Artrologia

5.231 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artrologia

  1. 1. Artrologia - Introdução <br />Artrologia é a parte da Anatomia que estuda as articulações. As articulações são conexões existentes entre dois ou mais ossos. Antigamente as articulações eram conhecidas como junturas, daí a expressão "dor nas juntas". <br />Classificação das articulações 1 <br />1) Articulações fibrosas, sinartroses ou imóveisIncluem articulações onde as superfícies dos ossos estão quase em contato direto, o elemento que se impõe às peças que se articulam é o tecido conjuntivo fibroso. Há três tipos principais de articulações fibrosas: suturas, sindesmoses e gonfoses.1.1) SuturasSão encontradas entre os ossos do crânio, estabelecendo ligações entre estes ossos. Podem ser encontradas três tipos de suturas:- Suturas planas: as bordas dos ossos que se articulam dispõem de forma retilínea. Exemplo: sutura entre os ossos nasais.- Suturas escamosas: articulações dos ossos que, juntos, estabelecem um encurvamento relativamente grande. Exemplo: sutura entre os ossos parietal e temporal (sutura parietotemporal).- Suturas serreadas: articulações que se encontram sob a forma "de linhas denteadas". Exemplo: articulação entre os ossos parietais (articulação interparietal).1.2) SindesmosesSão articulações ligadas por fibras colágenas ou lâminas de tecido fibroso. Exemplo: articulação tíbio-fibular e articulação rádio-ulnar.1.3) GonfosesArticulações que ocorrem, especificamente, nas ligações entre os dentes e os alvéolos dentários. Tem a função de firmar o dente no seu receptáculo.<br />Classificação das articulações 2 <br />2) Articulações cartilaginosas, anfiartroses ou semi-móveis<br />São articulações nas quais o tecido que se interpõe é o tecido cartilaginoso. Seus ossos estão unidos por cartilagens pelo fato de pequenos movimentos serem possíveis nestas articulações. São consideredas articulações temporárias, pois com o tempo se calcificam.<br />Existem dois tipos de articulações cartilaginosas:2.1) Sínfises<br />As articulações dos ossos unidos por sínfises estão cobertas por uma camada de cartilagem hialina. Entre os ossos destas articulações, existe um disco fibrocartilaginoso, esse disco por ser compressível permite que a sínfise absorva impactos.<br />Sínfises existentes:- manúbrio-esternal- intervertebrais- sacrais- púbica- mentoniana2.2) Sincondroses<br />Os ossos desse tipo de articulação estão unidos por uma cartilagem hialina. Muitas sincondroses são articulações temporárias, com o tempo são substituídas por ossos.<br />Sincondroses existentes:<br />Sincondroses cranianas:<br />- esfeno-etmoidal<br />- esfeno-petrosa<br />- intra-occipital anterior<br />- intra-occipital posterior<br />Sincondroses pós-cranianas:<br />- epifisiodiafisárias<br />- epifisiocorporal<br />- intra-epifisária<br />- esternais<br />- manúbrio esternais<br />- xifoesternal<br />- sacraisClassificação das articulações 3 <br />3) Articulações sinoviais, diartroses ou móveis<br />a) Características<br />- Cápsula articular: responsável por proteger a articulação e por impedir a desarticulação.<br />- Cartilagem hialina: reveste as extremidades articulares.<br />- Sinovia ou membrana sinovial: reveste, internamente, a cápsula articular e produz o líquido sinovial.<br />- Líquido sinovial: preenche a cavidade articular, lubrifica (diminui o atrito) e nutre os meniscos.<br />- Meniscos ou discos articulares: tem a função amortecedora e de adaptar as partes articulares.<br />b) ClassificaçãoArticulação monoaxial: quando realiza movimentos em torno de apenas um eixo (um grau de liberdade). São articulações que só permitem o movimento de flexão e extensão. Existem dois tipos:- Gínglimo ou articulação dobradiça: articulações interfalangianas e húmero-ulnar.- Trocóide ou articulação em pivô: articulação rádio-ulnar proxiamal.Articulação biaxial: quando realiza movimentos em torno de dois eixos (dois graus de liberdade. São as articulações que realizam flexão, extensão, adução e abdução. Há dois tipos:- Articulação condilar ou elipsóide: articulações do pulso e do joelho.- Articulação selar: articulação do 5º metacarpo com o osso trapézio.Articulação triaxial: quando realiza movimentos em torno de três eixos (três graus de liberdade). São as articulações que realizam os movimentos de flexão, extensão, abdução, adução e rotação, ou seja, são as únicas que realizam todos os tipos de movimentos. Há um tipo:- Articulação esferóide: articulação do fêmur com o quadril e articulação do húmero com a escápula.1 - Esferóide; 2 - Condilar ou Elipsóide; 3 - Selar; 4 - Gínglimo; 5 - Gínglimo atípica.<br />Tipos de Movimentos <br />1) Flexão: diminuição do grau de uma articulação. <br />2) Extensão: aumento do grau de uma articulação. <br />3) Abdução: afastamento dos membros ao eixo sagital mediano.<br />4) Adução: aproximação dos membros ao eixo sagital mediano.<br />5) Cincundação: rotação total sobre um eixo.<br />6) Rotação medial: traz a face anterior de um membro para mais perto do plano mediano.<br />7) Rotação Lateral: leva a face anterior de um membro para longe do plano mediano.<br />Casos especiais de rotação:<br />8) Pronação: rotação medial do antebraço.<br />9) Supinação: rotação lateral do antebraço. <br /> 10) Everção: levantar a borda lateral do pé. <br /> 11) Inversão: levantar a borda medial do pé.<br />

×