Ossaltimbancos por frida velame

1.083 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.083
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • {}
  • Ossaltimbancos por frida velame

    1. 1. OS SALTIMBANCOS CHICO BUARQUE Texto original: SERGIO BARDOTTI Música: LUIZ ENRIQUEZ BACALOV Ilustrações: ZIRALDO
    2. 2. FRANCISCO BUARQUE DE HOLLANDA Nasceu no Rio de janeiro, 19/06/1944, mais conhecido por Chico Buarque ou ainda Chico Buarque de Hollanda, é compositor, cantor, escritor e dramaturgo. Chico é filho do historiador Sérgio Buarque de Hollanda, e sua obra tem grande reconhecimento nacional e internacional, pelo comprometimento político, amoroso, ético e filosófico.
    3. 3. PRÊMIOS Iniciou sua carreira na década de 1960, destacando-se em 1966, quando venceu, com a canção A Banda, o Festival de Música Popular Brasileira. Em 1969, com a crescente repressão da Ditadura Militar no Brasil, se auto-exilou na Itália, tornando-se, ao retornar, um dos artistas mais ativos na crítica política e na luta pela democratização do Brasil. Na carreira literária, foi ganhador de três Prêmios Jabuti: melhor romance em 1992 com Estorvo, além do Livro do Ano, tanto pelo livro Budapeste, lançado em 2004, como por Leite Derramado, em 2010. Prêmio 2000 (produção 1999) Prêmio FNLIJ Categoria Teatro Título Os Saltimbancos Escritor Sergio Bardotti. Chico Buarque de Hollanda (tradução) Ilustrador Sonia Magalhães Editora Global
    4. 4. CHAPEUZINHO AMARELO É um livro-poema infantil escrito por Chico Buarque. Com ilustrações de Ziraldo, foi editado pela primeira vez em 1979.
    5. 5. SERGIO BARDOTTI Nasceu na Itália, 14/02/1939 -11/04/2007. Foi um compositor italiano. Está entre os maiores escritores de canções da música popular italiana. Criou junto com o músico argentino Luis Enriquez Bacalov, o musical infantil IL musicanti di Brema, Os Saltimbancos.
    6. 6. IL MUSICANTI DI BREMA Em 1976, Bardotti e Bacalov escreveram uma peça musical infantil, intitulada 'IL Musicanti', que foi inspirada na fábula dos irmãos Grimm 'Die Bremer Stadtmusikanten' (Os Músicos de Bremen): Os Saltimbancos é um disco infantil com músicas compostas e arranjadas pelo compositor argentino, naturalizado italiano Luis Enriquez Bacalov.
    7. 7. IRMÃOS GRIMM E A ESTÁTUA EREGIDA EM BREMEM EM 1951
    8. 8. LUIZ ENRIQUEZ BACALOV Nasceu na Argentina, 30/03/1933. Compositor responsável pela trilha sonora do filme "O Carteiro e o Poeta" (IL Postino). Ganhador do Oscar de melhor Trilha Sonora em 1994 por esse filme. Atualmente é diretor artístico da Orquestra della Magna Grecia em Taranto, Itália.
    9. 9. ZIRALDO ALVES PINTO Nasceu em Caratinga, 24/10/1932. É um cartunista, chargista, pintor, dramatu rgo, caricaturista, escritor, cronista, desenhista e jornalista. É o criador de personagens famosos, como o Menino maluquinho, e, atualmente, um dos mais conhecidos e aclamados escritores infantis do Brasil.
    10. 10. FORMA/ESTRUTURA Chico Buarque traduziu, adaptou e musicou a peça de teatro Os Saltimbancos em 1977. O livro analisado é a 5ª edição. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 2010. E contém 36 páginas. A estrutura do texto se forma alternadamente pelas falas das personagens e pelas letras das músicas. Em geral, é o jumento que está falando , e sua fala é intercalada pela dos outros animais, quase sempre como pergunta e resposta. Grande parte do texto aparece nas letras das músicas, ou, como no coro das crianças, as falas são acompanhadas de música.
    11. 11. FORMA/ESTRUTURA Assim, é uma narrativa dialética teatral com letras de 11 músicas: Bicharia; O Jumento; Um dia de cão; A galinha; História de uma gata; A cidade ideal; Minha canção; A pousada do Bom Barão; A batalha (instrumental); Todos juntos; Esconde-esconde; Todos Juntos e Bicharia. Repetem duas canções, Bicharia e Todos Juntos. Que contam as situações de angústias, vivenciadas pelos personagens durante a vida deles. O livro foi ilustrado por Ziraldo.
    12. 12. CONTEÚDO A peça, narra a história do encontro de quatro animais (um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata), que abandonaram seus donos por causa dos maus tratos. Fugiram de seus patrões. Juntos decidem formar um grupo musical e rumam à cidade para começar a carreira artística. A personagem de maior evidência é o burro, é quem mais fala e é quem dá lições de moral, vira chefe e maestro do grupo. É quase o autor presente em forma de personagem. [Jumento — Àquela altura da estrada, já éramos quatro amigos. Queríamos fazer um conjunto? Bem. Queríamos ir juntos à cidade? Muito bem! Só que à medida que íamos caminhando, quando começamos a falar dessa cidade, fui percebendo que os meus amigos tinham uma ideias muito esquesitas sobre o que é uma cidade. ...] (CHICO BUARQUE, 2010. p. 16).
    13. 13. No caminho encontram seus antigos donos e temendo serem novamente escravizados, resolvem enfrentá-los. Os bichos vencem e chegam à conclusão de que unidos conseguirão superar todas as dificuldades. ...Jumento — E assim, caro amigo, vamos ficando por aqui. Não é preciso ir à cidade, se aqui na nossa casa estamos tão bem. Além do mais, a gente não é muito exigente. O que é que a gente faz? A gente trabalha. Você, cachorro, o que é que faz? Cachorro —Eu? Faço sentinela. Jumento — E você galinha? Galinha — Eu? Arrumo a casa, faço comidinha... Jumento — E eu? Eu pra variar trabalho feito jumento, certo, há muito o que fazer. Preciso trabalhar pra valer. Quanto à gata... Bem, a gata, pra falar a verdade... Gata — Miau, sou meio preguiçosa... Jumento — mas mantém a gente alegre, de noite ela se espicha na almofada e canta um bocado de coisa bonita pra valer. Ela sim; virou realmente uma su... Uma... Su, como é mesmo? Gata — Uma superstar! (CHICO BUARQUE, 2010,p. 31)
    14. 14. PORQUE O AUTOR TRADUZIU ESSA OBRA? Ameaçado pelo Regime Militar no Brasil, esteve autoexilado na Itália em 1969, onde chegou a fazer espetáculos com Toquinho. Nessa época teve suas canções proibidas pela censura brasileira. Ao voltar ao Brasil continuou com composições que denunciavam aspectos sociais, econômicos e culturais, como a célebre Construção ou a divertida Partido Alto. Ele criou um pseudônimo ‘ Julinho da Adelaide’ e escreveu uma carta musicada “Meu Caro Amigo” que ele fez em homenagem ao Augusto Boal, que vivia no exílio, em Lisboa e fora lançada em 1976. A história desses animais tem uma relação muito importante com o contexto histórico vivido no Brasil daquela época. Ao falar sobre união, exploração e justiça, os animais que figuram essa fábula davam voz a uma série de questões políticas que marcavam o regime militar brasileiro.
    15. 15. PARA QUÊ? Não tendo liberdade para abertamente se opor ao governo da época, era comum que os artistas utilizassem de elementos e recursos estéticos que de forma indireta expressassem as suas opiniões, sentimentos, revoltas ou angústias. Percebemos que “Os Saltimbancos” é um rico documento histórico capaz de marcar adultos e crianças. Para o universo infantil, percebemos a construção de uma ferramenta didática capaz de introduzir a reflexão de valores muito interessantes para a formação dos pequenos. Aos adultos, uma obra que hoje atesta a falta de liberdade artística que impunha desafios e estratégias para se falar o que se pensava naquela época. Foi um exercício lúdico contra o Brasil dos militares que vinha reafirmar as convicções de esquerda de seu autor. Assim, temos um rico universo de questões educacionais e históricas a serem notadas por meio desse memorável disco.
    16. 16. LEITOR Contudo, não podemos entender que “Os saltimbancos” seja uma simples obra pensada para crianças.
    17. 17. OS MÚSICOS DE BREMEM/ THE TOWN MUSICIANS OF BREMEN Professora de Língua Portuguesa do CECBA Frida Cerqueira Velame Projeto: Leitura Simulada FORMAÇÃO DE LEITORES/2013/ CRÉDITOS

    ×