TERRAS DO SEM FIM
JORGE AMADO (1943)
 Obra de Jorge Amado que já foi traduzida para 22 línguas. É um romance
de forma Universal, que já foi transmitida por ra...
ENREDO
 A história começa em um momento de despedida
entre viajantes e suas famílias, que estão
embarcando á um navio em ...
 Além de suas bagagens, eles levam consigo
durante a viagem a saudade, o amor
misturado pelo desejo do luar, e
principalm...
 Terminada a viagem, depararam-se com as
terras pertencentes ao coronel Horácio
Silveira e da família Badaró.
 Dois prop...
 A história ganha um rumo quando Ester mulher de
Horácio se apaixona pelo advogado Virgílio, amor este
que ela não tinha ...
RELAÇÃO COM A 2ª FASE DO MODERNISMO
BRASILEIRO
 Terras do sem fim é uma obra que se
destaca na segunda fase do modernismo...
 O livro trata a visão e relação dos
coronéis e trabalhadores diante do
“fruto do ouro”- O Cacau.
 Usando de sua indignação e história de
vida, Jorge Amado dá em sua obra as
características do neorrealismo (séc. XX)
jun...
 Além de expor a beleza das terras cacaueiras,
ele explora o contexto social, politico e
econômico, levando ao leitor a v...
 Partindo também da popularidade do
fruto nos outros estados brasileiros; é
abordado o tratamento de imigrantes
intelectu...
JORGE AMADO- LIVRO: TERRAS DO SEM FIM
PESQUISA E ORGANIZAÇÃO
 Raquel Ferreira
 Endril Oliveira
 Amanda Cléa
 Drielly Oliveira
 Bruno Santos
 Felipe Batist...
OBRIGADO!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

(12) Terras do sem fim meu slide (1)

262 visualizações

Publicada em

(12) Terras do sem fim Livro de Jorge Amado estudado na segunda fase do modernismo brasileiro! 3AV

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

(12) Terras do sem fim meu slide (1)

  1. 1. TERRAS DO SEM FIM JORGE AMADO (1943)
  2. 2.  Obra de Jorge Amado que já foi traduzida para 22 línguas. É um romance de forma Universal, que já foi transmitida por radio e pela televisão.
  3. 3. ENREDO  A história começa em um momento de despedida entre viajantes e suas famílias, que estão embarcando á um navio em direção a região de Ilhéus e Itabuna (Tabocas, como era conhecida na época).  São jovens inexperientes como o mulato Antônio Vitor e viajantes de longas datas, como o comodante João Magalhães que são levados pela ambição e pelo sonho de riqueza fácil entre buscas e disputas por lotes de terras cacaueiras.
  4. 4.  Além de suas bagagens, eles levam consigo durante a viagem a saudade, o amor misturado pelo desejo do luar, e principalmente a paixão exagerada, decorrendo das lembranças de cenas ardentes.  Durante a viagem, distrai a insegurança e o medo do desconhecido, por conversas paralelas. Que inevitavelmente, chega a casos de tratamentos indiferentes e mortes cabulosas.
  5. 5.  Terminada a viagem, depararam-se com as terras pertencentes ao coronel Horácio Silveira e da família Badaró.  Dois proprietários rurais poderosíssimo, que disputam a última reserva de mata nativa onde estão as terras mais férteis para o plantio do cacau.  Badaró e Horácio brigam na justiça, na politica e nas armas, o domínio da região Tabocas, elaboram tocais e não se importam nem um pouco com a integridade e direitos dos trabalhadores.
  6. 6.  A história ganha um rumo quando Ester mulher de Horácio se apaixona pelo advogado Virgílio, amor este que ela não tinha desde o seu primeiro dia de casada.  Margot, amante de Virgílio, encontra em Juca Badaró um consolo para o amor traído. Horácio, depois de mandar matar Juca por causa dos negócios e de conseguir a posse e o domínio da mata do Sequeira Grande, manda matar Virgílio seu aliado, amigo e advogado para lavar a honra de marido traído. Virgílio, mesmo sabendo do perigo, escolhe morrer para ficar perto de Ester.  E os enormes cocos de cacau que as lavouras do Sequeiro Grande produzem, um ano antes do normal, são explicados pelo adubo extra de sangue humano ali derramado em abudância como vaticinava o feiticeiro Jeremias.
  7. 7. RELAÇÃO COM A 2ª FASE DO MODERNISMO BRASILEIRO  Terras do sem fim é uma obra que se destaca na segunda fase do modernismo, pela suas características de denúncia social.  Diferenciando de outras obras nordestinas, Jorge Amado esclarece a sua visão sobre a luta de posse de terra cacaueira do recôncavo baiano, nos fim do século XIX e início do século XX.
  8. 8.  O livro trata a visão e relação dos coronéis e trabalhadores diante do “fruto do ouro”- O Cacau.
  9. 9.  Usando de sua indignação e história de vida, Jorge Amado dá em sua obra as características do neorrealismo (séc. XX) junto com o regionalismo, mostrando as lutas de classes, o ver/tratar da mulher, bem como as paisagens e modo de vida da região.  Mostrando também, o poder e a riqueza envolvido com o dinheiro e o amor.
  10. 10.  Além de expor a beleza das terras cacaueiras, ele explora o contexto social, politico e econômico, levando ao leitor a viajar e imaginar a Bahia, na formação de Ilhéus e Itabuna.
  11. 11.  Partindo também da popularidade do fruto nos outros estados brasileiros; é abordado o tratamento de imigrantes intelectuais como “gente de fora” (advogados, médicos, agrônomos, políticos, etc.)  A obra é definida pelo contexto de poder, riqueza, esperança, violência.
  12. 12. JORGE AMADO- LIVRO: TERRAS DO SEM FIM
  13. 13. PESQUISA E ORGANIZAÇÃO  Raquel Ferreira  Endril Oliveira  Amanda Cléa  Drielly Oliveira  Bruno Santos  Felipe Batista CIOMF - 3ª AV
  14. 14. OBRIGADO!

×