Violência e criminalidade respondem “presente” na escola  Educação sempre foi remédio seguro para tratar sociedades e grup...
<ul><li>O avanço tecnológico, que significa a melhoria das coisas com novas invenções e melhorias das já existentes, é usa...
<ul><li>Paz  é geralmente definida como um estado de  calma  ou  tranquilidade , uma ausência de perturbações ou agitação....
<ul><li>Droga  é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, introduzida no  organismo modifica suas funções. As...
<ul><li>Internet  é um conglomerado de  redes  em escala mundial de milhões de  computadores  interligados pelo  TCP/IP  q...
<ul><li>O racismo nosso de cada dia </li></ul><ul><li>Por Christian Gurtner em 24/10/07  </li></ul><ul><li>O racismo de an...
<ul><li>Algumas pessoas parecem querer que o racismo continue, tanto negros quanto brancos, para assim continuarem a lutar...
<ul><li>Drogas e seus efeitos e características   As drogas são substâncias químicas, naturais ou sintéticas, que provocam...
<ul><li>Internet  se refere ao sistema de informação global que -- (i) é logicamente ligado por um endereço único global b...
Tecnologia  <ul><li>Tecnologia  (do  grego   τεχνη  — &quot; ofício &quot; e  λογια  — &quot; estudo &quot;) é um termo qu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho Luiz 23/09/2009

595 visualizações

Publicada em

Trabalho do aluno Luiz - 23/09/2009

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
595
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho Luiz 23/09/2009

  1. 1. Violência e criminalidade respondem “presente” na escola Educação sempre foi remédio seguro para tratar sociedades e grupos sociais com problemas com a violência. Na Belo Horizonte de hoje, a realidade das escolas parece desmentir esta máxima. Depredações, ameaças e vandalismo no ambiente escolar fazem parte do dia-a-dia de alunos e professores. Para analisar a interferência da criminalidade e da violência no cotidiano das escolas de Belo Horizonte e seus efeitos no papel de educar e socializar indivíduos, o CRISP, nos últimos 2 anos mobilizou uma equipe de 23 pesquisadores. Os estudiosos partiram da idéia do senso comum de que a violência e a criminalidade estão associadas ao fenômeno da urbanização acelerada e da desigualdade social, o que acabaria por transformar ambientes pobres em violentos. A pesquisa utilizou uma amostragem de 50 escolas estaduais, municipais e particulares e abordou nos questionários questões como o nível de medo presente no cotidiano da escola e até que ponto esse medo provocaria queda de rendimento escolar, trazendo conseqüências para a qualidade do aprendizado. Sempre se soube que as instituições de ensino abrigavam, dentro dos seus muros, um tipo de violência simbólica, através da qual eram explicitadas as relações de poder entre professores e alunos e as disputas entre alunos mais fortes e mais fracos. No decorrer do estudo, foi percebido um outro tipo de violência, que está fora do ambiente escolar, mas que não deixa de interferir na rotina das escolas. Segundo Karina Rabelo, uma das coordenadoras da pesquisa, a criminalidade se manifesta de forma expressiva nas imediações da escola. Esses ambientes se tornam, então, palco de conflitos constantes que acabam por fazer parte do cotidiano escolar. A violência das ruas invade a escola. A equipe de pesquisadores verificou que ambientes violentos comprometem os serviços prestados à comunidade e chegam a inverter a relação. A escola que sempre atuou como principal tutora da educação, tendo um papel social importante junto à comunidade, apareceu como uma vítima do ambiente no qual está inserida, absorvendo e reproduzindo a crescente violência da sociedade. O estudo revelou que a violência interfere na sensação de segurança do aluno, comprometendo a satisfação com seu aprendizado. Além disso, foi evidenciado que os alunos reconheciam que fatores como a desordem e a ausência de controle exercido pela escola sobre o seu público favoreciam eventos violentos. Também foi evidenciado que uma relação saudável entre professor, aluno e representante da comunidade é benéfica para todos. A cooperação e a prática do diálogo entre a escola e as comunidades caracterizam as regiões com menor índice de violência. Violência nas escolas
  2. 2. <ul><li>O avanço tecnológico, que significa a melhoria das coisas com novas invenções e melhorias das já existentes, é usado em várias áreas distintas. </li></ul><ul><li>Usado no campo como sistemas de irrigação, máquinas para colheita entre outras dezenas de inovações , pode ser encontrada também na medicina, nos meios de transportes, em casa, na construção civil entre outros. </li></ul><ul><li>Milhões de pessoas do mundo, desfrutam do avanço tecnológico para uso pessoal, tanto no lar, como uso pessoal, como celulares, computadores de mão e máquinas fotográficas. Com ajuda desse avanço, muitas coisas ficam mais fáceis do que eram antigamente, no caso dos computadores mesmo, com novas versões, mais rápidas e mais modernas , tudo fica mais fácil para se manipular essa maquina. </li></ul><ul><li>Como conseqüência lógica desse aumento de tecnologia , os preços também sofrem um aumento relativo à quantidade de tecnologia aplicada no equipamento, sendo assim uma relação de custo x beneficio sempre tem que ser vista antes da compra de algum objeto tecnológico. </li></ul>Avanço da tecnologia
  3. 3. <ul><li>Paz é geralmente definida como um estado de calma ou tranquilidade , uma ausência de perturbações ou agitação. Derivada do latim Pax = Absentia Belli , pode referir-se à ausência de violência ou guerra . Neste sentido, a paz entre nações, e dentro delas, é o objetivo assumido de muitas organizações, designadamente a ONU . </li></ul><ul><li>No plano pessoal, paz designa um estado de espírito isento de ira, desconfiança e de um modo geral todos os sentimentos negativos. Assim, ela é desejada por cada pessoa para si próprio e, eventualmente, para os outros, ao ponto de se ter tornado uma frequente saudação ( que a paz esteja contigo ) e um objetivo de vida. A paz é mundialmente representada pelo pombo e pela bandeira branca . </li></ul>A Paz
  4. 4. <ul><li>Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que, introduzida no organismo modifica suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas,de animais e de alguns minerais. Exemplo a cafeína (do café), a nicotina (presente no tabaco), o ópio (na papoula) e o THC tetrahidrocanabiol (da maconha). As drogas sintéticas são fabricadas em laboratório, exigindo para isso técnicas especiais. O termo droga, presta-se a várias interpretações, mas comumente suscita a idéia de uma substância proibida, de uso ilegal e nocivo ao indivíduo, modificando-lhe as funções, as sensações, o humor e o comportamento. As drogas estão classificadas em três categorias: as estimulantes, os depressores e os perturbadores das atividades mentais. O termo droga envolve os analgésicos, estimulantes, alucinógenos, tranqüilizantes e barbitúricos, além do álcool e substâncias voláteis. As psicotrópicas, são as drogas que tem tropismo e afetam o Sistema Nervoso Central, modificando as atividades psíquicas e o comportamento. Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas: por injeção, por inalação, via oral, injeção intravenosa ou aplicadas via retal (supositório). </li></ul>Drogas
  5. 5. <ul><li>Internet é um conglomerado de redes em escala mundial de milhões de computadores interligados pelo TCP/IP que permite o acesso a informações e todo tipo de transferência de dados . Ela carrega uma ampla variedade de recursos e serviços, incluindo os documentos interligados por meio de hiperligações da World Wide Web , e a infraestrutura para suportar correio eletrônico e serviços como comunicação instantânea e compartilhamento de arquivos . </li></ul><ul><li>De acordo com dados de março de 2007 , a Internet é usada por 16,9% da população mundial [1] (em torno de 1,1 bilhão de pessoas). </li></ul>Internet
  6. 6. <ul><li>O racismo nosso de cada dia </li></ul><ul><li>Por Christian Gurtner em 24/10/07 </li></ul><ul><li>O racismo de antes não existe. Que isso fique bem claro antes de começar esse artigo. O que chamamos de racismo hoje é um fantasma do passado que revive em grupos com complexo de inferioridade que radicalizam uma vingança, ou até um acerto de contas, pelos ataques que eles jamais sofreram – salve os grupos e instituições de preservação cultural. </li></ul>O Racismo
  7. 7. <ul><li>Algumas pessoas parecem querer que o racismo continue, tanto negros quanto brancos, para assim continuarem a lutar para mostrar qual “raça” é melhor. E isso se aplica também a ricos X pobres, esquerdistas X direitistas, e por aí vai… O racismo que existe hoje, não vem do antigo conceito “científico” de  raça pior ou melhor, e sim do que nos é ensinado, do que nos é mostrado! </li></ul><ul><li>As pessoas parecem gostar de criar essas falsas diferenças. </li></ul><ul><li>Isso me faz pensar que a mentalidade humana anda recuando um pouco. A brasileira então, nem se fala, parou no tempo de Xica da Silva. Há falta de perspectiva, de um objetivo maior, de um sentido para a vida. </li></ul>O Racismo
  8. 8. <ul><li>Drogas e seus efeitos e características  As drogas são substâncias químicas, naturais ou sintéticas, que provocam alterações psíquicas e físicas a quem as consome e levam à dependência física e psicológica. Seu uso sistemático traz sérias conseqüências físicas, psicológicas e sociais, podendo levar à morte em casos extremos, em geral por problemas circulatórios ou respiratórios. É o que se chama overdose. Além das drogas tradicionais, os especialistas também incluem na lista o cigarro e o álcool. Os adolescentes estão entre os principais usuários de drogas. Calcula-se que 13% dos jovens brasileiros entre 16 e 18 anos consomem maconha. Em 2001, cresce o uso de crack e drogas sintéticas, como o ecstasy. Os consumidores de cocaína são os que mais procuram tratamento para se livrar da dependência, o qual é feito por meio de psicoterapias que promovem a abstinência às drogas e do uso de antidepressivos em 60% dos casos. Atualmente, cerca de 5% dos brasileiros são dependentes químicos de alguma droga. O uso de drogas é crime previsto no Código Penal Brasileiro, e os infratores estão sujeitos a penas que variam de seis meses a dois anos. Tipos de droga - As drogas são classificadas de acordo com a ação que exercem sobre o sistema nervoso central. Elas podem ser depressoras, estimulantes, perturbadoras ou, ainda, combinar mais de um efeito. Depressoras - Substâncias que diminuem a atividade cerebral, deixando os estímulos nervosos mais lentos. Fazem parte desse grupo o álcool, os tranqüilizantes, o ópio (extraído da planta Papoula somniferum) e seus derivados, como a morfina e a heroína. Estimulantes - Aumentam a atividade cerebral, deixando os estímulos nervosos mais rápidos. Excitam especialmente as áreas sensorial e motora. Nesse grupo estão as anfetaminas, a cocaína (produzida das folhas da planta da coca, Erytroxylum coca) e seus derivados, como o crack. Perturbadoras - São substâncias que fazem o cérebro funcionar de uma maneira diferente, muitas vezes com efeito alucinógeno. Não alteram a velocidade dos estímulos cerebrais, mas causam perturbações na mente do usuário. Incluem a maconha, o haxixe (produzidos da planta Cannabis sativa), os solventes orgânicos (como a cola de sapateiro) e o LSD (ácido lisérgico). Drogas com efeito misto - Combinam dois ou mais efeitos. A droga mais conhecida desse grupo é o ecstasy, metileno dioxi-metanfetamina (MDMA), que produz uma sensação ao mesmo tempo estimulante e alucinógena. Drogas e doenças infecciosas - O uso comum de seringas para a injeção de drogas é um dos principais meios de transmissão do HIV e do vírus da hepatite B e C. Muitos países vêm implantando programas de troca ou distribuição de seringas e agulhas para o controle de epidemias. No entanto, esses programas são objeto de crítica dos que acreditam que eles incentivam o uso de drogas. Prevenção e tratamento - Os especialistas afirmam que o melhor modo de combater as drogas é a prevenção. Informação, educação e diálogo são apontados como o melhor caminho para impedir que adolescentes se viciem. </li></ul>Drogas
  9. 9. <ul><li>Internet se refere ao sistema de informação global que -- (i) é logicamente ligado por um endereço único global baseado no Internet Protocol (IP) ou suas subsequentes extensões; (ii) é capaz de suportar comunicações usando o Transmission Control Protocol/Internet Protocol (TCP/IP) ou suas subsequentes extensões e/ou outros protocolos compatíveis ao IP; e (iii) provê, usa ou torna acessível, tanto publicamente como privadamente, serviços de mais alto nível produzidos na infra-estrutura descrita. </li></ul><ul><li>Hoje vivemos numa realidade de fragmentos de conhecimento. Os indivíduos controlam as ações de partes e não mais do todo. Foco em conhecimento pressupõe a preocupação com a eficiência financeira, melhor performance, o objetivo de se tornar líder de mercado, o fazer mais com menos, e o ajuste a contingências quaisquer. Conhecimento não é igual a informação. O conhecimento, e o valor construído diariamente quando o focalizamos, é igual à análise e à ação em cima da informação. A Internet, como rede mundial de computadores interconectados, é um privilégio da vida moderna para o homem moderno. É o maior repositório de informações acessíveis a qualquer pessoa que a acesse de qualquer parte do mundo. E o que torna a Internet tão diferente das outras invenções humanas é o insignificante período de tempo em que ela precisou para ser usada por milhões de pessoas. A eletricidade (1873), por exemplo, atingiu 50 milhões de usuários depois de 46 anos de existência. O telefone (1876) levou 35 anos para atingir esta mesma marca. O automóvel (1886), 55 anos. O rádio (1906), 22 anos. A televisão (1926), 26 anos. O forno de microondas (1953), 30 anos. O microcomputador (1975), 16 anos. O celular (1983), 13 anos. A Internet (1995), por sua vez, levou apenas 4 anos para atingir 50 milhões de usuários no mundo. </li></ul>internet
  10. 10. Tecnologia <ul><li>Tecnologia (do grego τεχνη — &quot; ofício &quot; e λογια — &quot; estudo &quot;) é um termo que envolve o conhecimento técnico e científico e as ferramentas, processos e materiais criados e/ou utilizados a partir de tal conhecimento. Dependendo do contexto, a tecnologia pode ser: </li></ul><ul><li>As ferramentas e as máquinas que ajudam a resolver problemas; </li></ul><ul><li>As técnicas, conhecimentos, métodos, materiais, ferramentas, e processos usados para resolver problemas ou ao menos facilitar a solução dos mesmos; </li></ul><ul><li>Um método ou processo de construção e trabalho (tal como a tecnologia de manufatura , a tecnologia de infra-estrutura ou a tecnologia espacial ); </li></ul><ul><li>A aplicação de recursos para a resolução de problemas; </li></ul><ul><li>O termo tecnologia também pode ser usado para descrever o nível de conhecimento científico , matemático e técnico de uma determinada cultura; </li></ul><ul><li>Na economia , a tecnologia é o estado atual de nosso conhecimento de como combinar recursos para produzir produtos desejados (e nosso conhecimento do que pode ser produzido). </li></ul><ul><li>A tecnologia é, de uma forma geral, o encontro entre ciência e engenharia . Sendo um termo que inclui desde as ferramentas e processos simples, tais como uma colher de madeira e a fermentação da uva , até as ferramentas e processos mais complexos já criados pelo ser humano, tal como a Estação Espacial Internacional e a dessalinização da água do mar. Freqüentemente, a tecnologia entra em conflito com algumas preocupações naturais de nossa sociedade, como o desemprego , a poluição e outras muitas questões ecológicas , filosóficas e sociológicas . </li></ul>

×