Avaliação autêntica

683 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
683
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
34
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação autêntica

  1. 1. AVALIAÇÃO AUTÊNTICA NA PRÁTICA DO ENSINO NA MÚSICA Escola Profissional Artística do Vale do Ave – ARTAVE Disciplinas: - Instrumentos: Violino e Viola d’arco - Conjunto: Naipe Música de Câmara ASU (Piano) Professoras: Raquel Costa Teresa Correia Isolda Crespi Rubio 8 Abril 2010
  2. 3. Objectivo da Avaliação Autêntica: Melhorar a qualidade do Ensino/Aprendizagem <ul><li>Avaliação Tradicional </li></ul><ul><li>- Prova Final </li></ul><ul><li>Centrada no Ensino </li></ul><ul><li>Sumativa </li></ul><ul><li>Conteúdos </li></ul><ul><li>Avaliação Autêntica </li></ul><ul><li>Diversifica formas de </li></ul><ul><li>Avaliação </li></ul><ul><li>Centrada na Aprendizagem </li></ul><ul><li>Formativa </li></ul><ul><li>Interacção </li></ul>
  3. 4. 1. Avaliar competências dentro de contextos significativos. - Desenvolver o pensamento de interligação entre objectivos e obra a executar. - BIC: Incentivar o uso do caderno do aluno - dúvidas, auto-avaliação de desempenho dentro e fora da aula. - ICT: aplicar a técnica C,Q,A (Ogle, 1986). 2. Aplicação dos Princípios da Avalicação Autêntica
  4. 5. <ul><li>3. Construir a partir de erros. </li></ul><ul><li>- Reflectir sobre o desempenho nas audições /provas. </li></ul>4. Valorizar as forças / interesses dos alunos. - Mostrar a aplicação prática de uma escala/arpejo numa obra determinada. - Dar ao aluno a possibilidade de escolha de repertório. Aplicação dos Princípios da Avalicação Autêntica
  5. 6. <ul><li>Processo Colaborativo </li></ul><ul><li>- Música de Câmara: </li></ul><ul><li>Utilizar como estratégia a colaboração dos colegas para a resolução de problemas técnicos / musicais. </li></ul><ul><li>- ASU (Piano): </li></ul><ul><li>Colocar um aluno como orientador/monitor. </li></ul><ul><li>- Naipe: </li></ul><ul><li>Utilizar auto-avaliação e hetero-avaliação. </li></ul>Aplicação dos Princípios da Avalicação Autêntica
  6. 7. <ul><li>6. Processo multidimensional </li></ul><ul><li>- Transpor para a música a realidade vivida pelo aluno. </li></ul><ul><li>- Dar a tarefa de investigar sobre a obra, época, compositor e interpretações. </li></ul><ul><li>- Dialogar com encarregados de educação sobre a situação sociocultural do aluno. </li></ul>Aplicação dos Princípios da Avalicação Autêntica
  7. 8. <ul><li>Dificuldades previstas: </li></ul><ul><li>- Desmitificar importância da prova final. </li></ul><ul><li>- Afastar a hipercorrecção. </li></ul><ul><li>- Crítica pela utilização de práticas inovadoras. </li></ul><ul><li>Resultados previstos: </li></ul><ul><li>Melhoria da qualidade das aprendizagens. </li></ul><ul><li>Melhoria da relação professor / aluno. </li></ul><ul><li>Avaliação de forma formativa e multidimensional. </li></ul><ul><li>Construir cidadãos. </li></ul>CONCLUSÃO

×