Entendendo o lúpus

8.870 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.870
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.699
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Entendendo o lúpus

  1. 1. Entendendo o Lúpus
  2. 2. O que é Lúpus?Lúpus é uma doença relacionada como sistema imunológico. Células dosistema imunológico do corpo atacamos próprios tecidos saudáveis​​,levando a inflamação dos mesmos. Ossintomas podem ser limitados à pele,no entanto o lúpus também causardores articulares. Em casos graves,pode acometer o coração, rins eoutros órgãos vitais. Embora não temcura, existem tratamentos que podemdiminuir ou minimizar os danos.
  3. 3. Sintomas do Lúpus: Dor articularDor articular é muitas vezes oprimeiro sintoma de lúpus. A dortende a ocorrer em ambos os ladosdo corpo, em particular nasarticulações dos pulsos, mãos,cotovelos, joelhos, ou tornozelos. Asarticulações podem estar inflamadase com aumento de temperatura local.Mas, ao contrário da artritereumatoide, o lúpus geralmente nãocausa danos permanentes nasarticulações.
  4. 4. Sintomas do Lúpus: Eritema malarUm sinal muito claro de lúpus é umaerupção em forma de borboleta naregião das bochechas e na ponte donariz. Outros problemas comuns dapele incluem sensibilidade ao sol comdescamação, manchas vermelhas ouuma erupção cutânea, escamosa decor roxo em rosto, pescoço e braços.Algumas pessoas também podemapresentar feridas nos lábios e boca.
  5. 5. Sintomas do Lúpus: Alterações nasunhasO lúpus pode fazer que as unhasquebrem facilmente ou sua perda. Asunhas podem estar descoloridas, commanchas azuladas ou avermelhadasna base. Essas manchas se localizamno leito ungueal como resultado dainflamação dos pequenos vasossanguíneos. O inchaço também podefazer que a pele ao redor da base daunha fique vermelha.
  6. 6. Sintomas do Lúpus: febre e fadigaA maioria das pessoas com lúpusexperimenta algum grau de fadiga.Em muitos casos, é intensa osuficiente para interferir com oexercício e outras atividades da vidadiária. A maioria dos pacientesapresentam febre baixa. Esta febre deorigem indeterminado pode ser oúnico sinal de alerta da doença.
  7. 7. Sintomas do Lúpus: Sensibilidade à LuzMuitas pessoas com lúpus sãoextraordinariamente sensíveis ao sol eoutras formas de luz ultravioleta. Umdia na praia pode provocar irritação dapele em áreas expostas à luz solar epode agravar os outros sintomas dolúpus. Alguns medicamentosantialérgicos, anticoncepcionais,antiarrítmicos e antibióticos podemtornar as pessoas com lúpus ainda maissensíveis à luz UV.
  8. 8. Sintomas do Lúpus: Queda de cabeloOs sintomas do lúpus tendem a ir evir, e isso inclui a perda de cabelo. Ospacientes podem passar por períodosem que o cabelo cai ou se torna maisfino e ralo em todo o couro cabeludo.Uma vez que o a crise termina, cabelonovo cresce novamente.
  9. 9. Sintomas do Lúpus: RaynaudAlgumas pessoas com lúpusdesenvolvem uma condição chamadaFenômeno de Raynaud na qual osdedos das mãos e pés tornam-sedolorosos e com formigamento aocontato com o frio ou estresseemocional. Isso acontece quandopequenos vasos sofremvasoconstricção e restringem o fluxosanguíneo nessa área. Durante umacrise, os dedos podem ficar pálidos ouazulados. Algumas pessoas tambémpodem apresentar o Fenômeno deRaynaud sem ter lúpus ou quaisqueroutras doenças.
  10. 10. É lúpus ou outra doençaQuando o lúpus começa, pode separecer muito com artritereumatoide, que causa dor nasarticulações e inchaço, ou com afibromialgia, que causa fadiga e dor.Um aspecto que define o lúpus e odiferencia de outras doenças é acombinação de erupções cutâneascom dores articulares e fadiga. Hátambém testes de laboratório quepodem ajudar a distinguir o lúpus deoutras enfermidades.
  11. 11. Diagnóstico de LúpusO diagnóstico pode ser bastantecomplicado. A doença pode imitar outrascondições que muitas vezes confundemo diagnóstico. Muitas pessoas têm adoença por anos antes de manifestaralgum sinal ou sintoma. Embora nãoexista um teste específico para lúpus,certas proteínas geralmente aparecemno sangue de um paciente. A detecçãode anticorpos antinucleares (ANA) emum exame de sangue pode fornecer umapista importante. Outros exameslaboratoriais podem verificar a contagemde células sanguíneas, função renal e otempo de coagulação que podem ajudarno diagnóstico de lúpus.
  12. 12. Quem pode ter lúpus?Qualquer pessoa pode ter lúpus. Noentanto mais de 90% das pessoasportadoras da doença são mulheres.Além de ser mulher, suas chances decontrair a doença são maiores sevocê:- É afro-brasileira, latina, ou asiática.- Tem entre 15 e 45 anos de idade.- Tem algum familiar com lúpus.
  13. 13. Tipos de lúpusQuando as pessoas dizem "lúpus", sereferem geralmente ao lúpuseritematoso sistêmico (LES), o tipomais comum e grave. Mas existemoutros tipos. Lúpus eritematosocutâneo - também chamado lúpusdiscoide, é limitado à pele e nãoprovoca lesões em órgãos comomuitas vezes ocorre com o LES. Osintoma mais comum é uma erupçãocircular que pode ser induzida poralguns medicamentos e provocasintomas do lúpus temporários.
  14. 14. Tratamento do LúpusExistem formas de controlar ossintomas do lúpus. Estes incluemcremes de corticosteroides para aserupções e anti-inflamatórios nãoesteróides (AINEs) para doresarticulares e febre. Medicamentosantimaláricos podem ajudar acombater a dor articular, úlceras eerupções cutâneas. Doses maiores decorticosteroides podem seradministrados em comprimidos ouinjeções. Finalmente pessoas comlúpus grave podem se beneficiar dedrogas que suprimem o sistemaimunitário.
  15. 15. Lúpus e problemas no RimQuando o lúpus progride, pode afetaralguns órgãos do corpo. Cerca de trêsem cada quatro pessoas com lúpusdesenvolvem problemas renais. Essesproblemas podem não causarsintomas, embora algumas pessoasnotam inchaço em suas pernas etornozelos. A maioria dos pacientes sófica sabendo de uma alteração renalquando são realizados exames deurina que mostram a existência desangue ou níveis de proteínasaumentados.
  16. 16. Lúpus e problemas no CoraçãoO problema de coração mais comumassociado com o lúpus é umainflamação da membrana que envolveo coração (pericárdio). Isto podeprovocar dor intensa no ladoesquerdo do tórax. As pessoas comlúpus também são mais propensas adesenvolver placas que estreitam ouobstruem as artérias. Isso pode levara doença coronariana. Outrascomplicações incluem doençacardíaca valvular e inflamação domúsculo cardíaco.
  17. 17. Lúpus e problemas no PulmãoA membrana que envolve os pulmões(pleura) pode estar inflamada emcerca de um terço das pessoas comlúpus. Isso pode levar a dificuldaderespiratória ou dor no peito, ou podenão causar qualquer sintoma. Emalguns casos o lúpus causa dortorácica, que não está relacionadacom os pulmões ou coração. Em vezdisso, a dor se origina nos músculosda caixa torácica ou algumaarticulação das costelas. Qualquer dorno peito deve ser prontamenteavaliada por um médico
  18. 18. Lúpus e problemas digestivosProblemas digestivos não são comunsno lúpus, mas algumas pessoaspodem sentir dor abdominal,náuseas, vômitos, dificuldade paraengolir, ou inflamação de algunsórgãos como fígado ou pâncreas. Istopode estar relacionado com o lúpusem si ou com o uso de medicamentospara tratar a doença. Algumaspessoas tendem a perder pesodurante as crises de lúpus.
  19. 19. Lúpus e AnemiaO lúpus e os medicamentosusados ​para tratar a doença podemcontribuir para a anemia em algunspacientes. Isto significa que o corpotem poucos glóbulos vermelhos umavez que não está produzindosuficiente quantidade, ou as célulasvermelhas do sangue são destruídasmais rapidamente do que podem serrepostas. Os sintomas incluem fadiga,taquicardia e falta de ar.
  20. 20. Lúpus e o Sistema NervosoO lúpus pode desencadear umaampla gama de problemas no sistemanervoso, o mais comum são dores decabeça. Problemas de memória sãouma queixa menos comum. Algumaspessoas com lúpus têm um maiorrisco de acidente vascular cerebral, eem casos raros, a doença podeapresentar convulsões.
  21. 21. Lúpus e Saúde MentalDepressão e ansiedade são um riscopara as pessoas com lúpus. Isto podeser o resultado do lúpus afetar osistema nervoso combinado comtensão emocional de ter que lidarcom uma doença crônica. Conversecom seu médico frente a quaisquermudanças no seu humor. Odiagnóstico de certeza permitirá fazerum tratamento adequado e oportunomelhorando sua qualidade de vida.
  22. 22. Lúpus e GravidezA maioria das mulheres com lúpuspode engravidar, embora a doençaaumenta o risco de complicaçõesdurante a gravidez. Como os sintomasdo lúpus podem ir e vir, o melhormomento para engravidar é quandoos sintomas são mínimos ouinexistentes. Mulheres que dão a luzquando os sintomas estão emremissão são menos propensas a tercrises ou complicações. Converse comseu obstetra sobre ser portadora delúpus. Provavelmente sua medicaçãoserá modificada e precisará demonitoramento próximo para garantiruma gravidez bem sucedidapreservando sua saúde e a de seufilho.
  23. 23. Lúpus neonatalA maioria dos bebês nascidos demulheres com lúpus sãocompletamente saudáveis. Mas, emcasos raros, o recém-nascido de umamãe com lúpus pode ter lúpusneonatal. Esta condição pode causarirritação da pele, anemia, ouproblemas no fígado. Os sintomasgeralmente desaparecem depois dealguns meses e não causam danospermanentes. No entanto, algunsbebês com lúpus neonatal nascemcom um defeito cardíaco importante.
  24. 24. Autocuidado no LúpusFazer algumas mudanças na suarotina também pode ajudar a reduziras crises e sintomas do lúpus:- Proteja-se quando você está no sol.- Não fume.- Exercite-se regularmente.- Gerencie melhor o estresse.- Não se esqueça de descansar.- Pergunte a seu médico todas suasdúvidas.

×