Espetáculo teatral "Biografia".

389 visualizações

Publicada em

O que pode acontecer a um ditador quando ele precisa rever sua vida por inteiro? É na construção desta situação que o espetáculo teatral “Biografia” transita. A peça traz ao público o cenário íntimo de uma entrevista de um grande ditador a um jovem repórter, responsável por escrever um livro sobre sua vida. Mais do que produzir uma biografia, o jornalista tem em mãos a possibilidade de colocar em xeque o velho poderoso.

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
389
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espetáculo teatral "Biografia".

  1. 1. biografia uma peça de Renata Bortoleto dirigida por Rogério Rizzardi
  2. 2. A solidão nos Campos de Algodão, Bernard Marie Kolthés “Eu n o tenho sentimentos para te dar em retorno”
  3. 3. sinopse O que é capaz de acontecer com um ditador quando ele precisa rever sua vida por inteiro? É na construç o dessa situaç o que o espetáculo teatral “Biografia” transita. A peça traz ao público o cenário íntimo de uma entrevista de um grande ditador a um jovem repórter, responsável por escrever um livro sobre sua vida. Mais do que produzir uma biografia, o jornalista tem em m os a possibilidade de colocar em xeque o velho poderoso. Ao longo do diálogo, se estabelece a clara relaç o entre opressor e oprimido. Assim, o público presencia um jogo de força que corre, cena a cena, de uma m o para outra. A peça, ent o, busca refletir sobre a humanidade que pode existir por trás da máscara de um carrasco e reconhecer que emoç es habitam a alma dele, autor de verdadeiras atrocidades, de violências indefensáveis contra a vida humana.
  4. 4. objetivos de realizaç o Montagem e apresentaç o do espetáculo entre maio a agosto de 2016 (temporada de quatro meses), na cidade de S o Paulo, sendo duas apresentaç es por semana (aos finais de semana), num total de 32.
  5. 5. objetivos específicos •  Conduzir o público à reflex o sobre os legados de dor que os ditadores deixam para a humanidade e como eles influenciam a vida das pessoas (e suas relaç es), assim como a cultura e a memória de um povo. •  Levar o espectador a identificar as mais diversas formas de opress o sofridas pelos indivíduos na atualidade, tanto na esfera privada quanto na pública, trazendo à luz situaç es de injustiça nas quais a ética n o se façam presentes. •  Propor às pessoas a busca por sua força individual e consciência de sua cidadania em prol de uma maior atuaç o política na sociedade, contribuindo para o debate em torno dos direitos humanos. !
  6. 6. equipe DIREÇ O Rogério Rizzardi é diretor e ator. Graduado em comunicaç o das artes do corpo (habilitaç o em teatro) e mestre em comunicaç o e semiótica, ambos pela PUC-SP. Em 2013, integrou o grupo do Centro de Pesquisa Teatral (CPT) coordenado por Antunes Filho. Como ator, participou, entre outros, dos espetáculos “Desvio” (direç o de Pedro Garrafa) e “À Margem”, de A. Artaud (dir. José Rubens Siqueira”), vencedor dos prêmios de melhor direç o e figurino do Festival Nacional de Teatro de S o José dos Campos. Dirigiu “Tempo de Lúcia” (de Juliana Gonçalves), “Sherazade” (de José Rubens Siqueira), “Valentin” (Karl Valentin) e “1915” (Arthur Haroyan).
  7. 7. equipe DRAMATURGIA Renata Bortoleto é atriz e dramaturga, tendo participado de espetáculos e curtas-metragens. Realizou oficinas teatrais da Companhia dos Satyros e nos Doutores da Alegria. Na dramaturgia, estudou com nomes como Leonardo Moreira, Roberto Alvim e Alberto Villareal (México). Sua primeira realizaç o teatral, como autora e diretora, foi a peça “Depois de Ontem”, montada e encenada em 2013 (em duas temporadas).
  8. 8. equipe ELENCO Marcos Antônio Giannini é ator formado pela escola Studio Beto Silveira, tendo participado de criaç es cênicas das peças “Toda Nudez Será Castigada”, de Nelson Rodrigues, “O Arquiteto e o Imperador da Assíria”, de Fernando Arrabal, “Revoluç o na América do Sul”, de Augusto Boal, “Medeia”, de Eurípedes, “Quanto Custa o Ferro”, de Bertold Brecht, “Esperando Godot”, de Samuel Beckett, e “Biedermann” e “Os Incendiários”, de Max Frisch. Em 2015, esteve em cartaz por seis sess es com a peça “Terror e Miséria do Terceiro Reich”, de Bertold Brecht. Luiz Altieri é ator formado pela EAD, da USP. Entre teatro amador e profissional, tem 17 anos de experiência. É formado também em rádio e TV pela Universidade Metodista e pós- graduando em educomunicaç o, da ECA-USP. Luiz tem em sua trajetória cinco curtas-metragem e, no teatro, mais de 20 espetáculos encenados, tendo trabalhado com diretores como Georgette Fadel e Antônio Rogério Toscano.
  9. 9. equipe ELENCO Tiago HoffmannDaniela Duarte Fabio Chauh Giovana Tilieri Maíra De La Vega
  10. 10. equipe PRODUÇÂO Luisa Fischer é atriz e produtora, formada em artes cênicas pelo Célia Helena e Escola de Atores Wolf Maia. Como produtora, fez curso de Produç o de Lançamento de Cinema, com Carol Scalice e Rafael Moretti (2013), atuou na produç o e elaboraç o de projetos de TV, trabalhou como freelancer para as produtoras Alice Wondres e Imagem&Cia e também para diversos espetáculos teatrais.
  11. 11. Projeto aprovado pela Lei Rouanet. Número do Pronac: 1411500 Autorizado para a captaç o no valor de 307.938,00
  12. 12. Homens e mulheres. Classes A, B e C. Faixa etária: 20 a 60 anos, com foco na faixa dos 25 a 45. Prevalece consumidores de artes em geral, pessoas ligadas às novas tecnologias e com presença nas redes sociais. público
  13. 13. Média de público por apresentaç o: 60 pessoas. Número de apresentaç es: 32. Estimativa geral (público direto): 1920 pessoas.! expectativa de pessoas atingidas
  14. 14. contrapartidas e acessibilidade DEMOCRATIZAÇ O DO ACESSO •  160 ingressos gratuitos para populaç o de baixa renda. •  Os bilhetes ser o vendidos a preço popular: R$ 10. •  Pessoas com carteirinha de estudante pagam meia: R$ 5. •  O espetáculo terá um final de semana gratuito (duas apresentaç es).
  15. 15. Contrapartidas e acessibilidade OFICINA DE EXPRESS O CORPORAL Como contrapartida do projeto, o diretor Rogério Rizzardi irá ministrar uma oficina que tem como proposta conduzir os participantes a um trabalho de express o corporal na atuaç o n o-realista. Além de compartilhar ferramentas usadas nas artes cênicas, esta proposta contribui para a formaç o de público. •  A oficina terá carga horária de oito horas e será ministrada em dois dias. •  Público participante: 10 jovens indicados pelo patrocinador, que podem ou n o fazer parte dos programas sociais gerenciados por estas empresas. •  A oficina será viabilizada caso o projeto tenha captaç o de recursos financeiros de 80% do valor da peça.
  16. 16. contrapartidas e acessibilidade DIÁLOGOS COM ESTUDANTES Aproximaç o a escolas do ensino médio (redes pública e privada) para rodas de conversas sobre direitos humanos, ética e memória. Foco no trabalho de formaç o de plateia (iniciaç o e estímulo ao teatro). ACESSIBILIDADE O espetáculo será realizado exclusivamente em espaço cênico com acesso a cadeirantes.!
  17. 17. memorial da resistência Parceria com o Memorial da Resistência de S o Paulo (prédio do antigo DOPS). Apresentaç o da estreia no auditório do Memorial, marcando simbolicamente o início da temporada. Após apresentaç o, debate com diretor, elenco e convidados (ex- perseguidos e presos políticos), incluindo diretor do Núcleo Memória, Maurice Politi.
  18. 18. plano de comunicação •  5 mil filipetas •  60 cartazes •  1.700 ingressos •  Um banner em lona •  1.700 programas do espetáculo •  Assessoria de imprensa •  Anúncio no Guia do Teatro •  Anúncio no Guia OFF •  Anúncio no Guia da Folha •  Anúncio no Guia do Estado •  Registro fotográfico •  Gravaç o do espetáculo •  Clipping de imprensa •  Aç o em redes sociais: fanpage do Facebook e blog do espetáculo •  Site e fanpage da produtora responsável •  Press kit de imprensa •  Newsletter para um mailing de 800 contatos qualificados.
  19. 19. plano de cotas COTA EXCLUSIVA (100%) •  Abatimento fiscal (retorno do investimento). •  Pré-estreia (apresentaç o fechada): para 50 pessoas convidadas pelo patrocinador (para clientes, funcionários ou instituiç es indicadas). •  Debate com elenco e diretor ao final da apresentaç o. •  Banner fixo em posiç o privilegiada (canto superior direito) do site do processo. •  100 ingressos gratuitos ao patrocinador. •  15% de desconto nos demais ingressos (nomes indicados pelo patrocinador). •  Exibiç o da marca antes do nome da peça em todas as mídias. Parte superior central: “xxx apresenta”. •  Plano de comunicaç o. •  Uma página institucional da marca no programa do espetáculo. •  Banner exclusivo no foyer do teatro (por conta do patrocinador). •  Aç es promocionais e institucionais promovidas pelo patrocinador in loco (por exemplo, no foyer no teatro). Este investimento fica a cargo da empresa. Patrocinando esta cota, a empresa tem exclusividade sob o projeto, n o concorrendo com nenhuma outra marca.
  20. 20. plano de cotas COTA OURO (75%) •  Abatimento fiscal (retorno do investimento). •  Pré-estreia (apresentaç o fechada): para 50 pessoas convidadas pelo patrocinador. •  Debate com elenco e diretor ao final da apresentaç o. •  75 ingressos gratuitos ao patrocinador. •  15% de desconto nos demais ingressos (nomes indicados pelo patrocinador). •  Plano de comunicaç o. •  Meia página institucional da marca no programa do espetáculo.
  21. 21. plano de cotas COTA PRATA (50%) •  Abatimento fiscal (retorno do investimento). •  50 ingressos gratuitos ao patrocinador. •  15% de desconto nos demais ingressos (nomes indicados pelo patrocinador). •  Plano de comunicaç o.
  22. 22. plano de cotas COTA BRONZE (25%) •  Abatimento fiscal (retorno do investimento). •  25% ingressos gratuitos ao patrocinador. •  15% de desconto nos demais ingressos (nomes indicados pelo patrocinador). •  Plano de comunicaç o.
  23. 23. empresa produtora Fundada pela jornalista Renata Bortoleto, a Belbellita Comunicaç o & Artes é uma empresa com cinco anos de experiência em projetos artísticos. Foi a produtora responsável pela montagem de “A Colcha de Sonhos” (2010/2011), espetáculo desenvolvido para o Grupo Santander Brasil, e de esquetes cômicas criadas para eventos da Ford (2013) e Flow Brasil (2014). Nas artes, produziu as peças “Depois de Ontem” (duas temporadas em 2013) e “Ensaio de um Documentário” (2011). Atua em várias iniciativas de criaç o de conteúdo, tendo como clientes empresas como Bauducco, Siemens, P&G, Sanofi e Renault. Conheça: www.belbellita.com.br
  24. 24. contatos: Renata Bortoleto renata@belbellita.com.br (11) 2503-6393 | (11) 97304-7774

×