O slideshow foi denunciado.
Delegado Regional
Dr. Renato Cesar Morari
1
POLÍCIA CIVIL
DELEGACIA REGIONAL DE ROLIM DE MOURA
DEFINIÇÃO DE VIOLÊNCIADEFINIÇÃO DE VIOLÊNCIA
“... É o mais simples, frequente e eficaz
modo para manter o poder e a suprem...
3
“Quando se fala de violência, geralmente se faz alusão
à violência físicaviolência física, por ser esta a expressão mais...
FORMAS DE VIOLÊNCIA
FORMAS
1 - economia (exploração do homem pelo homem,
2 - coação do Estado,
3 - política (o domínio de ...
FORMAS
5 - religião (submissão dos interesses do indivíduo aos
requerimentos clericais, controle severo do pensamento,
pro...
A violência está presente no dia-a-dia de cada
um de nós. Existe uma violência explícita por todo
o país. Isso não é difer...
7
FORMAS DE VIOLÊNCIA
...estou de saco cheio
de vocês, se não
querem vir à aula fiquem
em casa, não venham
me infernizar...
FORMAS DEVIOLÊNCIA

...se esse menino pensa que
vai se criar aqui está muito
enganado eu vou quebrar
ele no meio...
9
FORMAS DE VIOLÊNCIA
Nenhuma criança nasce
violenta. Há consenso de que
a condição de ser violento é
adquirida no decorre...
10
FORMAS DE VIOLÊNCIA
Muitas famílias, pela condição
infra-humana a que são
submetidas, são forçadas a
conviver constante...
11
FORMAS DE VIOLÊNCIA
Falta de referencia dos
jovens.
12
FORMAS DE VIOLÊNCIA
O jovem necessita de
perspectiva de futuro.
13
Todos vocês tem uma carga de responsabilidade,
as ações colocadas devem ser realizadas com
excelência. Quando optaram a...
14
Devemos ser positivo, acreditar no
melhor e trabalhar com aquilo que se
tem a disposição, sem arrependimento
ou reclama...
15
Infelizmente muitas pessoas colocam os
obstáculos em vez de removê-los.
O pessimista se queixa do vento; o otimista
esp...
16
Trata-se de uma decisão pessoal e
intrasferível. A priori, ninguém nos coage a
casar ou a ser pai e mãe, ou mesmo a rec...
17
A vida não é tanto o que nos acontece, mas
como reagimos ao que nos acontece. Entre o
estimulo e a reação existe o cará...
18
Tudo depende de nossas vontades.
E o que é vontade?
VONTADE é INTEÇÃO + AÇÃO.VONTADE é INTEÇÃO + AÇÃO.
19
Quando temos: INTENÇÃO – AÇÃO
não temos NADA.
Quando temos: INTENÇÃO + AÇÃO
temos VONTADE.
20
Devemos mirar o ótimo para acertar o
bom.
Busquem sempre a excelência pois elaBusquem sempre a excelência pois ela
afas...
21
Quando falamos de AMOR as pessoas
já imaginam e confunde AMOR como
sentimento. Quando verificamos no
dicionário o que é...
22
A palavra AMORAMOR vem do grego que usava as
palavras ErosEros o qual definia a palavra
erótico, sentimento baseado na ...
 Os gregos também usava o substantivo AGÁPEAGÁPE, o
qual definia o AMOR incondicional, baseado no
comportamento, sem exig...
24
"Devemos empregar forças para mudar uma
situação enquanto a mudança ainda é possível.” Giovani
de Paula
"Se você deseja...
25
PODER DO SERVIDOR
Poder de Polícia refere-se à atividade da
Polícia Administrativa e tem como escopo
limitar ou restrin...
CRIME CONTRA SERVIDOR
Desacato
Art. 331 - Desacatar funcionário público no
exercício da função ou em razão dela:
Pena - de...
27
CRIME CONTRA SERVIDOR
•Calúnia
•Art. 138 - Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato
definido como crime:
•Pena - ...
CRIME CONTRA SERVIDOR
Difamação
Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato
ofensivo à sua reputação:
Pena - detenção, d...
Injúria
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.
...
Ameaça
Art. 147 - Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto,
ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal
injus...
F I M!F I M!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Formas de Violência

650 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Formas de Violência

  1. 1. Delegado Regional Dr. Renato Cesar Morari 1 POLÍCIA CIVIL DELEGACIA REGIONAL DE ROLIM DE MOURA
  2. 2. DEFINIÇÃO DE VIOLÊNCIADEFINIÇÃO DE VIOLÊNCIA “... É o mais simples, frequente e eficaz modo para manter o poder e a supremacia, impor a vontade própria a outros, para usurpar o poder, a propriedade e ainda as vidas alheias...”, 2 FORMAS DE VIOLÊNCIA
  3. 3. 3 “Quando se fala de violência, geralmente se faz alusão à violência físicaviolência física, por ser esta a expressão mais evidente da agressão corporal. Outras formas como a violência econômica, racial, religiosa, sexual, etc., em algumas ocasiões podem atuar ocultando seu caráter, desembocando, definitivamente, no avacalhamento da intenção e a liberdade humanas. Quando estas se evidenciam, se exercem também por coação física”. FORMAS DE VIOLÊNCIA
  4. 4. FORMAS DE VIOLÊNCIA FORMAS 1 - economia (exploração do homem pelo homem, 2 - coação do Estado, 3 - política (o domínio de um ou vários partidos, o poder do chefe, o totalitarismo, a exclusão dos cidadãos na tomada de decisões, a guerra, a revolução, a luta armada pelo poder, etc.), 4 - ideologia (implantação de critérios oficiais, proibição do livre pensamento, subordinação dos meios de comunicação, manipulação da opinião pública, propaganda de conceitos de fundo violento e discriminador que resultam cômodos à elite governante, etc.), 4
  5. 5. FORMAS 5 - religião (submissão dos interesses do indivíduo aos requerimentos clericais, controle severo do pensamento, proibição de outras crenças e perseguição de hereges), 6 - família (exploração da mulher, ditado sobre os filhos, etc.); 7 - ensino (autoritarismos de professores, castigos corporais, proibição de programas livres de ensino, etc. 8 - cultura (censura, exclusão de correntes inovadoras, proibição de editar obras, ditados da burocracia, etc.,). FORMAS DE VIOLÊNCIA 5
  6. 6. A violência está presente no dia-a-dia de cada um de nós. Existe uma violência explícita por todo o país. Isso não é diferente nas escolas brasileiras. Não se trata apenas de uma violência denominada simbólica, mas de uma violência real, que vem sendo desenvolvida por uma cultura da violência.cultura da violência. 6 FORMAS DE VIOLÊNCIA
  7. 7. 7 FORMAS DE VIOLÊNCIA ...estou de saco cheio de vocês, se não querem vir à aula fiquem em casa, não venham me infernizar...
  8. 8. FORMAS DEVIOLÊNCIA  ...se esse menino pensa que vai se criar aqui está muito enganado eu vou quebrar ele no meio...
  9. 9. 9 FORMAS DE VIOLÊNCIA Nenhuma criança nasce violenta. Há consenso de que a condição de ser violento é adquirida no decorrer do desenvolvimento.
  10. 10. 10 FORMAS DE VIOLÊNCIA Muitas famílias, pela condição infra-humana a que são submetidas, são forçadas a conviver constantemente com situações violentas.
  11. 11. 11 FORMAS DE VIOLÊNCIA Falta de referencia dos jovens.
  12. 12. 12 FORMAS DE VIOLÊNCIA O jovem necessita de perspectiva de futuro.
  13. 13. 13 Todos vocês tem uma carga de responsabilidade, as ações colocadas devem ser realizadas com excelência. Quando optaram a assumir esta função receberam com ela suas responsabilidades, e para isso vocês se comprometeram voluntariamente a ser pai, mãe, esposa, esposo, professora(o) ou o que quer que seja. Ninguém forçou vocês a desempenhar nenhum desses papeis, é vocês estão livres para deixá-los quando quiserem, no trabalho é a mesma coisa, passamos a mais da metade de
  14. 14. 14 Devemos ser positivo, acreditar no melhor e trabalhar com aquilo que se tem a disposição, sem arrependimento ou reclamações, isso que estabelecerá a diferença entre fazer o que se espera e realizar o extraordináriorealizar o extraordinário.
  15. 15. 15 Infelizmente muitas pessoas colocam os obstáculos em vez de removê-los. O pessimista se queixa do vento; o otimista espera que o vento mude; o realista ajusta as velas. Willian George As queixas são a linguagem da derrota. Frank Grane
  16. 16. 16 Trata-se de uma decisão pessoal e intrasferível. A priori, ninguém nos coage a casar ou a ser pai e mãe, ou mesmo a receber o pagamento no final do mês. Da mesma forma que entramos livre e de espontânea vontade, temos toda liberdade para sair. Em suma, nós nos colocamos à disposição de algo grandioso e muito importante, (nossas vidas, nossos relacionamentos, nossa família, nosso trabalho, nossos sonhos...)
  17. 17. 17 A vida não é tanto o que nos acontece, mas como reagimos ao que nos acontece. Entre o estimulo e a reação existe o carátercaráter de cada um, o qual reflete no empenho de fazer o que é certo, ignorando impulsos ou caprichos, independentemente dos custos pessoais. O tipo de servidor que nos tornamos depende de nossas decisões, não de nossas condições.
  18. 18. 18 Tudo depende de nossas vontades. E o que é vontade? VONTADE é INTEÇÃO + AÇÃO.VONTADE é INTEÇÃO + AÇÃO.
  19. 19. 19 Quando temos: INTENÇÃO – AÇÃO não temos NADA. Quando temos: INTENÇÃO + AÇÃO temos VONTADE.
  20. 20. 20 Devemos mirar o ótimo para acertar o bom. Busquem sempre a excelência pois elaBusquem sempre a excelência pois ela afasta a mediocridade assim como aafasta a mediocridade assim como a mediocridade afasta os competentes. Amediocridade afasta os competentes. A excelência torna-se sua própriaexcelência torna-se sua própria motivação e ascende o fogo interior.motivação e ascende o fogo interior.
  21. 21. 21 Quando falamos de AMOR as pessoas já imaginam e confunde AMOR como sentimento. Quando verificamos no dicionário o que é AMOR temos três definições: A primeira – forte afeição; A segunda – ligação calorosa e A terceira – atração baseado no sentimento sexual.
  22. 22. 22 A palavra AMORAMOR vem do grego que usava as palavras ErosEros o qual definia a palavra erótico, sentimento baseado na atração sexual e desejo ardente. Outra palavra era StorgéStorgé o qual definia a palavra afeição, especialmente para família e amigos; Outra palavra PhilosPhilos definia fraternidade reciproca, espécie de amor condicional “você me faz bem e eu faço bem a você”.
  23. 23.  Os gregos também usava o substantivo AGÁPEAGÁPE, o qual definia o AMOR incondicional, baseado no comportamento, sem exigir nada em troca.  Um amor de escolha deliberada, traduzido pelo comportamento que a pessoa tem em seu dia a dia.  “Quando amamos o que fazemos, as pedras no caminho não são capazes de desviar nossa trajetória”.
  24. 24. 24 "Devemos empregar forças para mudar uma situação enquanto a mudança ainda é possível.” Giovani de Paula "Se você deseja chegar aonde ninguém chegou, deve fazer o que ninguém fez." Cepik “É o grau de comprometimento que determina o sucesso e não o número de servidores” Frase do Filme - Harrey Potter 7 , Relíquias da Morte.
  25. 25. 25 PODER DO SERVIDOR Poder de Polícia refere-se à atividade da Polícia Administrativa e tem como escopo limitar ou restringir os direitos individuais em prol do bem estar da coletividade. (todo servidor público exerce este poder) Poder da Polícia é exercido pela Polícia Judiciária em atividades concernentes aos ilícitos de natureza penal.
  26. 26. CRIME CONTRA SERVIDOR Desacato Art. 331 - Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela: Pena - detenção, de seis meses a dois anos, ou multa. 26
  27. 27. 27 CRIME CONTRA SERVIDOR •Calúnia •Art. 138 - Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime: •Pena - detenção, de seis meses a dois anos, e multa. •§ 1º - Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga. •§ 2º - É punível a calúnia contra os mortos.
  28. 28. CRIME CONTRA SERVIDOR Difamação Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa. 28
  29. 29. Injúria Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa. § 1º - O juiz pode deixar de aplicar a pena: I - quando o ofendido, de forma reprovável, provocou diretamente a injúria; II - no caso de retorsão imediata, que consista em outra injúria. § 2º - Se a injúria consiste em violência ou vias de fato, que, por sua natureza ou pelo meio empregado, se considerem aviltantes: Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa, além da pena correspondente à violência. § 3º Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem: (Incluído pela Lei nº 9.459, de 1997) § 3o Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência: (Redação dada pela Lei nº 10.741, de 2003) Pena - reclusão de um a três anos e multa. (Incluído pela Lei nº 9.459, de 1997) CRIME CONTRA SERVIDOR 29
  30. 30. Ameaça Art. 147 - Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave: Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa. Parágrafo único - Somente se procede mediante representação. CRIME CONTRA SERVIDOR 30
  31. 31. F I M!F I M!

×