Preconceito e discriminação

1.403 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
320
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Preconceito e discriminação

  1. 1. Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências BiológicasCurso de Licenciatura em Ciências Biológicas Iniciação Antecipada à Docência I Prof. Dr. Sued Oliveira Currículo Escolar e Identidades Culturais Alunos: Carlynne Simões; Fernanda Mendes; Madiel Corrêa
  2. 2. Identidade e DiferençaDesenvolvimento da nossa identidade:• Interações com diferentes pessoas e grupos comquem convivemos .• Meios de comunicação.• Aquilo que se é: “sou jovem”, “sou negro”.“A identidade se associa intimamente com adiferença: o que somos se define em relação ao quenão somos”. (SILVA,2000)
  3. 3. A escola tendo um papel importante na colaboração paraa formação da identidade do aluno.• Habilidades• Valores• Desenvolvimento da identidade pessoal Em um mundo mais globalizado, crises de identidadeafetam as escolas e salas de aula.• Sociedade multiculturalizada, revertida compreconceitos.
  4. 4. Preconceito e Discriminação  “As afirmações sobre identidade, assim, envolvem outras afirmações, não explicitadas, sobre outras identidades diferentes da nossa. Ou seja, a identidade depende da diferença, a diferença depende da identidade. Identidade e diferença são inseparáveis.” (SILVA, 2000). Criação de “grupos fechados, distintos” e de “outros grupos”; “nós” (superior, normal) e “eles” (excluídos, anormais).
  5. 5.  “Arco-íris” de culturas Traz para a sala de aula a riqueza, pluralidade, estimulação e desafio Porém, também traz complexidade e dificuldades para o trabalho docente (STOER & CORTESÃO apud MOREIRA e CÂMARA) Importância de se saber lidar com as identidades e diferenças dentro da escola - Despertando a atenção e o interesse; - Atendendo às distinções de grupos diferentes; - Problematizando as relações que causam opressão; - Facilitando a aprendizagem.
  6. 6.  “Hoje em dia não se pode mais pensar numa igualdade que não incorpore o tema do reconhecimento das diferenças, o que supõe lutarcontra todas as formas de desigualdade, preconceito e discriminação.” (CANDAU, Vera Maria Ferrão).
  7. 7. Metas e estratégias para lidar com as identidades e diferenças Aumentar o enfoque às situações de opressão. Percepção de situações de discriminação e preconceito em espaços sociais.
  8. 8.  Proporcionar informações sobre os diferentes tipos de preconceito Quebra de visões estereotipadas. Resgate e valorização de culturas subalternizadas.
  9. 9.  Influência da mídia na formação das identidades. Divulgação de identidades exteriores. O professor como estimulador de críticas. Possibilidade de novos posicionamentos.
  10. 10.  Mobilizar as diferenças Não isolamento dos grupos pelas diferenças. Promover experiências de interação. Diálogo como peça fundamental.
  11. 11.  Referências Bibliográficas:• CANDAU, Vera Maria. Direitos Humanos, educação e interculturalidade: as tensões entre igualdade e diferença. Rev. Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v.13. n.37, Jan./Abr. 2008. ISSN 1413-2478• MACHADO, Maurimar Melo; REIS, Maria das Dores; LOPES, José de Souza. O preconceito no contexto social. Revista on-line Unileste, vol. 2, N°2, pag.1-8, jul./dez. 2004.• MIRANDA, Antonio. Sociedade da informação: globalização, identidade cultural e conteúdos. Rev. Ciência da Informação, v. 29. n. 2, p.78-88, Maio/Ago. 2000.• MOREIRA, A. Flavio; CÂMARA, Michele Januario. Reflexões sobre currículo e identidade: implicações para a prática pedagógica. In: CANDAU, V. M. (orgs.). Multiculturalismo, diferenças culturais e práticas pedagógicas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011. p. 38-66.

×