SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F 135
Ficha 5 – Eletromagnetismo
Grupo I
Questões sobre cargas elétricas, corpos carregados eletricamente e campos elétricos.
1. Uma barra de vidro, inicialmente neutra, ficou carregada positivamente após ter sido friccionada,
porque …
(A) recebeu protões. (B) cedeu protões. (C) recebeu eletrões. (D) cedeu eletrões.
2. Indique o que acontece para que um corpo sólido fique eletrizado negativamente.
3. Qual das seguintes situações indica corretamente as forças entre os corpos carregados
eletricamente com as cargas indicadas?
(A) (B) (C) (D)
4. Afirmar que a carga elétrica de um sistema se conserva significa que…
(A) A soma das cargas elétricas é uma constante.
(B) A soma das cargas positivas é igual à soma das cargas negativas.
(C) A soma das cargas positivas com as cargas negativas é nula.
(D) As cargas elétricas de um sistema nunca variam.
5. Numa região onde existe um campo elétrico uniforme, colocou-se um
corpo eletrizado negativamente suspenso de um fio ligado a um
suporte. Sob ação da força elétrica, de direção horizontal, a posição de
equilíbrio do corpo mudou, ficando o fio na posição que mostra a figura.
5.1 Sobre o corpo suspenso atuam três forças, a força que o fio exerce sobre o corpo
suspenso, a força gravítica g que a Terra exerce sobre o corpo e a força elétrica e.
Designando os módulos dessas forças por , g e e, pode concluir-se que…
(A) g e (C) g e
(B) g e (D) g e
5.2 Esquematize a figura na folha de respostas, e represente quatro linhas de campo elétrico.
5.3 Indique como se pode criar o campo elétrico da região da figura.
6. A figura ao lado apresenta as linhas de campo elétrico na zona onde
existem duas cargas elétricas pontuais, e . Também se
assinalaram seis pontos, P, Y, W, Z, O e H.
6.1 Indique, justificando, qual é o sinal elétrico de cada uma das cargas.
6.2 Justifique a seguinte afirmação «os campos elétricos em O e H são diferentes».
6.3 Ordene por ordem crescente as intensidades do campo elétrico nos pontos P, Y, W e Z.
136 Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F
Grupo II
Questões sobre campos magnéticos.
1. A figura ao lado mostra algumas linhas de um campo
magnético.
Selecione a alternativa correta.
X e Y correspondem respetivamente a…
(A) … carga elétrica positiva e carga elétrica negativa. (C) … polo sul e polo norte..
(B) … carga elétrica negativa e carga elétrica positiva. (D) … polo norte e polo sul.
2. Associe as linhas de campo magnético da figura seguinte, W, Z e Y, aos campos magnéticos
criados:
1 – num plano perpendicular a um fio retilíneo percorrido por uma corrente elétrica;
2 – num plano que contém um íman em barra;
3 – num plano perpendicular a uma espira circular.
3. Colocaram-se agulhas magnéticas em posições fixas como mostra a figura seguinte.
(A) (C)
(B) (D)
Conclua, justificando, sobre o que irá acontecer à agulha magnética em cada uma das situações,
A, B, C e D.
4. Indique o nome do cientista que apresentou a primeira prova experimental da ligação entre a
eletricidade e o magnetismo e descreva a experiência por ele realizada.
Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F 137
Grupo III
Questões sobre indução eletromagnética.
1. Uma bobina com três espiras, cada uma com a área de
5,0 × 10-4
m2
, foi colocada com o seu plano fazendo um
ângulo de 60° com a direção de um campo magnético
uniforme de intensidade de 0,25 T.
1.1 Qual das seguintes alternativa indica o valor do fluxo magnético através da bobina?
(A) 1,1 × 10–4
Wb. (C) 3,2 × 10–4
Wb.
(B) 1,9 × 10–4
Wb. (D) 0,6 × 10–4
Wb.
1.2 Esta bobina foi colocada a rodar, funcionando como um gerador. O gráfico seguinte mostra
uma curva a cheio e outra a tracejado, para a força eletromotriz induzida na bobina em
função do tempo, em duas situações.
Que modificação foi produzida para se obter a curva a tracejado?
(A) A área das espiras passou para o dobro.
(B) O número de espiras aumentou para o dobro.
(C) A velocidade angular passou para o dobro.
(D) A intensidade do campo magnético aumentou para o dobro.
1.3 A variação de fluxo magnético através de uma bobina em função do tempo é mostrada no
gráfico seguinte.
138 Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F
Que gráfico melhor representa o módulo da força eletromotriz induzida na bobina em
função do tempo?
2. Na figura apresenta-se o esquema de montagem de uma experiência.
Numa região onde existe um campo magnético
uniforme, de direção vertical, colocaram-se duas barras
de cobre, em forma de L, segundo um ângulo de 60°
com a horizontal. Intercalou-se depois um voltímetro
entre essas barras.
Uma outra barra de cobre, OO’, desceu, paralelamente
aos ramos das barras em L onde foi colocado o
voltímetro, com velocidade constante de .
Nessas condições, o voltímetro indicou 3,1 mV.
2.1 Qual dos seguintes gráficos apresenta o módulo do fluxo magnético através da espira ligada
ao voltímetro em função do tempo?
(A) (B)
(C) (D)
2.2 Qual é, no SI, a unidade do fluxo do campo magnético?
2.3 Determine a intensidade do campo magnético. Apresente todas as etapas de resolução.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 11F - ficha campo magnético.pdf

Avaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º anoAvaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º anoProf. Sergio
 
Lista 2(gauss)
Lista 2(gauss)Lista 2(gauss)
Lista 2(gauss)Saci Manco
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoGustavo Mendonça
 
Aps eletricidade e calor
Aps   eletricidade e calorAps   eletricidade e calor
Aps eletricidade e calorAILTON OLIVEIRA
 
Basica campo e potencial
Basica campo e potencialBasica campo e potencial
Basica campo e potencialrodrigoateneu
 
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicioSimulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicioROBSONVINAS
 
Trabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoTrabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoNadine Pacheco
 
Força magnética básica
Força magnética básicaForça magnética básica
Força magnética básicaRe Pivinha
 
Fisica eletrostatica campo_eletrico_exercicios
Fisica eletrostatica campo_eletrico_exerciciosFisica eletrostatica campo_eletrico_exercicios
Fisica eletrostatica campo_eletrico_exerciciosJURANDIRBENTES
 
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoFisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoJosé Paulo Barreto
 
Eletrostatica aula sonorizadas
Eletrostatica   aula  sonorizadasEletrostatica   aula  sonorizadas
Eletrostatica aula sonorizadasAdriano Capilupe
 
Aula 4 circuitos magnéticos
Aula 4 circuitos magnéticosAula 4 circuitos magnéticos
Aula 4 circuitos magnéticosRuy Lazaro
 

Semelhante a 11F - ficha campo magnético.pdf (20)

3 ano fisica tarde
3 ano fisica tarde3 ano fisica tarde
3 ano fisica tarde
 
Avaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º anoAvaliação de física turmas do 3º ano
Avaliação de física turmas do 3º ano
 
Lista 2(gauss)
Lista 2(gauss)Lista 2(gauss)
Lista 2(gauss)
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial Elétrico
 
Aps eletricidade e calor
Aps   eletricidade e calorAps   eletricidade e calor
Aps eletricidade e calor
 
Basica campo e potencial
Basica campo e potencialBasica campo e potencial
Basica campo e potencial
 
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
 
Lista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo ElétricoLista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo Elétrico
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
 
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicioSimulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
 
Trabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoTrabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétrico
 
Força magnética básica
Força magnética básicaForça magnética básica
Força magnética básica
 
Fisica eletrostatica campo_eletrico_exercicios
Fisica eletrostatica campo_eletrico_exerciciosFisica eletrostatica campo_eletrico_exercicios
Fisica eletrostatica campo_eletrico_exercicios
 
Campo magnetico solucoes
Campo magnetico solucoesCampo magnetico solucoes
Campo magnetico solucoes
 
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo   carga, força e campo elétricoLista 2 danilo   carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
 
Potencial (parte 1)
Potencial (parte 1)Potencial (parte 1)
Potencial (parte 1)
 
Exercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaExercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostática
 
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoFisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
 
Eletrostatica aula sonorizadas
Eletrostatica   aula  sonorizadasEletrostatica   aula  sonorizadas
Eletrostatica aula sonorizadas
 
Aula 4 circuitos magnéticos
Aula 4 circuitos magnéticosAula 4 circuitos magnéticos
Aula 4 circuitos magnéticos
 

Último

REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
GuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdf
GuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdfGuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdf
GuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdfLeandroDoValle2
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
Síndrome de obstrução brônquica 2020.pdf
Síndrome de obstrução brônquica 2020.pdfSíndrome de obstrução brônquica 2020.pdf
Síndrome de obstrução brônquica 2020.pdfVctorJuliao
 
Aula capitulo 10 - Recombinacao Genica.ppt
Aula capitulo 10 - Recombinacao Genica.pptAula capitulo 10 - Recombinacao Genica.ppt
Aula capitulo 10 - Recombinacao Genica.pptAugustoCsar653220
 
84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana
84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana
84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humanajosecavalcante88019
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...Universidade Federal de Sergipe - UFS
 

Último (14)

REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
 
GuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdf
GuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdfGuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdf
GuiadeinjriasdeherbicidasemSojaConhecimentoAgronmico.pdf
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
Síndrome de obstrução brônquica 2020.pdf
Síndrome de obstrução brônquica 2020.pdfSíndrome de obstrução brônquica 2020.pdf
Síndrome de obstrução brônquica 2020.pdf
 
Aula capitulo 10 - Recombinacao Genica.ppt
Aula capitulo 10 - Recombinacao Genica.pptAula capitulo 10 - Recombinacao Genica.ppt
Aula capitulo 10 - Recombinacao Genica.ppt
 
84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana
84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana
84723012-ACIDENTES- ósseos anatomia humana
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V25_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
REVISTA DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS DA TERRA ISSN 1519-5228 - Artigo_Bioterra_V24_...
 

11F - ficha campo magnético.pdf

  • 1. Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F 135 Ficha 5 – Eletromagnetismo Grupo I Questões sobre cargas elétricas, corpos carregados eletricamente e campos elétricos. 1. Uma barra de vidro, inicialmente neutra, ficou carregada positivamente após ter sido friccionada, porque … (A) recebeu protões. (B) cedeu protões. (C) recebeu eletrões. (D) cedeu eletrões. 2. Indique o que acontece para que um corpo sólido fique eletrizado negativamente. 3. Qual das seguintes situações indica corretamente as forças entre os corpos carregados eletricamente com as cargas indicadas? (A) (B) (C) (D) 4. Afirmar que a carga elétrica de um sistema se conserva significa que… (A) A soma das cargas elétricas é uma constante. (B) A soma das cargas positivas é igual à soma das cargas negativas. (C) A soma das cargas positivas com as cargas negativas é nula. (D) As cargas elétricas de um sistema nunca variam. 5. Numa região onde existe um campo elétrico uniforme, colocou-se um corpo eletrizado negativamente suspenso de um fio ligado a um suporte. Sob ação da força elétrica, de direção horizontal, a posição de equilíbrio do corpo mudou, ficando o fio na posição que mostra a figura. 5.1 Sobre o corpo suspenso atuam três forças, a força que o fio exerce sobre o corpo suspenso, a força gravítica g que a Terra exerce sobre o corpo e a força elétrica e. Designando os módulos dessas forças por , g e e, pode concluir-se que… (A) g e (C) g e (B) g e (D) g e 5.2 Esquematize a figura na folha de respostas, e represente quatro linhas de campo elétrico. 5.3 Indique como se pode criar o campo elétrico da região da figura. 6. A figura ao lado apresenta as linhas de campo elétrico na zona onde existem duas cargas elétricas pontuais, e . Também se assinalaram seis pontos, P, Y, W, Z, O e H. 6.1 Indique, justificando, qual é o sinal elétrico de cada uma das cargas. 6.2 Justifique a seguinte afirmação «os campos elétricos em O e H são diferentes». 6.3 Ordene por ordem crescente as intensidades do campo elétrico nos pontos P, Y, W e Z.
  • 2. 136 Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F Grupo II Questões sobre campos magnéticos. 1. A figura ao lado mostra algumas linhas de um campo magnético. Selecione a alternativa correta. X e Y correspondem respetivamente a… (A) … carga elétrica positiva e carga elétrica negativa. (C) … polo sul e polo norte.. (B) … carga elétrica negativa e carga elétrica positiva. (D) … polo norte e polo sul. 2. Associe as linhas de campo magnético da figura seguinte, W, Z e Y, aos campos magnéticos criados: 1 – num plano perpendicular a um fio retilíneo percorrido por uma corrente elétrica; 2 – num plano que contém um íman em barra; 3 – num plano perpendicular a uma espira circular. 3. Colocaram-se agulhas magnéticas em posições fixas como mostra a figura seguinte. (A) (C) (B) (D) Conclua, justificando, sobre o que irá acontecer à agulha magnética em cada uma das situações, A, B, C e D. 4. Indique o nome do cientista que apresentou a primeira prova experimental da ligação entre a eletricidade e o magnetismo e descreva a experiência por ele realizada.
  • 3. Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F 137 Grupo III Questões sobre indução eletromagnética. 1. Uma bobina com três espiras, cada uma com a área de 5,0 × 10-4 m2 , foi colocada com o seu plano fazendo um ângulo de 60° com a direção de um campo magnético uniforme de intensidade de 0,25 T. 1.1 Qual das seguintes alternativa indica o valor do fluxo magnético através da bobina? (A) 1,1 × 10–4 Wb. (C) 3,2 × 10–4 Wb. (B) 1,9 × 10–4 Wb. (D) 0,6 × 10–4 Wb. 1.2 Esta bobina foi colocada a rodar, funcionando como um gerador. O gráfico seguinte mostra uma curva a cheio e outra a tracejado, para a força eletromotriz induzida na bobina em função do tempo, em duas situações. Que modificação foi produzida para se obter a curva a tracejado? (A) A área das espiras passou para o dobro. (B) O número de espiras aumentou para o dobro. (C) A velocidade angular passou para o dobro. (D) A intensidade do campo magnético aumentou para o dobro. 1.3 A variação de fluxo magnético através de uma bobina em função do tempo é mostrada no gráfico seguinte.
  • 4. 138 Editável e fotocopiável © Texto | Novo 11F Que gráfico melhor representa o módulo da força eletromotriz induzida na bobina em função do tempo? 2. Na figura apresenta-se o esquema de montagem de uma experiência. Numa região onde existe um campo magnético uniforme, de direção vertical, colocaram-se duas barras de cobre, em forma de L, segundo um ângulo de 60° com a horizontal. Intercalou-se depois um voltímetro entre essas barras. Uma outra barra de cobre, OO’, desceu, paralelamente aos ramos das barras em L onde foi colocado o voltímetro, com velocidade constante de . Nessas condições, o voltímetro indicou 3,1 mV. 2.1 Qual dos seguintes gráficos apresenta o módulo do fluxo magnético através da espira ligada ao voltímetro em função do tempo? (A) (B) (C) (D) 2.2 Qual é, no SI, a unidade do fluxo do campo magnético? 2.3 Determine a intensidade do campo magnético. Apresente todas as etapas de resolução.