Física das Radiações 2a

6.997 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.997
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
561
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
319
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Física das Radiações 2a

  1. 1. TUBO DE RAIOS X Profª Renata Cristina Blog: radiologiacienciaearte.blogspot.com.br msn: renatacristina9.9@hotmail.com Tel:9698-4689
  2. 2. Produção dos Raios xOs Raios x são gerados quando eletrons, acelerados por alta tensão (kv), são lançados contra um meio material (alvo), perdendo e transferindo energia para o meio.
  3. 3. GERAÇÃO DOS RAIOS XOs raios X são gerados através de doisprocessos que ocorrem em nível atômico: - A frenagem (Bremsstrahlung); - E os Raios X carcterísticos. É importante salientar que tais processos se dão na chamada ELETROSFERA. Assim, a origem dos raios X não é NUCLEAR, ou seja, eles não são gerados no núcleo dos átomos. 3
  4. 4. A Frenagem (Bremsstrahlung)1. Elétron de alta energia penetra no átomo;2. A atração do núcleo o faz frear;3. Parte de sua energia cinética “vira” raio X. 5
  5. 5. Raios X Característicos1. Elétron acelerado ioniza o átomo nas camadas mais internas: K, L.2. Fica uma vaga desocupada nesta camada;3. Outro elétron do átomo vem ocupá-la, emitindo um fóton de energia típica de cada átomo utilizado como alvo. Prof. Rodrigo Penna 7
  6. 6. Ampola de Raios xO dispositivo usado para a produção de rx em radiologia é o tubo radiográfico (ampola de vidro).O TUBO de rx consiste de um anodo e um catodo, colocados dentro de uma ampola de vidro (pirex) onde existe Vácuo.
  7. 7. Componentes da Ampola1. Catodo - Filamento / - Focalizafor2. Anodo3. Invólucro de vidro4. Cabeçote5. Cabos e conexões6. Colimador7. Filtros8. Transformador9. Retificador10. Painel de controle
  8. 8. 1. CatodoÉ o pólo negativo da ampola e esta dividido em filamento e focalizador.
  9. 9. 1.1- Filamento:Possui uma formaespiral, feito detungstênio. É a fontede elétrons queserão arremessadosna direção doanodo. São 2filamentoschamados de focofino e foco grosso.
  10. 10. 1.2 – Focalizador (copo de foco)Tem a função de manter unidos o maior nº de elétrons que saíram do filamento e concentrá-los na menor área possível do anodo.Esta área é chamada de Ponto Focal.
  11. 11. 2 - AnodoÉ o pólo positivo da ampola. Existem dois tipos:a. Anodo fixo – é constituído por umaHaste cobre e um alvo. Neste é sempre a mesmaárea para o choque dos elétrons.a. Anodo giratório – permite aos elétrons uma área maior de interação. O calor resultante fica distribuído. Constituido por um rotor e um Alvo.
  12. 12. 2.2 - AlvoÉ a área do anodo onde ocorre a interação (choque) dos elétrons.É feito de uma liga de tungstênio . A escolha do Tungstênio deve-se a 3 razões:1. Alto número atômico2. Condutibilidade térmica3. Alto ponto de fusão
  13. 13. Anodo Fixo
  14. 14. Anodo Giratório
  15. 15. DISSIPAÇÃO DE CALORAo ser atingido, o alvo converte cerca de 99% da energia dos elétrons em calor e apenas cerca de 1% em Raios X.Para dissipar tamanha quantidade de calor, o anodo é ligado ou envolvido a uma haste de cobre e, na máquina, a ampola é imersa em óleo.Observe a cor avermelhada, típica do Cobre, atrás do alvo. 19
  16. 16. ANODO GIRATÓRIO Nos aparelhos convencionais, Ao alvo gira evitando super- aquecimento e danos na área atingida pelos elétrons. B
  17. 17. 3 – Invólucro de VidroÉ feito de vidro forte (pirex) para resistir ao calor.Existe uma janela de saida dos raios de 5 cm², onde a espessura de vidro é menor para passar os rx produzidos.
  18. 18. 4. CabeçoteTb chamado de cúpula .Protege a ampola de vidro,comporta o óleo para o resfriamentoRevestida de chumbo ( filtração da radiação espalhada)
  19. 19. 5. Cabos de Conexão TensãoFazem a ligação transformador com a ampola de Rx, para que seja estabelecida a DDP entre catodo e anodo.
  20. 20. 6. ColimadorDispositivos junto ao cabeçote que tem a finalidade de colimar o feixe primário de rx, ou seja, fazer com que o feixe de Rx incida somente na área de interesse.
  21. 21. 7. FiltrosÉ uma placa de alumínio localizada entre a saída do cabeçote e a entrada do colimador.Função “limpar” o feixe de Rx – retirando os feixes de baixa energia que não vão contribuir com a formação da imagem.
  22. 22. 8 – TransformadorDispositivo que altera a tensão de uma corrente alternada, aumentando-a ou diminuindo-a. o transformador eleva a tensão quando o numero de espiras é maior na secundaria que na primária, e a diminui em caso contrário.
  23. 23. 9 - RetificadorTem a função de transformar corrente alternada em corrente continua.
  24. 24. 10 – Mesa de Comando ou Painelde ControleÉ onde encontramos os seletores para: ajustes de kV;timer ou cronometro;mA;mAs (em alguns);seletor do bucky;botão liga desliga;botão de preparo e o de disparo dos Rx.
  25. 25. Por Hoje é Só!!!! Beijinhos... Não esqueça de Sorrir hj e amanhã. Profª Renata Cristina Blog: radiologiacienciaearte.blogspot.com.br msn: renatacristina9.9@hotmail.com Tel:9698-4689

×