Arcadismo e Barroco (Brasileiro)

849 visualizações

Publicada em

Resumo dos períodos literários do Brasil.

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
849
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arcadismo e Barroco (Brasileiro)

  1. 1.  O Arcadismo ficou conhecido como Neoclassicismo, porque procurava imitar os modelos clássicos, estabelecendo as “regras do belo’’ – referência aos padrões artísticos do Renascimento e da Antiguidade clássica.  A arte literária barroca opôs-se à clássica, o Barroco fazia uso de formas menos racionais e mais ambíguas.Empregava figuras de linguagem que indicassem conflitos .
  2. 2.  * Inutilia truncat (cortar o inútil) – Essa tomada de posição retratava uma verdadeira repulsa aos excessos preconizados pela arte barroca. Dessa forma, os representantes árcades optavam pela simplicidade, pela ordem direta da linguagem e pela clareza.  * Carpe diem (aproveitar o dia) – Em face das instabilidades oriundas do mundo material, partindo do pressuposto relacionado à fugacidade da vida, o ideal era aproveitar os prazeres proporcionados por esta, antes que passassem.
  3. 3.  Cláudio Manuel da Costa, foi um poeta que seguia rigorosamente a linha neoclássica, cultivou a poesia épica e lírica.Compôs sonetos alguns dos melhores da literatura Brasileira, é o autor de Obras, o marco inicial do Arcadismo no Brasil.
  4. 4.  Poesia lírica : Pequena estrofe “Destes penhascos fez a natureza O berço em que nasci: oh quem cuidara, Que entre penhas tão duras se criara Uma alma tema, um peito sem dureza!”
  5. 5.  Gregório de Matos foi o “poeta maldito” na literatura brasileira, fazia duras críticas à sociedade de seu tempo por meio de suas poesia satíricas, em seu arsenal a poemas satíricos, líricos e lírica sacra. Uma de suas principais obras é a ( A Jesus Cristo Nosso Senhor).
  6. 6.  Poesia sacra: Pequena estrofe ( A Jesus Cristo Nosso Senhor) “Pequei, Senhor; mas não porque hei pecado, Da vossa alta clemência me despido: Porque, quanto mais tenho delinquido,...”
  7. 7.  Pe. Antônio Vieira foi o mais famoso orador sacro do Brasil-Colônia .Procurava convencer o público por meio de um discurso veemente, marcado pelo uso de figuras de linguagem, como comparações, antíteses, metáforas, hipérboles etc.
  8. 8.  Oratória Sacra: Pequena estrofe (Sermões) “ Se gostas de afetação e pompa de palavras, e do estilo que chamam culto, não leias. Quando este estilo mais florescia, nasceram as verduras do meu( que perdoarás quando as encontrares)...”
  9. 9. Arcadismo Barroco
  10. 10. Nomes: Raquel Fernandes de Lima nº: 29 Kemilly Claudionor nº: 19 Tainá Gomes da Silva nº: 36 Deborah Rodrigues nº: 07 Shirley Nogueira nº:34 Série: 1º E.M (a)

×