drogas Droga  (do  francês   drogue , provavelmente do  neerlandês   droog , "seco, coisa seca"),  narcótico ,  ...
Tipos de drogas Depressivas - aumentam a freqüência cerebral e podem dificultar o processamento das mensagens que são envi...
Psicodistropticas ou alucinógenarias – têm por característica principal a despersonalização em maior ou menor grau. Exempl...
Motivos associados ao uso Os motivos que normalmente levam alguém a provar ou a usar ocasionalmente drogas incluem: Recrea...
maconha A forma herbácea da droga consiste de  flores   femininas  maturas e nas  folhas  que subtendem das plantas  pisti...
cocaína A  cocaína ,  benzoilmetilecgonina  ou  éster do ácido benzóico  é uma  droga   alcalóide , derivada do arbusto  E...
heroína A  heroína  ou  diacetilmorfina  é uma  droga   opióide  natural ou sintética, produzida e derivada do  ópio , ext...
O  álcool  é produzido pela  fermentação  de  açúcares  contidos em  frutas ,  grãos  e em caules (como na  cana-de-açúcar...
crack O  crack  é uma  droga  ilegal, obtida a partir da  merla  - uma variação da pasta de  coca , obtida como subproduto...
ecstasy metilenodioxi metanfetamina  ( MDMA ), mais conhecida por  ecstasy , é uma  droga  moderna sintetizada (feita em l...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho Edson 23/09/2009

2.078 visualizações

Publicada em

Trabalho do aluno Edson - 23/09/2009

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.078
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho Edson 23/09/2009

  1. 1. drogas Droga (do francês drogue , provavelmente do neerlandês droog , "seco, coisa seca"), narcótico , entorpecente ou estupefaciente são termos que denominam substâncias químicas que produzem alterações dos sentidos . "Droga", em seu sentido original, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde o carvão à aspirina . Contudo, há um uso corrente mais restritivo do termo (surgido após quase um século de repressão ao uso de certas substâncias), remetendo a qualquer produto alucinógeno ( ácido lisérgico , heroína etc.) que leve à dependência química e, por extensão, a qualquer substância ou produto tóxico (tal como o fumo , álcool etc.) de uso excessivo, sendo um sinônimo assim para entorpecentes
  2. 2. Tipos de drogas Depressivas - aumentam a freqüência cerebral e podem dificultar o processamento das mensagens que são enviadas ao cérebro . Exemplos: álcool , barbitúricos, diluentes, catamina , cloreto de etila , clorofórmio , ópio , morfina , heroína , maconha , haxixe , etc
  3. 3. Psicodistropticas ou alucinógenarias – têm por característica principal a despersonalização em maior ou menor grau. Exemplos cogumelos , skunk , LSD , psilocibina , chá de cogumelo e DMT. Psicotrópticas ou estimulantes - produzem aumento da atividade pulmonar, diminuem a fadiga, aumentam a percepção ficando os demais sentidos ativados. Exemplos: cocaína , crack , cafeína , teobromina , MDMA ou ecstasy , GHB , metanfetamina , anfetaminas (bolinha, arrebite), PRACEMPA etc.
  4. 4. Motivos associados ao uso Os motivos que normalmente levam alguém a provar ou a usar ocasionalmente drogas incluem: Recreação; Problemas pessoais e sociais; Influência de amigos, traficantes assim como da sociedade e publicidade de fabricantes de drogas lícitas; Sensação imediata de prazer que produzem; A facilidade de acesso e obtenção; Desejo ou impressão de que elas podem resolver todos os problemas, ou aliviar as ansiedades; Fuga; Estimular; Acalmar; Ficar acordado ou dormir profundamente; Emagrecer ou engordar; Esquecer ou memorizar; Fugir ou enfrentar;
  5. 5. maconha A forma herbácea da droga consiste de flores femininas maturas e nas folhas que subtendem das plantas pistiladas (femininas). A forma resinosa , conhecida como haxixe , [3] consiste fundamentalmente de tricomas glandulares coletados do mesmo material vegetal. O principal composto químico psicoativo presente na cânabis é o Δ9- tetrahidrocanabinol (delta-9-tetrahidrocanabinol) [3] , comumente conhecido como THC - cuja concentração média é de até 8%, mas algumas variedades de maconha (cruzamentos entre a espécie Cannabis sativa e a Cannabis indica ) comumente conhecidas como skunk (" cangambá ", em inglês ) produzem recordes na marca de 33% de THC. Pelo menos 66 outros canabinóides estão presentes na Cannabis , como o canabidiol (CBD) e o canabinol (CBN), muitos dos quais causam interações psicoativas.
  6. 6. cocaína A cocaína , benzoilmetilecgonina ou éster do ácido benzóico é uma droga alcalóide , derivada do arbusto Erythroxylum coca Lamarck, estimulante com alto poder de causar dependência. [1] Seu uso continuado, pode levar a dependência, hipertensão arterial e distúrbios psiquiátricos. [1] A produção da droga é realizada através de extração, utilizando como solventes álcalis , ácido sulfúrico , querosene e outros. [
  7. 7. heroína A heroína ou diacetilmorfina é uma droga opióide natural ou sintética, produzida e derivada do ópio , extraído da cápsula ( fruto ) de algumas espécies de papoula . O consumo de heroína pode causar dependência física, envelhecimento acelerado e danos cerebrais irreversíveis, além de outros problemas de saúde
  8. 8. O álcool é produzido pela fermentação de açúcares contidos em frutas , grãos e em caules (como na cana-de-açúcar ). As bebidas alcoólicas são classificadas em: fermentadas, destiladas e compostas [ editar ] Exemplos OrigemBebida fermentada Bebida destilada sumo de uva vinho , champagne bagaceira , armagnac , brandy , conhaque , grappa (aguardente de vinho)caldo da cana-de-açúcar cachaça , rum cereal cerveja ( cevada ), saquê ( arroz ) bourbon , gim , uísque , vodca suco de agave   tequila , mezcal mel hidromel   anis   arak , ouzo , pastis , patxaran , absinto suco de maçã sidra calvados suco de ameixa   slivovitz , schnaps Bebida alcoólica
  9. 9. crack O crack é uma droga ilegal, obtida a partir da merla - uma variação da pasta de coca , obtida como subproduto do processamento das folhas de coca , para obtenção de cocaína . A merla é misturada ao bicarbonato de sódio e água . O bicarbonato de sódio faz com que a mistura tenha um baixo ponto de fusão (passagem de sólido para líquido) e ebulição (uma forma de passagem de líquido para gasoso), tornando possível a queima da droga com o auxílio de cinzas, que são colocadas em um cachimbo, junto ao crack. O uso de cocaína por via intravenosa foi quase extinto no Brasil, pois foi substituído pelo crack, que provoca efeito semelhante e é tão potente quanto a cocaína injetada. A forma de uso do crack também favoreceu sua disseminação, já que não necessita de seringa - bastando um cachimbo, na maioria das vezes improvisado, como lata de alumínio furada por exemplo.
  10. 10. ecstasy metilenodioxi metanfetamina ( MDMA ), mais conhecida por ecstasy , é uma droga moderna sintetizada (feita em laboratório), neurotóxica , cujo efeito na fisiologia humana é o bloqueio da reabsorção da serotonina , dopamina e noradrenalina no cérebro , causando euforia , sensação de bem-estar , alterações da percepção sensorial do consumidor e grande perda de líquidos . As alterações ao nível do tacto promovem o contacto físico, embora não tenha propriedades afrodisíacas , como se pensa. É vendido sob a forma de comprimidos e ocasionalmente em cápsulas . Embora estudos mostrem que a neurotoxicidade do ecstasy não cause danos permanentes em doses recreativas, ainda suspeita-se que o consumo de ecstasy cause tais danos a cada dose, e perigo de desenvolvimento de doenças psicóticas (e.g. esquizofrenia ). Os estudos a respeito do ecstasy em humanos são pouco difundidos por questões legais que proíbem ministrar doses de MDMA para humanos.

×