SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
Palestra
Virtual
Promovida pelo IRC-Espiritismo
http://www.irc-espiritismo.org.br
Tema: Fazer o Bem Sem
Ostentação
Palestrante: Aparecida
Cruz
Rio de Janeiro
06/06/2003
Organizadores da Palestra:
Moderador: "Marcio Alves" (nick: [Moderador])
"Médium digitador": "Marcio Alves" (nick: Aparecida_Cruz)
Oração Inicial:
<Aparecida_Cruz> Querido Jesus, amado Cairbar Schutel, estamos
neste instante pedindo a orientação dos bons espíritos, para que
nos auxilie neste trabalho de divulgação doutrinária. Que todos
nós possamos, num só sentimento, estar dóceis às inspirações dos
bons espíritos, para que atinjamos os objetivos por eles
propostos. Que assim seja! (t)
Considerações Iniciais do Palestrante:
<Aparecida_Cruz> Meu nome é Aparecida Cruz, cooperadora do Centro
Espírita Léon Denis e gosto muito de estudar "O Evangelho Segundo
o Espiritismo". Por isso aceitamos o convite para essa tarefa. No
CELD trabalho junto à Evangelização Infantil.
Dentro do tema proposto, "Fazer o bem sem ostentação", em "O
Evangelho Segundo o Espiritismo", Cap. XIII, itens 1 a 3, Kardec
desenvolve as idéias espíritas em torno deste tema, baseado na
passagem do evangelho de Mateus, cap. 6, vv. 1 a 4, onde Jesus
advertia aos que lhe ouviam para que evitassem fazer as obras
diante dos homens, porque aqueles que assim o fazem já receberam a
sua recompensa.
E que quando déssemos uma esmola, que a nossa mão esquerda não
saiba o que dá a nossa mão direita. Para que dessa forma, só Deus
fique sabendo o ato de caridade que praticamos. Sabemos, através
dos estudos da Doutrina Espírita, que todo bem que fazemos deve
ter como base os sentimentos.
Os espíritos sempre vão estar atentos às nossas intenções.
Infelizmente, nem sempre estamos atentos a esses esclarecimentos
que a Doutrina Espírita nos traz. Ainda encontramos nos mais
diversos círculos religiosos, pessoas que fazem o bem, tendo o
cuidado de deixarem-se ser percebidos.
Para que todos vejam "como são caridosos". Entende-se que aqueles
que não dominam o conhecimento e cultivam a convicção de que
estamos "cercados por uma nuvem de testemunhas", até venham a agir
assim durante toda a sua vida religiosa.
E muitas vezes quando chegam ao mundo espiritual se decepcionam
com a condição em que se encontram, porque achavam que com tantas
"obras no bem", encontrariam "o reino dos céus". E muitas vezes
caem na descrença de sua própria ideologia religiosa. É muito
comum nas reuniões de assistência espiritual (desobsessão),
chegarem espíritos nesta condição.
Para nós espíritas, com conhecimento mais aprofundado, mais nos
será cobrado esse comportamento.
Nossa própria consciência algumas vezes tenta nos advertir de
nosso comportamento. Mas, a nossa vaidade e nosso orgulho não nos
deixam perceber o que estamos fazendo. E muitas vezes aceitamos
naturalmente os elogios, pequenas lembranças, etc.
Após termos dado um passe, termos auxiliado a alguém, termos
conversado fraternalmente e as pessoas beneficiadas sentem a
necessidade de retribuírem o benefício recebido com algo material
ou conforme dissemos no inicio, "ELOGIOS" a nossa mediunidade, a
nossa inspiração, ao nosso guia, etc. Sem perceber o médium pode
deixar-se envolver e começar achar-se alguém realmente "especial".
Segundo os bons espíritos, muitas vezes é através destas situações
que o médium se envolve em um processo obsessivo. E conforme a
própria literaturas mediúnicas espíritas muitas médiuns também
chegam ao mundo espiritual em condições de sofrimento.
E da mesma forma que citamos os religiosos, que chegam ao mundo
espiritual e se decepcionam, nós os espíritas também estamos
sujeitos a esta experiência, porque muitas vezes não percebemos
quando estamos enveredando por esse caminho.
Quando cultivamos o desejo sincero de progresso e de sentimento de
amor ao próximo, vamos fazer o bem sem até percebermos porque ele
estará fluindo naturalmente do nosso coração.
Podemos perceber que estamos no caminho certo quando sentimos a
paz na consciência e a quantidade de pessoas que sinceramente nos
auxiliam a continuar a desenvolver o nosso trabalho.
Nunca devemos deixar de ouvir as críticas que façam ao nosso
comportamento, tendo o bom senso para discernir de onde elas vem e
quais os seus objetivos. Podemos até perguntar as pessoas de nossa
confiança o que ela pensam sobre o nosso modo de agir. (t)
Perguntas/Respostas:
<[moderador]> [1] - <Nadja> Por que a caridade precisa ser feita
às ocultas? E se ela for genuína, mas realizada por alguém que não
a oculte?
<Aparecida_Cruz> Ela precisa ser feita ocultamente para não
humilhar aquele que a recebe e para não exaltar a nossa vaidade,
porque ainda somos muito frágeis. Ela poderá ser ostensiva quando
aquele que a faz avalia que um bem maior poderá ser realizado pelo
exemplo que está sendo dado.
Um exemplo simples que podemos citar é o de oferecer-se o lugar as
pessoas idosas ou doentes nos transportes coletivos, que poucas
pessoas fazem.
Outras vezes uma pessoa precisa de alguém que lhe ajude num
momento de desespero na via pública, e a maioria das pessoas até
sentem vontade de ajudar, mas temem chamar a atenção dos outros.
Se uma pessoa toma coragem e socorre, muitas pessoas se sentem
mais fortalecidas para fazer o mesmo. (t)
<[moderador]> [2] - <Cidinha-Bob> No Livro Tormentos da Obsessão
mostra bem essa realidade, o quanto nos enganamos com a nossa
falsa humildade. Qual o primeiro sinal para percebermos onde
estamos errando?
<Aparecida_Cruz> Um dos mais claros sinais de que estamos errando
é quando as pessoas sinceras e que levam bem a sério o compromisso
com a verdade ou tentam nos advertir, e quando não são ouvidas
deixam que nós ajamos por nossa própria conta. Outro sinal é
quando percebemos que algumas pessoas andam "diferente" conosco.
Se tivermos imbuídos de bons sentimentos, iremos procurar saber o
que está acontecendo.
O plano espiritual usa de recursos diversos para tentar chamar a
atenção de um médium que esteja enveredando por este caminho.
Através de sonhos, mensagem fortuitas que chegam as suas mãos e
até inspirando pessoas a falarem conosco. (t)
<[moderador]> [3] - <andrehsiqueira> Quando fazemos o bem para ter
uma melhor condição no mundo espiritual não é um tipo de
recompensa que estamos esperando?
<Aparecida_Cruz> Apesar da dificuldade que temos muitas vezes de
identificar os nossos próprios sentimentos e intenções, ainda que
façamos o bem com esse objetivo, devemos fazê-lo, porque o bem
sempre deve ser feito. Mesmo na dúvida não nos abstenhamos de
fazer o bem. (t)
<[moderador]> [4] - <andrehsiqueira> Então devemos fazer o bem
mesmo que seja esperando recompensa, para criar o hábito?
<Aparecida_Cruz> Não é que vamos fazer o bem esperando recompensa.
Afirmamos "que na dúvida não devemos deixar de fazer o bem".
Porque sempre alguém irá receber um benefício e dentro da lei de
Deus isso é o mais importante. Com relação a criar o hábito, o
Espírito Dr. Hermann, um dos dirigentes espirituais do Centro
Espírita Léon Denis, sempre convida os médiuns a iniciarem o bem
por "disciplina". Com o tempo vamos melhorando os nossos
sentimentos, a nossa ligação com os espíritos interessados na
divulgação do bem e quando percebemos mais adiante, estaremos
fazendo esse mesmo bem um pouco mais naturalmente. (t)
Considerações finais do palestrante:
<Aparecida_Cruz> Precisamos estar sensíveis a necessidade gritante
da sociedade atual, tão carente de posturas claras no bem. Dessa
forma vamos estar colaborando para que mais pessoas se sintam
fortalecidas para agirem da mesma forma.
Quando assim dizemos estamos querendo levar a idéia daqueles que
assim agem com real interesse de promoverem o bem e não de se
projetarem perante os outros.
Para esses conforme está claro em "O Evangelho Segundo o
Espiritismo", cap. XIII, item 3: com o tempo as próprias pessoas
sinceras percebem o contraste de suas ações.
Com o tempo, as suas mascaras acabam caindo e nos momentos morais
mais difíceis elas acabam demonstrando que ainda não conquistaram
o bem verdadeiro. Que possamos estar com os nossos espíritos
sempre prontos a fazer o bem necessário e termos a coragem de
sermos sinceros quando solicitados a ajudarmos aqueles que usam o
bem para projetarem a si mesmos. (t)
Oração Final:
<andrehsiqueira> Amigo Jesus, seja nossa prece de agradecimento
pelo muito que temos recebido pela paz que nos aquece os corações
pela esperança que ilumina os nossos caminhos.
Pelo trabalho que nos rende os frutos do crescimento;
Pelo estudo que nos liberta da ignorância;
Pelo carinho dos que nos amam;
Pela oportunidade de amar a vida.
Que nossas intenções mais profundas se voltem para o bem e que a
vida em nós seja transformada num ato de renovação, em Deus e por
Ele. (t)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmogmo1973
 
Palestra_Piedade Filial.pptx
Palestra_Piedade Filial.pptxPalestra_Piedade Filial.pptx
Palestra_Piedade Filial.pptxJaquelineRossi7
 
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosGraça Maciel
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãohome
 
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeSegundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeCeiClarencio
 
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosTiburcio Santos
 
A fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 eseA fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 esectollin
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráGraça Maciel
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultosNertan Jucá
 
2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas
2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas
2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhasJoao Minelli Neto
 
Lei Do Progresso Palestra
Lei Do Progresso PalestraLei Do Progresso Palestra
Lei Do Progresso PalestraDalila Melo
 
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8Patricia Farias
 

Mais procurados (20)

Perdão na visão espírita
Perdão na visão espíritaPerdão na visão espírita
Perdão na visão espírita
 
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
 
Palestra_Piedade Filial.pptx
Palestra_Piedade Filial.pptxPalestra_Piedade Filial.pptx
Palestra_Piedade Filial.pptx
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
 
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
 
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeSegundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
 
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
 
Bom samaritano
Bom samaritanoBom samaritano
Bom samaritano
 
A fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 eseA fé transporta montanhas cap 19 ese
A fé transporta montanhas cap 19 ese
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
 
Infortúnios ocultos
Infortúnios ocultosInfortúnios ocultos
Infortúnios ocultos
 
Mediunidade gratuita
Mediunidade gratuitaMediunidade gratuita
Mediunidade gratuita
 
Caridade
Caridade  Caridade
Caridade
 
2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas
2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas
2014-06-03 Palestra PAE Terça - Deixai vir a mim as criancinhas
 
Lei Do Progresso Palestra
Lei Do Progresso PalestraLei Do Progresso Palestra
Lei Do Progresso Palestra
 
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRiosReconciliaçãO Com Os AdversáRios
ReconciliaçãO Com Os AdversáRios
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
 

Destaque

Livro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.ppt
Livro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.pptLivro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.ppt
Livro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.pptPatricia Farias
 
Fazer o Bem Sem Olhar a Quem
Fazer o Bem Sem Olhar a QuemFazer o Bem Sem Olhar a Quem
Fazer o Bem Sem Olhar a Quem-
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direitagmo1973
 
Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda... Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda... Tiburcio Santos
 
A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaThiago Garcia
 
Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3
Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3
Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3Patricia Farias
 
Que a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma Badan
Que a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma BadanQue a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma Badan
Que a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma BadanWilma Badan C.G.
 
Fazer o bem, faz bem!
Fazer o bem, faz bem!Fazer o bem, faz bem!
Fazer o bem, faz bem!Seduc MT
 
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesMistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesGrupo Espírita Cristão
 
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xiCarlos Alberto Freire De Souza
 
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentesMistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentesFatoze
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Graça Maciel
 
Visão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalVisão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalPAN1911
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrerHelio Cruz
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaDalila Melo
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No LarHome
 

Destaque (17)

Livro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.ppt
Livro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.pptLivro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.ppt
Livro dos Espiritos Q.178 Evangelho cap13 2.ppt
 
Fazer o Bem Sem Olhar a Quem
Fazer o Bem Sem Olhar a QuemFazer o Bem Sem Olhar a Quem
Fazer o Bem Sem Olhar a Quem
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
 
Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda... Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda...
 
A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra Espírita
 
Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3
Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3
Livro dos Espíritos questao 179 Evangelho Cap 13 Item 3
 
Que a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma Badan
Que a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma BadanQue a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma Badan
Que a vossa mão esquerda não saiba.... - Wilma Badan
 
Fazer o bem, faz bem!
Fazer o bem, faz bem!Fazer o bem, faz bem!
Fazer o bem, faz bem!
 
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesMistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
 
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
090812 da lei de justiça, amor e caridade–livro iii, cap. xi
 
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentesMistérios ocultos aos sábios e prudentes
Mistérios ocultos aos sábios e prudentes
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
 
Visão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalVisão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do Carnaval
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrer
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infância
 
Agua
AguaAgua
Agua
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No Lar
 

Semelhante a ( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao

60 oportunidades de praticar o bem
60 oportunidades de praticar o bem60 oportunidades de praticar o bem
60 oportunidades de praticar o bemAntonio SSantos
 
Saberes Necessários à Evangelização
Saberes Necessários à EvangelizaçãoSaberes Necessários à Evangelização
Saberes Necessários à Evangelizaçãoigmateus
 
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
Luiz antonio gasparetto   realização -  curso completoLuiz antonio gasparetto   realização -  curso completo
Luiz antonio gasparetto realização - curso completosaioborba
 
7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimentoCelia Niza
 
apostila_meditacao.pdf
apostila_meditacao.pdfapostila_meditacao.pdf
apostila_meditacao.pdfAnaBressane
 
Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Maringil
 
Manifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deusManifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deusAlice Negrão
 
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docxCapítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docxMarta Gomes
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
AutoconhecimentoDalila Melo
 
A busca da felicidade 1
A busca da felicidade 1A busca da felicidade 1
A busca da felicidade 1ctollin
 
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de EspiritismoApresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de EspiritismoFlávio Darin Buongermino
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoLuciane Belchior
 
5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância
5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância
5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundânciaxukizintrachuk
 
Palestra entusiasmo 2011
Palestra entusiasmo 2011Palestra entusiasmo 2011
Palestra entusiasmo 2011Idemar
 

Semelhante a ( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao (20)

60 oportunidades de praticar o bem
60 oportunidades de praticar o bem60 oportunidades de praticar o bem
60 oportunidades de praticar o bem
 
Saberes Necessários à Evangelização
Saberes Necessários à EvangelizaçãoSaberes Necessários à Evangelização
Saberes Necessários à Evangelização
 
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
Luiz antonio gasparetto   realização -  curso completoLuiz antonio gasparetto   realização -  curso completo
Luiz antonio gasparetto realização - curso completo
 
Eudcacional
EudcacionalEudcacional
Eudcacional
 
7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento7 passos para o autoconhecimento
7 passos para o autoconhecimento
 
Diamica dons espirito
Diamica dons espiritoDiamica dons espirito
Diamica dons espirito
 
apostila_meditacao.pdf
apostila_meditacao.pdfapostila_meditacao.pdf
apostila_meditacao.pdf
 
A SEMENTE 4 novembro
A  SEMENTE  4 novembroA  SEMENTE  4 novembro
A SEMENTE 4 novembro
 
Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Boletim maio 2014
Boletim maio 2014
 
Manifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deusManifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deus
 
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docxCapítulo XII - Perfeição Moral.docx
Capítulo XII - Perfeição Moral.docx
 
Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
A busca da felicidade 1
A busca da felicidade 1A busca da felicidade 1
A busca da felicidade 1
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - o que e a mediunidade
( Espiritismo)   # - amag ramgis - o que e a mediunidade( Espiritismo)   # - amag ramgis - o que e a mediunidade
( Espiritismo) # - amag ramgis - o que e a mediunidade
 
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de EspiritismoApresentação - Curso Básico de Espiritismo
Apresentação - Curso Básico de Espiritismo
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
 
O poder liberador do perdão
O poder liberador do perdãoO poder liberador do perdão
O poder liberador do perdão
 
5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância
5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância
5 Etapas Para Desenvolver Uma Mentalidade de Abundância
 
Palestra entusiasmo 2011
Palestra entusiasmo 2011Palestra entusiasmo 2011
Palestra entusiasmo 2011
 
Boletim cbg ano iii_n°44_15_nov_2015
Boletim cbg ano iii_n°44_15_nov_2015Boletim cbg ano iii_n°44_15_nov_2015
Boletim cbg ano iii_n°44_15_nov_2015
 

Mais de Instituto de Psicobiofísica Rama Schain

( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Mais de Instituto de Psicobiofísica Rama Schain (20)

( Espiritismo) # - influencia do meio
( Espiritismo)   # - influencia do meio( Espiritismo)   # - influencia do meio
( Espiritismo) # - influencia do meio
 
( Espiritismo) # - estudando a mediunidade
( Espiritismo)   # - estudando a mediunidade( Espiritismo)   # - estudando a mediunidade
( Espiritismo) # - estudando a mediunidade
 
( Espiritismo) # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
( Espiritismo)   # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos( Espiritismo)   # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
( Espiritismo) # - ectoplasma mediunidade de efeitos fisicos
 
( Apometria) apometria em casa
( Apometria)   apometria em casa( Apometria)   apometria em casa
( Apometria) apometria em casa
 
( Apometria) apometria em casa(1)
( Apometria)   apometria em casa(1)( Apometria)   apometria em casa(1)
( Apometria) apometria em casa(1)
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2( Apometria)   apometria e a cura quantica 2
( Apometria) apometria e a cura quantica 2
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(2)
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(2)( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(2)
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(2)
 
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(1)
( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(1)( Apometria)   apometria e a cura quantica 2(1)
( Apometria) apometria e a cura quantica 2(1)
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
 
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
 
( Apometria) alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
( Apometria)   alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico( Apometria)   alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
( Apometria) alexandre d c lima - apometria cosmica # nivel basico
 
50209564 20090319-apost-taiji
50209564 20090319-apost-taiji50209564 20090319-apost-taiji
50209564 20090319-apost-taiji
 
49579762 apostila-mod-3
49579762 apostila-mod-349579762 apostila-mod-3
49579762 apostila-mod-3
 
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
 
47477314 budo-1
47477314 budo-147477314 budo-1
47477314 budo-1
 
46879180 revista-homo-optimus-nu-07
46879180 revista-homo-optimus-nu-0746879180 revista-homo-optimus-nu-07
46879180 revista-homo-optimus-nu-07
 
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
46265526 6985232-fundamentos-da-medicina-tradicional-chinesa
 
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
 
44938076 moxa
44938076 moxa44938076 moxa
44938076 moxa
 

( Espiritismo) # - aparecida cruz - fazer o bem sem ostentacao

  • 1. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Fazer o Bem Sem Ostentação Palestrante: Aparecida Cruz Rio de Janeiro 06/06/2003
  • 2. Organizadores da Palestra: Moderador: "Marcio Alves" (nick: [Moderador]) "Médium digitador": "Marcio Alves" (nick: Aparecida_Cruz) Oração Inicial: <Aparecida_Cruz> Querido Jesus, amado Cairbar Schutel, estamos neste instante pedindo a orientação dos bons espíritos, para que nos auxilie neste trabalho de divulgação doutrinária. Que todos nós possamos, num só sentimento, estar dóceis às inspirações dos bons espíritos, para que atinjamos os objetivos por eles propostos. Que assim seja! (t) Considerações Iniciais do Palestrante: <Aparecida_Cruz> Meu nome é Aparecida Cruz, cooperadora do Centro Espírita Léon Denis e gosto muito de estudar "O Evangelho Segundo o Espiritismo". Por isso aceitamos o convite para essa tarefa. No CELD trabalho junto à Evangelização Infantil. Dentro do tema proposto, "Fazer o bem sem ostentação", em "O Evangelho Segundo o Espiritismo", Cap. XIII, itens 1 a 3, Kardec desenvolve as idéias espíritas em torno deste tema, baseado na passagem do evangelho de Mateus, cap. 6, vv. 1 a 4, onde Jesus advertia aos que lhe ouviam para que evitassem fazer as obras diante dos homens, porque aqueles que assim o fazem já receberam a sua recompensa. E que quando déssemos uma esmola, que a nossa mão esquerda não saiba o que dá a nossa mão direita. Para que dessa forma, só Deus fique sabendo o ato de caridade que praticamos. Sabemos, através dos estudos da Doutrina Espírita, que todo bem que fazemos deve ter como base os sentimentos. Os espíritos sempre vão estar atentos às nossas intenções. Infelizmente, nem sempre estamos atentos a esses esclarecimentos que a Doutrina Espírita nos traz. Ainda encontramos nos mais diversos círculos religiosos, pessoas que fazem o bem, tendo o cuidado de deixarem-se ser percebidos. Para que todos vejam "como são caridosos". Entende-se que aqueles que não dominam o conhecimento e cultivam a convicção de que estamos "cercados por uma nuvem de testemunhas", até venham a agir assim durante toda a sua vida religiosa. E muitas vezes quando chegam ao mundo espiritual se decepcionam com a condição em que se encontram, porque achavam que com tantas "obras no bem", encontrariam "o reino dos céus". E muitas vezes caem na descrença de sua própria ideologia religiosa. É muito comum nas reuniões de assistência espiritual (desobsessão), chegarem espíritos nesta condição. Para nós espíritas, com conhecimento mais aprofundado, mais nos será cobrado esse comportamento. Nossa própria consciência algumas vezes tenta nos advertir de nosso comportamento. Mas, a nossa vaidade e nosso orgulho não nos deixam perceber o que estamos fazendo. E muitas vezes aceitamos naturalmente os elogios, pequenas lembranças, etc. Após termos dado um passe, termos auxiliado a alguém, termos conversado fraternalmente e as pessoas beneficiadas sentem a
  • 3. necessidade de retribuírem o benefício recebido com algo material ou conforme dissemos no inicio, "ELOGIOS" a nossa mediunidade, a nossa inspiração, ao nosso guia, etc. Sem perceber o médium pode deixar-se envolver e começar achar-se alguém realmente "especial". Segundo os bons espíritos, muitas vezes é através destas situações que o médium se envolve em um processo obsessivo. E conforme a própria literaturas mediúnicas espíritas muitas médiuns também chegam ao mundo espiritual em condições de sofrimento. E da mesma forma que citamos os religiosos, que chegam ao mundo espiritual e se decepcionam, nós os espíritas também estamos sujeitos a esta experiência, porque muitas vezes não percebemos quando estamos enveredando por esse caminho. Quando cultivamos o desejo sincero de progresso e de sentimento de amor ao próximo, vamos fazer o bem sem até percebermos porque ele estará fluindo naturalmente do nosso coração. Podemos perceber que estamos no caminho certo quando sentimos a paz na consciência e a quantidade de pessoas que sinceramente nos auxiliam a continuar a desenvolver o nosso trabalho. Nunca devemos deixar de ouvir as críticas que façam ao nosso comportamento, tendo o bom senso para discernir de onde elas vem e quais os seus objetivos. Podemos até perguntar as pessoas de nossa confiança o que ela pensam sobre o nosso modo de agir. (t) Perguntas/Respostas: <[moderador]> [1] - <Nadja> Por que a caridade precisa ser feita às ocultas? E se ela for genuína, mas realizada por alguém que não a oculte? <Aparecida_Cruz> Ela precisa ser feita ocultamente para não humilhar aquele que a recebe e para não exaltar a nossa vaidade, porque ainda somos muito frágeis. Ela poderá ser ostensiva quando aquele que a faz avalia que um bem maior poderá ser realizado pelo exemplo que está sendo dado. Um exemplo simples que podemos citar é o de oferecer-se o lugar as pessoas idosas ou doentes nos transportes coletivos, que poucas pessoas fazem. Outras vezes uma pessoa precisa de alguém que lhe ajude num momento de desespero na via pública, e a maioria das pessoas até sentem vontade de ajudar, mas temem chamar a atenção dos outros. Se uma pessoa toma coragem e socorre, muitas pessoas se sentem mais fortalecidas para fazer o mesmo. (t) <[moderador]> [2] - <Cidinha-Bob> No Livro Tormentos da Obsessão mostra bem essa realidade, o quanto nos enganamos com a nossa falsa humildade. Qual o primeiro sinal para percebermos onde estamos errando? <Aparecida_Cruz> Um dos mais claros sinais de que estamos errando é quando as pessoas sinceras e que levam bem a sério o compromisso com a verdade ou tentam nos advertir, e quando não são ouvidas deixam que nós ajamos por nossa própria conta. Outro sinal é quando percebemos que algumas pessoas andam "diferente" conosco. Se tivermos imbuídos de bons sentimentos, iremos procurar saber o que está acontecendo.
  • 4. O plano espiritual usa de recursos diversos para tentar chamar a atenção de um médium que esteja enveredando por este caminho. Através de sonhos, mensagem fortuitas que chegam as suas mãos e até inspirando pessoas a falarem conosco. (t) <[moderador]> [3] - <andrehsiqueira> Quando fazemos o bem para ter uma melhor condição no mundo espiritual não é um tipo de recompensa que estamos esperando? <Aparecida_Cruz> Apesar da dificuldade que temos muitas vezes de identificar os nossos próprios sentimentos e intenções, ainda que façamos o bem com esse objetivo, devemos fazê-lo, porque o bem sempre deve ser feito. Mesmo na dúvida não nos abstenhamos de fazer o bem. (t) <[moderador]> [4] - <andrehsiqueira> Então devemos fazer o bem mesmo que seja esperando recompensa, para criar o hábito? <Aparecida_Cruz> Não é que vamos fazer o bem esperando recompensa. Afirmamos "que na dúvida não devemos deixar de fazer o bem". Porque sempre alguém irá receber um benefício e dentro da lei de Deus isso é o mais importante. Com relação a criar o hábito, o Espírito Dr. Hermann, um dos dirigentes espirituais do Centro Espírita Léon Denis, sempre convida os médiuns a iniciarem o bem por "disciplina". Com o tempo vamos melhorando os nossos sentimentos, a nossa ligação com os espíritos interessados na divulgação do bem e quando percebemos mais adiante, estaremos fazendo esse mesmo bem um pouco mais naturalmente. (t) Considerações finais do palestrante: <Aparecida_Cruz> Precisamos estar sensíveis a necessidade gritante da sociedade atual, tão carente de posturas claras no bem. Dessa forma vamos estar colaborando para que mais pessoas se sintam fortalecidas para agirem da mesma forma. Quando assim dizemos estamos querendo levar a idéia daqueles que assim agem com real interesse de promoverem o bem e não de se projetarem perante os outros. Para esses conforme está claro em "O Evangelho Segundo o Espiritismo", cap. XIII, item 3: com o tempo as próprias pessoas sinceras percebem o contraste de suas ações. Com o tempo, as suas mascaras acabam caindo e nos momentos morais mais difíceis elas acabam demonstrando que ainda não conquistaram o bem verdadeiro. Que possamos estar com os nossos espíritos sempre prontos a fazer o bem necessário e termos a coragem de sermos sinceros quando solicitados a ajudarmos aqueles que usam o bem para projetarem a si mesmos. (t) Oração Final: <andrehsiqueira> Amigo Jesus, seja nossa prece de agradecimento pelo muito que temos recebido pela paz que nos aquece os corações pela esperança que ilumina os nossos caminhos. Pelo trabalho que nos rende os frutos do crescimento; Pelo estudo que nos liberta da ignorância; Pelo carinho dos que nos amam;
  • 5. Pela oportunidade de amar a vida. Que nossas intenções mais profundas se voltem para o bem e que a vida em nós seja transformada num ato de renovação, em Deus e por Ele. (t)