O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Utopia e barbárie

148 visualizações

Publicada em

Este trabalho tem como intuito, descrever algumas das barbáries advindas de utopias geradas na história.
Baseado no documentário: Utopia e Barbárie - Silvio Tendler

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Utopia e barbárie

  1. 1. Utopia e Barbárie Direito – 2º Período Componentes: Carlos Henrique Edinilde Amorim Felipe Pontara Geovani Barbosa Rayanne Silva Disciplina: Português II Prof.: Vilmar Vilaça Contagem 2016
  2. 2. Utopia e Barbárie  Utopia é a imaginação de um modelo a ser seguido, perfeito e fantástico. É um sistema onde tudo é sublime e maravilhoso, todas as pessoas são extremamente felizes, vivendo uma vida harmoniosa e equilibrada. Perseguindo ideais teoricamente perfeitos, muitos aspiraram mudanças radicais no contexto social e econômico no meio em que viviam. Ao alcançarem o poder, inverteram aquilo que outrora fora proposto e assim se inicia a barbárie. utopia barbárie
  3. 3. Utopia e Barbárie  A barbárie acaba, geralmente, por surgir com a tentativa de, a qualquer custo, alcançar aquilo que foi determinado. Dessa forma, ocorrem diversas atrocidades, intolerância política e perseguição de opositores. Vários direitos fundamentais são extintos à maioria da população. Contudo, os conceitos utopia e barbárie se confundem entre si, pois o que muitos enxergam como uma utopia, pode ser visto como uma barbárie por outros, logo, são conceitos relativos. utopia barbárie
  4. 4. Bomba Atômica  Em agosto de 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos lançou sobre Hiroshima e Nagasaki, cidades japonesas, duas bombas atômicas com o intuito de encerrar a exaustiva guerra. Milhares de soldados e civis morriam decorrente da permanência do conflito.
  5. 5.  O Japão, mesmo exausto e deficiente em poder de fogo, continuava resistindo fortemente com o uso dos kamikazes, pilotos suicidas que atacavam os navios inimigos, e não dava esperança de uma possível rendição. A guerra já consumia milhares de vidas, tantos dos países aliados aos Estados Unidos quanto dos próprios japoneses. Bomba Atômica
  6. 6. Bomba Atômica  Nos dias 06 e 09 de agosto de 1945, Hiroshima e Nagasaki, foram alvos das mortíferas bombas atômicas. Duas cidades, habitadas sobretudo por civis, brutalmente destruídas. Totalizando mais de 210 mil mortos. A maior parte das vítimas eram inocentes e crianças. Os que não morreram com a explosão, morreram por envenenamento e doenças provenientes da radiação.
  7. 7. Nazismo  Ao final da Primeira Guerra Mundial, em 1919, a Alemanha perdeu a guerra e foi submetida à humilhações e tributos por parte dos países vencedores.  As consequências refletiram nos setores econômico, social e cultural. A população ficou marcada por esses efeitos, produzindo nos alemães um grande ressentimento em relação aos outros países.
  8. 8. Nazismo  Neste contexto pós-guerra, de revanchismo e ódio, surge Adolf Hitler, o qual convenceu boa parte dos alemães a seguirem suas ideologias nazistas. A figura de um líder carismático e determinado trouxe esperanças de triunfo e prosperidade.
  9. 9. Nazismo  Adolf Hitler defendia o nacionalismo extremo e a construção de um espaço vital para que a nação alemã construísse seu império. Esse fato justificava a invasão dos territórios vizinhos à Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, como a Polônia, França e outros.
  10. 10. Nazismo  Este movimento consistia numa mistura de dogmas e preconceitos a respeito da superioridade da raça ariana em detrimento das demais. Isso provocou a perseguição, sobretudo, dos judeus, que foram associados aos problemas econômicos do país. Uma série de fatores culminou no Holocausto, evento em que cerca de 6 milhões de pessoas foram mortas nos campos de concentração.
  11. 11. Guerra do Vietnã  A Guerra do Vietnã, em 1959, foi um conflito armado entre as duas partes do país. O Vietnã havia sido uma colônia francesa, e no final da Guerra da Indochina(1946-1954), foi dividido em dois países. De um lado o Vietnã do Norte, comandado por Ho Chi Minh, possuindo orientações comunistas pró União Soviética e do outro, o Vietnã do Sul, uma ditadura militar, aliado aos Estados Unidos e, portanto, com um sistema capitalista.
  12. 12. Guerra do Vietnã  A relação entre os dois Vietnãs, em função das divergências políticas e ideológicas, ficou ainda mais tensa quando os vietcongues apoiados pelos soviéticos, atacaram uma base norte- americana no Vietnã do Sul. Durante os anos em que estiveram envolvidos nesse conflito, os Estados Unidos chegaram a manter na região 550 mil soldados e apesar do grande poder bélico, os norte-americanos foram derrotados pelos vietcongues, quando se retiram em 1973.
  13. 13. Guerra do Vietnã  O conflito deixou mais de 1milhao de mortos (civis e militares), e o dobro de feridos e mutilados.  O Vietnã foi reunificado em 02 de julho de 1976 sob o regime comunista, aliado da União Soviética.
  14. 14. Ditadura no Chile  No ano de 1970, é realizada no Chile a eleição democrática que nomeou o socialista Salvador Allende para Presidente da República.  Allende, partindo de politicas burguesas, nacionalizou empresas de vários setores da economia (têxtil, bancário, minerador). Seu intuito era suprir demandas populares e promover o bem estar social.
  15. 15. Ditadura no Chile  Porém a classe média mobiliza-se intensificando bloqueios internacionais e internos ao governo, o que agravou a crise política e econômica do país. A oposição começou a dificultar as ações do Estado, e as fragilidades do governo se revelaram.  O general do exército chileno, Augusto Pinochet, deu o primeiro passo rumo ao Golpe de Estado, solicitando que o governo renunciasse, porém Allende resistiu. No dia 11 de setembro de 1970, ocorreu um bombardeio ao Palácio de Moneda onde morreu Salvador Allende e também a “Via Chilena”, política que objetivava a construção de uma sociedade mais justa e menos desigual.
  16. 16. Ditadura no Chile  Com a ascensão de Pinochet, a democracia foi radicalmente extinta no país, instaurando-se a ditadura militar e por conseguinte, torturas, regresso econômico, repreensão, autoritarismo e outras barbáries. Esse sofrimento somente se encerrou em 1990, com a eleição do presidente civil, Patricio Aylwin (foto à direita).
  17. 17. Golpe de 64  Em 1964, João Goulart, Presidente da Republica Brasileira, eleito democraticamente pelo Partido Trabalhista Brasileiro-PTB, foi deposto e teve que fugir para o Rio Grande do Sul e em seguida para o Uruguai.  Um comício organizado por Leonel Brizola e João Goulart, no Rio de Janeiro, serviu como estopim para o golpe. Nesse comício foram anunciadas reformas agrárias e a nacionalização de refinarias estrangeiras, o que soou como medidas comunistas.  O governo americano e os militares brasileiros viam em João Goulart um perigoso potencial porque, além de simpatizar com o regime Castrista de Cuba, matinha uma política exterior independente de Washington.
  18. 18. Golpe de 64  Este golpe é conhecido no Brasil como Regime Militar, período em que o país esteve sob o controle das Forças Armadas, a saber, de 1964 a 1985.  O movimento militar foi amplamente apoiado pelos Estados unidos, que sem demora reconheceu a legitimidade do novo governo.
  19. 19. Golpe de 64  Durante o governo militar a perseguição aos inimigos do governo, assassinatos e desaparecimentos tornaram-se comuns no Brasil. O cerceamento da liberdade de expressão, a inobservância de Direitos Fundamentais e garantias institucionais e a violação dos Direitos Humanos, faziam parte do regime que tinha sua ação justificada pela ideologia da segurança nacional.
  20. 20. Referências bibliográficas • Vídeo documentário: "Utopia e Barbárie", de Sílvio Tendler Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=cn9li_NePro • Artigo "Utopia e Barbárie - retrato de uma geração" Disponível em: www.plurale.com.br/site/noticias-detalhes.php?cod=8209&codSecao=4 • Artigo: "Revolução democrática de 1964" Disponível em: http://www.aopmbm.org.br/aopmbm-em-acao/vale-a-pena-ler-de-novo/284-discurso-de-comandante • Artigo: "O golpe militar de 64 e a instauração do regime militar" Disponível em: cpdoc.fgv.br/producao/dossies/FatosImagens/Golpe1964 • Animação "Intolerância" Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=-yfECA00dpE • Gazeta do Povo http://www.gazetadopovo.com.br/mundo/entenda-os-passos-que-levaram-eua-a-bombardear-o-japao- btrtvolpv9shgfyidsgju5dxw • Sua Pesquisa http://www.suapesquisa.com/historia/ditadura_chile.htm • Educacao Uol http://educacao.uol.com.br/biografias/salvador-allende.htm Nota: Os links foram acessados em 09/2016.

×