Painel Pessoas ou Pacientes?
PROGRAMAÇÃO
Rio Info – setembro de 2015.
 Introdução: Novas tecnologias e o seu impacto nos cuidados ao cidadão
 Integração das TICs no setor de saúde: TIC Saúde...
Pessoas ou Pacientes?
Novas tecnologias e o seu impacto nos cuidados ao cidadão
Virgínia Duarte - Inteligência Softex
Rio ...
Um cenário; novo paradigma
 Cenário econômico incerto.
 Mercado interno: peso
relevante
Bigdata
Redes sociais
Mobilidade...
10TENDÊNCIAS
EM TI
Mc Kinsey.
 Dados estruturados + desestruturados + grande volume. Fontes diversas.
 Prever - predizer
 Poder das análises aumentam...
Matriz social
 Mais que um fenômeno de consumo. Conecta organizações internamente e
entre si.
 Criação compartilhada, de...
Internet das Coisas
 Proliferação de sensores e outros bilhões de objetos conectados à rede.
 Decisões tomadas a partir ...
Tudo como serviço
 Serviços de TI baseados na nuvem: IaaS, PaaS e SaaS. Grandes
investimentos x gastos flexíveis.
 Fragm...
Robôs cirurgiões, máquinas para diagnosticar e cuidar.
Novas profissões relacionadas com biologia e engenharia:
engenheiro...
Novos consumidores
 Milhões de novos consumidores especialmente nos mercado
emergentes. Nos países desenvolvidos, há um e...
Físico + digital
 Fronteiras entre digital e físico se confundem. Virtualização e realidade
aumentada.
 Nova geração de ...
Gratuitos, intuitivos, orientados para o usuário
 Desafio para os negócios: resultados rápidos e serviços de alta qualida...
 Internet móvel e evolução de tecnologias core: redução de custos e
simplificação do processo de transações online diminu...
Saúde, Educação,
Governo
 Setores com baixa produtividade e lentidão na adoção das novas
tecnologias passam a utilizar a ...
2015 - 2020
Tempo de mudanças
Momento de divisão das águas...
+
P&D compartilhado;
Plataformas abertas;
Commodity
+
Difere...
Novo paradigma
De processos para modelos de negócios
PROCESSOS
Digitalização de processos:
rapidez e eficiência
Integrar f...
Na Saúde
De pacientes para pessoas
Após indivíduo estar doente
Hospital, foco na doença, posição
passiva
Indivíduo não fic...
OBRIGADA!
VIRGÍNIA DUARTE
Área de Inteligência Softex
www.softex.br
virginia@softex.br
19 9 9284-7155
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rio Info 2015 – Palestra introdutória As TICs e o seu impacto nos cuidados básicos ao cidadão - Virgínia duarte

186 visualizações

Publicada em

Rio Info 2015 – Palestra introdutória As TICs e o seu impacto nos cuidados básicos ao cidadão - Virgínia duarte

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rio Info 2015 – Palestra introdutória As TICs e o seu impacto nos cuidados básicos ao cidadão - Virgínia duarte

  1. 1. Painel Pessoas ou Pacientes? PROGRAMAÇÃO Rio Info – setembro de 2015.
  2. 2.  Introdução: Novas tecnologias e o seu impacto nos cuidados ao cidadão  Integração das TICs no setor de saúde: TIC Saúde 2014 – Alexandre Barbosa (gerente do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação Cetic.br/NIC.br)  Internet das coisas e o bem-estar das pessoas – Manoel Barbin (sócio-diretor da Tic em Foco)  Manufatura aditiva e as suas aplicações para a área da saúde – Jorge Lopes da Silva (Coordenador da Divisão de Tecnologias Tridimensionais do CTI Renato Archer)  Medicina social, governança da saúde pública e código aberto – Roberto Novaes (diretor da Sílex Sistemas e professor do Ibmec-MG)  Novo modelo de desenvolvimento: infoestrutura SUS e aplicativos de terceiros – Giliate Coelho Neto (diretor do Datasus)  Mesa redonda com os participantes – Cesar Brod (consultor da BrodTec)
  3. 3. Pessoas ou Pacientes? Novas tecnologias e o seu impacto nos cuidados ao cidadão Virgínia Duarte - Inteligência Softex Rio Info – setembro de 2015.
  4. 4. Um cenário; novo paradigma  Cenário econômico incerto.  Mercado interno: peso relevante Bigdata Redes sociais Mobilidade Nuvem TI nas empresas:  Demandas que não param  Respostas precisam ser rápidas  Grandes transformações à vista  Revisão do relacionamento com os fornecedores O nexo das forças Ainda sem vencedores! Grandes oportunidades.
  5. 5. 10TENDÊNCIAS EM TI Mc Kinsey.
  6. 6.  Dados estruturados + desestruturados + grande volume. Fontes diversas.  Prever - predizer  Poder das análises aumentam.  Conhecer perfis, customizar produtos e definir nichos de consumo.  Profissionais ainda escassos no mercado. Captura em larga escala de dados digitais (por exemplo, genoma humano). Manancial de informações valiosas. Como tratar os dados que chegam de fontes diversas? Como incorporá-los aos processos já clássicos de tomada de decisão? Big data
  7. 7. Matriz social  Mais que um fenômeno de consumo. Conecta organizações internamente e entre si.  Criação compartilhada, desenvolvimento conjunto e rápido, solução distribuída de problemas.  “Zero e-mail company”. Ganhos de produtividade.  Organizações mais porosas. Redes de compartilhamento de informações e de apoio. Comunidades. Serviços de informação fora do controle dos profissionais da saúde, fora do ambiente hospitalar. Mais um canal de comunicação entre hospital – paciente; profissional da saúde – paciente, etc. Interação com público jovem.
  8. 8. Internet das Coisas  Proliferação de sensores e outros bilhões de objetos conectados à rede.  Decisões tomadas a partir de dados coletados por sensores. Dispositivos capazes de enviar dados, realizar ações programadas e serem reprogramados à distância. Monitoramento remoto de pacientes: hospital deixa de ser o local privilegiado do atendimento, muda o tempo da saúde (ganha relevância o que acontece entre as consultas), a doença crônica e não a doença aguda. Como remunerar o profissional da saúde? Casa não é hospital! Equipamentos leves e multiuso. Computação vestível, sensores e atuadores ingeríveis ou injetáveis.
  9. 9. Tudo como serviço  Serviços de TI baseados na nuvem: IaaS, PaaS e SaaS. Grandes investimentos x gastos flexíveis.  Fragmentação das suítes complexas em pequenos módulos. Facilidade para acessar a tecnologia e mudar de tecnologia.  Modelo vai além da TI. Novo jeito de ser e trabalhar. Mercado de trabalho flexível e remoto.  Várias plataformas, vários dispositivos. BYOD/BYOA. Nem hospital, nem casa: o paciente (e o profissional de saúde) onde ele estiver. Equipamentos precisam ser portáteis. Telessaúde, repositório eletrônico do paciente. Infraestrutura nos hospitais e em outros ambientes. Profissionais da saúde com seus próprios equipamentos.
  10. 10. Robôs cirurgiões, máquinas para diagnosticar e cuidar. Novas profissões relacionadas com biologia e engenharia: engenheiro clínico, técnico clínico, etc. Automação do trabalho do conhecimento  Mudança rápida das fronteiras da automação. Aprendizado das máquinas e interfaces que compreendem os humanos.  Graduados em ciência, tecnologia, engenharia e matemática: muito mais demanda que em outras áreas do saber.  Competências de alto nível ganharão importância. Talentos atraídos para os grandes centros.  Crítico: aumentar competências dos trabalhadores do conhecimento.  Como garantir o calor humano?
  11. 11. Novos consumidores  Milhões de novos consumidores especialmente nos mercado emergentes. Nos países desenvolvidos, há um enorme potencial de crescimento da Internet.  Mercado de massa e uso massivo de dispositivos móveis. Melhoria das condições, redução da mortalidade infantil, aumento da expectativa de vida: envelhecimento da população e mais doenças crônicas. Saúde para ambientes remotos x concentração dos profissionais nos grandes centros.
  12. 12. Físico + digital  Fronteiras entre digital e físico se confundem. Virtualização e realidade aumentada.  Nova geração de dispositivos: Google Glass, roupas inteligentes e computadores de pulso encontram-se a caminho.  Tecnologias disponíveis em consoles de games pioneiros permitem usar movimentos físicos e gestos para interagir com dispositivos digitais.  Como fazer com que um abraço virtual seja ainda um abraço? Cyborgs. Impressão 3D reconstruindo partes do corpo.
  13. 13. Gratuitos, intuitivos, orientados para o usuário  Desafio para os negócios: resultados rápidos e serviços de alta qualidade.  Usuários não querem pagar por vários dos serviços facilitados pela Internet. Buscar por modelos de negócios alternativos.  Experiências do tipo “isso foi feito para mim”. Perspectiva requer mudanças em sistemas e produtos projetados para produção em massa.  Pessoas no centro.  Plataformas abertas e interoperáveis. O meu DNA, a minha saúde, o meu jeito. Nos planos de saúde, a oportunidade de cada pessoa escolher o seu próprio plano. Eu no controle da minha saúde.
  14. 14.  Internet móvel e evolução de tecnologias core: redução de custos e simplificação do processo de transações online diminuem as barreiras para entrada de novos concorrentes.  Plataformas facilitam o comércio peer-to-peer, substituindo atividades comerciais tradicionais e permitindo o surgimento de novos tipos de sistemas de pagamento.  Custos de entrada caem de modo vertiginoso. Pequenos produtores têm acesso direto ao mercado global de clientes.  Mercados B2B transformam-se em mercados B2C e C2C. E-commerce Relações diretas entre planos de saúde e usuários da saúde, entre profissionais da saúde e pacientes e entre serviços de saúde e pacientes.
  15. 15. Saúde, Educação, Governo  Setores com baixa produtividade e lentidão na adoção das novas tecnologias passam a utilizar a tecnologia: Educação, Governo e Saúde.  Valor social x valor individual.  Organizações tornam-se uma startup de TI. Necessidade de apoio de parceiros para lidar com a tecnologia. Hospitais tornam-se uma startup de TI.
  16. 16. 2015 - 2020 Tempo de mudanças Momento de divisão das águas... + P&D compartilhado; Plataformas abertas; Commodity + Diferenciação Valor MiddlewareInfraestrutura Aplicativos Ecossistemas digitais: Educação Saúde Energia Agronegócios Manufatura Etc.
  17. 17. Novo paradigma De processos para modelos de negócios PROCESSOS Digitalização de processos: rapidez e eficiência Integrar ferramentas; criar o hábito do uso NEGÓCIOS Soluções Inteligentes, Sustentáveis, Colaborativas, Humanas TI Bimodal
  18. 18. Na Saúde De pacientes para pessoas Após indivíduo estar doente Hospital, foco na doença, posição passiva Indivíduo não ficar doente Casa, trabalho e rua, engajamento. Preditivo, preventivo, personalizado, participativo
  19. 19. OBRIGADA! VIRGÍNIA DUARTE Área de Inteligência Softex www.softex.br virginia@softex.br 19 9 9284-7155

×