SlideShare uma empresa Scribd logo
Crianças do mundo

Trabalho realizado por:
Ana Galrito, nº2
Constança Laranjo, nº6
Marta Sousa, nº21
João Teles, nº
Introdução
O mundo tem quase 7 bilhões de habitantes. Desse

total, mais de 2 bilhões são crianças.
Neste trabalho vamos abordar:
o conceito de criança;
os seus respetivos direitos;
os seus deveres;
a maneira como são tratadas;
a condições onde vivem.
Criança
O que é?
Uma criança é um ser humano no início de seu desenvolvimento.

Recém nascida

Bebé

A infância é o período que vai
desde
o
nascimento
até
aproximadamente o décimo-segundo
ano de vida de uma pessoa.
É um período de grande
desenvolvimento físico, marcado pelo
gradual crescimento da altura e do
peso da criança.

Criança
Necessidades das crianças:
• Alimentação;
• Limpeza;
• Higiene;
• Vestuário;
• Abrigo.

A criança é dependente do adulto
nos seus primeiros anos de vida.

Outra necessidade a que a criança
é sujeita é a tomar vacinas para
que esta a previna de doenças.
Direitos da Criança
Até finais do século XIX, a ideia de que
as crianças tivessem algum tipo de direitos era
praticamente inexistente. Uma das primeiras
manifestações, neste sentido, foi a realizada por
Kate Wiggin em "Children's Rights" em 1892,
mas os pequenos tiveram que esperar até 1948,
ano no qual a Organização das Nações
Unidas aprovou a Declaração Universal
dos Direitos Humanos, onde estes direitos
foram reconhecidos de maneira detalhada e

implícita.
Durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, no dia
20 de Novembro de 1959, representantes de centenas de

países aprovaram a Declaração dos Direitos da
Criança. Ela foi adaptada da Declaração Universal dos
Direitos Humanos, porém, voltada para as crianças.
Direitos das Crianças
Direito:
Toda criança tem direito à vida.
Toda criança tem direito à vida.

Direito:
Toda criança tem direito à vida.
Para viver, toda criança precisa comer bem.

Direito:
Toda criança tem direito à vida.
Toda criança deve crescer com saúde.

Direito:
Toda a criança deve crescer num
Toda criança tem direito à vida.
ambiente limpo e saudável
Direitos das Crianças
Direito:
Toda criança deve crescer num ambiente limpo e saudável.
Toda criança deve ser protegida da violência e da crueldade.

Direito:
Toda criança deve crescer num ambiente limpo e saudável.
Toda criança precisa ter uma escola para estudar.

Direitos:
Toda criança deve brincar. Nenhuma deve trabalhar.
crescer num ambiente limpo e saudável.
Como vivem as crianças no mundo?
As crianças vivem todas em lugares muito diferentes, mas
têm uma coisa em comum: são crianças. Apenas temos que
entender que, cada uma tem oportunidades diferentes na

vida e que essas mesmas oportunidades alteram a sua
maneira e as condições de viver .
Todos devemos ter a noção que as crianças vivem de
maneira muito diferentes, porque nem todas têm :
acesso a água e ar limpo;
a comida adequada;
a assistência médica;

a escola de qualidade;
e a outras necessidades básicas.

A maioria desses problemas
acontece com crianças muito
pobres.

Pobreza: carência de bens e serviços essenciais, falta de recursos económicos e
por sua vez carência Social.
Crianças do mundo
Em contrapartida e felizmente em muitos países do
mundo as crianças já são tratadas com respeito e já tem
as condições necessárias para adquirirem o seu bem

estar como: três refeições por dia, um lugar tranquilo
para fazerem os seus trabalhos de casa, escola
gratuita, livros didáticos em casa, ligação à Internet,

assistência médica de qualidade etc..
Crianças do mundo
Tipos de Violência Contra as Crianças
Por vezes os direitos que estudamos anteriormente não são
cumpridos, não sendo assim as crianças respeitadas. Estas são
algumas problemáticas da sociedade:

Violência física;

Discriminação;

Psicológica;

Racismo;

Discriminação;

Abusos sexuais;

Negligência;

Bullying

Maus-tratos;

Exploração Infantil
Violência Contra as Crianças
Anualmente cerca de 3 milhões de crianças sofrem algum

tipo de violência domestica.
Atualmente ainda existem crianças escravizadas nos países
do terceiro mundo, trabalhando em condições sub-humanas.
Segundo a Unicef, mais de um milhão de crianças ingressa
no comércio do sexo em todo o planeta.
Conclusão
Com este trabalho concluímos que as crianças
ao longo do tempo têm vindo a conquistar os seus
direitos, com algum esforço e sacrifício. Ao longo
dos tempos lutaram por tudo o que têm agora, e

mesmo assim ainda há muitas que não tem os
direitos que deveriam para poderem ser felizes
como todas merecem.
Por isso.. Trate bem das
crianças, com todo o devido
respeito porque elas são o
melhor de nós e são o nosso
FUTURO!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Grupo com gestantes
Grupo com gestantesGrupo com gestantes
Grupo com gestantes
Alinebrauna Brauna
 
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
deboradamata
 
Vigilância Sanitária
Vigilância SanitáriaVigilância Sanitária
Vigilância Sanitária
Shirley Afonso
 
Sus
SusSus
Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?
Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?
Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?
PCare Fisioterapia
 
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnabPortaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Nadja Salgueiro
 
Saúde da Mulher
Saúde da MulherSaúde da Mulher
Saúde da Mulher
Neto Pontes
 
Aula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de ImunizacaoAula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de Imunizacao
Erivaldo Rosendo
 
Apresentacao técnico em enfermagem
Apresentacao técnico em enfermagemApresentacao técnico em enfermagem
Apresentacao técnico em enfermagem
Técnico em Enfermagem
 
Higiene e Saúde
Higiene e SaúdeHigiene e Saúde
Higiene e Saúde
Paulo Coelho
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
Centro Universitário Ages
 
Aula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra criançasAula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra crianças
Diego Alvarez
 
Aula de humanização plt
Aula de humanização pltAula de humanização plt
Aula de humanização plt
enfanhanguera
 
Manual do Bebê: Cuidados, orientações e dicas
Manual do Bebê: Cuidados, orientações e dicasManual do Bebê: Cuidados, orientações e dicas
Manual do Bebê: Cuidados, orientações e dicas
blogped1
 
Profae apostila 2 ( estudos regionais higiene e profilaxia e nutrição e diet...
Profae apostila 2 ( estudos regionais  higiene e profilaxia e nutrição e diet...Profae apostila 2 ( estudos regionais  higiene e profilaxia e nutrição e diet...
Profae apostila 2 ( estudos regionais higiene e profilaxia e nutrição e diet...
Adriana Silva
 
7 biossegurança laboratorial
7 biossegurança laboratorial7 biossegurança laboratorial
7 biossegurança laboratorial
William Dutra
 
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
Valdirene1977
 
Higiene pessoal
Higiene pessoalHigiene pessoal
Higiene pessoal
Maryanne Guimarães
 
Curso cuidador infantil
Curso cuidador infantilCurso cuidador infantil
Curso cuidador infantil
Roneide Valeriano
 
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saberIMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Mais procurados (20)

Grupo com gestantes
Grupo com gestantesGrupo com gestantes
Grupo com gestantes
 
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
 
Vigilância Sanitária
Vigilância SanitáriaVigilância Sanitária
Vigilância Sanitária
 
Sus
SusSus
Sus
 
Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?
Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?
Porque alguns pacientes ficam em Isolamento, nos hospitais ou em domicílio?
 
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnabPortaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
Portaria 2.436 21 de setembro 2017 nova pnab
 
Saúde da Mulher
Saúde da MulherSaúde da Mulher
Saúde da Mulher
 
Aula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de ImunizacaoAula Programa Nacional de Imunizacao
Aula Programa Nacional de Imunizacao
 
Apresentacao técnico em enfermagem
Apresentacao técnico em enfermagemApresentacao técnico em enfermagem
Apresentacao técnico em enfermagem
 
Higiene e Saúde
Higiene e SaúdeHigiene e Saúde
Higiene e Saúde
 
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALARORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR
 
Aula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra criançasAula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra crianças
 
Aula de humanização plt
Aula de humanização pltAula de humanização plt
Aula de humanização plt
 
Manual do Bebê: Cuidados, orientações e dicas
Manual do Bebê: Cuidados, orientações e dicasManual do Bebê: Cuidados, orientações e dicas
Manual do Bebê: Cuidados, orientações e dicas
 
Profae apostila 2 ( estudos regionais higiene e profilaxia e nutrição e diet...
Profae apostila 2 ( estudos regionais  higiene e profilaxia e nutrição e diet...Profae apostila 2 ( estudos regionais  higiene e profilaxia e nutrição e diet...
Profae apostila 2 ( estudos regionais higiene e profilaxia e nutrição e diet...
 
7 biossegurança laboratorial
7 biossegurança laboratorial7 biossegurança laboratorial
7 biossegurança laboratorial
 
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
 
Higiene pessoal
Higiene pessoalHigiene pessoal
Higiene pessoal
 
Curso cuidador infantil
Curso cuidador infantilCurso cuidador infantil
Curso cuidador infantil
 
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saberIMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
 

Destaque

A CriançA Conhecendo Arte
A CriançA Conhecendo ArteA CriançA Conhecendo Arte
A CriançA Conhecendo Arte
Edmilson Faria
 
Higiene e segurança no trabalho
Higiene e segurança no trabalhoHigiene e segurança no trabalho
Higiene e segurança no trabalho
Rita Galrito
 
05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo
05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo
05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo
Ludmila Negreiros
 
As crianças no mundo africano
As crianças no mundo africanoAs crianças no mundo africano
As crianças no mundo africano
jovensnaeconomia
 
Slide infância roubada
Slide   infância roubadaSlide   infância roubada
Slide infância roubada
alinefonseca96
 
Planetas telúricos
Planetas telúricosPlanetas telúricos
Planetas telúricos
Rita Galrito
 
Trabalho de ingles - seventeen magazine
Trabalho de ingles - seventeen magazineTrabalho de ingles - seventeen magazine
Trabalho de ingles - seventeen magazine
Rita Galrito
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
Rita Galrito
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
Rita Galrito
 
Ambiente e Sociedade- As florestas
Ambiente e Sociedade- As florestasAmbiente e Sociedade- As florestas
Ambiente e Sociedade- As florestas
Rita Galrito
 
Fase2 aula 13 slides
Fase2 aula 13 slidesFase2 aula 13 slides
Fase2 aula 13 slides
Iara Paiva
 
Drogas, álcool e tabaco power point
Drogas, álcool e tabaco power pointDrogas, álcool e tabaco power point
Drogas, álcool e tabaco power point
Rita Galrito
 
Acreção e Diferenciação
Acreção e Diferenciação Acreção e Diferenciação
Acreção e Diferenciação
Rita Galrito
 
Planetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anõesPlanetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anões
Rita Galrito
 
Power point terra lua
Power point terra   luaPower point terra   lua
Power point terra lua
Rita Galrito
 
Fernando pessoa - Sonhar? Viver?
Fernando pessoa - Sonhar? Viver?Fernando pessoa - Sonhar? Viver?
Fernando pessoa - Sonhar? Viver?
Rita Galrito
 
Noruega e somália
Noruega e somália    Noruega e somália
Noruega e somália
Rita Galrito
 
Estatuto da criança do adolescente eca
Estatuto da criança  do adolescente   ecaEstatuto da criança  do adolescente   eca
Estatuto da criança do adolescente eca
Alinebrauna Brauna
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
Rita Galrito
 
Reino Protista
Reino Protista Reino Protista
Reino Protista
Rita Galrito
 

Destaque (20)

A CriançA Conhecendo Arte
A CriançA Conhecendo ArteA CriançA Conhecendo Arte
A CriançA Conhecendo Arte
 
Higiene e segurança no trabalho
Higiene e segurança no trabalhoHigiene e segurança no trabalho
Higiene e segurança no trabalho
 
05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo
05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo
05 toda crianca tem_direito_de_ler_o_mundo
 
As crianças no mundo africano
As crianças no mundo africanoAs crianças no mundo africano
As crianças no mundo africano
 
Slide infância roubada
Slide   infância roubadaSlide   infância roubada
Slide infância roubada
 
Planetas telúricos
Planetas telúricosPlanetas telúricos
Planetas telúricos
 
Trabalho de ingles - seventeen magazine
Trabalho de ingles - seventeen magazineTrabalho de ingles - seventeen magazine
Trabalho de ingles - seventeen magazine
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
 
Ambiente e Sociedade- As florestas
Ambiente e Sociedade- As florestasAmbiente e Sociedade- As florestas
Ambiente e Sociedade- As florestas
 
Fase2 aula 13 slides
Fase2 aula 13 slidesFase2 aula 13 slides
Fase2 aula 13 slides
 
Drogas, álcool e tabaco power point
Drogas, álcool e tabaco power pointDrogas, álcool e tabaco power point
Drogas, álcool e tabaco power point
 
Acreção e Diferenciação
Acreção e Diferenciação Acreção e Diferenciação
Acreção e Diferenciação
 
Planetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anõesPlanetas gigantes e anões
Planetas gigantes e anões
 
Power point terra lua
Power point terra   luaPower point terra   lua
Power point terra lua
 
Fernando pessoa - Sonhar? Viver?
Fernando pessoa - Sonhar? Viver?Fernando pessoa - Sonhar? Viver?
Fernando pessoa - Sonhar? Viver?
 
Noruega e somália
Noruega e somália    Noruega e somália
Noruega e somália
 
Estatuto da criança do adolescente eca
Estatuto da criança  do adolescente   ecaEstatuto da criança  do adolescente   eca
Estatuto da criança do adolescente eca
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Reino Protista
Reino Protista Reino Protista
Reino Protista
 

Semelhante a Crianças do mundo

GlossáRio
GlossáRioGlossáRio
GlossáRio
GlossáRioGlossáRio
Andrew e leonardo
Andrew e leonardoAndrew e leonardo
Andrew e leonardo
andriuleonardo
 
Joao anselmo 6ºe nº 4
Joao anselmo 6ºe nº  4Joao anselmo 6ºe nº  4
Joao anselmo 6ºe nº 4
Zaara Miranda
 
mzupem3_direitos_da_crianca.pptx
mzupem3_direitos_da_crianca.pptxmzupem3_direitos_da_crianca.pptx
mzupem3_direitos_da_crianca.pptx
gisela959593
 
Direitos
DireitosDireitos
Direitos
Gonçalo Silva
 
Direitos
DireitosDireitos
Direitos
Gonçalo Silva
 
Infancia2
Infancia2Infancia2
Infancia2
Marcia Panzarin
 
Declaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criançaDeclaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criança
eb1cambres
 
Declaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criançaDeclaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criança
eb1cambres
 
Declaração universal dos direitos humanos - Trabalho Infantil
Declaração universal dos direitos humanos - Trabalho InfantilDeclaração universal dos direitos humanos - Trabalho Infantil
Declaração universal dos direitos humanos - Trabalho Infantil
Hebert Arcanjo
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
Daniel Fantin
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
eduemateus
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
eduemateus
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
Daniel Fantin
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
Daniel Fantin
 
Dia universaldireitoscrianças exposição
Dia universaldireitoscrianças exposiçãoDia universaldireitoscrianças exposição
Dia universaldireitoscrianças exposição
IsabelPereira2010
 
Direitos da criança
Direitos da criançaDireitos da criança
Direitos da criança
tdalfollo
 
Luta contra o trabalho infantil
Luta contra o trabalho infantilLuta contra o trabalho infantil
Luta contra o trabalho infantil
leidianelopes1
 
Sexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptx
Sexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptxSexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptx
Sexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptx
PatriciaDaSilvaMunho
 

Semelhante a Crianças do mundo (20)

GlossáRio
GlossáRioGlossáRio
GlossáRio
 
GlossáRio
GlossáRioGlossáRio
GlossáRio
 
Andrew e leonardo
Andrew e leonardoAndrew e leonardo
Andrew e leonardo
 
Joao anselmo 6ºe nº 4
Joao anselmo 6ºe nº  4Joao anselmo 6ºe nº  4
Joao anselmo 6ºe nº 4
 
mzupem3_direitos_da_crianca.pptx
mzupem3_direitos_da_crianca.pptxmzupem3_direitos_da_crianca.pptx
mzupem3_direitos_da_crianca.pptx
 
Direitos
DireitosDireitos
Direitos
 
Direitos
DireitosDireitos
Direitos
 
Infancia2
Infancia2Infancia2
Infancia2
 
Declaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criançaDeclaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criança
 
Declaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criançaDeclaração universal dos direitos da criança
Declaração universal dos direitos da criança
 
Declaração universal dos direitos humanos - Trabalho Infantil
Declaração universal dos direitos humanos - Trabalho InfantilDeclaração universal dos direitos humanos - Trabalho Infantil
Declaração universal dos direitos humanos - Trabalho Infantil
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
 
Mateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveresMateus e fantin direitos e deveres
Mateus e fantin direitos e deveres
 
Dia universaldireitoscrianças exposição
Dia universaldireitoscrianças exposiçãoDia universaldireitoscrianças exposição
Dia universaldireitoscrianças exposição
 
Direitos da criança
Direitos da criançaDireitos da criança
Direitos da criança
 
Luta contra o trabalho infantil
Luta contra o trabalho infantilLuta contra o trabalho infantil
Luta contra o trabalho infantil
 
Sexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptx
Sexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptxSexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptx
Sexualidade infantil_ como abordar o tema na escola.pptx
 

Mais de Rita Galrito

Homossexualidade
HomossexualidadeHomossexualidade
Homossexualidade
Rita Galrito
 
Appacdm ..
Appacdm  ..Appacdm  ..
Appacdm ..
Rita Galrito
 
Asteróides, Cometas e Meteoróides
Asteróides, Cometas e MeteoróidesAsteróides, Cometas e Meteoróides
Asteróides, Cometas e Meteoróides
Rita Galrito
 
Origem do Sol e dos Planetas
Origem do Sol e dos PlanetasOrigem do Sol e dos Planetas
Origem do Sol e dos Planetas
Rita Galrito
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
Rita Galrito
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
Rita Galrito
 
Mudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologica
Mudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologicaMudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologica
Mudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologica
Rita Galrito
 
Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...
Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...
Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...
Rita Galrito
 
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroAuto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Rita Galrito
 
English - imperative and past simple
English - imperative and past simpleEnglish - imperative and past simple
English - imperative and past simple
Rita Galrito
 
Internet
InternetInternet
Internet
Rita Galrito
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
Rita Galrito
 
Incêndios Florestais
Incêndios FlorestaisIncêndios Florestais
Incêndios Florestais
Rita Galrito
 
O Aborto
O AbortoO Aborto
O Aborto
Rita Galrito
 
Anorexia
AnorexiaAnorexia
Anorexia
Rita Galrito
 
Mulheres em África
Mulheres em ÁfricaMulheres em África
Mulheres em África
Rita Galrito
 

Mais de Rita Galrito (16)

Homossexualidade
HomossexualidadeHomossexualidade
Homossexualidade
 
Appacdm ..
Appacdm  ..Appacdm  ..
Appacdm ..
 
Asteróides, Cometas e Meteoróides
Asteróides, Cometas e MeteoróidesAsteróides, Cometas e Meteoróides
Asteróides, Cometas e Meteoróides
 
Origem do Sol e dos Planetas
Origem do Sol e dos PlanetasOrigem do Sol e dos Planetas
Origem do Sol e dos Planetas
 
Reino Monera
Reino MoneraReino Monera
Reino Monera
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Mudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologica
Mudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologicaMudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologica
Mudança Global e gestão sustentável dos recursos - Previsão metereologica
 
Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...
Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...
Contrastes de desenvolvimento - Portugal vs Índia (Países desenvolvidos e Paí...
 
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroAuto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
 
English - imperative and past simple
English - imperative and past simpleEnglish - imperative and past simple
English - imperative and past simple
 
Internet
InternetInternet
Internet
 
Fluxo de energia
Fluxo de energia Fluxo de energia
Fluxo de energia
 
Incêndios Florestais
Incêndios FlorestaisIncêndios Florestais
Incêndios Florestais
 
O Aborto
O AbortoO Aborto
O Aborto
 
Anorexia
AnorexiaAnorexia
Anorexia
 
Mulheres em África
Mulheres em ÁfricaMulheres em África
Mulheres em África
 

Último

APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 

Último (20)

APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 

Crianças do mundo

  • 1. Crianças do mundo Trabalho realizado por: Ana Galrito, nº2 Constança Laranjo, nº6 Marta Sousa, nº21 João Teles, nº
  • 2. Introdução O mundo tem quase 7 bilhões de habitantes. Desse total, mais de 2 bilhões são crianças. Neste trabalho vamos abordar: o conceito de criança; os seus respetivos direitos; os seus deveres; a maneira como são tratadas; a condições onde vivem.
  • 3. Criança O que é? Uma criança é um ser humano no início de seu desenvolvimento. Recém nascida Bebé A infância é o período que vai desde o nascimento até aproximadamente o décimo-segundo ano de vida de uma pessoa. É um período de grande desenvolvimento físico, marcado pelo gradual crescimento da altura e do peso da criança. Criança
  • 4. Necessidades das crianças: • Alimentação; • Limpeza; • Higiene; • Vestuário; • Abrigo. A criança é dependente do adulto nos seus primeiros anos de vida. Outra necessidade a que a criança é sujeita é a tomar vacinas para que esta a previna de doenças.
  • 5. Direitos da Criança Até finais do século XIX, a ideia de que as crianças tivessem algum tipo de direitos era praticamente inexistente. Uma das primeiras manifestações, neste sentido, foi a realizada por Kate Wiggin em "Children's Rights" em 1892, mas os pequenos tiveram que esperar até 1948, ano no qual a Organização das Nações Unidas aprovou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, onde estes direitos foram reconhecidos de maneira detalhada e implícita.
  • 6. Durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, no dia 20 de Novembro de 1959, representantes de centenas de países aprovaram a Declaração dos Direitos da Criança. Ela foi adaptada da Declaração Universal dos Direitos Humanos, porém, voltada para as crianças.
  • 7. Direitos das Crianças Direito: Toda criança tem direito à vida. Toda criança tem direito à vida. Direito: Toda criança tem direito à vida. Para viver, toda criança precisa comer bem. Direito: Toda criança tem direito à vida. Toda criança deve crescer com saúde. Direito: Toda a criança deve crescer num Toda criança tem direito à vida. ambiente limpo e saudável
  • 8. Direitos das Crianças Direito: Toda criança deve crescer num ambiente limpo e saudável. Toda criança deve ser protegida da violência e da crueldade. Direito: Toda criança deve crescer num ambiente limpo e saudável. Toda criança precisa ter uma escola para estudar. Direitos: Toda criança deve brincar. Nenhuma deve trabalhar. crescer num ambiente limpo e saudável.
  • 9. Como vivem as crianças no mundo? As crianças vivem todas em lugares muito diferentes, mas têm uma coisa em comum: são crianças. Apenas temos que entender que, cada uma tem oportunidades diferentes na vida e que essas mesmas oportunidades alteram a sua maneira e as condições de viver .
  • 10. Todos devemos ter a noção que as crianças vivem de maneira muito diferentes, porque nem todas têm : acesso a água e ar limpo; a comida adequada; a assistência médica; a escola de qualidade; e a outras necessidades básicas. A maioria desses problemas acontece com crianças muito pobres. Pobreza: carência de bens e serviços essenciais, falta de recursos económicos e por sua vez carência Social.
  • 12. Em contrapartida e felizmente em muitos países do mundo as crianças já são tratadas com respeito e já tem as condições necessárias para adquirirem o seu bem estar como: três refeições por dia, um lugar tranquilo para fazerem os seus trabalhos de casa, escola gratuita, livros didáticos em casa, ligação à Internet, assistência médica de qualidade etc..
  • 14. Tipos de Violência Contra as Crianças Por vezes os direitos que estudamos anteriormente não são cumpridos, não sendo assim as crianças respeitadas. Estas são algumas problemáticas da sociedade: Violência física; Discriminação; Psicológica; Racismo; Discriminação; Abusos sexuais; Negligência; Bullying Maus-tratos; Exploração Infantil
  • 15. Violência Contra as Crianças Anualmente cerca de 3 milhões de crianças sofrem algum tipo de violência domestica. Atualmente ainda existem crianças escravizadas nos países do terceiro mundo, trabalhando em condições sub-humanas. Segundo a Unicef, mais de um milhão de crianças ingressa no comércio do sexo em todo o planeta.
  • 16. Conclusão Com este trabalho concluímos que as crianças ao longo do tempo têm vindo a conquistar os seus direitos, com algum esforço e sacrifício. Ao longo dos tempos lutaram por tudo o que têm agora, e mesmo assim ainda há muitas que não tem os direitos que deveriam para poderem ser felizes como todas merecem.
  • 17. Por isso.. Trate bem das crianças, com todo o devido respeito porque elas são o melhor de nós e são o nosso FUTURO!