SlideShare uma empresa Scribd logo
Oxygen 
Cationic 
Hydrogen 
Carbon 
Laundry & Cleaning
R – O – (CH2CH2O)n – CH2 – COOH 
Ácido de Éter Carboxílicos (EC) 
ROOOHOn ROOOn C(+) O(-) OC(+) H(+)-1 
Não-iônica ↔ Aniônica 
R é derivado dos álcoois graxos entre C4H9 e C18H37. O grau de etoxilação é representado pelo n . Produto biodegradável que apresenta excelente perfil de Ecotoxicidade Produtos concentrados e livre de solventes 
Engaging in environmentally responsible materials procurement, manufacturing, distribution and sales with our business partners.
PRODUTO 
R 
n 
AKYPO® LF1 
C8 
5 
AKYPO® LF 2 
C8 
8 
AKYPO® LF 4 
C6/C8 
3 + 8 
AKYPO® LF 6 
C4/C8 
1 + 8 
PRODUTO 
R 
n 
AKYPO® LM 40 
C12/C14 
2.5 
AKYPO® RLM 45 CA 
C12/C14 
4.5 
Atuam em meios adversos de pH, eletrólitos e agentes oxidantes 
PRODUCT 
R 
n 
AKYPO® RO 20 VG 
C16/C18 
2 
AKYPO® RO 50 VG 
C16/C18 
5 
AKYPO® RO 90 VG 
C16/C18 
9
MELHOR RETENÇÃO DA ESPUMA 
PARA LIMPEZA VERTICAL
Baseado na química carboxilato de éter 
• 
Promove extraordinária retenção de espuma em superficies verticais 
• 
Estável em condições extremas de pH 
• 
Compatível com agentes oxidantes 
• 
Indicado para Open Plant Cleaning (F&B) 5 
OOn OOH 
Propriedades 
Matéria ativa 
92% 
Aparência (25°C) 
Líquido claro, incolor a amarelado 
Viscosidade (20°C) 
100 – 500 cP 
pH (1%) 
2.0 – 3.5 
Lauryl / Myristyl Ether Carboxylic Acid
Onde aplicar a limpeza vertical?
• 
Processo pelo qual dispositivos, mesas de trabalho, paredes, tetos e pisos são limpos e/ ou desinfetados. 
• 
O produto é pulverizado no local e deixado agir por um certo tempo. 
• 
Importante processo na indústria de alimentos e bebidas (matadouros, indústrias processadoras de alimentos, indústrias farmacêuticas…)
Time 
Chemical Action 
Temperature 
Mechanical 
Action 
Cleaning factors 
Quais são os principais fatores de limpeza em limpeza vertical? 
Tempo de contato e ação química são fundamentais
Como assegurar um bom tempo de contato nas superficies verticais? 
Através da seleção do melhor procedimento de aplicação.
0 min 
1 
2 
3 
4 
5 
6 
7 
8 
9 
10 
Procedimento de aplicação 
Habilidade de retenção da espuma 
BOA retenção 
MÁ retenção 
Metodologia de teste 
Pulverizar uma solução a 10% da formula teste (5%NaOH, 5% tensoativo) 
LESS X AKYPO® LM 40
AKYPO® LM-40 permanece na superfície por mais de 10 minutos 
AKYPO® LM-40 
LESS 
Em pisos cerâmicos 
10% solução aquosa de uma formulação modelo com: 
5%NaOH, 5% tensoativos (anionico /amina óxida: 3/2) 
0 min 
4 min 
0 min 
4 min
AKYPO® LM-40 
LESS 
Chapa de aço inoxidável 
10% solução aquosa de uma formulação com: 
5%NaOH, 5% tensoativos (aniônico /amina óxida : 3/2) 
0 min 
1 min 
0 min 
4 min
Superfície coberta 
Superfície descoberta 
Comparação com outros tensoativos 
%covered surface 
0 
10 
20 
30 
40 
50 
60 
70 
80 
SLES 
APG C12 
AKYPO® 
RLM 45 CA 
AKYPO® 
LM-40 
5min 
10min
Efeito do tempo de contato Protocolo de teste 
• 
Piso sujo e queimado 
• 
Aplicação da espuma de uma solução a 10% da formula teste (5%NaOH, 5% tensoativos : aniônico /amina óxida 3/1) 
• 
Esperar 10min, enxaguar e esfregar levemente 
Esquerda: LESS 
Direita: AKYPO® LM-40 
Antes da aplicação 
Após a aplicação da espuma
LESS 
AKYPO® LM-40 
Melhor retenção da espuma 
Maior tempo de contato 
Melhor performance de limpeza 
Resultado após o enxágue e após moderada fricção
Efeito do tensoativo aniônico Protocolo de teste 
• 
Gotas da fórmula diluída foram aplicadas na sujeira queimada 
• 
Remoção do produto em uma área específica em períodos determinados com fricção moderada 
• 
Avaliação visual da habilidade de limpeza (2 replicas) 
• 
Fórmula teste: 5%NaOH, 5% tensoativos (aniônico /amina óxida: 3/1) 
Aplicação da fórmula 
(10% diluição) 
X min 
Remoção da fórmula após o período determinado
AKYPO® LM-40 
LESS 
1’ 
4’ 
10’ 
20’ 
1’ 
4’ 
10’ 
20’ 
29.4 mN/m 
22.0 mN/m 
Tensão superficial 
(10% diluição) 
AKYPO LM-40 apresenta uma mais rápida habilidade de limpeza graças as suas propriedades físico-químicas
• 
AKYPO® LM-40 atinge a melhor retenção de espuma: 
– 
Em condições alcalinas 
– 
Em combinação com tensoativos anfóteros em proporções específicas : 
• 
Amina óxidas (OXIDET® DM-type) 
• 
Sulfobetaines (BETADET® SHR, BETADET® S-20) 
• 
AKYPO® LM-40 pode ser utilizado em formulações de desinfetantes pois é compatível com: 
– 
Agentes oxidantes como hipoclorito de sódio 
– 
Compostos de quaternário de amônio (por exemplo, cloreto de benzalcônio)
Ratio AKYPO LM 40 / Amphoteric surfactant 
4/1 
3/1 
2/1 
1.5/1 
1/1 
4/1 
3/1 
2/1 
1.5/1 
1/1 
4/1 
3/1 
2/1 
1.5/1 
1/1 
Oxidet DMCLD 
Betadet SHR 
Betadet S-20 
5% NaOH 
10% NaOH 
15% NaOH 
Extraordinária RETENÇÃO DA ESPUMA 
Excelente RETENÇÃO DA ESPUMA 
Razoável RETENÇÃO DA ESPUMA 
Baixa QUALIDADE DE ESPUMA 
Fórmula inviável 
Oxidet DMCLD – Cocamina óxida Betadet SHR – Cocamidopropil hidroxisultaína Betadet S-20 – Lauril Hidroxisultaína
• 
Charge water and sodium hydroxide, and stir until complete dissolution 
• 
Add chelating agent and hydrotrope while stirring, to facilitate dissolution 
• 
Add OXIDET or BETADET: stir to help incorporation. 
• 
Finally add AKYPO and stir until obtaining a clear and homogeneous liquid product 
• 
Process can be carried out at room temperature; moderate heating can accelerate homogenization 
Formulation process indications 
(*) as active material 
%product 
A 
B 
C 
D 
E 
Sodium Hydroxide 
5,0 
10,0 
15,0 
15,0 
10,0 
AKYPO LM-40 
4,3 
4,1 
3,5 
3,5 
4,3 
OXIDET DMCLD 
3,3 
4,2 
3,3 
BETADET SHR 
4,0 
BETADET S-20 
4,6 
TETRANYL BC-80 
1,3 
EDTA.2Na * 
6,0 
MGDA.3Na * 
6,0 
2,0 
2,0 
2,0 
sodium xylene sulfonate * 
5,0 
5,0 
5,0 
5,0 
Butylglycol * 
5,0 
Deionized water 
e.q. 
e.q. 
e.q. 
e.q. 
e.q.
• 
Produtos Household relacionados a “conveniência de uso” estão crescendo 
• 
Os claims relacionados a este conceito são: 
• 
Facilidade de uso 
• 
Tempo/ velocidade 
• 
Produtos aplicados na forma de espuma ativa permitem o contato com a superfície a ser limpa. 
• 
Limpadores de forno 
• 
Limpadores ácidos 
HH 
ácido 
neutro 
alcalino
(%) Product as it is 
Reference 
Kao 1 
Kao 2 
Deionized water 
e.q. 100 
e.q. 100 
e.q. 100 
AKYPO LM-40 
- 
2.3 
2.3 
EMAL 227E 
7.0 
1.7 
1.7 
OXIDET DMCLD 
2.1 
1.5 
1.5 
NaOH 50% 
0.4 
2.0 
- 
MEA 
- 
- 
0.8 
pH 
11.5 
11.5 
9.2 
Composição 
AKYPO LM-40 : Ether Carboxylate, aprox. 92 %act EMAL 227 E: SLES, aprox. 27% act OXIDET DMCLD: Amino Oxide, aprox. 30% act 
Alcalinidade moderada
0 min 
2 min 
5 min 
Reference 
SLES /AO 
pH 11.5 
Kao-1 
SLES /Ak.LM40 /AO 
pH 11.5 
Kao-2 SLES /Ak.LM40 /AO pH 9.2 
Retenção da espuma
A B C 
1 min 
10 min 
After rinse and soft scrubb 
Spanish Market Product 
Fórmulas altamente alcalinas 
% active matter 
A 
B 
C 
NaOH 
3 
5 
5 
AKYPO LM-40 
2.25 
2.25 
EMAL 227 
2.25 
OXIDET DMCLD 
0.75 
0.75 
0.75 
Water up to 100 
Market product 
NaOH (4.6%) 
SLES (2.5%) 
Acrylic copolymer 
Butane/propane/isobutane 
Water up to 100
Acid cleaner 
%am 
water 
e.q. 
AKYPO LM-40 
1.75 
C12-AO 
3.25 
Citric acid 
pH adj. 
Acid cleaner 
%am 
water 
e.q. 
AKYPO LM-40 
1.00 
C12-AO 
3.25 
SLES 
0.75 
Citric acid 
pH adj. 
A retenção da espuma pode ser atingida pela adição de um segundo aniônico na formulação 
pH = 3 
 
pH = 3 
 
Avaliação de Performance: Retenção da espuma em aço inoxidável após 5 min 
Combinação simples: AKYPO LM-40 e AO, pH 3 Não promove retenção da espuma
 
Fórmula baseada em LESS e AO mostra uma pobre retenção de espuma 
 
Para fórmulas altamente alcalinas, uma excelente retenção de espuma é atingida utilizando uma composição binária AKYPO LM-40 / AO 
 
Para formulações moderadamente básicas (pH 9 -11.5):  uma melhor retenção de espuma é obtida combinando LESS / AKYPO LM-40 / AO 
 
Para formulações ácidas (pH ~3):  uma melhor retenção de espuma é obtida combinando LESS / AKYPO LM-40 / AO 
 
Para atingir uma boa retenção de espuma, proporções especiais entre LESS / AKYPO LM- 40 / AO devem ser considerados 
 
pH ácido: LESS / AKYPO LM-40 / AO: 15 /20 / 65 (proporção de ingrediente ativo) 
 
pH moderadamente alcalino : LESS / AKYPO LM-40 / AO: 70 /15 / 15 (proporção de ingrediente ativo) 
 
pH extremamente alcalino: AKYPO LM-40 / AO: 3/1 to 1/1 (proporção de ingrediente ativo)
AKYPO LF 
Tensoativo de alta performance
Baixa espuma e altamente estável 
 
Estável em pH extremos (alcalino e ácido) 
 
Estável na presença de oxidantes e eletrólitos 
 
Excepcional habilidade dispersante e emulsionante de óleo 
 
Aumenta o efeito dispersante dos builders 
 
Baixa espuma 
 
Remove o pó estático 
 
Alto efeito hidrotrópico 
 
Compatível com tensoativos aniônicos e catiônicos 
 
Fácil de manusear 
 
Produto com alto teor de ativo 
AKYPO LF – range 
AKYPO LF-1 
AKYPO LF-2 
AKYPO LF-4 
AKYPO LF-6
 
Limpadores de forno 
 
Lava louças automática institucional 
 
Limpeza CIP 
 
Lavagem de automóveis sem contato 
 
Limpadores ácidos de baixa espuma 
 
Solubilizante para formulações oxidantes 
 
Hidrótropo em formulações altamente alcalinas 
 
Removedor de incrustações de calcário
Estabilidade ácida 
AKYPO® 
AKYPO LF 1 LF 2 LF 4 Active Matter 1 % 5 % 1 % 5 % 1 % 5 % H3PO4 30 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 50 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 70 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• H2SO4 10 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 15 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 20 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• HCl 10 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 30 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• CH3CO2H 20 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 80 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• Temperature : 20°C Storage : 3 months • = unstable •• = slightly unstable but clear ••• = stable and clear
Estabilidade alcalina 
AKYPO LF 1 LF 2 LF 4 Temperature 20°C 40°C 20°C 40°C 20°C 40°C NaOH 10 % ••• •• •• •• •• ••• 15 % ••• ••• ••• ••• ••• • 20 % • • • • • • 23 % • • • • • • KOH 10 % ••• •• •• •• •• ••• 15 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 20 % • • ••• ••• ••• • 25 % • • • • • • Active Matter : 1 and 5 % Storage : 3 months • = unstable •• = slightly unstable but clear ••• = stable and clear
AKYPO LF 1 LF 2 LF 4 Tetrapotassium - 10 % ••• ••• ••• Pyrophosphate 20 % ••• •• •• Potassium - 10 % ••• ••• • Waterglass (35°Bé) 20 % ••• •• ••• Tetrasodium - 10 % ••• ••• ••• EDTA 20 % ••• ••• ••• Active Matter : 5 % Temperature : 20°C Storage : 1 month • = unstable •• = slightly unstable but clear ••• = stable and clear 
Estabilidade na presença de eletrólitos 
(Stability in electrolyte containing media)
Formulação para limpeza 
% Transmittance 
better 
0h 
18h 
bad 
good 
 mais baixo, Mais turvo, melhor 
e.q. 
Water 
6% 
MGDA.3Na 
3% 
POE(6)-C10 FA 
x% 
Hydrotrope 
pH=13 
KOH 
01020304050607080ECSCSAPGwithout 
AKYPO® LF demonstra a melhor habilidade dispersante 
FINDET® 10/18:POE(6)-C10 FA 
Partículas (caulim) + formulação diluída Avaliação da estabilidade da dispersão. Quantificação através da %Transmitância (colorímetro) de 10mL amostra levada de um dia para noite para um nível 80mL 
AKYPO® LF-2 
APG = C8-C10 polyglucoside 
SCS = Sodium cumene sulfonate 
AKYPO® 
Habilidade dispersante
0h 
4h 
espuma 
emulsão 
emulsão 
óleo 
solução 
good 
bad 
better 
Volume of Oil phase (ml) 
0102030405060ECSCSAPGwithout 
AKYPO® LF demonstra a melhor habilidade emulsionante, melhorando a habilidade emulsionante do álcool graxo-POE. 
Formulação para limpeza 
e.q. 
Water 
6% 
MGDA.3Na 
3% 
POE(6)-C10 FA 
x% 
Hydrotrope 
pH=13 
KOH 
FINDET® 10/18:POE(6)-C10 FA 
Habilidade emulsionante 
AKYPO® 
AKYPO® LF-2 
APG = C8-C10 polyglucoside 
SCS = Sodium cumene sulfonate
0,00,51,01,52,0ECSCSAPG 
% de hidrótropo requerido para a obtenção de formulações com boa aparência até 55ºC (ponto de névoa) 
+ %AM 
hydrotrope 
% hydrotrope (as active) 
AKYPO® LF 
Quanto menor a quatidade requerida melhor 
Hidrotropia 
Formulação para limpeza 
e.q. 
Water 
6% 
MGDA.3Na 
3% 
POE(6)-C10 FA 
x% 
Hydrotrope 
pH=13 
KOH 
FINDET® 10/18:POE(6)-C10 FA 
AKYPO® LF-2 
APG = C8-C10 polyglucoside 
SCS = Sodium cumene sulfonate 
AKYPO®
Nonoxynol-n 
Cleaning in place (CIP) 
• 
Limpadores alcalinos são a base de NaOH e KOH 
• 
Fácil remoção de proteínas, gorduras, lúpulos, leveduras e taninos 
• 
O efeito de limpeza aumenta quando combinado com fosfatos, agentes quelantes e tensoativos 
• 
Desinfecção pode ser atingida pela incorporação de hipoclorito 
• 
Remoção de impurezas inorgânicas como cal e resíduos de cerveja 
• 
Agentes de limpeza são a base de ácido sulfúrico, nítrico, ou fosfórico 
• 
A eficiência não é afetada por vasos contaminados CO2 (como limpadores alcalinos) 
Alcalino 
Ácido 
AKYPO® LF4 
AKYPO® LF2
Teste em condições reais 
Lavagem de caminhão – Limpeza sob alta pressão
Lavagem de caminhão – Limpeza a alta pressão 
Teste a temperature ambiente 
Aplicação da formulação a 10% 
Marcar a superfície com uma cruz 
Produto agindo por 3 min 
Enxagua com água a alta pressão 
Avaliação da marca de cruz 
1 
4 
5 
2 
3 
√ 
X
 
Baseado na química do éter carboxilato 
 
Concentrado 
 
Produto Biodegradável 
 
Indicado para aplicações I&I e H&C 
 
Produtos estáveis em condições extremas de pH 
 
Estável na presença de eletrólitos 
 
Compatível com agentes oxidantes 
 
Hidrotropia
Óleo/ Graxa 
Particulada 
Proteica 
DANOX® 511-B AKYPO® LF 
AKYPO® LF 
AKYPO® LM 40 
OXIDET® DMCLD* 
AKYPO® LF 
Engine Cleaning 
Truck Cleaning 
CIP Cleaning 
Open Plant Cleaning 
Tipo de limpeza 
Sujeira 
AKYPO 
Aplicação 
Contato 
Alta pressão 
Alta espuma 
Baixa espuma
OBRIGADA PELA ATENÇÃO! 
Daniela Y. Baba 
E-mail: daniela.baba@kao.com 
Distribuidor no Brasil 
Contato: 
Aline Belleza 
E-mail: aline.belleza@univar.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Embarazo ectopico estudio de caso
Embarazo ectopico estudio de casoEmbarazo ectopico estudio de caso
Embarazo ectopico estudio de caso
Juan Flores
 
Procedimiento baño coloidales en bañera
Procedimiento baño coloidales en bañeraProcedimiento baño coloidales en bañera
Procedimiento baño coloidales en bañera
OfficeMax
 
Manejo Del Neonato Critico
Manejo Del Neonato CriticoManejo Del Neonato Critico
Manejo Del Neonato Critico
xelaleph
 
Higiene y alimentación durante el puerperio
Higiene y alimentación durante el puerperioHigiene y alimentación durante el puerperio
Higiene y alimentación durante el puerperio
Xiime Frias
 

Mais procurados (6)

Lactario
LactarioLactario
Lactario
 
La hora de Dorada.pptx
La hora de Dorada.pptxLa hora de Dorada.pptx
La hora de Dorada.pptx
 
Embarazo ectopico estudio de caso
Embarazo ectopico estudio de casoEmbarazo ectopico estudio de caso
Embarazo ectopico estudio de caso
 
Procedimiento baño coloidales en bañera
Procedimiento baño coloidales en bañeraProcedimiento baño coloidales en bañera
Procedimiento baño coloidales en bañera
 
Manejo Del Neonato Critico
Manejo Del Neonato CriticoManejo Del Neonato Critico
Manejo Del Neonato Critico
 
Higiene y alimentación durante el puerperio
Higiene y alimentación durante el puerperioHigiene y alimentación durante el puerperio
Higiene y alimentación durante el puerperio
 

Destaque (6)

Household services TYPES AND USES OF CEANING TOOLS, EQUIPMENT, SUPPLIES AND M...
Household services TYPES AND USES OF CEANING TOOLS, EQUIPMENT, SUPPLIES AND M...Household services TYPES AND USES OF CEANING TOOLS, EQUIPMENT, SUPPLIES AND M...
Household services TYPES AND USES OF CEANING TOOLS, EQUIPMENT, SUPPLIES AND M...
 
Cleaning tools and materials
Cleaning tools and materialsCleaning tools and materials
Cleaning tools and materials
 
Lm household services-grade_9_3rd and 4th quarter
Lm household services-grade_9_3rd and 4th quarterLm household services-grade_9_3rd and 4th quarter
Lm household services-grade_9_3rd and 4th quarter
 
K to 12 household services teacher's guide
K to 12 household services teacher's guideK to 12 household services teacher's guide
K to 12 household services teacher's guide
 
Lm household services g10
Lm household services g10Lm household services g10
Lm household services g10
 
K to 12 household services learning module
K to 12 household services learning moduleK to 12 household services learning module
K to 12 household services learning module
 

Semelhante a Linha Akypo de tensoativos aniônicos verdes multifuncionais - Daniela Baba - KAO

Preparo químico gra dmod
Preparo químico gra dmodPreparo químico gra dmod
Preparo químico gra dmod
Cláudia Pinto
 
Tratamento anaeróbio esgoto
Tratamento anaeróbio esgotoTratamento anaeróbio esgoto
Tratamento anaeróbio esgoto
Movimento Verde
 
2 absorçãodegases-tecnologiaquimica
2 absorçãodegases-tecnologiaquimica2 absorçãodegases-tecnologiaquimica
2 absorçãodegases-tecnologiaquimica
Fersay
 

Semelhante a Linha Akypo de tensoativos aniônicos verdes multifuncionais - Daniela Baba - KAO (20)

Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
Vantage Limpadores de alta performance Household 2016
 
Stepan Household 2016
Stepan Household 2016Stepan Household 2016
Stepan Household 2016
 
Producao de Sabao e Detergente
Producao de Sabao e Detergente Producao de Sabao e Detergente
Producao de Sabao e Detergente
 
Carac. físico-quimica de óleos vegetais
Carac. físico-quimica de óleos vegetaisCarac. físico-quimica de óleos vegetais
Carac. físico-quimica de óleos vegetais
 
Apresentação lúpulo completa
Apresentação lúpulo completaApresentação lúpulo completa
Apresentação lúpulo completa
 
Preparo químico gra dmod
Preparo químico gra dmodPreparo químico gra dmod
Preparo químico gra dmod
 
Tratamento anaeróbio esgoto
Tratamento anaeróbio esgotoTratamento anaeróbio esgoto
Tratamento anaeróbio esgoto
 
[Bi00 wo][ft][white oxa plus][edencolors][pt]
[Bi00 wo][ft][white oxa plus][edencolors][pt][Bi00 wo][ft][white oxa plus][edencolors][pt]
[Bi00 wo][ft][white oxa plus][edencolors][pt]
 
Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.
Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.
Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.
 
Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.
Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.
Limpeza química e eletrolítica para laminados a frio.
 
Aocs short course bleaching quebec city 5 07 esp
Aocs short course bleaching quebec city 5 07 espAocs short course bleaching quebec city 5 07 esp
Aocs short course bleaching quebec city 5 07 esp
 
petroqui.ppt
petroqui.pptpetroqui.ppt
petroqui.ppt
 
Dow - Household 2016
Dow - Household 2016Dow - Household 2016
Dow - Household 2016
 
478
478478
478
 
Análise da Cerveja- Processos Industriais
Análise da Cerveja- Processos IndustriaisAnálise da Cerveja- Processos Industriais
Análise da Cerveja- Processos Industriais
 
Relatorio 1 va
Relatorio 1 vaRelatorio 1 va
Relatorio 1 va
 
2 absorçãodegases-tecnologiaquimica
2 absorçãodegases-tecnologiaquimica2 absorçãodegases-tecnologiaquimica
2 absorçãodegases-tecnologiaquimica
 
bioquímica água
bioquímica águabioquímica água
bioquímica água
 
Palestra principais usos da água na indústria e técnicas
Palestra    principais usos da água na indústria e técnicasPalestra    principais usos da água na indústria e técnicas
Palestra principais usos da água na indústria e técnicas
 
Apostila de tecnologia de bebidas
Apostila de tecnologia de bebidasApostila de tecnologia de bebidas
Apostila de tecnologia de bebidas
 

Mais de Revista H&C

Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...
Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...
Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...
Revista H&C
 
Radiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato Meirelles
Radiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato MeirellesRadiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato Meirelles
Radiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato Meirelles
Revista H&C
 
Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...
Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...
Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...
Revista H&C
 

Mais de Revista H&C (18)

MAKING PROGRESS, DRIVING CHANGE - Unilever
MAKING PROGRESS, DRIVING CHANGE - UnileverMAKING PROGRESS, DRIVING CHANGE - Unilever
MAKING PROGRESS, DRIVING CHANGE - Unilever
 
Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...
Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...
Sustainable Innovation in the Latin America Household appliances development ...
 
Lyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study - ERM
Lyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study - ERMLyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study - ERM
Lyfe Cycle Analyses: Concepts and Case Study - ERM
 
Sustainability in the Chemical Industry: From Theory to Practice - Oxiteno
Sustainability in the Chemical Industry: From Theory to Practice - OxitenoSustainability in the Chemical Industry: From Theory to Practice - Oxiteno
Sustainability in the Chemical Industry: From Theory to Practice - Oxiteno
 
From Sustainability Trends and Labelling - to Real Business Actions and Value...
From Sustainability Trends and Labelling - to Real Business Actions and Value...From Sustainability Trends and Labelling - to Real Business Actions and Value...
From Sustainability Trends and Labelling - to Real Business Actions and Value...
 
Collaborative Efforts on Sustainability in the Home Care Industry: Opportunit...
Collaborative Efforts on Sustainability in the Home Care Industry: Opportunit...Collaborative Efforts on Sustainability in the Home Care Industry: Opportunit...
Collaborative Efforts on Sustainability in the Home Care Industry: Opportunit...
 
Sustainability in Household - Global Product Innovation and Consumer Insights...
Sustainability in Household - Global Product Innovation and Consumer Insights...Sustainability in Household - Global Product Innovation and Consumer Insights...
Sustainability in Household - Global Product Innovation and Consumer Insights...
 
Sustainability on the cleaning products industry - ABIPLA
Sustainability on the cleaning products industry - ABIPLASustainability on the cleaning products industry - ABIPLA
Sustainability on the cleaning products industry - ABIPLA
 
Sealed air – Hygene Sustainable Solutions
Sealed air – Hygene Sustainable SolutionsSealed air – Hygene Sustainable Solutions
Sealed air – Hygene Sustainable Solutions
 
Radiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato Meirelles
Radiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato MeirellesRadiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato Meirelles
Radiografia das Favelas Brasileiras - Instituto Data Popular - Renato Meirelles
 
Rhodia - Coalescentes sustentáveis e removedores de cera de baixo odor - Dar...
Rhodia - Coalescentes sustentáveis e removedores de  cera de baixo odor - Dar...Rhodia - Coalescentes sustentáveis e removedores de  cera de baixo odor - Dar...
Rhodia - Coalescentes sustentáveis e removedores de cera de baixo odor - Dar...
 
Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...
Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...
Consumo na nova classe média brasileira - Instituto Data Popular - Renato Mei...
 
Inovações Croda para um futuro sustentável - Juliana Almeida – Croda
Inovações Croda para um futuro sustentável - Juliana Almeida – CrodaInovações Croda para um futuro sustentável - Juliana Almeida – Croda
Inovações Croda para um futuro sustentável - Juliana Almeida – Croda
 
Situação Atual e Perspectivas na Regulação de Saneantes – Francisco Alexandre...
Situação Atual e Perspectivas na Regulação de Saneantes – Francisco Alexandre...Situação Atual e Perspectivas na Regulação de Saneantes – Francisco Alexandre...
Situação Atual e Perspectivas na Regulação de Saneantes – Francisco Alexandre...
 
Desenvolvimentos Recentes em Surfactantes Catiônicos para Fabric Care e Car C...
Desenvolvimentos Recentes em Surfactantes Catiônicos para Fabric Care e Car C...Desenvolvimentos Recentes em Surfactantes Catiônicos para Fabric Care e Car C...
Desenvolvimentos Recentes em Surfactantes Catiônicos para Fabric Care e Car C...
 
TEXCARE: Sua roupa sempre nova – Ana Regina Coimbra – Clariant
TEXCARE: Sua roupa sempre nova – Ana Regina Coimbra – ClariantTEXCARE: Sua roupa sempre nova – Ana Regina Coimbra – Clariant
TEXCARE: Sua roupa sempre nova – Ana Regina Coimbra – Clariant
 
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
Aminas em Household: aspectos regulatórios e novas oportunidades – Ricardo Lu...
 
A dinâmica do mercado de Limpeza segundo a Nielsen – Matheus Vieira – Nielsen
A dinâmica do mercado de Limpeza segundo a Nielsen – Matheus Vieira – NielsenA dinâmica do mercado de Limpeza segundo a Nielsen – Matheus Vieira – Nielsen
A dinâmica do mercado de Limpeza segundo a Nielsen – Matheus Vieira – Nielsen
 

Linha Akypo de tensoativos aniônicos verdes multifuncionais - Daniela Baba - KAO

  • 1. Oxygen Cationic Hydrogen Carbon Laundry & Cleaning
  • 2. R – O – (CH2CH2O)n – CH2 – COOH Ácido de Éter Carboxílicos (EC) ROOOHOn ROOOn C(+) O(-) OC(+) H(+)-1 Não-iônica ↔ Aniônica R é derivado dos álcoois graxos entre C4H9 e C18H37. O grau de etoxilação é representado pelo n . Produto biodegradável que apresenta excelente perfil de Ecotoxicidade Produtos concentrados e livre de solventes Engaging in environmentally responsible materials procurement, manufacturing, distribution and sales with our business partners.
  • 3. PRODUTO R n AKYPO® LF1 C8 5 AKYPO® LF 2 C8 8 AKYPO® LF 4 C6/C8 3 + 8 AKYPO® LF 6 C4/C8 1 + 8 PRODUTO R n AKYPO® LM 40 C12/C14 2.5 AKYPO® RLM 45 CA C12/C14 4.5 Atuam em meios adversos de pH, eletrólitos e agentes oxidantes PRODUCT R n AKYPO® RO 20 VG C16/C18 2 AKYPO® RO 50 VG C16/C18 5 AKYPO® RO 90 VG C16/C18 9
  • 4. MELHOR RETENÇÃO DA ESPUMA PARA LIMPEZA VERTICAL
  • 5. Baseado na química carboxilato de éter • Promove extraordinária retenção de espuma em superficies verticais • Estável em condições extremas de pH • Compatível com agentes oxidantes • Indicado para Open Plant Cleaning (F&B) 5 OOn OOH Propriedades Matéria ativa 92% Aparência (25°C) Líquido claro, incolor a amarelado Viscosidade (20°C) 100 – 500 cP pH (1%) 2.0 – 3.5 Lauryl / Myristyl Ether Carboxylic Acid
  • 6. Onde aplicar a limpeza vertical?
  • 7. • Processo pelo qual dispositivos, mesas de trabalho, paredes, tetos e pisos são limpos e/ ou desinfetados. • O produto é pulverizado no local e deixado agir por um certo tempo. • Importante processo na indústria de alimentos e bebidas (matadouros, indústrias processadoras de alimentos, indústrias farmacêuticas…)
  • 8. Time Chemical Action Temperature Mechanical Action Cleaning factors Quais são os principais fatores de limpeza em limpeza vertical? Tempo de contato e ação química são fundamentais
  • 9. Como assegurar um bom tempo de contato nas superficies verticais? Através da seleção do melhor procedimento de aplicação.
  • 10. 0 min 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Procedimento de aplicação Habilidade de retenção da espuma BOA retenção MÁ retenção Metodologia de teste Pulverizar uma solução a 10% da formula teste (5%NaOH, 5% tensoativo) LESS X AKYPO® LM 40
  • 11. AKYPO® LM-40 permanece na superfície por mais de 10 minutos AKYPO® LM-40 LESS Em pisos cerâmicos 10% solução aquosa de uma formulação modelo com: 5%NaOH, 5% tensoativos (anionico /amina óxida: 3/2) 0 min 4 min 0 min 4 min
  • 12. AKYPO® LM-40 LESS Chapa de aço inoxidável 10% solução aquosa de uma formulação com: 5%NaOH, 5% tensoativos (aniônico /amina óxida : 3/2) 0 min 1 min 0 min 4 min
  • 13. Superfície coberta Superfície descoberta Comparação com outros tensoativos %covered surface 0 10 20 30 40 50 60 70 80 SLES APG C12 AKYPO® RLM 45 CA AKYPO® LM-40 5min 10min
  • 14. Efeito do tempo de contato Protocolo de teste • Piso sujo e queimado • Aplicação da espuma de uma solução a 10% da formula teste (5%NaOH, 5% tensoativos : aniônico /amina óxida 3/1) • Esperar 10min, enxaguar e esfregar levemente Esquerda: LESS Direita: AKYPO® LM-40 Antes da aplicação Após a aplicação da espuma
  • 15. LESS AKYPO® LM-40 Melhor retenção da espuma Maior tempo de contato Melhor performance de limpeza Resultado após o enxágue e após moderada fricção
  • 16. Efeito do tensoativo aniônico Protocolo de teste • Gotas da fórmula diluída foram aplicadas na sujeira queimada • Remoção do produto em uma área específica em períodos determinados com fricção moderada • Avaliação visual da habilidade de limpeza (2 replicas) • Fórmula teste: 5%NaOH, 5% tensoativos (aniônico /amina óxida: 3/1) Aplicação da fórmula (10% diluição) X min Remoção da fórmula após o período determinado
  • 17. AKYPO® LM-40 LESS 1’ 4’ 10’ 20’ 1’ 4’ 10’ 20’ 29.4 mN/m 22.0 mN/m Tensão superficial (10% diluição) AKYPO LM-40 apresenta uma mais rápida habilidade de limpeza graças as suas propriedades físico-químicas
  • 18. • AKYPO® LM-40 atinge a melhor retenção de espuma: – Em condições alcalinas – Em combinação com tensoativos anfóteros em proporções específicas : • Amina óxidas (OXIDET® DM-type) • Sulfobetaines (BETADET® SHR, BETADET® S-20) • AKYPO® LM-40 pode ser utilizado em formulações de desinfetantes pois é compatível com: – Agentes oxidantes como hipoclorito de sódio – Compostos de quaternário de amônio (por exemplo, cloreto de benzalcônio)
  • 19. Ratio AKYPO LM 40 / Amphoteric surfactant 4/1 3/1 2/1 1.5/1 1/1 4/1 3/1 2/1 1.5/1 1/1 4/1 3/1 2/1 1.5/1 1/1 Oxidet DMCLD Betadet SHR Betadet S-20 5% NaOH 10% NaOH 15% NaOH Extraordinária RETENÇÃO DA ESPUMA Excelente RETENÇÃO DA ESPUMA Razoável RETENÇÃO DA ESPUMA Baixa QUALIDADE DE ESPUMA Fórmula inviável Oxidet DMCLD – Cocamina óxida Betadet SHR – Cocamidopropil hidroxisultaína Betadet S-20 – Lauril Hidroxisultaína
  • 20. • Charge water and sodium hydroxide, and stir until complete dissolution • Add chelating agent and hydrotrope while stirring, to facilitate dissolution • Add OXIDET or BETADET: stir to help incorporation. • Finally add AKYPO and stir until obtaining a clear and homogeneous liquid product • Process can be carried out at room temperature; moderate heating can accelerate homogenization Formulation process indications (*) as active material %product A B C D E Sodium Hydroxide 5,0 10,0 15,0 15,0 10,0 AKYPO LM-40 4,3 4,1 3,5 3,5 4,3 OXIDET DMCLD 3,3 4,2 3,3 BETADET SHR 4,0 BETADET S-20 4,6 TETRANYL BC-80 1,3 EDTA.2Na * 6,0 MGDA.3Na * 6,0 2,0 2,0 2,0 sodium xylene sulfonate * 5,0 5,0 5,0 5,0 Butylglycol * 5,0 Deionized water e.q. e.q. e.q. e.q. e.q.
  • 21. • Produtos Household relacionados a “conveniência de uso” estão crescendo • Os claims relacionados a este conceito são: • Facilidade de uso • Tempo/ velocidade • Produtos aplicados na forma de espuma ativa permitem o contato com a superfície a ser limpa. • Limpadores de forno • Limpadores ácidos HH ácido neutro alcalino
  • 22. (%) Product as it is Reference Kao 1 Kao 2 Deionized water e.q. 100 e.q. 100 e.q. 100 AKYPO LM-40 - 2.3 2.3 EMAL 227E 7.0 1.7 1.7 OXIDET DMCLD 2.1 1.5 1.5 NaOH 50% 0.4 2.0 - MEA - - 0.8 pH 11.5 11.5 9.2 Composição AKYPO LM-40 : Ether Carboxylate, aprox. 92 %act EMAL 227 E: SLES, aprox. 27% act OXIDET DMCLD: Amino Oxide, aprox. 30% act Alcalinidade moderada
  • 23. 0 min 2 min 5 min Reference SLES /AO pH 11.5 Kao-1 SLES /Ak.LM40 /AO pH 11.5 Kao-2 SLES /Ak.LM40 /AO pH 9.2 Retenção da espuma
  • 24. A B C 1 min 10 min After rinse and soft scrubb Spanish Market Product Fórmulas altamente alcalinas % active matter A B C NaOH 3 5 5 AKYPO LM-40 2.25 2.25 EMAL 227 2.25 OXIDET DMCLD 0.75 0.75 0.75 Water up to 100 Market product NaOH (4.6%) SLES (2.5%) Acrylic copolymer Butane/propane/isobutane Water up to 100
  • 25. Acid cleaner %am water e.q. AKYPO LM-40 1.75 C12-AO 3.25 Citric acid pH adj. Acid cleaner %am water e.q. AKYPO LM-40 1.00 C12-AO 3.25 SLES 0.75 Citric acid pH adj. A retenção da espuma pode ser atingida pela adição de um segundo aniônico na formulação pH = 3  pH = 3  Avaliação de Performance: Retenção da espuma em aço inoxidável após 5 min Combinação simples: AKYPO LM-40 e AO, pH 3 Não promove retenção da espuma
  • 26.  Fórmula baseada em LESS e AO mostra uma pobre retenção de espuma  Para fórmulas altamente alcalinas, uma excelente retenção de espuma é atingida utilizando uma composição binária AKYPO LM-40 / AO  Para formulações moderadamente básicas (pH 9 -11.5):  uma melhor retenção de espuma é obtida combinando LESS / AKYPO LM-40 / AO  Para formulações ácidas (pH ~3):  uma melhor retenção de espuma é obtida combinando LESS / AKYPO LM-40 / AO  Para atingir uma boa retenção de espuma, proporções especiais entre LESS / AKYPO LM- 40 / AO devem ser considerados  pH ácido: LESS / AKYPO LM-40 / AO: 15 /20 / 65 (proporção de ingrediente ativo)  pH moderadamente alcalino : LESS / AKYPO LM-40 / AO: 70 /15 / 15 (proporção de ingrediente ativo)  pH extremamente alcalino: AKYPO LM-40 / AO: 3/1 to 1/1 (proporção de ingrediente ativo)
  • 27. AKYPO LF Tensoativo de alta performance
  • 28. Baixa espuma e altamente estável  Estável em pH extremos (alcalino e ácido)  Estável na presença de oxidantes e eletrólitos  Excepcional habilidade dispersante e emulsionante de óleo  Aumenta o efeito dispersante dos builders  Baixa espuma  Remove o pó estático  Alto efeito hidrotrópico  Compatível com tensoativos aniônicos e catiônicos  Fácil de manusear  Produto com alto teor de ativo AKYPO LF – range AKYPO LF-1 AKYPO LF-2 AKYPO LF-4 AKYPO LF-6
  • 29.  Limpadores de forno  Lava louças automática institucional  Limpeza CIP  Lavagem de automóveis sem contato  Limpadores ácidos de baixa espuma  Solubilizante para formulações oxidantes  Hidrótropo em formulações altamente alcalinas  Removedor de incrustações de calcário
  • 30. Estabilidade ácida AKYPO® AKYPO LF 1 LF 2 LF 4 Active Matter 1 % 5 % 1 % 5 % 1 % 5 % H3PO4 30 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 50 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 70 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• H2SO4 10 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 15 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 20 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• HCl 10 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 30 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• CH3CO2H 20 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 80 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• Temperature : 20°C Storage : 3 months • = unstable •• = slightly unstable but clear ••• = stable and clear
  • 31. Estabilidade alcalina AKYPO LF 1 LF 2 LF 4 Temperature 20°C 40°C 20°C 40°C 20°C 40°C NaOH 10 % ••• •• •• •• •• ••• 15 % ••• ••• ••• ••• ••• • 20 % • • • • • • 23 % • • • • • • KOH 10 % ••• •• •• •• •• ••• 15 % ••• ••• ••• ••• ••• ••• 20 % • • ••• ••• ••• • 25 % • • • • • • Active Matter : 1 and 5 % Storage : 3 months • = unstable •• = slightly unstable but clear ••• = stable and clear
  • 32. AKYPO LF 1 LF 2 LF 4 Tetrapotassium - 10 % ••• ••• ••• Pyrophosphate 20 % ••• •• •• Potassium - 10 % ••• ••• • Waterglass (35°Bé) 20 % ••• •• ••• Tetrasodium - 10 % ••• ••• ••• EDTA 20 % ••• ••• ••• Active Matter : 5 % Temperature : 20°C Storage : 1 month • = unstable •• = slightly unstable but clear ••• = stable and clear Estabilidade na presença de eletrólitos (Stability in electrolyte containing media)
  • 33. Formulação para limpeza % Transmittance better 0h 18h bad good  mais baixo, Mais turvo, melhor e.q. Water 6% MGDA.3Na 3% POE(6)-C10 FA x% Hydrotrope pH=13 KOH 01020304050607080ECSCSAPGwithout AKYPO® LF demonstra a melhor habilidade dispersante FINDET® 10/18:POE(6)-C10 FA Partículas (caulim) + formulação diluída Avaliação da estabilidade da dispersão. Quantificação através da %Transmitância (colorímetro) de 10mL amostra levada de um dia para noite para um nível 80mL AKYPO® LF-2 APG = C8-C10 polyglucoside SCS = Sodium cumene sulfonate AKYPO® Habilidade dispersante
  • 34. 0h 4h espuma emulsão emulsão óleo solução good bad better Volume of Oil phase (ml) 0102030405060ECSCSAPGwithout AKYPO® LF demonstra a melhor habilidade emulsionante, melhorando a habilidade emulsionante do álcool graxo-POE. Formulação para limpeza e.q. Water 6% MGDA.3Na 3% POE(6)-C10 FA x% Hydrotrope pH=13 KOH FINDET® 10/18:POE(6)-C10 FA Habilidade emulsionante AKYPO® AKYPO® LF-2 APG = C8-C10 polyglucoside SCS = Sodium cumene sulfonate
  • 35. 0,00,51,01,52,0ECSCSAPG % de hidrótropo requerido para a obtenção de formulações com boa aparência até 55ºC (ponto de névoa) + %AM hydrotrope % hydrotrope (as active) AKYPO® LF Quanto menor a quatidade requerida melhor Hidrotropia Formulação para limpeza e.q. Water 6% MGDA.3Na 3% POE(6)-C10 FA x% Hydrotrope pH=13 KOH FINDET® 10/18:POE(6)-C10 FA AKYPO® LF-2 APG = C8-C10 polyglucoside SCS = Sodium cumene sulfonate AKYPO®
  • 36. Nonoxynol-n Cleaning in place (CIP) • Limpadores alcalinos são a base de NaOH e KOH • Fácil remoção de proteínas, gorduras, lúpulos, leveduras e taninos • O efeito de limpeza aumenta quando combinado com fosfatos, agentes quelantes e tensoativos • Desinfecção pode ser atingida pela incorporação de hipoclorito • Remoção de impurezas inorgânicas como cal e resíduos de cerveja • Agentes de limpeza são a base de ácido sulfúrico, nítrico, ou fosfórico • A eficiência não é afetada por vasos contaminados CO2 (como limpadores alcalinos) Alcalino Ácido AKYPO® LF4 AKYPO® LF2
  • 37. Teste em condições reais Lavagem de caminhão – Limpeza sob alta pressão
  • 38. Lavagem de caminhão – Limpeza a alta pressão Teste a temperature ambiente Aplicação da formulação a 10% Marcar a superfície com uma cruz Produto agindo por 3 min Enxagua com água a alta pressão Avaliação da marca de cruz 1 4 5 2 3 √ X
  • 39.
  • 40.  Baseado na química do éter carboxilato  Concentrado  Produto Biodegradável  Indicado para aplicações I&I e H&C  Produtos estáveis em condições extremas de pH  Estável na presença de eletrólitos  Compatível com agentes oxidantes  Hidrotropia
  • 41. Óleo/ Graxa Particulada Proteica DANOX® 511-B AKYPO® LF AKYPO® LF AKYPO® LM 40 OXIDET® DMCLD* AKYPO® LF Engine Cleaning Truck Cleaning CIP Cleaning Open Plant Cleaning Tipo de limpeza Sujeira AKYPO Aplicação Contato Alta pressão Alta espuma Baixa espuma
  • 42. OBRIGADA PELA ATENÇÃO! Daniela Y. Baba E-mail: daniela.baba@kao.com Distribuidor no Brasil Contato: Aline Belleza E-mail: aline.belleza@univar.com