Antidiabéticos orais

325 visualizações

Publicada em

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antidiabéticos orais

  1. 1. ANTIDIABÉTICOS ORAIS
  2. 2. A DOENÇA: É uma doença metabolica caracterizada por um aumento anormal do açucar ou glicose no sangue. A glicose é a principal fonte de energia do organismo porém, quando em excesso, pode trazer várias complicações à saúde como por exemplo o excesso de sono no estágio inicial, problemas de cansaço e problemas físico- táticos. Quando não tratada adequadamente, podem ocorrer complicações como ataque cardiaco, derrame cerebral, insuficiência, problemas visão, amputação do pé e lesões de difícil cicatrização.
  3. 3. Distúrbio : • O Diabetes Melitus é um Distúrbio causado pela falta absoluta ou relativa de insulina no organismo. Quando a insulina produzida pelo pâncreas se torna insuficiente, a glicose é impedida de ser absorvida pelas células, o que provoca a elevação dos níveis sanguíneos de glicose, cuja taxa normal, em jejum, é de 70 a 100 mg por 100 ml de sangue. • Existem dois tipos de Diabetes o tipo 1 e o tipo 2: • Diabetes tipo1: o pâncreas não produz insulina. Quando pouca ou nenhuma insulina vem do pâncreas, o corpo não consegue absorver a glicose do sangue, assim o nível de glicose no sangue fica constantemente alto. A dieta correta e o tratamento com insulina são necessários por toda a vida de um diabético. • Diabetes tipo 2: é o tipo de diabetes mais comum, ocorre mais em adultos. Pode ser controlado somente com dieta ou, a dieta mais o comprimido hipoglicemiante oral. O fator hereditário neste caso tem uma importância bem maior que no Diabetes tipo1. Este tipo de diabetes afeta 10% da população adulta. Neste caso a insulina é produzida, porém sua ação não é eficaz. • Os sintomas do Diabetes tipo 2 são menos perceptíveis, sendo esta a razão para considerá-lo mais “silencioso” que o tipo 1. Seus sintomas podem permanecer desapercebidos por muito tempo, pondo em sério risco a saúde do indivíduo.
  4. 4. FISIOPATOLOGIA:

×