Planejamento 2012

529 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento 2012

  1. 1. Planejamento Bimestral 4º Ano - 2012 Equipe Pedagógica: Claudia C. Benitez Juliane R. Antonioli Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Departamento de Ensino Fundamental
  2. 2. Planejamento de Português Em relação aos eixos LEITURA, ORALIDADE, APROPRIAÇÂO DO SISTEMA DE ESCRITA , ANALISE LINGUISTICA E PRODUÇÃO ORAL E ESCRITA, entendemos que não devem ser trabalhados separadamente, mas sim, de forma articulada, uma vez que um pressupõe o outro. Os conteúdos estarão listados através dos seguintes conceitos: FAMILIARIZAR: Momento em que será propiciado, ao aluno, o contato e a vivência com textos de diferentes gêneros apenas para percepção. Este é um momento que antecede ao trabalho sistemático. RETOMAR: Acontece quando ocorre a retomada de um gênero que já foi trabalhado em anos ou bimestres, anteriores sem a preocupação de desenvolver todas as atividades previstas numa aula, pois pressupõe que o aluno já tenha dele se apropriado. INTRODUZIR: Início do trabalho com o gênero, propiciando reflexões sobre a função social, por meio de leitura e interpretação oral e/ou escrita. TRABALHAR OU CONSOLIDAR: Este é o momento de desenvolver um trabalho aprofundado com gênero selecionado. Para o desenvolvimento sistemático desse trabalho, foi proposta a metodologia de Sequência Didática, que pode organizar-se de acordo com essa ordem: apresentação da situação de interlocução, seleção de um gênero textual, reconhecimento do gênero selecionado, produção, revisão e reescrita, circulação dos textos produzidos. Uma vez concluída essas etapas, entendemos que o trabalho com o gênero foi CONSOLIDADO. Portanto, TRABALHAR/CONSOLIDAR ‘andam juntos’ na metodologia da Sequência didática.
  3. 3. Planejamento de Português – 3ª série / 4º ano 3º Bimestre 1º Bimestre Retomar: Bilhete, recado, lembrete, relato de experiência de vida e registro de nascimento; Introduzir: Regulamento e regra de jogo; Familiarizar: Carta ao leitor, carta de reclamação e manual de instrução; Trabalhar e Consolidar: Carta familiar; Gramática: Pronome e substantivo; 2º Bimestre Retomar: Classificados; Introduzir: Notícia, cartoon e entrevista; Familiarizar: Folder, reportagem e E-mail/Orkut/Msn; Trabalhar e Consolidar: Propaganda e cartaz; Gramática:Adjetivos; 4º Bimestre Retomar: Adivinha; Introduzir: Poemas, Lenda, provérbio e piadas; Familiarizar: Resumo; Trabalhar e Consolidar: Fábulas, contos de fada e histórias em quadrinhos e poemas; Gramática: Verbo:presente, passado e futuro; Retomar: Gêneros trabalhados; Introduzir: Narrativas de aventuras, biografia e autobiografia; Trabalhar e Consolidar: Fatura de água, luz, telefone e relatório; Gramática: Advérbios e conjunções; Obs: Trabalhar em todos os bimestres: Ortografia, acentuação, sinais de pontuação, dicionário, produção e reestruturação de texto de acordo com o gênero trabalhado.
  4. 4. Objetivos: Leitura, Oralidade e Escrita 1. Ler diferentes textos do mesmo gênero, produzindo significados a partir de elementos contextualizadores.  Leitura de diversos textos, considerando diferentes possibilidades de produção de sentido;  Interpretação de formas variadas de representação (mímica, dramatização, desenho, pintura, esculturas, número, entre outros) a partir do gênero trabalhado;  Distinção entre informações essenciais e acessórias nos textos;  Práticas sociais de leitura: a) Momentos desencadeados pelo professor; b) Momentos de leitura compartilhada com a participação do aluno; c) Momentos de tentativas de leitura por parte do aluno; d) Leitura autônoma de diversos textos, considerando diferentes possibilidades de produção de sentido. 2. Propiciar situações de exposição oral a partir dos textos lidos;  Participação nas exposições orais, escutando com atenção, respondendo e elaborando questões, expressando opinião;  Reprodução oral das idéias veiculadas no texto;  Síntese oral das idéias do texto; 3. Ler oralmente textos do mesmo gênero;  Leitura com fluência, entonação e ritmo;  Reconhecimento de partes (título, parágrafos, introdução, conclusão etc.) que compõem o texto oral e escrito (de acordo com o gênero); 4. Ler diferentes textos do mesmo gênero, a fim de reconhecer sua estrutura organizacional;  Reconhecimento de partes (título, parágrafos, introdução, conclusão etc) que compõem o texto oral e escrito (de acordo com o gênero); 5. Ler diferentes textos do mesmo gênero, reconhecendo suas sequências discursivas que determinam a sua tipologia;  Estrutura da narração: Fábula, conto de fadas, história em quadrinhos/tira, poema, lenda, provérbio, narrativa de aventura, piada, adivinha e história infantil;  Estrutura do relato: Relato de experiência vivida, de experimento, notícia, reportagem, e-mail/ Orkut/MSN/blog, biografia/autobiografia, carta familiar, bilhete, recado(oral), lembrete e registro de nascimento;  Estrutura da argumentação: Carta ao leitor, de reclamação e de solicitação, resenha, propaganda, cartaz, classificado, panfleto, folder cartoon e charge;  Estrutura de exposição/ explicação: Seminário, entrevista, resumo e texto didático-científico;  Estrutura prescrever ações: Manual de instrução, regulamento, regra de jogo e fatura de água, luz e telefone; 6. Ler diferentes textos do mesmo gênero, identificando aspectos gráficos e gramaticais;  Reconhecimento da grafia das palavras  Reconhecimento da função e do valor semântico das palavras no texto; (adjetivos, substantivos, verbos, pronomes, conjunções, advérbios, etc...) 7. Produzir textos, orais e escritos, tendo em vista o gênero trabalhado, o interlocutor, o suporte e seu veículo de circulação;  Produção do texto, considerando o gênero trabalhado, o interlocutor, o contexto de produção, o suporte (instrumento que carrega o texto – cartolina, envelope, papel sulfite, entre outros), seu veículo de circulação (mural, revista, jornal, entre outros) e sua função social;  Escolha de vocabulário adequado às circunstâncias da interação
  5. 5. Revisão do Texto Oral ou Escrito (reescrita) 1. Revisar o texto (oral ou escrito) produzido, a fim de adequá-lo ao gênero, ao(s) interlocutor (es), ao suporte e ao veículo de circulação;  Revisão do texto observando se atende à necessidade de interação, em seus aspectos sócio-histórico-ideológicos, tais como: quem, produziu, por que, para quem, quando, onde, com que intenção, para qual veículo de circulação, que valores expressam etc;  Clareza e coerência:  Unidade temática;  Informações completas;  Ideias bem desenvolvidas;  Sequência cronológica;  Pontuação;  Discurso direto e indireto;  Paragrafação;  Legibilidade do texto;  Sequência lógica;  Idéias sem contradição;  Idéias sem ambiguidade;  Informações não redundantes;  Título  Consistência  Objetividade  Emprego adequado dos mecanismos de textualização: Coesão nominal (referencial);  Emprego dos pronomes  Emprego de repetições  Coesão Verbal: emprego dos verbos (sem sujeito)  Adequação dos tempos e formas verbais às pessoas do discurso;  Mecanismos de conexão (coesão sequencial): Emprego das conjunções;  Organização sintática;  Concordância verba;  Concordância nominal ;  Adequação vocabular; 9. Divulgar textos produzidos, de acordo com o gênero textual selecionado, o(s) interlocutor(es), o suporte e o veículo de circulação, a fim de garantir a função social da escrita;  Divulgação, oral ou escrita, do texto produzido;
  6. 6. Planejamento de Matemática – 4º ano Objetivos Gerais O ensino de Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental deve levar o aluno a:  Analisar as relações intra e inter espaciais das formas, do movimento e dos números associados a essas relações, em situações da realidade social, desenvolvendo as características humanas (raciocínio lógico, imaginação, percepção, atenção voluntária, memória reflexiva, linguagem, dentre outras) na perspectiva de compreender o contexto sociocultural, apreendendo o movimento que o produz, bem como suas contradições.  Sistematizar conceitos e procedimentos matemáticos através do estudo espiral, em que um mesmo conceito é retomado várias vezes e pouco a pouco vai sendo ampliado e aprofundado (revisão contínua).  Desenvolver sua capacidade de pensar logicamente, relacionar ideias, descobrir regularidades e padrões, sempre compreendendo e atribuindo significado ao que está fazendo, evitando a simples memorização e mecanização, associando o conteúdo trabalhado com situações da sua vivência em que a matemática está presente de modo marcante.  Promover a integração/conexão entre os grandes eixos temáticos: números e operações, espaço e forma (geometria), grandezas e medidas e tratamento da informação (estatística e probabilidade). Articular os eixos entre si e conectá-los com outras áreas do conhecimento (interdisciplinariedade).  Perceber a relevância social dos conteúdos, sua utilidade para compreender o mundo e, compreendendo-o, poder atuar melhor nele.  Formular e resolver situações-problema, elaborando planos e estratégias para a solução, desenvolvendo várias formas de raciocínio (estimativa, analogia, indução, busca de padrão ou regularidade, pequenas inferências lógicas, etc.), executando esses planos e estratégias com procedimentos adequados.  Comunicar-se de modo temático, argumentando, escrevendo, e representando de várias maneiras as ideias matemáticas (com números, tabelas, gráficos, diagramas, etc.).
  7. 7. 1º Bimestre Conteúdos Objetivos Números e operações:  Agrupamentos e trocas nas diferentes bases;  Sistema de numeração decimal (organização);  Valor posicional: ordens e classes e registro de quantidades; leitura e escrita de numerais até 5.000; composição e decomposição de números naturais nas diversas ordens;  Valor relativo e absoluto;  Histórico dos números: breve introdução à numeração romana e egípcia para comparação com a numeração indo-arábico;  Números ordinais até 10º;  Regularidade e regras presentes na sequência dos números naturais (2 em 2, 5 em 5, 10 em 10);  Seriação: sucessor, antecessor; ordem crescente e decrescente;  Situações problemas envolvendo: adição e subtração (pela unidade, dezena e centena); multiplicação e divisão (pela unidade), trabalhando com as ideias de cada uma das operações;  Cálculo mental e estimativa;  Análise combinatória;  Dúzia e meia dúzia; Espaço e Forma:  Exploração e localização espacial em relação a objetos e locais (rua, bairro, cidade, região, estado, país e planeta);  Relação entre formas geométricas encontradas na natureza e nos objetos construídos pelo homem; Grandezas e Medidas:  Tempo: ano, mês, semana e dia; Tratamento de informações:  Coleta e organização de dados;  Construção de tabelas e gráficos de barras ou colunas com uso de legendas;  Leitura e interpretação de gráficos e tabelas;  Significado de probabilidade;  construir o significado de número natural a partir de contagens, medidas, códigos, etc. explorados em diversos contextos e situações-problema;  interpretar e produzir escritas numéricas, inicialmente observando regularidades na seqüência dos números naturais;  compreender as regras do sistema de numeração decimal;  perceber que ao longo da milenar história da humanidade foram utilizados outros sistemas de numeração e a evolução histórica dos números;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir os significados das quatro operações fundamentais (adição, multiplicação, subtração e divisão);  resolver situações-problema e, a partir delas, construir e apropriar-se dos significados das operações;  desenvolver, com compreensão, procedimentos de cálculos (mental, aproximado - por estimativa e por arredondamentos;  desenvolver o pensamento geométrico, trabalhando primeiro com as figuras espaciais ou tridimensionais relacionando os sólidos geométricos com as formas da natureza ou objetos projetados pelo homem;  estabelecer relações entre as unidades de medidas de tempo;  desenvolver o raciocínio estatístico e probabilístico, coletando, organizando e analisando informações; elaborando tabelas, construindo e interpretando gráficos; desenvolvendo a ideia de probabilidade; Obs:  Enfatizar as 4 operações, de acordo com o nível dos alunos, buscando aprimorar a cada dia o nível dos mesmos.  Busque no seu cotidiano trabalhar retas numéricas, ábaco, material dourado e diversas formas de explorar os numerais.
  8. 8. 2º Bimestre Números e operações:  Agrupamentos e trocas nas diferentes bases;  Sistema de numeração decimal (organização);  Valor posicional: ordens e classes e registro de quantidades; leitura e escrita de numerais até 10.000; composição e decomposição de números naturais nas diversas ordens;  Valor relativo e absoluto;  Números ordinais até 20º;  Números romanos até 20;  Números pares e ímpares; dobro, triplo, metade e terça parte;  Regularidade e regras presentes na sequência dos números naturais (2 em 2, 5 em 5, 10 em 10);  Seriação: sucessor, antecessor; ordem crescente e decrescente;  Situações problemas envolvendo: adição e subtração (pela unidade, dezena, centena e unidade de milhar); multiplicação e divisão (pela unidade), trabalhando com as ideias de cada uma das operações;  Cálculo mental e estimativa;  Análise combinatória; Espaço e Forma:  Classificação dos sólidos geométricos e das figuras planas de acordo com critérios convencionais e utilização de nomenclatura;  Significado de escala e simetria; Medidas:  Tempo: hora e minuto;  Valor: Identificação e utilização de cédulas e moedas; composição e decomposição de valores exatos;  Comprimento: Medidas arbitrárias (palmo, pé, passos); Medida padrão (metro – múltiplos e submúltiplos); uso de instrumentos (fita métrica, régua); Tratamento de informações:  Coleta e organização de dados;  Construção de tabelas e gráficos de barras ou colunas com uso de legendas;  Leitura e interpretação de gráficos e tabelas;  Significado de probabilidade;  interpretar e produzir escritas numéricas, observando regularidades na seqüência dos números naturais;  compreender as regras do sistema de numeração decimal;  contextualizar a leitura e escrita de números com o cotidiano: preenchimento de cheque, recibo, anúncios, etc.;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir os significados das quatro operações fundamentais (adição, multiplicação, subtração e divisão) aumentando gradativamente o grau de dificuldade;  desenvolver, com compreensão, procedimentos de cálculos (mental, aproximado - por estimativa e por arredondamentos;  desenvolver o raciocínio combinatório, analisando quais e/ou quantas são as possibilidades de resolução;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir e apropriar-se dos significados das operações ;  identificar figuras geométricas, seus elementos, suas características principais e suas semelhanças e diferenças, falando, manipulando, construindo e desenhando;  compor e decompor figuras geométricas, fazer ampliações e reduções e nelas perceber simetrias;  desenvolver o pensamento geométrico, trabalhando com as figuras espaciais ou tridimensionais (sólidos geométricos), e com as figuras planas ou bidimensionais;  reconhecer a modificação de medidas em ampliação ou redução de figuras poligonais usando a malha quadriculada (introduzir escala);  desenvolver a competência métrica, reconhecendo as grandezas e suas medidas (comprimento, tempo e monetário);  utilizar unidades e instrumentos de medida adequados a cada situação;  desenvolver o raciocínio estatístico e probabilístico, coletando, organizando e analisando informações; elaborando tabelas, construindo e interpretando gráficos; desenvolvendo a ideia de probabilidade;  construir e apropriar-se dos significados do número racional e de suas representações (fracionária e decimal) a partir de situações-problema contextualizadas; Obs: Enfatize as 4 operações, de acordo com o nível dos alunos, buscando aprimorar a cada dia o nível dos mesmos.  Busque no seu cotidiano trabalhar retas numéricas, ábaco, material dourado e diversas formas de explorar os numerais.
  9. 9. 3º Bimestre Números e operações:  Agrupamentos e trocas nas diferentes bases;  Sistema de numeração decimal (organização);  Valor posicional: ordens e classes e registro de quantidades; leitura e escrita de numerais até 50.000; composição e decomposição de números naturais nas diversas ordens;  Valor relativo e absoluto;  Números ordinais até 50º;  Números romanos até 50;  Números pares e ímpares; dobro, triplo, metade e terça parte;  Regularidade e regras presentes na sequência dos números naturais (2 em 2, 5 em 5, 10 em 10);  Seriação: sucessor, antecessor; ordem crescente e decrescente;  Situações problemas envolvendo: adição e subtração (pela unidade, dezena, centena, unidade e dezena de milhar); multiplicação e divisão (pela unidade e dezena), trabalhando com as ideias de cada uma das operações;  Cálculo mental e estimativa;  Análise combinatória;  Números racionais;  Números decimais; escrita (várias representações) e leitura de números decimais; adição e subtração de números decimais em situações do cotidiano;  Relações entre frações do inteiro (parte menor, parte maior, partes iguais ou equivalência);  Escrita (as várias representações) e leitura;  Adição e subtração de frações homogêneas;  Significado de números mistos; Grandezas e Medidas:  Tempo: quinzena, bimestre, trimestre e semestre;  Valor: Identificação e utilização de cédulas e moedas; composição e decomposição de valores fracionados; Leitura e escrita na forma decimal;  Comprimento: Perímetro;  Massa: Utilização de medidas arbitrárias (canecos, caixas....); Medida padrão (grama – múltiplos e submúltiplos); outras medidas arroba e tonelada;  Capacidade: Uso de medida padrão (litro – múltiplos-submúltiplos); Tratamento de informações:  Coleta e organização de dados;  Construção de tabelas e gráficos de barras ou colunas com uso de legendas;  Significado de probabilidade;  interpretar e produzir escritas numéricas, observando regularidades na seqüência dos números naturais, utilizando as regras do sistema de numeração decimal;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir os significados das quatro operações fundamentais (adição, multiplicação, subtração e divisão) aumentando gradativamente o grau de dificuldade;  desenvolver, com compreensão, procedimentos de cálculos (mental, aproximado - por estimativa e por arredondamentos -, por algoritmos diversos, por analogias, etc.); desenvolver o raciocínio combinatório, analisando quais e quantas são as possibilidades de algo ocorrer e resolvendo situações-problema que envolvam a ideia de possibilidades;  formular e resolver problemas levando em conta suas etapas de resolução: compreensão do problema, elaboração de planos e estratégias para sua solução, execução dos planos, verificação da validade das estratégias e dos resultados e, finalmente, emissão da resposta;  construir e apropriar-se dos significados do número racional e de suas representações (fracionária e decimal) a partir de situações- problema contextualizadas;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir e apropriar-se dos significados das operações com números racionais nas formas fracionária e decimal;  relacionar, promovendo a conexão e integração dos conceitos matemáticos em situações-problema;  desenvolver a competência métrica, reconhecendo as grandezas e suas medidas (comprimento, massa, tempo e capacidade);  utilizar unidades e instrumentos de medida adequados a cada situação, após estimativas e comparação da estimativa com o resultado;  resolver situações-problema envolvendo o cálculo do perímetro em malha quadriculada.  desenvolver o raciocínio estatístico e probabilístico, coletando, organizando e analisando informações; elaborando tabelas, construindo e interpretando gráficos; desenvolvendo a ideia de probabilidade; resolvendo situações-problema simples que envolvam dados estatísticos e conceito de probabilidade; Obs:  Enfatize as 4 operações, de acordo com o nível dos alunos, buscando aprimorar a cada dia o nível dos mesmos.  Busque no seu cotidiano trabalhar retas numéricas, ábaco, material dourado e diversas formas de explorar os numerais.
  10. 10. 4º Bimestre Números e operações:  Agrupamentos e trocas nas diferentes bases;  Sistema de numeração decimal (organização);  Valor posicional: ordens e classes e registro de quantidades; leitura e escrita de numerais até 99.999; composição e decomposição de números naturais nas diversas ordens;  Valor relativo e absoluto;  Números ordinais até 100º;  Números romanos até 100;  Números pares e ímpares; dobro, triplo, metade e terça parte;  Regularidade e regras presentes na sequência dos números naturais (2 em 2, 5 em 5, 10 em 10);  Seriação: sucessor, antecessor; ordem crescente e decrescente;  Situações problemas envolvendo: adição e subtração (pela unidade, dezena, centena, unidade e dezena de milhar); multiplicação e divisão (pela unidade e dezena), trabalhando com as ideias de cada uma das operações;  Cálculo mental e estimativa;  Análise combinatória;  Números racionais;  Números decimais; escrita (várias representações) e leitura de números decimais; adição e subtração de números decimais em situações do cotidiano;  Relações entre frações do inteiro (parte menor, parte maior, partes iguais ou equivalência);  Escrita (as várias representações) e leitura;  Adição e subtração de frações homogêneas;  Significado de números mistos;  Significado de porcentagem; Grandezas e Medidas:  Tempo: década e século;  Valor: Identificação e utilização de cédulas e moedas; composição e decomposição de valores fracionados; Leitura e escrita na forma decimal;  Comprimento: Superfície; significado de área utilizando medidas arbitrárias (lajotas, folhas de jornal, papel sulfite e malha quadriculada); Tratamento de informações:  Coleta e organização de dados;  Construção de tabelas e gráficos de barras ou colunas com uso de legendas;  Leitura e interpretação de gráficos e tabelas;  Significado de probabilidade  interpretar e produzir escritas numéricas, observando regularidades na seqüência dos números naturais, utilizando as regras do sistema de numeração decimal;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir os significados das quatro operações fundamentais (adição, multiplicação, subtração e divisão) aumentando gradativamente o grau de dificuldade;  desenvolver, com compreensão, procedimentos de cálculos (mental, aproximado - por estimativa e por arredondamentos -, por algoritmos diversos, por analogias, etc.); desenvolver o raciocínio combinatório, analisando quais e quantas são as possibilidades de algo ocorrer e resolvendo situações-problema que envolvam a ideia de possibilidades;  formular e resolver problemas levando em conta suas etapas de resolução: compreensão do problema, elaboração de planos e estratégias para sua solução, execução dos planos, verificação da validade das estratégias e dos resultados e, finalmente, emissão da resposta;  construir e apropriar-se dos significados do número racional e de suas representações (fracionária e decimal) a partir de situações- problema contextualizadas;  resolver situações-problema e, a partir delas, construir e apropriar-se dos significados das operações com números racionais nas formas fracionária e decimal;  relacionar, promovendo a conexão e integração dos conceitos matemáticos: fração e porcentagem em situações-problema;  desenvolver a competência métrica, reconhecendo as grandezas e suas medidas (comprimento e valor);  utilizar unidades e instrumentos de medida adequados a cada situação, após estimativas e comparação da estimativa com o resultado;  introduzir situações-problema envolvendo o cálculo de área em malha quadriculada;  desenvolver o raciocínio estatístico e probabilístico, coletando, organizando e analisando informações; elaborando tabelas, construindo e interpretando gráficos; desenvolvendo a ideia de probabilidade; resolvendo situações-problema simples que envolvam dados estatísticos e conceito de probabilidade. Obs: Enfatize as 4 operações, de acordo com o nível dos alunos, buscando aprimorar a cada dia o nível dos mesmos.  Busque no seu cotidiano trabalhar retas numéricas, ábaco, material dourado e diversas formas de explorar os numerais.
  11. 11. Planejamento de Ciências – 4º ano 1º Bimestre Eixo: Astronomia Sol, Terra e outros corpos do universo: Conteúdos Objetivos Introduzir  Origem do Universo.  Origem de Terra. Trabalhar e Consolidar  Sol - fonte de calor; - luz – espectro solar.  Efeitos das radiações do Sol - efeito estufa; - camada de ozônio; - produção de vitamina D  Movimento da Terra - referencial: localização do Cruzeiro do Sul; - Translação: estações do ano; - Rotação: gravidade;  Outros corpos celestes - iluminados – lua, planetas, asteróides, cometas; - luminosos – estrelas;  Compreender o surgimento do Universo (Explosão do Big Bang).  Conhecer a origem da Terra (teoria científica);  Compreender como ocorreu a divisão da Terra para a formação dos continentes (pangeia);  Compreender como se originou a vida no nosso planeta;  Conhecer a explicação científica atribuída à origem do ser humano.  Reconhecer o Sol como fonte de energia e calor;  Conhecer a decomposição da luz branca, na formação das cores - arco-íris.  Compreender os benefícios e malefícios das radiações solares para o ambiente e os seres vivos;  Identificar os movimentos realizados pela Terra (translação e rotação);  Compreender a relação entre o movimento de translação e a ocorrência das estações do ano;  Compreender a relação existente entre o movimento de rotação com a força da gravidade.  Identificar as características e classificar corpos iluminados e luminosos.
  12. 12. 2º Bimestre Eixo: Transformação e interação da matéria e energia Ecossistema – relações de interdependência (Sol, água, solo, ar seres vivos). Introduzir  Seres vivos e seres inanimados – características e diferenças.  Classificação geral dos seres vivos: - animais; - vegetais; - fungos; - vírus. Trabalhar e Consolidar  Vegetais e o Ecossistema: - diversidade dos vegetais e seus respectivos ambientes; - órgãos vegetativos: raiz, caule e folha; - órgãos reprodutores: flor, fruto e semente; - plantas medicinais: ações, estruturas utilizadas, necessidades e problemáticas do uso (falta de efeito sobre a doença, toxicidade).  Alimentação: - Pirâmide alimentar  Identificar as características e diferenças entre seres vivos e inanimados.  Reconhecer e classificar os seres vivos em seus respectivos reinos animal, vegetal e mineral.  Identificar as plantas conforme o tipo de ambiente em que vivem (aquática, terrestre e aérea) e suas características gerais;  Compreender como ocorre a fotossíntese;  Reconhecer a transformação de energia solar em energia química que ocorre durante a fotossíntese e que resulta na obtenção do alimento vegetal;  Conhecer e dominar quais são as partes da planta;  Compreender o processo de reprodução das plantas;  Conhecer utilização de plantas com valores medicinais;  Refletir sobre os benefícios ou não que podem ocorrer durante sua utilização;  Identificar e conhecer os perigos das plantas tóxicas  Reconhecer a importância de uma alimentação saudável para o fornecimento de energia e imunidade ao corpo.
  13. 13. 3º Bimestre Trabalhar e Consolidar  Cultivo do solo:  Empobrecimento do solo:  Identificar as transformações ocorridas na superfície terrestre causadas pela natureza ou pelos seres vivos;  Identificar os cuidados necessários com o solo, compreendendo os processos de adubação, irrigação e drenagem relacionada a cada tipo de solo;  Conhecer práticas de cultivo capazes de evitar ou diminuir os impactos ao ambiente;  Reconhecer o impacto que a monocultura traz ao solo;  Compreender que conforme a monocultura a ser desenvolvida, a agressão ao ambiente pode se intensificar como é o caso (da cana- de-açúcar no nordeste na época da colonização) eucalipto;  Conhecer a importância do solo como recurso indispensável para os seres vivos;  Compreender o conceito de erosão e suas consequências para o solo;  Observar a diferença de erosão causada naturalmente e a provocada pela ação do homem;  Reconhecer que a agricultura e as pastagens são os principais focos das causas do desmatamento;  Compreender que a derrubada de árvores leva à destruição da biodiversidade;  Reconhecer e diferenciar adubação orgânica e inorgânica;  Compreender as consequências do uso de agrotóxicos no solo;  Conhecer como ocorrem as queimadas e as consequências das mesmas;  Compreender as consequências do uso do solo de forma irracional;  Valorizar o uso racional do solo como forma de preservação desse recurso.
  14. 14. 4º Bimestre Trabalhar e Consolidar  Animais e ecossistemas:  Cadeia alimentar e teia alimentar:  Identificar a diversidade animal;  Conhecer os critérios de classificação, identificando animais vertebrados e invertebrados;  Identificar os grupos dos vertebrados e suas características que os tornam parte de um mesmo grupo (mamíferos, aves, peixes, répteis e anfíbios);  Identificar os grupos dos invertebrados e suas características comuns que os tornam parte de um mesmo grupo (insetos, aracnídeos, crustáceos e moluscos);  Conhecer as relações de interdependência existente entre as espécies (interespécies) e o meio em que vivem;  Conhecer o conceito de extinção;  Identificar as causas da extinção dos animais;  Conhecer as consequências dessa extinção ao meio ambiente e ao homem;  Valorizar a importância da preservação da espécie;  Conhecer os conceitos de seres produtores, consumidores e decompositores e também o papel respectivo de cada um na natureza;  Classificar os seres vivos de uma cadeia alimentar em produtores, consumidores e decompositores;  Identificar as relações entre os seres vivos em uma cadeia alimentar;  Reconhecer a existência de cadeias alimentares também em ambientes aquáticos;  Conhecer as possíveis causas de desequilíbrio de uma cadeia alimentar;  Compreender as relações estabelecidas em uma teia alimentar.
  15. 15. Planejamento de Geografia – 4º ano 1º Bimestre Conteúdos Objetivos Trabalhar e consolidar: ● Orientação e localização: - Pontos Cardeais; - Direções Cardeais – localização do município e sua inserção no estado, país, mundo. ● Transposição da orientação corporal para a geográfica; - Descentralização: direita/esquerda, em cima/embaixo e ao lado de: a partir do ponto de vista do outro e dele a sua frente – exterior/interior. ● Planeta Terra: - Oceanos/continentes, o município e sua inserção no estado, no país e nos espaços mais amplos até o planeta Terra. - Representação do globo terrestre, planisfério e dos hemisférios. Familiarizar: ● Movimento de rotação – fusos horários 1 . 1 Articular com o conteúdo de ciências – astronomia; movimento da Terra. ● Reconhecer na organização espacial a relação de inclusão do mundo para o município; ● localizar-se no mapa utilizando os pontos cardeais. ● Localizar-se e se orientar nos diferentes espaços, utilizando como referência o próprio corpo e o corpo do outro. ● Compreender o conceito espacial de município, desenvolvendo a noção de inclusão de espaços (município, estado, país e mundo). ● reconhecer que o globo terrestre e o planisfério são representações do planeta Terra. ● Trabalhar a linguagem cartográfica para representar limites (naturais e artificiais), oceanos, continentes, fronteiras. ● Compreender o movimento de rotação, relacionando-o com a diferença de horários em diferentes lugares do país e do mundo.
  16. 16. 2º Bimestre Conteúdos Objetivos Introduzir, trabalhar e consolidar: ● Leitura das representações cartográficas do município e estado. ● Localização do município dentro do estado. ● Representação do espaço urbano e do campo compondo o município. ● Vias de circulação do bairro e da cidade: ruas, avenidas – estruturais, coletoras e perimetrais. ● Mapas temáticos do município, da região (hidrografia, rede viária, outros). ● Limites, fronteiras – conceito de território. ● Tecnologias aplicadas na organização do espaço urbano (sinalização, asfaltamento, arborização); e rural (micro bacias, reflorestamento e mecanização). ● Compreender os diferentes níveis de redução nas representações cartográficas, do tamanho real do espaço representado. ● Situar no mapa o município dentro do estado. ● Reconhecer que o espaço urbano e o espaço do campo formam o município. ● Identificar vias de circulação do bairro e da cidade nas representações cartográficas. ● Decodificar e interpretar as diferentes paisagens do município (relevo, vegetação, hidrografia, rede viária). ● Reconhecer o papel das tecnologias na transformação e apropriaçao da natureza e na construção de paisagens distintas.
  17. 17. 3º Bimestre Conteúdos Objetivos Trabalhar, consolidar e aprofundar: ● Características do espaço do campo e da cidade; - uso do solo no campo: agricultura e agroindústria; - uso do solo na cidade: habitações, indústrias, serviços. ● Interdependência do campo/cidade. ● Características físicas da cidade – sitio urbano, relevo, hidrografia (sangas, córregos, bacia hidrográfica), vegetação natural. ● Problemas urbanos. ● Interdependência bairro/centro. ● Diversidade étnica e cultural do município. ● Consciência ecológica: - meio-ambiente e qualidade de vida no município/região. ● Reconhecer as funções e processos diferenciados de urbanização das cidades e transformação no campo. ● Compreender a relação de interdependência do campo/cidade. ● Reconhecer as características físicas do município (relevo, vegetação e hidrografia). ● Identificar os problemas econômicos e ambientais do município. ● Compreender a interdependência das atividades sociais e econômicas entre bairro e centro. ● Reconhecer a interferência humana na modificação da paisagem do município (explosão demográfica, êxodo rural). ● Conscientizar-se da conservação e preservação do meio ambiente, identificando parques, reservas ambientais, matas ciliares, reflexão sobre o uso/abuso da água no campo e na cidade.
  18. 18. 4º Bimestre Conteúdos Objetivos Trabalhar e consolidar: ● Importância sócio econômica do município na macro-região e no estado: - atividades econômico-produtivas do município, sua relação histórica com os espaços próximos, com a região, estado e país. ● Infra-estrutura: luz, água, serviços de saúde, educação, transporte: - os serviços públicos do município: saúde, educação, saneamento e iluminação. ● Espaço de circulação no município. ● Organização das vias de trânsito: avenidas, vias preferenciais, locais de uso especifico para pessoas com necessidades especiais e ciclovias. ● Atividade industrial no município. ● Serviços no município: hotelaria, turismo e comércio. ● Uso da informação virtual. ● Identificar as atividades econômicas do município, relacionando-as com região, estado e país. ● Reconhecer a importância dos serviços de infra-estrutura do município: luz, água, saúde, educação. ● Identificar a diversidade dos serviços públicos. ● Reconhecer as principais vias de acesso e circulação no município (vias de acesso ao interior, estradas vicinais; vias ou rodovias de acesso aos municípios limítrofes e outras regiões do estado e estados vizinhos). ● Conhecer as principais regras de trânsito, seus símbolos e sua importância para a organização do espaço e da cidade. ● Identificar as características do setor industrial do município. ● Reconhecer e identificar a diversidade de serviços, relacionando sua interdependência. ● Conhecer e utilizar a informação virtual (benefícios e malefícios), serviços de telecomunicação e mídias presentes no cotidiano das pessoas.
  19. 19. Planejamento de História – 4º ano 1º Bimestre Conteúdos Objetivos Aprofundar ● Direitos e Deveres. ● Compreender que os direitos e deveres do cidadão incluem sua participação efetiva na vida social e política do país; ● Refletir sobre a exclusão social; ● Refletir sobre o conceito de liberdade. 2º Bimestre Conteúdos Objetivos Introduzir, Trabalhar e Consolidar ● História do município. ● Povoamento do município por meio dos ciclos econômicos. ● Conhecer a história do município. ● Conhecer os principais fatos da história referentes aos ciclos econômicos do município (extração da madeira, cultivo da erva-mate, construção da hidrelétrica de Itaipu, exportação, turismo de compra e abertura de mercados).
  20. 20. 3º Bimestre Conteúdos Objetivos Introduzir ● Aspectos gerais da organização das cidades do Estado. Introduzir, Trabalhar e Consolidar ● Diversidade étnica na formação da população do município. ● Movimentos migratórios (emigração e imigração). ● Pontos turísticos do município. ● Identificar a diversidade na formação e definição das cidades (metrópoles, cidades antigas, modernas, pequenas e grandes) ● Identificar os diversos grupos étnicos do município e valorizar a contribuição cultural de cada um. ● Refletir sobre o deslocamento populacional. ● Conceituar migração, distinguindo suas especificidades correlatas: emigração e imigração; ● Identificar os principais pontos turísticos do município, reconhecendo sua importância sócio-econômica e histórica. 4º Bimestre Conteúdos Objetivos Introduzir ● Governos e poderes. Introduzir, trabalhar e consolidar ● Os três poderes do município. ● Símbolos municipais. ● Conhecer as três esferas de atuação do governo: federal, estadual e municipal. ● Compreender a formação dos poderes do município (Executivo, Legislativo e Judiciário); ● Refletir sobre a importância da escolha dos representantes da população e do voto como uma das formas do exercício da cidadania. ● Reconhecer e valorizar os símbolos municipais (hino, bandeira, brasão).

×