Hiperactividade

785 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
785
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hiperactividade

  1. 1. Escola Secundária de Rocha PeixotoCurso Tecnológico de DesportoPsicologia<br />Hiperactividade<br />Ana Silva<br /> Bruno Flores<br />Patrícia Reis<br />Ricardo Craveiro<br />12ºH<br />
  2. 2. <ul><li>Conceito</li></ul>TDA/H<br /> Denominada na medicina de Transtorno do défice de atenção/Hiperactividade. Falta de atenção, impulsividade, instabilidade emocional e hiperactiva incontrolável.<br /> As causas são em grande parte desconhecidas, as supostas causas envolvem factores neurológicos de causas genéticas, surge na infância, acompanhando a pessoa para a vida toda.<br /> Os sintomas devem ter inicio antes dos 7 anos.<br />Hiperactividade<br />
  3. 3. <ul><li>Etiologia</li></ul>A hiperactividade pode ser causada por danos cerebrais, durante o nascimento, hereditariedade, disfunção do centro de atenção do cérebro. Não tem cura mas pode ser reduzida e precisa de ser controlada com eficácia durante toda a infância. <br />Os pais não causam a doença mas o seu comportamento determinam. No entanto as causas pode ser diversas :<br /><ul><li>Regime alimentar
  4. 4. Apnéia do sono
  5. 5. Anemia
  6. 6. Efeitos colaterais de medicamentos</li></ul>Hiperactividade<br />
  7. 7. As causas citadas anteriormente podem ser tratadas e faz com que haja uma redução dos sintomas. Porem existem outras causas, como:<br /><ul><li>Danos cerebrais
  8. 8. Problemas durante o nascimento</li></ul>Hiperactividade<br />
  9. 9. Os estudos mais recentes apontam para a genética como principal causa relacionada ao transtorno.<br /> Aproximadamente 75% das probabilidades de alguém desenvolver TDAH são herdadas pelos pais. Alem da genética factores como problemas durante a gestação, factores orgânicos .<br /> Supõe-se que todas estes factores façam que o individuo desenvolva o problema, que pode vir a manifestar-se quando a pessoa é submetida a num nível maior de concentração e desempenho.<br />Hiperactividade<br />
  10. 10. <ul><li> Sintomas de comportamento</li></ul>Características TDA/H<br />Dois tipos de sintomas:<br />Desatenção<br />Hiperactividade-Impulsividade<br />Existem três subtipos que classificam o transtorno de défice de atenção com hiperactividade.<br />Hiperactividade<br />
  11. 11. Hiperactividade<br />1. TDAH com predomínio dos sintomas de Desatenção<br /> -Dificuldade em prestar atenção a detalhes cometem erros por descuido em actividades escolas;<br /> -Parecem não escutar quando alguém lhe dirige a palavra;<br /> -Tem hábitos de trabalhos desorganizados e materiais utilizados para as tarefas muitas vezes são danificados;<br /> - Evitam participar em tarefas que exijam esforço mental (trabalhos de casa);<br /> - Associado a maiores dificuldades de aprendizagem;<br />Ao contrário do que ocorre nos outros tipos, não são comuns traços de hiperactividade.<br />
  12. 12. 2.TDAH com Predomino de sintomas de hiperactividade/impulsividade<br /> Caracteriza-se por sinais claros e repetitivos desatenção, inquietude e impulsividade, mesmo quando não se pretende mostrá-lo. Existem vários graus de manifestação de TDAH (transtorno de défice de atenção hiperactiva), que recebe o nome de DDA (distúrbio do défice de atenção) ou SDA (Síndrome do défice de atenção).<br /> - Constantes movimentos, manuseiam objectos inquietamente, batem com as mãos e balançam pernas e braços excessivamente;<br /> - Necessidade incessante de adrenalina;<br /> - Raramente conseguem aprender com os seus próprios erros;<br /> - Falam em demasia e tem dificuldades de permaneceram sentados;<br />Hiperactividade<br />
  13. 13. Hiperactividade<br />3.TDAH combinado<br /> Têm problemas de socialização com outras crianças, por serem mais agressivas do que as outras crianças com os outros tipos.<br /> - Apresentam sintomas da lista de sintomas de desatenção e de sintomas de hiperactividade/impulsividade;<br /> - Está associado a prejuízos globais maiores na vida da pessoa;<br />
  14. 14. Consequências TDAH<br />Baixo desempenho escolar<br />Dificuldades de relacionamentos<br />Interferência no desenvolvimento educacional e social<br />Baixa auto-estima<br />Hiperactividade<br />
  15. 15. Hiperactividade<br />Interfere na vida familiar, escolar e social da criança.<br /> As crianças hiperactivas têm dificuldades em prestar atenção e aprender, distraem-se com muita facilidade, são impulsivas, o seu humor flutua rapidamente. É difícil para as crianças obedecer as regras sociais. Para a família muitas vezes é complicado uma ida a um parque ou a um supermercado pois para a criança hiperactiva são muitos os estímulos ao mesmo tempo, devido à sua incapacidade de se concentrar. <br /> Não consegue utilizar o potencial mental necessário para concluir uma tarefa.<br />
  16. 16. <ul><li>Estratégias educacionais
  17. 17. Orientação à família</li></ul>Manter estratégias;<br />Estabelecer comunicação clara e eficiente;<br />Promover actividade física regular;<br />Escolher cuidadosamente a escola;<br />Hiperactividade<br />
  18. 18. <ul><li>Intervenção psico pedagógica </li></ul>Necessário será um trabalho de reconstrução das habilidades e conteúdos;<br /><ul><li>Orientação para os professores</li></ul>Divisão de tarefas grandes em pequenas;<br />Utilizar vários recursos de ensino;<br />Transformar tarefas em jogos;<br />Avaliar mais pela qualidade e menos pela quantidade de trabalhos, o que mais importa é que os conceitos sejam aprendidos.<br />Hiperactividade<br />
  19. 19. FIM<br />Hiperactividade<br />

×