CASAMENTO PROFANOLogo Ninrode casou-se com sua própria mãe Semíramis. Esta fora escolhida por Samael(nome do diabo) para s...
Em seu filho Thamuz, Ninrode tem a sua continuidade. Em Bavel tinha uma moeda com osímbolo deste renascimento; um tronco c...
GlóriaGlória = Uma deusa romana que foi personificada com a parte superior do seu corpo nua. Apalavra gloria em hebraico é...
AAbrão Ab’ram = pai elevado, alto – ( Gn 17.5 )Abraão Ab’ra’am = pai do povo – ( Gn 17.5 )Abraão Ab’ruham = pai clemente, ...
Ezequiel KhazaqiUl = Ul me fortaleceFFilemom – ( grego = amável )Filipe ( grego = amador de cavalos )Filisteus Pelishttin ...
Jordão ( rio ) Yarden, yardain = que desceJosafá Yaohushafat = Yaohuh julgouJosé Yaohusaf = Yaohuh acrescentouJosué YAOHUs...
Números Bamidbar = no desertoOObadias Avodyaohu = servo de YaohuhOséias Hoshua = salvaçãoPPáscoa PosqayaoPaulo Shaul = per...
Gente cuidado com as traduções....Texto próximo ao ORIGINAL- Escritura Peshita-MATTITYAHU 18:8-9: "Portanto,se a tua mão o...
agrado em ti? ou aceitará ele a tua pessoa? diz o SENHOR dos Exércitos.• Os sacerdotes estavam desviados, e infiéis com su...
• O dízimo era dado em alimentos;Então todo o Judá trouxe os dízimos do grão, do mosto e do azeite aos celeiros.( Neemias ...
Ofertas; animais sem defeito, para ser como holocaustos ao Senhor ( simbolizando osacrifício de Cristo, cordeiro imaculado...
Consideraçõesfinais:Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito,que, quando ...
Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócioreal, nação santa , povo eleito de D...
Satanás e tão astuto que traz para todas as culturas e povos um modo de seradorado, e ainda mais, faz com que ações sejam ...
É fato que os relatos estão entrelaçadas, pois os demônios que atuavam no Egitoem forma de deuses, são os mesmos que atuar...
teológico, é essencialmente social. Em uma sociedade paternalista, Lilith é reprimida paradar lugar a Eva. Portanto, Eva r...
LILITH E ADÃO/EVAEnquanto Lilith é descrita como forma negativa, Eva, ao contrário, é apresentada em suasbelezas e ornamen...
mau uso dele, dominando ou manipulando os outros? Lilith diz que, agora, para você, ocaminho da totalidade está em reconhe...
Esse é o princípio feminino na forma demoníaca. O medo quase universal que os homenstêm de cair sob o domínio ou fascinaçã...
converteu     em   uma     palavra    que   se   designava   a   um    demônio       noturno.A "lílít" do texto hebraico s...
Finalmente Yahvé deu a Lilith, Sammael (Satã), e ela foi a primeira das quatro esposas dodiabo e a perseguidora dos recém-...
Não comemore o natalNão se Engane ! Veja Porque você não deve participar desta comemoração mentirosa!“ E não vos conformei...
ser o falso Messias, filho de Baal: o deus-sol. Nesse falso sistema babilônico, “a mãe e acriança” ou a “Virgem e o menino...
2 - Instruirmos nossos filhos e discípulos: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.João 8:32 – Nos livrarmos de...
obrigação aos gentios ou simplesmente refere-se ao fato de ser claro que nós, os gentios,somos salvos apenas pela graça se...
2. ERRAM AO TENTAR VALIDAR OS 10 MANDAMENTOS"Disse Jesus: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua ...
Assim, duas coisas aconteceram. Cristo morreu pelos nossos pecados para que pudéssemosser perdoados; Cristo viveu uma vida...
Segundo a Bíblia, Jesus teve o seu nascimento prometido segundo a Lei (Dt 18.15); nasceusob a Lei (Gl 4.4); foi circuncida...
sustentar a sua doutrina sabática, desde que temos visto que o Sábado pode legitimamenteser tido como “sombra” ou símbolo ...
De forma sutil e muitas vezes disfarçando-se de anjo de luz (II Co. 11:14), Satanás tempermeado as fileiras de professos c...
3ª Parte: Destruir a Bíblia sem na realidade dar fim a ela..De forma clara, hoje, grande parte das pessoas tem se tornado ...
Paulo) e Yahonan (João), por exemplo, e começaram a torcer e mudar a Palavra do EternoDeus Yahuh. O apóstolo Pedro, em sua...
Um dos objetivos do anticristo é negar a humanidade do Verdadeiro Messias Yahushuah, enisto o Eterno Deus Yahuh nos alerta...
*ACF - Gálatas 6:15 “Porque em Yahushuah Ha-Mashiach, nem a circuncisão, nem aincircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ...
descanso e copiava as Escrituras de forma incorreta. Uniu o conhecimento grego com oCristianismo.*Orígenes de Alexandria, ...
Assuntos Esclarecedores
Assuntos Esclarecedores
Assuntos Esclarecedores
Assuntos Esclarecedores
Assuntos Esclarecedores
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Assuntos Esclarecedores

1.265 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assuntos Esclarecedores

  1. 1. CASAMENTO PROFANOLogo Ninrode casou-se com sua própria mãe Semíramis. Esta fora escolhida por Samael(nome do diabo) para ser aquela que carregaria em seu ventre a “semente da mulher” quesalvaria o mundo e protegeria a todos de um novo dilúvio caso se repetisse. Após a morte deNinrode, sua mãe e esposa Semíramis se intitulou uma deusa, e disse também que Ninrodefora para o sol e que ele é um deus. O povo todo fora incumbido na adoração solar.Semíramis às escondidas teve relações sexuais com os sacerdotes e veio a engravidar de umvarão. Logo que negou o fato ocorrido, Semíramis disse que a noite Baal, ou seja, Ninrode apossuiu e lhe deu um filho que se chamaria Thamuz. Logo Ninrode é deus pai de Thamuz eao mesmo tempo deus filho de Semíramis.A POMBA E O RAMOTodos na época, ainda respiravam o acontecimento do dilúvio, e todos sabiam daesperançosa mensagem que trazia a historia do pequeno ramo de oliveira no bico dapomba.Ao retornar a pomba para a arca com um raminho verde em seu bico, ela trouxe consigo acerteza da continuidade da vida e de um renascimento para um mundo melhor. Foiexatamente essa a mensagem criada em torno de Semíramis e Thamuz. Semíramispersonificou a idéia de “salvadora”; aquela que traz esperança. Essa idéia acabaria sendocomprada em toda terra do mundo antigo. Mesmo nos dias de hoje, Semíramis é adoradaem formas mais distintas, até mesmo como a pomba do cristianismo.DICIONÁRIO DE SÍMBOLOS- MARIA C. A. ROSASEste dicionário deixa claro que a pomba era representada na Ásia como Ishtar, na Grécia ena fenícia como Astarte. Sabemos que estes que são nomes diferentes para Semíramis quefoneticamente correto é ZEMIRAMIT, um acróstico de Z (que quer dizer A); EMIR (quesignifica ramo); e AMIT (portadora), Isto é: “A PORTADORA DO RAMO”! Por isso seunome passou a ser sinônimo de pomba. Já o nome de seu filho Thamuz significa “BROTO”!Portanto a “pomba” Semíramis carregou seu “RAMO” em seu próprio ventre. Talvez aexpressão “Pomba-Gira” possa ser uma alusão direta a Semíramis. Considerando apombinha de Noah (Noé), que girou, partindo e regressando para a arca. Também o espíritoda falsa “Portadora do Ramo” que é Há’Satã, anda por pomba girar a terra:“O Eterno YHWH perguntou a Ha’Satã: Donde vens? E Ha’Satã respondeu ao EternoYYHWH , dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela” Jó 1:7DICIONÁRIO DAS MITOLOGIAS EUROPÉIAS E ORIENTAIS – CULTRIX/ MECNeste livro, como você pode ler, Semíramis mata seus filhos com exceção a Nínias. Estenada mais é do que outra forma para o nome de Ninrode, que se tornou o marido da própriamãe. Os nomes NINO, NINÍ, NÍNIAS e NINRODE são derivações do nome do mesmopersonagem. Da expressão Nínias surgiu Nínive dos Ninivitas, cidade por ele fundada, e dotermo NINÍ temos a famosa canção de ninar, que quer dizer FAZER A CRIANÇADORMIR.
  2. 2. Em seu filho Thamuz, Ninrode tem a sua continuidade. Em Bavel tinha uma moeda com osímbolo deste renascimento; um tronco cortado que representava a morte de Ninrode e umraminho brotando que indicava a reencarnação do mesmo em seu filho Thamuz. O pai era ofilho e o filho era o pai e ambos são deuses. Este engodo se completa com a presença deSemíramis nesta adoração tríade. Lembrando você que Semíramis era representada poruma pomba. Então temos O DEUS PAI, O DEUS FILHO E O DEUS ESPÍRITO SANTOque é a POMBA do catolicismo e das igrejas que saíram de suas entranhas!Shekiná-Glória-Estrela de Davi-Kosher…ShekináDesde adolescente ouço esta palavra. Pregadores e ministros do louvor” a usam comfreqüência em culto, congressos, seminários.A ignorância a respeito do significado real desse nome não inocenta aqueles que fizerem usodele sem saber o que ele realmente significa, porque está escrito:“O MEU POVO FOI DESTRUÍDO PORQUE LHE FALTOU CONHECIMENTO.”(Oséias 4: 6).Agora pergunto: De onde eles tiraram a palavra “shekiná”? O que significa esta palavra?Será “shekiná” uma expressão encontrada nas Escrituras? A palavra “shekiná” não éencontrada em nenhum lugar das Escrituras! Tudo o que é novidade, e é falada por alguémde “peso”, o povo aceita e não analisa a cada dia as Escrituras, para verem se está correto (At 17.11). Notemos que era Shaul (Paulo) que estava pregando! Conhecedor de toda lei doshebreus. Ora, se Paulo teve que passar no crivo dos bereanos, o que dizer dos pregadoresatuais? A palavra “shekiná”, este vocábulo não aparece na Bíblia original nem naB’rit hadashah (N.T,) sendo uma palavra derivada de uma raiz hebraica cujo significado é"habitar", "fazer morada". Se perguntarmos a qualquer evangélico, o que significa estapalavra, todos dirão: "a glória de ZDeus, presença de ZDeus". Acontece que, “shekiná” nãosignifica nada disso! O vocábulo “glória” no hebraico é “kabod” – o peso da glória de YAH.A Shekiná, como uma idéia concreta, aparece só na literatura literatura rabínica ementirosa. O Etern- disse: "e fareis um santuário para Mim, e habitarei no meio deles(dos israelitas)" A palavra ai é: Shakhanti . Ela vem da raiz “shakhan” que significa –habitar, fazer morada.A idéia de “skekiná” ser glória, presença de ZDeus aparece somente na literatura rabínica,onde os judeus cabalistas começaram a usá-la a partir do séc XIII. Devemos estar sempreprontos a aprender e não ir além das Escrituras. A Ruach (Espírito de Yah) é o próprio Yah,ou seja, a maneira que o Criador tem de entrar em contato com a criatura.
  3. 3. GlóriaGlória = Uma deusa romana que foi personificada com a parte superior do seu corpo nua. Apalavra gloria em hebraico é Kabod e geralmente é traduzida por honra, mas quando kabodé dirigida ao Etern- tem um sentido mais infinito que é justamente GLÓRIA.A palavra GLORIA (kabod) é muito mais antiga do que a nação Romana, aliais do que todaa Europa. Não podemos mudar as Escriturase nem parar de dar KABOD honra a quem merece honra e muito menos de dar glória(glórYAH) a YAH, por que uma nação deu essenome ao seu Zdeus ou seja ao seu nada. Toda a Gloryah para o Etern-. Amen.A ESTRELA DE SEIS PONTAS (hexagrama)A estrela de seis pontas é pura idolatria. É um ídolo ancestral, que pode ser traçado até aantiga babilônia sob Ninrode e também é conhecida como a estrela de Moloque. Atualmentebruxas e feiticeiros usam essa estrela juntamente com as sociedades ocultas. YHWH nosordenou não possuirmos ídolos, isso exclui também esta estrela, que não tem nada a vercom o rei DavidNomes bíblicos adulteradosEsse material visa primordialmente exemplificar com a maior clareza possível nomes quedevemos termuita cautela em pronunciá-los, porque os falsos nomes tem o intuito de usurpar toda ahonra que deve ser dadasomente aos verdadeiros, principalmente quando se trata do “nome que é acima de todo onome” - YAOHUSHUA.O inimigo de nossas vidas tem tramado artimanhas para ser adorado em lugar doverdadeiro e único merecedorde toda honra e glória, nosso YAOHUH UL. Devemos saber diferenciar o joio( a má palavra ) do trigo ( a boapalavra ), para semearmos e posteriormente colhermos apenas aquilo que é bom eagradável ao próximo e a nósmesmos, segundo aquilo que também agrada a YAOHUH UL.Abaixo uma tabela contendo não só nomes, como também títulos, termos e expressões queforam corrompidos –seus significados ( coluna à esquerda ) não condizem com os do original hebraico(coluna à direita) – também,sendo esses os mais importantes, são descritos os verdadeiros nomes, títulos, termos eexpressões hebraicas -suas respectivas transliterações corretas, segundo o original hebraico
  4. 4. AAbrão Ab’ram = pai elevado, alto – ( Gn 17.5 )Abraão Ab’ra’am = pai do povo – ( Gn 17.5 )Abraão Ab’ruham = pai clemente, ou misericordiosoAdão Adam ( ser humano – significado literal = barroso, de barro )Ageu Haggay = festivoAleluia HaolulYAOHUH = ( Louvado seja YAOHUH [ IÁORRU ] )Ana Khanah = graça, graciosaAmém Amnam / Amnao = [ (realmente, certamente, verdadeiramente, digno de fé, assimseja) ]Ananias KhananYAOHU = gracioso é YAOHUHAndré ( grego ) = varonil / vencedorApocalipse Ritgaluyot = aparições, revelaçõesAzarias OzoriYAOHUH = meu socorro é YAOHUHBBalaão Baloam = devorador do povoBarnabé (aramaico) = filho de consolaçãoBartolomeu (aramaico) = filho de TolmaiBelém Beit Lekhem = casa do pãoBerseba Beer Shava = poço do juramento ( Gn 21.31 )Betel = ( casa de El ) BohayUl = onde vive UlCCafarnaum Kfar’nahum = aldeia de consolaçãoCarmelo KarmyUl = vinha de Ul ( lugar fértil )DDaniel = ( EL² é meu juiz ) Dayanul ( UL é juiz )Davi / David Dáud = querido, amadoDébora Dvorah = abelhaDeus = ( theos, dyeus, dei, Zeus )³ YAOHUH ( leia IÁORRU, é o Nome do Criador )Deuteronômio = ( repetição da lei ) Devarim = discursosEEL ² = ( deus ) UL² = ( supremo, elevado, eterno, todo poderoso )Elohim ULHIM ( leia ul-rim ) ²EL Shadday UL SHUAODDAY = Ul todo suficiente para salvaçãoElias UliYAOHUH = meu Ul é YaohuhEliseu Ulshua = Ul é salvaçãoEmanu-el = ( El conosco ) Imanu’UL = UL está conoscoEnos Enosh = homem, ser humanoEsdras Ezra = socorro, ajuda, auxílioEspírito Santo RUKHA ULHIMEster (nome persa) Khadashah = novidadeEva Khavyao = [ Yaohuh trouxe à vida / fez viver / Khavah = vida ]Êxodo = ( saída ) Shuamot = nomesEzequias Khazaqyao = Yaohuh fortalece
  5. 5. Ezequiel KhazaqiUl = Ul me fortaleceFFilemom – ( grego = amável )Filipe ( grego = amador de cavalos )Filisteus Pelishttin = palestinosGGabriel Gaborul = Ul é valenteGaliléia Galiyl = de forma arredondadaGetsêmane Gate’shêmani = lagar do azeiteGênesis Bereshiyt = no princípioGolias Golyah = desterro, exílioHHabacuque Habaqquq = aquele que abraçaHorebe Horev = monte secoIIgreja ( gr. = trazidos para fora ) Oholyao( tenda, corpo de Yaohushua )Isaías Yaoshuayaohu = YAOHUH é salvaçãoIsaque Yaohutskhaq = riso de YaohuhIsmael Yshma’Ul = Ul ouviuIsabel Ulishava = meu Ul jurouIsrael YsraUl = Ele ministrou / lutou com UL ( Gn 32.24-32 )Israel YaoshorUl = rebanho, povo de Yaohuh UlJJacó Yaohukaf = [ Yaohuh é mão aberta ]Jair Yaoer = Yaohuh iluminaJeremias Yarmyaohu = YAOHUH exaltaráJericó Yerikho = lugar de fragrância, perfumeJerusalém YAOHUshuaoleym = YAOHUH é eterna pazJessé Yshay = dádivaJesus Yaohushua = Yaohuh é salvaçãoJesus Cristo ( bem comercial ! )? YAOHUSHUA haMEHUSHKHAY (difícilpronunciar) YAOHUSHUA, aquele que dá a vidaJoacaz YAOHUakhaz = YAOHUH apoderouJoanã YAOHUkhánan = YAOHUH é graciosoJoana Yaohukhanah = Yaohuh é graça ( favor )João ( Ioannem – latim ) YAOHUkhánan ( leia Iaorrurránan )Joaquim Yaohuakim = Yaohuh é quem levanta / edifica / estabeleceJoás YAOaz = Yaohuh é forteJoel Yaoul = Yaohuh é UlJoiada YAOHUyada = Yaohuh sabeJonas Yonah = pombaJonadab YAOHUnadab = Yaohuh presenteou, ofertouJônatas Yaohunatan = Yaohuh deu, entregouJó Iyyov = que se volta, se achega ( para Yaohuh )
  6. 6. Jordão ( rio ) Yarden, yardain = que desceJosafá Yaohushafat = Yaohuh julgouJosé Yaohusaf = Yaohuh acrescentouJosué YAOHUshua = YAOHUH é salvaçãoJozabad YAOHUzabad = [ Yaohuh concedeu ]Judá ( hebr. ) - Judas ( forma grega ) YAOHUdá = Yaohuh é esplendor, é louvorJudaico YAOHUdi = judeu ( que louva Yaohuh )Judaicos YAOHUdim = judeus ( os que louvam, reconhecem / agradecem / confessamYaohuh )Judas Iscariotes Yaohudah Ish Keriot = Yaohudá, homem de Keriote ( da aldeia de )Juízes Shoftim = juízesLLázaro Úlozor = Ul ajudouLevi Levi = associado ( liter. = meu coração )Léia ou Lia Leah = cansada, fatigada, de olhar descaídoLevítico Vayqrá = E Ele chamouLó Lot = cobertaMMalaquias Malakh’Yaohuh = mensageiro de YaohuhMarcos ( latim ) = martelo grandeMaria, Míriam Maoroem = mãe dele ( do maor ) YaohushuaMarta ( grego ) = senhoraMateus ( latim – Matthaeum )Matias ( forma grega )ManaimYAOHU = Yaohuh é amávelMatyaohu ou MatyaoMatatias Matatyao = dádiva, presente de YaohuhMelquizedeque Molkhitzaodoq = meu rei é justiçaMiguel Mikaul = quem é como Ul ?Miquéias MikaYAOHU= quem é semelhante a Yaohuh ?Moisés Mehushua = [ libertador, pacificador ]Moisés Maimshê = tirado da água ( Êx 2.10 ) NNazareno Nuzrotiy = que brota por si mesmo ( renovo )Nazaré Nazriy = lugar verdejanteNaum Nahum = consoladoNaamã Naamã = agradávelNaim Naim = agradável, amávelNeemias Naokhemyaohu = Yaohuh consolaNatanael, Netanel ou NetaniasNatan’Ul = Ul deu, dom de Yaohuh, ouNatanyaohu = dado ou nomeado por YaohuhNicodemos Nakdimon = vitorioso sobre o povoNoé Nokha = repousoNoemi, Naomi, Noêmia Noemi = amável, agradável
  7. 7. Números Bamidbar = no desertoOObadias Avodyaohu = servo de YaohuhOséias Hoshua = salvaçãoPPáscoa PosqayaoPaulo Shaul = perguntado, questionadoPedro Káfos ( do aramaico ) = pedra, rocha – nome dado a Shimon para designar firmeza naféProvérbios Maushleym = provérbios, diretrizes, máximasQQuerubim Kerubim = aproximadosRRaquel Rahel = ovelha adultaReis Melekhim = reisRúben Huben = eis um filhoSSamuel Shamuul = Ul me ouviu ( 1 Sm 1.20)Salmos Tehillim = louvoresSalomão Shlomo = pacífico, de pazSalomé Shelemah = completa, perfeitaSara Sarah = princesaSaul Shaul = pedido, perguntado, questionadoSião Tzyon = lugar marcado, escolhido, elevadoSimeão, Simão, Simei Shimon, ou Shimei = famosoSofonias TsafoniYaohu = Yaohuh é minha direção ( é meu norte )TTiago YAOHUkaf = [ Yaohuh é mão aberta ]Timóteo YAOHUtam = Yaohuh é íntegro, sinceroTomé Tomah = gêmeoTeófilo ( grego ) = amigo de deusUUrias Uriyaohuh = Yaohuh é minha luzUziel UziUl = Ul é minha forçaVVasti - ( persa ) = a mais excelenteZZacarias ZokharYAOHU = memorial de YaohuhZaqueu Zakah ou Zakim = puro, limpo, inocenteZedequias Tsaodoqyao = Yaohuh é justo, justiça, retoZípora Tsiporah = passarinho
  8. 8. Gente cuidado com as traduções....Texto próximo ao ORIGINAL- Escritura Peshita-MATTITYAHU 18:8-9: "Portanto,se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, TOMA OUTRADIREÇÃO, melhor que seja assim do que seres lançado no Sheol (segunda morte). E, se teuolho te escandalizar, LANÇA PARA OUTRA DIREÇÃO, melhor que seja assim, do queseres lançado no Gei-Hinnom."Texto corrompido da Bíblia do Pe.João Ferreira de Almeida Atualizada (AA)Mateus 18:8-9"Se, pois, a tua mão ou o teu pé te fizer tropeçar, CORTA-O, lança-o de ti; melhor te é entrarna vida ALEIJADO, ou COXO, do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado no fogoeterno.E, se teu olho te fizer tropeçar, ARRANCA-O, e lança-o de ti; melhor te é entrar navida com UM SÓ OLHO, do que tendo dois olhos, ser lançado no inferno de fogo."Vemos como a Religião usa esse texto completamente distorcido de Mat 18:8-9, dandoênfase à mutilação, usando as palavras "corta ou "arranca", com pretexto de que se o fizernão será condenado. Isso mostra a IGNORÂNCIA que as pessoas tem em relação àsEscrituras, usando de interpretações errôneas.Por isso está escrito emQORINTYAH BET – II CORÍNTIOS 3-6: O qual também nos tornou avadim merecedoresda Brit Chadasha; não mata, mas o Ruach dá chayim.da letra, mas do Ruach; porque a letraQuem é levado por Palavras e nao entendem a interpretação... o resultado é esse!Dízimos e Ofertas• O livro de Malaquias foi escrito como repreensão ao povo de Israel;"Peso da palavra do SENHOR contra Israel, por intermédio de Malaquias. ( Malaquias 1.1 )• e , especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS ( Malaquias 2:1-2)"Agora, ó sacerdotes, este mandamento é para vós outros. Se não ouvirdes e se nãopropuserdes, no vosso coração, dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos,enviarei a maldição contra vós, e amaldiçoarei as vossas bênçãos; e também já as tenhoamaldiçoado, porque não aplicais a isso o coração."• Deus rejeita a oferta dos sacerdotes Malaquias 2:3"Eis que reprovarei a vossa semente, e espalharei esterco sobre os vossos rostos, o estercodas vossas festas solenes; e para junto deste sereis levados.• Estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos: Malaquias1:7-8Ofereceis sobre o meu altar pão imundo, e dizeis: Em que te havemos profanado? Nisto quedizeis: A mesa do SENHOR é desprezível.Porque, quando ofereceis animal cego para o sacrifício, isso não é mau? E quando ofereceis ocoxo ou enfermo, isso não é mau? Ora apresenta-o ao teu governador; porventura terá ele
  9. 9. agrado em ti? ou aceitará ele a tua pessoa? diz o SENHOR dos Exércitos.• Os sacerdotes estavam desviados, e infiéis com suas esposas; ( Malaquias 2:4-17 ) ( VER)• Os sacerdotes violaram a aliança de Deus com Levi:( Malaquias 2:4-6 )"Então sabereis que eu vos enviei este mandamento, para que a minha aliança fosse comLevi, diz o SENHOR dos Exércitos.Minha aliança com ele foi de vida e de paz, e eu lhas dei para que temesse; então temeu-me,e assombrou-se por causa do meu nome.A lei da verdade esteve na sua boca, e a iniquidade não se achou nos seus lábios; andoucomigo em paz e em retidão, e da iniquidade converteu a muitos.• Em Números 34, podemos ver a distribuição de herança na terra de Canaã, e a tribo quenão recebeu terra como herança foram os levitas, e a aliança de Deus com os levitas foi decomer dos dízimos das demais tribos, que tinham terra, exceto os levitas que fora separadospara o serviço sacerdotal e para armação da tenda da revelação, do tabernáculo.• E esta aliança foi dada por Deus e Deus mesmo, proibiu os levitas de trabalharem, porcausa do serviço da tenda, separou-os, e os deu dízimos de ALIMENTOS como porção de suaherança em Israel:E separarás os levitas do meio dos filhos de Israel, para que os levitas sejam meus.( Num 8:14 )• A escolha dos levitas, e os tesoureiros ( administradores do ajuntamento dos alimentostrazidos pelas outras tribos )Também no mesmo dia se nomearam homens sobre as câmaras, dos tesouros, das ofertasalçadas, das primícias, dos dízimos, para ajuntarem nelas, dos campos das cidades, aspartes da lei para os sacerdotes e para os levitas;porque Judá estava alegre por causa dossacerdotes e dos levitas que assistiam ali.( Neemias 12.44 )Por isso Levi não tem parte nem herança com seus irmãos; o SENHOR é a sua herança,como o SENHOR teu Deus lhe tem falado.( Deuteronomio 10:9 )E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, peloministério que executam, o ministério da tenda da congregação.(Num 18:21 )• Em Numeros 18:23-24 deixa claro que os Levitas não tinham herança ;"Mas os levitas executarão o ministério da tenda da congregação, e eles levarão sobre si asua iniqüidade; pelas vossas gerações estatuto perpétuo será; e no meio dos filhos de Israelnenhuma herança terão,Porque os dízimos dos filhos de Israel, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, tenhodado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meiodos filhos de Israel nenhumaherança terão.• Todos os levitas recebiam dízimos( alimentos) mesmo que NÃO FOSSEM sacerdotes;E que as primícias da nossa massa, as nossas ofertas alçadas, o fruto de toda a árvore, omosto e o azeite, traríamos aos sacerdotes, às câmaras da casa do nosso Deus; e os dízimosda nossa terra aos levitas; e que os levitas receberiam os dízimos em todas as cidades, danossa lavoura.( Neemias 10:37 )( Nossa lavoura: terra dada a outras tribos, exceto aos levitas)
  10. 10. • O dízimo era dado em alimentos;Então todo o Judá trouxe os dízimos do grão, do mosto e do azeite aos celeiros.( Neemias 13:12 )• O dízimo era dado em animais:No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, odízimo será santo ao SENHOR. ( Levítico 27:32 )• O dízimo era dado anualmente: ( 1 vez por ano)Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher docampo. (Deuteronômio 14:22 )• O dízimo trienal era para órfãos, viúvas, levitas e estrangeiros;E te alegrarás por todo o bem que o SENHOR teu Deus te tem dado a ti e à tua casa, tu e olevita, e o estrangeiro que está no meio de ti.Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ano terceiro,que é o ano dosdízimos, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentrodas tuas portas, e se fartem;( Deuteronômio 26:12 )E dirás perante o SENHOR teu Deus: Tirei da minha casa as coisas consagradas eas deitambém ao levita, e ao estrangeiro, e ao órfão e à viúva, conforme a todos os teusmandamentos que me tens ordenado; não transgredi os teus mandamentos, nem deles meesqueci;( Deuteronômio 26:11-13 )Resumo:A profecia dada a Malaquias ( mensageiro ),foi nos tempos equiparados a Neemias, quando,restaurou a casa do Senhor, e pôs ordem na casa, porque os levitas estavam desamparados,sem "mantimentos" ( alimentos) e foram para os campos trabalharem, e isto, estava contraos mandamentos que Deus ordenou a Israel, pois, os sacerdotes estando desviados, nãoatentaram para o cumprimento da aliança de Deus com Levi, e o sustento dos sacerdotes ,como Deus ordenou.Então, fica bem claro, que, o mandamento de repreensão foi para o povoda nação de Israel, e nada tem a ver com nós, de outras nacionalidades.Mediante o concerto que Neemias estabeleceu , todos os dízimos foram tragos e os levitasvoltaram para o templo, pois, havia comida para eles, e as câmaras do depósito ( casa dotesouro) estavam, fartas, dando sustento aos levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros.Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente "DÍZIMOS" para ascâmaras do depósito do templo, para que haja "comida" ( alimento, ou mantimento ) emminha casa. Isto é , mantimento= produtos alimentares ( ver dicionário da línguaportuguesa.)Em relação as ofertas, não manda trazê-las para a casa do tesouro( câmaras do depósito dotemplo),e , as ofertas não eram dinheiro, e sim, animais, que o próprio Deus nem atentoupara as ofertas de animais coxos,cegos e defeituosas que vinham oferecendo nestes tempos.( Isto é que era roubar a Deus, achando que estavam enganando a Deus ).Deus os mandoutornar-se para ele,em que?Dízimos ( alimentos para sustento dos levitas ) Aliança de vida e paz.
  11. 11. Ofertas; animais sem defeito, para ser como holocaustos ao Senhor ( simbolizando osacrifício de Cristo, cordeiro imaculado, sem defeitos )Nos tempos da mensagem de Malaquias, já havia quem recebesse salários, ( Malaquias 3.5 )e não eram em alimentos, e sim, em quantia mesmo.Em Malaquias 3.5-7, os sacerdotes desviados dos estatutos, são repreendidos, e Deus oschamam de ladrão,porque corromperam um a aliança com a Tribo de Levi.Malaquias 3:9 eles atraem maldição, devido violação da aliança, e A NAÇÃO de ISRAEL, éacusada de roubar a Deus:"Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação"( não serefere aS naçõeS e sim a UMA SÓ NAÇÃO)Comparando o vers.12"E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa,diz o SENHOR dos Exércitos.( Aqui Deus fala de outras nações observando a prosperidadeDE ISRAEL, mediante a obediência de observarem os estatutos )• " reaprenderei o devorador"Vers.11 ( Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus• Devorador segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava comopragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de "O meugrande exercito". Se fossem demônios,você acha que Deus enviaria demônios contra seupovo? ( Joel 2:22-27) ..."e Eu reaprenderei o devorador "... espantarei a praga do meio davossa plantação.(gafanhotos)• Trazei todos os dízimos ;alimentos, animais, grãos, trigo, mosto,azeite ( dinheiro nunca foi pedido como dízimo)• à casa do tesouro,câmaras do depósito central do templo, onde se armazenava o grão, o trigo, o azeite, omosto.• para que haja mantimento na minha casa,mantimento: produtos alimentares ( alimento, comida ) ver dicionário.• e depois fazei prova de mim nisto;fazer prova, no sentido, de crer, que não precisa reter alimentos, deixando os levitasdesamparados, porque Deus daria muita colheita para fartar a todos.Também fala nosentido de "fazer prova", ou seja, experimentai,provai, como se fosse provar algo, de modoliteral a sentir o gosto mesmo.• abrir as janelas do céu (ver Gênesis 7:11-12 e Genesis 8:2 )derramar chuvas para crescer o fruto da terra ( nada a ver com bens materiais,casa,carro,empresa etc..) Nem todos eram agricultores.• derramar sobre vós uma bênção tal :fazer prosperar os campos, de modo a ter fartura e colheita, para que possam dar aoslevitas,órfãos,viúvas e ao estrangeiro, sem precisar reter com medo de faltar.• até que não haja lugar suficiente para a recolherdes;Deus promete fazer crescer tanto o fruto da terra, que nem haveria espaço nos depósitos dotemplo para armazenar tanta quantidade que colheriam na safra.
  12. 12. Consideraçõesfinais:Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito,que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda alei ( Hb 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimosem dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertoumoedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais emdinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel ,..."o mais importante DA LEI ". Mateus 23.23Paulo não mencionou dízimos, nem outro apostolo qualquer deixou exemplo de talprática.Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manterdispezas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dosirmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feitaDISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos dashortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte )Mt 23.23 e Lucas 18.12.Tal práticados fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz quedizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam afé.O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com ospobres.Jó nunca dizimou, e era prósperoAbraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistasde guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.Jacó prometeu dar o dízimo, ( voto ) Gênesis 28:20-22 .."a biblia não fala que ele cumpriu...Abraão não foi a "suposta" casa do tesouro( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontropara receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte,imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César.Isto é, JESUS mandousermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviamdefraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: "hoje houve salvação nesta casa".Repare que oSalvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, erestituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindoa palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.No sétimo ano , Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava.Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhorescolhera,para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUSDÍZIMOS,administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, queadministram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos dopovo.Estes ditos "sacerdotes" ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotalsuperior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar odízimo pessoal de cada um.
  13. 13. Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócioreal, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através deCRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véuque separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo ( ondesó entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo ).Os arranjos e reparações do templo, eram feitos com ofertas no gazofilácio, para pagaroficiais trabalhadores. ( 1 Reis 12 e 1 Reis 22 )Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era saláriomensal como se estivesse numa empresa.Paulo trabalhava , e em nada pesava os irmãos e a igreja.Se Paulo disse: "sede meus imitadores como eu sou de Cristo", será que nesta parte, ospastores imitam á Paulo?Em 2 Coríntios Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres:"Ele espalhou, deu aos necessitados; a sua justiça permanece para sempre, e a sua força seexaltará em glória". Salmos 112:"Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre".2 Coríntios 9:9Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para "suprir" os quenão tem, algo que, é totalmente visto por Deus.Paulo faz um "ajuntamento" para "DISTRIBUIR", hoje em dia se faz uma distribuição ( deenvelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que sepreocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, TV,rádios,sites,eventos, convites a itinerantes, shows,viagens,lazer para líderes, carrões,casarões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus.Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do quea igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro.A biblia fala para não reter e sim, dar, dar e dar. Será que a igreja faz isto? Ou antesretém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maiorparte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como setudo fosse uma partida de competição: "Quem tiver mais membros é o vencedor".A Origem Obscura do CarnavalÉ possível que suas raízes se encontrem num festival religiosoprimitivo, pagão, que homenageava o início do Ano Novo e o ressurgimento danatureza, mas há quem diga que suas primeiras manifestações ocorreram na Romados césares, ligadas às famosas saturnálias, de caráter orgíaco.Contudo, o rei Momo é uma das formas de Dionísio - o deus Baco, patrono dovinho e do seu cultivo, e isto faz recuar a origem do carnaval para a Gréciaarcaica, para os festejos que honravam a colheita. Sempre uma forma de comemorar,com muita alegria e desenvoltura, os atos de alimentar-se e beber, elementosindispensáveis à vida.?
  14. 14. Satanás e tão astuto que traz para todas as culturas e povos um modo de seradorado, e ainda mais, faz com que ações sejam tomadas para afirmar sua possesobre a terra (Mt. 4:8 e 9).Para entendermos um pouco mais, vamos até a raiz do mau, para termosesclarecimento de toda artimanha bolada pelo inimigo:Os povos pagãos antigos homenageavam seus deuses greco-romanos em grandesfestas. Entre elas, existiam as saturnias (para o deus Saturno) e os bacanais(para o deus Baco, na mitologia romana, conhecido também como Dionísio, namitologia grega). Essas comemorações, geralmente realizadas em novembro edezembro, eram regadas a muito vinho e com direito a orgias diversas.Nos primeiros séculos a Igreja Católica não tinha expressão dentro domundo greco-romano. Somente no século 4, o imperador Constantino publica oEdito de Milão (313 d.C.), que torna o catolicismo a religião oficial doImpério e proíbe a perseguição de cristãos. A partir do século 4, a Igreja criauma estrutura mais forte e elabora um cronograma oficial para as festaslitúrgicas ? Natal, Quaresma e Páscoa ? dentro do calendário Juliano.Como a Igreja pautava-se nos padrões éticos e morais, não permitia uma série decoisas na Quaresma, como a realização de bacanais e saturnias. Então, aspessoas passaram a aproveitar o último dia antes do início da Quaresma parafazer tudo a que tinham direito. O carnaval é realizado justamente neste períodoe remonta as características das festas pagãs.Vários estudiosos já tentaram explicar a origem da palavra carnaval. Entre asaceitas está carnelevale, do dialeto milanês, que significa tempo em que setira o uso da carne. O carnaval é propriamente a noite anterior à Quarta-feirade Cinzas, quando começa o período de abstenção de carne, por parte dosreligiosos.Sabemos que com Constantino ( Imp. Romano que se converteu ao Cristianismo paranão perder o controle do Império), veio todo o tipo de abominação e idolatriapara dentro da Igreja, e se misturou ao culto Cristão formas de adoração pagã.Satanás usou esse imperador Romano, ambicioso e idólatra, para ter uma portaaberta para desviar o culto prestado ao único DEUS e leva-lo a ser prestado aos?santos?, que na verdade, são castas de demônios, principados e potestades quese encontram por de traz de cada imagem, e que na verdade estão recebendoaquele culto dito Cristão.Ao pesquisar mais sobre a origem do carnaval, descobri que antes dasSaturnálias (Romanas), no Egito, no período da estação do outono realizava-se afesta do boi Apis(animal sagrado).Escolhia-se o boi mais belo e todo branco o qual era pintado com várias cores,hieróglifos e sinais cabalísticos(branco=pureza, então, pintar o boi significatorna-lo impuro). O boi era conduzido pelas ruas, e levado até o rio Nilo, ondeera afogado. Em procissão, sacerdotes, magistrados, homens, mulheres ecrianças, fantasiados grotescamente, iam atrás dele(o boi) dançando, cantandoem promiscuidade até seu afogamento.Na mitologia Grega, Júpiter, se fez passa por um boi, seduziu a princesa Europae a conduziu para o mar até uma praia deserta onde à possuir.
  15. 15. É fato que os relatos estão entrelaçadas, pois os demônios que atuavam no Egitoem forma de deuses, são os mesmos que atuaram na Grécia, em Roma e emBabilônia.Mas as Saturnálias são as comemorações carnais, que mais se assemelham aocarnaval do Brasil.A Saturnália iniciava-se com César, escolhendo o soldado mais belo, paracoroa-lo rei durante os quatro dias do festejo. Esse rei era chamado de Momo.Durante seu reinado era praticado, sobre o seu comando, todo tipo deglutonaria, bebedeira e lasciva, no término das festividades, ou seja no finaldo quarto dia, o rei Momo era sacrificado de forma brutal no altar de Saturno.Adão, Eva e Lilith?Pode parecer até exagerado achar que Lilith foi mãe de Adão, mas Adão tinha que ter umamãe, senão não seria humano. E, se Adão não conheceu uma mãe material, deveria ter aimagem dela para si mesmo. Talvez seja por esse motivo que o nome de Lilith tenhadesaparecido do texto oficial da Bíblia. Estaria em desacordo com as normas cristãs Adãoter uma mãe e essa mãe ter sido sua esposa. E a rejeição de Lilith pela companhia de Adão,não poderia ser interpretada como um desmame? De todas as formas, a equivalência deesposa e mãe existe. "A noção de proibição havia sido deslocada do jogo genital ao feito dechupar o peito (comer a maçã)... O verdadeiro sentido é: "podemos comer da maçã, porémestá proibida para o filho que tenha contato sexual com sua mãe"...Quem é Lilith então? Para Adão é um primeiro objeto de amor, do qual deve acordar-se edescobrir seu sexo." Ou seja, Lilith representa o primeiro estágio de desenvolvimento deAdão, chamado matriarcal e governado pelo arquétipo da "mãe", que será seguido peloestágio patriarcal, no qual o arquétipo do pai será dominante. A expressão "estágiopatriarcal" significa que Adão alcançou um nível de desenvolvimento do ego e daconsciência no qual se dá uma importância crescente à vontade, à atividade, ao aprendizadoe aos valores transmitidos pelo mundo. Entretanto, sem a separação, que levará Lilith paralonge, Adão não poderia se desenvolver e se tornar adulto. Mas nessa transição da fasematriarcal para a patriarcal, o arquétipo anteriormente dominante da mãe é constelado detal modo que seu lado "negativo" aparece. O arquétipo da fase a ser superada aparecerácomo a "Mãe Terrível". Lilith começa então a provocar medo, porque representa o elementoque "reprime" e que dificulta o desenvolvimento necessário e devido. Por isso étransformada novamente na serpente é a antítese da energia ascendente dodesenvolvimento do ego, tornando-se então, símbolo de estagnação, regressão e morte.Lilith com rabo de serpente era a imagem da divindade andrógina, antes da criação, ouseja, antes do aparecimento do desejo, antes da separação do ser primitivo e absoluto,portanto, equivalente ao nada, de acordo com as teses de Hegel. Essa imagem representa areminiscência da Lilith primitiva. Porém ela se converteu em pássaro noturno e alçando vôodesapareceu entre as trevas. Sua segunda forma, como corresponde a uma imagemdesprovida de elementos terrestres, é uma forma para ficar na memória. O mito não é
  16. 16. teológico, é essencialmente social. Em uma sociedade paternalista, Lilith é reprimida paradar lugar a Eva. Portanto, Eva representa a mulher moldada pelo homem.Eva, entretanto, é uma mulher incompleta, lhe falta algo: o aspecto de Lilith que toma asvezes, quando se rebela, o aspecto que irá tomar Eva ao comer a maçã.A Eva, como mulher, está totalmente alienada, não é nada mais do que a imagem castradade Jehová e de Adão e não a imagem da parte feminina de Deus. Eva é uma mulher muda,a sombra de uma mulher, quase um fantasma. A mulher real é Lilith..A REBELDIA DE LILITHCuidadosamente apagada da Bíblia cristã, Lilith permanece como símbolo de rebelião àrepressão do feminino na psique e na sociedade. O mito Lilith mostra bem a passagem domatriarcado para o patriarcado.Tanto na literatura ortodoxa como na apócrifa, a sombra de Lilith seguiu cercando asmulheres até o século XV d. C. Nessa época, e utilizando as mesmas imagens incorporadasem Lilith, milhares delas foram acusadas de copular com o demônio, matar crianças eseduzir homens, ou seja, de serem bruxas.Textos da literatura judia de fontes apócrifas, não incluídos no canon ortodoxo do AntigoTestamento, contêm passagens como a seguinte:"As mulheres são o mal, filhos meus: como não têm o poder nem a força para enfrentar ohomem, usam truques e intentam enganá-lo com seus encantos; a mulher não pode dominarpela força o homem, porém o domina mediante a astúcia. Pois certamente a anjo de Deusme falou sobre elas e me ensinou que as mulheres se entregam mais ao espírito defornicação que o homem, e que tramam conspirações em seus corações contra os homens;com sua forma de adornar-se primeiro lhes fazem perder a cabeça, e com uma olhadainoculam o veneno, e logo durante o próprio ato os fazem cativos; pois uma mulher não podevencer o homem pela força. Assim que evitai a fornicação, filhos meus, e ordenem a vossasesposas e filhas que não adornem suas cabeças e seus rostos, pois a toda mulher que usatruques desse tipo estará reservado o castigo eterno".Esse exemplo nos mostra como um mito, se for entendido e concebido de forma literal, podecriar um prejuízo e converter-se em uma doutrina que se declara a si mesma uma verdadedivinamente revelada. É conveniente lembrar que Jesus não aprovou nem o mito nem suasimplicações, nem os costumes patriarcais referentes as mulheres, muito pelo contrário.Foram transmitidas ao Novo Testamento através dos escritos de Pablo, e assim fizeram suaentrada na doutrina formal cristã..
  17. 17. LILITH E ADÃO/EVAEnquanto Lilith é descrita como forma negativa, Eva, ao contrário, é apresentada em suasbelezas e ornamentos. Adão não a recusa por vê-la como ossos dos seus ossos. Mas Evacarregará a culpa pela perda do paraíso.E, esta é a informação que nos é passada pelo catolicismo, isto é, que a mulher possui umaimperfeição inerente, devida a sua natural inferioridade e sua incapacidade de distinguir obem do mal. Tais afirmações foram codificadas no psiquismo feminino, fazendo com quetodas as mulheres se tornassem estigmatizadas com esta identidade negativa. Foi destemodo, que o feminino se viu reduzido ao submisso e ao incapaz. A submissão foi então,imposta culturalmente a todas as mulheres, que distorceu intencionalmente os aspectosfemininos, com o intuito de reprimir e estabelecer uma sociedade patriarcal.Lilith, portanto, desobedece à supremacia de Adão, Eva, assumindo seu arquétipo Lilith,desobedeceria à proibição. Lilith, nada mais é, do que o lado sombrio de Eva, daí o porquedas qualidades terríveis que são atribuídas a ela. Todo mal que lhe é atribuído está em suadesobediência, ao seu "não" a submissão.Criada ao pôr do sol, Lilith é noturna, e por isso lhe foi atribuída a qualidade de vampiro.Lilith, ou as projeções do mito eram descritas em suas características eróticas, sensuais,mas quase sempre misturadas com características horrendas, partes animalescas,sobretudo nas extremidades.A tradição de Lilith é a tradição da rejeição à Adão. O não de Adão, como já observamos,deveu-se não só ao caráter demoníaco de Lilith, mas também a exigência dodesenvolvimento do ego de Adão.A serpente-demônio, ou o próprio demoníaco que existe em Lilith, impele a mulher a "fazeralgo" que a sociedade paternalista não permite.Lilith é o arquétipo da mulher indomada, que luta apaixonadamente pelo poder pessoal.Suas características são destemor, força, entusiasmo e individualismo. Ela é atividade eexuberância emocional. Para as religiões patriarcais, é a personificação da luxúriafeminina, uma inimiga das crianças que atua de noite, semeando o mal e a discórdia. EmIsaias, ela é chamada de "a coruja da noite". No Zohar, é descrita como "a prostituta, amaligna, a falsa, a negra".Lilith aparece em nossas vidas para nos dizer que é hora de assumirmos o nosso poder.Você tem medo de assumi-lo? Você é daquelas pessoas que não sabem dizer "não"? Temmedo de perder sua feminilidade se tiver o poder em suas mãos? Você teme ser afastada(o)ou banida(o) pelos outros quando estiver em exercício de seu poder? Está com medo de fazer
  18. 18. mau uso dele, dominando ou manipulando os outros? Lilith diz que, agora, para você, ocaminho da totalidade está em reconhecer que não está ligada ao seu poder e, então, emsegundo lugar, submeter-se e aceitar este poder..Poucas pessoas sabem a saga vivida por Lilith, a primeira mulher de Adão, que veio do pócomo ele, não nasceu da costela e, por isso, não foi submissa. Como todo bom machão, Adãoreclamou com Deus e, então, ele amaldiçoou a Lilith e a tornou um personagem obscuro nahistória bíblica.MASCULINO/FEMININONa origem de todos os povos do mundo sempre existiu a tradição de um casal fundador daraça humana. A maioria são casais-deuses, exceto nas religiões patriarcais, como a cristã,onde um único Deus masculino formou todas as coisas e seres.Entretanto, ao estudar a espiritualidade hebraica, através da Cabala, nos é ensinado que ogrande deus monoteísta não é do sexo masculino, mas é completo em si mesmo, o queexistem são divisões de gênero, inclusive é uma insolência lhe dar aspecto humano, pois suaessência é luz pura. E desde quando luz tem sexo?Mas como sabemos vivemos num mundo bipolar e é por isso que nossa Divina Arquitetateve a iluminada idéia de semear o amor no terreno fértil de nossos corações, para quepudéssemos andar lado a lado, sempre em casais e nunca sozinhos.Ao se estudar Carl Jung descobriremos que dentro de cada homem há uma mulher (anima)e em cada mulher há o princípio masculino (animus). Este eterno jogo de yin-yang se ajustae se completa. Portanto, nenhum indivíduo é inteiramente masculino ou inteiramentefeminino.Cada um de nós é composto dos dois elementos e esses dois constituintes estãofreqüentemente em conflito. O princípio feminino ou "Eros" é universalmente representadopela Lua e o princípio masculino ou "Logos" pelo Sol. O mito da criação no Gênesis afirma:Deus criou duas luzes, a luz maior para reger o dia e a luz menor para reger a noite. O Solcomo princípio masculino é o soberano do dia, da consciência, do trabalho e da realização, doentendimento e da discriminação conscientes, o Logos.A Lua, o princípio feminino é a soberana da noite, do inconsciente. É a deusa do amor,controladora das forças misteriosas que fogem à compreensão humana, atraindo os sereshumanos irresistivelmente um para o outro, ou separando-os inexplicavelmente. Ela é oEros, poderoso e fatídico e totalmente incompreensível.Na natureza, o princípio feminino ou a deusa feminina mostra-se como uma força cega,fecunda, cruel, criativa, acariciadora e destruidora.É a fêmea das espécies mais mortal que o macho, feroz em seu amor como também com seuódio.
  19. 19. Esse é o princípio feminino na forma demoníaca. O medo quase universal que os homenstêm de cair sob o domínio ou fascinação de uma mulher e a atração que esta mesmaservidão têm para eles, são evidências de que o efeito que uma mulher produz num homemé, em geral realmente de caráter demoníaco.Essa imagem repousa tão somente, na natureza da própria "anima"do homem ou almafeminina, sua imagem interior do feminino. A "anima" não é uma mulher, mas um espíritode natureza feminina, que reflete as características do lado demoníaco, tanto glorioso, comoterrível. Na vida cotidiana o homem não entra diretamente em contato com o princípiomasculino duro, predatório, mas encontra-o sob a máscara humana, mediado pela suafunção superior.Mas o feminino dentro dele não é mediado através de uma personalidade humana culta edesenvolvida.O princípio feminino, a Deusa Lua, age sobre ele diretamente do inconsciente,aproximando-se como um traidor que vem de dentro. Não é de admirar tanto medo edesconfiança!.O LADO OBSCURO DE LILITHSe Eva se acusou de ter atraído a morte, o pecado e a tristeza ao mundo, Lilith já erademoníaca desde que foi criada. Lilith surgiu do intento de compreender a difrença entre osmitos da criação de Gênesis, já que em sus primeira história em Gênesis 1, homem emulher são criados iguais e conjuntamente, enquanto na segunda história, em Gênesis 3, amulher é criada depois do homem e a partir de seu corpo. Segundo as lendas, Lilith era aprimeira esposa, que era bem pior que a segunda. No entanto, a figura escolhida paradesempenhar esse papel na lenda judia era originariamente suméria, a resplandecente"Rainha do Céu", cujo nome "Lil" significava "ar" ou "tormenta". As vezes se tratava de umapresença ambígua, amante dos "lugares selvagens e desabitados", associada também com oaspecto obscuro da Deusa Inanna e com sua irmã Ereshkigal, Rainha do MundoSubterrâneo". Aparece pela primeira vez no poema sobre Inanna, quando o herói Gilgameshtala a árvore de Inanna:"Gilgamesh golpeou a serpente que não podia ser encantada.O pássaro Anzu voou com suas crias às montanhas;e Lilith aniquilou seu lar e retirou-se aos lugares selvagens e desabitados.""Lil" também era a palavra sumero-acádia que designava a "tormenta de pó" ou "nuvem depó", um termo que também se aplicava aos fantasmas, cuja forma era uma nuvem de pó ecujo o alimento era supostamente o pó da terra. Na língua semítica "liliatu" era então "acriada de um fantasma", porém prontamente se fundiu com a palavra "layil", "noite", e se
  20. 20. converteu em uma palavra que se designava a um demônio noturno.A "lílít" do texto hebraico se traduz na versão grega de Septuaginta e por Lamia na Vulgatalatina de São Jerônimo. As "lamiae" são muito conhecidas nas tradições gregas e latinas,como monstros voadores noturnos, que sempre aparecem sob o aspecto de pássaros. Amaioria dos autores, afirma que as lamias são monstros femininos que devoram homens ecrianças. Portanto, as lamias e Lilith têm muitos pontos em comum e foram convertidas em"vampiras".No mito hebreu, Lilith, portanto, acumulou sem descanso todas as associações à noite e àmorte. é possível que a imagem hebréia de Lilith se baseasse nas imagens de Inanna-Istharcomo Deusa das grandes alturas e de grandes profundidades, porém, compreensivelmenterebaixada ao ser percebida desde o ponto de vista de um povo deportado à BABILÔNIA.Só há uma referência à Lilit, como coruja, no Antigo Testamento. É encontrada no meio deuma profecia de Isaías. No dia da vingança de Yahvé, quando a terra se envolverá numdeserto,"e um sátiro chamará o outro; também ali repousará Lilith e nele encontrarádescanso." Inanna e Isthar eram chamadas de "Divina Senhora Coruja" (Nin-nnina Kilili).Isso pode explicar de onde provêm Lilith e porque era representada como uma coruja.Uma versão da Criação de Lilith na mitologia Hebréia conta que Yahvé fez Lilith, como aAdão, porém no lugar de usar terra limpa, "tomou a sujeira e sedimentos impuros da terra,e deles formou uma mulher. Como era de se esperar, essa criatura resultou ser um espíritomaligno". Lilith se converteu a posteriori na primeira esposa de Adão, cuja presençaoriginal nunca terminou de eliminar-se totalmente de de seu segundo matrimônio. O quefalhou no primeiro foi obviamente a independência de Lilih e sua igualdade com Adão, porisso depois criou-se Eva. Em conseqüência, a lenda tacha de insubordinação a atitude porparte de Lilith, pois, segundo a história, se negava a aceitar seu "lugar apropriado" queaparentemente era permanecer debaixo de Adão durante a relação sexual:-"Porque teria que ficar debaixo de ti quando sou tua igual, já que ambos fomos criados debarro?", pergunta ela.Adão não sabe contestar essa pergunta, de maneira que, pronunciando o nome mágico deDeus e Lilith se foi voando pelos ares até o Mar Vermelho. Ali dá à luz a mais de 100demônios por diaAdão fala de sua esposa a Yahvé, e esse enviou a sua procura os três anjos Senoi, Sansenoie Samanglof, que a encontraram nas margens do Mar Vermelho, onde mais tarde as tropasegípcias seriam engolidas por ordem de Moisés.Lilith se negou a voltar a ocupar seu lugar junto de Adão e ameaça dizendo que possuipoder de matar crianças. Então os anjos tentaram afogá-la no Mar Vermelho, porém Lilithadvogou em causa própria e salvou sua vida com a condição de jamais causar dano a umacriança recém-nascida de onde viera seu nome escrito.
  21. 21. Finalmente Yahvé deu a Lilith, Sammael (Satã), e ela foi a primeira das quatro esposas dodiabo e a perseguidora dos recém-nascidos.Mas, em conseqüência dessa fala, a ordem divina se converteu no centro de todas asfantasias de terror que provoca a sensação de indefesa. Lilith poderia aparecer em qualquermomento da noite, ela ou algum de seus demônios, para levar uma criança, aterrorizando ospais dos pequenos. Podia também possuir um homem durante o sono. Esse constataria quehavia caído debaixo de seu poder se encontrasse restos de sêmen ao despertar. É difícilevitar concluir que Lilith se converteu em uma imagem de desejo sexual não reconhecido,reprimido e projetado sobre a mulher, que se converte em sedutora. Por todos os lugaresforam encontrados amuletos contra o "poder" de Lilith.Através da figura de Lilith, na cultura hebréia, a divisão e polarização próprias da Idade doFerra da Grande Mãe em seus aspectos, a Deusa que dá a vida e a Deusa que atrai a morte,é levada um pouco mais longe. Ao terror do sofrimento inexplicável que pode manifestar-sesem aviso prévio e se insere uma dimensão nova da demonização da sexualidade.O mito em Gênesis, estabelece que é a infração do mandamento de Yahvé, e não asexualidade, a causa da expulsão do Paraíso à condição humana; e o conhecimento do bem edo mal, que alcançaram através da desobediência, tampouco se pode explicar em termos deconhecimento sexual. No entanto, tanto a desobediência como o conhecimento se associaramcom a sexualidade porque a primeira coisa que Adão e Eva "viram" quando "seus olhos seabriram" foi que estavam nus. Antes disso, andavam nus e sem vergonha. A nudez,portanto, se converteu em sexualidade pecaminosa, especialmente quando a serpente fálicaentra na especulação teológica. Em certas ocasiões a serpente era identificada como Lilith ese desenhava a serpente com um corpo de mulher, interpretando-se que a dita criatura eraLilith. Outras vezes a serpente tinha um rosto como o de Eva. Por esta razão, umapercepção da sexualidade como algo "não divino", invade as lendas de Lilith como aspectoescuro de Eva.Mas, o papel de Lilith parece não terminar quando se une a Satã, aliás, muito pelocontrário. Segundo Zohar (Hhadasch, seção Yitro, p.29), depois participa da perdição deAdão, ao qual Yahvé (Jehová) concede como segunda esposa a Eva, nascida da sua própriacostela, ou seja, à imagem do homem, o reflexo do homem, ou a imagem castrada de Adão."Depois de que o Tentador (Sammael) houvera desobedecido ao Santíssimo, bendito seja, oSenhor o condenou a morrer". A Cabala faz eco desta tradição (Livro Emek-Ammelehh, XI),que Sammael será castigado: "Esse dia, Yahvé visitará com sua terrível espada a Leviatã, aserpente insinuante, que é Sammael, e a Leviatã, a serpente sinuosa, que é Lilith.Esse texto nos diz que tão somente Lilith está incluída no castigo junto com Sammael e nãoas outras três esposas e que, Lilith também apresenta o aspecto de serpente. O que seconclui é que Lilith está reprimida no inconsciente e, quando surge, coloca a sociedadepaternalista em xeque. Assim, quando Eva convida Adão para comer a maçã, é das mãos deLilith que a receberá.
  22. 22. Não comemore o natalNão se Engane ! Veja Porque você não deve participar desta comemoração mentirosa!“ E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação de vossamente, para que experimenteis qual seja a boa , agradável, e perfeita vontade de DEUS.“(Romanos 12: 2)1- Porque a Bíblia não manda celebrar o nascimento.2- Porque Jesus não nasceu em 25 de dezembro. Esta data foi designada por Roma numaaliança pagã no século IV. A primeira intenção era cristianizar o paganismo e paganizar ocristianismo, de acordo com o calendário Judaico Jesus nasceu em setembro ou outubro.3- A igreja do Senhor está vivendo a época profética da festa dos tabernáculos, que significaa preparação do caminho do Senhor, e, se você prepara o caminho para Ele nascer, nãoprepara para Ele voltar.4- O natal é uma festa que centraliza a visão do palpável e esquece do que é espiritual. PraJesus o mais importante é o Reino de Deus que não é comida nem bebida, mas justiça e pazno espírito.5- Porque o natal se tornou um culto comercial que visa render muito dinheiro. Tirar dospobres e engordar os ricos. É uma festa de ilusão onde muitos se desesperam porque nãopodem comprar um presentinho para os filhos.6- Porque esta festividade está baseada em culto à falsos deuses nascidos na Babilônia.Então, se recebemos o natal pela igreja católica romana, e esta por sua vez recebeu dopaganismo, de onde receberam os pagãos? Qual a origem verdadeira?O natal é a principaltradição do sistema corrupto, denunciado inteiramente nas profecias e instruções bíblicassobre o nome de Babilônia. Seu início e origem surgiu na antiga Babilônia de Ninrode. Naverdade suas raízes datam de épocas imediatamente posteriores ao dilúvio.Ninrode, neto de Cão, filho de Noé, foi o verdadeiro fundador do sistema babilônico que atéhoje domina o mundo – Sistema de Competição Organizado - de impérios e governos pelohomem, baseado no sistema econômico de competição e de lucro. Ninrode construiu a Torrede Babel, a Babilônia primitiva, a antiga Nínive e muitas outras cidades. Ele organizou oprimeiro reino deste mundo. O nome Ninrode, em hebraico, deriva de “Marad” que significa“ele se rebelou, rebelde”.Sabe-se bastante de muitos documentos antigos que falam desteindivíduo que se afastou de Deus. O homem que começou a grande apostasia profana e bemorganizada, que tem dominado o mundo até hoje.Ninrode era tão perverso que se dizque casou-se com sua mãe, cujo nome era Semíramis. Depois de sua morte prematura, suamãe-esposa propagou a doutrina maligna da sobrevivência de Ninrode como um enteespiritual. Ela alegava que um grande pinheiro havia crescido da noite para o dia, de umpedaço de árvore morta, que simbolizava o desabrochar da morte de Ninrode para umanova vida.Todo ano, no dia de seu aniversário de nascimento ela alegava que Ninrodevisitava a árvore “sempre viva” e deixava presentes nela. O dia de aniversário de Ninrodeera 25 de dezembro, e esta é a verdadeira origem da “árvore de natal”.Por meio de suasartimanhas e de sua astúcia,Semíramis converteu-se na “Rainha do Céu” dos babilônicos, e Ninrode sob vários nomes,converteu-se no “Divino Filho do Céu”. Por gerações neste culto idólatra. Ninrode passou a
  23. 23. ser o falso Messias, filho de Baal: o deus-sol. Nesse falso sistema babilônico, “a mãe e acriança” ou a “Virgem e o menino” (isto é, Semíramis e Ninrode redivivo) transformaram-seem objetos principais de adoração. Esta veneração da “virgem e o menino” espalhou-se pelomundo afora; o presépio é uma continuação do mesmo em nossos dias, mudando de nomeem cada país e língua. No Egito chamava-se Isis e Osiris, na Ásia Cibele e Deois, na Romapagã Fortuna e Júpiter, até mesmo na Grécia, China, Japão e Tibete, encontra-se oequivalente da Madona (minha dona ou minha senhora), muito antes do nascimento deJesus Cristo.7- Esta festa não glorifica a Jesus pois quem a inventou foi a igreja católica romana, quecelebra o natal diante dos ídolos (estátuas). Jesus é contra a idolatria e não recebe adoraçãodividida.8- Porque os adereços (enfeites) de natal são verdadeiros altares de deuses da mitologiaantiga que (que são demônios): Árvore de Natal – é um ponto de contato que os demôniosgostam. No ocultismo oriental os espíritos são invocados por meio de uma árvore. De acordocom a enciclopédia Barsa, a árvore de natal é de origem germânica, datando o tempo deSão Bonifácio, foi adotada para substituir o sacrifício do carvalho de ODIM, adorando-seuma árvore em homenagem ao Deus menino. Leia a bíblia e confira em Jeremias 10:3,4; IReis 14:22,23; Deuteronômio 12:2,3; II Reis 17:9,10; Isaías 57:4,5; Deuteronômio 16:21 eOséias 4:13.Asvelas acendidas – faz renascer o ritual dos cultos ao deus sol.As guirlandas –são símbolos da celebração memorial aos deuses, significam um adorno de chamamento elegalidade da entrada de deuses.A Bíblia nunca anunciou que Jesus pede guirlandas, ouque tenha recebido guirlandas no seu nascimento, porque em Israel já era sabido que faziaparte de um ritual pagão. O presépio – seus adereços estão relacionados diretamente com osrituais ao deus-sol. É um altar de incentivo à idolatria, que é uma visão pagã.A Palavra deDeus nos manda fugir da idolatria (I Coríntios 10:14,15; Gálatas 5:19,21). Papai Noel – éum ídolo, um santo católico chamado Nicolau, venerado pelos gregos e latinos em dezembro,sendo que sua figura é a de um gnomo buxexudo e de barba branca. O gnomo de acordo como dicionário Aurélio é um demônio da floresta.Troca de presentes – na mitologia significaeternizar o pacto com os “deuses”.Ceia de Natal – um convite à glutonaria nas festas pagãsao deus-sol o banquete era servido a meia –noite.9- O natal de Jesus não tem mais nenhum sentido profético pois na verdade todas asprofecias que apontavam para sua primeira vinda à terra já se cumpriram. Agora nossaatenção de se voltar para sua Segunda vinda.10- A festa de natal traz em seu bojo um clima de angústia e tristeza, o que muitos dizemser saudades de Jesus, mas na verdade é um espírito de opressão que está camuflado,escondido atrás da tradição romana que se infiltrou na igreja evangélica, e que precisamosexpulsar em nome de Jesus.PROCEDIMENTO DA LIBERTAÇÃOTemos um Deus que transforma maldição em bênção. Agora não somos mais ignorantesquanto a festividade iniciada na Babilônia. Qual deve ser então nosso procedimentoprático?1 - Lançar fora toda dependência sentimental da data do “sol invictus” ( 25 de dezembro ).
  24. 24. 2 - Instruirmos nossos filhos e discípulos: “conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.João 8:32 – Nos livrarmos de todo enfeite com motivos natalinos pois sabemos suas origens.3 - Não ficarmos sujeitos financeiramente à comidas importadas típicas. É um dia comooutro qualquer.4 - Resistirmos ao espírito satânico de gastos no natal, principalmente se houverem dívidas.Vigiar as “ofertas do papai noel”. Só devemos comprar o necessário. Mamon, demônio dasriquezas, criou dependência na mente humana onde as pessoas têm de estar nasfestividades de fim de ano com casa nova, roupa nova, etc.5 – Devemos aproveitar a data (Andai em sabedoria para com os que estão de fora, usandobem cada oportunidade. Colossenses 4:5) para estar com parentes e amigos em suas casas,falando da necessidade do nascimento de Jesus em seus corações, pois este é o verdadeiropresente que o “aniversariante” quer receber. É um propício momento evangelístico, quandoencontramos pessoas com o coração aberto para ouvir de Jesus.6 - Entender que a maioria dos crentes não visualiza a situação do natal, preferindo viversegundo seus sentimentos e tradições.7 – Não confundir Passagem do Ano com Natal. Não é errado desejar feliz Ano Novo paraalguém, mas sim, Feliz Natal. Podemos usar algumas expressões: Que Jesus nasça no seucoração (ou na sua vida)!15 GRAVES PECADOS DO ADVENTISMONenhum homem nascido de maneira natural, jamais pode guardar a LEI e ser perfeito, sempecado. Foi necessário que DEUS se fizesse homem (nascimento virginal, concepção peloEspírito Santo, a semente da mulher) para realizar tal façanha. Somente Jesus Cristo o fez.Não abolimos a LEI quando afirmamos que não podemos ser salvos por meio dela. Apenasconfirmamos que a salvação não pode ocorrer senão na perfeição de CRISTO. Somente ELEfoi totalmente obediente. Por não compreenderem esta verdade Bíblica, acusam todos osdemais de serem antinomianos. A justiça de CRISTO cobre todos os pecados, a LEI serveapenas para nos mostrar quão pecadores somos. (Romanos 3:19-20).A Lei amaldiçoa porque não a guardamos, está além da nossa capacidade. Jesus nosinocenta por crermos nEle. Jesus Cristo foi a última pessoa que teve obrigação de guardar aLei e o Sábado: “mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido demulher, nascido debaixo de lei, para resgatar os que estavam debaixo de lei, a fim derecebermos a adoção de filhos”(Gl.4:4-5). Ele mesmo disse: "Não penseis que vim revogar alei ou os profetas: não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo:Até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da lei, até que tudo secumpra" (Mt 5.17,18). Jesus Cristo veio, o enviado de Deus, para cumprir a Lei em nossolugar, o que fez coroando-a pelo ato da sua morte na cruz..1.1. Os adventistas erram ao afirmarem que a Epistola aos Romanos e a Epistola aosGálatas trata apenas dos cerimoniais realizados no templo, com os sacrifícios ritualísticos, enada tem a ver com a perspectiva moral da LEI. Essa falácia não resiste ao que estádescrito em Atos 15, quando é tratado o assunto pela igreja. Será que alguém poderiaafirmar que o que está sendo tratado ali pela igreja envolve o sacrifício de animais como
  25. 25. obrigação aos gentios ou simplesmente refere-se ao fato de ser claro que nós, os gentios,somos salvos apenas pela graça sem necessidade de nos tornarmos judeus praticantes? Talafirmação adventista é completamente desonesta a respeito do assunto e serve apenas paradesculpar o seu erro grosseiro, mantendo multidões debaixo do julgo da seita. (Gálatas 5:2-4)1.2. Para se guardar o sábado cerimonial judaico era imprescindível que se praticasse acircuncisão. Sem que isso fosse realizado, de nada adiantaria tentar guardar a LEI.Pergunto, porque os adventistas não realizam circuncisão? Se não o fazem, tornam-seculpados de dupla arrogância: desprezar a principal ordenança da LEI e tentar modificar aordenança para beneficio próprio. Se tratam a circuncisão como simbolismo, por querejeitam o simbolismo do sábado cerimonial judaico? (Hebreus 4:1-16)1.3. Os adventistas já começam errado, pelo fato de Deus não ter dado 10 mandamentos,mas 613. Além disso, Cristo não cumpriu uma parte da lei, e deixou outra para nóscumprirmos, mas cumpriu TUDO, cravando-as na cruz. Quem diz seguir e guardar lei sefaz mentiroso, e faz de Deus mentiroso, pois, segundo Tiago, onde diz que quem tropeçar emum ponto, tropeça em todos, logo, é culpado de todos, inclusive o sábado tão venerado peloadventista, veja:.Tiago 2:10 diz que "quem violar um ponto da lei VIOLA TODOS".1 João 1:8 a 10 diz que "Quem disser que não peca é mentiroso e faz Deus de mentiroso".1 João 3:4 diz que "O pecado é aquilo que é contra a lei".Pelo menos um ponto da lei nós violamos para sermos pecadores. Ora, se violamos pelomenos um ponto, logo, violamos todos, inclusive o SÁBADO. Não tem como escapar, pela lei,todos foram feitos pecadores, para que a graça se manifestasse.Então, se os sabatistas se arvoram de só eles guardarem os mandamentos, estãoredondamente enganados, pois tais textos Bíblicos que vimos desmantela o raciocíniomíope.Acima mostra que quem diz guardar o SÁBADO, se faz mentiroso, e ainda vai mais além,faz de Deus um mentiroso.Como já dizia um irmão num debate com um adventista:- "Deus não sabia, com toda sua onisciência, onipresença e onipotência, que no mundohaveria um povo capaz de cumprir a lei. Por isso, mandou, em vão, o seu Filho Jesus Cristopara cumprí-la" - brincou.
  26. 26. 2. ERRAM AO TENTAR VALIDAR OS 10 MANDAMENTOS"Disse Jesus: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e detodo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante aeste, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda alei e os profetas." (Mateus 22:37-40)Na passagem acima os adventistas dizem que os 10 mandamentos foram resumidos em 2,que os grandes princípios da Lei de Deus são incorporados nos 10 Mandamentos.Este é mais um exemplo de um ensinamento extra-bíblico. Os 2 maiores princípios, ou seja,o “espírito da lei” cujo Jesus se referiu acima estavam no livro, não nas pedras (Deut. 6:5) e(Lev 19:18).Nenhum dos 10 ítens do decálogo manda amar. Os judeus matavam, saqueavam, tinhammais de uma mulher, mentiam, odiavam seus inimigos, etc.Os conceitos dos 10 mandamentos não são os mesmos da Nova Aliança.E observem nessa doutrina, como eles dão ênfase na obrigatoriedade da guarda do decálogoa todas as pessoas, em todas as épocas, colocando-o como base da aliança de Deus e normade Julgamento para os homens.Ou seja; parece que esqueceram os ensinamentos de Cristo; para eles a pessoa será julgadae justificada pela obediência obrigatória dos 10 mandamentos e não pela fé em Jesus Cristo:"Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo,temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e nãopelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada." (Gal. 2:16).Jesus não resumiu os 10 mandamentos em 2. Jesus resumiu a lei. Mas como os 10 fazemparte da lei, logo foram resumidos também. Ou seja:-Os 2 maiores mandamentos da lei não fazem parte dos 10. (Deut. 6:5) e (Lev 19:18)-Se os 10 fosse a lei, Jesus citaria um dos 10.-Os 10 mandamentos não é uma lei, os 10 fazem parte da lei.Na visão adventista, o homem não chegará ao céu somente porque seu pecado foi perdoado.Ele deve também ser obediente aos mandamentos de Deus. Entretanto como não temospoder para guardar a lei de Deus perfeitamente, como podemos esperar que chegaremos aocéu?Apenas porque o Senhor Jesus Cristo viveu uma vida perfeita a nosso favor. Ele guardou alei de Deus, e Deus em Sua grande misericórdia considera a obediência de Cristo comrelação à Sua lei como se fosse nossa própria obediência. Ele a atribui a nós.
  27. 27. Assim, duas coisas aconteceram. Cristo morreu pelos nossos pecados para que pudéssemosser perdoados; Cristo viveu uma vida perfeita, e agora Deus nos olha como se tivéssemoslevado uma vida assim, e Ele nos aceita.Temos que entender que é tudo pela graça, ou seja, nunca conseguiremos ser tão santos, tãobons, amar a todos, cumprir os mandamentos ao ponto de sermos aceitos, logo o que Deusfaz? Nos aceita mesmo não conseguindo, isso é Graça, favor imerecido: nós não merecemosser perdoados e Ele nos perdoa, não merecemos ir para o céu, e Ele nos leva, não merecemospregar o Evangelho, mas Ele nos deixa pregar, não merecemos ganhar almas, mas Ele nosdá almas, não merecemos nada, mas Ele nos dá tudo... E continuará a dar e fazer sem quehaja qualquer atributo nosso cooperando para isso. Apenas Ele fazendo, pelo simples fatoque quer fazer e continuará sempre a fazer. Isso é Graça.3. QUEBRAM O 4º MANDAMENTONão passam nem da primeira frase os judaizantes. Os adventistas, arrastados pelo própriozelo sem discernimento, trabalham apenas cinco dias, o que os torna culpados dedescumprirem os mandamentos. No primeiro dia da semana também descansam, vão àpraia, cinemas, shoppings, etc. O que aconteceria se fossem obrigados a trabalhar no dia dedescanso da igreja de CRISTO a fim de cumprirem a LEI mosaica? Minha sincera opinião éque os templos adventistas se esvaziam pois muitos estão ali sem realmentecompreenderem o que fazem.Em Êxodo capitulo 20, DEUS fala a Moisés. Em Deuteronômio (Deuteros = outra ourevisão; Nomos = Lei) mais precisamente no capitulo 5, Moisés vai falar ao povo e explicar osentido do que está sendo ordenado (ver o versículo 27). Ali está a explicação a respeito dosábado cerimonial judaico no versículo 15, mais precisamente. Os adventistas não gostamde ler os Dez Mandamentos em Deuteronômio, pois cai por terra diversas de suas falsasafirmações a respeito do sábado e da obrigatoriedade de o observarmos conforme DEUSordenou ao povo de Israel. Tal exigência nunca foi feita a igreja, aos gentios salvos pelaGraça (Efésios 2:8-9).4. REJEITAM A AUTORIDADE DE JESUS SOBRE O SÁBADOJesus violou o Sábado. Frequentemente Jesus enfrentava polêmica com os judeus por causado sábado. Os judeus eram ferrenhos guardadores do sábado e sempre estavam discutindocom Jesus sobre o assunto.O que é admirável é Jesus afirmar que a guarda do sábado fica subordinada à circuncisão.Uma criança que devesse ser circuncidada no oitavo dia do seu nascimento (Gn 17.10; Lv12.3; Jo. 7:21-24) para que a Lei não ficasse invalidada, colocava a guarda do dia em posiçãoinferior à circuncisão. Se a circuncisão é de valor secundário, inexpressivo, e nenhumcristão hoje a pratica, como terá a guarda do sábado como preceito? Ellen Gould Whiteensinava que a guarda do sábado implicava em salvação. O ensino de Jesus sobre o sábadoé diferente, Ele é Senhor do Sábado.
  28. 28. Segundo a Bíblia, Jesus teve o seu nascimento prometido segundo a Lei (Dt 18.15); nasceusob a Lei (Gl 4.4); foi circuncidado segundo a Lei (Lc 2.21); foi apresentado no templosegundo a Lei (Lc 2.22); ofereceu sacrifício no templo segundo a Lei (Lc 2.24); foi odiadosegundo a Lei (Jo 15.25); foi morto segundo a Lei (Jo 19.7); viveu, morreu e ressuscitousegundo a Lei (Lc 24.44,46). Apesar de Jesus haver cumprido toda a Lei, a respeito dEle selê:"E os judeus perseguiam a Jesus, porque fazia estas coisas no sábado. Mas Ele lhes disse:Meu pai trabalha até agora, e eu trabalho também. Por isso, pois, os judeus ainda maisprocuravam matá-lo, porque não somente violava o sábado, mas também dizia que Deus eraseu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus" (Jo 5.16-18)Jesus fez questão de trabalhar muito no Sábado, para ensinar a aliança da graça aosjudeus. Ele fez questão de contrapor-se ao legalismo fanático dos judeus, satirizando-o.Observe que assim como para os judeus era inadmissível Jesus ser Filho de Deus enquantoviolava o sábado, para o Adventismo é igualmente impossível admitir que os evangélicossejam filhos de Deus enquanto guardam o domingo, em substituição ao sábado.5. O SÁBADO FAZ PARTE DA LEI E ESTA FOI POR CRISTOAcusado pelos judeus de violar o sábado, Jesus afirmou que "... o sábado foi estabelecido porcausa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que o Filho do homem éSenhor também do sábado" (Mc 2.27,28). Com estas palavras, Jesus defende o princípiomoral do quarto mandamento do Decálogo, condenando abertamente o cerimonialismo, erevela a sua autoridade divina sobre o sábado, para cumpri-lo, aboli-lo ou mudá-lo. Osentimento moral é a necessidade de se descansar um dia por semana, valendo, para essefim, qualquer deles. Sobre esta questão, escreveu o apóstolo Paulo:"Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias. Cada um tenha opiniãobem definida em sua própria mente. Quem distingue entre dia e dia, para o Senhor o faz"(Rm 14.5,6).“Ninguém, pois, vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou delua nova, ou de sábados, que são sombras das coisas vindouras; mas o corpo é de Cristo”(Cl.2:16-17).Para fugir à evidência de Cl.2:16-17, onde Paulo se refere ao Sábado semanal comointegrante das coisas passageiras da Lei que terminaram com a morte de Cristo na cruz, osadventistas costumam argumentar que a palavra “Sábado” não se refere ao sábadosemanal, mas aos anuais ou cerimoniais de Lv.23. O que não é verdade, pois os sábadosanuais ou cerimoniais já estão incluídos na expressão “dias de festa”. Esta indicação mostrapositivamente que a palavra SABBATON, como é usada em Cl.2:16, não pode se referir aossábados festivos, anuais ou cerimoniais. Sendo assim é difícil para a igreja adventista
  29. 29. sustentar a sua doutrina sabática, desde que temos visto que o Sábado pode legitimamenteser tido como “sombra” ou símbolo preparatório de bênçãos espirituais e não dogmaslegalistas (vrs.17)..Uma ressalva:"LEMBRA-TE de que foste servo na terra do EGITO, e que o Senhor teu Deus te tirou dalicom mão forte e braço estendido; pelo que o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses odia do SÁBADO." (Deuteronômio 5:15)Agora lhe pergunto: O irmão foi escravo na terra do Egito? Por acaso não está dizendo paralembrares disso? Pois é, sei que o irmão não foi escravo no Egito, nem eu também, estandoclaro que Deus está se referindo aos JUDEUS, por isso pediu para que eles se lembrassemdisso, porém mesmo assim esqueceram. Ora, se esqueceram e não guardaram, logo foinecessário que Cristo viesse e cumprisse, caso contrário todos nós estaríamos perdidos,derrotados pelo aguilhão da morte, sendo esta imposta por satanás. Mas graças a Cristo quenos livrou disso, nos chamando para a herança com Ele, pois antes estávamos afastados deDeus, separados pelo muro da inimizade, pois somos gentios, constituídos e levantados forado arraial judeu.6.PECADO CHAMADO ADULTÉRIO ESPIRITUALNÃO sabeis vós, irmãos (pois que falo aos que sabem a lei), que a lei tem domínio sobre ohomem por todo o tempo que vive? Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquantoele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido. De sorteque, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido,livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido. Assim, meus irmãos,também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daqueleque ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus. (Romanos 7:1-4)Nesta grave admoestação, o apóstolo Paulo quer dizer o seguinte: Infelizmente a Igrejaadventista se torna uma Igreja prostituída, onde estão casados com Moisés, e cortejam aCristo. Ora, está escrito, enquanto o marido não morrer, a mulher não pode casar comoutro, pois ainda está presa à lei do marido, e se assim o fizer, comete ADULTÉRIO. Umapena não compreenderem dessas coisas espirituais, só entendem das carnais, do tipocomida, bebida, e dias de festas, nada mais.Jerônimo confessa que adulterou a Bíblia Vulgata“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” Yahonan (Jo.) 8:32A fidelidade do Eterno Deus Yahuh para com os homens é indiscutível, porém não se podedizer o mesmo dos homens para com D-us. No conflito eminente em que vivemos, entreYahushuah e Satanás, encontramos de um lado um D-us justo e fiel com aqueles que sãofieis a Ele, e de outro, um grande inimigo que ferozmente tem levado milhões a infidelidadea D-us.
  30. 30. De forma sutil e muitas vezes disfarçando-se de anjo de luz (II Co. 11:14), Satanás tempermeado as fileiras de professos cristãos procurando de inúmeras formas descredibilizar afidelidade a D-us. Descredibiliza a fiel e justa lei do Eterno Deus Yahuh, descredibiliza afiel promessa da segunda volta de Yahushuah Ha-Mashiach, descredibiliza a esperança deuma vida eterna, e em meio a tantas outras descredibilizações, Satanás joga por terra afidelidade da Santa Palavra do Eterno Deus Yahuh, a Bíblia sagrada.Yahushuah nos diz que a palavra do Eterno Deus Yahuh é a verdade (Jo. 17:17) e que odiabo é pai da mentira (Jo. 8:44); logo entendemos que a mentira é uma de suas armas paraderrubar as verdades do Eterno Deus Yahuh. Mais profundo ainda é entender como ele usaessa arma. Em Gênesis 3:4 e 5, Satanás dá o seu primeiro passo na terrível obra de afastaro homem de seu Criador.Com referência a este texto, é importante salientar que o grande conflito não é entre averdade e a mentira, mas sim a verdade contra a verdade e a mentira juntas. Ou seja: averdade do original hebraico e a verdade corrompida pelo os tradutores.A mistura do correto com o erro não deixa aparente a complexidade do mal, porémdescredibiliza a integridade do bem. Misturar a verdade com a mentira foi o grande triunfode Satanás, e desde então esse princípio vem sendo usado em todos o seus malignos planos.Em seu livro Viagem ao Sobrenatural, Roger J. Morneau, um cristão adventista, conta-nossua história de conversão na década de 40. Após ter participado de uma seita satânica,decidiu estudar profundamente a Bíblia, e abandonou a velha vida para uma nova vida como Salvador Yahushuah. Em meio a tantos relatos contidos no livro, é de interesse para omomento o que conta nas páginas 52 e 53:“No início do século dezoito – disse ele – [o sacerdote satânico] Satanás e seus espíritos-conselheiros realizaram um grande concílio geral de preparo para a revolução industrialque logo chegaria ao mundo. Satanás previu que essa revolução seria imediatamenteseguida de uma era de descobertas científicas e de iluminação intelectual.Introduziria também os tempos do fim, e o encerramento do conflito entre as forças do beme do mal. Sendo que Satanás estivera a estudar as profecias da Bíblia, ele entendeu osignificado de Daniel 12:4, que descreve o tempo do fim, como muitos correrão de uma partea outra, e a ciência se multiplicará.Percebeu que esse seria o tempo ideal para separar os seres humanos de seu Criador, destaforma levando multidões a perdição. … O concílio terminou tento produzido planos paraestratégias que desqualificariam grandes multidões para o reino do Messias. ...O comitêexecutivo adotou um plano de três partes.”1ª Parte: Convencer os seres humanos de que Satanás e seus anjos, na realidade, nãoexistem.2ª Parte: Introduzir o hipnotismo como uma ciência nova e benéfica.
  31. 31. 3ª Parte: Destruir a Bíblia sem na realidade dar fim a ela..De forma clara, hoje, grande parte das pessoas tem se tornado cada vez mais céticas quantoa questões espirituais. Satanás sempre levou a humanidade ao extremos, e desta vez,depois de um extremismo na idade média quanto ao que se acreditava ser Satanás,passamos de um ser horrível, vermelho, com chifres, para a não existência dele, outroextremo.Desenvolveram-se meios atrativos e aparentemente saudáveis, porém hipnóticos. Hojetemos a televisão como o meio de hipnotismo em massa, e a música sincopada e repetitiva,ambos usados por Satanás para “desqualificar grandes multidões para o reino do Messias”.Destruir a Bíblia, sem na realidade dar fim a ela, foi outra parte do plano satânico. Em1.859, Charles Darwin cria a teoria da evolução, que também, segundo o livro Viagem aoSobrenatural, o próprio Satanás foi o tutor de Darwin para criar a “religião” que permeariaaté a mente dos não religiosos (p. 55).A Bíblia vem sendo descredibilizada mundialmente desde então. Mas as intenções de nossogrande inimigo são bem maiores, e sua sutileza é delicada demais ao ponto de pensarmosque somente assim ele “destruiria” a Bíblia.Pensemos o seguinte: alem de enganar os não religiosos, quem mais Satanás enganaria?Segundo Mateus 24:24 “se possível fora, enganariam até os escolhidos.” No contexto em queestamos, como os professos cristãos seriam enganados?A destruição da Bíblia, e agora de forma literal, digo eu, não vem ocorrendo apenas desde1.859 com a teoria da evolução, mas desde os tempos apostólicos vem-se deturpando aSanta Palavra do Eterno Deus Yahuh. Você já reparou que existem várias versões bíblicas,e que cada uma difere na forma que o texto está escrito? Mais do que isso, às vezes nosdeparamos com a falta de algumas palavras, não é mesmo?.Em português, temos algumas versões tais como João Ferreira de Almeida Revista eAtualizada – ARA, João Ferreira de Almeida Corrigida e Fiel – ACF, Nova Tradução naLinguagem de Hoje – NTLH, Nova Versão Internacional – NVI, Tradução do Novo Mundo –TNM, e algumas mais.No Brasil, a mais utilizada tem sido a Ferreira de Almeida Revista e Atualizada. Por queencontramos diferenças? Seria somente o modo como é traduzida cada uma, ou tem algo amais? Façamos uma viagem no tempo, juntando as peças desse quebra-cabeça, começandopelo tempo apostólico.No tempo dos apóstolos, com os primórdios da apostasia dentro da igreja do MashiachYahushuah, pessoas que não aceitavam a Nova Aliança em sua forma pura deixaram-seinduzir por Satanás no descontentamento quanto às cartas de Shaul Hashaliach (apostolo
  32. 32. Paulo) e Yahonan (João), por exemplo, e começaram a torcer e mudar a Palavra do EternoDeus Yahuh. O apóstolo Pedro, em sua segunda carta, nos conta sobre esse fato: “E tendepor salvação a longanimidade de nosso Salvador Yahushuah;Como também o nosso amado irmão Shaul vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foidada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis deentender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, parasua própria perdição.” (2 Pedro 3:15-16)As cartas de Shaul já haviam sido entregues às igrejas da Galácia, Colossos e outras mais,nos tempos de Pedro. Cada carta era lida, copiada e repassada para demais igrejas. Nesseprocesso, Satanás induziu pessoas a torcerem os textos inspirados. Como se não bastasse,surge a falsificação de cartas em nome dos apóstolos. “Que não vos movais facilmente dovosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer porepístola, como se fossem de nós, como se o dia de Yahushuah estivesse já perto.” (IITessalonicenses 2:2).Shaul estava consciente das epístolas (cartas), supostamente escritas pelos apóstolos, ealertou os membros da igreja de Tessalônica que não se movessem facilmente da sua fé, doseu modo de crer por essas adulterações na Palavra do Eterno Deus Yahuh. Este conselho écabível para nós hoje de forma literal, pois não devemos nos mover facilmente da sãdoutrina por conta das adulterações bíblicas.Agora você deve estar espantado e pensando: Então existem Bíblias adulteradas? Antes deprosseguirmos mais a fundo quanto a isso, veja a infinita sabedoria do Eterno Deus Yahuhrevelada ao apóstolo Yahonan e a nós: “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir aspalavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, o EternoDeus Yahuh fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirarquaisquer palavras do livro desta profecia, o Eterno Deus Yahuh tirará a sua parte do livroda vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.” (Apocalipse 22:18-19)O Espírito do Eterno Deus Yahuh sabia que isso ocorreria, e mostrou, avisou aconsequência que cairá sobre quem fizer tais coisas com a Sua Santa Palavra.Lamentavelmente isso se cumpriu, e hoje temos sim, Bíblias adulteradas. Quem faria isso?Pessoas que se diziam cristãs, mas na realidade não eram:*Os que não acreditavam na natureza humana do Mashiach Yahushuah. Ex.: gnósticos*Os que queriam unir as religiões.*Os que guardavam o domingo..O Espírito do Eterno Deus Yahuh nos alerta em Sua Palavra sobre o surgimento doanticristo, que já está no mundo e que logo se manifestará. Um falso cristo deseja aexistência de verdadeiros cristãos? Com certeza não, mas sim um grande número de falsoscristãos, uma grande massa associativa aos seus propósitos.
  33. 33. Um dos objetivos do anticristo é negar a humanidade do Verdadeiro Messias Yahushuah, enisto o Eterno Deus Yahuh nos alerta: “Porque já muitos enganadores entraram no mundo,os quais não confessam que Yahushuah veio em carne. Este tal é o enganador e oanticristo.” ( II João 1:7)Vamos analisar alguns textos, comparando a versão Almeida Revista e Atualizada – ARA,que é a mais usada, principalmente em nossa igreja, com a Almeida Corrigida e Fiel – ACF.Repare na diferenças de cada texto.*ACF - Atos 2:30 “Sendo, pois, ele profeta, e sabendo que o Eterno Deus Yahuh lhe haviaprometido com juramento que do fruto de seus lombos, segundo a carne, levantaria oMessias Yahushuah, para o assentar sobre o Seu trono,”*ARA - Atos 2:30 “Sendo, pois, profeta e sabendo que o Eterno Deus Yahuh lhe havia juradoque um dos seus descendentes se assentaria no seu trono.”Obs: Note que a palavra Messias e a natureza humana de Yahushuah foram omitidas.Se a natureza humana de Yahushuah não é identificada nessas Escrituras, o seu sacrifício éjogado por terra e a vitória sobre o pecado torna-se impossível. Eis o grande plano deSatanás: fazer com que o verdadeiro evangelho seja destruído, que o homem nunca alcanceo grande plano do Eterno Deus Yahuh em restaurar o Seu caráter na vida do homem pelopoder do Santo Espírito do Eterno Deus Yahuh.O Eterno Deus Yahuh nos deixa claro que esse é o intuito do anticristo: “E todo o espíritoque confessa que Yahushuah não é o Mashiach e nem veio em carne não é do Eterno DeusYahuh; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já estáno mundo.” (I João 4:1). Abaixo temos outros exemplos de adulteração:*ACF - João 6:69 “E nós temos crido e conhecido que tu és o Mashiach, o Filho do EternoDeus Yahuh, o vivente.”*ARA - João 6:69 “E nós temos crido e conhecido que tu és o Santo do Eterno Deus Yahuh.”*ACF - 1 Coríntios 16:22 “Se alguém não ama a Yahushuah Ha-Mashiach, seja anátema.Maranata!”*ARA - 1 Coríntios 16:22 “Se alguém não ama o Senhor (que é Baal), seja anátema.Maranata!”*ACF - 1 Coríntios 16:23 “A graça do Senhor (Baal) Jesus (Tamuz) Cristo (o esmagado) sejaconvosco.”*ARA - 1 Coríntios 16:23 “A graça do Senhor (Baal) Jesus (Tamuz) seja convosco.”*ACF - Gálatas 4:7 “Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és tambémherdeiro do Eterno Deus Yahuh por Yahushuah.” Nota: Herdeiro de quem? Do Eterno DeusYahuh. Por meio de quem? De Yahushuah.*ARA - Gálatas 4:7 “De sorte que já não és escravo, porém filho; e, sendo filho, tambémherdeiro por Deus.”Adulterada.
  34. 34. *ACF - Gálatas 6:15 “Porque em Yahushuah Ha-Mashiach, nem a circuncisão, nem aincircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura.” Nota: Por meio deQuem somos novas criaturas? Por meio de Yahushuah!*ARA - Gálatas 6:15 “Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o sernova criatura. Adulterada.*ACF - 1 Coríntios 5:4 “Em nome de nosso SENHOR (Baal) Jesus (Tamuz) Cristo (oesmagado, derrotado), juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor (que é Baal)Jesus (que é Tamuz) Cristo (que é o esfolado),”*ARA - 1 Coríntios 5:4 “Em nome do Senhor (Baal) Jesus (Tamuz), reunidos vós e o meuespírito, com o poder de Jesus (Tamuz), nosso Senhor (nosso Baal),”*ACF - Apocalipse 1:9 “Eu, Yahonan, que também sou vosso irmão, e companheiro naaflição, e no reino, e paciência de Yahushuah Ha-Mashiach, estava na ilha chamadaPatmos, por causa da palavra do Eterno Deus Yahuh, e pelo testemunho deYahushuah.”Essa é a verdadeira!*ARA - Apocalipse 1:9 “Eu, João (que é um ídolo adorado no mundo Católico, veja que estáescrito na sua bíblia "São João"), irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e naperseverança, em Jesus (que é outro ídolo Esus ou Iosus), achei-me na ilha chamadaPatmos, por causa da palavra de Deus (que é o pai dos deuses Zeus) e do testemunho deJesus (Tamuz ou Esus).” Adulterada.Ps: sendo que, nos originais das escrituras sagradas, os Nomes dos profetas e do Filho doEterno Deus Yahuh são escritos em hebraico arcaico; o Nome Jesus, Deus, Senhor nãoexistem, pois são nomes eufêmicos! Os Nomes originais são: O Pai é o tetagrama sagradoYHWH que se ler YAHUH (que se ler Ya-huh) e o Nome do Filho é YAHUSHUAH HA-MASHIACH (que se ler Ya-hu-shu-ah); provando assim, que todas as bíblias confeccionadapelos os padres, foram e são todas adulteradas!Na Almeida Revista e Atualizada – ARA – existem 79 versículos em que a palavra Cristo foiomitida, e 50 textos em que a palavra Jesus foi cortada quando associada à palavra Jesus oCristo. Se casualmente ocorre um erro numa tradução, esse seria passível de ser realmentesomente um erro, mas de forma tão clara, visto ocorrerem tantas disparidades, podemosdeduzir que, propositalmente, os textos foram adulterados. Quem foram, então, essaspessoas que negaram ao Mashiach Yahushuah, Sua verdadeira doutrina e que adulteraramos textos sagrados?*Justino, o mártir, 100-165 d.C - no ano 150 d.C: Diálogo com Trifão, 23 e Apologia 1, 67,Ele dizia: “O domingo é o dia em que fazemos nossas assembleias.”*Tertuliano, 160-230 d.C, de Cartago - Ad Nationes 1, 13 Professava ser cristão e tentava sedefender diante dos pagãos que o acusavam de guardar o dia do sol, dizendo que aprendeucom eles a guardá-lo. Ele disse que o dia do sol (domingo) era um dia de festividades.*Taciano, Diatessaron (fusão dos 4 evangelhos), 170 d.C – discípulo de Justino. Era assírio.Gnóstico declarado, juntou os 4 evangelhos cortando textos como bem queria, formando dos4 um só volume.*Clemente de Alexandria (150-215 d.C – Atenas), Miscelânia, 1, 16, Quarto mandamento.Fundador da Escola de Alexandria. Também ensinou o domingo como verdadeiro dia de
  35. 35. descanso e copiava as Escrituras de forma incorreta. Uniu o conhecimento grego com oCristianismo.*Orígenes de Alexandria, (183-254 d.C). Em 245 d.C, Hexapla -Mesclou os textos daSeptuaginta com outros textos.Nota: Septuaginta é o nome de uma suposta versão da Bíblia hebraica para o grego koiné,que teria sido traduzida entre o terceiro e o primeiro século a.C. em Alexandria, por 72rabinos.*Eusébio (c 260-c 340 d.C.) Vida de Constantino iv. 36. Foi comissionado pelo imperadorConstantino a fazer 50 cópias das Escrituras, em 331. Para isso, entretanto, pegou os outroslivros já adulterados e não utilizou o texto fiel.Nota:Imperador Constantino 7-3-321 – “Que todos descansem no venerável dia do sol.”*Jerônimo (c 340-420 d.C.) Vulgata latina, 380 d.C. Traduziu os textos gregos do antigo e donovo testamento para a versão latina da Bíblia, a Vulgata Latina (380), que tambémoriginou-se de textos adulterados.Todos esses homens fizeram adulterações. A Bíblia era originalmente de papiro oupergaminho nas línguas Hebraica, Aramaica e Grega. Os textos fiéis podiam-se dividir emduas classes, os Autógrafos, que eram os originais dos apóstolos, e os Apógrafos que eram ascópias fiéis dos originais.Todo Cristão precisa saber1) Os 10 chifres - Símbolo do governo material do Anticristo (ou besta do mar) com grandepoder militar, sendo ele o mestre de nove (3+3+3).“Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível eespantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia empedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceramantes dele, e tinha dez chifres.” (Daniel 7 : 7)No Bahaismo : O executivo mundial e seus auxiliares2) Os dois chifres – Símbolo do governo espiritual (ou besta da terra). O trabalho da bestade dois chifres é representar a besta do abismo na terra:“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; efalava como o dragão.” (Apocalipse 13 : 11)No Bahaismo: A Casa Universal de Justiça e guardiania3) A besta do abismo – será um líder espiritual que morreu, mas sairá desse local atravésde magia possuindo corpo espiritual:“A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios dementira,” (II Tessalonicenses 2 : 9)No Bahaismo: Baha’’u’llah líder espíritual da fé Bahá’i.4) O Arco da Besta do Abismo – Serve para promover uma falsa paz sempre que existir umrumor de guerra, por isso ele vem desarmado sem a flecha:“E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhedada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.” (Apocalipse 6 : 2)

×