Trabalho 4bi-final

287 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
287
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho 4bi-final

  1. 1. Conceitos e definições básicos da (WWW) World Wide Web  A World Wide Web (que em português significa, "Rede de alcance mundial"; também conhecida como Web e WWW) é um sistema de documentos em hipermídia que são interligados e executados na Internet. Os documentos podem estar na forma de vídeos, sons, hipertextos e figuras. Para visualizar a informação, pode-se usar um programa de computador chamado navegador para descarregar informações (chamadas "documentos" ou "páginas") de servidores web (ou "sítios") e mostrá-los na tela do usuário. O usuário pode então seguir as hiperligações na página para outros documentos ou mesmo enviar informações de volta para o servidor para interagir com ele. O ato de seguir hiperligações é, comumente, chamado de "navegar" ou "surfar" na Web.
  2. 2. Conceitos e definições básicos da (WWW) World Wide Web  Na Web há uma quantidade imensa de informações não pertinentes que é fornecida pelos processos de busca. As ferramentas de busca enfrentam a dificuldade de executar pesquisas entre documentos que não estão diferenciados em termos de assunto, qualidade e relevância. A tecnologia atual não é capaz de diferenciar uma informação comercial de uma educacional, ou informação entre idiomas, culturas e mídia. É necessário haver informações de qualificação da própria informação, chamada de metadados, para ser possível classificá-las e tornar os processos de busca mais eficazes.
  3. 3. Conceitos e definições básicos da (WWW) World Wide Web  O serviço WWW surgiu em 1989 como um integrador de informações, dentro do qual a grande maioria das informações disponíveis na Internet podem ser acessadas de forma simples e consistente em diferentes plataformas.  A forma padrão das informações do WWW é o hipertexto[1], o que permite a interligação entre diferentes documentos, possivelmente localizados em diferentes servidores, em diferentes partes do mundo. O hipertexto é codificado com a linguagem HTML (Hypertext Markup Language), que possui um conjunto de marcas de codificação que são interpretadas pelos clientes WWW (que são os browsers, como o Netscape), em diferentes plataformas.
  4. 4. A Internet como fonte de pesquisa  IMPORTÂNCIA DA INTERNET  A importância da Internet está relacionada à rapidez com que um cidadão se comunica e tem acesso a informações. A democratização da informação é sem dúvida a conquista mais importante dos avanços tecnológicos.  A rapidez também é um ponto a favor, hoje é possível, acessar bancos, cadastrar documentos, verificar multas de trânsito, fazer compras, tudo através da Internet, sem sair de casa. As notícias são passadas para o usuário quase que em tempo real. Um bom exemplo foi o caso dos atentados aos EUA, em setembro de 2001, alguns sites tiraram todo o seu conteúdo do ar para colocar uma página apenas com informações sobre os atentados que era atualizada em tempo real.
  5. 5. A Internet como fonte de pesquisa  ENDEREÇOS NA INTERNET  Os endereços são os nomes das páginas e também são chamados de sites. Eles são constituídos por números ou Protocolos de Internet (IP) que codificam as páginas. Para facilitar a sua utilização, criou-se uma rede virtual que simplifica e facilita o acesso às páginas da internet.  Os documentos são visualizados através de um tipo de programa chamado browser que possue funções de leitura, apresentação, acesso, gravação, etc. Exemplos de browser: EXPLORER, MOSAIC, NETSCAPE.
  6. 6. A Internet como fonte de pesquisa  Os sites possuem nomes e endereços que são atribuídos por um sistema específico, o Domain Name Server (DNS) - Servidor de Nome de Domínio. Esse servidor é feito pela Internet Registration Service (INTERNIC), nos EUA. A INTERNIC é responsável pelo controle de nome de domínio no mundo e delegou, no Brasil, à FAPESP a atribuição de domínios internos (organizacionais). Qualquer instituição que deseje se ligar à rede terá que registrar seu endereço na FAPESP.
  7. 7. · A Internet como propiciadora do processo de ensino-aprendizagem à distância  A cibercultura traz um novo ideal de relacionamento entre a produção linear do  saber e a disseminação deste, colocando em cheque o papel da escola tradicional e,  propondo uma nova forma de se pensar e fazer ensino, por isso utilizamos a palavra  mito.  Urge então, traçarmos um paralelo entre a cibercultura e a educação a  distância, prática de ensino esta, que também vem se tornando mais atuante em nosso  cotidiano, através das tecnologias de comunicação e da informação. É importante  tratarmos de uma nova cultura, esta agora virtual, pois para podermos entender,  conceber e implementar a própria educação a distância, onde destacamos entre todas as  tecnologias de comunicação, a internet2, por ser a mais nova e a mais extensa rede de  comunicação já vista pelo homem.
  8. 8. A Internet como propiciadora do processo de ensino-aprendizagem à distância O ideal de universalismo proposto pela cibercultura é realmente um divisor de águas entre a relação tradicional fechada de saber e a proposta aberta e democrática de troca de informações, posto que todo sistema de aprendizado até os dias de hoje, tem sido baseado em uma pirâmide de conhecimentos, não permitindo, na maioria das vezes, a existência de discussões críticas entre estudantes, pesquisadores e produtores de conhecimento, o que causa uma grande desconexão entre produções de saber e sua disseminação. Porém, o modelo totalizador de produção de conhecimento não pode ser descartado de uma vez dos meios acadêmicos, pela razão de que de certa forma, esta produção de conhecimentos garante a qualidade dos saberes produzidos até então, requisito que em um primeiro momento poderia ficar ameaçado.
  9. 9. A Internet como propiciadora do processo de ensino-aprendizagem à distância Um outro ponto a destacar é que estamos passando por profundas mudançasevolutivas do ensino em nosso país, trazidas pela nova lei de diretrizes e bases, onde oministério da cultura (MEC), mesmo deixando aberto algumas possibilidades deimplementação do ensino a distância no Brasil, não está tão certo e seguro dessas ações.Vemos muitas instituições de ensino buscarem alternativas nesta linha virtual e coletiva,porém a questão da qualidade e de uma nova cultura de aprendizagem e de implementação real e efetiva se faz muito importante. Várias organizações se utilizamdesta nova forma de aperfeiçoamento do conhecimento e aprendizagem, tais como aSAP na Alemanha e Estados Unidos e a própria HP mundialmente, encontrando sucessoem suas ações, porém, com o objetivo de treinar e aumentar o conhecimento de seus executivos e consultores em seus produtos de tecnologia.
  10. 10. A Internet como propiciadora do processo de ensino-aprendizagem à distância  Mas, não podemos nos esquecer que tanto o ensino a distância quanto o ensino presencial nunca poderá se isentar de seu maior objetivo de ajudar a formar o ser humano enquanto cidadão de seu tempo e de sua história, desvelando-lhe, portanto,todas as formas possíveis e imagináveis, enquanto que seguras, garantindo-lhe as mínimas condições para que este se torne realmente um cidadão, um ser social, político e um agente transformador de sua época, levando-nos a uma conclusão final de que a educação e o ensino a distância são complementares no contexto da educação como um todo.
  11. 11. Protocolos de Comunicação  baruck
  12. 12. Serviços e Funções  A internet surgir para trazer benefícios a sociedade tais como transferências de arquivos, comunicação de pessoas a longas distancias.  Muitos serviços são essenciais para todos nós assim como os e-mails e principalmente o IP no qual nós podemos fazer conexão com a rede mundial de computadores.
  13. 13. Correio Eletrônico  O e-mail chegou devagar mais se alastrou pelo mundo tomando conta de nosso cotidiano que hoje praticamente só se faz isso, ninguem escreve mais uma carta, as pessoas simplismente mandam e-mails, e com essa evolução foram surgindo maneiras seguras e rapidas de se fazer isso com isso surgiram os PROTOCOLOS . Os usados são:  SMTP (Protocolo de Transferência de Correio Simples): Responsável pelo Envio das mensagens de E-mail.  POP (Protocolo de Agência de Correio): Responsável pelo recebimento das mensagens de E-mail.  IMAP(Responsável pelo recebimento das mensagens de e-mail, em modo sincronia).

×