SlideShare uma empresa Scribd logo

Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfried Sassoon

Ciclo de Palestras tem a finalidade de espalhar e trocar conhecimentos, através de temas como religião, literatura, comunicação e música.

1 de 17
Baixar para ler offline
Literatura,
Música e
Sociedade: Os
horrores da 1ª
Guerra Mundial
por Siegfried
Sassoon.


PALESTRANTE: RAQUEL ALVES PROJETO CICLO DE PALESTRAS
DECEMBER 2020
Já discutimos em outras palestras:
-A 1ª Guerra Mundial e o Movimento Modernista
Inglês
-Siegfried Sassoon: o poeta da guerra
Apresentação
Este trabalho tem como finalidade abordar a
tradução intersemiótica do poema de guerra
"Suicide in the trenches" do autor Siegfried
Sassoon e a música Army of Damned da banda
britânica Pythia, especialmente destacando a
relação entre literatura, música e sociedade.
DECEMBER 2020
DECEMBER 2020
A relação entre Literatura, Música e Sociedade
Perpetuo (2009, p. 117 e 118) lembra que:
“A música nos recorda o que somos, ouvi-la nos faz reconhecer algo, uma
identidade, uma paixão ou uma ausência. (...) A música (...) só pode ser
entendida enquanto parte de um contexto cultural (...) A música, antes de tudo, é
um bem cultural e social (...)”
A literatura seria uma “fonte inspiradora de grande parte da criação musical.”
(RUCKENT, s/d, p. 09).
DECEMBER 2020
A Tradução Intersemiótica: método de análise
Uma outra abordagem deste trabalho, é a tradução
intersemiótica que, de uma maneira mais simplificada,
pode ser entendida como uma transformação em outro
signo ou código, a partir de um mesmo signo primário ou
original. Esta nova
tradução/interpretação/intertextualidade pode remeter
ao signo anterior ou apenas fazer uma menção, sem
perder as significações originais.
Suicídio nas Trincheiras


Eu conheci um soldado, um simples
garoto
Que sorriu para uma vida de alegria
vazia
Dormiu profundamente através da
solitária escuridão
E assobiou cedo com a cotovia.


Em trincheiras, no inverno, intimado e
triste
Com um som alto e piolhos, e ausência
de rum
Ele colocou uma bala em seu cérebro
Ninguém falou dele novamente.




Você,vê multidões de faces convencidas
e olhos em brasa
Que alegria quando os garotos soldados
marcham
Espreito em casa e rezo para que você
nunca saiba
O inferno onde vão jovens e risos!

Recomendados

8 teste poesia-trovadoresca_asa_porto_editora
8   teste poesia-trovadoresca_asa_porto_editora8   teste poesia-trovadoresca_asa_porto_editora
8 teste poesia-trovadoresca_asa_porto_editoraCarla Ribeiro
 
Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoGijasilvelitz 2
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
TrovadorismoRaisaa20
 
1 modernismo e-a_geração_do_orpheu_breve_nota_biográfica
1   modernismo e-a_geração_do_orpheu_breve_nota_biográfica1   modernismo e-a_geração_do_orpheu_breve_nota_biográfica
1 modernismo e-a_geração_do_orpheu_breve_nota_biográficaCarla Ribeiro
 
Teste1 poesia trovadoresca 10 ano
Teste1 poesia trovadoresca 10 anoTeste1 poesia trovadoresca 10 ano
Teste1 poesia trovadoresca 10 anoRonaldo Figo
 
Teste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoTeste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoRonaldo Figo
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A poesia lírica trovadoresca
A poesia lírica trovadoresca A poesia lírica trovadoresca
A poesia lírica trovadoresca ziquinha
 
375143768 ondas-do-mar-de-vigo
375143768 ondas-do-mar-de-vigo375143768 ondas-do-mar-de-vigo
375143768 ondas-do-mar-de-vigoAida Cunha
 
O trovadorismo e a mpb
O trovadorismo e a mpbO trovadorismo e a mpb
O trovadorismo e a mpbVictor Said
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasilGabrielaLimaPereira
 
Trovadorismo impacto
Trovadorismo impactoTrovadorismo impacto
Trovadorismo impactoNeuma Matos
 
Poesia Trovadoresca - Contextualização
Poesia Trovadoresca - ContextualizaçãoPoesia Trovadoresca - Contextualização
Poesia Trovadoresca - ContextualizaçãoGijasilvelitz 2
 
Miguel torga: Vida e Obra
Miguel torga: Vida e ObraMiguel torga: Vida e Obra
Miguel torga: Vida e ObraDina Baptista
 
Cantigas de escárnio e maldizer
Cantigas de escárnio e maldizerCantigas de escárnio e maldizer
Cantigas de escárnio e maldizerheleira02
 
Miguel Torga - Poemas
Miguel Torga - PoemasMiguel Torga - Poemas
Miguel Torga - PoemasAna Tapadas
 
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e PoesiaLiteratura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e PoesiaJuullio
 
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo II
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo IIExrcícios de t rovadorismo e humanismo II
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo IIRaquel Dos Santos
 
Poetas contemporâneos
Poetas contemporâneosPoetas contemporâneos
Poetas contemporâneosMaria Teixiera
 

Mais procurados (20)

A poesia lírica trovadoresca
A poesia lírica trovadoresca A poesia lírica trovadoresca
A poesia lírica trovadoresca
 
375143768 ondas-do-mar-de-vigo
375143768 ondas-do-mar-de-vigo375143768 ondas-do-mar-de-vigo
375143768 ondas-do-mar-de-vigo
 
O trovadorismo e a mpb
O trovadorismo e a mpbO trovadorismo e a mpb
O trovadorismo e a mpb
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Trovadorismo impacto
Trovadorismo impactoTrovadorismo impacto
Trovadorismo impacto
 
Poesia Trovadoresca - Contextualização
Poesia Trovadoresca - ContextualizaçãoPoesia Trovadoresca - Contextualização
Poesia Trovadoresca - Contextualização
 
Contemporaneidade
Contemporaneidade Contemporaneidade
Contemporaneidade
 
Miguel torga: Vida e Obra
Miguel torga: Vida e ObraMiguel torga: Vida e Obra
Miguel torga: Vida e Obra
 
Aps
ApsAps
Aps
 
Cantigas de escárnio e maldizer
Cantigas de escárnio e maldizerCantigas de escárnio e maldizer
Cantigas de escárnio e maldizer
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Trovadorismo I
Trovadorismo ITrovadorismo I
Trovadorismo I
 
Miguel Torga - Poemas
Miguel Torga - PoemasMiguel Torga - Poemas
Miguel Torga - Poemas
 
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e PoesiaLiteratura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
 
Fernando Martinho
Fernando MartinhoFernando Martinho
Fernando Martinho
 
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo II
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo IIExrcícios de t rovadorismo e humanismo II
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo II
 
Trovadorismo classicismo
Trovadorismo classicismoTrovadorismo classicismo
Trovadorismo classicismo
 
Poetas contemporâneos
Poetas contemporâneosPoetas contemporâneos
Poetas contemporâneos
 
FUVEST 2014
FUVEST 2014FUVEST 2014
FUVEST 2014
 

Semelhante a Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfried Sassoon

Semelhante a Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfried Sassoon (20)

Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)
 
Carlos drummond de andrade próprio
Carlos drummond de andrade   próprioCarlos drummond de andrade   próprio
Carlos drummond de andrade próprio
 
Carlos drummond de andrade próprio
Carlos drummond de andrade   próprioCarlos drummond de andrade   próprio
Carlos drummond de andrade próprio
 
Chicos - 10 - Agosto 2007
Chicos - 10 - Agosto 2007Chicos - 10 - Agosto 2007
Chicos - 10 - Agosto 2007
 
José Ary dos Santos
José Ary dos SantosJosé Ary dos Santos
José Ary dos Santos
 
Noções básicas de literatura e música
Noções básicas de literatura e músicaNoções básicas de literatura e música
Noções básicas de literatura e música
 
Modernismo2
Modernismo2Modernismo2
Modernismo2
 
Vnicius de mores 1
Vnicius de mores 1Vnicius de mores 1
Vnicius de mores 1
 
Modernismo brasileiro – 1ª fase
Modernismo brasileiro – 1ª faseModernismo brasileiro – 1ª fase
Modernismo brasileiro – 1ª fase
 
Vinicius de moraes
Vinicius de moraesVinicius de moraes
Vinicius de moraes
 
Chico Buarque
Chico BuarqueChico Buarque
Chico Buarque
 
Poesia e modernismo
Poesia e modernismoPoesia e modernismo
Poesia e modernismo
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Aula 5 - Pablo Neruda
Aula 5 -  Pablo NerudaAula 5 -  Pablo Neruda
Aula 5 - Pablo Neruda
 
literatura-romantismo-no-brasil.ppt
literatura-romantismo-no-brasil.pptliteratura-romantismo-no-brasil.ppt
literatura-romantismo-no-brasil.ppt
 
Literatura Nos Vestibulares Do Rs
Literatura Nos Vestibulares Do RsLiteratura Nos Vestibulares Do Rs
Literatura Nos Vestibulares Do Rs
 
Romantismo
 Romantismo Romantismo
Romantismo
 
Romantismo slide
Romantismo   slideRomantismo   slide
Romantismo slide
 
Questões fechadas sobre emparedado
Questões fechadas sobre emparedadoQuestões fechadas sobre emparedado
Questões fechadas sobre emparedado
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 

Mais de Raquel Alves

FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXEFIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXERaquel Alves
 
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2Raquel Alves
 
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- TrilogiaBAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- TrilogiaRaquel Alves
 
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre RochaBiografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre RochaRaquel Alves
 
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...Raquel Alves
 
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1Raquel Alves
 
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...Raquel Alves
 
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...Raquel Alves
 
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusDesejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusRaquel Alves
 
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...Raquel Alves
 
5 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 15 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 1Raquel Alves
 
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess MiyuResenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess MiyuRaquel Alves
 
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
Diário de Kassandra:  a marca da bruxaDiário de Kassandra:  a marca da bruxa
Diário de Kassandra: a marca da bruxaRaquel Alves
 
Contos de um coração quebrado
Contos de um coração quebradoContos de um coração quebrado
Contos de um coração quebradoRaquel Alves
 
COMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEBCOMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEBRaquel Alves
 
Os passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slideOs passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slideRaquel Alves
 
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicosOrientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicosRaquel Alves
 
Gerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitaisGerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitaisRaquel Alves
 
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...Raquel Alves
 

Mais de Raquel Alves (20)

FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXEFIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
FIGHT MAGAZINE KAPOKABOXE
 
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 2
 
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- TrilogiaBAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
BAILE DO UNIVERSO (Livro 1)- Trilogia
 
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre RochaBiografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
Biografia e memórias do educador, professor e Mestre Rocha
 
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
E-book Básico de Marketing Digital para Terapeuta Tradicional, Sistêmico, Int...
 
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
Conhecendo os segredos do livro "Black Wings 2: almas perdidas"- parte 1
 
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
SLIDE DA PALESTRA-PODCAST "CONHECENDO OS SEGREDOS DO PODCAST DO LIVRO BLACK W...
 
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
AS CARACTERÍSTICAS ULTRARROMÂNTICASEXISTENTES NO POEMA THE RAVEN (O Corvo) DE...
 
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusDesejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
 
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
Conhecendo os segredos do livro "Jornalismo e Literatura: a análise da poesia...
 
5 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 15 curiosidades do livro- parte 1
5 curiosidades do livro- parte 1
 
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess MiyuResenha do anime Vampire Princess Miyu
Resenha do anime Vampire Princess Miyu
 
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
Diário de Kassandra:  a marca da bruxaDiário de Kassandra:  a marca da bruxa
Diário de Kassandra: a marca da bruxa
 
Contos de um coração quebrado
Contos de um coração quebradoContos de um coração quebrado
Contos de um coração quebrado
 
As Deusas-Mães
As Deusas-MãesAs Deusas-Mães
As Deusas-Mães
 
COMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEBCOMO ESCREVER PARA A WEB
COMO ESCREVER PARA A WEB
 
Os passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slideOs passos para uma renda extra na internet- slide
Os passos para uma renda extra na internet- slide
 
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicosOrientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
Orientação, correção e adequação à ABNT de trabalhos acadêmicos
 
Gerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitaisGerenciamento de mídias digitais
Gerenciamento de mídias digitais
 
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
CAMINHOS POSSÍVEIS PARA UMA ANÁLISE DA NARRATIVA DA PINTURA DE SÃO FRANCISCO ...
 

Último

CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 

Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfried Sassoon

  • 1. Literatura, Música e Sociedade: Os horrores da 1ª Guerra Mundial por Siegfried Sassoon. PALESTRANTE: RAQUEL ALVES PROJETO CICLO DE PALESTRAS
  • 2. DECEMBER 2020 Já discutimos em outras palestras: -A 1ª Guerra Mundial e o Movimento Modernista Inglês -Siegfried Sassoon: o poeta da guerra
  • 3. Apresentação Este trabalho tem como finalidade abordar a tradução intersemiótica do poema de guerra "Suicide in the trenches" do autor Siegfried Sassoon e a música Army of Damned da banda britânica Pythia, especialmente destacando a relação entre literatura, música e sociedade. DECEMBER 2020
  • 4. DECEMBER 2020 A relação entre Literatura, Música e Sociedade Perpetuo (2009, p. 117 e 118) lembra que: “A música nos recorda o que somos, ouvi-la nos faz reconhecer algo, uma identidade, uma paixão ou uma ausência. (...) A música (...) só pode ser entendida enquanto parte de um contexto cultural (...) A música, antes de tudo, é um bem cultural e social (...)” A literatura seria uma “fonte inspiradora de grande parte da criação musical.” (RUCKENT, s/d, p. 09).
  • 5. DECEMBER 2020 A Tradução Intersemiótica: método de análise Uma outra abordagem deste trabalho, é a tradução intersemiótica que, de uma maneira mais simplificada, pode ser entendida como uma transformação em outro signo ou código, a partir de um mesmo signo primário ou original. Esta nova tradução/interpretação/intertextualidade pode remeter ao signo anterior ou apenas fazer uma menção, sem perder as significações originais.
  • 6. Suicídio nas Trincheiras Eu conheci um soldado, um simples garoto Que sorriu para uma vida de alegria vazia Dormiu profundamente através da solitária escuridão E assobiou cedo com a cotovia. Em trincheiras, no inverno, intimado e triste Com um som alto e piolhos, e ausência de rum Ele colocou uma bala em seu cérebro Ninguém falou dele novamente. Você,vê multidões de faces convencidas e olhos em brasa Que alegria quando os garotos soldados marcham Espreito em casa e rezo para que você nunca saiba O inferno onde vão jovens e risos!
  • 7. *sentimento de melancolia, frustração e medo *negativismo/pessimismo e ilusão/sonho x realidade *honra/glória x desgraça/desespero *atmosfera sombria Análise da poesia de Sassoon
  • 8. DECEMBER 2020 A banda Pythia e a música “Army of Damned” Já discutimos em outra palestra sobre a banda Pythia. Relembre o conteúdo acessando:
  • 9. As músicas abordam temas oriundos do gosto de Emily: o universo gótico, obras literárias, fantasia, e é claro, Heavy Metal. A música a ser analisada é a faixa 09, “Army of Damned” do cd “Beneath the Veiled Embrace” lançado em 2009 e conta com a participação do ator britânico Brian Blessed, que recita o poema de Sassoon, “Suicide in the trenches”. Música Por volta dos anos 80, o Heavy Metal se fragmentou em sub-gêneros, dentre eles o metal sinfônico, metal gótico e medieval power metal, que são os estilos característicos da sonoridade da banda Pythia. O Symphonic Metal é influenciado pelo Gothic e Power Metal, como também música clássica. O Gothic, Goth ou Metal Gótico surgiu em 1990. É uma evolução do gênero Doom Metal. Mesclam música erudita, orquestra, vocais líricos e os temas abordam melancolia, medo, morte, mitologia, etc. O Medieval Power Metal trata da mitologia, folclore, temas do universo medieval e histórias literárias. Banda Pythia
  • 10. Exército dos Malditos As mãos são da Morte, mas a Alma é Divina! Nós somos o Exército dos Malditos Homens de uma esquecida terra distante Milhares de anos passaram por nós E ainda você ouvirá os nossos choros Nós deixamos nossos lares por esta guerra Nós não lembramos para que foi (o motivo) Ainda nós avançamos tanto de dia e de noite Até chegar o tempo de lutar E então eles fogem de nós Nossos parentes e nossos amados Eles não permanecerão por nós E tudo que nós temos sido O sangue fluirá por nós Para sempre e um dia Nossos juramentos serão quebrados pelos pecados deles
  • 11. Exército dos Malditos Nós desistimos de tudo o que poderíamos dar Para que nossos filhos pudessem viver Nós marcharemos ao som do tambor Da batalha que não virá Nós ouvimos nossos amantes chorarem Apesar deles estarem mortos e terem partido Nós ouvimos nossos camaradas tocarem Esse som eterno Nós não podemos sentir o sol Apesar da manhã acabar de chegar Nós somos apenas a sombra do passado Nós encontraremos perdão, nós encontraremos? Tem misericórdia para nossos pais, perdoem todos esses homens Quem não pode sentir o sol, apesar da manhã apenas não ter chegado? Nós somos apenas a sombra do passado Nós somos o Exército dos Malditos Homens de uma esquecida terra distante O que eu daria para ver a face dela E amá–la mais uma vez...
  • 12. Segundo Perpetuo (2009, p.209), “Não sei se as outras artes têm essa mesma capacidade ou dom. A literatura o faz de outra forma, com o suporte das palavras. Nós músicos, temos o som (...) A mensagem que esse som carrega (...) pode ser lida e entendida de diversas maneiras, e está sujeita aos ouvidos de cada ouvinte (...) embora evoque (...) uma história diferente, de acordo com o seu background, memória e vivência (...)” O signo original, que é o poema, é composto por palavras (escrito) e serve de inspiração e referência na composição da música e se converge, nesse segundo signo (sonoro), a partir do momento em que é recitado. Isso é tradução intersemiótica, conforme as discussões apresentadas anteriormente. Análise da música “Army of Damned” Banda Pythia
  • 13. DECEMBER 2020 CONCLUSÃO Ao longo desse "Ciclo de Palestras" mergulhamos no universo da literatura e da música, que dialoga com a própria história e cultura da sociedade em que vivemos. Estudamos a vida e obras relacionadas a 1ª Guerra Mundial, através da ótica de Siegfried Sassoon, um importante escritor do período modernista britânico, que através de suas experiências como participante direto da guerra, pode explicitar em seus textos os reais problemas escondidos no véu de bandeiras ufanistas que exaltavam o conflito, bem como utilizavam–se de todos os meios possíveis, para persuadir famílias e jovens inexperientes, que adentraram num mundo sem voltas, em todos os sentidos. A própria história de milhões de pessoas foram modificados com os horrores da 1ª Guerra Mundial.
  • 14. DECEMBER 2020 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: BANERJEE, Dr. Bidisha. War Poetry. Disponível em: http://http://engres.ied.edu.hk/literature/Electure(Mat)/Week10(WarPoetry)/W ar%20Poetry%202.pdf. Acessado em 01 de julho de 2013. Biografia da banda Pythia. Disponível em http://www.pythiamusic.com. Acessado em 04 de julho de 2013. Biografia da banda Pythia. Disponível em http://www.som13.com.br/pythia/biografia. Biography of Siegfried Sassoon. Disponível em: http://www.poetryfoundation.org/bio/siegfried_sassoon. Acessado em 02 de julho de 2013.
  • 15. DECEMBER 2020 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: CHACON, Paulo. O que é Rock? 3ª edição. Coleção Primeiros Passos. Editora Brasiliense. LEÃO, Tom. Heavy Metal: Guitarras em Fúria. Editora 34. São Paulo, 1997. Neurastenia. Disponível em: http://www.infoescola.com/psicologia/neurastenia/. Acessado em 03 de julho de 2013. Letra da Música Army of Damned. Disponível em: http://www.letras.mus.br/pythia/
  • 16. DECEMBER 2020 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: OLIVEIRA, Solange Ribeiro de. Perdida entre signos: Literatura, Artes e Mídias hoje. Faculdade de Letras da UFMG. Belo Horizonte, 2012. PERPETUO, Irineu Franco e Amadeu da Silveira (Organizadores). O futuro da música depois da morte do cd. Momento Editorial. São Paulo, 2009. PRAZA, Júlio. Tradução Intersemiótica. 1ª edição. Editora Perspectiva. São Paulo, 2003. QUINTANEIRO, Tânia, Maria Lígia de Oliveira Barbosa e Márcia Gardênia Monteiro de Oliveira. Um toque de clássicos: Marx, Durkheim e Weber. Editora UFMG. Belo Horizonte, 2003.
  • 17. DECEMBER 2020 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: RUCKERT, Ernesto Von. Música e Literatura. Disponível em: http://www.ruckert.pro.br/texts/musicaeliteratura.pdf‎ . Acessado em 01 de julho de 2013. SCHOLLHAMMER, Karl Erik e HeidrunKrieger Olinto (Organizadores). Literatura e Cultura. Editora PUC Rio. Rio de Janeiro, 2008. SILVA, Alexander Meireles da.Literatura Inglesa para Brasileiros– Curso Completo de Literatura Inglesa para estudantes brasileiros. Editora: Ciência Moderna. 2ª edição. Rio de Janeiro, 2005.