IRCE 2015 Wrap Up

203 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
203
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

IRCE 2015 Wrap Up

  1. 1. 31 de Maio à 06 de Junho de 2015
  2. 2. A Felicidade só vem se você tiver resultados.
  3. 3. EM VEGAS... Se você estiver perdendo dobre a aposta.
  4. 4. 98% das vendas da Target passam pela internet.
  5. 5. Não importa onde, como, ou a que horas. Importa o que o consumidor compra da sua loja.
  6. 6. O Consumidor é sensível aos canais. Ao mesmo tempo, ele entende sua marca como única, preste atenção em como vai diferenciar a estratégia nos diversos canais.
  7. 7. Todos os canais trabalham juntos, para proporcionar a melhor experiência de compra. Afinal ainda é uma experiência.
  8. 8. Muitas vezes os canais de internet e Mobile “sonegam” informação, nada como dar uma passadinha na loja física. Isso faz parte da jornada do consumidor, seu papel é entendê-la. Muitas vezes os canais de internet e Mobile “sonegam” informação, nada como dar uma passadinha na loja física. Isso faz parte da jornada do consumidor, seu papel é entendê-la.
  9. 9. Internet e Mobile são vetores importantes para o consumidor, inclusive para os que desejam comprar em lojas físicas.
  10. 10. Consultar disponibilidades das lojas e poder comprar antes e apenas retirar, tem cada vez mais tomado importância na decisão de compra. O resultado pode ser melhor que o esperado, pois a visita à loja física ainda gera vendas adicionais em cerca de 30% dos casos.
  11. 11. Pegue os dados do consumidor. Não importa onde, ou como.
  12. 12. Mobile não é mais assunto do futuro.
  13. 13. APPs definitivamente tem uma taxa maior de engajamento, o desafio é torná-lo útil e fazer com que a adoção seja sólida.
  14. 14. O Resultado dos varejistas é prova disso, a construção de um bom App pode ser decisivo na sua operação mobile.
  15. 15. Q1 para Mobile nos EUA, é maior que todo o nosso e-Commerce Brasileiro em 2014
  16. 16. O Consumidor espera mais da sua experiência Mobile. O que você está fazendo nesse sentido?
  17. 17. As principais razões para abandono de carrinho trazem vários insights para comercial e UX. Dica: avise o que o consumidor precisa fazer para ter frete grátis.
  18. 18. Siga a dica anterior, resultado já comprovado.
  19. 19. Mercados de nicho são onde grandes varejistas dificilmente vão entrar. Um bom negócio é muito diferente de um grande negócio.
  20. 20. Esse problema já é enfrentado pelo Google nos EUA, as pessoas procuram mais por produtos na Amazon do que no próprio Google Shopping. This is Shopping Destination.
  21. 21. Definitivamente Mobile ainda tem muito mais relevância na busca do que na conversão propriamente dito.
  22. 22. Vale mais do que mil palavras, pense mais na experiência do consumidor.
  23. 23. E pensar que ainda tem empresas que não permitem trocas entre canais. Dinheiro na mesa.
  24. 24. A experiência Mobile, em geral, ainda deixa a desejar em conteúdo.
  25. 25. Fatores importantes para aumentar a conversão do Checkout.
  26. 26. Estava com dificuldade de criar uma Matriz para provar para seu chefe, para o conselho, ou para os caras de TI da importância de Omnichannel?
  27. 27. !!!
  28. 28. Tudo tem se transformado muito rápido. Internet e canais digitais são amplificadores dessa transformação.
  29. 29. Comece a coletar dados!! É o começo, assim quando você começar a pensar o que fazer com eles, eles já estarão lá.
  30. 30. Tem gente crescendo mais do que a Amazon.
  31. 31. Mobile já está ficando repetitivo nesse wrap up, mas não tem jeito...
  32. 32. O Programa de fidelidade foi um divisor de águas para a GameStop.
  33. 33. E o programa de fidelidade liderou o caminho para o Omnichannel. Afinal, de nada adianta a experiência ser a mesma se você não sabe que o consumidor é o mesmo.
  34. 34. Nem tudo o que aparenta, é a realidade. Omnichannel começa a fazer sentido quando você analisa as coisas certas.
  35. 35. Entender mais do consumidor, e mais do que isso, tomar ações em cima do que você conhece, paga qualquer investimento.
  36. 36. A média americana é 10x, se você olha os canais – aliás o consumidor - com mais carinho, o resultado tende a ser bem melhor.
  37. 37. Omnichannel requer acima de tudo, uma mudança de mentalidade. Pensamentos e métricas totalmente diferentes.
  38. 38. 20% de crescimento, num mercado que tem ameaça direta dos downloads é bastante significativo.
  39. 39. SEM MAIS...
  40. 40. Ficar sentado reclamando que Mobile não funciona é fácil
  41. 41. Então, levanta a bunda da cadeira e comece a otimizar o seu site mobile ou APP.
  42. 42. Apesar do crescimento, ainda existe um GAP entre visita e venda.
  43. 43. Porém o consumidor ainda acha a experiência não satisfatória.
  44. 44. Pouca informação, ou pobre, são pontos chaves para a conversão Mobile.
  45. 45. Adoção de um app é o principal desafio na experiência Mobile.
  46. 46. Alguns pontos para conversão Mobile.
  47. 47. Como as pessoas gastam seu tempo com Mobile.
  48. 48. Como a REI tira proveito do uso de APPs e Mobile.
  49. 49. E como otimiza a compra de mídia por deep links.
  50. 50. Principais resultados da estratégia.
  51. 51. Algumas dicas rápidas sobre o novo algoritmo do Google para o seu time de SEO.
  52. 52. Qual o real impacto de social Ads em links patrocinados?
  53. 53. Que há impacto não há dúvida, a questão é qual o investimento correto?
  54. 54. Seu Analytics tem que ser ferramenta para testar hipóteses.
  55. 55. Tudo o que você queria saber sobre Millennials e tinha vergonha de perguntar.
  56. 56. Sim! Hoje eles têm muitas opções!
  57. 57. Sim! Eles são segmentados, mas quando se casam entre sí, misturam seus hábitos.
  58. 58. Sim! Eles se sentem perdidos sem seus smartphones.
  59. 59. Sim! Suas vidas sociais passam, e muito pela internet.
  60. 60. Sim! Omnichannel é uma realidade.
  61. 61. Os próximos 4 slides falam como a Lenovo definiu seus consumidores e suas jornadas. E, mais do que isso, como ela conseguiu segmentar sua audiência e consequentemente suas campanhas e aumentou significativamente seus resultados por isso.
  62. 62. E como muito pouca gente tem investido nesse nível de segmentação.

×