SlideShare uma empresa Scribd logo

Namoro e casamento

1) O documento discute as relações entre crentes e descrentes, afirmando que não devem haver namoros ou casamentos entre eles, pois isso pode colocar os cristãos em situações onde precisam abandonar seus princípios ou enfrentar dificuldades. 2) É citado que devemos "sujeitar-nos a Deus" e "resistir ao diabo", vencendo o mundo por meio da fé. 3) A conformidade com o mundo mina a espiritualidade dos cristãos e prejudica sua utilidade de proclamar a mensagem

1 de 20
Baixar para ler offline
1
Namoro e Casamento
com Descrentes
Edição Revisada e
Ampliada
Ribamar
Cantanhede
Mestre e Doutor
em Teologia
2
Texto Básico: II Cornetos: 6:14-17
1) O que não devemos amar e porque?
“Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o
amor do Pai não está nele; Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne,
a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procedem do Pai, mas procede do
mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz
a vontade de Deus permanece eternamente.” I João: 2:15-17.
O mundo é tudo e qualquer coisa que afasta as pessoas de Deus, que pões as
pessoas na contra mão de Deus, É o sistema de rebelião e orgulho que busca
destituir a Deus e seu governo. O mundo aqui é tudo aquilo que é contrário w
estranho a vontade divina.
"Aqueles que estão sempre se aproximando um pouco mais do mundo e se
tornando mais semelhantes a eles em sentimentos, planos, idéias, deixaram
um espaço entre eles e o Salvador, e Satanás abriu caminho para dentro
esse espaço e planos egoístas e mesquinhos, contaminados pelo mundo, se
entrelaçam com sua experiência ( The Review and Herald, 7 de junho de
1887 ). {7BC 949,4}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 7, Pág.
949, Parágrafo 4
"Como os amantes do mundo tornam a religião subserviente ao mundo,
Deus exige que Seus adoradores subordinem o mundo à religião. As coisas
do mundo, que perecem com o uso, não devem ser consideradas em
primeiro lugar; essas não são a moeda de ouro do céu. Deus não
estampou sobre eles Sua imagem e inscrição ( Manuscrito 16, 1890 ). {7BC
949,5}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 7, Pág. 949,
Parágrafo 5
2) O que é o mundo em I João 2:25-17?
"Na maioria dos casos, ele transmite uma imagem do mundo como
estranho e hostil a Deus e em oposição ao Seu reino... quando João exorta
seus leitores a não amar o mundo, não está pensando na terra ao sair das
mãos do Criador, mas em elementos terrestres, animados e inanimados
que Satanás arregimentou em rebelião contra Deus." SÉTIMO DIA,
Comentario Bíblico Adventista do, Vol. 7, Pág. 706
"Coisas que não são úteis devem ser totalmente evitadas, e muitas coisas
boas em si mesmas podem estar entre o homem e Deus. Casas e terras,
roupas e móveis, parentes e amigos, são bens que valem a pena, mas não
devem « se tornar centro de atenção, em detrimento da vida espiritual que
substitui Deus, como um ídolo (ver com. de Mt 10:37; Lc 14:26). Sem
dúvida, é o eu que finalmente se interpõe entre a pessoa e Deus."
SÉTIMO DIA, Comentario Bíblico Adventista do, Vol. 7, Pág. 706
Observe em L João 2:17: "aquele, porém, que faz a vontade de Deus
permanece eternamente"
3) qual é a Vontade de Deus ( o Pai)?
3
“Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da
prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e
honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus.” I
Tessalonicenses: 4.3-5.
“... porque Deus julgará os impuros e adúlteros.” Hebreus: 13.4 (ver. Gál. 5.19).
“Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele,
pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” Tiago: 4:4.
Observe no texto acima: "constitui-se "inimigo de Deus"
Agora compare com o texto abaixo:
“Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de
Deus, nem mesmo pode estar.” Romanos: 8.7.
4) o que devemos fazer?
“Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” Tiago: 4.7.
“Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão
que ruge procurando alguém para devorar; Resisti-lhe firmes na fé, certos de que
sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada
pelo mundo.” I Pedro: 5.8-9.
“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o
mundo: a nossa fé.” I João: 5.4.
5) o que a conformidade com o mundo consegue minar?
"A conformidade com o mundo é um pecado que está minando a
espiritualidade de nosso povo, e seriamente prejudicando a sua utilidade.
Inútil é proclamar ao mundo a mensagem de advertência, enquanto a
negamos nas realizações da vida diária. — The Review and Herald, 28 de
Março de 1882" WHITE, Ellen G., Evangelismo, Pág. 272
Todas as combinações com incrédulos que se ligam como um jugo devem
ser quebradas. ".... WHITE, Ellen G., Manuscript Releases, Vol. 8, Pág. 108.
“Qualquer união com um descrente que ponha em risco a lealdade
exclusiva do cristão para com Deus deve ser estritamente evitada”.
WHITE, Ellen G., Manuscript Releases, Vol. 8, Pág. 107.
6) como devemos viver no presente século?
“Educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos,
no presente século, sensata, justa e piedosamente.” Tito: 2:12.
7) do que devemos nos abstermos?
4
“Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das
paixões carnais, que fazem guerra contra a alma.” I Pedro: 2:11.
8) como devemos apresentar a nossa vida diante de Deus?
"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo
por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos
conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente,
para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” –
Romanos: 12:1-2.
9) porque não devemos manter relações (namoro, casamento, amizade) com
os incrédulos
“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade
pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?
Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo?
Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário
do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu
Deus, e eles serão o meu povo.” II Coríntios: 6:14-16.
"Este trecho da carta consiste de uma advertência contra qualquer tipo
de associação com descrentes que possa colocar os cristãos em situações
nas quais seja difícil ou impossível evitar fazer concessões espirituais.
Essa proibição inclui o relacionamento conjugal (ver com. de 2Co 7:1)... A
diferença em ideais e conduta entre cristãos e não cristãos é tão grande
que, ao entrar em qualquer relacionamento (casamento, negócios, etc.),
os cristãos são confrontados com situações em que têm de abandonar
princípios ou enfrentar dificuldades. Entrar em tal união é desobedecer a
Deus e negociar com o diabo... Quando se trata de um relacionamento de
vinculação como o casamento, o cristão que verdadeiramente ama o
Senhor de modo algum se unirá a um descrente, mesmo na piedosa ou
louvável esperança de conquistá-lo para Cristo... Por trás de tudo o que é
verdadeiro, santo e justo estão as forças sobrenaturais do universo,
conduzidas por Cristo. Por trás de tudo o que é mau e desprezível estão
as forças sobrenaturais das trevas, conduzidas por Satanás. Todo o
mundo está alinhado atrás de um ou outro líder (l Pe 5:8-9; Ap 12:11). A
escolha humana entre esses dois governantes deve ser clara e decidida.
Cristo é o príncipe da luz (Jo 1:9; 8:12). Seus seguidores são chamados de
filhos da luz (Mt 5:14; Jo 12:36; Ef 5:8). Eles caminham na luz e o destino
deles é a cidade de luz, na qual não há trevas (Jo 12:35, 36; l Ts 5:4, 5; ljo
l:5-7;Ap 22:5). Satanás é o príncipe das trevas (Cl 1:13). Seus seguidores
são os filhos das trevas (Jo 3:19; Ef 5:11). Eles caminham nas trevas, e
seu destino é a escuridão eterna (Mt 22:13; 25:30; 2Pe 2:17; ljo 1:6; Jd
13). 16. Ligação. Ou, “concordar”, “consentir” (Lc 23:51). Não pode haver
aliança entre Cristo e Satanás, entre o verdadeiro Deus e os falsos
deuses, entre o cristianismo e o paganismo. Paulo declara que uma
aliança entre crentes e descrentes é igualmente inconcebível." SÉTIMO
DIA, Comentário Bíblico Adventista do, Vol. 6, Págs. 966-967
"O mundo é o instrumento que peneira a igreja e testa a autenticidade de
seus membros. O mundo oferece incentivos que, quando aceitos, colocam o
crente onde sua vida não está em harmonia com sua profissão ... {6BC
1102.5}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102,
Parágrafo 5
5
"Se você seguir em direção ao céu, o mundo se esfregará fortemente
contra você. A cada passo você terá que abrir caminho contra Satanás e
seus anjos maus e contra todos os que transgridem a lei de
Deus. Autoridades terrenas se interporão. Você encontrará tribulações,
contusões do espírito, discursos duros, ridículo, perseguições. Os
homens exigirão sua conformidade com as leis e costumes que os
tornariam desleal a Deus. Aqui é onde o povo de Deus encontra a cruz no
caminho para a vida ( Manuscrito 3, 1885 ). {6BC 1102,6}" WHITE, Ellen
G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102, Parágrafo 6
"17, 18( Colossenses 3: 2; veja EGW em Provérbios 1:10 ; Romanos
6: 1-4 ). Cortar cada gavinha terrestre—Muitos cristãos professos são
bem representados pela videira que se arrasta no solo e se enreda em
seus ramos nas raízes e no lixo que se encontra em seu caminho. A todos
esses vem a mensagem: “Saí do meio deles e separai-vos, diz o Senhor, e
não toqueis em coisa impura; e eu vos receberei e serei um Pai para vós e
sereis meus filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. ” Existem
condições a cumprir se quisermos ser abençoados e honrados por
Deus. Devemos nos separar do mundo e recusar-nos a tocar nas coisas que
separam nossas afeições de Deus. Deus tem os primeiros e mais elevados
direitos sobre Seu povo. Ponha suas afeições nEle e nas coisas
celestiais. Seus tentáculos devem ser separados de tudo o que é
terreno. {6BC 1102,7}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 6,
Pág. 1102, Parágrafo 7
"Você é exortado a não tocar em nada impuro; pois ao tocar nisso, você
mesmo se tornará impuro. É impossível para você se unir àqueles que são
corruptos e ainda permanecer puros. “Que sociedade tem a justiça com a
injustiça? e que comunhão tem a luz com as trevas? e que concórdia tem
Cristo com Belial? " Deus e Cristo e as hostes celestiais desejam que o
homem saiba que, se ele se unir aos corruptos, se corromperá. Amplo
provimento foi feito para que possamos ser levantados das planícies da
terra, e ter nossas afeições firmadas em Deus e nas coisas celestiais ( The
Review and Herald, 2 de janeiro de 1900 ). {6BC 1102,8}" WHITE, Ellen
G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102, Parágrafo 8
"Não devemos coligar-nos a pessoas mundanas, para não ficar imbuídos de
seu espírito, para que o nosso discernimento espiritual não se torne
confuso e encaremos os que têm a verdade e levam a mensagem do Senhor
do ponto de vista das pretensas igrejas cristãs. Ao mesmo tempo, porém,
não devemos ser como os fariseus e manter-nos afastados delas. — The
Ellen G. White 1888 Materials, 1.161." WHITE, Ellen G., Eventos Finais,
Págs. 84-85.
“Foi-me mostrada a necessidade dos que crêem estarmos tendo a última
mensagem de misericórdia, de se separarem dos que estão diariamente
absorvendo novos erros. Vi que nem jovens e nem velhos devem assistir a
suas reuniões; pois é errado assim encorajá-los enquanto ensinam o erro
que é veneno mortal para a alma e doutrinas que são mandamentos de
homens. A influência de tais reuniões não é boa. Se Deus nos libertou de
tais trevas e erros, devemos ficar firmes na liberdade com que Ele nos
tornou livres e regozijar na verdade. Deus Se desagrada de nós quando
assistimos ao erro sem a isso ser obrigados; pois a menos que Ele nos envie
a essas reuniões onde o erro é inculcado ao povo pelo poder da vontade,
Ele não nos guardará. Os anjos cessam seu vigilante cuidado sobre nós, e
somos deixados aos açoites do inimigo, deixados a ser entenebrecidos e
debilitados por ele e pelo poder dos seus anjos maus; e a luz ao nosso redor
fica contaminada com as trevas.” WHITE, Ellen G., Primeiros Escritos,
Págs. 124-125.
6
"O apóstolo Paulo declara que é impossível aos filhos de Deus unirem-se
aos mundanos: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis.” 2
Coríntios 6:14. Isso não se refere apenas ao casamento; qualquer estreita
relação de confiança ou parceria com aqueles que não amam a Deus ou à
verdade é uma cilada. E ele continua: “Que sociedade tem a justiça com a
injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há
entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso
tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus
vivente, como Deus disse: Neles habitarei e entre eles andarei; e Eu serei
o seu Deus, e eles serão o Meu povo.” 2 Coríntios 6:14-16. Considerando
esses fatos, exclama o apóstolo: “Ora, amados, pois que temos tais
promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito,
aperfeiçoando a santificação no temor de Deus.” 2 Coríntios 7:1... Os
filhos da luz e do dia não devem se deixar envolver pelas sombras da noite
e das trevas que acompanham os obreiros da iniqüidade. Pelo contrário,
têm de permanecer fielmente no posto do dever como portadores de luz,
captando luz de Deus para lançá-la sobre os que se encontram em trevas.
O Senhor requer que Seu povo mantenha sua integridade, não tocando
— isto é, não imitando — as práticas dos ímpios. Os cristãos serão neste
mundo uma “nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus”,
proclamando as virtudes dAquele que os chamou “das trevas para a Sua
maravilhosa luz”. 1 Pedro 2:9. Essa luz não deve ser obscurecida, mas
tem de brilhar mais e mais até ser dia perfeito. Os que carregam a
bandeira de Cristo nunca fogem ao dever. Eles têm um inimigo vigilante
que está à espreita para tomar de assalto a fortaleza. Alguns dos
professos atalaias de Cristo convidam o inimigo a penetrar nas
fortificações e misturar-se com eles, e em seus esforços para satisfazer-
se, acabam com a distinção entre os filhos de Deus e os de Satanás.
WHITE, Ellen G., Testemunhos Para a Igreja, Vol., 5, Págs. 13-14
10) qual é o dever da Igreja para com o mundo?
"O dever da igreja para com o mundo não é descer a suas idéias e aceitar-
lhe as opiniões, as sugestões, mas atender as palavras de Cristo por meio de
Seu servo Paulo: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis;
porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? e que comunhão
tem a luz com as trevas? e que concórdia há entre Cristo e Belial? ou que
parte tem o fiel com o infiel?” Isto significa em sentido especial, o
casamento com os incrédulos... O assunto é colocado diante de nós em seu
devido aspecto. Levanta-se a pergunta: “E que consenso tem o templo de
Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como
Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; Eu serei o seu Deus e
eles serão o Meu povo. Pelo que saí do meio deles e apartai-vos, diz o
Senhor; e não toqueis nada imundo.” Que significa isto? — As sugestões,
as obras más dos filhos da desobediência. Em caso algum deveis
contaminar-vos com o espírito ou influência dos descrentes. Temei unir-
vos ou ligar-vos em molhos com eles. Temei comunicar os trabalhos
ligados com a causa do Senhor aos que nenhuma parte têm com Deus,
nem simpatizam com os que amam a verdade de Deus. “E Eu vos
receberei; e Eu serei para vós Pai e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz
o Senhor todo-poderoso.” WHITE, Ellen G., Testemunhos Para Ministros
e Obreiros Evangélicos, Págs. 271-272
11) Deus deu alguma orientação ao seu povo no Antigo Testamento com
relação ao casamento com os incrédulos?
7
“Quando o SENHOR, teu Deus, te introduzir na terra a qual passas a possuir, e tiver
lançado muitas nações de diante de ti, os heteus, e os girgaseus, e os amorreus, e os
cananeus, e os ferezeus, e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e
mais poderosas do que tu; E o SENHOR, teu Deus, as tiver dado diante de ti, para as
ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas;
Nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações; não darás tuas filhas a seus
filhos, nem tomarás suas filhas para teus filhos; Pois elas fariam desviar teus filhos de
mim, para que servissem a outros deuses; e a ira do SENHOR se acenderia contra vós
outros e depressa vos destruiria.” Deuteronômio: 7:1-4.
"Nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações. Associação
íntima com idólatras no lar afetaria não apenas o indivíduo, mas toda a
nação (ver Êx 34: 15, 16). Salomão violou este princípio, tendo como
resultado uma perda incalculável tanto pessoal como nacional (lRs 11:1).
Não há alegria nem segurança na aliança com os que não amam nem
servem a Deus (lCo 6:14-1 7). As trágicas experiências de Esaú (Gn 26:34,
35), Sansão (Jz 14:1) e outros testificam em favor da admoestação de se
permanecer separado nesse sentido. 4. Desviar. O amor de um homem
por sua esposa idólatra em geral, senão sempre, desviaria seu coração de
Deus. Este era um perigo patente contra o qual advertiu Josué (Js 23: 11-
13)" SÉTIMO DIA, Comentário Bíblico Adventista do, Vol. 6, Pág. 1070
12) O casamento é o mais íntimo dos laços humanos e seu caráter santo era
preservado na lei do Antigo Testamento?
“O casamento é o mais íntimo dos laços humanos e seu caráter santo era
preservado na lei do antigo testamento. O corolário é que o casamento
não deve ser contraído com incrédulos, um principio repetido no novo
testamento (I cor. 7.39). Israel não manteve sua pureza espiritual e
sofreu por esse motivo. (salmos. 106.36-39).” GENEBRA, Bíblia de
Estudo de Pág. 210.4
“Portanto, empenhai-vos em guardar a vossa alma, para amardes o SENHOR, vosso
Deus. Porque, se dele vos desviardes e vos apegardes ao restante destas nações
ainda em vosso meio, e com elas vos aparentardes, e com elas vos misturardes, e elas
convosco, Sabei, certamente, que o SENHOR, vosso Deus, não expulsará mais estas
nações de vossa presença, mas vos serão por laço e rede, e açoite às vossas ilhargas,
e espinhos aos vossos olhos, até que pereçais nesta boa terra que vos deu o SENHOR,
vosso Deus.” Josué: 23:11-13.
13) quais foram as consequências que o casamento de Esáu com mulheres
incrédulas trouxe para Isaque e Rebeca?
“Tendo Esaú quarenta anos de idade, tomou por esposa a Judite, filha de Beeri,
heteu, e a Basemate, filha de Elom, heteu. “Ambas se tornaram amargura de espírito
para Isaque e para Rebeca.” Gênesis: 26.34-35 (ver. Gn. 27.46; 28.1,8; 36.1-2; 34.1-
31; 38.1-30; Nem. 13.23-29).
“Homens e mulheres professando piedade devem tremer ante o
pensamento de entrar numa relação matrimonial com aqueles que não
respeitam e obedecem aos mandamentos de Deus. Foi isto que abriu as
comportas do pecado aos antediluvianos. Essa conexão com o mundo é
8
um desvio dos requisitos de Deus.” WHITE, Ellen G., Signes of the Times,
30 de dezembro de 1.880, Parágrafo 18
"Nessas alianças, a criatura recebe o amor que deve ser dado ao Criador.
Há perigo em entrar em qualquer relação íntima com aqueles que não
têm ligação com o Céu. Esta é a amizade que Inspiração chama de
inimizade com Deus. Não podemos ter muito ciúmes de nós mesmos,
para que, associando-nos com os mundanos, caiamos nos mesmos
hábitos. Foi por essa razão que os israelitas foram ordenados a viver
sozinhos, como um povo separado de todas as outras nações. A amizade
dos inimigos do Senhor é mais temida do que sua inimizade; pois Satanás
está constantemente trabalhando através de incrédulos inteligentes e
agradáveis, para tentar o povo de Deus a pecar. {ST December 30, 1880,
par. 19}" WHITE, Ellen G., Signes of the Times, 30 de dezembro de 1.880,
Parágrafo 19
"Quando um mandamento do decalogue é quebrado, os degraus
descendentes são quase certos. Quando as barreiras da modéstia
feminina são removidas, a licenciosidade mais básica não parece exceder
o pecado. Infelizmente, que resultados terríveis da influência da mulher
para o mal podem ser testemunhados no mundo de hoje! Através dos
fascínios de "mulheres estranhas", milhares são encarcerados em celas
de prisão, muitos tiram suas próprias vidas, e muitos cortam a vida de
outras. Como são verdadeiras as palavras de Inspiração: "Seus pés vão
até a morte, seus passos tomam conta do inferno." {ST December 30,
1880, par. 20}" WHITE, Ellen G., Signes of the Times, 30 de dezembro de
1.880, Parágrafo 20
"Casamentos imprudentes são a maldição desta época. Tal aliança pode
ser desastrosa para ambas as partes. Esse amor que não tem fundamento
melhor do que a mera gratificação sensual será teimoso, cego e
incontrolável. Honra, verdade, e todo nobre e elevado poder da mente, é
trazido sob a escravidão das paixões. O homem que está preso nas
cadeias dessa paixão é muitas vezes surdo à voz da razão e da
consciência; nem argumento nem súplica pode levá-lo a ver a loucura de
seu curso. {ST December 30, 1880, par. 17}" WHITE, Ellen G., Signes of
the Times, 30 de dezembro de 1.880, Parágrafo 17
14) somos advertidos contra o mal exemplo deixado pelo Rei Salomão?
"Ora, além da filha de Faraó, amou Salomão muitas mulheres estrangeiras:
moabitas, amonitas, edomitas, sidônias e hetéias, 2 mulheres das nações de que
havia o SENHOR dito aos filhos de Israel: Não caseis com elas, nem casem elas
convosco, pois vos perverteriam o coração, para seguirdes os seus deuses. A estas
se apegou Salomão pelo amor. 3 Tinha setecentas mulheres, princesas e trezentas
concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração. 4 Sendo já velho, suas
mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração
não era de todo fiel para com o SENHOR, seu Deus, como fora o de Davi, seu pai. 5
Salomão seguiu a Astarote, deusa dos sidônios, e a Milcom, abominação dos
amonitas. 6 Assim, fez Salomão o que era mau perante o SENHOR e não
perseverou em seguir ao SENHOR, como Davi, seu pai. 7 Nesse tempo, edificou
Salomão um santuário a Quemos, abominação de Moabe, sobre o monte fronteiro a
Jerusalém, e a Moloque, abominação dos filhos de Amom. 8 Assim fez para com
todas as suas mulheres estrangeiras, as quais queimavam incenso e sacrificavam a
seus deuses. 9 Pelo que o SENHOR se indignou contra Salomão, pois desviara o seu
coração do SENHOR, Deus de Israel, que duas vezes lhe aparecera. 10 E acerca
9
disso lhe tinha ordenado que não seguisse a outros deuses. Ele, porém, não
guardou o que o SENHOR lhe ordenara. 11 Por isso, disse o SENHOR a Salomão:
Visto que assim procedeste e não guardaste a minha aliança, nem os meus
estatutos que te mandei, tirarei de ti este reino e o darei a teu servo." I Reis: 11:1-
11
“Formando concerto com uma nação pagã, e selando o pacto pelo
casamento com uma princesa idólatra, rejeitou Salomão temerariamente
as sábias providências que Deus fizera para manter a pureza de Seu
povo. A esperança de que essa esposa egípcia se convertesse não foi
senão uma fraca desculpa ao pecado. Em violação de um positivo
mandamento de permanecer separado de outras nações, o rei uniu sua
força com o braço da carne.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação
Cristã, Pág. 498.
“Durante os anos da apostasia de Salomão, o declínio espiritual de Israel
foi rápido. Como poderia ter sido diferente, se o seu rei se unira com
agentes satânicos? Através desses agentes o inimigo operou para
confundir a mente do povo com respeito ao verdadeiro e ao falso culto.
Eles se tornaram presa fácil. O intercâmbio matrimonial com os pagãos
tornou-se uma prática comum. Os israelitas depressa perderam sua
repulsa pela idolatria. Adotaram-se costumes pagãos. Mães idólatras
levaram seus filhos a observar ritos pagãos... Por meio do intercâmbio
matrimonial com os idólatras e da constante associação com eles,
Satanás ocasionou aquilo pelo que estivera labutando há muito tempo - a
apostasia nacional.” .” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação
Cristã, Pág. 499
15) Salomão tornou-se "Libertino e Efeminado"
“Depois de haver sido um dos maiores reis que já empunharam um
cetro, Salomão tornou-se um libertino, instrumento e escravo de outros.
Seu caráter, outrora nobre e viril, tornou-se debilitado e efeminado. Sua
fé no Deus vivo foi suplantada por dúvidas ateístas. A incredulidade
mareou sua felicidade, enfraqueceu-lhe os princípios e degradou-lhe a
vida. A justiça e magnanimidade dos primórdios de seu reinado,
transmudara-se em despotismo e tirania. Pobre, frágil natureza humana
Pouco pode Deus fazer por homens que perdem o senso de dependência
dEle.” Durante esses anos de apostasia, o declínio espiritual de Israel
progrediu firmemente. Como poderia ser diferente se seu rei havia unido
seus interesses com forças satânicas? Através desses agentes o inimigo
operou para confundir a mente dos israelitas com respeito ao verdadeiro
e ao falso culto; e eles se tornaram presa fácil. O comércio com outras
nações levou-os a íntimo contato com os que não tinham amor a Deus, e
seu próprio amor por Ele foi grandemente diminuído. Seu agudo senso
do elevado e santo caráter de Deus foi amortecido. Recusando seguir na
trilha da obediência, transferiram sua vassalagem para o inimigo da
justiça. Tornou-se comum a prática de intercâmbio matrimonial com
idólatras, e os israelitas depressa perderam sua repulsa pela idolatria. A
poligamia foi tolerada. Mães idólatras levaram seus filhos a observar
ritos pagãos. “Na vida de alguns o puro culto religioso instituído por
Deus foi substituído pela idolatria do mais negro matiz.” WHITE, Ellen G.,
Profetas e Reis, Pág. 24 (2007)
16) tudo isso aconteceu na vida de Salomão quando ele rejeitou a sabedoria
Divina e passou a confiar em si mesmo?
10
“Mediante oração fervorosa e confiança em Deus, Salomão obteve a
sabedoria que provocou o assombro e admiração do mundo. Quando,
porém, se desviou da Fonte de sua força, e passou a confiar em si mesmo,
caiu presa da tentação. Então as maravilhosas faculdades concedidas ao
que foi o mais sábio dos reis, apenas o tornaram um agente mais eficaz
do adversário das almas.” WHITE, Ellen G., O Grande Conflito, Pág. 509.
"Todos os pecados e excessos de Salomão podem ser atribuídos ao seu
grande erro: deixar de confiar em Deus para sabedoria e andar
humildemente diante dele. {2BC 1031.1}“ WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 1
17) a vida de Salomão se tornou uma vida "Pervertida" (devassa, corrupta,
degenerada, depravada, desmoralizada)?.
"A lição para aprendermos com a história desta vida pervertida é a
necessidade de contínua dependência dos conselhos de Deus; observar
atentamente a tendência de nosso curso e reformar todos os hábitos
calculados para nos tirar de Deus. Ensina-nos que são necessárias muita
cautela, vigilância e oração para manter intactos a simplicidade e a
pureza de nossa fé. Se alcançarmos a mais alta excelência moral e
alcançarmos a perfeição do caráter religioso, que discriminação deve ser
usada na formação de amizades e na escolha de um companheiro para a
vida! {2BC 1031.2}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág.
1031, Parágrafo 2
18) muitos na atualidade cometem os mesmos erros de Salomão?.
“Nunca houve um tempo na história terrestre em que essa advertência
fosse mais apropriada do que na atualidade. Muitos professos cristãos
pensam, como Salomão, que podem se unir com os descrentes porque
sua influência sobre os que se acham no erro será benéfica; mas muitas
vezes eles próprios, enredados e vencidos, cedem sua fé sagrada,
sacrificam os princípios e separam-se de Deus. Um passo em falso induz
a outro, até que afinal eles se colocam onde não podem esperar romper
as cadeias que os prendem.” WHITE, Ellen G., fundamentos da Educação
Cristã, Pág. 500.
"Muitos, como o rei de Israel, seguem seus próprios desejos carnais e
entram em casamentos não santificados. Muitos que começaram a vida
com uma manhã justa e promissora, em sua esfera limitada, como
Salomão havia em sua posição exaltada, por meio de um passo falso e
irrevogável na relação matrimonial, perdem suas almas e levam os
outros a arruiná-los. . Como as esposas de Salomão afastaram seu
coração de Deus para a idolatria, os companheiros frívolos, que não têm
profundidade de princípio, afastam o coração daqueles que antes eram
nobres e fiéis, à vaidade, aos prazeres corruptos e ao vício sincero ( The
Health Reformer Maio de 1878 ). {2BC 1031.3}"}" WHITE, Ellen G., SDA
Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 3
"De Salomão, o registro inspirado diz: “Suas esposas afastaram seu
coração depois de outros deuses: e seu coração não era perfeito para o
Senhor, seu Deus.” {2BC 1031.4}" WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 4
"Este não é um tema a ser tratado com um sorriso. O coração que ama a
Jesus não desejará os afetos ilegais de outrem. Todo desejo é suprido em
11
Cristo. Esse afeto superficial é do mesmo caráter que o gozo exaltado que
Satanás prometeu a Eva. É cobiçoso o que Deus proibiu. Quando é tarde
demais, centenas podem alertar outros a não se aventurarem no
precipício. Intelecto, posição, riqueza nunca, nunca podem substituir as
qualidades morais. Mãos limpas, coração puro e nobre e fervorosa
devoção a Deus e à verdade que o Senhor estima acima da cunha de ouro
de Ofir. Uma influência maligna tem um poder perpetuador. Eu gostaria
de poder colocar esse assunto diante das pessoas que guardam os
mandamentos de Deus, como me foi mostrado. Que a triste lembrança da
apostasia de Salomão avise a toda alma que evite o mesmo
precipício. Sua fraqueza e pecado são transmitidos de geração em
geração. O maior rei que já usava um cetro, de quem se dizia que ele era
o amado de Deus, por meio de afeição equivocada, ficou contaminado e
foi miseravelmente abandonado por seu Deus. O governante mais
poderoso da terra falhou em governar suas próprias paixões. Salomão
pode ter sido salvo “como pelo fogo”, mas seu arrependimento não pôde
apagar esses altos, nem demolir aquelas pedras, que permaneceram
como evidência de seus crimes. Ele desonrou a Deus, preferindo ser
controlado pela luxúria do que ser participante da natureza divina. Que
legado a vida de Salomão comprometeu aqueles que usariam seu
exemplo para cobrir suas próprias ações básicas. Nós devemos
transmitir uma herança do bem ou do mal. Nossas vidas e nosso exemplo
serão uma bênção ou uma maldição? As pessoas olham para nossos
túmulos e dizem: Ele me arruinou ou me salvou? ...{2BC 1031,5}" WHITE,
Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 5
19) o caso de Salomão está diante de nós como um farol de advertência?
"A lição a ser aprendida da vida de Salomão tem uma influência moral
especial na vida dos idosos, daqueles que não estão mais subindo a
montanha, mas estão descendo e encarando o sol ocidental. Esperamos
ver defeitos nos personagens dos jovens que não são controlados pelo
amor e pela fé em Jesus Cristo. Vemos a juventude oscilando entre o
certo e o errado, vacilando entre o princípio fixo e a corrente quase
dominadora do mal que os leva a arruinar. Mas daqueles em idade
madura, esperamos coisas melhores. Procuramos que o caráter seja
estabelecido, que os princípios sejam enraizados e que eles estejam além
do perigo de poluição. Mas o caso de Salomão está diante de nós como
um farol de advertência. Quando tu, velho peregrino que travou as
batalhas da vida, pensas que estás atento para que não caias. Como, no
caso de Salomão, era fraco, caráter vacilante, naturalmente ousado, firme
e determinado, sacudido como uma cana ao vento sob o poder do
tentador! Como foi um velho cedro retorcido do Líbano,um carvalho
robusto de Basã, inclinado diante da explosão da tentação! Que lição para
todos os que desejam salvar suas almas para assistir à oração
continuamente! Que advertência para manter sempre a graça de Cristo
em seus corações, combater as corrupções internas e as tentações
externas! ( Carta 51, 1886 ). {2BC 1031.6}"}" WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 6
20) enquanto a vida durar, é necessário guardar os afetos e as paixões com
um propósito firme?
"Enquanto a vida durar, é necessário guardar os afetos e as paixões com
um propósito firme. Há corrupção interna, há tentações externas, e onde
quer que a obra de Deus seja promovida, Satanás planeja arranjar
circunstâncias para que a tentação venha com uma força avassaladora
sobre a alma. Em nenhum momento podemos estar seguros apenas
12
quando confiamos em Deus, a vida oculta com Cristo em Deus ( Carta 8b,
1891 ). {2BC 1032.1}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2,
Pág. 1032, Parágrafo 1
21) Salomão perdeu sua conexão com o céu e deu a Israel um exemplo tão
enganoso que Deus não poderia justificá-lo?
"Salomão perdeu sua conexão com o céu e deu a Israel um exemplo tão
enganoso que Deus não poderia justificá-lo. Deus quebrou Sua aliança
com Salomão porque Salomão era desleal. Se Salomão seguisse as
instruções dadas, Deus teria trabalhado através dele para revelar ao
mundo Seu poder e majestade. {2BC 1032.2}" WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 2
22) a nossa única segurança estar em andar no caminho do Senhor,
colocando-se onde Ele pode realizar Sua vontade através nós?.
"Os que hoje a quem o Senhor deu grande luz encontrarão sua única
segurança em andar no caminho do Senhor, colocando-se onde Ele pode
realizar Sua vontade através deles. Deus fará grandes coisas por aqueles
que o aprenderem, não tendo conselho de si mesmos, mas daquele que
nunca cometerá um erro. Nossa segurança, nossa sabedoria está em
reconhecer e seguir as instruções de Deus. O conhecimento mais valioso
que podemos obter é o conhecimento de Deus. Aqueles que andam
humildemente diante dEle, amando-O supremamente e obedecendo à
Sua Palavra, serão abençoados com sabedoria. Eles terão o conhecimento
do céu para transmitir aos outros. A sabedoria é um presente de Deus, a
ser mantido puro de toda contaminação. Sua posse impõe a todo aquele a
quem é conferida uma obrigação peculiar de glorificar a Deus
abençoando seus semelhantes. Ele deve sempre guardar diante dele o
temor de Deus,{2BC 1032.3}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary,
Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 3
"Removido um castiçal - Salomão conhecia a Deus quando ele estava
seguindo os caminhos dos idólatras? - Não; ele havia esquecido a rica
experiência de sua juventude e as orações que havia feito no
templo. [ Apocalipse 2: 4, 5citado.] {2BC 1032.5}" WHITE, Ellen G., SDA
Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 5
"O castiçal foi removido de seu lugar quando Salomão esqueceu de
Deus. Ele perdeu a luz de Deus, perdeu a sabedoria de Deus, confundiu a
idolatria com a religião ( The Review and Herald, 29 de março de
1892 ). {2BC 1032.6}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2,
Pág. 1032, Parágrafo 6
23) como ficou conhecido o monte no qual Salomão ergueu um templo a
Quemos e a Moloque?
"Nesse tempo, edificou Salomão um santuário a Quemos, abominação de Moabe,
sobre o monte fronteiro a Jerusalém, e a Moloque, abominação dos filhos de Amom."
I Reis: 11:7
"Monumento a um personagem degradado - Poucos percebem que, em
suas vidas, exercem constantemente uma influência que será perpetuada
para o bem ou para o mal. Centenas de anos se passaram desde que
Salomão fez com que aqueles santuários idólatras fossem erguidos no
13
monte; e, embora Josias os tivesse demolido como locais de culto,
seus detritos , contendo partes da arquitetura, ainda permaneciam nos
dias de Cristo. A proeminência sobre a qual aqueles santuários haviam
estado foi chamada, pelo verdadeiro coração de Israel, o Monte da
Ofensa. {2BC 1032.7}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2,
Pág. 1032, Parágrafo 7
"Salomão, em seu orgulho e entusiasmo, não percebeu que naqueles
altares pagãos estava erguendo um monumento de caráter degradado,
para perdurar por muitas gerações e ser comentado por milhares. Da
mesma maneira, todo ato da vida é grande para o bem ou para o mal; e é
somente agindo segundo princípios nas provas da vida cotidiana que
adquirimos poder para permanecer firmes e fiéis nas posições mais
perigosas e mais difíceis. {2BC 1032,8}" WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 8
24) as marcas da apostasia de Salomão ficaram vivas até o tempo de Cristo e
também serve de exemplo para nós nos dia atuais?
"As marcas da apostasia de Salomão viveram eras depois dele. Nos dias
de Cristo, os adoradores no templo podiam olhar, mesmo em frente a
eles, para o Monte da Ofensa, e ser lembrados de que o construtor de seu
rico e glorioso templo, o mais renomado de todos os reis, havia se
separado de Deus, e criou altares para ídolos pagãos; que o governante
mais poderoso da terra havia falhado em governar seu próprio
espírito. Salomão morreu até um homem arrependido; mas seu
arrependimento e lágrimas não puderam apagar do monte da ofensa os
sinais de sua miserável partida de Deus. Paredes arruinadas e pilares
quebrados foram testemunhas silenciosas por mil anos da apostasia do
maior rei que já se sentou em um trono terrestre ( The Health Reformer,
maio de 1878 ). {2BC 1032.9}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary,
Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 9
25) Salomão foi vencido por tentações que vieram através de sua
prosperidade?
"Luxo, vinho, mulheres idólatras, derrotam Salomão - Solomon , sob
todas as suas honras, andou com sabedoria e firmeza nos conselhos de
Deus por um tempo considerável; mas ele foi vencido por tentações que
vieram através de sua prosperidade. Ele viveu luxuosamente desde a
juventude. Seu apetite foi satisfeito com as guloseimas mais delicadas e
caras. Os efeitos dessa vida luxuosa e o uso gratuito do vinho finalmente
obscureceram seu intelecto e o levaram a se afastar de Deus. Ele entrou
em relações bruscas e pecaminosas com mulheres idólatras ( The Health
Reformer, abril de 1878 ). {2BC 1033.1}" WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1033, Parágrafo 1
26) qual foi a influência de Salomão sobre os seus filhos?
"A influência de Salomão sobre seus filhos - Foi essa profecia de ruína
iminente que despertou o rei apóstata como um sonho, e o levou a se
arrepender e procurar permanecer, tanto quanto possível, a terrível
maré do mal que durante o os anos posteriores de seu reinado estavam
subindo alto e ainda mais alto. Mas, no momento de seu arrependimento,
restavam apenas alguns anos de vida, e ele não podia esperar evitar as
consequências de longos anos de atos errados. Seu curso do mal havia
posto em operação influências que depois ele nunca conseguiu controlar
14
completamente. {2BC 1033.2}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary,
Vol. 2, Pág. 1033, Parágrafo 2
"Especialmente foi o caso no treinamento dos filhos que nasceram
através do casamento com mulheres idólatras. Roboão, o filho que
Salomão escolheu para ser seu sucessor, havia recebido de sua mãe uma
amonita, um selo de caráter que o levou a considerar desejável o
pecado. Às vezes, ele se esforçava para servir a Deus, e recebia uma
medida de prosperidade; mas ele não foi firme e, por fim, cedeu às
influências do mal que o cercavam desde a infância ( The Review and
Herald, 3 de julho de 1913 ). {2BC 1033.3}" WHITE, Ellen G., SDA Bible
Commentary, Vol. 2, Pág. 1033, Parágrafo 3
27) qual deve ser a postura da pessoa que se casou quando ainda não era
convertida?
“A pessoa que entrou para a relação matrimonial quando ainda não
convertida, coloca-se pela sua conversão sob uma obrigação maior de ser
fiel ao consorte, por mais que difiram com respeito à fé religiosa; todavia,
as reivindicações de Deus devem ser postas acima de toda a relação
terrena, mesmo que provas e perseguições possam ser o resultado. Com
espírito de amor e mansidão, esta fidelidade pode ter influência no
sentido de ganhar o descrente. Mas o casamento de cristãos com ímpios
é proibido na Bíblia. A instrução do Senhor é: "Não vos prendais a um
jugo desigual com os infiéis." II Cor. 6:14.” WHITE, Ellen G., Mensagens
aos Jovens, Pág. 464.
28) o casamento entre crentes e descrentes é proibido por Deus?
“Nunca se deve o povo de Deus aventurar em terrenos proibidos. O
casamento entre crentes e descrentes é proibido por Deus. Mas
demasiadas vezes o coração não convertido segue seus próprios desejos,
e formam-se uniões matrimoniais não sancionadas por Deus. Por isso
muitos homens e mulheres se acham sem esperança e sem Deus no
mundo. Suas nobres aspirações se acham mortas; por uma cadeia de
circunstâncias eles estão detidos na rede de Satanás. Os que são
dominados pela paixão e os impulsos terão amarga colheita a ceifar
nesta vida, e sua direção pode dar em resultado a perda de sua alma. O
incrédulo poderá ser dotado de excelente caráter moral; o fato, de que
ele ou ela não atendeu às reivindicações de Deus, e negligenciou tão
grande salvação, é razão suficiente para que se não consume tal união. ”
WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 63.
29) onde estar a nossa única segurança?
“Nossa única segurança encontra-se na obediência à Palavra de Deus, a
qual nos foi dada como guia e conselheiro infalíveis. O povo atual de
Deus deve conservar-se distinto e separado do mundo, de seu espírito e
de suas influências.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã,
Pág. 501.
“A menos que sejam diligentes estudantes dessa Palavra, cometerão
erros graves, os quais lhes mancharão a sua felicidade e a de outros,
tanto para a vida presente como para a futura.” WHITE, Ellen G.,
Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 100
30) qual é um dos sinais de estarmos vivendo nos últimos dias?
15
“Um dos sinais de estarmos vivendo nos últimos dias é o fato de serem os
filhos desobedientes aos pais, ingratos, profanos.” WHITE, Ellen G.,
Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 101
31) é errado namorar sem o conhecimento dos pais?
“O jovem que anda em companhia de uma jovem e capta a sua amizade
sem conhecimento dos pais dela, não desempenha um nobre papel
cristão para com a moça nem para com os pais dela. Por meio de
comunicações e encontros secretos poderá ele conseguir influência
sobre o espírito dela; mas assim fazendo, deixa ele de manifestar aquela
nobreza e integridade de alma que possuirá todo filho de Deus. Para
conseguir os seus fins, desempenham um papel que não é franco e aberto
nem de acordo com a norma bíblica e demonstrando-se infiéis para com
aqueles que os amam e se esforçam por ser seus fiéis responsáveis.”
WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 57.
“Aquele que quer desviar do dever a uma filha, querendo confundir as
suas idéias acerca das claras e positivas ordens de Deus de obedecer e
honrar aos pais, não é a pessoa que há de ser fiel nas obrigações do
casamento.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 102
32 Casamentos contratados sob tais influências estão de acordo com a
Palavra de Deus?
“Casamentos contratados sob tais influências não estão de acordo com a
Palavra de Deus. Aquele que quer desviar do dever a uma filha, querendo
confundir as suas idéias acerca das claras e positivas ordens de Deus de
obedecer e honrar aos pais, não é a pessoa que seria fiel às obrigações
matrimoniais. ... "Não furtarás" (Êxo. 20:15), foi escrito pelo dedo de
Deus sobre as tábuas de pedra; no entanto, quantos furtos clandestinos
de afeições não são praticados e desculpados! Mantém-se um namoro
enganoso, seguem-se comunicações privadas, até que as afeições de uma
pessoa inexperiente e que não sabe até que ponto se podem desenvolver
essas coisas, são em certa medida desviadas dos pais e dedicadas ao que
demonstra, pelo seu procedimento, que é indigno de seu amor. A Bíblia
condena toda espécie de desonestidade. ... Esta maneira desleal em que
se levam avante namoros e casamentos é a causa de grande quantidade
de miséria, cuja inteira extensão só Deus conhece. Nesse recife milhares
sofreram o naufrágio da alma. Cristãos professos, cuja vida é assinalada
pela integridade, e que parecem sensatos em todos os outros assuntos,
neste cometem terríveis erros.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág.
58.
33) O modo secreto pelo qual se fazem os namoros e casamentos é causa de
grande quantidade de miséria?
“O modo secreto pelo qual se fazem os namoros e casamentos é causa de
grande quantidade de miséria, da qual só Deus conhece a completa
extensão. Nesse recife milhares sofreram o naufrágio da alma. Cristãos
professos, cuja vida é assinalada pela 8 integridade, e que parecem
prudentes quanto a qualquer outro assunto, neste cometem terríveis
erros.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 103
“A maldição de Deus repousa sobre muitas das inoportunas e
impróprias amizades que se formam nesta época atual.” WHITE, Ellen G.,
Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 102
16
34) Satanás emprega sua infernal sabedoria em vários artifícios, a fim de
enlaçar almas para a ruína?
“Satanás sabe exatamente com que elementos tem de tratar, e emprega
sua infernal sabedoria em vários artifícios, a fim de enlaçar almas para a
ruína. Observa cada passo que se dê, e faz muitas sugestões, e muitas
vezes estas sugestões são seguidas de preferência ao conselho da Palavra
de Deus. Essa rede perigosa, bem tecida, é habilmente preparada para
apanhar os jovens e desprevenidos. Pode achar-se muitas vezes
disfarçada sob um manto de luz; mas os que se tornam suas vítimas
trespassam-se a si mesmos com muitas dores. Em resultado, vemos
ruínas humanas por toda parte.” .” WHITE, Ellen G., Fundamentos da
Educação Cristã, Págs. 103-104
35) muitos jovens tem os nomes manchados nos registros do céu.
“A desconsideração para com o amor de uma mãe, e desonra da
solicitude de um pai, são pecados que se encontram registrados contra
muitos jovens. Um dos maiores erros ligados a este assunto é a idéia de
que os jovens e inexperientes não devem ser perturbados em suas
afeições, que não deve haver nenhuma interferência em sua experiência
amorosa. Se já houve um assunto que devesse ser considerado de todos
os pontos de vista, é este.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação
Cristã, Pág. 104
36) que tipos de perguntas devem ser feitas antes entrar (contrair) para o
casamento?
“Estudai cuidadosamente para ver se vossa vida matrimonial há de ser
feliz, ou desarmoniosa e infeliz. Fazei surgir as perguntas: Ajudar-me-á
esta união na escalada para o Céu? Aumentará meu amor a Deus? E
aumentará minha esfera de utilidade nesta vida? Se estas reflexões não
apresentarem nada em contrário, então prossegui, no temor de Deus.
Mas mesmo se assumistes compromisso, sem conhecerdes plenamente o
caráter da pessoa com quem vos pretendeis unir, não penseis que o
compromisso torne uma positiva necessidade fazerdes o voto de
casamento, e vos ligardes por toda a vida a uma pessoa que não podeis
amar nem respeitar. Sede muito cuidadosos em como fazeis
compromissos condicionais; mas melhor, muito melhor, é quebrardes o
compromisso antes do casamento do que vos separardes depois, como
muitos fazem.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág.
105
“O verdadeiro amor e uma planta que precisa ser cultivada. Que a
mulher que deseje uma união pacifica e feliz, e queira escapar a futuras
misérias e tristezas, indague, antes de entregar suas afeiçoes: Tem meu
pretendente uma mãe? Qual é a qualidade do caráter dela? Reconhece
ele suas obrigações para com ela? Tem consideração para com os seus
desejos e sua felicidade? Se ele não respeita nem honra a mãe,
porventura manifestará respeito e amor, bondade e atenção para com a
esposa? Passada a novidade do casamento, 9 continuará a amar-me?
Será paciente com os meus erros, ou crítico, imperioso e ditatorial? A
afeição verdadeira passará por alto muitos erros; o amor não os
distinguirá.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 105
17
37) O namoro, tal como é seguido hoje, é um artifício de engano e hipocrisia?
“O namoro, tal como é seguido hoje, é um artifício de engano e hipocrisia,
com o qual o inimigo das almas tem muito mais que ver do que o Senhor.
Se há coisa em que seja necessário o bom senso, é essa; mas o fato é que
ele é pouco exercitado nesse assunto.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista,
Pág. 55.
38) no namoro e no casamento deveis ter em vísta unicamente a glória de
Deus?
“Nem uma palavra deve ser proferida, nem uma ação praticada, que não
queirais que os santos anjos contemplem e registrem nos livros do alto.
Deveis ter em vista unicamente a glória de Deus. O coração só deve ter
afeição pura, santificada, digna dos seguidores de Jesus Cristo, exaltada
em sua natureza, e mais celeste que terrena. Qualquer coisa diferente é
aviltante, degradante no namoro; e o casamento não pode ser santo e
honroso aos olhos de um Deus puro e santo, a menos que seja segundo
os exaltados princípios bíblicos.” .” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista,
Pág. 55.
39) ficar até tarde da noite namorando desagrada a Deus?
“O hábito de ficarem acordados até tarde da noite é costume; porém isto
não agrada a Deus, ainda que sejais ambos cristãos. Essas horas
impróprias são prejudiciais à saúde, incapacitam a mente para os
deveres do dia seguinte, e têm aparência do mal. Meu irmão, espero que
tenhas suficiente respeito próprio para evitar essa forma de namoro. Se
tiveres unicamente em vista a glória de Deus, teus passos serão dados
com estudada cautela. Não permitirás que o sentimentalismo amoroso te
cegue de tal maneira a visão que não possas discernir os elevados
direitos de Deus sobre ti como cristão.” WHITE, Ellen G., O Lar
Adventista, Pág. 56.
40) os anjos de satanás estão de vigia aos que passam grande parte da noite
namorando?
“Os anjos de Satanás estão de vigia aos que passam grande parte da
noite namorando. Fossem os seus olhos abertos, e veriam um anjo a
fazer o relatório de suas palavras e atos... Seria mais próprio deixar
algumas horas do namoro antes do casamento para a vida de casados.
Mas em geral o casamento acaba com toda devoção manifestada durante
os dias do noivado. Estas horas desperdiçadas da meia-noite, nessa
época de depravação, levam com freqüência à ruína ambas as partes
empenhadas. Satanás exulta e Deus é desonrado quando homens e
mulheres se desonram a si mesmos. O bom nome da honra é 10
sacrificado sob o acesso de paixões, e o casamento dessas pessoas não
pode ser solenizado sob a aprovação de Deus. Casaram-se porque a
paixão os impulsionou, e quando a novidade do fato houver passado,
começarão a compreender o que fizeram.” WHITE, Ellen G., O Lar
Adventista, Pág. 56.
41) brincar com corações é um crime aos olhos de Deus?
18
“Brincar com corações não é um crime de pequena
magnitude aos olhos de um Deus santo. E todavia alguns
mostrarão preferência por moças e lhes despertarão as
afeições, e depois vão-se embora e esquecem tudo quanto
disseram e o efeito que isto causou. Um novo rosto os atrai, e
eles repetem as mesmas palavras, dispensam a outra as
mesmas atenções. Esta disposição se manifestará na vida de
casados. A relação conjugal não torna sempre firme o
espírito volúvel, constante o que vacila, e fiel aos princípios.
Eles se cansam da constância, e os pensamentos profanos se
manifestarão em profanas ações. Quão essencial é, pois, que
os jovens de tal modo cinjam os lombos de seu espírito e
cuidem de seu proceder de modo que Satanás não os possa
iludir para se desviarem do caminho da justiça!” WHITE, Ellen
G., O Lar Adventista, Pág. 57.
42) casar com um descrente é colocar-se debaixo da negra bandeira de
satanás?
“Alega-se por vezes que o incrédulo é favorável à religião, e é tudo
quanto se poderia desejar para um companheiro, a não ser uma coisa:
não ser cristão. Se bem que o melhor discernimento do crente lhe sugira
ser inconveniente unir-se para toda a vida com uma pessoa que não
partilha da fé, todavia, em nove casos em cada dez, triunfa a inclinação. O
declínio espiritual começa no momento em que se proferem os votos no
altar; o fervor religioso é arrefecido, e vão sendo derribadas uma após
outra as fortalezas, até que se encontram ambos unidos sob a negra
bandeira de Satanás. Mesmo nos festejos das bodas, o espírito mundano
triunfa da consciência, da fé e da verdade. No novo lar não é respeitada a
hora da oração. A noiva e o noivo preferiram-se um ao outro e
despediram a Jesus.” !” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 65.
43) qual é uma razão suficiente para que se não consume tal união (casar-se
com um incrédulo)?
“O incrédulo poderá ser dotado de excelente caráter moral; o fato, de que
ele ou ela não atendeu às reivindicações de Deus, e negligenciou tão
grande salvação, é razão suficiente para que se não consume tal união.”
WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 63.
44) depois do casamento, a palavra de deus tona-se um incômodo para o
incrédulo?
“A princípio talvez o incrédulo não manifeste oposição; quando, porém,
é apresentado à sua atenção o assunto da verdade bíblica, para que o
considere, ergue-se imediatamente o sentimento: "Você casou comigo
sabendo que eu era o que sou; não 11 quero ser incomodado. Daqui em
diante fique entendido que são proibidas as conversas sobre seus
peculiares pontos de vista." Caso o crente manifeste qualquer zelo
especial com relação a sua fé, pareceria descortês para com aquele que
não toma nenhum interesse na vida cristã.” WHITE, Ellen G., O Lar
Adventista, Pág. 65
.
19
45) unir-se a um incrédulo é pôr um ponto final na vida religiosa?
“Coisa perigosa é formar uma aliança mundana. Bem sabe Satanás que o
momento que testemunha o enlace de muitos rapazes e moças, põe um
ponto final em sua história religiosa, em sua utilidade nesse sentido.
Acham-se perdidos para Cristo. Poderão, por algum tempo, fazer um
esforço para viver a vida cristã; todos esses esforços, no entanto, são
feitos contra decidida corrente em sentido contrário. Outrora era para
eles um privilégio e prazer falar acerca de sua fé e esperança; chegam,
porém, a relutar para mencionar tal assunto, sabendo que aquele com
quem uniram o destino não tem nenhum interesse no mesmo. Em
consequência, perece no coração a fé na preciosa verdade, e Satanás tece
perigosamente em torno deles uma rede de dúvida.” WHITE, Ellen G., O
Lar Adventista, Pág. 66
46) quem se casa com um incrédulo comete três erros? 1° cocloca-se no
território de satanás; 2° ofende o Espírito santo 3° e perde a proteção do
espírito Deus?
“Unires-te a um incrédulo é colocares-te no terreno de Satanás. Ofendes
o Espírito de Deus e perdes Sua proteção. Podes sujeitar-te a tão terríveis
desvantagens na peleja da batalha pela vida eterna?... Pergunta-te a ti
mesma: "Não desviará um marido descrente os meus pensamentos de
Jesus? Ele é amante dos prazeres mais do que amante de Deus; não me
levará a apreciar as coisas de que gosta?" O caminho para a vida eterna é
íngreme e áspero. Não tomes sobre ti fardos além dos necessários, que
retardam o teu progresso... O coração anela o amor humano, mas esse
amor não é bastante forte, ou bastante puro, ou precioso bastante, para
suprir o lugar do amor de Jesus... Que a mulher se entregue a Cristo antes
de se entregar a qualquer amigo terreno, e não assuma qualquer relação
que entre em atrito com isso... Minha irmã, a menos que desejes ter um
lar de onde nunca se levantem as sombras, não te unas com um homem
que é inimigo de Deus.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 67
47_o namoro e o casamento só é aprovado por Deus quando o incrédulo se
converte e aceita os reclamos divinos da palavra de Deus?
“Que deve fazer todo crente quando levado a essa posição difícil para a
solidez dos princípios religiosos? Com firmeza digna de imitação, ele
deve dizer francamente: "Sou um cristão consciencioso. Creio que o
sétimo dia da semana é o sábado bíblico. Nossa fé e princípios são tão
diversos que levam a direções opostas. Não nos é possível ser felizes
juntos, pois se prossigo em adquirir mais perfeito conhecimento da
vontade de Deus, me tornarei mais e mais diferente do mundo, e mais me
assemelharei a Cristo. Se você continua a não ver nenhuma beleza em
Jesus, nenhuma atração na verdade, amará o mundo, que eu não posso
amar, ao passo que eu me deleitarei nas coisas de Deus, a que você não
pode ter amor. As coisas espirituais discernem-se espiritualmente. Sem
discernimento espiritual você será incapaz de ver os direitos que Deus
tem sobre mim, ou de avaliar minhas obrigações para com o Mestre a
quem sirvo; então você achará que o negligencio por causa de meus
deveres religiosos. Não se sentirá feliz; terá ciúmes da afeição que
consagro a Deus; e me sentirei só em minha crença religiosa. Quando se
mudarem seus pontos de vista, quando seu coração atender aos
reclamos de Deus, e aprender a amar a meu Salvador, então poderemos
reatar nossas relações.“ WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Págs. 67-68
20
48) Por mais puros e corretos que sejam os princípios de um, a influência de
um companheiro ou companheira incrédula terá uma tendência para afastar
de Deus?
" Pessoa alguma que tema a Deus, pode, sem perigo, ligar-se a outra que
O nao tema. “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” Amos
3:3. A felicidade e prosperidade da relação matrimonial depende da
unidade dos cônjuges; mas entre o crente e o O casamento de Isaque 145
incrédulo ha uma diferença radical de gostos, inclinações e propósitos.
Estão a servir dois senhores, entre os quais nao pode haver concórdia.
Por mais puros e corretos que sejam os princípios de um, a influencia de
um companheiro ou companheira incrédula terá uma tendência para
afastar de Deus." WHITE, Ellen G., Patriarcas e Profetas, Pág. 119 (2007)
49) Só em Cristo é que se pode com segurança entrar para o casamento?
“Só em Cristo é que se pode com segurança entrar para o casamento. O
amor humano deve fazer derivar do amor divino os seus laços mais
íntimos. Só onde Cristo reina é que pode haver afeição profunda,
verdadeira e altruísta.” WHITE, Ellen G., A Ciência do Bom Viver, Pág.
358.
“Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.” João: 13.17.
FIM
Um abraço do Amigo e Irmão
"Ribamar Cantanhede"

Recomendados

11. namoro e casamento
11. namoro e casamento11. namoro e casamento
11. namoro e casamentopohlos
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFLucas Martins
 
O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.Paula Querino
 
Divórcio e novo casamento revista ultimato
Divórcio e novo casamento revista ultimatoDivórcio e novo casamento revista ultimato
Divórcio e novo casamento revista ultimatoLUÍS CLÁUDIO REOLIVE
 
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamentoEstudo bíblico para jovens -  namoro noivado e casamento
Estudo bíblico para jovens - namoro noivado e casamentoR Gómez
 
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblicaDivórcio e novo casamento uma visão realista e biblica
Divórcio e novo casamento uma visão realista e biblicaASD Remanescentes
 
Jovens estudo 5 - Namoro e Casamento
Jovens estudo 5 - Namoro e CasamentoJovens estudo 5 - Namoro e Casamento
Jovens estudo 5 - Namoro e Casamentouriank
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,Felicio Araujo
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Gerson G. Ramos
 
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9Natalino das Neves Neves
 
Lição 3 "Obediência e Adoração".
Lição 3 "Obediência e Adoração".Lição 3 "Obediência e Adoração".
Lição 3 "Obediência e Adoração".Marcus Wagner
 
260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento
260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento
260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamentoantonio ferreira
 
Divorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotiaDivorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotiaEduardo Sousa Gomes
 
Buscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com DeusBuscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com DeusPastor Wanderley
 
Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01
Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01
Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01Patricia Machado
 
Sê o exemplo
Sê o exemploSê o exemplo
Sê o exemploADPC109
 
A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.Márcio Martins
 
O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12
O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12
O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12Natalino das Neves Neves
 

Mais procurados (20)

O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,O desafio de ser um cristão contemporâneo,
O desafio de ser um cristão contemporâneo,
 
O divórcio, a lei e jesus
O divórcio, a lei e jesusO divórcio, a lei e jesus
O divórcio, a lei e jesus
 
Conectando a fé cristã ao mundo do jovem
Conectando a fé cristã ao mundo do jovemConectando a fé cristã ao mundo do jovem
Conectando a fé cristã ao mundo do jovem
 
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
Resumo_Reavivamento: nossa grande necessidade_132013
 
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
 
Lição 6 - Bênçaos da justificação
Lição 6 - Bênçaos da justificaçãoLição 6 - Bênçaos da justificação
Lição 6 - Bênçaos da justificação
 
Lição 3 "Obediência e Adoração".
Lição 3 "Obediência e Adoração".Lição 3 "Obediência e Adoração".
Lição 3 "Obediência e Adoração".
 
Como ser-amigo-de-deus2
Como ser-amigo-de-deus2Como ser-amigo-de-deus2
Como ser-amigo-de-deus2
 
Lição 13 - O jovem e a lei do amor
Lição 13 - O jovem e a lei do amorLição 13 - O jovem e a lei do amor
Lição 13 - O jovem e a lei do amor
 
260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento
260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento
260108454 kenneth-e-hagin-casamento-divorcio-e-novo-casamento
 
Divorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotiaDivorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotia
 
Buscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com DeusBuscando a intimidade com Deus
Buscando a intimidade com Deus
 
Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01
Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01
Sheliacooley oporqudohmen-rev-110708142646-phpapp01
 
Deus, o Senhor Está me Ouvindo?
Deus, o Senhor Está me Ouvindo?Deus, o Senhor Está me Ouvindo?
Deus, o Senhor Está me Ouvindo?
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
Sê o exemplo
Sê o exemploSê o exemplo
Sê o exemplo
 
O PORQUE DO HÍMEM - Shelia Cooley
O PORQUE DO HÍMEM - Shelia Cooley   O PORQUE DO HÍMEM - Shelia Cooley
O PORQUE DO HÍMEM - Shelia Cooley
 
A familia 2
A familia 2A familia 2
A familia 2
 
A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.
 
O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12
O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12
O Governo da Igreja Local - 2019 LBJ 2 TRI Lição 12
 

Semelhante a Namoro e casamento

Um Chamado à Separação - A. W. Pink
Um Chamado à Separação - A. W. PinkUm Chamado à Separação - A. W. Pink
Um Chamado à Separação - A. W. PinkSilvio Dutra
 
O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +
O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +
O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +Quenia Damata
 
Um chamado à separação, por a. w. pink
Um chamado à separação, por a. w. pinkUm chamado à separação, por a. w. pink
Um chamado à separação, por a. w. pinkSilvio Dutra
 
O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014
O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014
O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014Pr. Andre Luiz
 
Não ameis o mundo
Não ameis o mundoNão ameis o mundo
Não ameis o mundoAlmy Alves
 
Lição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGR
Lição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGRLição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGR
Lição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGRGerson G. Ramos
 
Slides Do Culto Zzzh 20 09 09 Dn
Slides Do Culto   Zzzh   20 09 09   DnSlides Do Culto   Zzzh   20 09 09   Dn
Slides Do Culto Zzzh 20 09 09 DnAlan Pinel
 
Informativo da família - 1º trimestre de 2016
Informativo da família - 1º trimestre de 2016Informativo da família - 1º trimestre de 2016
Informativo da família - 1º trimestre de 2016Pastor Marcello Rocha
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRGerson G. Ramos
 
Namoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideNamoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideSeduc MT
 
Namoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRA
Namoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRANamoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRA
Namoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRASeduc MT
 
Sermão em Tiago 4.13-17
Sermão em Tiago 4.13-17Sermão em Tiago 4.13-17
Sermão em Tiago 4.13-17marckmel
 
Lição 02 a obediência como adoração
Lição 02   a obediência como adoraçãoLição 02   a obediência como adoração
Lição 02 a obediência como adoraçãoboasnovassena
 

Semelhante a Namoro e casamento (20)

Um Chamado à Separação - A. W. Pink
Um Chamado à Separação - A. W. PinkUm Chamado à Separação - A. W. Pink
Um Chamado à Separação - A. W. Pink
 
O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +
O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +
O adolescente e o mundo - Lição 8, Adolescer +
 
Um chamado à separação, por a. w. pink
Um chamado à separação, por a. w. pinkUm chamado à separação, por a. w. pink
Um chamado à separação, por a. w. pink
 
O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014
O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014
O perigo da busca pela autorrealização humana - Lição 10 - 3°Tri.2014
 
O Lar Adventista - Estudo 09
O Lar Adventista - Estudo 09O Lar Adventista - Estudo 09
O Lar Adventista - Estudo 09
 
Não ameis o mundo
Não ameis o mundoNão ameis o mundo
Não ameis o mundo
 
O NAMORO.pptx
O NAMORO.pptxO NAMORO.pptx
O NAMORO.pptx
 
Lição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGR
Lição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGRLição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGR
Lição 1342015 - Lições de Jeremias + textos_GGR
 
Separacao
SeparacaoSeparacao
Separacao
 
Vencendo pecado
Vencendo pecadoVencendo pecado
Vencendo pecado
 
O casamento misto
O casamento mistoO casamento misto
O casamento misto
 
Slides Do Culto Zzzh 20 09 09 Dn
Slides Do Culto   Zzzh   20 09 09   DnSlides Do Culto   Zzzh   20 09 09   Dn
Slides Do Culto Zzzh 20 09 09 Dn
 
Informativo da família - 1º trimestre de 2016
Informativo da família - 1º trimestre de 2016Informativo da família - 1º trimestre de 2016
Informativo da família - 1º trimestre de 2016
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
 
Namoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideNamoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slide
 
Namoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRA
Namoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRANamoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRA
Namoro Cristão. Uma bênção de Deus. PALESTRA
 
Namorocristo 130826103905-phpapp02
Namorocristo 130826103905-phpapp02Namorocristo 130826103905-phpapp02
Namorocristo 130826103905-phpapp02
 
Sermão em Tiago 4.13-17
Sermão em Tiago 4.13-17Sermão em Tiago 4.13-17
Sermão em Tiago 4.13-17
 
Lição 02 a obediência como adoração
Lição 02   a obediência como adoraçãoLição 02   a obediência como adoração
Lição 02 a obediência como adoração
 
Jovens do Senhor
Jovens do SenhorJovens do Senhor
Jovens do Senhor
 

Mais de RibamarCantanhede3 (13)

O rico e o mendigo
O rico e o mendigo   O rico e o mendigo
O rico e o mendigo
 
Sábado o coração da lei
Sábado   o coração da leiSábado   o coração da lei
Sábado o coração da lei
 
Romanos 14
Romanos 14Romanos 14
Romanos 14
 
Sábado o coração da lei
Sábado   o coração da leiSábado   o coração da lei
Sábado o coração da lei
 
Perguntas sobre a divindade
Perguntas sobre a divindadePerguntas sobre a divindade
Perguntas sobre a divindade
 
Os sete selos do apocalípse
Os sete selos do apocalípseOs sete selos do apocalípse
Os sete selos do apocalípse
 
O rico e o mendigo
O rico e o mendigoO rico e o mendigo
O rico e o mendigo
 
O lençol zoológico de pedro
O lençol zoológico de pedroO lençol zoológico de pedro
O lençol zoológico de pedro
 
O decálogo
O decálogo O decálogo
O decálogo
 
O cristão e a política
O cristão e a políticaO cristão e a política
O cristão e a política
 
Jesus e a tradição dos anciãos
Jesus e a tradição dos anciãosJesus e a tradição dos anciãos
Jesus e a tradição dos anciãos
 
Conselhos sobre jogos
Conselhos sobre jogosConselhos sobre jogos
Conselhos sobre jogos
 
Apostasia
ApostasiaApostasia
Apostasia
 

Último

ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...Denise Aguiar
 
Oração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoOração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoNilson Almeida
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Joary Jossué Carlesso
 
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptIgrejadoVerbo
 
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosOrações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosNilson Almeida
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxCelso Napoleon
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para CriançasNilson Almeida
 
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Nilson Almeida
 
Oração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às CriançasOração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às CriançasNilson Almeida
 
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdfIntercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdfDenivalSouza1
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalNilson Almeida
 
Coletânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações CristãsColetânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações CristãsNilson Almeida
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraNilson Almeida
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Nilson Almeida
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoLindiomar Rios
 
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoOrações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoNilson Almeida
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoNilson Almeida
 

Último (20)

ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
ESTUDO DO LIVRO NOS BASTIDORES DA OBSESSÃO REALIZADA - GRUPO FRATERNIDADE - I...
 
Oração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoOração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus Cristo
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
 
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
 
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosOrações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
 
Oração Do Segredo
Oração Do SegredoOração Do Segredo
Oração Do Segredo
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para Crianças
 
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
 
Oração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às CriançasOração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às Crianças
 
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdfIntercessão e batalha espiritual Débora.pdf
Intercessão e batalha espiritual Débora.pdf
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração Original
 
Orações Do Cristão
Orações Do CristãoOrações Do Cristão
Orações Do Cristão
 
Coletânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações CristãsColetânea De Orações Cristãs
Coletânea De Orações Cristãs
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa Senhora
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra
 
Prece De Caritas
Prece De CaritasPrece De Caritas
Prece De Caritas
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
 
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoOrações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
 

Namoro e casamento

  • 1. 1 Namoro e Casamento com Descrentes Edição Revisada e Ampliada Ribamar Cantanhede Mestre e Doutor em Teologia
  • 2. 2 Texto Básico: II Cornetos: 6:14-17 1) O que não devemos amar e porque? “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procedem do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente.” I João: 2:15-17. O mundo é tudo e qualquer coisa que afasta as pessoas de Deus, que pões as pessoas na contra mão de Deus, É o sistema de rebelião e orgulho que busca destituir a Deus e seu governo. O mundo aqui é tudo aquilo que é contrário w estranho a vontade divina. "Aqueles que estão sempre se aproximando um pouco mais do mundo e se tornando mais semelhantes a eles em sentimentos, planos, idéias, deixaram um espaço entre eles e o Salvador, e Satanás abriu caminho para dentro esse espaço e planos egoístas e mesquinhos, contaminados pelo mundo, se entrelaçam com sua experiência ( The Review and Herald, 7 de junho de 1887 ). {7BC 949,4}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 7, Pág. 949, Parágrafo 4 "Como os amantes do mundo tornam a religião subserviente ao mundo, Deus exige que Seus adoradores subordinem o mundo à religião. As coisas do mundo, que perecem com o uso, não devem ser consideradas em primeiro lugar; essas não são a moeda de ouro do céu. Deus não estampou sobre eles Sua imagem e inscrição ( Manuscrito 16, 1890 ). {7BC 949,5}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 7, Pág. 949, Parágrafo 5 2) O que é o mundo em I João 2:25-17? "Na maioria dos casos, ele transmite uma imagem do mundo como estranho e hostil a Deus e em oposição ao Seu reino... quando João exorta seus leitores a não amar o mundo, não está pensando na terra ao sair das mãos do Criador, mas em elementos terrestres, animados e inanimados que Satanás arregimentou em rebelião contra Deus." SÉTIMO DIA, Comentario Bíblico Adventista do, Vol. 7, Pág. 706 "Coisas que não são úteis devem ser totalmente evitadas, e muitas coisas boas em si mesmas podem estar entre o homem e Deus. Casas e terras, roupas e móveis, parentes e amigos, são bens que valem a pena, mas não devem « se tornar centro de atenção, em detrimento da vida espiritual que substitui Deus, como um ídolo (ver com. de Mt 10:37; Lc 14:26). Sem dúvida, é o eu que finalmente se interpõe entre a pessoa e Deus." SÉTIMO DIA, Comentario Bíblico Adventista do, Vol. 7, Pág. 706 Observe em L João 2:17: "aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente" 3) qual é a Vontade de Deus ( o Pai)?
  • 3. 3 “Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus.” I Tessalonicenses: 4.3-5. “... porque Deus julgará os impuros e adúlteros.” Hebreus: 13.4 (ver. Gál. 5.19). “Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” Tiago: 4:4. Observe no texto acima: "constitui-se "inimigo de Deus" Agora compare com o texto abaixo: “Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.” Romanos: 8.7. 4) o que devemos fazer? “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” Tiago: 4.7. “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; Resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.” I Pedro: 5.8-9. “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” I João: 5.4. 5) o que a conformidade com o mundo consegue minar? "A conformidade com o mundo é um pecado que está minando a espiritualidade de nosso povo, e seriamente prejudicando a sua utilidade. Inútil é proclamar ao mundo a mensagem de advertência, enquanto a negamos nas realizações da vida diária. — The Review and Herald, 28 de Março de 1882" WHITE, Ellen G., Evangelismo, Pág. 272 Todas as combinações com incrédulos que se ligam como um jugo devem ser quebradas. ".... WHITE, Ellen G., Manuscript Releases, Vol. 8, Pág. 108. “Qualquer união com um descrente que ponha em risco a lealdade exclusiva do cristão para com Deus deve ser estritamente evitada”. WHITE, Ellen G., Manuscript Releases, Vol. 8, Pág. 107. 6) como devemos viver no presente século? “Educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente.” Tito: 2:12. 7) do que devemos nos abstermos?
  • 4. 4 “Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma.” I Pedro: 2:11. 8) como devemos apresentar a nossa vida diante de Deus? "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” – Romanos: 12:1-2. 9) porque não devemos manter relações (namoro, casamento, amizade) com os incrédulos “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.” II Coríntios: 6:14-16. "Este trecho da carta consiste de uma advertência contra qualquer tipo de associação com descrentes que possa colocar os cristãos em situações nas quais seja difícil ou impossível evitar fazer concessões espirituais. Essa proibição inclui o relacionamento conjugal (ver com. de 2Co 7:1)... A diferença em ideais e conduta entre cristãos e não cristãos é tão grande que, ao entrar em qualquer relacionamento (casamento, negócios, etc.), os cristãos são confrontados com situações em que têm de abandonar princípios ou enfrentar dificuldades. Entrar em tal união é desobedecer a Deus e negociar com o diabo... Quando se trata de um relacionamento de vinculação como o casamento, o cristão que verdadeiramente ama o Senhor de modo algum se unirá a um descrente, mesmo na piedosa ou louvável esperança de conquistá-lo para Cristo... Por trás de tudo o que é verdadeiro, santo e justo estão as forças sobrenaturais do universo, conduzidas por Cristo. Por trás de tudo o que é mau e desprezível estão as forças sobrenaturais das trevas, conduzidas por Satanás. Todo o mundo está alinhado atrás de um ou outro líder (l Pe 5:8-9; Ap 12:11). A escolha humana entre esses dois governantes deve ser clara e decidida. Cristo é o príncipe da luz (Jo 1:9; 8:12). Seus seguidores são chamados de filhos da luz (Mt 5:14; Jo 12:36; Ef 5:8). Eles caminham na luz e o destino deles é a cidade de luz, na qual não há trevas (Jo 12:35, 36; l Ts 5:4, 5; ljo l:5-7;Ap 22:5). Satanás é o príncipe das trevas (Cl 1:13). Seus seguidores são os filhos das trevas (Jo 3:19; Ef 5:11). Eles caminham nas trevas, e seu destino é a escuridão eterna (Mt 22:13; 25:30; 2Pe 2:17; ljo 1:6; Jd 13). 16. Ligação. Ou, “concordar”, “consentir” (Lc 23:51). Não pode haver aliança entre Cristo e Satanás, entre o verdadeiro Deus e os falsos deuses, entre o cristianismo e o paganismo. Paulo declara que uma aliança entre crentes e descrentes é igualmente inconcebível." SÉTIMO DIA, Comentário Bíblico Adventista do, Vol. 6, Págs. 966-967 "O mundo é o instrumento que peneira a igreja e testa a autenticidade de seus membros. O mundo oferece incentivos que, quando aceitos, colocam o crente onde sua vida não está em harmonia com sua profissão ... {6BC 1102.5}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102, Parágrafo 5
  • 5. 5 "Se você seguir em direção ao céu, o mundo se esfregará fortemente contra você. A cada passo você terá que abrir caminho contra Satanás e seus anjos maus e contra todos os que transgridem a lei de Deus. Autoridades terrenas se interporão. Você encontrará tribulações, contusões do espírito, discursos duros, ridículo, perseguições. Os homens exigirão sua conformidade com as leis e costumes que os tornariam desleal a Deus. Aqui é onde o povo de Deus encontra a cruz no caminho para a vida ( Manuscrito 3, 1885 ). {6BC 1102,6}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102, Parágrafo 6 "17, 18( Colossenses 3: 2; veja EGW em Provérbios 1:10 ; Romanos 6: 1-4 ). Cortar cada gavinha terrestre—Muitos cristãos professos são bem representados pela videira que se arrasta no solo e se enreda em seus ramos nas raízes e no lixo que se encontra em seu caminho. A todos esses vem a mensagem: “Saí do meio deles e separai-vos, diz o Senhor, e não toqueis em coisa impura; e eu vos receberei e serei um Pai para vós e sereis meus filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso. ” Existem condições a cumprir se quisermos ser abençoados e honrados por Deus. Devemos nos separar do mundo e recusar-nos a tocar nas coisas que separam nossas afeições de Deus. Deus tem os primeiros e mais elevados direitos sobre Seu povo. Ponha suas afeições nEle e nas coisas celestiais. Seus tentáculos devem ser separados de tudo o que é terreno. {6BC 1102,7}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102, Parágrafo 7 "Você é exortado a não tocar em nada impuro; pois ao tocar nisso, você mesmo se tornará impuro. É impossível para você se unir àqueles que são corruptos e ainda permanecer puros. “Que sociedade tem a justiça com a injustiça? e que comunhão tem a luz com as trevas? e que concórdia tem Cristo com Belial? " Deus e Cristo e as hostes celestiais desejam que o homem saiba que, se ele se unir aos corruptos, se corromperá. Amplo provimento foi feito para que possamos ser levantados das planícies da terra, e ter nossas afeições firmadas em Deus e nas coisas celestiais ( The Review and Herald, 2 de janeiro de 1900 ). {6BC 1102,8}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 6, Pág. 1102, Parágrafo 8 "Não devemos coligar-nos a pessoas mundanas, para não ficar imbuídos de seu espírito, para que o nosso discernimento espiritual não se torne confuso e encaremos os que têm a verdade e levam a mensagem do Senhor do ponto de vista das pretensas igrejas cristãs. Ao mesmo tempo, porém, não devemos ser como os fariseus e manter-nos afastados delas. — The Ellen G. White 1888 Materials, 1.161." WHITE, Ellen G., Eventos Finais, Págs. 84-85. “Foi-me mostrada a necessidade dos que crêem estarmos tendo a última mensagem de misericórdia, de se separarem dos que estão diariamente absorvendo novos erros. Vi que nem jovens e nem velhos devem assistir a suas reuniões; pois é errado assim encorajá-los enquanto ensinam o erro que é veneno mortal para a alma e doutrinas que são mandamentos de homens. A influência de tais reuniões não é boa. Se Deus nos libertou de tais trevas e erros, devemos ficar firmes na liberdade com que Ele nos tornou livres e regozijar na verdade. Deus Se desagrada de nós quando assistimos ao erro sem a isso ser obrigados; pois a menos que Ele nos envie a essas reuniões onde o erro é inculcado ao povo pelo poder da vontade, Ele não nos guardará. Os anjos cessam seu vigilante cuidado sobre nós, e somos deixados aos açoites do inimigo, deixados a ser entenebrecidos e debilitados por ele e pelo poder dos seus anjos maus; e a luz ao nosso redor fica contaminada com as trevas.” WHITE, Ellen G., Primeiros Escritos, Págs. 124-125.
  • 6. 6 "O apóstolo Paulo declara que é impossível aos filhos de Deus unirem-se aos mundanos: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis.” 2 Coríntios 6:14. Isso não se refere apenas ao casamento; qualquer estreita relação de confiança ou parceria com aqueles que não amam a Deus ou à verdade é uma cilada. E ele continua: “Que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei e entre eles andarei; e Eu serei o seu Deus, e eles serão o Meu povo.” 2 Coríntios 6:14-16. Considerando esses fatos, exclama o apóstolo: “Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus.” 2 Coríntios 7:1... Os filhos da luz e do dia não devem se deixar envolver pelas sombras da noite e das trevas que acompanham os obreiros da iniqüidade. Pelo contrário, têm de permanecer fielmente no posto do dever como portadores de luz, captando luz de Deus para lançá-la sobre os que se encontram em trevas. O Senhor requer que Seu povo mantenha sua integridade, não tocando — isto é, não imitando — as práticas dos ímpios. Os cristãos serão neste mundo uma “nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus”, proclamando as virtudes dAquele que os chamou “das trevas para a Sua maravilhosa luz”. 1 Pedro 2:9. Essa luz não deve ser obscurecida, mas tem de brilhar mais e mais até ser dia perfeito. Os que carregam a bandeira de Cristo nunca fogem ao dever. Eles têm um inimigo vigilante que está à espreita para tomar de assalto a fortaleza. Alguns dos professos atalaias de Cristo convidam o inimigo a penetrar nas fortificações e misturar-se com eles, e em seus esforços para satisfazer- se, acabam com a distinção entre os filhos de Deus e os de Satanás. WHITE, Ellen G., Testemunhos Para a Igreja, Vol., 5, Págs. 13-14 10) qual é o dever da Igreja para com o mundo? "O dever da igreja para com o mundo não é descer a suas idéias e aceitar- lhe as opiniões, as sugestões, mas atender as palavras de Cristo por meio de Seu servo Paulo: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? e que comunhão tem a luz com as trevas? e que concórdia há entre Cristo e Belial? ou que parte tem o fiel com o infiel?” Isto significa em sentido especial, o casamento com os incrédulos... O assunto é colocado diante de nós em seu devido aspecto. Levanta-se a pergunta: “E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; Eu serei o seu Deus e eles serão o Meu povo. Pelo que saí do meio deles e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo.” Que significa isto? — As sugestões, as obras más dos filhos da desobediência. Em caso algum deveis contaminar-vos com o espírito ou influência dos descrentes. Temei unir- vos ou ligar-vos em molhos com eles. Temei comunicar os trabalhos ligados com a causa do Senhor aos que nenhuma parte têm com Deus, nem simpatizam com os que amam a verdade de Deus. “E Eu vos receberei; e Eu serei para vós Pai e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor todo-poderoso.” WHITE, Ellen G., Testemunhos Para Ministros e Obreiros Evangélicos, Págs. 271-272 11) Deus deu alguma orientação ao seu povo no Antigo Testamento com relação ao casamento com os incrédulos?
  • 7. 7 “Quando o SENHOR, teu Deus, te introduzir na terra a qual passas a possuir, e tiver lançado muitas nações de diante de ti, os heteus, e os girgaseus, e os amorreus, e os cananeus, e os ferezeus, e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e mais poderosas do que tu; E o SENHOR, teu Deus, as tiver dado diante de ti, para as ferir, totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas; Nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações; não darás tuas filhas a seus filhos, nem tomarás suas filhas para teus filhos; Pois elas fariam desviar teus filhos de mim, para que servissem a outros deuses; e a ira do SENHOR se acenderia contra vós outros e depressa vos destruiria.” Deuteronômio: 7:1-4. "Nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações. Associação íntima com idólatras no lar afetaria não apenas o indivíduo, mas toda a nação (ver Êx 34: 15, 16). Salomão violou este princípio, tendo como resultado uma perda incalculável tanto pessoal como nacional (lRs 11:1). Não há alegria nem segurança na aliança com os que não amam nem servem a Deus (lCo 6:14-1 7). As trágicas experiências de Esaú (Gn 26:34, 35), Sansão (Jz 14:1) e outros testificam em favor da admoestação de se permanecer separado nesse sentido. 4. Desviar. O amor de um homem por sua esposa idólatra em geral, senão sempre, desviaria seu coração de Deus. Este era um perigo patente contra o qual advertiu Josué (Js 23: 11- 13)" SÉTIMO DIA, Comentário Bíblico Adventista do, Vol. 6, Pág. 1070 12) O casamento é o mais íntimo dos laços humanos e seu caráter santo era preservado na lei do Antigo Testamento? “O casamento é o mais íntimo dos laços humanos e seu caráter santo era preservado na lei do antigo testamento. O corolário é que o casamento não deve ser contraído com incrédulos, um principio repetido no novo testamento (I cor. 7.39). Israel não manteve sua pureza espiritual e sofreu por esse motivo. (salmos. 106.36-39).” GENEBRA, Bíblia de Estudo de Pág. 210.4 “Portanto, empenhai-vos em guardar a vossa alma, para amardes o SENHOR, vosso Deus. Porque, se dele vos desviardes e vos apegardes ao restante destas nações ainda em vosso meio, e com elas vos aparentardes, e com elas vos misturardes, e elas convosco, Sabei, certamente, que o SENHOR, vosso Deus, não expulsará mais estas nações de vossa presença, mas vos serão por laço e rede, e açoite às vossas ilhargas, e espinhos aos vossos olhos, até que pereçais nesta boa terra que vos deu o SENHOR, vosso Deus.” Josué: 23:11-13. 13) quais foram as consequências que o casamento de Esáu com mulheres incrédulas trouxe para Isaque e Rebeca? “Tendo Esaú quarenta anos de idade, tomou por esposa a Judite, filha de Beeri, heteu, e a Basemate, filha de Elom, heteu. “Ambas se tornaram amargura de espírito para Isaque e para Rebeca.” Gênesis: 26.34-35 (ver. Gn. 27.46; 28.1,8; 36.1-2; 34.1- 31; 38.1-30; Nem. 13.23-29). “Homens e mulheres professando piedade devem tremer ante o pensamento de entrar numa relação matrimonial com aqueles que não respeitam e obedecem aos mandamentos de Deus. Foi isto que abriu as comportas do pecado aos antediluvianos. Essa conexão com o mundo é
  • 8. 8 um desvio dos requisitos de Deus.” WHITE, Ellen G., Signes of the Times, 30 de dezembro de 1.880, Parágrafo 18 "Nessas alianças, a criatura recebe o amor que deve ser dado ao Criador. Há perigo em entrar em qualquer relação íntima com aqueles que não têm ligação com o Céu. Esta é a amizade que Inspiração chama de inimizade com Deus. Não podemos ter muito ciúmes de nós mesmos, para que, associando-nos com os mundanos, caiamos nos mesmos hábitos. Foi por essa razão que os israelitas foram ordenados a viver sozinhos, como um povo separado de todas as outras nações. A amizade dos inimigos do Senhor é mais temida do que sua inimizade; pois Satanás está constantemente trabalhando através de incrédulos inteligentes e agradáveis, para tentar o povo de Deus a pecar. {ST December 30, 1880, par. 19}" WHITE, Ellen G., Signes of the Times, 30 de dezembro de 1.880, Parágrafo 19 "Quando um mandamento do decalogue é quebrado, os degraus descendentes são quase certos. Quando as barreiras da modéstia feminina são removidas, a licenciosidade mais básica não parece exceder o pecado. Infelizmente, que resultados terríveis da influência da mulher para o mal podem ser testemunhados no mundo de hoje! Através dos fascínios de "mulheres estranhas", milhares são encarcerados em celas de prisão, muitos tiram suas próprias vidas, e muitos cortam a vida de outras. Como são verdadeiras as palavras de Inspiração: "Seus pés vão até a morte, seus passos tomam conta do inferno." {ST December 30, 1880, par. 20}" WHITE, Ellen G., Signes of the Times, 30 de dezembro de 1.880, Parágrafo 20 "Casamentos imprudentes são a maldição desta época. Tal aliança pode ser desastrosa para ambas as partes. Esse amor que não tem fundamento melhor do que a mera gratificação sensual será teimoso, cego e incontrolável. Honra, verdade, e todo nobre e elevado poder da mente, é trazido sob a escravidão das paixões. O homem que está preso nas cadeias dessa paixão é muitas vezes surdo à voz da razão e da consciência; nem argumento nem súplica pode levá-lo a ver a loucura de seu curso. {ST December 30, 1880, par. 17}" WHITE, Ellen G., Signes of the Times, 30 de dezembro de 1.880, Parágrafo 17 14) somos advertidos contra o mal exemplo deixado pelo Rei Salomão? "Ora, além da filha de Faraó, amou Salomão muitas mulheres estrangeiras: moabitas, amonitas, edomitas, sidônias e hetéias, 2 mulheres das nações de que havia o SENHOR dito aos filhos de Israel: Não caseis com elas, nem casem elas convosco, pois vos perverteriam o coração, para seguirdes os seus deuses. A estas se apegou Salomão pelo amor. 3 Tinha setecentas mulheres, princesas e trezentas concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração. 4 Sendo já velho, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração não era de todo fiel para com o SENHOR, seu Deus, como fora o de Davi, seu pai. 5 Salomão seguiu a Astarote, deusa dos sidônios, e a Milcom, abominação dos amonitas. 6 Assim, fez Salomão o que era mau perante o SENHOR e não perseverou em seguir ao SENHOR, como Davi, seu pai. 7 Nesse tempo, edificou Salomão um santuário a Quemos, abominação de Moabe, sobre o monte fronteiro a Jerusalém, e a Moloque, abominação dos filhos de Amom. 8 Assim fez para com todas as suas mulheres estrangeiras, as quais queimavam incenso e sacrificavam a seus deuses. 9 Pelo que o SENHOR se indignou contra Salomão, pois desviara o seu coração do SENHOR, Deus de Israel, que duas vezes lhe aparecera. 10 E acerca
  • 9. 9 disso lhe tinha ordenado que não seguisse a outros deuses. Ele, porém, não guardou o que o SENHOR lhe ordenara. 11 Por isso, disse o SENHOR a Salomão: Visto que assim procedeste e não guardaste a minha aliança, nem os meus estatutos que te mandei, tirarei de ti este reino e o darei a teu servo." I Reis: 11:1- 11 “Formando concerto com uma nação pagã, e selando o pacto pelo casamento com uma princesa idólatra, rejeitou Salomão temerariamente as sábias providências que Deus fizera para manter a pureza de Seu povo. A esperança de que essa esposa egípcia se convertesse não foi senão uma fraca desculpa ao pecado. Em violação de um positivo mandamento de permanecer separado de outras nações, o rei uniu sua força com o braço da carne.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 498. “Durante os anos da apostasia de Salomão, o declínio espiritual de Israel foi rápido. Como poderia ter sido diferente, se o seu rei se unira com agentes satânicos? Através desses agentes o inimigo operou para confundir a mente do povo com respeito ao verdadeiro e ao falso culto. Eles se tornaram presa fácil. O intercâmbio matrimonial com os pagãos tornou-se uma prática comum. Os israelitas depressa perderam sua repulsa pela idolatria. Adotaram-se costumes pagãos. Mães idólatras levaram seus filhos a observar ritos pagãos... Por meio do intercâmbio matrimonial com os idólatras e da constante associação com eles, Satanás ocasionou aquilo pelo que estivera labutando há muito tempo - a apostasia nacional.” .” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 499 15) Salomão tornou-se "Libertino e Efeminado" “Depois de haver sido um dos maiores reis que já empunharam um cetro, Salomão tornou-se um libertino, instrumento e escravo de outros. Seu caráter, outrora nobre e viril, tornou-se debilitado e efeminado. Sua fé no Deus vivo foi suplantada por dúvidas ateístas. A incredulidade mareou sua felicidade, enfraqueceu-lhe os princípios e degradou-lhe a vida. A justiça e magnanimidade dos primórdios de seu reinado, transmudara-se em despotismo e tirania. Pobre, frágil natureza humana Pouco pode Deus fazer por homens que perdem o senso de dependência dEle.” Durante esses anos de apostasia, o declínio espiritual de Israel progrediu firmemente. Como poderia ser diferente se seu rei havia unido seus interesses com forças satânicas? Através desses agentes o inimigo operou para confundir a mente dos israelitas com respeito ao verdadeiro e ao falso culto; e eles se tornaram presa fácil. O comércio com outras nações levou-os a íntimo contato com os que não tinham amor a Deus, e seu próprio amor por Ele foi grandemente diminuído. Seu agudo senso do elevado e santo caráter de Deus foi amortecido. Recusando seguir na trilha da obediência, transferiram sua vassalagem para o inimigo da justiça. Tornou-se comum a prática de intercâmbio matrimonial com idólatras, e os israelitas depressa perderam sua repulsa pela idolatria. A poligamia foi tolerada. Mães idólatras levaram seus filhos a observar ritos pagãos. “Na vida de alguns o puro culto religioso instituído por Deus foi substituído pela idolatria do mais negro matiz.” WHITE, Ellen G., Profetas e Reis, Pág. 24 (2007) 16) tudo isso aconteceu na vida de Salomão quando ele rejeitou a sabedoria Divina e passou a confiar em si mesmo?
  • 10. 10 “Mediante oração fervorosa e confiança em Deus, Salomão obteve a sabedoria que provocou o assombro e admiração do mundo. Quando, porém, se desviou da Fonte de sua força, e passou a confiar em si mesmo, caiu presa da tentação. Então as maravilhosas faculdades concedidas ao que foi o mais sábio dos reis, apenas o tornaram um agente mais eficaz do adversário das almas.” WHITE, Ellen G., O Grande Conflito, Pág. 509. "Todos os pecados e excessos de Salomão podem ser atribuídos ao seu grande erro: deixar de confiar em Deus para sabedoria e andar humildemente diante dele. {2BC 1031.1}“ WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 1 17) a vida de Salomão se tornou uma vida "Pervertida" (devassa, corrupta, degenerada, depravada, desmoralizada)?. "A lição para aprendermos com a história desta vida pervertida é a necessidade de contínua dependência dos conselhos de Deus; observar atentamente a tendência de nosso curso e reformar todos os hábitos calculados para nos tirar de Deus. Ensina-nos que são necessárias muita cautela, vigilância e oração para manter intactos a simplicidade e a pureza de nossa fé. Se alcançarmos a mais alta excelência moral e alcançarmos a perfeição do caráter religioso, que discriminação deve ser usada na formação de amizades e na escolha de um companheiro para a vida! {2BC 1031.2}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 2 18) muitos na atualidade cometem os mesmos erros de Salomão?. “Nunca houve um tempo na história terrestre em que essa advertência fosse mais apropriada do que na atualidade. Muitos professos cristãos pensam, como Salomão, que podem se unir com os descrentes porque sua influência sobre os que se acham no erro será benéfica; mas muitas vezes eles próprios, enredados e vencidos, cedem sua fé sagrada, sacrificam os princípios e separam-se de Deus. Um passo em falso induz a outro, até que afinal eles se colocam onde não podem esperar romper as cadeias que os prendem.” WHITE, Ellen G., fundamentos da Educação Cristã, Pág. 500. "Muitos, como o rei de Israel, seguem seus próprios desejos carnais e entram em casamentos não santificados. Muitos que começaram a vida com uma manhã justa e promissora, em sua esfera limitada, como Salomão havia em sua posição exaltada, por meio de um passo falso e irrevogável na relação matrimonial, perdem suas almas e levam os outros a arruiná-los. . Como as esposas de Salomão afastaram seu coração de Deus para a idolatria, os companheiros frívolos, que não têm profundidade de princípio, afastam o coração daqueles que antes eram nobres e fiéis, à vaidade, aos prazeres corruptos e ao vício sincero ( The Health Reformer Maio de 1878 ). {2BC 1031.3}"}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 3 "De Salomão, o registro inspirado diz: “Suas esposas afastaram seu coração depois de outros deuses: e seu coração não era perfeito para o Senhor, seu Deus.” {2BC 1031.4}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 4 "Este não é um tema a ser tratado com um sorriso. O coração que ama a Jesus não desejará os afetos ilegais de outrem. Todo desejo é suprido em
  • 11. 11 Cristo. Esse afeto superficial é do mesmo caráter que o gozo exaltado que Satanás prometeu a Eva. É cobiçoso o que Deus proibiu. Quando é tarde demais, centenas podem alertar outros a não se aventurarem no precipício. Intelecto, posição, riqueza nunca, nunca podem substituir as qualidades morais. Mãos limpas, coração puro e nobre e fervorosa devoção a Deus e à verdade que o Senhor estima acima da cunha de ouro de Ofir. Uma influência maligna tem um poder perpetuador. Eu gostaria de poder colocar esse assunto diante das pessoas que guardam os mandamentos de Deus, como me foi mostrado. Que a triste lembrança da apostasia de Salomão avise a toda alma que evite o mesmo precipício. Sua fraqueza e pecado são transmitidos de geração em geração. O maior rei que já usava um cetro, de quem se dizia que ele era o amado de Deus, por meio de afeição equivocada, ficou contaminado e foi miseravelmente abandonado por seu Deus. O governante mais poderoso da terra falhou em governar suas próprias paixões. Salomão pode ter sido salvo “como pelo fogo”, mas seu arrependimento não pôde apagar esses altos, nem demolir aquelas pedras, que permaneceram como evidência de seus crimes. Ele desonrou a Deus, preferindo ser controlado pela luxúria do que ser participante da natureza divina. Que legado a vida de Salomão comprometeu aqueles que usariam seu exemplo para cobrir suas próprias ações básicas. Nós devemos transmitir uma herança do bem ou do mal. Nossas vidas e nosso exemplo serão uma bênção ou uma maldição? As pessoas olham para nossos túmulos e dizem: Ele me arruinou ou me salvou? ...{2BC 1031,5}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 5 19) o caso de Salomão está diante de nós como um farol de advertência? "A lição a ser aprendida da vida de Salomão tem uma influência moral especial na vida dos idosos, daqueles que não estão mais subindo a montanha, mas estão descendo e encarando o sol ocidental. Esperamos ver defeitos nos personagens dos jovens que não são controlados pelo amor e pela fé em Jesus Cristo. Vemos a juventude oscilando entre o certo e o errado, vacilando entre o princípio fixo e a corrente quase dominadora do mal que os leva a arruinar. Mas daqueles em idade madura, esperamos coisas melhores. Procuramos que o caráter seja estabelecido, que os princípios sejam enraizados e que eles estejam além do perigo de poluição. Mas o caso de Salomão está diante de nós como um farol de advertência. Quando tu, velho peregrino que travou as batalhas da vida, pensas que estás atento para que não caias. Como, no caso de Salomão, era fraco, caráter vacilante, naturalmente ousado, firme e determinado, sacudido como uma cana ao vento sob o poder do tentador! Como foi um velho cedro retorcido do Líbano,um carvalho robusto de Basã, inclinado diante da explosão da tentação! Que lição para todos os que desejam salvar suas almas para assistir à oração continuamente! Que advertência para manter sempre a graça de Cristo em seus corações, combater as corrupções internas e as tentações externas! ( Carta 51, 1886 ). {2BC 1031.6}"}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1031, Parágrafo 6 20) enquanto a vida durar, é necessário guardar os afetos e as paixões com um propósito firme? "Enquanto a vida durar, é necessário guardar os afetos e as paixões com um propósito firme. Há corrupção interna, há tentações externas, e onde quer que a obra de Deus seja promovida, Satanás planeja arranjar circunstâncias para que a tentação venha com uma força avassaladora sobre a alma. Em nenhum momento podemos estar seguros apenas
  • 12. 12 quando confiamos em Deus, a vida oculta com Cristo em Deus ( Carta 8b, 1891 ). {2BC 1032.1}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 1 21) Salomão perdeu sua conexão com o céu e deu a Israel um exemplo tão enganoso que Deus não poderia justificá-lo? "Salomão perdeu sua conexão com o céu e deu a Israel um exemplo tão enganoso que Deus não poderia justificá-lo. Deus quebrou Sua aliança com Salomão porque Salomão era desleal. Se Salomão seguisse as instruções dadas, Deus teria trabalhado através dele para revelar ao mundo Seu poder e majestade. {2BC 1032.2}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 2 22) a nossa única segurança estar em andar no caminho do Senhor, colocando-se onde Ele pode realizar Sua vontade através nós?. "Os que hoje a quem o Senhor deu grande luz encontrarão sua única segurança em andar no caminho do Senhor, colocando-se onde Ele pode realizar Sua vontade através deles. Deus fará grandes coisas por aqueles que o aprenderem, não tendo conselho de si mesmos, mas daquele que nunca cometerá um erro. Nossa segurança, nossa sabedoria está em reconhecer e seguir as instruções de Deus. O conhecimento mais valioso que podemos obter é o conhecimento de Deus. Aqueles que andam humildemente diante dEle, amando-O supremamente e obedecendo à Sua Palavra, serão abençoados com sabedoria. Eles terão o conhecimento do céu para transmitir aos outros. A sabedoria é um presente de Deus, a ser mantido puro de toda contaminação. Sua posse impõe a todo aquele a quem é conferida uma obrigação peculiar de glorificar a Deus abençoando seus semelhantes. Ele deve sempre guardar diante dele o temor de Deus,{2BC 1032.3}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 3 "Removido um castiçal - Salomão conhecia a Deus quando ele estava seguindo os caminhos dos idólatras? - Não; ele havia esquecido a rica experiência de sua juventude e as orações que havia feito no templo. [ Apocalipse 2: 4, 5citado.] {2BC 1032.5}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 5 "O castiçal foi removido de seu lugar quando Salomão esqueceu de Deus. Ele perdeu a luz de Deus, perdeu a sabedoria de Deus, confundiu a idolatria com a religião ( The Review and Herald, 29 de março de 1892 ). {2BC 1032.6}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 6 23) como ficou conhecido o monte no qual Salomão ergueu um templo a Quemos e a Moloque? "Nesse tempo, edificou Salomão um santuário a Quemos, abominação de Moabe, sobre o monte fronteiro a Jerusalém, e a Moloque, abominação dos filhos de Amom." I Reis: 11:7 "Monumento a um personagem degradado - Poucos percebem que, em suas vidas, exercem constantemente uma influência que será perpetuada para o bem ou para o mal. Centenas de anos se passaram desde que Salomão fez com que aqueles santuários idólatras fossem erguidos no
  • 13. 13 monte; e, embora Josias os tivesse demolido como locais de culto, seus detritos , contendo partes da arquitetura, ainda permaneciam nos dias de Cristo. A proeminência sobre a qual aqueles santuários haviam estado foi chamada, pelo verdadeiro coração de Israel, o Monte da Ofensa. {2BC 1032.7}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 7 "Salomão, em seu orgulho e entusiasmo, não percebeu que naqueles altares pagãos estava erguendo um monumento de caráter degradado, para perdurar por muitas gerações e ser comentado por milhares. Da mesma maneira, todo ato da vida é grande para o bem ou para o mal; e é somente agindo segundo princípios nas provas da vida cotidiana que adquirimos poder para permanecer firmes e fiéis nas posições mais perigosas e mais difíceis. {2BC 1032,8}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 8 24) as marcas da apostasia de Salomão ficaram vivas até o tempo de Cristo e também serve de exemplo para nós nos dia atuais? "As marcas da apostasia de Salomão viveram eras depois dele. Nos dias de Cristo, os adoradores no templo podiam olhar, mesmo em frente a eles, para o Monte da Ofensa, e ser lembrados de que o construtor de seu rico e glorioso templo, o mais renomado de todos os reis, havia se separado de Deus, e criou altares para ídolos pagãos; que o governante mais poderoso da terra havia falhado em governar seu próprio espírito. Salomão morreu até um homem arrependido; mas seu arrependimento e lágrimas não puderam apagar do monte da ofensa os sinais de sua miserável partida de Deus. Paredes arruinadas e pilares quebrados foram testemunhas silenciosas por mil anos da apostasia do maior rei que já se sentou em um trono terrestre ( The Health Reformer, maio de 1878 ). {2BC 1032.9}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1032, Parágrafo 9 25) Salomão foi vencido por tentações que vieram através de sua prosperidade? "Luxo, vinho, mulheres idólatras, derrotam Salomão - Solomon , sob todas as suas honras, andou com sabedoria e firmeza nos conselhos de Deus por um tempo considerável; mas ele foi vencido por tentações que vieram através de sua prosperidade. Ele viveu luxuosamente desde a juventude. Seu apetite foi satisfeito com as guloseimas mais delicadas e caras. Os efeitos dessa vida luxuosa e o uso gratuito do vinho finalmente obscureceram seu intelecto e o levaram a se afastar de Deus. Ele entrou em relações bruscas e pecaminosas com mulheres idólatras ( The Health Reformer, abril de 1878 ). {2BC 1033.1}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1033, Parágrafo 1 26) qual foi a influência de Salomão sobre os seus filhos? "A influência de Salomão sobre seus filhos - Foi essa profecia de ruína iminente que despertou o rei apóstata como um sonho, e o levou a se arrepender e procurar permanecer, tanto quanto possível, a terrível maré do mal que durante o os anos posteriores de seu reinado estavam subindo alto e ainda mais alto. Mas, no momento de seu arrependimento, restavam apenas alguns anos de vida, e ele não podia esperar evitar as consequências de longos anos de atos errados. Seu curso do mal havia posto em operação influências que depois ele nunca conseguiu controlar
  • 14. 14 completamente. {2BC 1033.2}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1033, Parágrafo 2 "Especialmente foi o caso no treinamento dos filhos que nasceram através do casamento com mulheres idólatras. Roboão, o filho que Salomão escolheu para ser seu sucessor, havia recebido de sua mãe uma amonita, um selo de caráter que o levou a considerar desejável o pecado. Às vezes, ele se esforçava para servir a Deus, e recebia uma medida de prosperidade; mas ele não foi firme e, por fim, cedeu às influências do mal que o cercavam desde a infância ( The Review and Herald, 3 de julho de 1913 ). {2BC 1033.3}" WHITE, Ellen G., SDA Bible Commentary, Vol. 2, Pág. 1033, Parágrafo 3 27) qual deve ser a postura da pessoa que se casou quando ainda não era convertida? “A pessoa que entrou para a relação matrimonial quando ainda não convertida, coloca-se pela sua conversão sob uma obrigação maior de ser fiel ao consorte, por mais que difiram com respeito à fé religiosa; todavia, as reivindicações de Deus devem ser postas acima de toda a relação terrena, mesmo que provas e perseguições possam ser o resultado. Com espírito de amor e mansidão, esta fidelidade pode ter influência no sentido de ganhar o descrente. Mas o casamento de cristãos com ímpios é proibido na Bíblia. A instrução do Senhor é: "Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis." II Cor. 6:14.” WHITE, Ellen G., Mensagens aos Jovens, Pág. 464. 28) o casamento entre crentes e descrentes é proibido por Deus? “Nunca se deve o povo de Deus aventurar em terrenos proibidos. O casamento entre crentes e descrentes é proibido por Deus. Mas demasiadas vezes o coração não convertido segue seus próprios desejos, e formam-se uniões matrimoniais não sancionadas por Deus. Por isso muitos homens e mulheres se acham sem esperança e sem Deus no mundo. Suas nobres aspirações se acham mortas; por uma cadeia de circunstâncias eles estão detidos na rede de Satanás. Os que são dominados pela paixão e os impulsos terão amarga colheita a ceifar nesta vida, e sua direção pode dar em resultado a perda de sua alma. O incrédulo poderá ser dotado de excelente caráter moral; o fato, de que ele ou ela não atendeu às reivindicações de Deus, e negligenciou tão grande salvação, é razão suficiente para que se não consume tal união. ” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 63. 29) onde estar a nossa única segurança? “Nossa única segurança encontra-se na obediência à Palavra de Deus, a qual nos foi dada como guia e conselheiro infalíveis. O povo atual de Deus deve conservar-se distinto e separado do mundo, de seu espírito e de suas influências.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 501. “A menos que sejam diligentes estudantes dessa Palavra, cometerão erros graves, os quais lhes mancharão a sua felicidade e a de outros, tanto para a vida presente como para a futura.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 100 30) qual é um dos sinais de estarmos vivendo nos últimos dias?
  • 15. 15 “Um dos sinais de estarmos vivendo nos últimos dias é o fato de serem os filhos desobedientes aos pais, ingratos, profanos.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 101 31) é errado namorar sem o conhecimento dos pais? “O jovem que anda em companhia de uma jovem e capta a sua amizade sem conhecimento dos pais dela, não desempenha um nobre papel cristão para com a moça nem para com os pais dela. Por meio de comunicações e encontros secretos poderá ele conseguir influência sobre o espírito dela; mas assim fazendo, deixa ele de manifestar aquela nobreza e integridade de alma que possuirá todo filho de Deus. Para conseguir os seus fins, desempenham um papel que não é franco e aberto nem de acordo com a norma bíblica e demonstrando-se infiéis para com aqueles que os amam e se esforçam por ser seus fiéis responsáveis.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 57. “Aquele que quer desviar do dever a uma filha, querendo confundir as suas idéias acerca das claras e positivas ordens de Deus de obedecer e honrar aos pais, não é a pessoa que há de ser fiel nas obrigações do casamento.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 102 32 Casamentos contratados sob tais influências estão de acordo com a Palavra de Deus? “Casamentos contratados sob tais influências não estão de acordo com a Palavra de Deus. Aquele que quer desviar do dever a uma filha, querendo confundir as suas idéias acerca das claras e positivas ordens de Deus de obedecer e honrar aos pais, não é a pessoa que seria fiel às obrigações matrimoniais. ... "Não furtarás" (Êxo. 20:15), foi escrito pelo dedo de Deus sobre as tábuas de pedra; no entanto, quantos furtos clandestinos de afeições não são praticados e desculpados! Mantém-se um namoro enganoso, seguem-se comunicações privadas, até que as afeições de uma pessoa inexperiente e que não sabe até que ponto se podem desenvolver essas coisas, são em certa medida desviadas dos pais e dedicadas ao que demonstra, pelo seu procedimento, que é indigno de seu amor. A Bíblia condena toda espécie de desonestidade. ... Esta maneira desleal em que se levam avante namoros e casamentos é a causa de grande quantidade de miséria, cuja inteira extensão só Deus conhece. Nesse recife milhares sofreram o naufrágio da alma. Cristãos professos, cuja vida é assinalada pela integridade, e que parecem sensatos em todos os outros assuntos, neste cometem terríveis erros.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 58. 33) O modo secreto pelo qual se fazem os namoros e casamentos é causa de grande quantidade de miséria? “O modo secreto pelo qual se fazem os namoros e casamentos é causa de grande quantidade de miséria, da qual só Deus conhece a completa extensão. Nesse recife milhares sofreram o naufrágio da alma. Cristãos professos, cuja vida é assinalada pela 8 integridade, e que parecem prudentes quanto a qualquer outro assunto, neste cometem terríveis erros.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 103 “A maldição de Deus repousa sobre muitas das inoportunas e impróprias amizades que se formam nesta época atual.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 102
  • 16. 16 34) Satanás emprega sua infernal sabedoria em vários artifícios, a fim de enlaçar almas para a ruína? “Satanás sabe exatamente com que elementos tem de tratar, e emprega sua infernal sabedoria em vários artifícios, a fim de enlaçar almas para a ruína. Observa cada passo que se dê, e faz muitas sugestões, e muitas vezes estas sugestões são seguidas de preferência ao conselho da Palavra de Deus. Essa rede perigosa, bem tecida, é habilmente preparada para apanhar os jovens e desprevenidos. Pode achar-se muitas vezes disfarçada sob um manto de luz; mas os que se tornam suas vítimas trespassam-se a si mesmos com muitas dores. Em resultado, vemos ruínas humanas por toda parte.” .” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Págs. 103-104 35) muitos jovens tem os nomes manchados nos registros do céu. “A desconsideração para com o amor de uma mãe, e desonra da solicitude de um pai, são pecados que se encontram registrados contra muitos jovens. Um dos maiores erros ligados a este assunto é a idéia de que os jovens e inexperientes não devem ser perturbados em suas afeições, que não deve haver nenhuma interferência em sua experiência amorosa. Se já houve um assunto que devesse ser considerado de todos os pontos de vista, é este.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 104 36) que tipos de perguntas devem ser feitas antes entrar (contrair) para o casamento? “Estudai cuidadosamente para ver se vossa vida matrimonial há de ser feliz, ou desarmoniosa e infeliz. Fazei surgir as perguntas: Ajudar-me-á esta união na escalada para o Céu? Aumentará meu amor a Deus? E aumentará minha esfera de utilidade nesta vida? Se estas reflexões não apresentarem nada em contrário, então prossegui, no temor de Deus. Mas mesmo se assumistes compromisso, sem conhecerdes plenamente o caráter da pessoa com quem vos pretendeis unir, não penseis que o compromisso torne uma positiva necessidade fazerdes o voto de casamento, e vos ligardes por toda a vida a uma pessoa que não podeis amar nem respeitar. Sede muito cuidadosos em como fazeis compromissos condicionais; mas melhor, muito melhor, é quebrardes o compromisso antes do casamento do que vos separardes depois, como muitos fazem.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 105 “O verdadeiro amor e uma planta que precisa ser cultivada. Que a mulher que deseje uma união pacifica e feliz, e queira escapar a futuras misérias e tristezas, indague, antes de entregar suas afeiçoes: Tem meu pretendente uma mãe? Qual é a qualidade do caráter dela? Reconhece ele suas obrigações para com ela? Tem consideração para com os seus desejos e sua felicidade? Se ele não respeita nem honra a mãe, porventura manifestará respeito e amor, bondade e atenção para com a esposa? Passada a novidade do casamento, 9 continuará a amar-me? Será paciente com os meus erros, ou crítico, imperioso e ditatorial? A afeição verdadeira passará por alto muitos erros; o amor não os distinguirá.” WHITE, Ellen G., Fundamentos da Educação Cristã, Pág. 105
  • 17. 17 37) O namoro, tal como é seguido hoje, é um artifício de engano e hipocrisia? “O namoro, tal como é seguido hoje, é um artifício de engano e hipocrisia, com o qual o inimigo das almas tem muito mais que ver do que o Senhor. Se há coisa em que seja necessário o bom senso, é essa; mas o fato é que ele é pouco exercitado nesse assunto.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 55. 38) no namoro e no casamento deveis ter em vísta unicamente a glória de Deus? “Nem uma palavra deve ser proferida, nem uma ação praticada, que não queirais que os santos anjos contemplem e registrem nos livros do alto. Deveis ter em vista unicamente a glória de Deus. O coração só deve ter afeição pura, santificada, digna dos seguidores de Jesus Cristo, exaltada em sua natureza, e mais celeste que terrena. Qualquer coisa diferente é aviltante, degradante no namoro; e o casamento não pode ser santo e honroso aos olhos de um Deus puro e santo, a menos que seja segundo os exaltados princípios bíblicos.” .” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 55. 39) ficar até tarde da noite namorando desagrada a Deus? “O hábito de ficarem acordados até tarde da noite é costume; porém isto não agrada a Deus, ainda que sejais ambos cristãos. Essas horas impróprias são prejudiciais à saúde, incapacitam a mente para os deveres do dia seguinte, e têm aparência do mal. Meu irmão, espero que tenhas suficiente respeito próprio para evitar essa forma de namoro. Se tiveres unicamente em vista a glória de Deus, teus passos serão dados com estudada cautela. Não permitirás que o sentimentalismo amoroso te cegue de tal maneira a visão que não possas discernir os elevados direitos de Deus sobre ti como cristão.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 56. 40) os anjos de satanás estão de vigia aos que passam grande parte da noite namorando? “Os anjos de Satanás estão de vigia aos que passam grande parte da noite namorando. Fossem os seus olhos abertos, e veriam um anjo a fazer o relatório de suas palavras e atos... Seria mais próprio deixar algumas horas do namoro antes do casamento para a vida de casados. Mas em geral o casamento acaba com toda devoção manifestada durante os dias do noivado. Estas horas desperdiçadas da meia-noite, nessa época de depravação, levam com freqüência à ruína ambas as partes empenhadas. Satanás exulta e Deus é desonrado quando homens e mulheres se desonram a si mesmos. O bom nome da honra é 10 sacrificado sob o acesso de paixões, e o casamento dessas pessoas não pode ser solenizado sob a aprovação de Deus. Casaram-se porque a paixão os impulsionou, e quando a novidade do fato houver passado, começarão a compreender o que fizeram.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 56. 41) brincar com corações é um crime aos olhos de Deus?
  • 18. 18 “Brincar com corações não é um crime de pequena magnitude aos olhos de um Deus santo. E todavia alguns mostrarão preferência por moças e lhes despertarão as afeições, e depois vão-se embora e esquecem tudo quanto disseram e o efeito que isto causou. Um novo rosto os atrai, e eles repetem as mesmas palavras, dispensam a outra as mesmas atenções. Esta disposição se manifestará na vida de casados. A relação conjugal não torna sempre firme o espírito volúvel, constante o que vacila, e fiel aos princípios. Eles se cansam da constância, e os pensamentos profanos se manifestarão em profanas ações. Quão essencial é, pois, que os jovens de tal modo cinjam os lombos de seu espírito e cuidem de seu proceder de modo que Satanás não os possa iludir para se desviarem do caminho da justiça!” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 57. 42) casar com um descrente é colocar-se debaixo da negra bandeira de satanás? “Alega-se por vezes que o incrédulo é favorável à religião, e é tudo quanto se poderia desejar para um companheiro, a não ser uma coisa: não ser cristão. Se bem que o melhor discernimento do crente lhe sugira ser inconveniente unir-se para toda a vida com uma pessoa que não partilha da fé, todavia, em nove casos em cada dez, triunfa a inclinação. O declínio espiritual começa no momento em que se proferem os votos no altar; o fervor religioso é arrefecido, e vão sendo derribadas uma após outra as fortalezas, até que se encontram ambos unidos sob a negra bandeira de Satanás. Mesmo nos festejos das bodas, o espírito mundano triunfa da consciência, da fé e da verdade. No novo lar não é respeitada a hora da oração. A noiva e o noivo preferiram-se um ao outro e despediram a Jesus.” !” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 65. 43) qual é uma razão suficiente para que se não consume tal união (casar-se com um incrédulo)? “O incrédulo poderá ser dotado de excelente caráter moral; o fato, de que ele ou ela não atendeu às reivindicações de Deus, e negligenciou tão grande salvação, é razão suficiente para que se não consume tal união.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 63. 44) depois do casamento, a palavra de deus tona-se um incômodo para o incrédulo? “A princípio talvez o incrédulo não manifeste oposição; quando, porém, é apresentado à sua atenção o assunto da verdade bíblica, para que o considere, ergue-se imediatamente o sentimento: "Você casou comigo sabendo que eu era o que sou; não 11 quero ser incomodado. Daqui em diante fique entendido que são proibidas as conversas sobre seus peculiares pontos de vista." Caso o crente manifeste qualquer zelo especial com relação a sua fé, pareceria descortês para com aquele que não toma nenhum interesse na vida cristã.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 65 .
  • 19. 19 45) unir-se a um incrédulo é pôr um ponto final na vida religiosa? “Coisa perigosa é formar uma aliança mundana. Bem sabe Satanás que o momento que testemunha o enlace de muitos rapazes e moças, põe um ponto final em sua história religiosa, em sua utilidade nesse sentido. Acham-se perdidos para Cristo. Poderão, por algum tempo, fazer um esforço para viver a vida cristã; todos esses esforços, no entanto, são feitos contra decidida corrente em sentido contrário. Outrora era para eles um privilégio e prazer falar acerca de sua fé e esperança; chegam, porém, a relutar para mencionar tal assunto, sabendo que aquele com quem uniram o destino não tem nenhum interesse no mesmo. Em consequência, perece no coração a fé na preciosa verdade, e Satanás tece perigosamente em torno deles uma rede de dúvida.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 66 46) quem se casa com um incrédulo comete três erros? 1° cocloca-se no território de satanás; 2° ofende o Espírito santo 3° e perde a proteção do espírito Deus? “Unires-te a um incrédulo é colocares-te no terreno de Satanás. Ofendes o Espírito de Deus e perdes Sua proteção. Podes sujeitar-te a tão terríveis desvantagens na peleja da batalha pela vida eterna?... Pergunta-te a ti mesma: "Não desviará um marido descrente os meus pensamentos de Jesus? Ele é amante dos prazeres mais do que amante de Deus; não me levará a apreciar as coisas de que gosta?" O caminho para a vida eterna é íngreme e áspero. Não tomes sobre ti fardos além dos necessários, que retardam o teu progresso... O coração anela o amor humano, mas esse amor não é bastante forte, ou bastante puro, ou precioso bastante, para suprir o lugar do amor de Jesus... Que a mulher se entregue a Cristo antes de se entregar a qualquer amigo terreno, e não assuma qualquer relação que entre em atrito com isso... Minha irmã, a menos que desejes ter um lar de onde nunca se levantem as sombras, não te unas com um homem que é inimigo de Deus.” WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Pág. 67 47_o namoro e o casamento só é aprovado por Deus quando o incrédulo se converte e aceita os reclamos divinos da palavra de Deus? “Que deve fazer todo crente quando levado a essa posição difícil para a solidez dos princípios religiosos? Com firmeza digna de imitação, ele deve dizer francamente: "Sou um cristão consciencioso. Creio que o sétimo dia da semana é o sábado bíblico. Nossa fé e princípios são tão diversos que levam a direções opostas. Não nos é possível ser felizes juntos, pois se prossigo em adquirir mais perfeito conhecimento da vontade de Deus, me tornarei mais e mais diferente do mundo, e mais me assemelharei a Cristo. Se você continua a não ver nenhuma beleza em Jesus, nenhuma atração na verdade, amará o mundo, que eu não posso amar, ao passo que eu me deleitarei nas coisas de Deus, a que você não pode ter amor. As coisas espirituais discernem-se espiritualmente. Sem discernimento espiritual você será incapaz de ver os direitos que Deus tem sobre mim, ou de avaliar minhas obrigações para com o Mestre a quem sirvo; então você achará que o negligencio por causa de meus deveres religiosos. Não se sentirá feliz; terá ciúmes da afeição que consagro a Deus; e me sentirei só em minha crença religiosa. Quando se mudarem seus pontos de vista, quando seu coração atender aos reclamos de Deus, e aprender a amar a meu Salvador, então poderemos reatar nossas relações.“ WHITE, Ellen G., O Lar Adventista, Págs. 67-68
  • 20. 20 48) Por mais puros e corretos que sejam os princípios de um, a influência de um companheiro ou companheira incrédula terá uma tendência para afastar de Deus? " Pessoa alguma que tema a Deus, pode, sem perigo, ligar-se a outra que O nao tema. “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” Amos 3:3. A felicidade e prosperidade da relação matrimonial depende da unidade dos cônjuges; mas entre o crente e o O casamento de Isaque 145 incrédulo ha uma diferença radical de gostos, inclinações e propósitos. Estão a servir dois senhores, entre os quais nao pode haver concórdia. Por mais puros e corretos que sejam os princípios de um, a influencia de um companheiro ou companheira incrédula terá uma tendência para afastar de Deus." WHITE, Ellen G., Patriarcas e Profetas, Pág. 119 (2007) 49) Só em Cristo é que se pode com segurança entrar para o casamento? “Só em Cristo é que se pode com segurança entrar para o casamento. O amor humano deve fazer derivar do amor divino os seus laços mais íntimos. Só onde Cristo reina é que pode haver afeição profunda, verdadeira e altruísta.” WHITE, Ellen G., A Ciência do Bom Viver, Pág. 358. “Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.” João: 13.17. FIM Um abraço do Amigo e Irmão "Ribamar Cantanhede"