O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Pedi e Obtereis.pdf
Pedi e Obtereis.pdf
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 21 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais de Rivaldo Guedes Corrêa. Jr (15)

Mais recentes (20)

Anúncio

Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx

  1. 1. Enfermidades do corpo físico
  2. 2. “Lembremo-nos de que, por vezes, perdemos a casa terrestre a fim de aprendermos o caminho da casa celeste; ... há épocas em que as feridas do corpo são chamadas a curar as chagas da alma, e situações em que a paralisia ensina a preciosidade do movimento.” Emmanuel
  3. 3.  Introdução ◦ Prefácio de Prece pelo doentes e pelos obsidiados.  Notas do Evangelho Segundo o Espiritismo. Capítulo V - Bem aventurados os aflitos.  Notas do Livro dos Espíritos. Parte II, Capítulo VI, Parte III, capítulo IV.  Notas do Livro Evolução em dois mundos. Capítulo A invasão microbiana.  Notas do Livro O Médico Jesus.  Vídeo em Mini-palestra, Dr. João Antonio Duarte Jacinto.  Dinâmica: mentalização de saúde.
  4. 4.  “As doenças fazem parte das provas e das vicissitudes da vida terrena; são inerentes à grosseria da nossa natureza material e à inferioridade do mundo que habitamos. As paixões e os excessos de toda ordem semeiam em nós germens malsãos, às vezes hereditários. Nos mundos mais adiantados, física ou moralmente, o organismo humano, mais depurado e menos material, não está sujeito às mesmas enfermidades e o corpo não é minado surdamente pelo corrosivo das paixões. (Cap. III, n° 9.) Temos, assim, de nos resignar às conseqüências do meio onde nos coloca a nossa inferioridade, até que mereçamos passar a outro. Isso, no entanto, não é de molde a impedir que, esperando tal se dê, façamos o que de nós depende para melhorar as nossas condições atuais. Se, porém, mau grado aos nossos esforços, não o conseguirmos, o Espiritismo nos ensina a suportar com resignação os nossos passageiros males.” (Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. XXVIII, item V, p.430).
  5. 5. Porque sofrem uns mais do que outros? Causas atuais Causas anteriores
  6. 6. “Bem aventurados os aflitos, pois que serão consolados.” Pagamento das dívidas contraídas libertação “Bem aventurados os aflitos, o reino dos céus lhes pertence.” Resignação recondução para Deus
  7. 7. As vezes nos perguntamos:  Porque que razão crianças morrem em tão tenra idade?  Porque muitos possuem enfermidades de nascença?  Porque existem tantas doenças que causam o sofrimento extremo?  Porque tantas almas vem a este mundo a braços com tantas misérias?  Porque tantos sofrem se não puderam praticar nessa existência nem o bem, nem o mal?  O que dizer das deficiências físicas e mentais congênitas?
  8. 8. Questão 964: Mas, será necessário que Deus atente em cada um dos nossos atos, para nos recompensar ou punir? Esses atos não são, na sua maioria, insignificantes para Ele? Resposta dos Espíritos: “Deus tem Suas leis a regerem todas as vossas ações. Se as violais, vossa é a culpa. Indubitavelmente, quando um homem comete um excesso qualquer, Deus não profere contra ele um julgamento, dizendo-lhe, por exemplo: Foste guloso, vou punir-te. Ele traçou um limite; as enfermidades e muitas vezes a morte são a consequência dos excessos. Eis aí a punição; é o resultado da infração da lei. Assim em tudo.”
  9. 9. Questão 258: Quando na erraticidade, antes de começar nova existência corporal, tem o Espírito consciência e previsão do que lhe sucederá no curso da vida terrena? Resposta dos Espíritos: “Ele próprio escolhe o gênero de provas por que há de passar e nisso consiste o seu livre-arbítrio.” Questão 259: Não é Deus, então, quem lhe impõe as tribulações da vida, como castigo? Resposta dos Espíritos: “Nada ocorre sem a permissão de Deus, porquanto foi Deus quem estabeleceu todas as leis que regem o Universo. Ide agora perguntar por que decretou Ele esta lei e não aquela. Dando ao Espírito a liberdade de escolher, Deus lhe deixa a inteira responsabilidade de seus atos e das conseqüências que estes tiverem (...).”
  10. 10. Existe influência do corpo físico sobre a alma e da alma sobre corpo físico?
  11. 11. “(...) a imprudência e o ócio se responsabilizam por múltiplas enfermidades, como sejam os desastres circulatórios provenientes da gula, as infecções tornadas de higiene, os desequilíbrios nervosos nascidos da toxicomania e a exaustão decorrente de excessos vários. De modo geral, porém, a etiologia das moléstias perduráveis, que afligem o corpo físico e o dilaceram, guardam no corpo espiritual as suas causas profundas. (...)” Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  12. 12. “(...) enquistações de energias profundas, no imo de nossa alma, expressando as chamadas dívidas cármicas, por se filiarem a causas infelizes que nós mesmos plasmamos na senda do destino, são perfeitamente transferíveis de uma existência para outra. Isso porque, se nos comprometemos diante da Lei Divina em qualquer idade da nossa vida responsável, é lógico venhamos a resgatar as nossas obrigações em qualquer tempo, dentro das mesmas circunstâncias nas quais patrocinamos a ofensa em prejuízo dos outros (...).” Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  13. 13. “A sepse ou sepsis é uma síndrome que acomete os pacientes com infecções severas. É caracterizada por um estado de inflamação que ocorre em todo o organismo, secundária a invasão da corrente sanguínea por agentes infecciosos (geralmente bactérias). A resposta inflamatória do organismo a uma invasão microbiana maciça pode ser tão intensa que causa diversos distúrbios, como choque circulatório, alterações na coagulação e falência múltipla de órgãos. O choque séptico é a forma mais grave de sepse.” Fonte: http://critical-care-diagnosis.blogspot.com.br/
  14. 14. – “A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais?” – “Excetuados os quadros infecciosos pelos quais se responsabiliza a ausência da higiene comum, as depressões criadas em nós por nós mesmos, nos domínios do abuso de nossas forças, seja adulterando as trocas vitais do cosmo orgânico pela rendição ao desequilíbrio, seja estabelecendo perturbações em prejuízo dos outros, plasmam, nos tecidos fisiopsicossomáticos1 que nos constituem o veículo de expressão, determinados campos de ruptura na harmonia celular.” 1 Aquilo que pertence, simultaneamente, aos domínios do corpo físico e do corpo psicossomático, sendo este o psicossoma (corpo espiritual ou perispírito).
  15. 15. "Não raro, criamos, inconscientemente, nossas próprias doenças para satisfazer certas necessidades emocionais que não estavam sendo atendidas por outras vias. Vamos mergulhar nas camadas mais profundas do nosso ser e verificar quais são essas necessidades psicológicas e procuremos atendê-las de maneira saudável, sem a necessidade de doença. Pode ser que você esteja odiando seu emprego, seu casamento ou esteja precisando de atenção de alguém que lhe é muito especial, por exemplo. Ao descobrirmos essas verdades, podemos encontrar outros meios menos dolorosos para a satisfação de nossas necessidades emocionais. E quando isso ocorre, a doença não tem mais razão de existir. As palavras "curar" e "cuidar" têm a mesma raiz etimológica. Toda cura pressupõe um cuidado."
  16. 16. “As células do nosso organismo se alimentam do mesmo teor dos nossos pensamentos. Tudo que se passa na mente se passa no corpo. Você não é apenas o que come, é também o que pensa.”
  17. 17. “Recuperar a saúde depende da nossa capacidade de regeneração íntima diante dos revezes da vida. A cristalização de sentimentos negativos impedirá que as próprias células e órgãos também se regenerem diante dos inevitáveis insucessos que todos experimentam na jornada.”
  18. 18. “A gratidão é uma das mais eficientes terapias espirituais para a saúde, porque o ato do agradecimento faz com que o corpo libere endorfinas na corrente sanguínea, substâncias que fortalecem o sistema imunológico, favorecem a dilatação das artérias, relaxando o aparelho circulatório. Já a queixa provoca um acréscimo desnecessário de adrenalina na circulação, contribuindo para o enfraquecimento do sistema de defesa e para o risco de derrame e doenças cardíacas.”
  19. 19. Bach. Air on.
  20. 20. 1) KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. FEB. 112ª edição. 2) KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos. FEB. 76ª edição. 3) De Luca, José Carlos. O Médico Jesus. EBM. 1ª edição. 2009. 4) LUIZ, André (psicografia de Chico Xavier). Evolução em Dois Mundos. FEB. 5) JACINTO, João, Dr. Palestra O Papel do Perispírito nas Doenças. Video. JPME – Jornadas Portuguesas de Medicina e Espiritualidade. 2013. disponível em https://www.youtube.com/watch?v=bXiBbVJUzzM. Acessado em 06 ago 2016. 6) Blog Dignóstico de Enfermagem em Terapia Intensiva. Disponível em http://critical-care-diagnosis.blogspot.com.br/. Acessado em 02 ago 2016.
  21. 21. CENTRO ESPÍRITA ANDRÉ LUIZ GUARÁ - BRASÍLIA/DF 2016, 2019, 2022

×