22+Monet+ janeiro
RubensewaldFilho
tem mais de 40 anos de profissão como um dos principais críticos de cinema do país
Semp...
janeir o +Mo n et+2 3
tem que ter Coisas que voCê queria e nem sabia, seleCionadas pela redação
SUBURBIA
Preço: R$ 74,90
C...
24+Monet+janeiro
o que você precisa saber sobre os gadgets mais quentestechno
fotos:divulgação
por Henrique Januario e Raq...
janeir o + Mon et+ 2 5
fique de olho antecipamos as novidades e curiosidades de um dos destaques do mês
SeiS FiLHoTeS De D...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Techno monet 130 - janeiro2014

153 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
153
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Techno monet 130 - janeiro2014

  1. 1. 22+Monet+ janeiro RubensewaldFilho tem mais de 40 anos de profissão como um dos principais críticos de cinema do país Sempremeperguntam qual foi a celebridade mais difícil de entrevistar, o mais chato, mais antipático. e a resposta é sempre a mesma: arnold Schwarzenegger. minha experiência desastrosa com o ator aconteceu em meados dos anos 90, quando ele estava promovendo O Último Grande Herói. Foi em Cannes, no célebre Hotel Du Cap, fora da cidade, só para estrelas. no terraço, foi montado o circo onde cada equipe tinha de seis a oito minutos para fazer uma entrevista. nenhum dos atores com quem conversei em quaisquer cir- cunstâncias nestes 20 anos de viagens tinha seguranças para protegê-los. mas Schwarzenegger trazia não apenas um Depois de se dedicar à política, Arnold Schwarzenegger retorna com a missão de conquistar um novo público A volta do herói segurança, mas um grupo deles, e em momento nenhum era possível gravá-lo à vontade. Chamei o ator de Terminator porque ele estava igualzinho a um robô. Chegou de cara fechada, nem me cumprimentou e nem olhou nos meus olhos. mas com a câmera ligada ele vira o mais camarada dos sujeitos. não sei a razão de tanta prepotência. está certo que ele foi um campeão de bilheteria, mas nunca a crítica acabou afirmando que arnold Schwarzenegger era um grande ator. no máximo, ele demonstrou alguma habilidade em dizer frases mordazes – a mais marcante delas é “Hasta la vista, baby”, dita em O Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final – e principalmente em comédias com crianças como Um Tira no Jardim da Infância, Junior ou Irmãos Gêmeos. Como muitos astros de ação, ele fun- ciona melhor quando não precisa falar muito, fórmula que trouxe sucesso para Charles Bronson, Sylvester Stallone e outros. a tentativa para que o fortão atraísse também o público femini- no aconteceu em True Lies, no qual Schwarzenegger tenta esconder de sua mu- lher (jamie Lee Curtis) que é um agente do governo americano. Sua carreira foi inter- rompida quando o ator entrou para a política e foi eleito governador da Califórnia em 2003 – ficou no cargo até 2011. Longe dos gabinetes e mesmo sem a exce- lente forma física que fez com que o austríaco ganhasse o mr. olímpia várias vezes no início dos anos 1970, ele retomou sua profissão no cine- ma fazendo actionmovies. e repetindo a fórmula de seus antigos sucessos. um dos marcos de sua volta é O Último Desafio (que estreia este mês na rede telecine). no filme, que conta com a participação de nosso rodrigo Santoro, Schwarzenegger faz o papel de um veterano xerife que enfrenta uma quadrilha de traficantes de drogas na fronteira dos eua com o méxico. na produção há boas cenas em que não se esconde que a idade chega para todos, inclusive para Schwarzenegger. existe também muita ação em Rota de Fuga, no qual ele faz par com Sylvester Stallone, trazendo um roteiro enge- nhoso e fora do comum. em breve ele estará nas telas atuando em Mercenários 3, Maggie, Sabotage e mais um filme da franquia Exterminador do Futuro. aos 66 anos, o grande desafio do veterano agora é conquistar um novo público, acostumado com uma nova geração de brutamontes, como Vin Diesel ou the rock (Dwayne johnson), sem dúvida uma concorrência de peso e muito maior do que todos os inimigos que ele já enfrentou. agora, a luta de Schwarzenegger é pela sobrevivência de sua carreira. Em O Último Desafio, o ator mostra que a idade chega para todos na pele de um xerife contra traficantes O ÚltimO DEsAfiO i dia 18, sábado, 22h, Telecine Premium foTo:divulgação 130Cinemateca.indd 22 16/12/2013 17:20:35
  2. 2. janeir o +Mo n et+2 3 tem que ter Coisas que voCê queria e nem sabia, seleCionadas pela redação SUBURBIA Preço: R$ 74,90 CAMISETASOTORSO Preço: R$ 69,99 COCORICÓ FUTEBOL CLUBE Preço: R$ 29,99 O bairro de Madureira, subúrbio do Rio de Janeiro, é o palco para a história de ascensão da jovem Conceição (Débora Nascimento/Erika Januza), que deixa o interior de Minas Gerais para ganhar fama nos bailes funk cariocas. Os dois discos de Suburbia contêm a versão estendida do diretor Luis Fernando Carvalho, com mais de seis horas de duração. Para várias pessoas, bom humor é tão sedutor quanto um abdome negativo ou um bíceps gigantesco. As camisetas do site O Torso dão uma forcinha para quem quer conquistar utilizando muita criatividade, com estampas que usam e abusam de referências à cultura pop, desenhos animados, filmes e personalidades da arte, música e cinema. Todas apimentadas com um toque irônico e/ou nonsense. Serábemdifícilescapardeassuntos futebolísticosem2014.Sobraatépara ospequenos,quevãocurtiraventuras envolvendooesportebretãovividaspela turminhadoCocoricó.Júliocomemorao acessodeseutimeparaaprimeiradivisãoe farádetudoparavê-lojogarcontraotime deseuprimoJoão.Eéclaroqueelefará questãodeteroavôaoseuladonoestádio. MR. POTATO HEAD DR. WHO Preço: R$ 24,99 www.bigbadtoystore.com A maior rivalidade da cinquentenária série britânica Dr. Who ganha os traços simpáticos do famoso Mr.Potato Head.A versão do décimo primeiro doutor,vivido por Matt Smith na série,vem com o famoso figurino de suspensório e gravata borboleta e ainda traz seus tão conhecidos chapéu e chave de fenda sônica.Para azar do Doutor,o brinquedo também tem sua versão vilã,no formato de um perigoso dalek dourado. Em ano de Copa do Mundo, duas obras contam de maneira inusitada a trajetória de dois craques do nosso futebol: Garrincha, bicampeão mundial com a seleção brasileira em 1958/62 e neymar, principal jogador do Brasil atualmente. em 1962–OAnoMané, o autor Maurício neves de jesus traz um relato de todos os dias passados por Garrincha no ano em que o anjo das Pernas Tortas teve o auge da sua carreira. além de conquistar o bicampeonato carioca, jogando pelo Botafogo, ele foi o principal responsável pela conquista do bicampeonato mundial no Chile – para muitos, o ponta ganhou aquela Copa sozinho. já NeymarJr.deAaZ utiliza todas as letras do alfabeto para contar a história do jogador que, em apenas quatro anos como profissional, já conseguiu inúmeros títulos no Santos, está fazendo sucesso no Barcelona e vai usar a camisa 10 do Brasil no próximo Mundial – a mesma que Pelé (um dos vocábulos do livro) imortalizou. NEYMAR JR.DE A A Z Preço: R$ 29,90 1962: O ANO MANÉ Preço: R$ 45 Por um bom tempo será uma dura tarefa não se empolgar com qualquer coisa que tenha Breaking Bad escrito em sua embalagem. Este lançamento fará qualquer fã ou futuro aficionado pela série tremer nas bases, por conter os 62 episódios das cinco temporadas distribuídos em 21 DVDs repletos de extras. A história do professor doente que entra na vida do crime ao lado do ex-aluno para sustentar a família está bem longe de ser uma droga, mas que vicia, vicia. BREAKING BAD – EDIÇÃO DE COLECIONADOR Preço: R$ 299,90 130TemQueTer.indd 23 16/12/2013 17:22:08
  3. 3. 24+Monet+janeiro o que você precisa saber sobre os gadgets mais quentestechno fotos:divulgação por Henrique Januario e Raquel Temistocles ADIDAS SPRINGBLADE Preço sugerido: R$ 999,90 adidas.com.br/running S e você é daqueles que esperam a ladeira para disparar na corrida por causa daquele famoso ditado“para baixo todo santo ajuda”, agora pode incluir mais um na lista: “para a frente o springblade empurra”. Este é o nome do novo tênis da adidas que vem com o solado em formato de lâminas capazes de impulsionar o corredor para a frente em vez da resposta vertical dos calçados tradicionais. as 16 lâminas lembram o formato das próteses dos corredores paralímpicos, o que dá um formato curioso para a sola do tênis. o objetivo é transformar o impacto da pisada em impulso – não que o tênis vai te empurrar,mas vai facilitar o movimento. isso não significa que corridas para os lados ou para trás (de costas) sejam comprometidas.a diferença em relação aos tênis convencionais de corrida é que essas lâminas são produzidas com polímero de alta tecnologia,em vez do Eva,o que torna o calçado mais resistente e durável.Por exemplo,o“descanso” de um dia para utilizar o tênis novamente não se faz necessário, pois o polímero não é deformado. tudo muito bonito, tudo muito inovador, mas não espere os benefícios dessa tecnologia se você pensa em usar esse tênis para o dia a dia ou para caminhadas. Para saber onde – e como – você está pisando, conversamos com Renata gigiletti Perrone itoo, fisioterapeuta especialista em baropodometria e podoposturologia, que explicou qual é o uso recomendável para o produto.“Para pisada neutra. Nem pensar para quem tem uma pisada pronada excessiva (pé chato ou plano), e para quem é muito supinado (pé cavo). Este tênis não parece ser muito estável. de repente, os terrenos para usá-lo seriam os mais planos.” isso acontece porque nesses dois tipos de pisadas uma parte do pé é mais pressionada do que o normal, o que altera o aproveitamento do movimento e causa lesões e/ou dor. Mas esses casos não são restritivos, já que podem ser resolvidos com o uso de palmilhas especiais que aplacam seus efeitos negativos. ainda bem que o famoso provérbio não diz: “diga-me como andas, que te direi quem és”. Muita gente de “pé chato” ficaria aborrecida. assim como não é indicado para qualquer pé, o spring- blade também não deve ser usado em qualquer ocasião. de acordo com a especialista: “o que a pessoa vai sentir falta nele é do amortecimento, porque acredito que a empresa pensou, ao fabricar o tênis, na impulsão. diferentemente de um tênis voltado para a absorção do impacto. ou seja, [o Springblade] é exclusivamente para corrida”. Nada de fazer sua caminhada matinal, ou os exercícios na academia usando um tênis de quase mil reais que não vai facilitar em nada. E você pode até estragá-lo, sem aproveitar o investimento. Mas se você é um aspirante a ser o próximo usain Bolt, o calçado vai, sim, fazer diferença na sua performance, inclusive para baixar o tempo de suas corridas. Então, abra a carteira, acelere e seja feliz. Tênis surpreende com solado em lâminas, que inova tanto no design quanto na forma com que proporciona conforto e impulso para quem o usa. Para correr n impulso n design n leveza n Preçosemelhanteaos modelos concorrentes n Evite terrenos lamacentos n Em outras superfícies, fique atento a dejetos animais (entendeu, né?) n Não indicado para pessoas com pisadas pronada e supinada sem o uso de palmilha específica PRóS A explosão da lâmina coNTRAS 130Techno.indd 24 16/12/2013 17:23:59
  4. 4. janeir o + Mon et+ 2 5 fique de olho antecipamos as novidades e curiosidades de um dos destaques do mês SeiS FiLHoTeS De DiFe- rentes espécies da fauna brasileira vivem inúmeras aventuras em um igarapé, onde trocam experiências e recebem conselhos da mãe-d’água iara, uma espécie de deusa da água doce. É nesse ambiente cheio de elementos da nossa cultura que se passa Igarapé Mágico, nova produção infantil nacional que mistura bonecos, live-action e computação gráfica soma- das a softwares de última geração que já são usados em Hollywood. Como grande parte dos programas infantis transmitidos no Brasil ainda é importada, os criadores de Igarapé Má- gico quiseram valorizar algo essencial- mente brasileiro: a Floresta amazônica. a escolha dos personagens comprova isso: um pirarucu, um peixe-boi, uma sucuri, uma piranha, um jacaré e uma perereca. “Como o rio amazonas tem uma grande quantidade de água, minha ideia foi trazer os animais aquáticos e alguns que são de terra e água para a gente representar a região”, conta a diretorageral Bia rosenberg, que já tra- balhou em produções de sucesso como Cocoricó e Castelo Rá-Tim-Bum. a missão de tomar conta dessa turmi- nha é de iara, uma espécie de mãe para os filhotes, personagem interpretada por roberta estrela D’alva. “ela é uma cria- tura mágica, um ser divino, uma guardiã. ela é das águas, mas aqui no igarapé ela está na nascente”, explica roberta. Com exceção dos objetos de inte- ração – elementos cenográficos reais, como troncos e pedras – o cenário onde os filhotes vivem suas aventuras foi totalmente construído virtualmente. “a gente grava em um fundo azul, mas você tem que considerar que está sem- pre em uma floresta”, diz roberta, que gravou todo o tempo com um fundo de chroma key. apenas na pós-produção os cenários finais foram inseridos. igarapé mágico i A pArtir do diA 20, segundA A sextA, 8h30 e 12h30, tV BrAsil Nocoraçãodaamazônia por Filipe oliveira Nova série apresenta para a criançada personagens da floresta e efeitos de animação de primeira Coube ao diretor ricardo Whately a função de fazer com que todas essas lin- guagens convergissem. “acho que meu principal desafio foi uma coisa estética mesmo, de conseguir chegar a uma linguagem em que todas as camadas de vídeo conversem e se complementem”, conta ricardo, que diz ter gostado mui- to da experiência de dirigir bonecos. Destinado ao público pré-escolar, IgarapéMágico busca não só entreter as crianças, mas também educá-las, provo- cando o interesse por temas relaciona- dos à sustentabilidade. Se depender da empolgação de seus criadores, a atração tem tudo para ser um sucesso. “É um programa de grande qualidade, que vai disputar prêmios de TV. nós temos essa ambição”, comenta o diretor da TV Brasil e idealizador da série, rogério Brandão, que já ganhou duas vezes o Prêmio emmy international. mescla – Acima, a atriz Roberta Estrela D’Alva, que interpreta a Iara. Ao lado, os bonecos da animação com Rogério Brandão, criador da série, a diretora-geral Bia Rosenberg e o diretor Ricardo Whately, que tem a missão de unir, na mesma cena, uma atriz de verdade, os bonecos e um cenário virtual fotos:ricArdoBelissAriediVulgAção 130FiqueDeOlho.indd 25 16/12/2013 17:25:17

×