO AS BARREIRAS DO DIA A DIA
1) Um problema dentro de você – angustia por causa da palavra que o confronta. A
Palavra revela como estamos, o que fazemos, o que agrada ou não Àquele que nos tirou das
trevas. Porém, Ela é verdadeira e nossos são enganosos.
2) Tentação – Na sua opinião, todos os homens são tentados, ou apenas são mais fracos na
fé. Explique!. ______________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Ao ser tentada, todos caem na tentação, ou existe uma fórmula ou um princípio que nos
ampara. Cite pelo menos dois: _____________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Confirme sua declaração com Tiago 4:7. de acordo com este versículo, para resistir a
tentação existem duas atitudes a serem tomadas antes. Quais São. ___________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Lembre-se: A tentação em si não é pecado. O pecado é cair, ceder a tentação. Procure
no livro de Mateus Cap. 6 de 9 a 15 uma oração que podemos fazer pedindo ajuda ao Senhor na
hora da tentação. Registre-a. _______________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Mas se mesmo assim cairmos temos uma solução. (1ºJo 1:7b).
3) O mundo – Não é em vão que Jesus disse em Sua Palavra:
“no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo”. (Jo 16:33b).
O mundo representa tudo que desagrada à Deus. (1º Jo 5:19).
As filosofias, as concepções, as doutrinas, os prazeres passageiro deste mundo, tentam
distorcer o sacrifício de Jesus na cruz,oferecendo outro tipo de salvação diferente desta
estabelecida por Deus.
Leia 1º João 2:15 a 17. aqui João destaca três aspectos que manifestam o amor ao mundo.
Cite-os: ____________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________
Quais são as obras da carne. (Gal. 5:19-21). ________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Quais destas você ainda não conseguiu vencer. _____________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Nossos olhos no guiam em caminhos escuros, mas eles também nos fazem tropeçar.
Copie 2º Pe 2:14a
. __________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Compare com Mateus 5:28. Beacon diz: “A tendência dos olhos é cultivada pela
aparência exterior das coisas, sem inquirir sobre seus valores reais”.
Os olhos levam à mente, a mente leva ao coração e o coração por sua vez leva à ação.
a) Soberba da vida – Quando você cresce espiritualmente (2º Pe 3:18),corre o risco de se
orgulhar,achando ser o tal, ser maduro suficiente para vencer tentações sozinho,corre o risco de
28
assumir e supervalorizar uma posição de destaque,tornando-se até próspero, deixando assim que
a vaidade ocupe lugar especial em sua vida.
b) Quem nos dá autoridade e prosperidade. A Ele seja toda glória, honra e louvor.
Então como enfrentar o mundo agora que sou Cristão.
• Não participando do que ele nos oferece. (Ef 5:11).
• Ser determinante em sua nova posição, assumindo ser um Cristão de verdade. (Jó
22:28).
• Evitar passar muito tempo em companhia de incrédulos (as más companhias
corrompem o bom costume).
• Buscar amizades que compartilhem seus propósitos e metas.
• Firmar seu relacionamento com Deus, através da oração e leitura diária de Sua Palavra.
O que diz Jesus em Jo 14:30. ___________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Reflexão
O mundo está em mim, ou eu estou no mundo:
Minhas atitudes comprovam que: ________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Porém devo: ________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Tarefa
1. Aliste atitudes que precisam ser mudadas em sua vida. _____________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
3. Cite 03 nomes de personagens bíblicos que conseguiram enfrentar as dificuldades do
dia-dia e se tornarem mais que vencedores: ________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Conclusão
Desta forma estarei me preparando para enfrentar as dificuldades ou barreiras na minha
vida Cristã. Meu caráter deve ser parecido com o do meu Senhor, para que os outros vejam em
mim semelhança. E assim, poderei dizer com o Apostolo Paulo:
“Sede meus imitadores como eu sou de Cristo” (1º Cor 11:1).
âReferências bibliográficas e sugestões para leituras
FAJARDO, Cláudia – “Afirmando meus passos” – Colômbia.
29
Introdução
Buscar um caráter transformado, viver de maneira que agrada a Deus, ter uma vida
abundante (Jo 10:10) faz parte da vontade de Deus para nós, no que diz respeito a santificação.
Deus te chamou para viver segundo seus preceitos, para ser conduzido pelo caminho das
bem-aventuranças, para ser puro, Deus é Santo e te chama para SER SANTO. “Deus não nos
chamou para a impureza, mas para a santificação”. (1º Ts 4:7).
Reflexão/discussão
1. Qual o verdadeiro significado de santidade. ______________________________
_________________________________________________________________________
2. A santidade está ao seu alcance. Porque. ________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
3. Como e por que alcançar a santificação. _________________________________
_________________________________________________________________________
Leia os textos bíblicos e reúna o conteúdo dos versículos para fazer as seguintes questões:
4.a Descreva por quê devemos buscar a santificação (Ex 19:22; Lv 20:26; Js 3:5; 2º Cr
29:5-11; 1º Cor 6:9-11; 1º Ts 4:7; Hb 12:14). __________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
4.b Descreva como podemos desenvolver uma vida de santidade. (Jo 17:17; 1º Cor 1:30;
Ef 5:26; 1º Ts 4:1-6 e 5:23).______________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
4.c De acordo com os textos bíblicos que se segue, faça uma lista citando as obras da
carne. (1º Cor 6:8-10; Cl 3:8; Gl 5:16-21; 1º Ts 4:3-7). Pode ser em grupo ou dupla. O que
acontece com as pessoas que praticam tais coisas. _____________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Nosso caráter e temperamento podem ser transformados por Deus. Mas para isso, é
necessário reconhecer onde temos errado para, assim tirar toda a impureza de nossa vida. Se nós
propusermos a n os purificar dessas coisas, seremos vasos de honra, santificados e idôneos para
uso do Senhor e preparados para toda boa obra. (2º Tim 2:21). Pois “nós não recebemos o
30
Lição
11
Versículo Chave
“Segui a paz com todos, e a santificação, sem a santificação ninguém verá ao
Senhor” (Hb 12:14).
Textos Básicos: Lv 20:26; 1º Ts 4:1-7.
SANTIDADE AO ALCANCE DE TODOS
espírito do mundo, mas o Espírito que provem de Deus, para que pudéssemos conhecer o que
nos é dado gratuitamente por Deus” (1º Cor 2:12).
Tarefa individual
1. Analise a lista anterior (obras da carne) e responda com sinceridade, quais as áreas de
sua vida que precisam ser trabalhadas pelo Espírito de Deus, onde você tem enfrentado mais
dificuldade. _________________________________________________
_________________________________________________________________________
2. Descreva o que você pode fazer no decorrer desta semana, de maneira prática, para
corrigir as áreas citadas acima, de forma que as pessoas ao seu redor possam perceber a vida de
Jesus transbordando em você. _________________________________________
_________________________________________________________________________
Orem em duplas, comprometendo-se com este projeto de mudança.
Conclusão
Fomos santificados em Cristo Jesus (1º Cor 1:2), separados para Ele, pois estamos em
Deus. O sangue de Jesus é a base onde se apóia nossa santificação, (Hb 13:12), porque é seu
sangue que purifica o pecador. Somente depois de purificado, o pecador pode ter comunhão com
Deus que é Santo. Somos santificados pela Palavra de Deus, Ela é o meio pela qual a santificação
chega até nós. Foram as Palavras de Jesus. “Santifica-os na verdade; a tua Palavra é a
verdade”. (Jo 17:17). Apropriamo-nos da santificação através da fé, conforme (Atos 26:18),
fomos santificados pela fé.
É indispensável que o vaso (líder) que está a levar o ensino da Palavra de Deus, esteja
limpo, separado, transbordando da presença do Espírito Santo de Deus. Para isso, é preciso vigiar
constantemente todas as áreas de sua vida, buscando equilíbrio e desenvolvendo uma vida cristã
modelo para seus discípulos.a Palavra de Deus deve ser colocada em prática em seu viver diário,
determinando sua maneira de pensar, sentir, agis, enfim, sua maneira de ser. “O mesmo Deus de
paz vos santifique completamente. E todo o vosso espírito, alma e corpo, sejam plenamente
conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”. (1º Ts 5:23).
Para sermos santos, irrepreensíveis, é preciso constante renovação de mente pela Palavra
de Deus, para que através da atuação do Espírito Santo haja transformação de vida a adequando o
caráter aos princípios de Deus. “E o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua
eterna glória, depois de haverdes um pouco, Ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará,
fortificará e fortalecerá”. (1º 5:10).
Você foi separado para Deus. Alegre-se! Deus, o Pai, o chama de santo. Você foi
separado para Ele, para viver uma nova vida, para a sua glória! Que o seu estilo de vida honre ao
Senhor, O Santo de Israel!
Durante esse estudo fui desafiado a:
31
Para isso me comprometo a:
âReferências bibliográficas e sugestões para leituras:
Bíblia de referência Thompson.
Palestra do Curso de formação de Professores em educação Cristã, do CECED/COBEMGE – E – mail:bíblico@zipmail.com.br
LAHAYE, Tim – Temperamentos transformados – Ed. Mundo Cristão.
Índice
O projeto de Deus para a igreja do século XXI
Conteúdo da 2ª Parte
1 hora/aula Página
1. Missão da Igreja – ganhar e consolidar 32
32
2. Treinar e enviar. 35
3. Autoridade delegada. 37
4. Autoridade e submissão. 38
5. O líder e sua fidelidade. 40
6. A influência do caráter. 42
7. Deus modela nosso caráter. 44
Introdução
A aplicação correta dos princípios bíblicos para a igreja nos permite obter resultados
positivos e duradouros. A ordem de Jesus não é simplesmente pregar, mas, ir (no grego indo...),
fazendo discípulos, batizando, ensinando a guardar todas as coisas que Ele nos ensinou. Para
alcançar resultados positivos, é necessário planejamento, organização e perseverança. Todo o
objetivo está baseado nos quatro elementos de sustentação. Sem um deles, ele andaria manco de
uma perna, e o caminho estabelecido pelo Espírito.
ENVIAR
TREINAR
CONSOLIDAR
GANHAR
Cada um desses passos vai se unindo um ao outro, entrelaçando-se, e só desta maneira
dão resultado, neles se obtém uma boa administração, para que a igreja atual possa se adequar
nestes princípios bíblicos. De maneira nenhuma podemos saltar qualquer destes degraus, pois
comprometeríamos por completo nosso objetivo maior,chegar ao final da escada com muitos
discípulos salvos, curados e frutíferos.
33
Lição
01
Versículo Chave
“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações”. (Mt 28:19a
).
Textos Básicos: Mateus 28:19-20
A MISSÃO DA IGREJA – GANHAR E CONSOLIDAR
1º degrau – Ganhar
A salvação das almas é o desejo ardente do coração de Deus. Todos os membros da Igreja
devem ser motivados a ganhar outros para cristo.
1. Cite 3 versículos em que Jesus nos manda ganhar almas. ___________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________
2. Onde, quando e para quem devemos pregar a Palavra. Responda baseando-se em 2º Tm
4:2. ________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
3. Cite alguns lugares em que você poderá ganhar vidas para Deus. _____________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Não existem limites, nem há só um método ou plano para se ganhar almas. É importante
que todo discípulo de Jesus saiba evangelizar. Sugerimos o seguinte plano de salvação, para que
você esteja “preparado e pronto para toda boa obra”. Estude este plano individualmente,
treine-o com alguém da escola de líderes.
Plano de Salvação
1. Precisamos ter um bom relacionamento com Deus. Você sabia que Deus o ama muito.
Ele o ama tanto que deu Seu único filho: Jesus (Jo 3:16 e 10:10).
2. O homem é pecador e está separado de Deus, por isso não conhece o plano de Deus
para sua vida. (Rm 3:23; 6:23).
3. Jesus, o único filho de Deus morreu numa cruz para lhe dar salvação, Ele derramou o
seu precioso sangue numa cruz em seu lugar, seus pese suas mãos foram pregados
com grandes pregos, sua cabeça recebeu uma coroa de espinhos, tudo isso por amor a
você. Aleluia! Jesus não permanece morto, mas ressuscitou depois de 3 dias. Portanto,
“Ele é o único caminho, verdade e vida”. (João 14:6).
4. Você precisa receber Jesus como seu salvador. Pela fé, convide-o a morar em seu
coração, tornando-se o Senhor e Salvador de sua vida, para que você seja filho de
Deus. (Jo 1:12).
Você quer fazer o que está escrito em Romanos 10:9 e 10. Leia o texto.
Oração de confissão
“Senhor Jesus eu abro o meu coração nesta hora, para que o Senhor venha me levar e
purificar de todo o pecado. Eu o recebo como Senhor e Salvador, reconheço que sou pecador e
preciso de Teu perdão. Obrigado por teres morrido em meu lugar. Amém”.
Assim como as plantas nascem crescem e se reproduzem, você acabou de nascer na
família de Deus. Agora para você crescer na fé, deverá ler a bíblia e orar todos os dias, procure
freqüentar a igreja para você cultivar a vida com Deus.
34
Aproveite cada oportunidade de levar pessoas a Cristo. Seja claro e objetivo em suas
explicações, estude e decore este plano de Salvação, e se empenhe no trabalho do Senhor, para
ganhar muitas almas.
2º degrau – Consolidar
Não basta ganhar, é preciso cuidar. Cuidar é ir além, é tratar do novo convertido como seu
próprio filho. Consolidar é o mesmo que cuidado, pastoreio e atenção dispensados ao novo
crente, para gerar nele o caráter de Jesus.
1. De acordo com João 15:16, como viver o novo crente. _____________________
_________________________________________________________________________
2. Cite pelo menos um caso na bíblia,onde vemos alguém consolidando um novo crente
em Jesus. ____________________________________________________________
_________________________________________________________________________
A consolidação é um processo eficaz para formar discípulos.
Princípios da consolidação
Cabe ao consolidador (comente com poucas palavras, cada item abaixo):
1. Verificar a entrega.
2. Doutrinar os novos crentes.
4. Promover companheirismo.
3. Exercer compaixão.
5. Estar sempre à disposição.
6. Praticar a santidade.
7. Viver em oração.
Passos para a consolidação eficaz
1. Oração.
2. Fonovisita: Dar um telefonema, pelo menos 24 Horas antes, convidando o novo
decidido para visitar a igreja, ou o grupo familiar.
3. Visitação.
• Analise os problemas de seu discípulo.
• Peça a Deus uma palavra para a situação.
• Selecione um texto apropiado e organize-o em uma mensagem curta, clara e objetiva.
• Cuide de sua aparência.
• Confirme o dia, hora e local da visita.
• Alguém para acompanha-lo nesta visita.
• Seja pontual.
• Orem antes de sair.
• Dependa do Espírito Santo.
Conclusão
35
Se você entender e aplicar em sua vida os princípios dos dois primeiros degraus deste
método, você se tornará apto para subir os degraus que faltam, chegando finalmente ao topo da
caminhada com muitos frutos para o Senhor Jesus. Conforme está escrito: “Aquele que ganha
almas é sábio”. (Pv 11:30).
A escola de líderes é um preparo para você ser enviado a conquistar outros, assumir um
grupo familiar e frutificar. (Lc. 10:1). Então, mãos à obra. Vamos à prática!
âReferências bibliográficas e sugestões para leituras
Consolidação – A estratégia para o crescimento. MIR – Manaus – AM
Introdução
Se conseguirmos subir com êxito estes quatros degraus: ganhar, consolidar, treinar e
enviar, além de estarmos apressando a volta de Jesus, também estaremos contribuindo para o
esvaziamento do inferno.
Leia: Romanos 10:13 a 15. Este texto fala algo forte com você. Comente-o com a turma.
Depois de ganhar o seu discípulo, consolida-lo, firma-lo, é preciso passar pelo processo
de treinamento para que continue a frutificar. (João 15:16).
“Discipular é investir tempo na vida do discípulo, é caminhar junto, orando e
jejuando, injetando em cada um a fé do reino, fortalecendo as bases e fechando todas as
brechas”, (RENÊ TERRA NOVA).
Toda pessoa treinada deve frutificar. Após esse treinamento, vem então, o envio. Somente
podemos enviar alguém depois que esteja treinado e mostre frutos.
Para ganhar, Guaraniaçu, o Paraná, o Brasil e as nações, faz-se necessário cumprir Rm
10:13-15.
1. Veja no dicionário o significado de Enviar. ______________________________
_________________________________________________________________________
2. É aqui na escola de líderes, no treinamento e envio, que cada crente se torna líder.
Registre um versículo que Jesus se preocupa com o envio. _____________________
_________________________________________________________________________
O sucesso desta grande obra consiste em acreditar que ela é de Deus e que precisa ser
espalhada velozmente. Seu discípulo deve entender que todo carinho, atenção e treinamento que
36
Lição
02
Versículo Chave
“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações”. (Mt 28:19a
)
Textos Básicos: Mateus 28:19-20
TREINAR E ENVIAR
recebeu durante este tempo deverá passar a outros. Assim ele estará sendo enviado a ganhar seus
amigos, parentes, sua cidade, estado, país e até outras nações.
Revisando os quatro degraus
Todos nós subimos escadas várias vezes e estas nos leva a vários lugares. Nossa escada é
composta de apenas quatro degraus, que começam aqui na terra e terminam lá no céu. Que tal
começarmos a subir cada um deles. Com certeza, se você subir os quatro, será mais que um
vencedor.
Ganhar
O primeiro degrau nos mostra que todos devemos ganhar. Conquistar almas para Deus.
Nossos colegas, vizinhos, parentes e professores, precisam ouvir falar de Jesus. Fale a eles com
folhetos, telefonemas, cartões, como achar melhor e, principalmente através de seu testemunho
de vida (Mt 28:19, 20).
Consolidar
O segundo degrau nos mostra que após nosso abrir o coração para Jesus, este o lavou de
todo pecado. (1º Jo 1:7b) e precisamos consolidá-lo, firma-lo na presença de Deus, levando-o aos
cultos, orando e lendo a bíblia com ele, levando-o a participar dos grupos da igreja, para que sua
fé se consolide, se fortaleça e se firme.
Treinar
Precisamos treinar nosso discípulo para que ele ganhe outros também, através da escola
de líderes, treinamentos e cursos, assim ele será capaz de ganhar e consolidar outras pessoas. (2º
Tm 2:2).
Enviar
Finalmente, o quarto e último degrau: nosso amigo já recebeu Jesus no seu coração, foi
consolidado, está sendo treinado. Então precisa frutificar, criar oportunidade para que mais
pessoas conheçam e permaneçam com Jesus. Ele será enviado à preparar outros, talvez sendo
líder de grupo familiar,e quem sabe mais tarde sendo preparado para o pastoreio, missões
etc.).
Tente subir com alguém estes quatros degraus e, no fina, ouça o que o Senhor lhe diz em
Mt 25:23 e Rm 8:37.
Que Deus o abençoe!
Conclusão Um discípulo de Jesus vivo e próspero deve levar pessoas a passarem pelos quatro
degraus da escada de sucesso: ganhando, consolidando, treinando e enviando, num ciclo sem
fim, se todo o grupo se comprometer com o crescimento da igreja, orando e convidando novas
pessoas para participarem, resultado será sobrenatural, um dos objetivos é gerar líderes, que serão
enviados para gerarem outros líderes. O caráter de um discípulador se reproduzirá em seus
37
discípulos, por isso ele deve ser totalmente trabalho pelo Senhor. O nosso crescimento não
depende exclusivamente de métodos, mas principalmente da ação do Espírito Santo na vida de
pessoas que vivem uma vida Cristã modelo para seus discípulos (1º Cor 11:1).
Aplicação
Dividindo-se em duplas, compartilhe sobre quais degraus da escada de sucesso você já
vem cumprindo em sua vida e quais precisa empenhar para melhor praticar em seu cotidiano e
ministério. Se ainda não começou, o que lhe falta para começar a subir esses degraus.
Identifique um passo que você gostaria de tomar, referentes aos quatro degraus da escada
de sucesso. Anote-os aqui, e procure efetuar essa mudança através de atitudes. Compartilhe como
grupo e orem sobre isso, em duplas.
âReferências bibliográficas e sugestões para leituras:
Consolidação. A Estratégia para o crescimento. MIR – Escola de líderes, 1999.
Apostila: Escola de líderes – regional Leste I. Belo Horizonte, 2000
Discussão
Você acha que é preciso existir autoridade e sujeição na igreja, qual a diferença entre
líderes e liderados. (Gal 3:26-28; Tg 3:1).
Todo reino autoridade e glória pertencem à Deus (Mt 6:13). Todo o universo está sob o
domínio de Deus, temos pois que nos sujeitar à sua autoridade. Quando servimos a Deus, não
devemos desobedecer às autoridades, porque a rebeldia é um princípio satânico (Is 14: 12-14).
Para que a autoridade se expresse, é preciso que haja submissão. Sem humildade, isso é
impossível, só a alcançamos através do Espírito Santo.
Autoridades instituídas por Deus
Explique como, e a quem Jesus reconheceu como autoridade em (Mt 22:21; 26:63 e 64; Fl
2:5-11). _____________________________________________________________
_________________________________________________________________________
38
Lição
03
Versículo Chave
“Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; por não há autoridade que não
proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por Ele constituídas”
(Romanos 13:1).
Textos Básicos: Romanos (13:1-7; 1º Pedro 2:13 e 14; Judas v. 8 a 10).
AUTORIDADE DELEGADA
Jesus se esvaziou de toda Glória e poder para assumir a forma de escravo. Deus exaltou o
Filho sobremaneira. Este é um princípio divino: Deus exalta todo aquele que se humilha.
Com respeito à autoridade na Igreja é bom lembrar as palavras e o exemplo de humildade
de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele não nega ter autoridade sobre os discípulos (João 13:13). Mas
ao mesmo sendo Senhor e Mestre, dá uma lição de humildade e lava os pés dos discípulos. Isso
significa que, em última análise, somos todos servidores, querem sejamos líderes, quer liderados.
Os guias não devem ter domínio sobre a fé dos fiéis; antes devem ser cooperadores, trabalhando
na mesma causa (2º Cor 1:24).
Deus estabelece sua autoridade no lar. Leia e explique a quem é delegada autoridade em:
a) Ef 5:22-24 _________________________________________________
b) Ef 6:1-3 _________________________________________________
c) Cl 3:18, 20, 22 _________________________________________________
Na igreja – de acordo com esses versículos, quais autoridades Deus estabeleceu na igreja.
a) 1º Ts 5:12, 13 _________________________________________________
b) 1º Tm 5:17 _________________________________________________
c) 1º Cor 16:15 e 16 _________________________________________________
Como agir perante nossos líderes – Hb 13:17.______________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________
Como agir no mundo – 1º Pe 2:13 e 14 ___________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
A única exceção para nos sujeitarmos a autoridade delegada, se encontra em Atos 5:29,
pois a autoridade não pode transgredir uma ordem ou princípio divino. Só Deus merece
obediência irrestrita, sem medida.
Sobre quais pessoas você pode identificar autoridade de Deus sobre sua vida. _____
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Conclusão
Se honrarmos a autoridade instituída pelo Senhor em nossa vida os outros honrarão a
autoridade do Senhor em nós. Através da autoridade delegada recebemos suprimento espiritual.
Como concluiu Watchman Nee “ficar em posição de autoridade, custa caro (...)
respeitar a autoridade é respeitar a Deus, estar em posição de autoridade é ser exemplo
para todos”.
âReferências bibliográficas e sugestões para leituras:
NEE, Watchman, autoridade espiritual – vida 1991
39
Introdução
Para trabalharmos para Deus temos de ser conquistados por sua autoridade, pois sendo
governados por Deus, podemos ser usados por Ele, somente trabalhando na obediência à
autoridade, podemos trabalhar de acordo com a vontade de Deus. Não podemos servir a Deus e
andar com espírito rebelde. Quando um rebelde faz a obra, habita nele um princípio satânico.
Satanás ri. Temos que ser enviados para trabalhar, e não procurar trabalho para fazer.
Aquele que resiste a autoridade, resiste a Deus e incorrerá em julgamento (Ex 22:28). O
apóstolo Paulo observa esse princípio. Descreva sua reação ao descobrir que Ananias era
sacerdote de Deus em Atos 23:1-5. ___________________________________
______________________________________________________________________________
____________________________________________________________________
É preciso tratar e vigiar em nossa vida de maneira prática, os três aspectos nos quais a
rebeldia se manifesta: palavras, razão e pensamentos. Precisamos submeter nossa razão, nossa
mente a Cristo para podermos servir ao Senhor em liberdade de Espírito.
Ler e discutir em duplas
2º Pe 2:10-12 e Jd V. 8 a 10.
A que é comparado o pecado de rebelião em 1º Sm 15:23.
Reflexão individual
O que tem governado sua vida: a razão, seus conceitos e pensamentos ou a autoridade.
E porque._______________________________________________________
_________________________________________________________________________.
Você pensa independentemente de Cristo. Ou é totalmente obediente a Ele. ______
_________________________________________________________________________
2º Cor 10:4 e 5. Isto libertação total. O desaparecimento de suas opiniões mundanas e
espertezas mostram se entrou em contato com Deus.
A maneira de conhecer a Deus é pela obediência. Todos os que vivem segundo a razão
ainda não conhecem a Deus. Só o obediente conhece verdadeiramente a Deus.
Como saber se você é totalmente obediente as autoridades. Faça com sinceridade esta
análise apresentada por Watchman Nee em seu livro.
1. Uma pessoa que reconhece a autoridade naturalmente vai procurar descobrir a
autoridade onde quer que vá. Só os cristãos podem obedecer, e eles também precisam aprender a
obedecer, não externamente, mas de coração.
2. Uma pessoa que tomou o conhecimento da autoridade de Deus é mansa e submissa.
3. Uma pessoa que verdadeiramente reconhece autoridade, jamais deseja estar em posição
de autoridade pós si mesma.
40
Lição
04
Versículo Chave
“Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; por não há autoridade que
não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por Ele constituídas”
(Rm 13:1).
Textos Básicos: 1º Sm 24:4-6; 26:9-11; Rm 13:1-7; 1º 1:22
AUTORIDADE E SUBMISSÃO
4. Uma pessoa que entrou em contato com a autoridade mantém sua boca fechada. Está
sob controle. Não se atreve a falar levianamente, porque há nela um senso de responsabilidade.
5. Esta pessoa é sensível a todo ato de rebelião a sua volta. Percebe como o princípio de
anarquia encheu a terra e até mesmo a igreja. Se não aprendermos a obedecer a autoridade, a
igreja não dará nenhum testemunho sobre a terra.
Conclusão
Se o próprio Deus ousadamente confiou autoridade aos homens, vamos corajosamente
obedece-lo. Se a autoridade estiver errada é diretamente responsável diante de Deus. Assim se
algo não estiver certo,a falta não estará conosco, mas com a autoridade, pois o Senhor declara.
“Todo homem esteja sujeito as autoridades superiores; porque não há autoridade que não
proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instruídas “ (Rm 13:1).
Que Deus nos conceda graça e nos livre da rebeldia.
Durante esse estudo fui desafiado a: _______________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
Por isso me comprometo a : ______________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
âReferências bibliográficas e sugestões para leituras:
NEE, Watchman, autoridade espiritual – vida 1991
Introdução
A igreja necessita de uma boa liderança para poder cumprir sua missão na terra, homens
com o caráter transformado pelo poder do Espírito Santo, pelas experiências da vida com Cristo.
41
Lição
05
Versículo Chave
“Pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por constrangimento, mas
espontaneamente, como Deus quer,nem por sórdida ganância, nem como
dominadores dos que vos foram confiados, antes tornando-vos modelo do
rebanho” 1º Pe 5:2 e 3
Textos Básicos: Js 24:14 e 15
O LIDER E SUA FIDELIDADE
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres
Manual escola de lideres

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01Eid Marques
 
Estudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaEstudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaDaniel Junior
 
Curso de Batismo e Novos Membros.pdf
Curso de Batismo e Novos Membros.pdfCurso de Batismo e Novos Membros.pdf
Curso de Batismo e Novos Membros.pdfJooAlbertoSoaresdaSi
 
58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-docAnapaula Ribeiro
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisMoisés Sampaio
 
A importância do discipulado
A importância do discipuladoA importância do discipulado
A importância do discipuladoRuy Naziazeno
 
O ministério de evangelista
O ministério de evangelistaO ministério de evangelista
O ministério de evangelistaMoisés Sampaio
 
4ª aula educação cristã
4ª aula   educação cristã4ª aula   educação cristã
4ª aula educação cristãRODRIGO FERREIRA
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoRogério Nunes
 
EBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica DominicalEBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica DominicalFelipe Mamud
 
Lição 7 - O Lugar Santo
Lição 7 - O Lugar SantoLição 7 - O Lugar Santo
Lição 7 - O Lugar SantoÉder Tomé
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.Rodrigo Ribeiro
 
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEBEducação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEBDouglasFigueiredo22
 

Mais procurados (20)

Curso de-ministros
Curso de-ministrosCurso de-ministros
Curso de-ministros
 
Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01
 
Estudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaEstudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da Igreja
 
Curso de Batismo e Novos Membros.pdf
Curso de Batismo e Novos Membros.pdfCurso de Batismo e Novos Membros.pdf
Curso de Batismo e Novos Membros.pdf
 
Planejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejasPlanejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejas
 
58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc58723691 curso-de-diacono-doc
58723691 curso-de-diacono-doc
 
1 aula educacao crista
1 aula   educacao crista1 aula   educacao crista
1 aula educacao crista
 
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
Estudo biblico 23  dons espirituais - part1Estudo biblico 23  dons espirituais - part1
Estudo biblico 23 dons espirituais - part1
 
O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
A importância do discipulado
A importância do discipuladoA importância do discipulado
A importância do discipulado
 
Planejamento Estratégico PIB
Planejamento Estratégico PIBPlanejamento Estratégico PIB
Planejamento Estratégico PIB
 
O diaconato
O diaconatoO diaconato
O diaconato
 
O ministério de evangelista
O ministério de evangelistaO ministério de evangelista
O ministério de evangelista
 
4ª aula educação cristã
4ª aula   educação cristã4ª aula   educação cristã
4ª aula educação cristã
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
 
EBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica DominicalEBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
EBD - A importância da Escola Bíblica Dominical
 
LICAO 7 - SANTIDADE.pdf
LICAO 7 - SANTIDADE.pdfLICAO 7 - SANTIDADE.pdf
LICAO 7 - SANTIDADE.pdf
 
Lição 7 - O Lugar Santo
Lição 7 - O Lugar SantoLição 7 - O Lugar Santo
Lição 7 - O Lugar Santo
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEBEducação Cristã 1ª Parte. CETADEB
Educação Cristã 1ª Parte. CETADEB
 

Destaque

APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASEAPOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASEjonasecj
 
218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1
218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1
218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1Rosa Luzia Da Hora
 
Escola de lideres compromisso e prioridades
Escola de lideres   compromisso e prioridadesEscola de lideres   compromisso e prioridades
Escola de lideres compromisso e prioridadesDaniel de Carvalho Luz
 
(527343911) 90211967 3º-modulo (1)
(527343911) 90211967 3º-modulo (1)(527343911) 90211967 3º-modulo (1)
(527343911) 90211967 3º-modulo (1)Rosa Luzia Da Hora
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeChristian Lepelletier
 
Dna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangularDna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangularedujessy
 
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi DiscipularTreinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipularrevolucaoaje
 
Discipulado um projeto do reino de deus
Discipulado um projeto do reino de deusDiscipulado um projeto do reino de deus
Discipulado um projeto do reino de deusant3reformado
 
Seja Cheio - Rute Assunção
Seja Cheio - Rute AssunçãoSeja Cheio - Rute Assunção
Seja Cheio - Rute AssunçãoRafael Franco
 
Série Estudando a Palavra de Deus - O Povo De Deus
Série Estudando a Palavra de Deus  -  O Povo De DeusSérie Estudando a Palavra de Deus  -  O Povo De Deus
Série Estudando a Palavra de Deus - O Povo De DeusRosangela Borkoski
 
Série Estudando a Palavra de Deus - O Reino de Deus
Série Estudando a Palavra de Deus  - O Reino de DeusSérie Estudando a Palavra de Deus  - O Reino de Deus
Série Estudando a Palavra de Deus - O Reino de DeusRosangela Borkoski
 
O Poder do Sangue de Jesus
O Poder do Sangue de JesusO Poder do Sangue de Jesus
O Poder do Sangue de Jesuslucena
 
7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes
7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes 7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes
7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes Agendor
 
As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)
As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)
As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)Gustavo Pereira
 
Escola de Profetas - A autoridade da Igreja
Escola de Profetas - A autoridade da IgrejaEscola de Profetas - A autoridade da Igreja
Escola de Profetas - A autoridade da IgrejaEvangelista Oliveira
 

Destaque (20)

APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASEAPOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
APOSTILA DA ESCOLA DE LÍDERES 1ª FASE
 
218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1
218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1
218989882 2º-escola-de-lideres-formando-um-lider-de-exito-modulo-1
 
Escola de Líderes
Escola de LíderesEscola de Líderes
Escola de Líderes
 
Escola de lideres compromisso e prioridades
Escola de lideres   compromisso e prioridadesEscola de lideres   compromisso e prioridades
Escola de lideres compromisso e prioridades
 
(527343911) 90211967 3º-modulo (1)
(527343911) 90211967 3º-modulo (1)(527343911) 90211967 3º-modulo (1)
(527343911) 90211967 3º-modulo (1)
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
 
Dna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangularDna 1 quadrangular
Dna 1 quadrangular
 
Evangelho Quadrangular
Evangelho Quadrangular Evangelho Quadrangular
Evangelho Quadrangular
 
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi DiscipularTreinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
 
Discipulado um projeto do reino de deus
Discipulado um projeto do reino de deusDiscipulado um projeto do reino de deus
Discipulado um projeto do reino de deus
 
Seja Cheio - Rute Assunção
Seja Cheio - Rute AssunçãoSeja Cheio - Rute Assunção
Seja Cheio - Rute Assunção
 
Série Estudando a Palavra de Deus - O Povo De Deus
Série Estudando a Palavra de Deus  -  O Povo De DeusSérie Estudando a Palavra de Deus  -  O Povo De Deus
Série Estudando a Palavra de Deus - O Povo De Deus
 
A autoridade do crente kenneth e. hagin
A autoridade do crente   kenneth e. haginA autoridade do crente   kenneth e. hagin
A autoridade do crente kenneth e. hagin
 
Série Estudando a Palavra de Deus - O Reino de Deus
Série Estudando a Palavra de Deus  - O Reino de DeusSérie Estudando a Palavra de Deus  - O Reino de Deus
Série Estudando a Palavra de Deus - O Reino de Deus
 
O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS
O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS
O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS
 
O Reino de Deus Através da Igreja
O Reino de Deus Através da IgrejaO Reino de Deus Através da Igreja
O Reino de Deus Através da Igreja
 
O Poder do Sangue de Jesus
O Poder do Sangue de JesusO Poder do Sangue de Jesus
O Poder do Sangue de Jesus
 
7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes
7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes 7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes
7 razões pelas quais algumas pessoas são grandes líderes
 
As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)
As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)
As parábolas de Mateus 13 (Parte 2)
 
Escola de Profetas - A autoridade da Igreja
Escola de Profetas - A autoridade da IgrejaEscola de Profetas - A autoridade da Igreja
Escola de Profetas - A autoridade da Igreja
 

Semelhante a Manual escola de lideres

Estudo para liderança
Estudo para liderançaEstudo para liderança
Estudo para liderançaIvo Souza
 
Evangeliz apostila feb
Evangeliz apostila febEvangeliz apostila feb
Evangeliz apostila febAlice Lirio
 
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Pastor Paulo Francisco
 
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Pastor Paulo Francisco
 
Slide curso professores betel
Slide curso professores betelSlide curso professores betel
Slide curso professores betelCristina Flores
 
Planejamento administrativo
Planejamento administrativoPlanejamento administrativo
Planejamento administrativoOsana Oliveira
 
Aulade10 140407145355-phpapp01
Aulade10 140407145355-phpapp01Aulade10 140407145355-phpapp01
Aulade10 140407145355-phpapp01Mariano Silva
 
Apostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na IgrejaApostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na IgrejaAlexandre Santos
 
Discipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfDiscipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfzanwashington
 
EBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEli Rocha Silva
 
Curso Administração Bíblica
Curso Administração BíblicaCurso Administração Bíblica
Curso Administração BíblicaTsushya marco
 
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitosSundar Andrade
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDMárcio Melânia
 
A liderança juvenil seminário
A liderança juvenil   seminárioA liderança juvenil   seminário
A liderança juvenil seminárioGeraldo Manuel
 

Semelhante a Manual escola de lideres (20)

6. Células Apostólicas - Aula 6 (1).pdf
6. Células Apostólicas - Aula 6 (1).pdf6. Células Apostólicas - Aula 6 (1).pdf
6. Células Apostólicas - Aula 6 (1).pdf
 
Estudo para liderança
Estudo para liderançaEstudo para liderança
Estudo para liderança
 
Evangeliz apostila feb
Evangeliz apostila febEvangeliz apostila feb
Evangeliz apostila feb
 
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
 
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
Aula de 10. modulo I. a arte de discipular e desenvolver discipuladores na cé...
 
Slide curso professores betel
Slide curso professores betelSlide curso professores betel
Slide curso professores betel
 
Aula 5 perfil e atributos do pregador cristão
Aula 5   perfil e atributos do pregador cristãoAula 5   perfil e atributos do pregador cristão
Aula 5 perfil e atributos do pregador cristão
 
Planejamento administrativo
Planejamento administrativoPlanejamento administrativo
Planejamento administrativo
 
Celulas Apostólicas- Aula 2.pdf
Celulas Apostólicas- Aula 2.pdfCelulas Apostólicas- Aula 2.pdf
Celulas Apostólicas- Aula 2.pdf
 
Aulade10 140407145355-phpapp01
Aulade10 140407145355-phpapp01Aulade10 140407145355-phpapp01
Aulade10 140407145355-phpapp01
 
Apostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na IgrejaApostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na Igreja
 
Discipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdfDiscipulado Um a Um.pdf
Discipulado Um a Um.pdf
 
EBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiaisEBD - Curso para professores e oficiais
EBD - Curso para professores e oficiais
 
Eae 94 - estrutura da aliança
Eae   94 - estrutura da aliançaEae   94 - estrutura da aliança
Eae 94 - estrutura da aliança
 
Curso Administração Bíblica
Curso Administração BíblicaCurso Administração Bíblica
Curso Administração Bíblica
 
A importância do professor eficaz
A importância do professor eficazA importância do professor eficaz
A importância do professor eficaz
 
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
 
BEABÁ DAS CÉLULAS
BEABÁ DAS CÉLULAS BEABÁ DAS CÉLULAS
BEABÁ DAS CÉLULAS
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
 
A liderança juvenil seminário
A liderança juvenil   seminárioA liderança juvenil   seminário
A liderança juvenil seminário
 

Manual escola de lideres

  • 1. A Expansão Dentro do Projeto CIBI Brasil 2020 Igreja Batista Independente Em Guaraniaçu-Pr. Avenida Ivan Ferreira do Amaral nº 104 - Centro Pastor: Nelson Castro e Souza Miss. Eliane Siqueira Cristino Souza (45) 9973-7630 e 9973-8577 1
  • 2. UMA IGREJA NA VISÃO BÍBLICA.Mateus 28:19 2
  • 3. Apresentação PREPARANDO LÍDERES PARA A GRANDE COLHEITA “Você jamais se tornará um líder servo". Até que se torne primeiro, servo do líder. Vivemos num tempo desafiador e empolgante, quando o Espírito de Deus “soprado” fortemente sobre a igreja, causando despertamento, descobertas, redescobertas, questionamentos, insatisfação, busca, reflexão, ação e mudanças, não havendo mais espaços para igrejas estruturadas em programas e eventos. Daí ressurge a igreja neotestamentária, o “corpo vivo de Cristo”, onde todas as partes (membros) são importantes e necessários para sua edificação e crescimento. Com certeza a igreja bíblica, que tem tomado lugar na agenda da igreja no momento, é resultado deste “agir” do Espírito de Deus. Essa visão propõe a necessidade de capacitação urgente dos membros da Igreja, tornando-os, em primeiro lugar, discípulos e aí, então, líderes servos, como Jesus. Líderes capazes de ganhar, consolidar, treinar e enviar outros para fazerem o mesmo. Por isto, é certo o ditado: a Escola de Líderes é o coração da igreja, para termos discípulos saudáveis e frutíferos, necessitamos de líderes saudáveis e frutíferos. A escola de líderes se propõe, de forma pratica, criativa e ungida, treinar esses lideres para a igreja. Igreja que se espalhará por todos os lugares (casas, praças, escola e espaços outros), buscando assim, o cumprimento da missão que Ele nos confiou como igreja (Mateus 28:19 e 20). Este material foi preparado para que a igreja possa formar lideres aptos para colocar em pratica esta ordem de Jesus, lideres curados e frutíferos, e que assumam sem nenhum receio, a posição de servo, a ponto de dizerem a seus liderados “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”. Recomendo este manual para pastores e igreja, na certeza da grande benção que ele produzirá. Bom proveito. Boa Colheita. 3
  • 4. Orientação sobre a escola de lideres Treinar lideres é um dos maiores benefícios que podemos trazer para a igreja. Temos o exemplo de Moisés em êxodo 18, que enfrentou problemas ao centralizar a liderança em uma só pessoa. Assim distribuiu suas tarefas para indivíduos capazes, que supervisionariam grupos de dez, cinqüenta, cem e mil pessoas (Êxodo 18:21). Desta forma, Moisés poderia desempenhar sua liderança com mais eficiência, levando o povo à “saber o caminho em que deveriam andar e a obra que deveriam fazer” (Êxodo 18:20) “. A escola de lideres faz parte da visão dos cinco ministérios dada por Jesus em (Efesios 4:11). Existem” com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho de seu serviço (efesios 4:12). O treinamento dos membros parte do principio de que todo crente pode ser um líder, sendo que sua capacidade e responsabilidades podem variar de acordo com os talentos que recebeu. Seu objetivo maior é formar o caráter do líder, trata-lo e tirar o seu melhor. Ele pretende restaurar o zelo pela palavra de Deus. Na escola de lideres a vida e o ministério são trabalhados. O ensino deve ser um espaço para as pessoas se realizem, e se tornarem sujeitas do próprio conhecimento. Na escola de lideres, as pessoas precisam ter oportunidades para usarem seus talentos e desenvolverem suas capacidades. Isto significa sair da função de “esquentador de banco na igreja” e assumir as responsabilidades da vida cristã, sendo um crente ativo. Como por exemplo, cada membro deve ter oportunidade de desenvolver sua função e seu Dom: “quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua e ainda outro interpretação”. (1O Cor. 14:26). Isto num ambiente de amor e apoio, propício para gerar novos lideres. Alem de terem espaço para atuar, as pessoas precisam ter a certeza de que foram bem preparadas para ministrar escola de lideres. Dois são os eixos condutores da escola de lideres: caráter e unção. Deus tem nos dado talentos para que possamos administra-los com caráter e unção, produzindo assim muitos frutos. Objetivo geral “Treinar e orientar os crentes na teoria e pratica, capacitando-os a serem lideres maduros e cheios do Espírito Santos”. (Ricardo Bucard). Objetivo específico da escola de lideres • Trabalhar o caráter do aluno e desenvolver seu ministério individual. • Equipar os santos para desempenho do ministério. • Transformar membros em discípulos frutíferos. • Desenvolver a capacidade de liderança. • Descobrir lideres com potencial para liderar pessoas e para o envolvimento nas diferentes esferas da igreja. • “Gerar segurança na igreja como um todo, afim de que seus discipuladores possuam qualificação necessárias para acompanhamento no discipulado individual”. “Ao final do treinamento o líder deverá estar suficientemente treinado, consciente de seus dons, compartilhando do conhecimento, submetendo-se a ele e produzindo frutos”. 4
  • 5. O processo de preparação dura mais ou menos nove meses há um perigo de se reduzir o tempo da escola, pois para trabalhar o caráter é preciso que se gaste tempo e dedicação, apesar desta formação ser um processo continuo na vida de todo o crente. Terminado esse período, a pessoa está geralmente pronta para gerar frutos. Esse treinamento deve ser usado com inteligência e discernimento. O ensino não pode sair da igreja, pois ele faz parte da grande comissão. Precisamos adequar o nosso treinamento à nossa realidade. Durante a escola de líderes, o aluno deve estar orando por três pessoas e, até o termino, ou logo após, iniciar seu grupo familiar. A escola de líderes não forma pastores, e, sim, líderes de grupos familiares. Currículo O treinamento para desenvolver líderes deve ter em vista que o líder é treinado para: (pregar), consolidar, (pastorear), treinar, (preparar), enviar para fazer discípulos e formar outros líderes. Esses quatro níveis já existem em várias igrejas, muitas vezes com outros nomes, mas o conceito é o mesmo. Todas as aulas, exercícios e relacionamentos têm por objetivo desenvolver estas quatro habilidades, que devem estar sempre à vista, como um alvo constante. O conteúdo deste módulo1 se baseia no estudo da estratégia da igreja formada por grupos familiares e nas doutrinas do novo nascimento, para que o discípulo entenda seu desenvolvimento, se situando nesta realidade como líder. No segundo modulo, ele precisa compreender o pulmão da grande comissão – a consolidação. Também são trabalhados os aspectos da cruz de Cristo, num ambiente de cura interior, num processo de tratamento, libertação, batalha espiritual, jejum e oração, que culminarão em uma vida abundante e próspera. No modulo 3, aprende-se sobre aconselhamento e como lidar e ajudar os diversos tipos de pessoas que serão salvas, como preparar um estudo de pregação. Consolida-se aqui seu preparo, para ser enviado. Dentro da escola, pode haver seminários com temas e abordagens específica a cada faixa etária. As aulas: Sugerimos duas horas aulas por semana sendo uma hora para cada matéria. Durante as aulas, o mestre deve ministrar, desafiar, acompanhar, cobrar, treinar e enviar... O que se espera em cada aula por parte do ministrante é criatividade e um coração aberto para entender o mover de Deus para cada assunto, bem como a unção de Deus, para que as aulas sejam desafiadoras e transformadoras. Sugestões para uso deste material/metodologia Optamos por material em que o aluno é um pesquisador, e o mestre um condutor de aprendizagem. A metodologia participativa desenvolverá autonomia e responsabilidade com que o discípulo aprenderá na escola. Ela é capaz de fazer com que o indivíduo seja co-participante de seu desenvolvimento pessoal e social e de sua aprendizagem. Para tanto, exige compromisso e presença ativa em todas as ocasiões, já que a ausência é uma forma de não comprometimento. A problematizacão e a reflexão são o fio condutor, gerando interesse em aprender. O indivíduo é um ser e relações que precisa do outro para se desenvolver. Neste sentido, as discutições e os trabalhos em duplas e em grupos se fazem importantes. Não se deve tratar o aluno como mero receptor de informações. O professor na sala de aula, não é o único detentor do saber. Alunos e professores estão ali para aprender, crescer, trocar experiências, conhecimentos. Sem dúvida, o professor, ali é o aprendiz mais experimentado, que 5
  • 6. deve ter muito mais contribuição a dar; sobretudo, porque é o condutor da aprendizagem – o discípulador. Assim procedendo, estaremos formando discipuladores autênticos, criativos, capazes. Este material apresentado em forma de estudo, visa contribuir para discípulador e discípulos, levando-se em conta a bagagem que trazem – conhecimentos prévios, fome e necessidade de saber, alcancem resultados positivos. É evidente que não estabelecemos tudo aqui, deixamos espaço para resolver questões imprevistas e para a busca. Para nós, o sucesso da escola está amarrado à unção, à direção do Espírito Santo; por isso, não podemos engessar o processo. Isso da importância ainda maior ao planejamento, a pesquisa, a busca. Planejamento medíocre é sinal de aula medíocre. A aula precisa provocar mudanças de atitudes, levar o discípulo a assumir compromisso com o que aprendeu. Se quisermos formar discípulos de caráter e frutíferos, é o momento propício para criar um ensino emancipador. Este material deve funcionar como fio condutor da aprendizagem. Não deve ser seguido como outras matérias didáticas como vem sendo até agora, como um curso pronto, que livra o educador de interferir, adequar, complementar. Agora, esta tarefa envolve outras pessoas. Ninguém vai a lugar nenhum sem um bom entrosamento entre professores, pastores, coordenadores, discípulos; enfim, entre todos os envolvidos. A lição deverá ser estudada em casa antes d ser ministrada. Assim o aproveitamento e o aprofundamento no assunto é muito maior. Ao final de cada aula deverá ser dada uma tarefa para que o aluno cumpra durante a semana. Elabore tarefas desafiadoras que levem os seus discípulos a praticarem o conteúdo trabalhado. Algumas lições já vem com sugestões para estas tarefas. A metodologia foi e sempre será aquela que o mestre Jesus ensinou: Jesus ensinava envolvendo; os discípulos aprendiam fazendo. O fio condutor do ensino de Jesus foi o relacionamento construído entre mestre e discípulo, onde a vida do mestre é o principal fator do ensino. “Conte com o espírito Santo para ter o ensino sobrenatural”. Avaliação As funções da avaliação são freqüentemente confundidas com autoritarismo, identificação de erros e/ou desânimo. A avaliação deve ser processual e qualitativa. Para avaliar, devem ser definidos objetivos, e, então, buscamos qual a melhor maneira de verificar se foram alcançados. Se nossa meta maior é a transformação do caráter dos discípulos, então uma das maneiras de avaliar seria observar sua maneira de ser e as transformações que vem ocorrendo. Avaliações (escritas e praticas) e trabalhos devem ser elaborados de acordo com as peculiaridades de cada turma. Cada professor deverá adaptar seu processo de avaliação de acordo com as características de seus alunos, como o lançamento de notas em diário, fica por conta da direção e do mestre de cada escola de lideres. Para uma auto avaliação sobre as qualidades que buscamos ter e o que devemos ser, sugerimos a avaliação pessoal que vem no livro: A estatura de um homem espiritual. O quadro a seguir tem sido usado na Igreja Batista Cidade Nova, em BH. É uma sugestão para se avaliar o compromisso e a vontade de aprender do aluno. Deve ser passada uma folha com este quadro em cada aula, o próprio aluno preencher. A lição devem ser estuda anteriormente, durante ser estudada anteriormente durante a semana; assim, a aula será mais produtiva e profunda. É preciso também avaliar os professores e tudo o que se fez até aqui. Em Bogotá, de seis em seis meses, pára-se tudo e faz-se um congresso interno para avaliar o desempenho das funções 6
  • 7. inerentes a cada um, com o propósito de avaliar o máximo e trabalhar com excelência. Precisamos ver o bom e avalia-lo para que fique ainda melhor. Nunca perca de vista o objetivo centra: ganhar, consolidar, pastorear, treinar e enviar para fazer discípulos e formar outros lideres; bem como a praticidade e a simplicidade da escola de lideres, que deve mover-se pelos eixos do caráter e da unção. “Respondeu-lhes Jesus: O meu ensino não é meu, e sim, daquele que me enviou. Quem fala por si mesmo está procurando a sua própria glória, mas o que procura a glória de quem o enviou, esse é verdadeiro e Nele não há injustiça”. (João 7:16, 18). Auto avaliação Avalie-se sinceramente em relação à tarefa realizada e ao seu empenho na execução da mesma. A auto avaliação trabalha o caráter e fortalece o compromisso. Utilize a seguinte legenda: OK para texto(s) lido(s) e estudado(s) satisfatoriamente (qualidade e compreensão) +/- Li, mas não estudei. -- Não li Nota: De 0 a 10, dê a sua nota considerando o seu aproveitamento no exercício. Nome Estuda da lição Estudo na bíblia Nota 7
  • 8. ÍNDICE Programa do Módulo 1 Conteúdo da 1ª Parte Pg. Conteúdo da 2ª Parte Pg. 1 hora/aula 1 hora/aula 1. Salvação 08 1. A Missão da Igreja – Ganhar e Consolidar. 32 2. A velha e a nova natureza 10 2. Treinar e Enviar 35 3. Arrependimento, o que é? 12 3. Autoridade Delegada 37 4. Bíblia - a palavra de Deus 13 4. Autoridade e submissão 38 5. Oração 15 5. O Líder e sua Fidelidade 40 6. E a fé, como vai? 17 6. A influência do Caráter 42 7. O batismo nas águas 19 7. Deus modela nosso Caráter 44 8. O Espírito santo 21 9. Imposição de mãos 23 10. Vencendo as barreiras do dia a dia 26 11. Santidade ao alcance de todos 28 8
  • 9. Lição 01 Versículo Chave “Pois todos pecaram e destituídos estão da gloria de Deus”. (Rm 3:23) Textos básicos: Gen. 2:4-17 e 3:1-24 SALVAÇAO Introdução Para compreender o significado da salvação, temos que voltar ao Éden, a criação do homem. A necessidade de salvação surgiu de uma perda. E que perda foi esta? Tudo era perfeito e muito bom! O homem se alegrava em Deus, e Deus se alegrava com o homem, havia relacionamento, comunhão entre o Criador e a criatura especial. O homem, porém, desobedeceu a uma ordem expressa de Deus, trazendo para si, para a natureza e para toda a raça humana, conseqüências terríveis. O Homem Criado por Deus: 1. Era perfeito (Eclesiastes 7:29) 2. Sem pecado (Gênesis 2:17 e Romanos 5:12) 3. Em inocência (Gênesis 2:25) 4. Com grande capacidade física e intelectual (Gênesis 2:15 e 20a ) 5. Vivia em perfeita comunhão com o Criador, Deus falava com o homem (Gênesis 1:28). Deus deu ao homem ordens expressas. Leia Gn 2:16, 17 e opine: essa ordem foi clara? Porque? ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Deus visitava o Homem no jardim (Gn 3:8). 6. Não havia morte (Gn 2:17). Adão e Eva desconheciam a morte. Não tinham medo, nem pavor, nem expectativa de morte. A vida era uma promessa constante. Também não havia doença nem dor, sua morada era o Éden – “Lugar de delícias”. Só havia paz, harmonia, alegria. A Queda do Homem: Leia Gn 3:1-19. Qual foi a causa da queda do homem? ________________________________________________________________________ ______________________________________________________________ _________________________________________________________ A queda foi possível também por causa da tentação. Eva foi tentada (1Tm 2:14). A tentação envolve três elementos que João classifica com concupiscência da carne; concupiscência dos olhos e soberba da vida (1João 2:16), identifique esses elementos na tentação de Eva: 9
  • 10. 1. ________________________________________________________________ 2. ________________________________________________________________ 3. ________________________________________________________________ A cobiça foi exercitada e com ela o pecado consumado (Tg 1:15). As conseqüências do pecado de Adão e Eva foram terríveis. Logo depois que comeram, tiveram os olhos abertos. Mas não para serem iguais a Deus, passaram a conhecer o bem e o mal na própria experiência. Cite de acordo com o terceiro capítulo de Gênesis, os resultados da queda: Para a mulher: _______________________________________________________ Para o homem: ______________________________________________________ Para a terra: _________________________________________________________ Em Gênesis 3:15, vemos as conseqüências de caráter espiritual: • Haveria inimizade, sempre, entre a descendência da serpente – o pecado – e o descendente da mulher – Jesus; • Jesus seria ferido no calcanhar, mas esmagaria a cabeça da serpente; • O pecado perverteu por completo a natureza humana (Rm 3:10-18); • O homem morreu espiritualmente, ficando separado de Deus. (Isaías 49:2 e Rm 3:23); • As conseqüências do pecado de Adão se fizeram sentir em toda a humanidade. As conseqüências passaram a todos os homens (Rm 5:12, 18 e 19). Todos os homens já nascem pecadores, porque pertencem à semente de Adão. Pertencem à raça humana. (SL 51:5). A Obra Expiatória de Cristo Deus tomou a iniciativa para salvar o homem perdido (João 3:16 a 18). Jesus morreu pelos nossos pecados, os justos pelos injustos, para nos conduzir a Deus (1º Pe 3:18). Na cruz foi oferecido um sacrifício expiatório de purificação dos nossos pecados, de reconciliação com Deus (2º Cor 5:14 e Rm 5:10). Na cruz Jesus disse entes de expirar: “está consumado!” Sua morte voluntária fez cumprir a vontade do Pai para a salvação dos homens. Estando efetuada a obra redentora de Cristo, o que precisamos fazer para ser salvos? Procure os textos bíblicos para responder. Atos 2:38; 3:19; 17:30. ________________________________________________ ___________________________________________________________________ João 3:15; 5:24; 20:31; At 16:31; Rm 10:9 e Ef. 2:8. _________________________ ___________________________________________________________________ Pesquise o significado bíblico da palavra arrependimento. ____________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Porque muitos dizem crer em Cristo, sem apresentar em suas vidas, nenhuma evidência de conversão? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Conclusão 10
  • 11. Fomos criados à imagem e semelhança de Deus, para com Ele vivermos em comunhão. A desobediência de Adão trouxe para a humanidade suas tristes conseqüências. O pecado nos separou de Deus, que é Santo. O pecado nos trouxe condenação, morte e culpa. Mas Deus nos amou de tal maneira que enviou o Seu Filho Jesus para morrer em nosso lugar, e, assim, nos livrar da condenação e da morte eterna. Da parte de Deus está realizado tudo que é necessário para nossa salvação. Mas, qual é a nossa resposta para essa providência Divina? Somente aqueles que reconhecem seu estado de pecado e se arrependem, crendo que é o único capaz de nos conduzir a Deus, serão salvos. DESAFIO 1-) Escreva sua experiência de salvação pessoal. 2-) Ore por alguém de seu relacionamento que ainda não ouviu seu testemunho. 3-) Promova um encontro e fale de Jesus baseado na lição de hoje.  Referências bibliográficas e sugestões para leitura Revista passo com Cristo – nº 1, Lições 5, 6, 7 e 8 – Xavier João dos santos –(Adaptado com autorização). “Bíblia Vida Nova, Esboço de Doutrina Cristã . Lição 02 Versículo Chave “E Assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2º Cor. 5:17). Textos básicos: Rm 6: 1-14 A VELHA E A NOVA NARUREZA Introdução: Sabemos que a velha natureza é a natureza do pecado que nos dominava, antes de recebermos o Senhor Jesus em nossas vidas. Em Romanos 5:12 e seguintes, Paulo nos explica como o pecado entrou no mundo e se espalhou por toda a raça humana – um efeito devastador! Mas assim como pela desobediência de um só homem, todos se tornaram pecadores, assim também por meio da obediência de um só (Jesus), somo aceitos por Deus. Se somos de Cristo, temos uma nova natureza. Nosso prazer não é mais o pecado; queremos agradar a Deus, buscar as coisas lá do alto, onde Cristo vive. A Velha Natureza O que produz a natureza do homem sem Deus? Leia os textos abaixo, e relacione algumas características do velho homem: Colosences 3:5-10. ________________________________________________________ 11
  • 12. ______________________________________________________________________________ Gálatas 5:19-20. __________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Em Romanos 6:11 lemos: “Considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus”. E ainda no Verso 14: Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim, da Graça”. Diante disso, como lidarmos com os pecados em nosso dia-dia? Podemos viver sem pecar? Responda a essas questões com base bíblica._____________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Uma Nova Natureza O ser humano tem a natureza daquele que o gera. Se o homem nasce de Adão, tem a natureza de Adão.Mas se nasce de Deus, tem a natureza de Deus. “Todo aquele que é nascido de Deus não vive na pratica do pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando porque é nascido de Deus”( João 3:9). Como filhos da luz, devemos dar o fruto da luz. Examine o texto de Gálatas 5:16-26, e escreva abaixo como vencer a concupiscência da carne. _________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Qual é o fruto do Espírito? Identifique em sua vida os resultados da operação do Espírito Santos em seu caráter. ___________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Conclusão “Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que porventura seja do vosso querer”. Gálatas 5:17. Temos um conflito dentro de nós. O que nossa carne deseja é contra o que o Espírito quer, portanto irá prevalecer em nós a natureza que mais fortalecermos. “Que o Espírito, que nos deu a vida, controle também a nossa vida”. (Gálatas 5:25). Bíblia linguagem de Hoje. Desafio Leia Efésios 4:25-32. Em que área da sua vida o velho homem ainda esta no controle?___ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ O que você pode fazer para fortalecer sua nova natureza? __________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Referências bibliográficas e sugestões para leituras: Revista “Passo a passo com Cristo” – Volume 1 e 2 – LERBAN Escola de líderes, Doutrina, Primeiro Nível, Missão carismática internacional – PR. RENE TERRA NOVA 12
  • 13. SHEDD, Russel, O mundo, a Carne e o Diabo – Vida Nova, 1995 Lição 03 Versículo Chave “Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse, confessarei ao Senhor as minhas transgressões e Tu perdoaste a iniqüidade do meu pecado” (SL 32:5). Textos básicos: 1º Sm 15:24-31; Mt 26:75 e Mt 27:3. ARREPENDIMENTO, O QUE É. Introdução Arrependimento é uma das doutrinas principais do Cristianismo. Mas é preciso compreender bem o que é, para quê, e arrepender-se de quê. Você pode estar perguntando: - mas, vou me arrepender de que? Já me arrependi quando abri meu coração para Jesus. Como um discípulo fiel, você abe que a salvação deve ser desenvolvida dia a dia? Então todos os dias o homem precisa de arrependimento. Faça uma pesquisa (dicionarizo ou outro) e defina as palavras abaixo: Arrependimento é. ____________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Remorso é__________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Quais diferenças podemos notar nestes 2 (dois) conceitos? ____________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Vejamos 03 (três) casos na bíblia: 1º- Mt 27:3-5. O texto fala de quem? _____________________________________ ___________________________________________________________________ Qual foi o seu Pecado? ________________________________________________ ___________________________________________________________________ A atitude do personagem houve arrependimento? Explique: __________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2º- Mt 26:75 e Jô 18:25-27. Nome do personagem: __________________________ De acordo com o texto este personagem chorou amargamente. Nem sempre o choro prova arrependimento. Neste caso, este choro prova arrependimento, ou remorso? Por quê? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ 3º - 1ºSm 15:24-31. Nomes dos personagens: ______________________________ ___________________________________________________________________ Qual deles precisou de arrependimento? __________________________________ ___________________________________________________________________ O que ele fez de errado? _______________________________________________ 13
  • 14. ___________________________________________________________________ Neste caso houve arrependimento sincero? Prove na bíblia: ___________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Que conseqüência sofreu nosso personagem? ______________________________ ___________________________________________________________________ Deus quer que todo o homem tenha um coração quebrantado e contrito, só se arrepende quem busca este coração. No arrependimento o homem encontra vida. Ele sai do reino das trevas para o reino da luz (Colosences 1:13). Arrependimento não é qualidade natural do homem, mas é resultado de uma comunhão com aquele que nunca precisa de se arrepender (1ºSm 15:29). O arrependimento acontece com agir de Deus, de Sua bondade para com o homem (Rm 2:4) através do Espírito Santo que nos inquieta (Jô 16:8). De acordo com os textos a seguir, quais são os resultados desse arrependimento genuíno? Defina em poucas palavras. Lucas 15:7. _________________________________________________________ Atos 3: 19 e 20. ______________________________________________________ Salmo 32:3. _________________________________________________________ Conclusão Deus nos fez sua imagem e semelhança, mas, o pecado nos contaminou e mascarou esta semelhança, Deus quer que nos voltemos para Ele, e isso só é possível pelo arrependimento, pela confissão dos nossos pecados e lavagem de nossas vestes no sangue do cordeiro. Para que haja um arrependimento genuíno, preciso: a) Reconhecer que errei/pequei; b) Tomar a atitude: confessar e concertar “Se roubei, devolver”, “se ofendi, pedir perdão”, “se fui ofendido, perdoar”. Etc. c) Não repetir o erro. Desafio Faça um auto-exame. Verifique todas as áreas de sua vida, em quais não houve mudança, meia volta, arrependimento? Dobre seus joelhos, confesse a Deus que lhe houve e desista de pecar, magoar o coração do Pai. Devolva ou restitua o que for preciso, converse, telefone ou corresponda com alguém que você feriu com palavras, gestos ou atitudes e siga as demais lembranças e orientações que o Espírito Santo lhe der (SL 32:5). Tarefa Memorize o versículo chave e compartilhe-o com alguém. Referências bibliográficas e sugestões para leituras: Sumário – Doutrina 1º Nível – Escola de Líderes – MCI – Pr. RENE TERRA NOVA Revista Passo a passo com Cristo – LERBAN – Xavier, João leão dos Santos 14
  • 15. Reflexão/Discussão A Bíblia contém a Palavra de Deus? Ou a Bíblia é a Palavra de Deus? (2º Tim 3:16, 17. De acordo com o Versículo chave, qual a sua Utilidade? ________________________. _________________________________________________________________________ Ao estudarmos os sessenta e seis livros da bíblia, que foi escrita por cerca de quarenta homens, de diversas formações e culturas, num período de um mil e quinhentos anos, encontraremos nela uma notável unidade de pensamento, mostrando que uma mente única e superior a produziu. Por que a bíblia foi escrita? Jesus Cristo é o centro da Bíblia. O antigo testamento descreve uma NAÇÃO que foi gerada e nutrida por Deus, para que o HOMEM do Novo Testamento viesse ao mundo. A Bíblia discorre sobre a história do Messias e de Sua promessa de Vida Eterna a todos quanto o aceitarem. A Bíblia foi escrita para que o homem... (Rm 10:9-11; 1º Jô 2:6 e Dt 12:28)______ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Por que devemos ler a Bíblia? Leia os versículos abaixo e relacione a cada um, bom motivo para você estudar a Bíblia: 1. 1º Tim 4:13. ___________________________________________________________ . 2. 2º Tim 215. _____________________________________________________________ 3. Sl 119.11. _____________________________________________________________ 3. Js 1:8. _________________________________________________________________ 4. Tg 1:25._______________________________________________________________ A Bíblia nos fala de como podemos ser um sucesso e “funcionar” bem – Ela é nosso manual do fabricante. O caminho para o sucesso é: ler, meditar e praticar a Palavra de Deus seja qual for a sua ocupação ou ministério. O amor e dedicação de Esdras pelas Escrituras é contagiante. O que a lei de Deus representava para Esdras. (Ed. 7:10). _____________________ ___________________________________________________________________ Que tipo de relacionamento você tem com a Palavra de Deus. _________________ ___________________________________________________________________ Essas e outras razões nos leva a crer que o salmo 119, que é um poema lindíssimo de um servo que tinha intimidade com os preceitos de Deus, foi escrito por Esdras. Tarefa Extrair do Salmo 119: 15 Lição 04 Versículo Chave “Toda a escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça, afim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente preparado para toda boa obra”. (2º Tim 3: 16, 17). Textos Básicos: 2º Tim 3:16, 17; e SL 119 Bíblia --- A Palavra de Deus
  • 16. • Algumas promessas e suas condições. • O que as leis de Deus representam para o Salmista, a que ele compara as escrituras. • Motivos para ler, praticar e ensinar os mandamentos de Deus. Conclusão A melhor conclusão que você pode tomar depois de entregar sua vida a Jesus é a de ler a Bíblia diariamente. A felicidade de Deus, revelada nas escrituras, e pratica-la (Lc. 11:28; Tg 1:25). Só há um modo de se crescer e se fortalecer espiritualmente: ler, estudar e praticar as escrituras. Você quer que sua vida Espiritual tome uma nova dimensão. Então aceite o desafio de ser um estudioso e praticante da Palavra de Deus. Louve ao Senhor com o “cântico de Moisés” em Dt 32 Durante este estudo fui desafiado a: ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ Por isso, me comprometo a: ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ Referências bibliográficas e sugestões para leituras: HALLEY, Henry H. Manual bíblico Vida Nova, 1970. A bíblia, a Palavra de Deus, Seriado: Estudando a Palavra de Deus, Volume I, Editora LERBAN. Palestra do curso de formação de Professores em Educação Crista, do CECED/COBEMGE. bíblico@zipmail.com.br LAHAYE, Tim. Como estudar a bíblia sozinho, Ed Betania, 1984. Introdução Muito de tem falado a respeito da oração e quando se pergunta: “o que é oração” As respostas são diversas: “Diálogo com Deus”, “Comunhão com Deus”, “Conversa com Deus”, “Abrir o coração a Deus como a um amigo”, “Colóquio com Deus”, “Prece ou súplica dirigida a Deus”. Pois aí estão algumas definições de orações, pela oração mantemos comunhão e obtemos o fortalecimento para nossa vida. 16 Lição 05 Versículo Chave “Orai sem cessar” (1º Ts 5:17) Textos Básicos: Lc: 11:1-13 A ORAÇÃO
  • 17. Necessidade da oração Nós não somente precisamos, mas devemos orar, a oração é como nossa respiração Espiritual. 1. Orar é um dever – O que Jesus disse sobre isso: (Leia em Lc 18:1). ________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 2. Você já desistiu de orar sobre um assunto. Justifique sua resposta. ______________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 3. Orar é uma ordem bíblica, encontre em sua bíblia, um versículo com essa ordem. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 4. Orar deve uma pratica constante (1º Tim 2:1). Você sente necessidade de estar envolvido em oração, todo o tempo. _________________________________________________________ 5. Você que esta deve ser uma pratica de todos os crentes, ou apenas daqueles que se ocupam integralmente de um ministério na igreja. _________________________________________ ___________________________________________________________________________ 6. Então como é possível vivermos uma vida de oração, se temos tantos afazeres. ____________ ___________________________________________________________________________ 7. Fortalecimento – é através da oração que recebemos o fortalecimento interior.Paulo sabia como era importante estar em oração pela igreja. (Ef 1:15-18; 3:14-21). Deixar de orar é pecado (1º Sm 12:23). Deus sempre responde nossas orações 1. Recompensa – O Senhor afirmou que o Pai recompensa aquele que o busca em oração. (Mt 6:6; Hb 11:6). 2. Deus faz mais do que pedimos (Ef 3:20). Você se lembra de ter se surpreendido com uma resposta de oração muito melhor que o pedido. Nosso Deus é Maravilhoso! 3. Obtemos cura através da oração. Tiago afirmou o poder da oração no caso de enfermidade (Tg 5:15). 4. Deus responde no tempo certo – Deus pode demorar a nos responder, mas essa demora é apenas aparente, porque Deus sabe o tempo certo para responder(Lc 18:7). Condições para resposta de oração. 1. Fé – A primeira condição para Deus responder à oração é que esta seja feita com fé (Mc 11:24). 2. Pedir em Nome de Jesus – Esta é a segunda condição. Ele mesmo a instituiu (Jo14: 13-14). De acordo com este texto e seu contexto, pedir em Nome de Jesus é apenas uma fórmula. Justifique sua resposta. _______________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 3. À vontade de Deus – A oração deve ser feita de acordo com a vontade de Deus, revelada em sua Palavra, ou, em um caso específico, que não esteja declarado nas Escrituras, por uma indicação do Espírito Santos, ou pro princípios bíblicos (João 9:31). 4. Como ouvir Deus em questões como: “com quem devo me casar”, ou “que profissão devo escolher”,”quantos filhos ter. __________________________________ ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ 17
  • 18. Ausência de motivos egoístas (Tg 4:2, 3). Quando se ora com motivos errados Deus não atende essa oração (Mt 6:5). Um coração puro (Sl 66:18) – Fazer confissão e restituição (Pv. 28:13). Mãos limpas ( 1º Tim 2:8) Acertar diferenças com outra pessoa (Mt 5:23, 24); Perdoar (Mt 6: 12 a 15). 5. Humildade – A oração deve ser humilde, aceitando o que Deus determinar (Lc 18:9-14 e Tg 4:6). 3. Persistência – Orar até receber a resposta, ou a convicção do Espírito Santo de que o Senhor já respondeu (Rm 12:12). 4. Cite dois exemplos de persistência na oração. ___________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 5. Objetividade – A oração deve ser específica, sem divagação (Mt 6:7 e Lc 11:11-12). 6. Tendo em vista os textos lidos até aqui, faça uma lista de petições não respondidas, e verifique quais possam ser os impedimentos. ________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ Como orar 1. A oração modelo – Jesus ensinou um modelo de oração. (Lc 11:1-4). 2. A ajuda do Espírito Santo – Somos fracos e não sabemos orar. Mas recebemos ajuda do Espírito Santo (Rm 8:26). Aspectos da oração 1. Oração e súplica por nós mesmos, por nossas necessidades. 2. Intercessão – É quando oramos por outra pessoa, cidade, nações etc. Cite dois exemplos bíblicos de intercessão. _______________________________________________________ _______________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ 3. Ações de Graça – É quando agradecemos a Deus por alguma bênção recebida. 4. Louvor – Pode ser também um tipo de oração. Conclusão A oração é a respiração da alma. O crente que não ora fica “asfixiado”,nós precisamos orar sempre nunca esmorecer. Estar sempre na brecha da oração é uma das nossas maiores necessidades, a que não podemos negligenciar. Referências bibliográficas e sugestões para leituras: Revista Passo a passo com Cristo – Volume I – LERBAN – XAVIER, João leão dos Santos (adaptado com autorização). “A oração funciona”. Ed Betania (Autor Anônimo) GRUBB, Norman – Intercessor, Ed Betania. 18
  • 19. Introdução Fé é confiança, é certeza até do que não vemos. Em nossa vida toda, damos passos de fé. Ao andarmos em conduções lotadas, ao comermos, bebermos etc. precisamos ter fé, convicção de que chegaremos, de que venceremos, de que viveremos, de que continuaremos. De acordo com Romanos 10:17, como obtemos a fé. _______________________________ Deus já deu a sua Palavra, mas o homem precisa ouvi-la com atenção. Então a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Em Hebreus 11:6, vemos que ninguém agrada a Deus ou se aproxima D’Ele sem fé. Quem está alicerçado na Palavra de Deus pode conhecer a dimensão da fé, nem tudo que acontece tem explicação. Vida cristã é tida por fé (2º Cor. 5:7). Encontramos n o Novo Testamento a palavra “fé” repetida 240 vezes. Concluímos, então que esta palavra tão minúscula de apenas 2 letras, é a mais importante, eficaz e necessária ao ser humano. Na língua grega aparece o termo “PISTIS” como o equivalente exato da palavra fé, dando a entender, “a ação de depender; recostar-se em Deus, confiar em Deus”. O uso desta palavra dá a entender a firme convicção acerca da realidade de algo. Em outras palavras, fé é o crer em ação. A bíblia nos mostra, na prática, pessoas que confiaram em Deus com todo o seu ser, sua alma, mente e coração. (Hb 11:2). 1. Quando Deus chamou a Abraão, para onde lhe disse que lhe mandaria. _____________ ______________________________________________________________________ 2. Se Deus o provasse como fez a Abraão, qual seria sua reação ou atitude. ____________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 3. Falando ainda do nosso Patriarca Abraão. É possível um casal com 100 anos ser pai e mãe pela 1ª vez. ________________________________________________________ ______________________________________________________________________ 4. O que se explica nesse caso. _______________________________________________ ______________________________________________________________________ 5. O filho do casal nasce muito bem, cresce e Deus o pede de volta. Abraão sobe a montanha para devolver o filho de suas cãs ao Senhor. Quando se despede de seus servos, faz-lhes uma afirmação. Copie o Versículo 5 do Cap. 22 de Gênesis. __________________________________ ___________________________________________________________________________ _________________________________________________________________ Circule o último verbo deste verso. Explique com suas palavras, porque Abraão usou este verbo no plural. Afinal, ele ia oferecer o seu filho! _________________________ ___________________________________________________________________________ _________________________________________________________________ 6. Compare sua resposta com Hb 11:19. isso é fé, certeza de que Deus cumpre sua Palavra quando estamos em aliança com Ele. Continue estudando Hb 11 e coloque o nome do personagem e o que provou a fé de cada um deles. 19 Lição 06 Versículo Chave “Ora a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não de vêem” (Hb 11:1). Textos Básicos: Hb 11:1-40; Gn 12:1 e 2; 21:1-7; 22:1-19. E A “FÉ”, COMO VAI.
  • 20. V. 20 _____________________________ V. 22 _____________________________ V. 23-26 __________________________ V. 31 _____________________________ (____________________________________) (____________________________________) (____________________________________) (____________________________________) Compare sua com a dessas pessoas e conclua:  Você ofereceria seu único filho num altar.  Atravessaria um imenso mar, com águas barulhentas e montanhosas a sua esquerda e sua direita.  Seguiria um homem sem armas, transporte dinheiro, roupas etc. Apenas com uma vara na mão.  Levaria uma gravidez até o fim, sendo noiva e não casada, mesmo sabendo o futuro drástico de seu filho.  Seguiria um homem aonde quer que Ele fosse. Ele mesmo diz não ter casa, não comer em hora certa, não ter onde reclinar a cabeça... “Sem fé é impossível agradar a Deus” Desafio Deus tem nos levado a um novo tempo: tempo de mudanças, concertos etc... • O que posso fazer para lavar outros a reconhecer e participar deste momento de impacto. __________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ • Através de que poderei crer que este é em mover de Deus. ___________________ _________________________________________________________________________ Tarefa Relate em poucas palavras uma situação ocorrida com você, quando precisou crer, confiar e obter os resultados em sua vida. _______________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ _____________________________________________________ Referências bibliográficas e sugestões para leituras Comentário bíblico “Vida Cristã” – Hebreus Ed. Vida Cristã – Lightfsost, Neil R. Castelhanos César – Entrando na dimensão da fé – Trad. Palavra da fé e produções Ltda. Escola de lideres – Sumário – Doutrina – 1º Nível – Missão Carismática Internacional – RENE TERRA NOVA 20
  • 21. Introdução O batismo nas águas é aquele ordenado pelo Senhor Jesus (Mt 28:18-20) Simboliza principalmente identificação e purificação. “Pelo batismo de João, os judeus, inclusive o próprio Jesus, identificava-se com a atitude que João apregoava, com relação ao pecado e a justiça. Pelo batismo Cristão, identificamo-nos com o nosso Salvador em Sua morte, sepultura e ressurreição, reconhecendo-nos, pela fé, mortos e ressuscitados com Ele” (Rm 6). (Bíblia Vida Nova, esboço de doutrina). O que é o Batismo. 1. Significado do termo. A palavra BATISMO se originou do grego BAPTIZO Baptizw, que significa “mergulhar, imergir”. 2. Significado do ato. O batismo é uma das ordenanças do Senhor Jesus para a sua igreja e representa exteriormente uma experiência interior. Antes de sermos batizados em água, precisamos ser batizados “em Cristo”. Isto significa uma identificação total com Cristo na sua morte e ressurreição. Leia Romanos 6:3-11, Cristo morreu e morremos com Ele,fomos sepultados com Ele e ressuscitados com Ele. Assim morremos para o mundo e andamos em novidade de Vida. Com essa experiência somos admitidos à igreja de Jesus. E somos batizados no corpo de Cristo (1º Cor. 12:13). O batismo em água é o testemunho desta experiência. 3. Batismo é um mandamento de Cristo (Mt 28:18-20 e Mc 16:15 e 16) 4. Batismo é uma admissão a igreja local. Através do batismo o crente se torna membro de uma igreja loca, ele passa,a partir daí a ter privilégios e responsabilidades como membro da igreja. 5. Para quem é o batismo. Não tem valor batizar o incrédulo. (At 2:38) Tendo em vista o que já estudamos até aqui, responda: A) Porque o batismo nas águas não é um “rito de iniciação”. Explique porque o novo nascimento, não começa com o batismo nas águas. ___________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ B) Porque o batismo nas águas não é um meio de salvação. ___________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ C)O batismo nas águas é opcional para o crente. Justifique com um texto bíblico. _________________________________________________________________________ D)O que é o batismo no corpo Cristo. ____________________________________ _________________________________________________________________________ 21 Lição 07 Versículo Chave “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28:19) Textos Básicos: Romanos 6:1-14 BATISMO NAS ÁGUAS
  • 22. A forma de Batismo Como já vimos a palavra batismo significa imersão, encontramos na bíblia exemplos que corroboram esta forma de batizar: 1. João Batista, o batismo de arrependimento, feito por João era por imersão, razão porque ele procurava lugar onde houvesse muita água. (João 3:23). Jesus foi batizado no rio Jordão. E a bíblia diz: “batizado Jesus, saiu logo da água (Mt 3:16a ). (se tivesse recebido apenas água sobre a cabeça, seria desnecessário entrar na água). 2. Eunuco, Felipe evangelizou o Eunuco da rainha da Etiópia e o batizou. O texto diz: “ambos desceram à água” Atos 8:38 e: “saíram da água” (Atos 8:39). A Fórmula Batismal Leia Atos 2:38 e pondere: A expressão “em nome de Jesus” foi usada aqui para distinguir o batismo ordenados por Jesus e de outros já existentes na Judéia, e também, para autenticar a autoridade do Senhor Jesus para mandar batizar. Portanto, “em nome de Jesus Cristo” não é a fórmula bíblica. Leia agora Mt 28:19; esta é a formula correta do batismo Cristão é esta – Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo – conforme instruções do próprio Jesus. Conclusão O batismo nas águas é o testemunho da experiência no novo nascimento. Primeiro somos batizados no “corpo de Cristo”, uma experiência Espiritual. O batismo nas águas é um rito, uma ordenança de Jesus, em que externamos uma experiência interior. Através do batismo nas águas, demonstramos à nossa família e ao mundo o significado de nossa fé em Cristo. Aplicação O batismo é um marco na vida do crente em Jesus. Descreva abaixo, quando e como foi a sua experiência de batismo nas águas, e se esta experiência fortaleceu sua fé em Cristo. Referência bibliográfica e sugestões para leitura Xavier, João leão dos Santos – Revista “Passo a passo com Cristo” – nº 1 – LERBAN (Adaptado com Autorização). Introdução 22 Lição 08 Versículo Chave “Mas receberei poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra” (At 1:8). Textos Básicos: Jô 14:16-26; At 2. O ESPÍRITO SANTO
  • 23. É importante sabermos o que o Espírito Santo pode e quer fazer por nós e em nós. Este assunto, como os demais que temos estudado, é tão amplo que existem diversas obras que se aprofundam no tema. Nosso intuito é que ao longo deste estudo, você possa responder, de maneira clara e simples, algumas questões: “Quem é o Espírito Santo. Qual é a importância do enchimento d’Ele e como recebe-lo. Como manter-se cheio do Espírito Santo”. Reflexão Quem é o Espírito Santo para você. Já teve alguma experiência com Ele. Qual. ____ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ __________________________________________________________ Experiência de vida – certa vez, eu precisava ministrar sobre um assunto sobre o qual não tinha experiência, então o temor do Senhor aumentou em min a responsabilidade e com isso me senti incapaz. Pedi ao Espírito Santo que me direcionasse sobre o que fazer: dizer não, ou encarar o desafio e me preparar. Busquei ao Senhor e Ele me respondeu através de um Sonho e o confirmou com a seguinte Palavra “mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu Nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito” Jo 14:26. Em lagrimas me rendi ao Senhor, me preparei e fui ministrar confiante no agir do Senhor. Foi maravilhoso! O Espírito de Deus operou de maneira sobrenatural! O Senhor como sempre cumpriu a sua Palavra. O Espírito Santo é Deus. Ele age como Deus, Ele não é uma influência, pois trabalhou na criação e no embelezamento do universo (Jó 33:4; Salmo 104:30) ressuscitou a Jesus (Rm 8:11), é Ele quem transforma o Homem em Nova Criatura por meio do novo nascimento. (João 3:3-8). O Espírito Santo possui atributos divinos. Descreva-os conforme as referências: 1. Hb 9:14 _______________________________________________________ 2. Sl 139:7-10 _______________________________________________________ 3. Jó 33:4; Lc. 1:35 _________________________________________________ 4. Rm 8:26, 27; 1º Cor 2:10.____________________________________________. O Espírito Santo é uma pessoa, logo tem características da personalidade. Descreva ao lado das referências abaixo, as características correspondentes, que expressam a personalidade da terceira pessoa da Trindade. Como Ele é. 1. Rm 8:27 _______________________________________________________ 2. 1º Tim 4:1; Ap. 2:7_________________________________________________. 3. Is 63:10; Ef 4:30 _________________________________________________. 4. At 7:51 _______________________________________________________ Descreva as atividades pessoais do Espírito, de acordo com os textos abaixo, o que Ele faz por nós. 1. Jo 16:8 _______________________________________________________ 2. 1º Cor 2:10-12; 2º Pe 1:21 ___________________________________________. 3. Jo 14:26 _______________________________________________________ 4. Rm 8:26 _______________________________________________________ 5. Jo 16:13 _______________________________________________________ Volte aos versículos acima para analisar o que o Espírito Santo está fazendo em sua vida. Quais destas atividades ou manifestações d’Ele, você já experimentou em seu caminhar com Deus. Como foi. ”Compartilhe isso com quem estiver ao seu lado”. 23
  • 24. O Espírito Santo seria para as pessoas, o que Jesus foi para os discípulos, coma vantagem de estar conosco para sempre (Jo 14:16). Revestimento do Espírito Santo Qual a importância do enchimento do Espírito Santo. A Bíblia nos traz varias promessas do derramamento do Espírito (Jl 2: 28,29; Mt 3:11; Mc 1:8; At 1:1-5) dentre outros – a promessa é para todos os crentes (At 2:17-39). O próprio Jesus reconheceu a importância do enchimento do Espírito Santo. Antes de iniciar seu ministério, veio sobre Ele o Espírito Santo (Lc. 3: 21,22; At 10:38). No batismo no Espírito Santo, Deus vem sobre o crente, enche-o plenamente e apodera-se dele como propriedade exclusiva Sua. Ele dá a seus filhos dons e/ou ministérios de acordo sua vontade soberana. Dota o discípulo de Jesus de poder para testemunhar de Cristo e por Cristo, na proclamação das Boas Novas do Reino de Deus. De acordo com Atos 1:8, o principal propósito do enchimento do Espírito Santos seria tornar-nos testemunhas poderosas de Jesus Cristo em toda a terra.(Atos 4:31). Como receber 1.Ter fome e sede. (Jo 7:37-39). 2. Pedir em oração. (Lc. 11:13). 3. Crer. (Gal. 3: 2,22). 4. Obedecer e se submeterão Senhor. (At 5:32). 5. Tomar ou apropriar-se, beber. (Jo 7:37-39) – Passo a passo com Cristo, Vol. 4 Pág 25 Você já recebeu o enchimento do Espírito Santo. Se não, faça agora, conforme At. 8:15- 17; para você receber e ser cheio do Espírito Santo. Viva como os Santos do primeiro século. Uma das qualidades estipuladas pelos Apóstolos na escolha de pessoas para a obra de Deus era que fossem “cheios do Espírito Santo” (Atos 6:3). O batismo com o Espírito Santo é o marco de início de uma dimensão de vida. Uma vida dirigida pelo Espírito Santos é abundante, cheia de paz, produz o fruto do Espírito e reflete o caráter de Jesus. É vida rendida onde assumiu o controle. Ser cheio do Espírito Santo é ter uma vida de profundidade em Deus, Santa e Plena. “Pois o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo”. (Rm 14: 17). Reflexão e aplicação 1. O que você pode fazer para manter-se cheio do Espírito Santo. (Gl. 5:22-26; Ef 4:23 e 5:21) e outros. _______________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________ 2. Das coisas que você citou acima, a quais dela você precisa se dedicar mais,para que o Espírito Santo não de apague em você. _____________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________ 24
  • 25. Referência bibliográfica e sugestões para leituras: NASCIMENTO, José Rego – Renovação Espiritual – LERBAN. Reflexão/discussão Somos advertidos em 1º Tim 5:22 a não impor as mãos precipitadamente. O que quer dizer agir precipitadamente. Para se evitar impor as mãos precipitadamente, é preciso conhecer os propósitos e implicações desta doutrina bíblica. Relacione cada versículo abaixo ao que foi transmitido através da imposição de mãos, qual foi seu propósito em: 1. 1º Tim 1:6. _______________________________________________________ 2. Dt. 34:9; At 13:2 e 3. _______________________________________________ 3. Mc 16:18; Lc 4:40. _________________________________________________ 4. Mc 10:16. ________________________________________________________ 5. Num 27:18-20. ____________________________________________________ 6. At 8:17, 18. _______________________________________________________ Ministrados para ministrar “Ninguém pode ministrar a outros sem antes haver sido ministrado”. Em outras palavras pode dar o que não tem. Alguém que há de impor mãos sobre outros deve ter recebido autoridade para faze-lo e haver passado pelo processo de ministração no qual sua vida foi renovada, liberta e restaurada. Durante seu ministério na terra, Jesus permaneceu preocupando-se com as necessidades físicas e espirituais de quem o seguia. Ele via como as pessoas estavam presas pelo pecado, por influências demoníacas e que tinham feridas em seus corações, e teve compaixão delas, procurando dar-lhes a cura que precisavam. É algo que o apóstolo Pedro assim destacou em Atos 10:37, 38. A) Reconhecer e aceitar nossa condição. Ao reconhecer e aceitar nossa condição estamos manifestando o desejo de ser libertos das amarras do pecado. As amarras são laços espirituais de maldade. São manifestações que se infiltram em nosso caráter e em nosso temperamento, de tal modo que impedem a possibilidade de todo o processo espiritual, físico e material. Uma pessoa, cheia de amarras, age como se levasse grilhões em seus pés, pesadas cadeias que lhe retém o passo. Satanás maquina de tal modo contra o ser humano, que sabe infiltrar-se na vida das pessoas, colocando esses grilhões. 25 Lição 09 Versículo Chave “Apresentaram estes aos Apóstolos. Estes, orando, lhes impuseram as mãos”. (Atos 6:6) Textos Básicos: At 6:2-6; 1º Tim 5:21, 22; Hb 6: 1. IMPOSIÇÃO DE MÃOS
  • 26. No reino espiritual, movem-se de maneira sobrenatural, forças de opressão, com quais o adversário procura manter as almas do seu lado. São elas: ”amargura, falta de perdão”, etc. b) Disposição para sermos quebrados e morrer. Deus nos chamou para darmos frutos, compartilhando com outros a mensagem de salvação de Jesus Cristo. Porém, faz-se necessário que, como o grão de trigo, morramos para nós mesmos, renunciemos totalmente a vida passada, e entremos em um processo de libertação. Morrer para a auto-suficiência, a intelectualidade, o orgulho, tudo aquilo que durante toda a vida nos manteve encarcerados em nós mesmos. Somente quando uma pessoa está disposta a ser quebrada em seu interior, a viver seu Peniel, como aconteceu com Jacó, quando seu coração estiver morto para si, é que pode vir a unção sobre ele para ministrar para outros. Na imposição de mãos, a autoridade é outorgada por Deus. A todo filho de Deus é dada a autoridade para ministrar em Nome de Jesus, através da imposição de mãos. Sabemos que toda a autoridade foi dada a Jesus Cristo e a Igreja. Então vamos impor as mãos em oração, com sabedoria e humildade. Questões 1. Quais os resultados que podem serem alcançados com a imposição de mãos, quando o processo se dá com a unção devida. ____________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 2. Explique o que significa “ser ministrado para ministrar” . ________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Jesus e a imposição de mãos Mediante a imposição de mãos Jesus demonstrou a autoridade que o acompanhava, mostrando com isso que a igreja podia exercer o domínio sobre as enfermidades e quebrar toda a influência de opressão nos pecadores. As de Jesus devem continuar desenvolvendo Seu poder de Santidade, libertando e restaurando, através de seus seguidores na igreja de hoje. A palavra IMPOSIÇÃO associa-se a contato físico. No desenvolvimento de seu ministério, Jesus destacou a importância do contato com o povo, da proximidade com as multidões, para que o poder e a autoridade divina fluíssem e cumprissem seu objetivo em cada vida. Destacamos alguns acontecimentos distintos nos evangelhos associados a: proximidade, contato físico e a imposição de mãos, descreva como foi esse contato, e como Jesus agiu em cada um deles, associando-os a imposição de mãos. 1. Lucas 13:10-13. ____________________________________________________ 2. Mateus 9:18-25. ___________________________________________________ 3. Mateus 9:27-30. ___________________________________________________ “A fé é elemento chave para que ocorra algo sobrenatural, mediante o contato físico, coma imposição de mãos. A fé em Deus se move fazendo o impossível, é que abra as postas para que o milagre aconteça”. Nas passagens que acabamos de citar,vemos as pessoas prostrando-se diante do Senhor, reconhecendo a autoridade do Mestre e alcançando um benefício através do contato físico com Ele, Jesus tem desejo de restaurar, curar, libertar da escravidão do pecado, todo aquele que deseja ser limpo, Jesus está pronto para pousar Sua mão de bênção e restauração em nossa vida, em todo o nosso ser: espírito, alma e corpo. A mão do Senhor está estendida para tocar e dizer. “Quero que sejas limpo”. 26
  • 27. Como você pode se tornar as próprias mãos de Jesus, operando no meio das necessidades do povo. _______________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Conclusão Impor as mãos, mãos santas, faz parte do princípio de transmissão em que flui o poder que vem de Deus. Nossa vida, através de nossas mãos, se tornam um instrumento usado por Deus para ministrar: cura, libertação, batismo no Espírito Santo, benção e ainda para transmitir autoridade e dons e para consagrar o serviço ao Senhor. Que você seja abençoado nas obras de suas mãos! Vamos orar o Salmo 90:17. “Seja sobre nós a graça do Senhor nosso Deus, confirma sobre nós as obras de nossas mãos, sim confirma a obra de nossas mãos”. Tarefa Durante essa semana busque de Deus, em oração, uma oportunidade para aplicar o princípio encontrado em Mc 16:18, ou de Mc 10:16. Esteja sobre a orientação de seu líder. Traga o relatório do que aconteceu. Referências bibliográficas e sugestões para leitura: Bíblia de referência Thompsom. Apostila: Estudo básico da vida Cristã – Igreja de células/G12 – http:/saldaterra.spedia.net Apostila: Escola de líderes – igreja Batista Cidade Nova Introdução Seguir a cristo não é tão fácil! Antes de trocarmos com Ele o nosso fardo, que é pesado, pelo d’Ele, que é leve e suave, passamos por muitas dificuldades em nosso dia-dia, até aprendermos a vencer as barreiras que se levantam à nossa frente. Barreiras vão se levantando para nos desanimar, nos destruir, nos desviar deste caminho Santo. Vejamos alguns exemplos: 27 Lição 10 Versículo Chave “Então disse a todos, se alguém que vir após min, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz e siga-me”. (Lc. 9:23) Textos Básicos: Romanos 8:35-39 VENCENDO AS BARREIRAS DO DIA A DIA
  • 28. 1) Um problema dentro de você – angustia por causa da palavra que o confronta. A Palavra revela como estamos, o que fazemos, o que agrada ou não Àquele que nos tirou das trevas. Porém, Ela é verdadeira e nossos são enganosos. 2) Tentação – Na sua opinião, todos os homens são tentados, ou apenas são mais fracos na fé. Explique!. ______________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Ao ser tentada, todos caem na tentação, ou existe uma fórmula ou um princípio que nos ampara. Cite pelo menos dois: _____________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Confirme sua declaração com Tiago 4:7. de acordo com este versículo, para resistir a tentação existem duas atitudes a serem tomadas antes. Quais São. ___________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Lembre-se: A tentação em si não é pecado. O pecado é cair, ceder a tentação. Procure no livro de Mateus Cap. 6 de 9 a 15 uma oração que podemos fazer pedindo ajuda ao Senhor na hora da tentação. Registre-a. _______________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Mas se mesmo assim cairmos temos uma solução. (1ºJo 1:7b). 3) O mundo – Não é em vão que Jesus disse em Sua Palavra: “no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo”. (Jo 16:33b). O mundo representa tudo que desagrada à Deus. (1º Jo 5:19). As filosofias, as concepções, as doutrinas, os prazeres passageiro deste mundo, tentam distorcer o sacrifício de Jesus na cruz,oferecendo outro tipo de salvação diferente desta estabelecida por Deus. Leia 1º João 2:15 a 17. aqui João destaca três aspectos que manifestam o amor ao mundo. Cite-os: ____________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________ Quais são as obras da carne. (Gal. 5:19-21). ________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Quais destas você ainda não conseguiu vencer. _____________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Nossos olhos no guiam em caminhos escuros, mas eles também nos fazem tropeçar. Copie 2º Pe 2:14a . __________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Compare com Mateus 5:28. Beacon diz: “A tendência dos olhos é cultivada pela aparência exterior das coisas, sem inquirir sobre seus valores reais”. Os olhos levam à mente, a mente leva ao coração e o coração por sua vez leva à ação. a) Soberba da vida – Quando você cresce espiritualmente (2º Pe 3:18),corre o risco de se orgulhar,achando ser o tal, ser maduro suficiente para vencer tentações sozinho,corre o risco de 28
  • 29. assumir e supervalorizar uma posição de destaque,tornando-se até próspero, deixando assim que a vaidade ocupe lugar especial em sua vida. b) Quem nos dá autoridade e prosperidade. A Ele seja toda glória, honra e louvor. Então como enfrentar o mundo agora que sou Cristão. • Não participando do que ele nos oferece. (Ef 5:11). • Ser determinante em sua nova posição, assumindo ser um Cristão de verdade. (Jó 22:28). • Evitar passar muito tempo em companhia de incrédulos (as más companhias corrompem o bom costume). • Buscar amizades que compartilhem seus propósitos e metas. • Firmar seu relacionamento com Deus, através da oração e leitura diária de Sua Palavra. O que diz Jesus em Jo 14:30. ___________________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Reflexão O mundo está em mim, ou eu estou no mundo: Minhas atitudes comprovam que: ________________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Porém devo: ________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Tarefa 1. Aliste atitudes que precisam ser mudadas em sua vida. _____________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 3. Cite 03 nomes de personagens bíblicos que conseguiram enfrentar as dificuldades do dia-dia e se tornarem mais que vencedores: ________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Conclusão Desta forma estarei me preparando para enfrentar as dificuldades ou barreiras na minha vida Cristã. Meu caráter deve ser parecido com o do meu Senhor, para que os outros vejam em mim semelhança. E assim, poderei dizer com o Apostolo Paulo: “Sede meus imitadores como eu sou de Cristo” (1º Cor 11:1). âReferências bibliográficas e sugestões para leituras FAJARDO, Cláudia – “Afirmando meus passos” – Colômbia. 29
  • 30. Introdução Buscar um caráter transformado, viver de maneira que agrada a Deus, ter uma vida abundante (Jo 10:10) faz parte da vontade de Deus para nós, no que diz respeito a santificação. Deus te chamou para viver segundo seus preceitos, para ser conduzido pelo caminho das bem-aventuranças, para ser puro, Deus é Santo e te chama para SER SANTO. “Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santificação”. (1º Ts 4:7). Reflexão/discussão 1. Qual o verdadeiro significado de santidade. ______________________________ _________________________________________________________________________ 2. A santidade está ao seu alcance. Porque. ________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 3. Como e por que alcançar a santificação. _________________________________ _________________________________________________________________________ Leia os textos bíblicos e reúna o conteúdo dos versículos para fazer as seguintes questões: 4.a Descreva por quê devemos buscar a santificação (Ex 19:22; Lv 20:26; Js 3:5; 2º Cr 29:5-11; 1º Cor 6:9-11; 1º Ts 4:7; Hb 12:14). __________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ 4.b Descreva como podemos desenvolver uma vida de santidade. (Jo 17:17; 1º Cor 1:30; Ef 5:26; 1º Ts 4:1-6 e 5:23).______________________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ 4.c De acordo com os textos bíblicos que se segue, faça uma lista citando as obras da carne. (1º Cor 6:8-10; Cl 3:8; Gl 5:16-21; 1º Ts 4:3-7). Pode ser em grupo ou dupla. O que acontece com as pessoas que praticam tais coisas. _____________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Nosso caráter e temperamento podem ser transformados por Deus. Mas para isso, é necessário reconhecer onde temos errado para, assim tirar toda a impureza de nossa vida. Se nós propusermos a n os purificar dessas coisas, seremos vasos de honra, santificados e idôneos para uso do Senhor e preparados para toda boa obra. (2º Tim 2:21). Pois “nós não recebemos o 30 Lição 11 Versículo Chave “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a santificação ninguém verá ao Senhor” (Hb 12:14). Textos Básicos: Lv 20:26; 1º Ts 4:1-7. SANTIDADE AO ALCANCE DE TODOS
  • 31. espírito do mundo, mas o Espírito que provem de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus” (1º Cor 2:12). Tarefa individual 1. Analise a lista anterior (obras da carne) e responda com sinceridade, quais as áreas de sua vida que precisam ser trabalhadas pelo Espírito de Deus, onde você tem enfrentado mais dificuldade. _________________________________________________ _________________________________________________________________________ 2. Descreva o que você pode fazer no decorrer desta semana, de maneira prática, para corrigir as áreas citadas acima, de forma que as pessoas ao seu redor possam perceber a vida de Jesus transbordando em você. _________________________________________ _________________________________________________________________________ Orem em duplas, comprometendo-se com este projeto de mudança. Conclusão Fomos santificados em Cristo Jesus (1º Cor 1:2), separados para Ele, pois estamos em Deus. O sangue de Jesus é a base onde se apóia nossa santificação, (Hb 13:12), porque é seu sangue que purifica o pecador. Somente depois de purificado, o pecador pode ter comunhão com Deus que é Santo. Somos santificados pela Palavra de Deus, Ela é o meio pela qual a santificação chega até nós. Foram as Palavras de Jesus. “Santifica-os na verdade; a tua Palavra é a verdade”. (Jo 17:17). Apropriamo-nos da santificação através da fé, conforme (Atos 26:18), fomos santificados pela fé. É indispensável que o vaso (líder) que está a levar o ensino da Palavra de Deus, esteja limpo, separado, transbordando da presença do Espírito Santo de Deus. Para isso, é preciso vigiar constantemente todas as áreas de sua vida, buscando equilíbrio e desenvolvendo uma vida cristã modelo para seus discípulos.a Palavra de Deus deve ser colocada em prática em seu viver diário, determinando sua maneira de pensar, sentir, agis, enfim, sua maneira de ser. “O mesmo Deus de paz vos santifique completamente. E todo o vosso espírito, alma e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”. (1º Ts 5:23). Para sermos santos, irrepreensíveis, é preciso constante renovação de mente pela Palavra de Deus, para que através da atuação do Espírito Santo haja transformação de vida a adequando o caráter aos princípios de Deus. “E o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes um pouco, Ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá”. (1º 5:10). Você foi separado para Deus. Alegre-se! Deus, o Pai, o chama de santo. Você foi separado para Ele, para viver uma nova vida, para a sua glória! Que o seu estilo de vida honre ao Senhor, O Santo de Israel! Durante esse estudo fui desafiado a: 31
  • 32. Para isso me comprometo a: âReferências bibliográficas e sugestões para leituras: Bíblia de referência Thompson. Palestra do Curso de formação de Professores em educação Cristã, do CECED/COBEMGE – E – mail:bíblico@zipmail.com.br LAHAYE, Tim – Temperamentos transformados – Ed. Mundo Cristão. Índice O projeto de Deus para a igreja do século XXI Conteúdo da 2ª Parte 1 hora/aula Página 1. Missão da Igreja – ganhar e consolidar 32 32
  • 33. 2. Treinar e enviar. 35 3. Autoridade delegada. 37 4. Autoridade e submissão. 38 5. O líder e sua fidelidade. 40 6. A influência do caráter. 42 7. Deus modela nosso caráter. 44 Introdução A aplicação correta dos princípios bíblicos para a igreja nos permite obter resultados positivos e duradouros. A ordem de Jesus não é simplesmente pregar, mas, ir (no grego indo...), fazendo discípulos, batizando, ensinando a guardar todas as coisas que Ele nos ensinou. Para alcançar resultados positivos, é necessário planejamento, organização e perseverança. Todo o objetivo está baseado nos quatro elementos de sustentação. Sem um deles, ele andaria manco de uma perna, e o caminho estabelecido pelo Espírito. ENVIAR TREINAR CONSOLIDAR GANHAR Cada um desses passos vai se unindo um ao outro, entrelaçando-se, e só desta maneira dão resultado, neles se obtém uma boa administração, para que a igreja atual possa se adequar nestes princípios bíblicos. De maneira nenhuma podemos saltar qualquer destes degraus, pois comprometeríamos por completo nosso objetivo maior,chegar ao final da escada com muitos discípulos salvos, curados e frutíferos. 33 Lição 01 Versículo Chave “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações”. (Mt 28:19a ). Textos Básicos: Mateus 28:19-20 A MISSÃO DA IGREJA – GANHAR E CONSOLIDAR
  • 34. 1º degrau – Ganhar A salvação das almas é o desejo ardente do coração de Deus. Todos os membros da Igreja devem ser motivados a ganhar outros para cristo. 1. Cite 3 versículos em que Jesus nos manda ganhar almas. ___________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ _______________________________________________________________ 2. Onde, quando e para quem devemos pregar a Palavra. Responda baseando-se em 2º Tm 4:2. ________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ 3. Cite alguns lugares em que você poderá ganhar vidas para Deus. _____________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Não existem limites, nem há só um método ou plano para se ganhar almas. É importante que todo discípulo de Jesus saiba evangelizar. Sugerimos o seguinte plano de salvação, para que você esteja “preparado e pronto para toda boa obra”. Estude este plano individualmente, treine-o com alguém da escola de líderes. Plano de Salvação 1. Precisamos ter um bom relacionamento com Deus. Você sabia que Deus o ama muito. Ele o ama tanto que deu Seu único filho: Jesus (Jo 3:16 e 10:10). 2. O homem é pecador e está separado de Deus, por isso não conhece o plano de Deus para sua vida. (Rm 3:23; 6:23). 3. Jesus, o único filho de Deus morreu numa cruz para lhe dar salvação, Ele derramou o seu precioso sangue numa cruz em seu lugar, seus pese suas mãos foram pregados com grandes pregos, sua cabeça recebeu uma coroa de espinhos, tudo isso por amor a você. Aleluia! Jesus não permanece morto, mas ressuscitou depois de 3 dias. Portanto, “Ele é o único caminho, verdade e vida”. (João 14:6). 4. Você precisa receber Jesus como seu salvador. Pela fé, convide-o a morar em seu coração, tornando-se o Senhor e Salvador de sua vida, para que você seja filho de Deus. (Jo 1:12). Você quer fazer o que está escrito em Romanos 10:9 e 10. Leia o texto. Oração de confissão “Senhor Jesus eu abro o meu coração nesta hora, para que o Senhor venha me levar e purificar de todo o pecado. Eu o recebo como Senhor e Salvador, reconheço que sou pecador e preciso de Teu perdão. Obrigado por teres morrido em meu lugar. Amém”. Assim como as plantas nascem crescem e se reproduzem, você acabou de nascer na família de Deus. Agora para você crescer na fé, deverá ler a bíblia e orar todos os dias, procure freqüentar a igreja para você cultivar a vida com Deus. 34
  • 35. Aproveite cada oportunidade de levar pessoas a Cristo. Seja claro e objetivo em suas explicações, estude e decore este plano de Salvação, e se empenhe no trabalho do Senhor, para ganhar muitas almas. 2º degrau – Consolidar Não basta ganhar, é preciso cuidar. Cuidar é ir além, é tratar do novo convertido como seu próprio filho. Consolidar é o mesmo que cuidado, pastoreio e atenção dispensados ao novo crente, para gerar nele o caráter de Jesus. 1. De acordo com João 15:16, como viver o novo crente. _____________________ _________________________________________________________________________ 2. Cite pelo menos um caso na bíblia,onde vemos alguém consolidando um novo crente em Jesus. ____________________________________________________________ _________________________________________________________________________ A consolidação é um processo eficaz para formar discípulos. Princípios da consolidação Cabe ao consolidador (comente com poucas palavras, cada item abaixo): 1. Verificar a entrega. 2. Doutrinar os novos crentes. 4. Promover companheirismo. 3. Exercer compaixão. 5. Estar sempre à disposição. 6. Praticar a santidade. 7. Viver em oração. Passos para a consolidação eficaz 1. Oração. 2. Fonovisita: Dar um telefonema, pelo menos 24 Horas antes, convidando o novo decidido para visitar a igreja, ou o grupo familiar. 3. Visitação. • Analise os problemas de seu discípulo. • Peça a Deus uma palavra para a situação. • Selecione um texto apropiado e organize-o em uma mensagem curta, clara e objetiva. • Cuide de sua aparência. • Confirme o dia, hora e local da visita. • Alguém para acompanha-lo nesta visita. • Seja pontual. • Orem antes de sair. • Dependa do Espírito Santo. Conclusão 35
  • 36. Se você entender e aplicar em sua vida os princípios dos dois primeiros degraus deste método, você se tornará apto para subir os degraus que faltam, chegando finalmente ao topo da caminhada com muitos frutos para o Senhor Jesus. Conforme está escrito: “Aquele que ganha almas é sábio”. (Pv 11:30). A escola de líderes é um preparo para você ser enviado a conquistar outros, assumir um grupo familiar e frutificar. (Lc. 10:1). Então, mãos à obra. Vamos à prática! âReferências bibliográficas e sugestões para leituras Consolidação – A estratégia para o crescimento. MIR – Manaus – AM Introdução Se conseguirmos subir com êxito estes quatros degraus: ganhar, consolidar, treinar e enviar, além de estarmos apressando a volta de Jesus, também estaremos contribuindo para o esvaziamento do inferno. Leia: Romanos 10:13 a 15. Este texto fala algo forte com você. Comente-o com a turma. Depois de ganhar o seu discípulo, consolida-lo, firma-lo, é preciso passar pelo processo de treinamento para que continue a frutificar. (João 15:16). “Discipular é investir tempo na vida do discípulo, é caminhar junto, orando e jejuando, injetando em cada um a fé do reino, fortalecendo as bases e fechando todas as brechas”, (RENÊ TERRA NOVA). Toda pessoa treinada deve frutificar. Após esse treinamento, vem então, o envio. Somente podemos enviar alguém depois que esteja treinado e mostre frutos. Para ganhar, Guaraniaçu, o Paraná, o Brasil e as nações, faz-se necessário cumprir Rm 10:13-15. 1. Veja no dicionário o significado de Enviar. ______________________________ _________________________________________________________________________ 2. É aqui na escola de líderes, no treinamento e envio, que cada crente se torna líder. Registre um versículo que Jesus se preocupa com o envio. _____________________ _________________________________________________________________________ O sucesso desta grande obra consiste em acreditar que ela é de Deus e que precisa ser espalhada velozmente. Seu discípulo deve entender que todo carinho, atenção e treinamento que 36 Lição 02 Versículo Chave “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações”. (Mt 28:19a ) Textos Básicos: Mateus 28:19-20 TREINAR E ENVIAR
  • 37. recebeu durante este tempo deverá passar a outros. Assim ele estará sendo enviado a ganhar seus amigos, parentes, sua cidade, estado, país e até outras nações. Revisando os quatro degraus Todos nós subimos escadas várias vezes e estas nos leva a vários lugares. Nossa escada é composta de apenas quatro degraus, que começam aqui na terra e terminam lá no céu. Que tal começarmos a subir cada um deles. Com certeza, se você subir os quatro, será mais que um vencedor. Ganhar O primeiro degrau nos mostra que todos devemos ganhar. Conquistar almas para Deus. Nossos colegas, vizinhos, parentes e professores, precisam ouvir falar de Jesus. Fale a eles com folhetos, telefonemas, cartões, como achar melhor e, principalmente através de seu testemunho de vida (Mt 28:19, 20). Consolidar O segundo degrau nos mostra que após nosso abrir o coração para Jesus, este o lavou de todo pecado. (1º Jo 1:7b) e precisamos consolidá-lo, firma-lo na presença de Deus, levando-o aos cultos, orando e lendo a bíblia com ele, levando-o a participar dos grupos da igreja, para que sua fé se consolide, se fortaleça e se firme. Treinar Precisamos treinar nosso discípulo para que ele ganhe outros também, através da escola de líderes, treinamentos e cursos, assim ele será capaz de ganhar e consolidar outras pessoas. (2º Tm 2:2). Enviar Finalmente, o quarto e último degrau: nosso amigo já recebeu Jesus no seu coração, foi consolidado, está sendo treinado. Então precisa frutificar, criar oportunidade para que mais pessoas conheçam e permaneçam com Jesus. Ele será enviado à preparar outros, talvez sendo líder de grupo familiar,e quem sabe mais tarde sendo preparado para o pastoreio, missões etc.). Tente subir com alguém estes quatros degraus e, no fina, ouça o que o Senhor lhe diz em Mt 25:23 e Rm 8:37. Que Deus o abençoe! Conclusão Um discípulo de Jesus vivo e próspero deve levar pessoas a passarem pelos quatro degraus da escada de sucesso: ganhando, consolidando, treinando e enviando, num ciclo sem fim, se todo o grupo se comprometer com o crescimento da igreja, orando e convidando novas pessoas para participarem, resultado será sobrenatural, um dos objetivos é gerar líderes, que serão enviados para gerarem outros líderes. O caráter de um discípulador se reproduzirá em seus 37
  • 38. discípulos, por isso ele deve ser totalmente trabalho pelo Senhor. O nosso crescimento não depende exclusivamente de métodos, mas principalmente da ação do Espírito Santo na vida de pessoas que vivem uma vida Cristã modelo para seus discípulos (1º Cor 11:1). Aplicação Dividindo-se em duplas, compartilhe sobre quais degraus da escada de sucesso você já vem cumprindo em sua vida e quais precisa empenhar para melhor praticar em seu cotidiano e ministério. Se ainda não começou, o que lhe falta para começar a subir esses degraus. Identifique um passo que você gostaria de tomar, referentes aos quatro degraus da escada de sucesso. Anote-os aqui, e procure efetuar essa mudança através de atitudes. Compartilhe como grupo e orem sobre isso, em duplas. âReferências bibliográficas e sugestões para leituras: Consolidação. A Estratégia para o crescimento. MIR – Escola de líderes, 1999. Apostila: Escola de líderes – regional Leste I. Belo Horizonte, 2000 Discussão Você acha que é preciso existir autoridade e sujeição na igreja, qual a diferença entre líderes e liderados. (Gal 3:26-28; Tg 3:1). Todo reino autoridade e glória pertencem à Deus (Mt 6:13). Todo o universo está sob o domínio de Deus, temos pois que nos sujeitar à sua autoridade. Quando servimos a Deus, não devemos desobedecer às autoridades, porque a rebeldia é um princípio satânico (Is 14: 12-14). Para que a autoridade se expresse, é preciso que haja submissão. Sem humildade, isso é impossível, só a alcançamos através do Espírito Santo. Autoridades instituídas por Deus Explique como, e a quem Jesus reconheceu como autoridade em (Mt 22:21; 26:63 e 64; Fl 2:5-11). _____________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 38 Lição 03 Versículo Chave “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; por não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por Ele constituídas” (Romanos 13:1). Textos Básicos: Romanos (13:1-7; 1º Pedro 2:13 e 14; Judas v. 8 a 10). AUTORIDADE DELEGADA
  • 39. Jesus se esvaziou de toda Glória e poder para assumir a forma de escravo. Deus exaltou o Filho sobremaneira. Este é um princípio divino: Deus exalta todo aquele que se humilha. Com respeito à autoridade na Igreja é bom lembrar as palavras e o exemplo de humildade de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele não nega ter autoridade sobre os discípulos (João 13:13). Mas ao mesmo sendo Senhor e Mestre, dá uma lição de humildade e lava os pés dos discípulos. Isso significa que, em última análise, somos todos servidores, querem sejamos líderes, quer liderados. Os guias não devem ter domínio sobre a fé dos fiéis; antes devem ser cooperadores, trabalhando na mesma causa (2º Cor 1:24). Deus estabelece sua autoridade no lar. Leia e explique a quem é delegada autoridade em: a) Ef 5:22-24 _________________________________________________ b) Ef 6:1-3 _________________________________________________ c) Cl 3:18, 20, 22 _________________________________________________ Na igreja – de acordo com esses versículos, quais autoridades Deus estabeleceu na igreja. a) 1º Ts 5:12, 13 _________________________________________________ b) 1º Tm 5:17 _________________________________________________ c) 1º Cor 16:15 e 16 _________________________________________________ Como agir perante nossos líderes – Hb 13:17.______________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________ Como agir no mundo – 1º Pe 2:13 e 14 ___________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ A única exceção para nos sujeitarmos a autoridade delegada, se encontra em Atos 5:29, pois a autoridade não pode transgredir uma ordem ou princípio divino. Só Deus merece obediência irrestrita, sem medida. Sobre quais pessoas você pode identificar autoridade de Deus sobre sua vida. _____ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ Conclusão Se honrarmos a autoridade instituída pelo Senhor em nossa vida os outros honrarão a autoridade do Senhor em nós. Através da autoridade delegada recebemos suprimento espiritual. Como concluiu Watchman Nee “ficar em posição de autoridade, custa caro (...) respeitar a autoridade é respeitar a Deus, estar em posição de autoridade é ser exemplo para todos”. âReferências bibliográficas e sugestões para leituras: NEE, Watchman, autoridade espiritual – vida 1991 39
  • 40. Introdução Para trabalharmos para Deus temos de ser conquistados por sua autoridade, pois sendo governados por Deus, podemos ser usados por Ele, somente trabalhando na obediência à autoridade, podemos trabalhar de acordo com a vontade de Deus. Não podemos servir a Deus e andar com espírito rebelde. Quando um rebelde faz a obra, habita nele um princípio satânico. Satanás ri. Temos que ser enviados para trabalhar, e não procurar trabalho para fazer. Aquele que resiste a autoridade, resiste a Deus e incorrerá em julgamento (Ex 22:28). O apóstolo Paulo observa esse princípio. Descreva sua reação ao descobrir que Ananias era sacerdote de Deus em Atos 23:1-5. ___________________________________ ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ É preciso tratar e vigiar em nossa vida de maneira prática, os três aspectos nos quais a rebeldia se manifesta: palavras, razão e pensamentos. Precisamos submeter nossa razão, nossa mente a Cristo para podermos servir ao Senhor em liberdade de Espírito. Ler e discutir em duplas 2º Pe 2:10-12 e Jd V. 8 a 10. A que é comparado o pecado de rebelião em 1º Sm 15:23. Reflexão individual O que tem governado sua vida: a razão, seus conceitos e pensamentos ou a autoridade. E porque._______________________________________________________ _________________________________________________________________________. Você pensa independentemente de Cristo. Ou é totalmente obediente a Ele. ______ _________________________________________________________________________ 2º Cor 10:4 e 5. Isto libertação total. O desaparecimento de suas opiniões mundanas e espertezas mostram se entrou em contato com Deus. A maneira de conhecer a Deus é pela obediência. Todos os que vivem segundo a razão ainda não conhecem a Deus. Só o obediente conhece verdadeiramente a Deus. Como saber se você é totalmente obediente as autoridades. Faça com sinceridade esta análise apresentada por Watchman Nee em seu livro. 1. Uma pessoa que reconhece a autoridade naturalmente vai procurar descobrir a autoridade onde quer que vá. Só os cristãos podem obedecer, e eles também precisam aprender a obedecer, não externamente, mas de coração. 2. Uma pessoa que tomou o conhecimento da autoridade de Deus é mansa e submissa. 3. Uma pessoa que verdadeiramente reconhece autoridade, jamais deseja estar em posição de autoridade pós si mesma. 40 Lição 04 Versículo Chave “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; por não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por Ele constituídas” (Rm 13:1). Textos Básicos: 1º Sm 24:4-6; 26:9-11; Rm 13:1-7; 1º 1:22 AUTORIDADE E SUBMISSÃO
  • 41. 4. Uma pessoa que entrou em contato com a autoridade mantém sua boca fechada. Está sob controle. Não se atreve a falar levianamente, porque há nela um senso de responsabilidade. 5. Esta pessoa é sensível a todo ato de rebelião a sua volta. Percebe como o princípio de anarquia encheu a terra e até mesmo a igreja. Se não aprendermos a obedecer a autoridade, a igreja não dará nenhum testemunho sobre a terra. Conclusão Se o próprio Deus ousadamente confiou autoridade aos homens, vamos corajosamente obedece-lo. Se a autoridade estiver errada é diretamente responsável diante de Deus. Assim se algo não estiver certo,a falta não estará conosco, mas com a autoridade, pois o Senhor declara. “Todo homem esteja sujeito as autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instruídas “ (Rm 13:1). Que Deus nos conceda graça e nos livre da rebeldia. Durante esse estudo fui desafiado a: _______________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ Por isso me comprometo a : ______________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ âReferências bibliográficas e sugestões para leituras: NEE, Watchman, autoridade espiritual – vida 1991 Introdução A igreja necessita de uma boa liderança para poder cumprir sua missão na terra, homens com o caráter transformado pelo poder do Espírito Santo, pelas experiências da vida com Cristo. 41 Lição 05 Versículo Chave “Pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por constrangimento, mas espontaneamente, como Deus quer,nem por sórdida ganância, nem como dominadores dos que vos foram confiados, antes tornando-vos modelo do rebanho” 1º Pe 5:2 e 3 Textos Básicos: Js 24:14 e 15 O LIDER E SUA FIDELIDADE