2ª brasil i aula 2 190312

3.841 visualizações

Publicada em

Aula História do Brasil I - UFMT - Capitulo II - Livro Portugal e Brasil na Crise do Antigo Sistema Colonial (1777-1808) – Fernando Novais

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.841
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.839
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
78
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2ª brasil i aula 2 190312

  1. 1. Fichamento do Livro:Portuga e Brasil na Crise do Antigo Sistema Colonial (1777 – 1808).Capitulo: IIA Crise do Antigo Sistema ColonialAluno:Ricardo Julio Jatahy Laub JuniorCurso:Licenciatura em História – História do Brasil IProfessoraDrª. Loiva CanovaBibliografia e Referencias:NOVAES.Fernando Antonio. Portuga e Brasil na Crise do Antigo SistemaColonial (1777 – 1808). 3ª edição. São Paulo: Hucitec, 1985, Capitulo II: ACrise do Antigo Sistema Colonial. pp 57-116.Pag. 70
  2. 2. Metodologia do Autor:Novaes justifica que o nascimento e o funcionamento do sistema colonial é fruto do sistema deacumulo primitivo de capital através do comércio dos produtos agrícolas coloniais e da vendapara as Colônias dos produtos manufaturados da Metrópole. Este sistema entre em crise com osurgimento de novas tecnologias da Revolução Industrial, passando do que Marx chama deCapitalismo Comercial para o Capitalismo Industrial.Linha de argumentação do Auto:Fernando Antônio Novais (Guararema, 1933) historiador brasileiro. Graduou-se em Históriapela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, ondelecionou de 1961 a 1985. Sua tese de doutorado, Portugal e Brasil na crise do Antigo SistemaColonial (1777-1808), apresentada em 1973, por seu caráter inovador na análise do comércio eda administração coloniais em seus aspectos mais intrincados, lançou as bases para uma novacompreensão das relações entre Metrópole e Colônia. Novais é declarado discípulo de CaioPrado Júnior, e como este, segue o modelo de historiografia marxista.Referencias do Fichamento:Site: Desenvolvimento em Questãohttp://desenvolvimentoemquestao.wordpress.com/2011/01/10/portugal-e-brasil-na-crise-do-antigo-sistema-colonial-1777-1808-fernando-novais/Site: Wikipédia, a enciclopédia livrePag.
  3. 3. 19 de março de 2012 História do Brasil I Leitura do Capitulo II do LivroPortugal e Brasil na Crise do Antigo sistema Colonial
  4. 4. 19 de março de 2012 História do Brasil I Natureza e Mecanismos dessa CRISE
  5. 5. Metrópole X Colônias Relações e Período Época Moderna (Renascimento e Sistema Colonial Revolução Francesa) Denominação Antigo Sistema Tradicional Colonial da Era (Beer, Schuyler, Lipson MercantilistaPag. 57/58
  6. 6. Pag. 59
  7. 7. Relações Coloniais: Relações Coloniais: 2º Comércio Entre Si e 1º Legislação Vinculações Ultramarina Político/AdministrativasPag. 70
  8. 8. Pag. 60
  9. 9. http://pvc-almirantenegro.blogspot.com.br/2010/04/historia-questoes-de-mercantilismo-e.htmlPag. 70
  10. 10. Pag. 70
  11. 11. Brasil: a economia do século XIX e a produção do espaço geográfico. Fonte: ADAS, Melhem. Panorama geográfico do Brasil. 4ed. rev. e ampl. São Paulo: Moderna, 2004, p. 45.Pag. 70
  12. 12. Mapa que mostra as delimitações fronteiriças dos tratados, além dos dois Estados da América portuguesa divididos em 1621 (Grão-Pará e Brasil). Com a independência em 1822, o território fragmentou-se em províncias de um Império unitário. Fonte do mapa: TERRA, Lygia; ARAUJO, Regina; GUIMARÃES, Raul Borges. Conexões: estudos de geografia do Brasil. São Paulo: Moderna, 2009, p. 19. Clique no mapa para uma melhor visualização em outra aba/janela.Pag.
  13. 13. O Bulionismo (do inglês bullion: ouro em lingotes) ou bulhonismo ou metalismo éuma teoria econômica da Idade Moderna (1453-1789) que quantifica a riqueza através da quantidadede metais preciosos possuídos. Foi uma das práticas econômicas usadas no mercantilismo.Baseia-se na crença de posse e acúmulo de ouro e metais preciosos,o metal é a maior fonte deriquezas, confundindo estes com capital, não investindo em atividades lucrativas comomanufaturas, comércio, etc. Um exemplo de um país bulionista no período citado foi a Espanha, quenão percebeu que o acúmulo de metais preciosos (ouro e prata) era apenas uma ilusão deprosperidade, tornado-se periferia econômica na Europa enquanto a economia mineradora naAmérica, principal fonte de riqueza espanhola, se esgotava.Durante a Idade Moderna, Espanha e Portugal, que buscavam uma balança comercial favorável pormeio do monopólio, defenderam o entesouramento de metais preciosos, prática denominadabulionismo. Origem: Wikipédia, a enciclopédia livrePag.
  14. 14. BULIONISMO:Pag. 61
  15. 15. Pag. 61
  16. 16. Pag. 70
  17. 17. Pag. 66
  18. 18. Pag. 67
  19. 19. Garantir Abertura de Posse Novos decorrente Mercados da Disputa pela Partilha Complement ar produção para Mercado Europeu COLONIZAÇÃOPag. 67
  20. 20. Pag. 68
  21. 21. Pag. 69
  22. 22. Pag. 70
  23. 23. Pag. 91
  24. 24. Pag. 92
  25. 25. Pag. 105
  26. 26. 19 de março de 2012 História do Brasil I Crise do Antigo sistema ColonialPag. 106
  27. 27. 19 de março de 2012 História do Brasil I Crise do Antigo sistema Colonial Consumo Europeu Exportação dependente do Escravo Consumo Local Concentração de Renda (Camada Senhorial) Nível das relações Sócios-Economicas Exploração colonial = Exploração do Trabalho escravoPag. 70
  28. 28. 19 de março de 2012 História do Brasil I Crise do Antigo sistema ColonialCrise do Antigo sistema ColonialPag. 112
  29. 29. 19 de março de 2012 História do Brasil I Crise do Antigo sistema Colonial Crise do Antigo sistema ColonialPag. 114
  30. 30. 19 de março de 2012 História do Brasil I Crise do Antigo sistema ColonialPag. 114
  31. 31. 19 de março de 2012 História do Brasil I Crise do Antigo sistema ColonialPag. 113
  32. 32. 19 de março de 2012 História do Brasil IPag.
  33. 33. 19 de março de 2012 História do Brasil IREFERÊNCIAS:NOVAES.Fernando Antonio. Portuga e Brasil na Crise do Antigo SistemaColonial (1777 – 1808). 3ª edição. São Paulo: Hucitec, 1985, Capitulo II: ACrise do Antigo Sistema Colonial. pp 57-116.Site: Desenvolvimento em Questão -http://desenvolvimentoemquestao.wordpress.com/2011/01/10/portugal-e-brasil-na-crise-do-antigo-sistema-colonial-1777-1808-fernando-novais/Site: Wikipédia, a enciclopédia livreTexto de Rafael Aguiar dos Santos – Resenha Crítica – Site Recanto dasLetras - http://www.recantodasletras.com.br/resenhasdelivros/2843083
  34. 34. 19 de março de 2012 História do Brasil IPag. 70

×