Arcano Zero
                                                     I

    AS IMAGENS ARQUETIPICAS

      Interpretar um símb...
Espelho Meu                              35



                                                                         pr...
Arcano I
                                      -1-
   I
                                     o MAGO
              o HOMEM ...
42                           Taró de Marselha                                                       Espelho Meu           ...
46                         Taró de Marselha




1 na casa 15
Que estratégias no o ego não usa em função de nosso desejos
m...
Espelho Meu                             49



                                                                            ...
ArcanoIll
                                  -Ill-
                              A IMPERATRIZ

                    A INTELI...
S6                             Tarô de Marselha



matéria inferior não inteligente e a parte superior já dominada pela
in...
60                          Taró de Marselha



J na casa 20
A mãe protetora, a mater-familia, a realização feminina? Não ...
Espelho Meu                            63



                                                                         quan...
64                           Tarô de Marselha



sarial, autoridade paterna. No que toca ao aspecto material é quase
sempr...
6                          Taró de M arselha



~ na casa 18
A unto de ordem material parecem e tar numa cilada. Ob erve o...
Espelho Meu                             71




                                                                           ...
72                           Taró de Marselha



     Quando Sua Santidade o Papa João Paulo II, visitou recente-
mente no...
76                           Taro de Marselha



~ na casa 19
Você parece e tar bem acompanhado. Sua ca a do relacionament...
Espelho Meu                              79



                                                                         fl...
80                           Ta~'ô   de Marselha



Via de regra, ela tem sido interpretada como uma escolha, opção e
deci...
Areano Vil

                                      -Vll-
                                     o CARRO
                     ...
86                            Taró de Marselha



esquerda, amarela, confere-lhe a constante inteligência. As más-
caras e...
ArcanoVIll

                                      -VIII-
                                     A JUSTIÇA

                 ...
92                            Tarô de Marselha



sobre o destino do homem no que ele se comporte de maneira positi-
va ou...
Areano IX

                                       -IX-
                                  o EREMITA
                       ...
98                           Taró de Marselha



rendo dizer que a inteligência sempre deve predominar, seja qual for
o pr...
Areano X

                                       -x-
  x                   A RODA DA FORTUNA

                            ...
104                            Tarô de Marselha                                                      Espelho Meu          ...
la                         Tarô de Marselha



10 na casa 13
Separaçõe e re p ctiva mudança d vida. E teja atento com mai
...
Espelho M eu                           111




                                                                           ...
114                         Taró de M..arselha



11 na casa 14
Enquanto espera, coma, beba e se divirta como se nada e ti...
Espelho Meu                             117




                                                                          ...
118                           Taró de Marselha



tação freqüente é o sentimento de culpa por alguma atitude e, obser-
van...
Areano 111

                                      -XI11-
                       o ARCANO SEM NOME
                        ...
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Tarô de  Marselha By   V.  Martins
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tarô de Marselha By V. Martins

5.709 visualizações

Publicada em

Tarô - Arcanos Maiores

4 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.709
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
4
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tarô de Marselha By V. Martins

  1. 1. Arcano Zero I AS IMAGENS ARQUETIPICAS Interpretar um símbolo é, por analogia, encontrar a idéia ligada a esta ou àquela atitude, situação ou sentimento. Mais precisamente, é estabelecer a passagem do concreto ao abstrato para, através de uma série indefinida de as ociações, poder construir uma hi tória. Para que o leitor não e inta perdido, vamos considerar que uma carta se soma a outra e que observar as casas no seu significa- do facilita a leitura do arcano. É importante entender que uma carta à esquerda da princi- pal é sempre uma atitude de reflexão, enquanto a carta à direita é sempre uma ação no exterior. Sempre que vivenciamos uma situa- ção, o nosso mundo interior questiona os acontecimentos do mundo exterior. Ao abordar os 22 arcano do Tarô de Marseille procurei não esquecer a interpretação simbólica ligada ao aspecto do Divino. Por es e motivo, dentro da va ta bibliografia existente, escolhi o filósofo francês Paul Marteau, profundo conhecedor dos Tarôs nas suas di- versas concepções e que nos deixou, através do seu livro Tarot de Marseille, uma preciosa descrição dos detalhes simbólicos, bem de acordo com a tradição esotérica francesa. Sua análise é minucio a e preci a. Apoiada nesse autor, elaborei os aspectos numéricos e a particularidades analógicas, para que o leitor possa estabelecer um paralelo com a interpretaçõe atuai , objeto da minha experiência durante esses quase 30 ano de trabalho. A im poderá o leitor apreciar mais claramente as nuance do u univer o - interior e exterior - chegando a uma con ciência d i m mo.
  2. 2. Espelho Meu 35 pre O na gola azul ignificam ruído que de certa forma atordoam entre a vida material e a espiritual. Embora o homem caminhe na matéria de uas sucessiva encamaçõe , ele só avança através da espiritualidade, daí a calças azuis com as sapatilhas vermelhas. -0- Embora pareça um errante camjnhando pelas estradas, sua mar- o LOUCO cha no entanto é inteligente; não por si próprio, mas porque ela é dirigida pela sabedoria divina representada pelo chão amarelo, embo- ra acidentado como as dificuldades da vida. Os tufos de erva signifi- cam a fecundidade ativa: os verdes pertencentes ao plano físico; o branco no plano abstrato. A figura parece camjnhar da esquerda para a direita, num con - o PASSAGEIRO TERRESTRE tante ir e vir. Seu rosto voltado para o céu, talvez em busca do desco- nhecido, traz a idéia de uma situação arriscada, pois parece de aten- Aspectos numéricos: Não se considera o número 22 por se to ao que está à sua frente. Daí alguns tarôs representarem este tratar de dupla passividade envolvendo uma inação, o que é totalmen- arcano com um abismo. Essa despreocupação parece no dizer da te oposto à atitude ativa do personagem representado pela carta. não consciência dos obstáculo da vida, mas que certamente trilhará No seu sentido geral e abstrato este arcano representa o impul- por distintos caminhos que mudarão sua atitude. o irresistível do viver, avanço irrefreável do homem rumo à sua evo- lução possível. Interpretações atuais: Este arcano tem sido interpretado contemporaneamente como um viajante, seja para viagens longas ou Particularidades: O bastão que carrega a sacola tem anéis curtas; quando para o exterior, a carta número XXI, O Mundo, quase fixos que parecem dizer que esta bagagem é inerente ao ser humano; sempre está próxima. ele parece estar em constante movimento em busca das coisas que o Algumas vezes, principalmente no centro do jogo ou na casa 1, complementem. A sacola sendo cor de carne sugere uma herança, esse arcano pode representar confusões, falta de atenção, dispersão indicando que talvez o ser humano traga em sua vida atual uma soma ou alguém que não sabe direito seu próprio rumo. Raríssimas vezes de experiências de tudo o que já foi. Contém ilusões e vivências do esse arcano representa desajuste mental, até porque é difícil atender passado. O bastão sendo branco, isto é, neutro, mostra que este a pe oas em fase de desestruturação mental. "fardo" não foi criado por ele, é de natureza divina. Outra interpretação freqüente é a pessoa estar próximo a um O bastão amarelo, na mão direita, apoiado de forma não muito novo ciclo de circunstâncias, ou seja, mudanças radicais de vida. Se o firme no chão, põe o homem em contato com o mundo físico. Esse cliente vai entrar em férias ou até mesmo fazer um passeio, este bastão, significando um apoio, parece demonstrar as forças telúricas arcano pode aparecer. extraídas do planeta. A parte visível, cor de carne, sobre a qual o Nas mudanças de residência ele parece anunciar você em ple-, animal se apóia, simboliza a sua parte instintiva e natural. Está de na atividade, levando ua bagagem. roupas, talvez uma alusão ao fato de ser revestido de uma personali- Também em algumas situações em que e questionava sobre dade ainda a ser estruturada. droga , ele apareceu acompanhado do arcano XVIII ou do arcano O gorro amarelo terminado numa bola vermelha significa a XV, conforme a con eqüências do tipo de tóxico utilizado. inteligência que o homem deve utilizar para percorrer seu caminho t rráqueo. A ponta vermelha fala da inteligência material. O guizos
  3. 3. Arcano I -1- I o MAGO o HOMEM COMO PODER ATIVO E CRIADOR Aspectos numéricos: O número 1 expres a a Criatividade Univer aI, o princípio primordial. A manife tação de ta força, itua- da na origem de toda as coi a , se tran forma em forças ativas e , pa iva, endo o outros número a sua representação que, por ua vez, particulariza e caracteriza os objeto e fenômeno do mundo en ível. Simbolizando esta carta a imagem da força criativa e criadora, a figura do homem em pé, cercado de certo atributos, representa o exercício da atividade humana. Observamo que o Mago e tá oli- damente plantado com pés na horizontal e equilibrado no solo, rece- bendo a influência magnética que o submete. Particularidades: A varinha que sua mão e querda segura dirige-se para o céu, repre entando as corrente uperiores que or- ganizam o influxo terrestre, enquanto sua mão direita manipula com de treza e discernimento o objeto sobre a me a representando o quatro elemento, princípio ativo e pa ivo da matéria: o cutelo lembrando a E pada, ímbolo dos esforço , da dificul- dade , das luta, relaciona-se com o poder mental , portanto o pen- salnento; elemento ar; a moedas, repre entando o Ouro, ímbolo da aqui içõe mate- riai e obra por realizar fala-no das sensações' elemento terra' o opinho, substituindo a Copa, símbolo do amor da abedoria, do acrifício, da afetividade portanto as emoções ; elemento á ua;
  4. 4. 42 Taró de Marselha Espelho Meu 43 a varinha, representação do Pau, completa o quatro naipes do são freqüentes nas interpretaçõe . Dependendo da colocação pode Tarô, simbolizando a força de vontade que está ligada aos aspec- indicar pessoas que mentem por algum motivo ou armam situaçõe to da intuição; elemento fogo. estrategicamente. Observamos principalmente o chapéu, cuja parte externa é Exemplo de pessoa que tinha es a carta no centro do jogo: e ta- verde ignificando adaptação e força mental; o amarelo do sol, a va sem graça de dizer o real motivo da consulta e esperava que eu o lucidez; o debrum vermelho, a paixões materiai . Sua forma do dissesse, a fim de não se expor, pois estava envergonhada por deter- infinito lembra que o ser humano está preso ao encadeamento das minado ato. lei universais de que ele é parte integrante. De outra feita, uma pessoa na mesma situação de jogo na verda- O cabelos brancos e dourados na extremidade encaraco- de não queria fazer consulta, mas sim observar a técnica da leitura. lada definem a inteligência como fonte de sua experiência vivencial. Quando esta carta aparece em relevo no jogo fica mais desafiante A roupa acima da cintura é azul no lado esquerdo e vermelha a interpretação. Porém, muito cuidado para não interpretar erronea- no lado direito; da cintura para baixo essas cores se opõem. O azul mente, pois a gama de leituras é variada na diferentes casa ; con i- representa os aspecto p íquico receptivos e o vermelho, o lado dere que a e perteza, a vivacidade, o "drible", enfim toda a açõe pa sional e ativo; é de se notar, porém, que ambos se equilibram. humanas, estão sujeitas à formação do caráter de cada um. O cinto amarelo indica o elo mental que une abedoria e espi- ritualidade; o colarinho é branco, já que esta espiritualidade deve ficar associada à inteligência representada pela cabeça. Seu braço esquerdo, vermelho, amarelo e azul, segura a vari- nha, um ímbolo de ge to e força comandado pelo p iquismo, poi a vida material, por si só inerte, move-se apenas sob o domínio do a pecto psíquico. O braço direito, opondo a alternância de core do braço esquerdo, tem entre os dedo a bolinha amarela que sintetiza o princípio da matéria cósmica. E te braço está justamente abaixado para indicar que o homem deve submeter sua ação às leis cósmica quando entra em contato com elas. Sua pernas, a esquerda, azul com sapato vermelho e adir ita alternada, indicam que ele deve dominar os elementos atravé do equilíbrio psíquico e ativo. A mesa, cor de pele, significa que as atividades do Mago e realizam com o apoio na matéria viva. O chão amarelo representa a energia que é preciso captar· Mago apoiando-se na inteligência faz urgir a fecundidade simbo- lizada pelo fiorão verde. Esta força permitirão que conserve eu quilíbrio para evitar de ser um joguete. Interpretações atuais: Iniciativa habilidade e destreza. Si- d início ou reinício um novo trabalho ou um negócio que I I ' nd da habilidade já citada. otícia ou até pessoa nova S lI r i n I . I -i . trat '" ia nas relaçõe afeti va e jogo amora o também
  5. 5. 46 Taró de Marselha 1 na casa 15 Que estratégias no o ego não usa em função de nosso desejos materiai ? Trabalho com exu ? Manipulação edutora do ser ama- do? Ambição de medida? Arcano II 1 na casa 16 Habilidade nas reconstruções e necessária força de vontade para remontar situaçõe , reformas ou até mesmo relacionamentos. 1 na casa 17 Atuação com delicadeza e convicção, poi e trata da ca a de fazer o futuro no aqui e agora. Novos projeto que trazem nova e peran- ça . 1 na casa 18 Trabalho mental no entido de di ipar o agente bloqueadore ; busca obretudo de uma nova vi ão sobre a ituações que o deprimiram. 1 na casa 19 Pode ser um novo relacionamento. Ma você também pode e tar jogando ou manipulando com eu parceiro, não? 1 na casa 20 Relacionamento familiar· reuniões; novidade; alguma veze, ur- presa. 1 na casa 21 Um ciclo novo de circun tância se anuncia. Para os arti ta uce- so ,ponto de chegada de um ideal. Grande atuação pública. No qua- dro político é comum air e ta carta, porque ela pas a o entido de uma comunicação mai abrangente.
  6. 6. Espelho Meu 49 A Papisa, seu outro nome, usa uma tiara cor de ouro mostran- do a iluminação da luz solar, ou seja, a sabedoria superior; seus três níveis, crivados de pedras preciosas, evocam os três planos : físico , emocional e intelectual. Os rubis em forma de trevo representam a atividade da matéria terrestre. Os topázios, símbolo do conhecimen- -lI- to das leis universais, alternam-se com os rubis, mas são menores do que eles, o que significa que a terra é debilmente aclarada pela sabe- A SACERDOTISA doria. O nível do meio tem esmeraldas que indicam o con hecimento do domínio psíquico e as duas pérolas que as enquadram indicam a sublimação dos sentimentos. O terceiro círculo, que tem uma pedra A SABEDORIA - A REFLEXÃO redonda cristalina lapidada como um diamante, simboliza o metal puro e por sua forma indica uma função que não tem princípio nem fim . O véu que cai até os ombros, símbolo da virgindade e pureza. O Aspectos numéricos: O número 2 é igual a I + I. A unidade pode gerar, através das adições sucessivas, uma série crescente que, pano drapeado cor de pele, flutuando através da tiara, dá a enten- conseqüentemente, é positiva, ou uma série decrescente, que é nega- der a instabilidade e a mobilidade do princípio feminino diante da rapi- tiva. Se duas unidades representam uma única direção, há choque e dez da sabedoria indicada pela tiara, cuja característica é ser imutá- interrupção no movimento. Se têm direções contrárias, há polaridade, vel e eterna. A oposição entre o véu branco e o drapeado escuro nascimento de um movimento e estabelecimento de algo fecundo. e~plica que o prin. ípio feminino atrai os instintos sexuais pela neces- c O número 2, simbolizando dois movimentos: yin e yang-, SIdade da maternIdade. O livro aberto é da cor da pele para indicar indica a natureza fecundável que geralmente é definida como repou- a evolução da vida no plano físico, como hereditariedade e continui- so e maleabilidade. dade da espécie. Por sua passividade no plano es'piritual, esta figura representa o . Sua figura voltada para a esquerda indica concentração, refle- mistério dos binários, as coisas ocultas. Encerra em si as riquezas do xão e meditação. inconsciente, pois elas não são exteriorizadas. Interpretações atuais: Um estado de espera, preocupações Particularidades: O livro aberto em seus joelhos indica que cabíveis, um estudo. Uma bibliotecária ou uma pessoa sábia. A "ou- deverá ser decifrado mais do que lido, pois a figura apenas está com tra", embora oculta, se a pergunta for no plano afetivo. Alguém estu- o livro em suas mãos e seu olhar está para outro aspecto . Será o dando um texto ou para um concurso. Uma freira (raramente) ou Livro da Vida? Será o livro do Tarô? uma pessoa com características muito passivas . Algumas vezes re- Sabe-se que o Mago nada poderia sem ela porque, sendo o presenta a avó. princípio ativo, perder-se-ia no infinito se não encontrasse o princípio passivo que o detém, envolve-o e molda o que ele quer criar. O significado das cores da roupa assemelha-se ao da carta I. A veste vermelha indica as paixões dominantes; o manto azul, a espiritual idade em si , eclipsando as paixões, indicando ainda os as- pectos da religiosidade e do mistici smo que a protegem . A gola do manto, seu f echo e cordões amarelos são os elos que preservam a sabedori a qu e traz a espiritual idade e submete as paixões ao pro- sso inte li gente.
  7. 7. ArcanoIll -Ill- A IMPERATRIZ A INTELIGÊNCIA - A CRIATIVIDADE Aspectos numéricos: O número 3 é igual a 2 + 1, ou seja, a unidade ou poder de ação diante daquilo que gera conseqüentemente a fecund idade. Esta carta define a harmonia dos opostos, ou seja, a atividade iluminando a passividade, neutralizando-a e tendo como con- seqüência um todo organizado propiciando a produção e a evolução. Particularidades: O mundo universal apo iado no cetro da Imperatriz, que o segura a partir do seu umbigo, indica a espirituali- dade que deve dominar a matéria, penetrando-a. A águia amarela no escudo, indicada por sua mão direita, num fundo cor de pele, representa a inteligência falando por si mesma. A posição do escu- do próximo ao seio pende para o campo das intuições, ma a águia, sendo apenas uma figura alada sobre o escudo, age mais sobre a imaginação do que sobre a realidade; de qualquer modo, o escudo serve para a proteção. A Imperatriz está sentada porque representa a forç a do mun- do físico, da realidade concreta. Seus pés invisíveis. como na carta da Papisa, são a confirmação disso . A cadeira cor de pele fa la do conforto da estabilidade básica da vida física. A coroa com três círculos de ouro sobre o fundo vermelho indica claramente o poder da mente ; ela é aberta para permitir que as forças divin as penetrem no mundo material indicado pelo fundo vermelho da touca. Seu co- lar de ouro com triângulos significa, por sua multiplicidade, que a inteligência uperior deve manifestar-se materialmente e a matéria manifes tar-se espiritualmente, em todos o seus campos, de ve ndo o todo fundir-se em um . O cinto de ouro é a demarcação entre a
  8. 8. S6 Tarô de Marselha matéria inferior não inteligente e a parte superior já dominada pela inteligência. A junção do colar com o cinto, onde se vê um tri ân- gulo, sintetiza o domínio espiritual sobre os planos inferiores . A ves- te vermelha, as paixões dominantes; a túnica azul, a espiritual ida- de. O pequeno tufo de ervas é indicação de fecundidade pass iva. Essa fecundidade é dada aos seres humanos para exercitarem atra- vés do pensamento suas criações. CASA DA CRIATIVIDADE Interpretações atuais: A Imperatriz é o símbolo da mulher fértil , elegante, que inteligentemente enfrenta a vida. Quase sempre -3- representa a pessoa que está se consultando, se for mulher. Para os A IMPERATRIZ homens, se sair essa carta, vai representar seu lado feminino desen- volvido em sensibilidade, delicadeza e criatividade. É muito comum A condição da Terra é a devoção re- esta carta sair para costureiros, pintores, cabeleireiros e até mesmo ceptiva. Assim o ser humano, por sua para empresários que têm uma inteligência e uma criatividade cons- grandeza de caráter, sustenta o mundo tante no dia-a-dia. Nunca esquecendo que ela é a mãe, com todos os externo. Aí o ato da Criação se exprime seus atributos de instinto maternal . Ela, no sentido mais amplo, é a como sublime em sua perseverança. Mãe Terra . Quando ela vem como resposta final a umjogo, isto quer . I Ching - O livro das mutações dizer que você próprio tem a resposta. J na casa O Você parece ter a propriedade de zelar e proteger os acontecimen- tos de sua vida no momento . Que bom! Domínio das circunstâncias. J na casa 1 Você planeja e organiza alguma meta. Sua vontade de realizar se expande. J na casa 2 Separe o joio do trigo. Procure estar tranqüilo. Se houver preocupa- ção é consigo mesma em relação a outro. J na casa 3 Momento de muitos insights. Sua criatividade flui e você está pres- tes a decidir sobre alguma meta. J na casa 4 Será que você dirige alguma empresa? Parece estar bem situada em alguma reali zação de caráter materi al. Confie em si mesma. O dina- mismo de sua mente está em plena ação.
  9. 9. 60 Taró de Marselha J na casa 20 A mãe protetora, a mater-familia, a realização feminina? Não é tudo o que você qui ? Arcano IV ~ na ca a 21 Estado de plenitude tem eu mundo próprio. U e ua criati vidade e saiba e comunicar com o uni ver o circundante. Diria que tudo ne te momento pode lhe fazer feliz.
  10. 10. Espelho Meu 63 quanto a da Imperatriz pende para a direita, porém ambas voltadas para o cetro, para indicar que a idéia que preside os movimentos intelectuais é intuitiva e inspirada, na Imperatriz, enquanto pondera- da e intencional, no Imperador. Isto é acentuado pela posição das asas da águia, dirigidas para o alto no escudo da Imperatriz, ao passo que estão abertas natural e simetricamente no escudo do -IV- Imperador e, como neste último, a águia encerra uma inteligência aplicada às coisas práticas. As patas afastadas da ave, deixando O IMPERADOR uma fenda, indicam que ele realiza a união entre as duas partes, gerando um equilíbrio eficaz. O Imperador encostado a um assento de espaldar baixo cor o DOMÍNIO MATERIAL de pele, numa posição instável, parece indicar que, embora esteja imóvel, está pronto "para agir a qualquer instante". Ele pousa só um pé no chão: símbolo da tendência a avançar. O calçado é branco, Aspectos numéricos: O número 4 = 2 ;- 2 = 2 x 2 = 22, ou símbolo do nada, acentuando que não pode avançar nem recuar, tem seja, as operações fundamentais da aritmética. E o único número que imobilidade na ação, contradição aparente querendo dizer que, em- possui esta propriedade, que o torna sintético e lhe confere a bora ativo, ele está na matéria que é basicamente negativa. O cola- multiplicidade ideal das combinações. Podemos considerar este du- rinho branco junto à cabeça é indício de que pode usar a inteligência plo 2 como que formando uma polaridade em cruz, uma passi va e por si mesmo. Sua coroa, semelhante à da Imperatriz, tem o mesmo outra ativa, que ao se conjugarem garantem um equilíbrio; quatro significado. Seu colar de cânhamo dourado trançado significa um significa uma força equilibrada na matéria. liame; mostra que o pólo positivo pode ter apenas uma frágil ligação O Imperador, representando o princípio masculino, está senta- com .o espiritual. A argola presa no colar representa o círculo e seu do, portanto passivo, voltado para os t~ês primeiros arcanos, entregue princípio ao qual o Imperador deve subordinar-se para estabelecer à reflexão ou meditação sobre o próximo passo. suas realizações. Sua roupa (túnica e calça) é azul, terminada no branco no Particularidades: A interpretação do cetro é a mesma da colarinho e no branco dos pés, denotando com isso um estado laten- carta anterior e mostra através da cruz (em cima do globo) a força te na espiritualidade, mas o azul nas pernas mostra que ele sem- material quando é penetrada pelo influxo espiritual: é o símbolo do pre pode andar até ela e atingi-la. Seu manto vermelho indica que conhecimento da Ciência. Ele segura o cetro na mão direita, o ele se envolve na matéria da qual é um animador. Segura o cinto que indica o pólo positivo, enquanto na mão da Imperatriz o pólo é amarelo com a mão esquerda, demonstrando, por ação do contato negativo. O conjunto dos dois gera o equilíbrio dos pólos yin-yang. físico, compreender o elo que liga a inteligência ao plano material e O fato de o cetro estar diante dele denota afirmação e justeza nas utilizar esse elo para exercer seu domínio sobre o mundo. O tufo de ações; o da Imperatriz, que deixa repousar no ombro, ressalta o ervas amarelas tem significado idêntico ao da Imperatriz como ponto princípio passivo. O pólo positivo representado pelo Imperador só de apoio da sabedoria. consegue animar a matéria quando conjugado com o pólo negativo da Imperatriz. É por isso que o escudo, símbolo das forças emitidas Interpretações atuais: No jogo do tabuleiro pode represen- pela inteligência do ser humano, fica no chão, à sua disposição, ao tar o que consulta, no caso de ser homem, porém é muito freqüente passo que a Imperatriz o mantém contra o ventre e dispõe dele para representar também mulheres que exercem funçõe de caráter ma - garantir a gestação das criaçõe materiai . A figura da águia tem culino. Qua e empre representa o a pecto material po tura empre- ligeira diferença na cabeça, que e ·tá voltada para a esquerda, en-
  11. 11. 64 Tarô de Marselha sarial, autoridade paterna. No que toca ao aspecto material é quase sempre de bom augúrio, pois é sinal de situação econômica estável. Ele também é o companheiro da Imperatriz, podendo significar o par- ceiro. Pode ainda representar um político ou gerente. Quando se apre- senta no final de um jogo é sinal de real concretização das situações almejadas. O aspecto negativo leva a uma pessoa acomodada ou até mesmo autoritária. Se representa uma autoridade, por outro lado, o CASA DA REALIZAÇÃO uso desse poder pode levar a um autoritarismo. PESSOAL -4- o IMPERADOR o mestre disse: A maior generosidade é a de um homem que não se vangloria dos seus esforços e não conta seus mé- ritos como virtude. Isto significa que, apesar de todos os seus méritos, ele é doce com os outros. Nobre por nature- za, reverente em sua conduta, o homem modesto impõe o mais profundo respeito, e por isso ele é capaz de manter sua posição. I Ching - O livro das mutações ~ na casa O Um posicionamento, status. O seu trabalho, sua responsabilida- de. Pode se tratar de uma postura de poder sobre os aconteci- mentos terrestres. Assuntos de ordem material estão sendo con- cretizados. ~ na casa 1 Começa-se a definir claramente a realidade dos diferentes proje- tos, trabalhos, etc. Temos bem definidas a iniciativas que temos de ter em função de algo muito concreto. O discernimento e a capacidade de realização entram em cena.
  12. 12. 6 Taró de M arselha ~ na casa 18 A unto de ordem material parecem e tar numa cilada. Ob erve o que e tá e pas ando com você. Não fique tri te. Corte o medo imaginário ou reai .Ob táculo exi tem para erem ultrapa ado. Arcano V ~ na casa 19 Um 'imperador" pou a na ca a dos relacionamentos. União afetiva realizada. Ou me mo o a unto materiai e tão em concordância com o opo tos. Bravo! ~ na casa 20 O pai o homem, o dinamismo ma culino protegendo provendo a família ou o grupo ocial. Qua e empre nova opções surgem: ma não e preocupe, você e tá lúcido. ~ na casa 21 Você parece ter con eguido uma po ição ocial ba tante e tável. Talvez você eja chamado a liderar. O rico na ceram para con - truir e en ejar melhore condições de obrevivência ao demai .
  13. 13. Espelho Meu 71 Os braços recobertos de branco indicam inação e fazem ver que esta carta representa um símbolo mental interagindo no plano físico. A cruz de ouro com três braço representando os três mundos - físico, emocional e mental - simboliza que só com estes três -v- planos em equilíbrio poderá haver o domínio sobre o tempo e espaço. O detalhe da mão direita, coberta por uma luva amarela com o sím- o PAPA bolo da cruz, mostra que só com inteligência é possível equilibrar os quatro elementos. Os dois pilares azuis atrás da figura do Papa representam: a ascensão da ação, pelo pilar direito; o sentimento, pelo pilar esquer- A FORÇA ESPIRITUAL TRANSMISSORA do. Quando estes dois pólos se equilibram através da espiritualidade, DOS PRINCÍPIOS colocam-se sobre uma base sólida que os toma inabaláveis. Os dois personagens aos seus pés simbolizam o dualismo das forças existentes no ser humano e que podem voltar-se tanto para o Aspectos numéricos: O número 5 = 4 + 1 indica a unidade de bem como para o mal. O personagem à direita do Papa tem uma ação superior ou de consciência colocando-se diante da matéria repre- tonsura amarela, significando a inteligência, e uma coroa de cabelos, sentada pelo 4; essa unidade tem o poder de agir e sutilizar a matéria. cor de pele, designando o plano físico; através da sua mão direita, O número 5 pode também se definir como 2 + 1 + 2, ou seja, o voltada para baixo, ele representa a descida na realização de onde princípio unitário sendo mediador entre os dois aspectos do mundo extrai a força do bem pela espiritual idade, que ele dirige através da material: um que tende ao repouso e outro que tende a agir. Este força divina, quando ela se reveste com a inteligência superior (o arcano, representando o Papa com dois personagens abaixo, destaca manto amarelo do personagem) e com os influxos espirituais (o cha- especialmente-o segundo sentido dado ao número 5, o de mediador. péu azul). O capuz vermelho mostra que ele pode cobrir-se com o mesmo para proteger-se no plano passional. O personagem à es- Particularidades: Na seqüência do Imperador, a força espiri- querda do Papa, com cabelos e tonsura cor da pele, representa o tual surge como dominante, pois o Papa representa a imensidão espi- trabalho do plano passional em sua elevação rumo ao plano espiritual, ritual que domina os mundos, sem a qual não pode existir nenhuma o mesmo indicando sua mão esquerda dirigida para o alto. evolução. Sem a carta 5, as anteriores - a Imperatriz e o Imperador A posição do Papa - de frente e sentado - parece traduzir as - seriam negativas e estéreis. bênçãos e também os ensinamentos tradicionais. O Papa usa uma tiara idêntica à da Papisa, pois é sua contra- Interpretações atuais: Quando relacionado à saúde pode re- parte masculina. Na Papisa temos a sabedoria e no Papa temos a presentar um médico alternativo ; também pode representar um expressão prática da mesma. Seu manto vermelho, mais comprido alopata, porém é mais raro, a não ser que seja um médico muito que o do Imperador, mostra que sua força de ação é mais poderosa, experimentado e até espiritualizado. Quando em final de jogo, sem- que lhe permite a expressão no plano físico; seu debrum dourado pre diz que a situação termina bem ou é perfeitamente conciliáve1. indica, ao delimitar o tangível, que este é rodeado pela inteligência. É Pode estar representando uma alta personalidade, um juiz bondoso. o símbolo da presença divina na matéria concreta. Sob o manto ver- Também representa proteção espiritual ; enfim, é o arcano do provi- melho está a veste azul, mostrando um potencial de atividades psí- dencial. Representa também as pessoas do bem, de religio idade. É quica . O medalhão no colarinho tem no centro um cristal branco, muito freqüente também representar um ca amento quando já pas- mar a da pureza de intenções . sou dos passos iniciai s do estado de paixão.
  14. 14. 72 Taró de Marselha Quando Sua Santidade o Papa João Paulo II, visitou recente- mente nosso país, observando-o tive a nítida sen ação de estar vendo a imagem arquetípica ao vivo expre ando toda bondade, generosi- dade e amor, a todos abençoando e convidando à paz. Verdadeira- mente é uma autoridade espiritual o pai ideal de ejado por todos. Tenho observado que este arcano tem sido interpretado como dogmático e rígido. Discordo, pois em minha pesquisa isto não se CASA DA RELIGIOSIDADE apresentou. Acho que sem princípios, correção e bondade, nenhum propósito tem efeito durável. -5- o HIEROFANTE tiA madeira serve de combustível à cha- ma, ao espírito. Tudo o que é visível deve se expandir para o além de si mes- mo até penetrar no âmbito do invisível. Desse modo alcança sua verdadeira consagração e clareza, enraizando-se firmemente na ordem cósmica. Aqui o homem descobre sua luz interior e pode enfim compreender o mundo." I Ching - Hexagrama. 50 S. na casa O Aí temos uma união providencial. A principal virtude é a genero ida- de e religio idade no sentido de conduzir sua vida. Suavidade e tran- qüilidade nos levam a sentir uma espécie de providencial ajuda para a resolução dos assuntos atuais. S. na casa 1 Buscamos ajuda espiritual a fim de podermo conciliar diferente situações. S. na casa 2 Que tionamo a religio idade. É mi ter resolver as opo içõe ; ora- mo para que o providencial no ajude. Será qu e estamo preocupa- do om um relacion am nto ? Queremos no ' r ncili ar.
  15. 15. 76 Taro de Marselha ~ na casa 19 Você parece e tar bem acompanhado. Sua ca a do relacionamento está com toda a po ibilidades de união com muito amor. Evite Arcano VI ten õe de nece ária. ~ na casa 20 Proteção na família. Clima familiar abençoado. Tudo marcha bem. 5 na casa 21 Em paz com o mundo. Será que você pretende er um avatar? É um profi ional humani ta reconhecido? Voc " in pira confiança no coletivo.
  16. 16. Espelho Meu 79 flecha um princípio dinâmico . Ambos são brancos, pois a energia do amor é profundamente interior e mais virtual do que real. A mulher postada à sua direita representa o aspecto profano do amor em busca do conforto material; suas mãos, uma no ombro do rapaz e outra quase na borda de sua túnica, significam que ele sofre -VI- a polaridade sexual e de certa forma algum domínio, porém transitó- rio, pois a coroa que a figura da mulher tem sobre a cabeça parece o ENAMORADO ser móvel e indica que seu poder é efêmero. Suas longas e fartas mangas azuis falam da espiritualidade, porém os cabelos sendo azuis acentuam, de certa forma, a superficialidade. O efeito sentimental provocado pelo fascínio das tentações materiais não é duradouro, o SENTIMENTO DO AMOR FÍSICO pois não passa de uma miragem no plano físico. GERANDO O ESPIRITUAL Já afigura feminina mais jovem, à sua esquerda, representa o amor virtuoso, sexual no seu estado mais nobre. A mão esquerda no Aspectos numéricos: O número 6 pode ser' escrito [I + 2] + peito do rapaz mostra que este amor brota do coração; a mão direita [1 + 2] para adaptá-lo à disposição da figura da carta., O número 2, mostrando o solo significa que ele faz a matéria evoluir. Seu manto p~r ~ua natureza, representa a passividade fecunda e o princípio fe- azul reafirma o papel da espiritualidade e sua roupa azul debruada de mmmo. As duas mulheres constituem o 2 + 2, enquanto o persona- vermelho mostra a adaptação do sexo à espiritualidade. Seus braços !Sem central e o arqueiro constituem duas unidades, uma no plano brancos exaltam a harmonia interior que ele gera nos sentimentos. mferi~r e outra no plano superior, representando uma dupla corrente. O rapaz personifica o que há de evolutivo em todo o Cosmos, O conjunto dos elementos da carta determina uma fusão entre o es- isto é, tudo o que está submetido à lei de atração do amor (Eros). A pírito e a matéria, pois as duas figuras femininas se unem ao persona- túnica debruada de vermelho, o lado instintivo do amor; as listras gem c.omo uma emanação dos seus desejos materiais, ao passo que o azuis, amarelas e vermelhas ressaltam as variadas vibrações do amor. arqueIro representa a centelha. O amarelo dos seus braços e a mão mostram a tendência ativa "Quando o amor floresce e a alma se exalta, o espírito projeta provocada pela inteligência. uma centelha para o Alto, que age imediatamente num plano supe- Sua mão direita está sobre o cinto amarelo significando que é rior." Este é o simbolismo do arqueiro. através de uma ação voluntária que ele distingue nitidamente o amor espiritual do impulso instintivo. Os cabelos amarelos mostram que a Particularidades: A interpretação simbólica dos detalhes da inteligência deve dominar e guiá-lo no plano físico. cAarta põe em destaque os raios emanados por trás do arqueiro que O chão amarelo simboliza o desejo despojado do sentimento e te m cor vermelha, amarela e azul alternadas, pois o brilho do "Eros" reconduzido ao plano mental onde a inteligência se expressa; é ondu- age sobre todos os planos. O personagem é cor de pele para mostrar lado, indicando com isso a oscilação do instinto com relação ao amor. sua ação sobre os fluidos vitais. Sua echarpe um elo e um disfarce: o O rapaz, de frente , com o chapéu meio para a esquerda, decide elo mostra nossa disposição de unir o amor à terra, bem como a sua escolha após refletir sobre todos os aspectos à sua volta. dIsposição de mascará-lo através de uma sensação terrestre, quando ele é sempre de essência divina, não podendo enraizar-se na matéria. Interpretações atuais: Pede-se cautela ao interpretar esta Suas asas azu is mostram que a primeira idé ia do a mor é um arroubo carta, pois ela pode ter muitos significados: o primeiro, mais imed iato, místico; seus cabelos amarelos, que a compreensão do amor eleva pode repre se nta r uma simple s atitude soc ial - es ta r se nd o o homem. O arco e a flecha , a rapidez e o ritmo, sendo portanto a sugestionado ou impress ionado por duas pessoas ao mesmo te mpo .
  17. 17. 80 Ta~'ô de Marselha Via de regra, ela tem sido interpretada como uma escolha, opção e decisão; exemplo, estar entre duas propostas de emprego, entre dois amores, entre duas moradias, entre dois países, etc. Não vejo esse arcano isoladamente como indecisão, a não ser que ele esteja acompanhado da carta 18 ; aí, sim, pode configurar um I conflito na decisão . CASA DO LIVRE-ARBITRIO Se uma pessoa está entre dois caminhos, é possível que perma- neça com o que está, abandonando a outra possibilidade. Isto tam- bém é uma opção. Há casos em que esta carta aparece com a proximidade dos -6- arcanos 15 e 18, e tem sido interpretada como uma grande dificulda- o ENAMORADO de de resolver sobre a escolha, até porque o 15 tem o significado de tentar manter as duas situações, o que é difícil, com risco de frag- Toda opção é uma forma de morte e... mentar a personalidade, face à constante ambivalência. Outro signi- renascimento. ficado é de estar sendo envolvido por um namoro ainda não definido Pensamento da autora ou até mesmo estar bem no trabalho e, de repente, receber uma nova proposta. Tenho o exemplo de uma cliente que chegou até mim, di- 6 na casa O zendo ter vindo porque estava "entre a cruz e a caldeirinhar". Estava Caminhos novos que o interrogam. A hora de alguma decisão impor- muito bem situada, tanto no trabalho como no amor, e recebeu uma tante. Seja de amor ou outro assunto . Não importa. Serve para pen- proposta vantajosa para ir ao exterior, o que significava a perda de sar nos dois para usar de sua liberdade interior e saber de você se ambas as situações. O que fazer? quer ficar no mesmo ou escolher um rumo novo . Ficar também é uma opção. 6 na casa 1 Amente percebe que tem de decidir, questiona a melhor maneira de agir. Enfrente o novo caminho. 6 na casa 2 Será que devo decidir? O que eu quero? Vale a pena? O que perde- rei ? O que me dará mai s prazer? O que mudará? 6 na casa 3 Os insights, o querer assumir. O sentimento de neutralidade. A vés- pera da decisão. A criatividade se expande. 6 na casa 4 Ã concreti zação da opção, a realidade, o sentiment o de poder atra- ve sar os grandes rios sem medo.
  18. 18. Areano Vil -Vll- o CARRO A DETERMINAÇÃO Aspectos numéricos: O número 7, sendo ímpar, representa uma atividade e, por seu total, os sete estágios em todas as coisas de um modo geral. Lembrar que temos sete cores, sete notas musicais, sete dias da semana, os sete raios divinos, entre outros. Na carta ele é representado por 3 + 3 + 1: o primeiro terno, de ordem material, representando a carruagem e os doi s cavalos, isto é, por um corpo sólido e dois pólos dinâmicos; o segundo terno, de ordem espiritual, sendo definido pelo rapaz e as duas luas como ombreiras, indica sua aparência e sua realidade. A carruagem representa o veículo físico do homem, a expressão do poder material e, mais particularmente, a ação que o ser humano exerce sobre a Terra e que é simbolizada pelo personagem desta carta. Particularidades: O cetro com pequenas esferas, símbolo do cósmico, expressa o poder humano sobre as coisas da Terra. A coroa, embora seja de ouro, em comparação com o cetro, repre- senta apenas o mental com certa in stabilidade ; seu desenho faz lembrar os quatro elementos. A couraça azul simboliza a espiri- tualidade da qual nos devemos revestir solidamente como proteção ; o branco na parte superior e o amare lo embaixo, já que a espiritua- lidade deve ser guiada pela inteligência, que no caso é de natureza divina, já que faz parte da couraça ; esta é formada de três partes superpostas, para mostrar que, conforme sua evolução, ele pode escolher um a parte da couraça e abandon a r a outra ou fica r co m as três, as sim garantindo a proteção espiritual. A manga direita, ver- melha, significa qu e e le extrai a força ati va da matéri a ; a man.ga
  19. 19. 86 Taró de Marselha esquerda, amarela, confere-lhe a constante inteligência. As más- caras em seus ombros lembram as suas várias faces e que essas expressões são criações fugazes. Elas são vermelhas porque foi a paixão do homem que as criou; rodeadas de amarelo, porque de- monstra o vigor da própria inteligência que permite dar à máscara uma vida momentânea. Essas dualidades respondem pela face in- terna e externa do homem: a esquerda, o lado psíquico e a direita, o CASA DAS METAS lado da ação. Outra interpretação é a de saber das fases da lua, demonstrando o propício para avançar ou não. Os cabelos amare- los indicam claramente o papel superior da sua inteligência. -7- A carruagem dá idéia de uma atividade incessante que arrasta o CARRO ou é arrastado, já que suas paixões têm uma estabilidade muito rela- tiva. Os pilares vermelhos na frente e azuis atrás mostram o equilí- "Quando se escolheu um caminho, além brio entre o espírito e a matéria. As rodas da carruagem, cor de pele, da responsabilidade pela própria deci- lembrando a Roda da Fortuna, simbolizam os ciclos da vida. Os doze são, é mister entender que o poder da pregos visíveis sobre uma delas representam doze etapas do seu desenvolvimento. vontade aciona a força de sua perso- O cavalo vermelho representa sua atividade anímica polariza- nalidade, para que possa levar avante da na matéria, enquanto o azul, a polaridade da vida espiritual. O seus objetivos mesmo que a vida lhe chão amarelo indica que o homem avança apoiando-se na compre- apresente alguns contratempos. " ensão dos aspectos divinos; os tufos de erva verde são a imagem da Pensamento da autora esperança que esta faz nascer com a continuidade de seu avanço. 1 na casa O Interpretações atuais: Quase sempre representa um avanço Orientação, determinação, caminhos pela frente . Crescimento. Li- com determinação na certeza das metas a cumprir. Ele pode ir ou berdade no ir ou vir. chegar. Caso se questione a continuidade, como por exemplo seguir 1 na casa 1 com outro, a resposta é positiva. Via de regra pode-se interpretar Começamos uma nova etapa. Fase de preparação. Nossa intenção como um caminho a seguir em que não há retrocesso. Outra vez é avançar determinadamente em busca de realizações. significa crescimento, seja material ou de amadurecimento interior. O fato é que esse arcano, representando o equilíbrio harmônico dos três 1 na casa 2 planos - físico , emocional e intelectual - , pode demonstrar o as- Preocupamo-nos se devemos avançar ou não. Cautela e circuns- pecto saudável do homem. pecção . Poucas vezes, em termos profissionais, ele tem representado 1 na casa 3 militares ; pode também representar simplesmente uma pessoa sain- Fase de planejamento em alguns projetos. Pretendemos ir a algum do ou chegando, seja em seu carro ou outro meio de transporte. Con- lugar? Será que alguém está voltando, chegando? sidere-se que o Tarô vem de uma era remota onde não havia meios de locomoção como os existentes agora. 1 na casa 4 Estamos em franco progresso, seja em nosso trabalho, na vida mate- rial ou pessoal.
  20. 20. ArcanoVIll -VIII- A JUSTIÇA A CAPACIDADE DE AVALIAÇÃO Características numéricas: O número 8 pode ser decompos- to em (2 + 2) + (2 + 2) ou 2 x 4. O primeiro grupo implica uma polarização do número 4, ou seja, o quaternário visto como ativo- passivo e na sua oposição como espírito e matéria. Por outro lado, sendo o número 4 essencialmente representativo da matéria, pode-se dizer, através do 2 x 4, que o oito é um equilíbrio material desenvol- vendo-se entre a passividade da matéria e sua atividade. Tem este arcano como representação a inteligência cósmica penetrando no plano das realizações no sentido de coordená-las ou, por outra, a noção do equilíbrio do débito e crédito do homem no curso de sua evolução. Particularidades: A carta é representada por uma mulher cujos pés estão invisíveis, sentada numa cadeira amarela, imponente e só- lida, pois a justiça cósmica, emanada do divino, é imutável, impassível e baseada na inteligência. A espada de dois gumes, em sua mão direita, cuja guarda repousa em seu joelho, indica inexorabilidade, vi- gor ou retidão; é a arma prestes a golpear, apoiando-se na própria base da justiça; a cor amarela indica claramente que ela representa a sanção aplicada com imparcialidade e sem espírito de vingança. A A JUSTIÇA balança denota sua capacidade de julgar na matéria; é amarela como o braço que a sustém, e a pesagem é feita inteligentemente. Sua cabeça está totalmente envolta por um penteado amarelo ; esta pro- teção evita-lhe a confusão dos pensamento nas questões que deve julgar, determinando que a Justiça é totalmente fechada, isto é, está fora de qualquer expectativa, e qu e sua inte ligência decide apenas
  21. 21. 92 Tarô de Marselha sobre o destino do homem no que ele se comporte de maneira positi- va ou negati va. O colar e o cordão de ouro em espiral sobre o seu peito mostram a parte de humanidade que ela inclui em seu julgamento, porém se pautando à lei de causa e efeito. A veste vermelha e o I manto azul representam as atividades passionais do plano físico e emocional de que ela se reveste para produzir suas deduções . CASA DO EQUILIBRIO Os tufos de erva amarela indicam a fecundidade passiva, e o solo amarelo, o ponto na lucidez. Ela está rigorosamente de frenlte e é o único arcano que se figura assim. Ela envolve ação direta na sua plenitude, mas através do trabalho interior, para que haja a clareza do -8- seu julgamento. A JUSTIÇA Interpretações atuais: Ela, de um modo geral, representa a "Não podemos ser sinceros conosco se Lei. Problemas de caráter legal quase sempre estão aí representa- não estendermos essa sinceridade ao dos: o fisco, a documentação, etc. No aspecto afetivo um esfriamento do amor, pois há cobranças no sentido daquilo que é justo ou injusto. nosso trato com outras pessoas. Neste Divórcios ou uniões por interesse. Processos, julgamentos, revides. sentido, a carta número 8 é portadora Quase sempre representa um profissional no campo jurídico. É dos significados óbvios da Justiça: sin- necessário sempre ver a carta que está em sua volta. Algumas vezes ceridade, jogo limpo, ações corretas e, representou pessoas de profissão obscura, considerando tudo aquilo certamente quando se trata de assuntos que seja pesado numa balança para o fim de lucro. de tipo jurídico, uma decisão justa, que Esse arcano também se apresenta como um possível final de pode não ser necessariamente a que tal- ciclo de "circunstâncias", como aposentadorias, promoções a que se vez se prefira. " faz jus, etc. Um estado de organização de coisas necessário para o Rachei Pollack ciclo vindouro. -ª na casa O Um momento de reequilibrar situações. -ª na casa 1 A necessidade de organizar a vida, botar os pingos nos is. -ª na casa 2 Preocupações com assuntos de caráter legal ou não. Saber dividir com correção. Comparação. -ª na casa 3 Racionalidade, separar o joio do trigo . Você é profissional da área jurídica?
  22. 22. Areano IX -IX- o EREMITA A MATURIDADE Aspectos numéricos: O número 9 = 3 x 3, ou seja, três ter- nos secundários incluídos num temo geral. Esses temos correspon- dem aos três planos cósmicos: físico, anímico e mental. Também pe- los termos: vida, amor e luz. Sem a vida o amor não se manifesta e sem luz ele não se ilumina. Da mesma forma, o anímico apresenta um caráter físico e mental: sem o físico o anímico não poderia se concretizar; sem o mental ficaria incoerente e desprovido de qual- quer freio ... O conjunto desses temos, ou seja, o número 9, envolve a coor- denação perfeita de todos estes elementos. Este arcano representa a Sabedoria refletindo-se na matéria. Ela é amor e luz e ao entrar na matéria transmite vida. Particularidades: A figura está de pé, de perfil, com a cabeça quase de frente . Orienta-se para a ação, mas com reflexão . Sua marcha tende para a calma e para a meditação. A lanterna que o Eremita segura na mão direita, amarela e vermelha alternadamente, indica uma luz no caminho que o impossibilita de tropeçar; o fogo da lanterna, amarelo, mostra que sua busca é guiada pela inteligência. A luz própria só pode ser encontrada no recolhimento em "si mesmo" e o manto que a envolve é o símbolo disso ; ele é azul com a face interna amarela, pois a espiritual idade deve ser interiormente inteli- gente, já que precisa dela para evoluir. A roupa ve rmelha sob o manto azul indica o a pecto material onde deve entender a realidade. O capuz vermelho significa a realidade material es tando sempre em contato com a inteligência, daí a borda amarela e m sua ponta, que-
  23. 23. 98 Taró de Marselha rendo dizer que a inteligência sempre deve predominar, seja qual for o problema. O bastão, cor de pele, tocando no solo, simboliza a ex- periência de vida na qual se apóia; significa também a segurança no seu andar pelo plano físico. Os cabelos e a barba do Ermitão são cor da pele para evidenciar sua evolução através do jogo receptivo e ativo das energias. O chão amarelo, riscado por linhas paralelas, I mostra que ele deve orientar-se sempre para um mesmo objetivo, CASA DO VELHO SABIa que é a busca do autoconhecimento. Interpretações atuais : Na maioria das vezes este arcano é interpretado como um momento de cautela e prudência. Há de se -9- caminhar com critérios definidos. Outra interpretação freqüente é a o EREMITA solidão. Outras vezes podemos interpretar como a maturidade. De qualquer forma há uma luz no caminho da pessoa. Apesar de uma "Quem olha para fora, sonha; quem certa lentidão, os assuntos estão em andamento, devagar e sempre. olha para dentro, acorda. " Preocupações em função de não errar. No campo profissional tem Jung representado pesquisadores, historiadores, arqueólogos e pessoas mais velhas. Também dá idéia da procura de alguma coisa. Nunca deve- "Nunca estão sós os que estão acom- mos esquecer que o nosso ermitão caminha sem medo no escuro, panhados de nobres pensamentos. " pois tem luz própria e também sabe onde pisa. La Rochefoucauld Enfim, este arcano representa nossa busca e entendimento da realidade material em que calma e paciência se fazem necessárias 2. na casa O para darmos com segurança os passos para o futuro . Você se depara com aspectos de sua personalidade. Período a con- A imagem do Ermitão representa o autoconhecimento, embora siderar sua maturidade. Integridade e interação são palavras importan- todas as outras cartas representem as facetas de chegar a ele. tes à medida que a maturidade leva a perceber sua luz própria que clareia seus passos permitindo um andar prudente, cauteloso e so- bretudo seguro. 2. na casa 1 Véspera de algum acontecimento. Sua mente busca um lugar segu- ro. As atitudes parecem morosas, mas não confunda o devagar com o cauteloso. 2. na casa 2 O sentimento de solidão passeia por seus pensamentos. Desejo de ficar só. É nesta casa que você tem oportunidade de ficar inteiro com você mesmo. É o momento de rever seus passos para próximas atitudes.
  24. 24. Areano X -x- x A RODA DA FORTUNA AS MUDANÇAS CíCLICAS Aspectos numéricos: O número lO, em seu contexto, é for- mado pela unidade seguida do zero, simbolizando um novo ponto de partida e uma realização; conseqüentemente, uma evolução. É um novo ciclo em conseqüência de um ciclo anterior. Particularidades: Este arcano representa três fases indicadas pelas três figuras sob a forma an imal, para demonstrar que elas se aplicam a todos os seres da criação. Na primeira fase, um macaco descendo representa um processo descendente, fase instintiva, não guiada pela inteligência mas sim por um ardil ou por uma hábil adap- tação instintiva à vida física, corresponde à involução, cujo envoltório é simbolizado pela cor de pele; o animal levanta a cabeça porque não está descendo por vontade própria. Sua roupa vermelha e azul indi- ca que esta adaptação instintiva realiza-se através do espírito e maté- ria; a roupa está para cima demonstrando que esses dois aspectos podem e devem evoluir. Na segunda fase o cão mostra o primeiro degrau da evolução, a cor amarela, o vislumbre da inteligência; a cabeça voltada para o alto indica o gérmen dos sentimentos humanos; a roupa azul, com asas vermelhas, significa que sua inteligência começa a perceber os rudimentos da espiri tu alidade ; suas garras demon stram sua atração pela matéria e sua coleira que ainda é seu escravo, embora comece a libertar-se, por isto se apresenta sobre as orelhas. A cor verde representa a adaptação científica que começa a se manife tar na segunda fase da evolução.
  25. 25. 104 Tarô de Marselha Espelho Meu 105 Na terceira fase, o terceiro personagem em forma de esfinge de um jogo, pois ela sempre muda o que está acontecendo ou o indica-nos o destino ignorado do homem no decorrer de sua evolu- acontecido. Sendo um arcano de mutabilidade é sempre bom ob- ção, a aspiração pelo desconhecido que ele tem de decifrar. A esfin- servar a próxima casa (direita) como o passo conseqüente. Consi- ge é a manifestação do papel divino na evolução ; sua coroa de ouro, derar a frase "tudo vai e tudo volta", pois tudo é cíclico . a sua realeza; a espada, ajustiça incontestável ; a lâmina sendo bran- ca acentua sua neutralidade. As asas, sendo expressão da divindade, No caso de pessoas separadas, se esta carta sai é possível que pelo fato de se apresentarem vermelhas entende-se que a divindade haja um retomo, porém sempre ponderar que este retomo deverá também está presente na matéria. O corpo azul é a representação trazer mudanças na relação, considerando o que provocou a separa- da espiritualidade pura e essencial. ção no passado. O plano amarelo caracteriza a inteligência divina. Os dois su- Às vezes essas mudanças podem ser esperadas ou inespera- portes amarelos que sustentam a roda são os doi s pólos - passivo e das, o importante é estar consciente de que a Roda traz surpres~s ativo - da inteligência, entre os quais deve acontecer o processo boas ou não, dependendo da vivência do ciclo anterior de acontecI- evolutivo. A roda representa o movimento cósmico; seu aro é cor de mentos. pele, estriado de preto, pois se trata da função do Cosmos no plano físico; o cubo da roda é vermelho, indicando que os dois pólos devem agir primeiro no plano material, para orientar-se através dos raios azuis até o meio, no plano espiritual, e daí através da metade branca, no plano mental ; este é representado pela cor branca e não amarela, porque é extraído da inteligência própria da vida física; a separação em forma de anel azul sobre os raios representa a barreira, muitas vezes intransponível, que separa o espiritual deste mental superior. Os raios da roda, sendo da mesma essência, representam um elo entre a vida interior e a vida exterior; são seis planos evolutivos, que vão das vibrações mais pesadas às mais sutis : físico , anímico, mental, causal , espiritual e divino. A manivela indica que depende do homem retardar ou adiantar sua evolução, pois ele tem o livre-arbítrio. O chão, cor de pele, é estriado e representa o ponto de apoio dos pólos num mundo que resiste ao sutil, quer dizer, na vida física. As barras cor de pele, entre as vigas da base, são as correntes da vida no plano físico, que se liga ao plano mental de forma inseparável , representando e involução e a evolução. A denominação Roda da Fortuna foi-lhe dada porque o dina- mismo da roda envolve um ciclo cuja volta à origem traz consigo a experiência adquirida durante o percurso, experiência esta que se traduzirá através das circunstâncias favorávei s ou desfavoráveis. Interpretações atuais: Mudanças de um modo geral, novos acontecimentos. No plano emocional: instabilidade. No plano mate- rial : giro de capitais. É interessante obse rvar qu ando ela sai no fim
  26. 26. la Tarô de Marselha 10 na casa 13 Separaçõe e re p ctiva mudança d vida. E teja atento com mai cautela. Acontecimento ine perado . Arcano XI 10 na casa 14 O acontecimento podem acelerar o eu tempo. O que era muito esperado acontecerá. 10 na casa 15 Acontecimento interferindo nas paixõe rapidamente. Procure fi- car calma. Alguma ituação e de amarra. Fique lúcida e não e deixe magoar. 10 na casa 16 Modificam- e a ituaçõe. O que não era ólido cai por terra. Com- pra ou venda imobiliária. 10 na casa 17 Mudança no futuro. Agora você pode ir preparando eu dia com tranqüilidade e leveza. Não e precipite. 10 na casa 18 A in tabilidad emocional os conflitos a tri teza e tão pa ando. Você verá que toda melancolia e tran forma em alegria. 10 na casa 19 O ca aI e tá voltando depoi duma br ve rixa? Uma 'ociedade movimenta capitai ? 10 na casa 20 O bom filho à a a torna diz o ditado. Acontecimento familiare. . 10 na casa 21 Mudança de ca a ou até me mo de paí . Entusia mo e iniciativa para o novo acontecimento. E ta carta imbolizando um movim nto on tante d v er vi ta com cuidado d vido ao fato de t r doi a pecto frio que são o ganho a p rda; porém p n e: na roda dinâmica da vida, ganha- e para perder e perde- e para RClI1har.
  27. 27. Espelho M eu 111 tanto no campo da vida física como também fora dela; é por is o que seu pé está nu e aparece sob sua saia, indicando cla~am.ente que andando-se para a frente podem acontecer avanço vltono o em qualquer um dos planos. O leão amarelo representa as forças inteligente da natureza, -XI- contra as quais se deve lutar, sob pena de ser ~evorado por ~las; a A FORÇA figura abre-lhe as mandíbulas, mostrando com IS~O que preCIsa ver no seu interior a fim de extrair as forças que reSIdem dentro delas para conhecê-las e domá-las. O l~ã.o é també~ a representação da força inteligente e imutável do dIVInO que eXIste no Cosmos e no A SEGURANÇA INTERIOR homem, sem conseguir separar-se, pois está aconchegado contra a Força, sem atitude agressiva, meio oculto, como se fizesse parte dela. Aspectos numéricos: O número 11 é igual a 10+ I, ou seja, o O corpo da figura feminina, não estando totalme~t~ ~oltado para princípio de partida (1) vindo logo após a um ciclo (10). Este princípio, a esquerda, significa que ela sai da reflexão para dIrIgIr-se a uma trazendo a experiência do ciclo anterior, representa uma força nova ação efeti va. que surge dessa energia acumulada. O arcano indica, conseqüente- mente, a luta e a vontade de vencer, condição que só pode ser reali- Interpretações atuais: Na maioria das veze , es. a .carta re- zada se homem domina esta força em vez de deixar-se dominar por presenta um comportamento de firmeza, controlado e ?bJ~tlvo: Uma ela. Esta vontade do espírito ou sutileza é simbolizada por uma mu- pessoa que sabe se conter, por ~ais ~esejosa qu~ esteja. E delIcada, lher, para deixar claro que a força deve ser exercida sem violência, firme e representa uma pessoa IntelIgente e n~fInada, port~nto ele- mas com firmeza entremeada de suavidade. gante. Ela também pode exercer certa contença? nas e~?çoes e n?s impulsos; é como se esperas e um momento maIS prop~clO para ~gIr, Particularidades: Seu chapéu sendo azul, amarelo e branco pois demonstra que a força é saber se c~ntro~ar. Capacidade de hde- vem representar os três estados de consciência: a espiritualidade, a rança e firmeza, porque tem segurança Intenor. inteligência e o mental superior; a parte em corda trançada indica a Quando aparece como resposta final, temos de saber nos ~~n­ ligação entre a espiritualidade e o mental; a forma em lemniscata, ter e não agir, acumulando energias para usá-las quando f~r proplc~o. símbolo algébrico do infinito, do que não tem princípio nem fim, signi- Também tem representado profissionais das artes marCiaIS, enfIm fica que ele abrange o Universo inteiro e assegura sua força através pessoas que sabem direcionar sua energias. do equilíbrio, a vontade de ser em todos os planos. Apesar de tudo "eu seguro bem a barra" é uma frase co~um do cliente quando aparece essa carta representando a pe oa diante A linha preta que aparece no pescoço é uma demarcação en- das situações que procura controlar contra os exce sos. tre o plano físico superior inteligente e o plano físico que continua subordinado à inteligência. O vestido azul e o corpete amarelo com cordões apertados mostram que o espiritual é um e tado em si, cercado pela inteligên- cia. O manto, com pano vermelho não aderente ao corpo, indica ação no campo material. O braços, imbolizando o u o da força, e tão coberto por manga amarela plissada , com punho cor de pele, indicando que o atos guiados pela inteligência humana operam
  28. 28. 114 Taró de M..arselha 11 na casa 14 Enquanto espera, coma, beba e se divirta como se nada e tive e para acontecer. A natureza sinaJizará a hora de agir. Arcano XII 11 na casa 15 É difícil controlar as paixões. Tente se reservar de possívei con- frontos. Fique com as certeza . 11 na casa 16 Por mais isenção das coisas que possa ter, a situação não é das melhores. Convém ser supercontrolado e realista. A situaçõe vão se equilibrar; por enquanto, que tione por que determinadas coisas acontecem. 11 na casa 17 Contenha- e com relação ao futuro . Viva o momento pre ente e tenha fé no que quer reaJizar mai adiante. 11 na casa 18 Não di imule seus conflitos e tri teza . Confie e, em breve, uma porta se abrirá. 11 na casa 19 Suas relações estão bem desde que o parceiros tenham liberdade de ação. Fique na sua! 11 na casa 20 Será que você tem realmente de controlar ua família? Ou erá que você não está dizendo a coi a ? 11 na casa 21 Você é um líder ou um político? Ou um artista? De todo modo aiba se comunicar com egurança com a pe oa de um modo geral.
  29. 29. Espelho Meu 117 fício · os três botões da aba amarela representam o três estados divin'os: os da parte azul, as fases de evolução que conduzem à abne- gação. Os botões são brancos para indicar que isto se decide através de um raciocínio de síntese espiritual. Este sacrifício deve valer a pena, por isto é que as mãos e~tão -XIr- escondidas e os bolsos são inúteis, pois estão de cabeça para baiXO, mostrando que todo bem material conseguido no plano físico não tem o PENDURADO permanência. O cinto branco mostra com exatidão a s~paração entre o anímico e o mental (abas amarelas) e o papel determmante desem- penhado por este último que, através da inversão do pendurado, acha- se acima do espiritual (blusa azul). o SACRIFÍCIO CONSCIENTE Os braços cor de pele, com mangas. verr:zelha~, !embram os elos que prendem o homem às forças passlo~~IS e .vltals, mas seus Aspectos numéricos: Enquanto o número 10 representa um cabelos azuis demonstram a presença da esplntuahdade. ciclo de natureza periódica, como o ciclo dos dias, dos meses, dos O verde do chão, de onde se erguem as árvores, indica, por anos, o número 12 representa um ciclo completo, que não se pode um lado, que o sacrifício é uma semente rica que traz s~us frutos; p~r mudar a não ser através de uma mudança do princípio que o determi- outro, que são igualmente os conhecimentos intelectuaiS que encamI- nou. O número 12, portanto, envolve uma renúncia para que o reco- nham o homem para sua evolução. As duas árvores que sustentam meço não seja impedido pelo trabalho do ciclo anterior e possa orien- o Pendurado representam a Árvore da Vida, formando ~om o ramo tar-se para um novo caminho. Assim o arcano encerra o primeiro verde transversal um pórtico que, de certa forma, obn~a-o a u~a ciclo do Tarô, o ciclo dos doze. Os Arcanos Maiores, na metade, são contínua retomada de seus esforços. A dualidade mascuhna e femI- formados por dois .ciclos: 12 + 10. É a passividade consentida (2) nina está presente nos troncos de cor amarela e repres.enta. o: c?- diante de uma organização por si só ativa (lO). nhecimentos intelectuais que se elevam sempre para a mtehgencla divina; os seis galhos podados com cortes vermelhos marcam as Este arcano então representa uma parada ou uma suspensão seis etapas que os dois pólos da humanidade devem percorrer para no processo evolutivo do homem. A representação desta suspensão evoluir na matéria. O homem está pendurado no galho verde por através do homem de cabeça para baixo indica que o que está em levar em consideração as produções científicas; a corda branca, cima é igual ao que está embaixo, e que todos os atos do homem no neutra, indica que o homem pode amarrar-se por vontade pró~~a; ele plano material refletem-se no plano espiritual e isto é recíproco, a fim o faz, de um lado, por um pé, ou seja, por si mesmo (~lano esplr~t:t~l), de possibilitar a união destes dois aspectos cósmicos. e por outro lado pelas mãos (plano físico), por espínto de sacnfl~lo, pois não pode se soltar. Entretanto, através da perna dobrada e hvre Particularidades: As sapatilhas azuis indicam o revestimento ele mostra que sempre pode se desamarrar. de sua espiritualidade, embora esteja mergulhado na matéria. As per- Por sua posição o Pendurado simboliza uma atividade l~tente, nas vermelhas erguidas para o alto significam todos os atos materiais como se se preparasse para uma transição, uma tr~nsf~rmaç~o q~e de ordem inferior. Sua roupa azul, com abas amarelas, é indicação estivesse próxima; o arcano então apresenta uma sltuaçao de maçao do mergulho do espírito na matéria, já que a cabeça, ou seja, a parte neces ária. uperior, está para baixo na carta; sua posição demon tra o espírito de sacrifício, como provam a mãos atrá da costa , numa demon tração Interpretações atuais: A partir de 1992 e te arcano pa sou de aceitação do eu destino. Sua roupa abotoada (9 botões) indica a ocorrer com grande freqüência na interpretação como e. tar em claramente que ele e fechou voluntariamente em seu e tado de acri- emprego, estar sem recursos, 'ando pendurado!!! '. Outra mterpre-
  30. 30. 118 Taró de Marselha tação freqüente é o sentimento de culpa por alguma atitude e, obser- vando os aspectos emocionais, muita gente se fazendo de vítima das situações externas. Dependências interpessoais. Algumas vezes pro- blemas de coluna, de postura, quando visto no aspecto da saúde. Certa vez fiquei muito intrigada quando questionava profissões e verifiquei que se adaptava muito bem a trapezistas e até bailarinos; CASA DAS COMPENSAÇÕES também verifiquei que pessoas com paralisia infantil ou problemas na rótula, ou mesmo pessoas acidentadas, pé chato, etc., também tira- vam esse arcano. Todo cuidado é pouco ao interpretá-lo, porque às vezes ele pode -12- representar situações "incomuns", como homossexualidade, talvez o PENDURADO pelo seu caráter de inversão; quando peço cuidado nessa interpreta- ção - embora também freqüente, principalmente para homens - é uQuando as nuvens se elevam nos céus, porque este arcano também pode representar simples pendências, é sinal de chuva. Não há nada a fazer como estar sem vontade para agir. Deve-se considerar também o senão esperar que a chuva caia. O mes-. fato de que algumas situações pendentes são de ordem externa e não mo ocorre na vida quando o destino ar- da própria pessoa. ticula seus movimentos. Não se deve ce- Não esquecer que, conforme as características, também pode der a preocupações nem procurar mol- representar não só a dedicação a uma causa nobre como também o dar o destino com intervenções prema- sacrifício necessário aos grandes ideais. turas. Ao contrário, deve-se, com tran- qüilidade, fortificar o corpo. As pendên- cias são uma preparação do aconteci- mento almejado. " I Ching - O livro da mutações 12 na casa O Não faça nada! Se você tem um grande ideal, apenas confie nele. 12 na casa 1 Apesar de não ser o momento de agir, prepare-se para a próxima etapa. 12 na casa 2 Faça uma autocrítica sobre depender de outros ou de uma ituação. Não pense que o mundo está de cabeça para baixo, porque volta e meia empre e tá. Seja persistente. 12 na casa 3 Se você e tiver com mal-estar, talvez eja p i os omáti . Há uma decisão a tomar mais adiante. Não deixe que a an ·iedad d mine!
  31. 31. Areano 111 -XI11- o ARCANO SEM NOME AETERNA TRANSFORMAÇÃO Aspectos numéricos: O número 13 é igual a 12 + 1. Simboli- za o início de um novo período na evolução geral significativa do Tarô. Esse arcano liga- e ao anterior (12) por levar em consideração a contribuição trazida pelo ciclo antecedente em que houve a poda do que era inútil ou nocivo por não ser mais conveniente à natureza do novo ciclo que se anuncia, e também porque o espírito de sacrifício do Pendurado conduz à luz. É a atividade de transformação interfe- rindo num estado de coisas cristalizado. Então e se arcano vai igni- ficar a transformação ou o movimento de passagem qe um plano de vida para outro plano. Particularidades: O esqueleto, cor de pele, indica a persis- tência da individualidade humana, destacando com isso que se trata apenas de uma "mudança de pele", pois o ser sempre continua a exi tir, mesmo que seja em outra forma de vida. O abandono de todos os seus atributos terrestres é caracterizado pelo despojamento, tanto das roupas como da carne, conservando somente a armação neces- sária para um novo revestimento. O princípio de vida imbolizado por sua cor mostra a transformação sem a qual o homem estagnaria, realizando as im uma verdadeira morte. Ele ceifa num e paço negro, imbolizando tanto a paixõe ombrias como o caminho para um novo crescimento que ainda permanece no escuro. A mãos e os pés não estão cortado, ma repre entam princípio de ação e de pro- gre ão; significam a libertação do homem do problema fí ico deixando-lhe o ge to e o movimento, pai ão o movimento de ua encarnação . O pé e tã~ no e curo para indi ar que, ape ar da .

×