O RIO COMO CLUSTER DE
NANOTECNOLOGIA
PATRÍCIA LUSTOZA DE SOUZA
LabSem/PUC-Rio
INCT – DISSE
LabDIS - SisNANO
O QUE É NANOTECNOLOGIA?
• Tecnologia na escala nanométrica (um
bilionésimo do metro ou 100.000 vezes menor
que um fio de c...
Prêmio Nobel
• 1981 G. Binnig e H. Rohrer criam o microscópio de tunelamento “Scanning
Tunneling Microscope" (STM), que po...
POR QUE NANOTECNOLOGIA?
POR QUE NANOTECNOLOGIA?
Multidisciplinar Novos efeitos aparecem
nessa escala
Biologia
Nanotecnologia
Química Física
Inform...
POR QUE NANOTECNOLOGIA?
• É bastante provável que na história do pensamento humano os
desenvolvimentos mais fecundos ocorr...
• A fronteira entre as diferentes áreas do
conhecimento é onde a inovação tem maior
chance.
• A multidisciplinaridade é in...
CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA
Um conjunto de grupos trabalhando em
diferentes projetos de nanotecnologia
• Bionanotecnologia
•...
NANOINFORMÁTICA
• Nanoinformatics is the science
and practice of determining
which information is relevant to
the nanoscal...
ÁREAS DE APLICAÇÃO DE
NANOTECNOLOGIA
• monitoramento ambiental
• purificação da água
• drug delivery
• nanodispositivos el...
O RIO DE JANEIRO É UM
CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA
• CBPF
• CTEx
• FIOCRUZ
• IME
• INT
• PUC-RIO
• UERJ
• UFRJ
O RIO DE JANEIRO É UM
CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA
INSTITUTO NACIONAL DE NANODISPOSITIVOS
SEMICONDUTORES INCT-DISSE
CTEx PUC-...
O RIO DE JANEIRO É UM
CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA
Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias
SisNANO
Laboratórios E...
O RIO COMO UM CLUSTER DE
NANOTECNOLOGIA ORDENADO
PENSANDO A CIDADE
PESQUISA DIRECIONADA
Possíveis áreas de atuação de inte...
Comunicação no espaço livre
Controle de vazamento de gases
Quantum Cascade Laser
Detector
Equipamento industrial
Visão IV
300 K ≈ 10 m
700 K
Turbina:
Contramedida:
2000 K ≈ 1 m
≈ 4 m
Fotodetectores de infravermelho
• Produção do material
• Fabricação do dispositivo
• Integração
• Utilização em equipament...
Produção do material
semicondutor nanoestruturado
400nm
Fabricação do dispositivo
Integração
ROIC para detectores no infravermelho
Equipamento para detecção de CO2
Guilherme Torelly – Prêmio da Mostra PUC-Rio em Inovação, 2013
Difusão científica
Kit “Vendo o invisível”
Video sobre o infravermelho
Células solares
Células solares múltiplas
-
Ge
Ga0.97In0.03As
Ga0.51In0.49P
1. Cell
2. Cell
3. Cell
Células solares com
nanoestruturas
O RIO DE JANEIRO É UM CLUSTER DE
NANOTECNOLOGIA
O RIO DE JANEIRO PODE VIR A SER
UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA
ORDENADO, FOC...
MUITO OBRIGADA
www.disse.org.br
www.labsem.cetuc.puc-rio.brwww.puc-rio.br/labdis
O Rio Como Cluster de Nanotecnologia - Palestrante: Patrícia Lustosa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Rio Como Cluster de Nanotecnologia - Palestrante: Patrícia Lustosa

513 visualizações

Publicada em

Rio Info 2013
Cidades Inteligentes
O Rio Como Cluster de Nanotecnologia
Palestrante: Patrícia Lustosa

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
513
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Rio Como Cluster de Nanotecnologia - Palestrante: Patrícia Lustosa

  1. 1. O RIO COMO CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA PATRÍCIA LUSTOZA DE SOUZA LabSem/PUC-Rio INCT – DISSE LabDIS - SisNANO
  2. 2. O QUE É NANOTECNOLOGIA? • Tecnologia na escala nanométrica (um bilionésimo do metro ou 100.000 vezes menor que um fio de cabelo). • Nanotecnologia é fundamentada na habilidade de se manipular átomos individuais e moléculas para produzir materiais nano- estruturados e objetos sub-micrométricos que tem aplicações no mundo real.
  3. 3. Prêmio Nobel • 1981 G. Binnig e H. Rohrer criam o microscópio de tunelamento “Scanning Tunneling Microscope" (STM), que pode mostrar a imagem de átomos individuais, e recebem o Prêmio Nobel de Física em 1986.
  4. 4. POR QUE NANOTECNOLOGIA?
  5. 5. POR QUE NANOTECNOLOGIA? Multidisciplinar Novos efeitos aparecem nessa escala Biologia Nanotecnologia Química Física Informática MedicinaEngenharias "I want people who are very deep in their discipline and can talk to each other." Stan Williams, Director, Quantum Science Research, Hewlett Packard
  6. 6. POR QUE NANOTECNOLOGIA? • É bastante provável que na história do pensamento humano os desenvolvimentos mais fecundos ocorram, não raro, naqueles pontos para onde convergem duas linhas diversas de pensamento. Essas linhas talvez possuam raízes em segmentos bastante distintos da cultura humana, em tempos diversos, em diferentes ambientes culturais ou em tradições religiosas distintas. Dessa forma, se realmente chegam a um ponto de encontro - isto é, se chegam a se relacionar mutuamente de tal forma que se verifique uma interação real -, podemos esperar novos e interessantes desenvolvimentos a partir dessa convergência. Werner Heisenberg
  7. 7. • A fronteira entre as diferentes áreas do conhecimento é onde a inovação tem maior chance. • A multidisciplinaridade é intrínseca à nanotecnologia. • Portanto, a nanotecnologia é um terreno fértil para a inovação POR QUE NANOTECNOLOGIA?
  8. 8. CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA Um conjunto de grupos trabalhando em diferentes projetos de nanotecnologia • Bionanotecnologia • Nanoeletrônica • Fotônica • Nanometrologia • Nanomateriais • Nanoinformática
  9. 9. NANOINFORMÁTICA • Nanoinformatics is the science and practice of determining which information is relevant to the nanoscale science, developing and implementing effective mechanisms for collecting, validating, storing, shar ing, analyzing and applying the information. • Applied Computational Methods: Computational Intelligence, Optimization, Data Mining & Machine Learning. http://www.internano.org/nanoinformatics/
  10. 10. ÁREAS DE APLICAÇÃO DE NANOTECNOLOGIA • monitoramento ambiental • purificação da água • drug delivery • nanodispositivos eletrônicos e optoeletrônicos • implantes médicos • materiais plásticos e cerâmicos • catalisadores • lubrificantes • trajes militares • próteses • ferramentas
  11. 11. O RIO DE JANEIRO É UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA • CBPF • CTEx • FIOCRUZ • IME • INT • PUC-RIO • UERJ • UFRJ
  12. 12. O RIO DE JANEIRO É UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA INSTITUTO NACIONAL DE NANODISPOSITIVOS SEMICONDUTORES INCT-DISSE CTEx PUC-Rio UFRJ Outras instituições do DISSE estão fora do Rio
  13. 13. O RIO DE JANEIRO É UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias SisNANO Laboratórios Estratégicos(8) Laboratórios Associados (18) • CENANO, INT LabEngNano, COPPE – UFRJ • LABNANO, CBPF LabDIS, PUC-Rio ...porém desordenado
  14. 14. O RIO COMO UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA ORDENADO PENSANDO A CIDADE PESQUISA DIRECIONADA Possíveis áreas de atuação de interesse para a cidade • Fotodetectores de infravermelho para controle ambiental, segurança, medicina e comunicação no espaço livre. • Células fotovoltaicas orgânicas e inorgânicas • Baterias para armazenamento de energia • Purificação da água • LEDs para diminuição de consumo de energia • Monitoramento de alimentos • Tratamento de lixo • Nanomedicina • Difusão da nanotecnologia para a sociedade (museus, escolas, feiras)
  15. 15. Comunicação no espaço livre
  16. 16. Controle de vazamento de gases Quantum Cascade Laser Detector Equipamento industrial
  17. 17. Visão IV
  18. 18. 300 K ≈ 10 m 700 K Turbina: Contramedida: 2000 K ≈ 1 m ≈ 4 m
  19. 19. Fotodetectores de infravermelho • Produção do material • Fabricação do dispositivo • Integração • Utilização em equipamentos • Difusão e popularização da área
  20. 20. Produção do material semicondutor nanoestruturado 400nm
  21. 21. Fabricação do dispositivo
  22. 22. Integração ROIC para detectores no infravermelho
  23. 23. Equipamento para detecção de CO2 Guilherme Torelly – Prêmio da Mostra PUC-Rio em Inovação, 2013
  24. 24. Difusão científica Kit “Vendo o invisível” Video sobre o infravermelho
  25. 25. Células solares
  26. 26. Células solares múltiplas - Ge Ga0.97In0.03As Ga0.51In0.49P 1. Cell 2. Cell 3. Cell
  27. 27. Células solares com nanoestruturas
  28. 28. O RIO DE JANEIRO É UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA O RIO DE JANEIRO PODE VIR A SER UM CLUSTER DE NANOTECNOLOGIA ORDENADO, FOCADO..... .........PENSANDO A CIDADE
  29. 29. MUITO OBRIGADA www.disse.org.br www.labsem.cetuc.puc-rio.brwww.puc-rio.br/labdis

×