Vila abaeté blog

1.381 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vila abaeté blog

  1. 1. Novamente Vila Abaeté, no Bairro Pedra Branca em Campinas (SP). Destavez teve as obras embargadas por tempo indeterminado.A Associação local também entrou ação no Ministério Público, ainda nãorecebemos cópia.Segue vasto material com datas e fotos.Anexo 1a- Matéria no Jornal Todo Dia de 10/6/12.Empreendimento embargado pela Prefeitura de Campinas por tempoindeterminado..As obras do megaempreendimento imobiliário Vila do Abaeté, que prevê a construção de 118torres com 16 apartamentos cada, foram embargadas por tempo indeterminado pela Prefeiturade Campinas. Por determinação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente foram suspensasas licenças de implantação de todas as 12 subunidades em que se divide o projeto, por causade danos ambientais produzidos no entorno....Foto do local em 24/11/11 antes das máquinas Foto aérea do local em março 2012http://www.slideshare.net/ResgateCambui/anexo-1-13282424
  2. 2. Vídeo aéreo em março 2012http://www.youtube.com/watch?v=WKB263DzUQ&feature=youtu.be Vídeos da situação da estrada em 5/6/12, nessa situação os moradores não conseguem selocomover sem ser à pé.vídeo 1 http://www.youtube.com/watch?v=22hB0FhTHQ0&feature=plcpvídeo 2 http://www.youtube.com/watch?v=3sjZ_Kf59VA&feature=relmfuvídeo 3 http://www.youtube.com/watch?v=xnlI-6rCLFI&feature=relmfuvídeo 4 http://www.youtube.com/watch?v=j_EkguWnQWs&feature=relmfuAnexo 2a - Email "Loteamento Vila Abaeté no Bairro Pedra Branca em Campinas(SP) data 4/3/12: http://www.slideshare.net/ResgateCambui/anexo-2-vila-abaetMinha casa minha vida-Fundo de arredamento residencial FARValor: 116.929.545,68http://correio.rac.com.br/correio-popular/noticias/98973/2011/12/18/sorteio-de-casas-em-campinas-tem-presenca-de-ministra.html..Na manhã deste domingo (18) foi a vez da ministra Miram Belchior, doPlanejamento, vir a Campinas participar de um evento da Prefeitura. Miriam participoudo sorteio de 402 casas populares do Residencial Santa Lúcia. A Coordenadora doPrograma de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, ainda assinoucontrato para a construção de 1.888 unidades habitacionais na Vila Abaeté.....
  3. 3. Sorteio de casas em Campinas tempresença de ministraDepois de Padilha, no sábado, neste domingo foi a vez de Miriam Belchior,do Planejamento, participar de cerimônias oficias18/12/2011 - 12h34 . Atualizada em 18/12/2011 - 12h49Na manhã deste domingo (18) foi a vez da ministra Miram Belchior, do Planejamento, vir aCampinas participar de um evento da Prefeitura. Miriam participou do sorteio de 402 casaspopulares do Residencial Santa Lúcia. A Coordenadora do Programa de Aceleração doCrescimento (PAC), do governo federal, ainda assinou contrato para a construção de 1.888unidades habitacionais na Vila Abaeté.O prefeito Demétrio Vilagra (PT) e o secretário de Habitação de Campinas, Ângelo Barreto,participaram da solenidade, que também contou com a presença do diretor da CaixaEconômica Federal (CEF), Teotonio Costa Rezende. Ao final do evento, que aconteceu em umaescola estadual da Vila Palácios, a comitiva seguiu para as residências. De acordo com aassessoria de comunicação da Prefeitura, Miram Belchior fez questão de conhecer asmoradias.Depois da visita de Alexandre Padilha (ele inaugurou unidades de tratamento psicossocial nosábasdo), ministro da Saúde, e agora de Miriam Belchior, mais um ministro do governo Dilmapode vir a Campinas nesta segunda-feira (19). Trata-se de Fernando Haddad, da Educação. Aexpectativa é que ele participe amanhã, às 15h, da inauguração da Nave Mãe do Parque Oziel.Leia mais na edição de 19/12
  4. 4. -Anexo 3a-Email "Vila Abaeté no Bairro Pedra Branca II - data 26/3/12http://www.slideshare.net/ResgateCambui/anexo-3-vila-abaetAlém do material sobre o assunto, também um vídeo com abaixo assinado.http://www.youtube.com/watch?v=AHhK_G8QEQU&feature=youtu.be Guerreiros Abaeté -Desastre ambiental em CampinasMoradores afirmam que empreendimento imobiliário no bairro Pedra Branca, em Campinas/SP,está destruindo fontes hídricas da localidade, quesão utilizadas por pequenos produtores rurais para irrigar suas plantações. A agriculturafamiliar se vê indefesa contra os interessesempresariais que se manifestam na região. Confusão já foi parar até no ministerio público, comsérias denúncias envolvendo a prefeitura da cidade.Algo precisa ser feito! Assista o vídeo, e se surpreenda com essa situação que noscausa comoção e revoltaLINK DO ABAIXO ASSINADO: www.canalcampinas.com.br/guerreirosabaete-Anexo 4a -Email "Paralisação de obra em Campinas por problemasambientais" -data 15/4/12Vídeo com filmagem aérea feita com apoio da sociedadehttp://www.youtube.com/watch?v=WKB263-DzUQ&feature=youtu.beEmpreendimento Vila Abaeté, no bairro Pedra Branca, em Campinas teve suas obrasparalisadas no dia 13/4/12, conforme publicação no Diário Oficial do Município (link e pag.13-http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1054262201.pdf )Local-Próximo à intersecção das Rodovias Santos-Dumont e Bandeirantes, propriedadedenominada Gleba 29, ,Fazenda Pedra Branca.http://www.slideshare.net/ResgateCambui/anexo-4-vila-abaet-Anexo 5aDocumento secretaria municipal de meio ambiente -data 9/3/12PARECER TÉCNICO AMBIENTAL 053/2012 – I..A Ginet Empreendimentos Imobiliários Ltda. Está implantando empreendimento habitacional deinteresse social (EHIS), próximo a intersecção das Rodovias Santos Dumont (SP- 075) e Bandeirantes(SP-348), em propriedade denominada gleba 29, localizada no quarteirão 30.033, com acesso entre aFazenda Pedra Branca, Takao Shiragaki, Frederico Sigrist e a Estrada Municipal,.......Deve ser salientadoque o dano ambiental ocasionado está interferindo nas atividades agrícolas existentes a jusante da VilaAbaeté, sendo necessária a elaboração e apresentação a esta SMMA de proposta para minimizar osimpactos proporcionados aos recursos hídricos, bem como medida compensatória relacionada esse danoambiental....http://www.slideshare.net/ResgateCambui/anexo-5-geral
  5. 5. -Anexo 6Documento secretaria municipal de meio ambiente -data 9/3/12Auto de infraçãoImposição de penalidade advertência...Por gerenciar obras de construção civil, em terreno localizado no bairro Parque das camélias,em Campinas, de forma inadequada, proporcionando a alteração da qualidade das águas dosrecursos hídricos a jusante por meio do carreamento de solo, alterando as características domeio ambiente local.......http://www.slideshare.net/ResgateCambui/anexo-6-geral-Anexo 7ªATA DA 120ª REUNIÃO ORDINÁRIA COMDEMAAos vinte e nove dias do mês de fevereiro de 2.012,...pergunta se a atual secretária Valéria da SMMA, que assinou a licença prévia, não deveriaestar a par do histórico do empreendimento. Considera que os secretários, técnicos eservidores que são coniventes com irregularidades no licenciamento ambiental devem assumiros encargos de suas atitudes Em seguida o Sr. Presidente se manifestou dizendo que caso asatitudes da S.M.M.A. se perpetuem no sentido de se elaborar Licenças Ambientais antes dosprocessos serem avaliados pelo Comdema, será o caso de representação contra a pessoa daSecretária Municipal, Dra. Valéria Murad, perante o Ministério Público e também junto a PolíciaCivil, nos termos da legislação que trata sobre a improbidade administrativa. ...http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1381342083.pdf 18/4/12 a Comissão de Análise de Territórios, através de seu relator Victor Petrucci, apresentou amanifestação sobre o processo de Licença Operacional relativo ao Cemitério ParqueFlamboyant, bem como a referente ao Cemitério Parque Aléias, respectivamente, cujos textosdistintos, seguem ao fi nal, na forma dos anexos I e II, respectivamente, sendo que os mesmos,após debates, foram aprovados pelos presentes. Também o mesmo relator apresentou amanifestação da Comissão referente ao empreendimento denominado ABAETÉ, deresponsabilidade da empreendedora Ginet, sendo um único texto válido para os 12empreendimentos na região do Pedra Branca, o qual segue na forma do anexo III, sendo queapós a apresentação e considerações do Sr. Relator passou-se à ouvir os presentes, os quais,em sua maioria, criticaram tal empreendimento, ratifi cando, inclusive, a informação do relatorque já no ano de 2.007 houve uma manifestação contrária àquele empreendimento, exaradapelo próprio pleno do Comdema. Entre todas as manifestações o titular da Ceasa, Sr. Dimas secolocou contrário àquelas obras, em defesa de toda a área de produção agrícola da região,declarando que aquela região é estratégica para a Ceasa no que tange o fornecimento defrutas a todos os concessionários da mesma, ressaltando que não só os concessionários serãoprejudicados, tendo em vista que a demanda por menor preço, dada a pequena distância entrea região e a sede da Ceasa será afetada também, mas principalmente a merenda escolarservida nas escolas municipais, cujas frutas, em grande quantidade provém da referida região.Ângela, representante da MZ1, diz que participou da reunião da Comissão de Analise deTerritório quando foi dado parecer contrario à esse empreendimento epergunta se a atual secretária Valéria da SMMA, que assinou a licença prévia, nãodeveria estar a par do histórico do empreendimento. Considera que os secretários,técnicos e servidores que são coniventes com irregularidades no licenciamentoambiental devem assumir os encargos de suas atitudes Em seguida o Sr. Presidente semanifestou dizendo que caso as atitudes da S.M.M.A. se perpetuem no sentido de se
  6. 6. elaborar Licenças Ambientais antes dos processos serem avaliados pelo Comdema, seráo caso de representação contra a pessoa da Secretária Municipal, Dra. Valéria Murad,perante o Ministério Público e também junto a Polícia Civil, nos termos da legislação quetrata sobre a improbidade administrativa.Após veementes criticas ao projeto, a manifestação contrária ao mesmo foi aprovada naíntegra, conforme anexo III da presente Ata. Ainda a Comissão de Análise de Territóriosinformou sobre a listagem de todas as solicitações de licenciamento entradas na S.M.M.A. noperíodo de agosto a dezembro de 2.011, da qual foram extraídos, com interesse de análise osseguintes processos: 2011/10/08766 - 2011/10/14279 - 2011/10/18575 - 2011/10/19477 -2011/10/20472 - 2011/10/20473 - 2011/10/24257 -2011/10/26833 - 2011/10/27299 -2011/10/30114 - 2011/10/30116 - 2011/10/33849- 2011/10/34554- 2011/10/34555-2011/10/34556- 2011/10/35412- 2011/10/35414 - 2011/10/35415 - 2011/10/36216 -2011/10/36217 - 2011/10/36226 - 2011/10/37073 - 2011/10/37074 - 2011/10/38627 -2011/10/38628 - 2011/10/39751 - 2011/10/39754 - 2011/10/41593 - 2011/10/41594 -2011/10/41598 - 2011/10/41599 - 2011/10/41600 - 2011/10/42933- 2011/10/42935-2011/10/43714- 2011/10/43715- 2011/10/43761- 2011/10/45536 - 2011/10/46245 -2011/10/46246 - 2011/10/46247 - 2011/10/46248 - 2011/10/46250 - 2011/10/48275 -2011/10/48498 - 2011/10/50117 - 2011/10/51046 - 2011/10/51597 - 2011/10/52986 -2011/10/52988 - 2011/10/52991 - 2011/10/52992 - 2011/10/52997 - 2011/10/54341 -2011/10/54342 - 2011/10/54343 - 2011/10/55190 - 2011/10/55904 - 2011/55906 -2011/10/56330 - 2011/10/56547 - 2011/10/56549 - 2011/10/56550, tendo referida comissãoassumido o compromisso de apresentar manifestação sobre os mesmos no prazo de 60(sessenta) dias a partir do dia 06 de fevereiro de 2.012 conforme reunião realizada entre osrepresentantes da referida Comissão mais os servidores: Dra. Valéria Murad, João HenriqueCampos, Flavio Gordon e Caio Salle, representantes da S.M.M.A. Também, referida comissãoinformou sobre a listagem dos processos com PTAs (Parecer Técnico Ambiental) já expedidosno período de 02 de janeiro a 15 de fevereiro de 2.012,, quais sejam: 2011/10/37074 -2011/10/49281 - 2010/10/40426 - 2010/10/32490 - 2010/10/41601 - 2010/10/43077 -2012/10/2341 - 2011/10/22732 - 2011/10/05103 - 2011/10/20472 - 2011/10/20473 -2011/10/33851 - 2011/10/23234- 2011/10/40018- 2011/10/16296- 2011/10/19775-2011/10/19776- 2011/10/19777 - 2011/10/19778 - 2011/10/19779 - 2011/10/19780 -2011/10/19782 - 2011/10/19783 - 2011/10/19784 - 2011/10/48274 - 2011/10/41592 -2011/10/52987 - 2011/10/41594 - 2011/10/25535 -2011/10/05097 - 2011/10/05098 -2011/10/37076 - 2011/10/39749 - 2011/10/54339- 2011/10/42937- 2011/10/44418-2011/10/09200- 2011/10/14279- 2011/10/52986 - 2011/10/17592 - 2012/10/01048 -2011/10/42936 - 2010/10/45986 - 2010/10/32688, dos quais foram extraídos os seguintesprocessos, com interesse de análise pela comissão: 2011/37074 - 2011/10/49281 -2010/10/32490 - 2010/10/43077 - 2011/10/20472 - 2011/10/20473 - 2011/10/40018 -2011/10/19775 - 2011/10/19776 - 2011/10/19777 - 2011/10/19778 - 2011/10/19779-2011/10/19780- 2011/10/19782- 2011/10/19783- 2011/10/19784- 2011/10/48274 -2011/10/25535 - 2011/10/05097 - 2011/10/05098 - 2011/10/39749 - 2011/10/42937 -2011/10/44418 - 2011/10/14279 - 2011/10/52986 - 2012/10/01048 - 2011/10/42936 -2010/10/45986 - 2010/10/32688, sendo certo que a partir daquela reunião do dia 06 defevereiro de 2.012, para cumprimento dos artigos 21 e 22 do Decreto 17.261/2011, a S.M.M.A.enviará à Comissão de Análise de Territórios apenas os processos com PTAs já emitidos noperíodo, exemplo do aqui relacionado, a fi m de facilitar o trabalho de análise da referidaComissão. Em seguida, o Sr. Presidente propôs a prorrogação da reunião por mais 15 minutoso que foi aprovado pelos presentes.
  7. 7. Att.Movimento resgate o CambuíFernando Pessoa já ensinava o que é ser ecologista. “Ser ecologista, não é apenas sercontra aquilo que se chama Progresso, não é apenas ser antiqualquer coisa ouantitudo ou porque está na moda, não é apenas ser por certas manifestações com oseu quê de folclore (que também é, aliás, importante); ser ecologista é, sobretudoacreditar que a vida pode ser melhor se as mentalidades mudarem e tiverem emconsideração os ensinamentos que a velha Terra e ainda o velho Universo nãocessam de nos transmitir”

×