L;  1 ? Liu ›ry-. ír1', ,¡, -:V/ «/ t

, EHvÍdpfÍy *ÍífomlpxalüãíciaKãqoloiuxanlnza  _v 

 

. ; A

a' -

. .'J", .
H l Ai...
ABVERGAMES

Jogar e competirfa_z parte da_nossa natureza,  já que
somos motivados por disputas e desafios para
conseguirmo...
AQ UERGAMÉÉ

Nós sentimos uma necessidade natural de afirmar para o mundo (ou para nós mesmos)
que somos bons em alguma co...
“e ~ AD VERGAMES

l l Muitas organizações do ramo publicitário
. _ sabem de tudo isso,  e um número

'› 3 crescente dessas...
AD VERGAMES

Falando sobre o princípio dosjogos
como norteador da natureza dos
advergames,  o escritor e filósofo
holandês...
U 11:1 travou/ Joá*

Ílunucnqpiurturion 'AÍÍãIILÇÊÍOi
ADVERGAMES   “se

Disputar a atenção seletiva do público cada  * ' “ f”
vez mais envolto em conteúdos diversos é um ' _ _ ...
AU VERGAMES

Almejando conquistar a atenção de seus
*v .  ' públicos de influência,  as empresas vêm
7 j;  ' se perguntand...
_ . _ _eo 1:.  s _f_ _.  A(

A r

De acordo com a Ad Age,  a exposição média de uma marca

ou produto em um advergame leva...
ll

 

ADVERÉÀMEÊ

Se você odeia ser interrompido enquanto
está jogando,  eüo talvez essas
interrupções não provenham de
p...
~  L V* l,   x

M* k " i.  _, , 3g
.  i2' 'Í'  I,  _ W _

. l . _›_¡ , v5.4.7 ,   

ADVERGÁMPESKW l

De cada 10 jogadores,...
AD VERÉAMES

Pesquisas mostram também que anúncios
de vídeo em games surtem efeito mais
impactante do que anúncios na TV. ...
u;  “/ _:i/ :rrz; uv/ #s*

^ - : faltavanrclhudtolwixélvxauglqilgg
ra. .al 'ea

r. 

, .  u_ ! _. g Hl/ _ñ É

,  'l
* 4 . .l,  l**

Inegavelmente,  os advergames constituem
uma estratégia p...
:Amyr:  &AMES

83% das pessoas pensam positivamente
sobre empresas que oferecem jogos gratuitos
e personalizados,  enquant...
AD VERGAMES

Quando as pessoas jogam um advergame, 
a familiaridade com a marca aumenta 64%
e a avaliação dessa marca aume...
' AB VERGAME$
7 em @da lojogadores dizem que os
, anúncios publicitários nos games os
fazem se sentir melhor em relação

I...
ADVERGÀMEÊ'   , 

Os Jogadores Brasileiros' no Mercado dos Advergames
ADVERG ES

O mercado brasileiro de ç es é o  _ e
 L

49 maior do mundo,  com . aior
estimativa de crescimento no (Qdo

(no...
AD VERGAMES

A partir dos anos 2000 que os games online
e multiplayer (para múltiplosjogadores
online) ascenderam a um mai...
;F lÍ .    !  . Í  iii/ H' "

No ano passado,  aqui no Brasil,  RS 70 milhões foram
investidos em advergames.  Os brasilei...
.. l 4
,  . u
k ;  l V¡
.  ¡ _
*s* 
(X 

  
 

4 áJWI/ :inriil/ /itv
Eli ilha-oil: ::clara: idloz-iloxmlilvlcltattllnlw
, ...
l i "'"7"7"

No Brasil,  para se trabalhar com games

é recomendado dois segmentos: 

os mobiles eos advergames.  a _ F
Cl...
ADVERGAMES

Os advergames normalmente são destinados a um
publico maisjovem,  que possuem uma vasta
experiência com tecnol...
ADVERGAMES

l/ luitas vezes,  os jovens estão jogando um advergame
e nem percebem (caso dos games de personagens

de desen...
Ap iiiteearwas

Os custos para o desenvolvimento deium advergame
ikria.  Grandesdesenvolvedores podem cobrar até
R$1 milhã...
ADVERGAMES

O tempo de desenvolvimento do game também
apresenta variáveis,  dependendo de fatores essenciais, 
como a comp...
à i Êríllllllllllii
É  .  , , A ç _. _

 
 

" ' l * “j "F77 5 L7 iu 'JL/ EL'

; Êínm-. sdlki "Imsclnrrcãlaüliluílamlllãls...
AD VERGAMES

Esses dois fatores auxiliam a garantia de que você poderá
ter um jogo não apenas irresistível e divertido de ...
ii.   4 Kd.  l. : "a

O impressionante crescimento dos
advergames na indústria publicitária só

nos faz crer que este segm...
.m  l i ill? ”

  

z.  ' :  ' ;  . ,  z,  _¡ ~ ~. 
Fator que deve ser comem do prinapalmente
por pequenos desenvolvedores...
w 5T E A M' LOJA COMUNIDADE SOBRE SUPORTE

Todos os jogos ~ Ação ~ America's Army:  Proving Grounds Beta

America's Army: ...
Gene ? err
951515!"

IJICENTE MFIRTIIIJ MRSTROCDLFI

LIVRO DE GAME DESIGN cni. .Ç; ._.   . .  _m_

 

-i “i : WMM: 

l . ....
still»
ã"  OVERLOADR
%.  s'

milan:  irma: : mui» *Jlijãni ; -'ljl_l-, 'b; r' E' _

L f! ,

 

   

   
 
   
   

 

! St...
WEBCÚHE›IAKARI : na amem¡ ¡nmm - . m. eo¡

(Jlzi.  seia ln-ni rrmluf .  ("unhrçrz nosso Irulxillitv. 

 

A Show Reel Webc...
_OLÁ

 

PRDCURiÃRtOGCÉ

    
 
            

Cvclom anlacs

-,  O _ ç ›, . '”
« oo 4

;  (9
5 _
@a p ¡
, . _ (22.3 tem m:...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

003 Advergames

328 visualizações

Publicada em

Novo conteúdo da disciplina de Advergames do curso de Pós-Graduação em Mídias Digitais da Estácio.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
328
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

003 Advergames

  1. 1. L; 1 ? Liu ›ry-. ír1', ,¡, -:V/ «/ t , EHvÍdpfÍy *ÍífomlpxalüãíciaKãqoloiuxanlnza _v . ; A a' - . .'J", . H l Ai; ' › a , . - ' ' ' . I 4" f . /:' 4 v ; ÍÍÀ n¡ , na: Íb 5 __ _A; ›x/ ;ê§; :~: Ê?: aAMEAs
  2. 2. ABVERGAMES Jogar e competirfa_z parte da_nossa natureza, já que somos motivados por disputas e desafios para conseguirmos alcançar nossos objetivos. E as pessoas também precisam de recompensas para os resultados daquilo que fazem (ou jogam), e nenhum outro tipo de estratégia de mídia recompensa melhor seus consumidores em tempo real do que os advergames.
  3. 3. AQ UERGAMÉÉ Nós sentimos uma necessidade natural de afirmar para o mundo (ou para nós mesmos) que somos bons em alguma coisa, e uma excelente maneira de medirmos um bom desempenho e oomprovarmos uma boa performance éjogando (através dos games).
  4. 4. “e ~ AD VERGAMES l l Muitas organizações do ramo publicitário . _ sabem de tudo isso, e um número '› 3 crescente dessas empresas vêm adotando ¡ _ j a tendência de colocar seus clientes para É ~ _ l jogar, pois sabem que são boas as chances de gerarem valor e satisfação de seu público, e prósperas as chances de ganharem dinheiro com isso.
  5. 5. AD VERGAMES Falando sobre o princípio dosjogos como norteador da natureza dos advergames, o escritor e filósofo holandês Johan Huizinga bem afirma em sua obra "Homo Ludens" que todo tipo de jogo (independentemente de ser digital ou analógico) necessariamente precisa ser lúdico, divertido e prazeroso, e assim devem ser os advergames.
  6. 6. U 11:1 travou/ Joá* Ílunucnqpiurturion 'AÍÍãIILÇÊÍOi
  7. 7. ADVERGAMES “se Disputar a atenção seletiva do público cada * ' “ f” vez mais envolto em conteúdos diversos é um ' _ _ / ' w , desafio extremo para empresas, marcas e , i ¡ organizações afora. Com a potencialização a - do acesso às informações, a nossa atenção ' ç começa a ficar fragmentada, e isso remete i k a um obstáculo colossal para as empresas, I , Í que precisam batalhar bravamente para i 'i 1 atrair um público cada vez mais disperso, z ' _ menos tolerante, mais exigente e ' , menos concentrado. l 2 r l i
  8. 8. AU VERGAMES Almejando conquistar a atenção de seus *v . ' públicos de influência, as empresas vêm 7 j; ' se perguntando: Qual é o momento crítico à › j' V j no qual se consegue estimular e unirtodos " os sentidos das pessoas em um único foco? Eureka! ! É quando as 'pessoas estão jogando!
  9. 9. _ . _ _eo 1:. s _f_ _. A( A r De acordo com a Ad Age, a exposição média de uma marca ou produto em um advergame leva de 5 a 30 minutos, tempo muito maior do que na mídia televisiva ou na imprensa. Tempo a mais que as empresas tem para atrair e reter a atenção de seus consumidores.
  10. 10. ll ADVERÉÀMEÊ Se você odeia ser interrompido enquanto está jogando, eüo talvez essas interrupções não provenham de propaganda, já que surpreendentes 82% dos jogadores não se sentem incomodados por intervenções de propaganda no meio do jogo.
  11. 11. ~ L V* l, x M* k " i. _, , 3g . i2' 'Í' I, _ W _ . l . _›_¡ , v5.4.7 , ADVERGÁMPESKW l De cada 10 jogadores, Gàcham que - , os anúncios publicitários nos games ' f”, ' chamam sua “atenção, deixam o '_ 2 . jogo mais realista 'e ainda _tornam ¡ 'r f , f a_s marcas e produtos mais : V -'" ¡ " l l relevantes e interessantes.
  12. 12. AD VERÉAMES Pesquisas mostram também que anúncios de vídeo em games surtem efeito mais impactante do que anúncios na TV. Mas segundo especialistas, apenas 5% dos advergames são realmente eficientes, o que permite afirmar (e advertir) que grande parte das empresas ainda não vêm criando estratégias de advergames de maneira adequada a seus públicos de influência.
  13. 13. u; “/ _:i/ :rrz; uv/ #s* ^ - : faltavanrclhudtolwixélvxauglqilgg
  14. 14. ra. .al 'ea r. , . u_ ! _. g Hl/ _ñ É , 'l * 4 . .l, l** Inegavelmente, os advergames constituem uma estratégia potencial e eficaz para atrair, reter e fidelizar consumidores, e números demonstram isso. tl l ; l
  15. 15. :Amyr: &AMES 83% das pessoas pensam positivamente sobre empresas que oferecem jogos gratuitos e personalizados, enquanto 70% dizem estar mais propensos a comprar produtos dessas companhias. Il
  16. 16. AD VERGAMES Quando as pessoas jogam um advergame, a familiaridade com a marca aumenta 64% e a avaliação dessa marca aumenta em 37% das vezes; a lembrança do anúncio é aumentada em 41% das vezes e a avaliaão desse anúncio melhora em 69% das vezes; e o desejo de compra é elevado em 41%. Ill
  17. 17. ' AB VERGAME$ 7 em @da lojogadores dizem que os , anúncios publicitários nos games os fazem se sentir melhor em relação I ^ 's . as martas envolvidas. zw. u» l x_
  18. 18. ADVERGÀMEÊ' , Os Jogadores Brasileiros' no Mercado dos Advergames
  19. 19. ADVERG ES O mercado brasileiro de ç es é o _ e L 49 maior do mundo, com . aior estimativa de crescimento no (Qdo (no Brasil, existem ma? de 40 milhões de jogadores j¡ ativos). -v , O' b '
  20. 20. AD VERGAMES A partir dos anos 2000 que os games online e multiplayer (para múltiplosjogadores online) ascenderam a um maior grau de importância, e fo¡ nesse período também que o mercado de advergames começou a entrar em ascensão. Í* k l; i ; i , lili ii¡ / ' ' "" ÂLÂN . tri! a/ Lizguu, ' iiLi if Li.
  21. 21. ;F lÍ . ! . Í iii/ H' " No ano passado, aqui no Brasil, RS 70 milhões foram investidos em advergames. Os brasileirosjá gastaram à: b, US$ 1,2 bilhão com games de todas as plataformas e, à '3' A** até 2016, essa margem de gastos deverá aumentar à lt, velocidade de 15% ao ano (mais de 2 vezes superior ¡f/ /íê _ ' à estimativa mundial). l ' ' l * *K l ' ” l x a . i _ V¡ *i À¡ . à "r l * l 'x *e
  22. 22. .. l 4 , . u k ; l V¡ . ¡ _ *s* (X 4 áJWI/ :inriil/ /itv Eli ilha-oil: ::clara: idloz-iloxmlilvlcltattllnlw , nz-Lsanrlunupmni-inunnnunnnmiloi¡ (çmnglr-Jlaoñio-ila-/ nlyñnllrbli 11h11' qtutlcs" '.1"oll| ¡m: .:«. :i¡n. ,1(lll= ,
  23. 23. l i "'"7"7" No Brasil, para se trabalhar com games é recomendado dois segmentos: os mobiles eos advergames. a _ F Claro que existem outros segmentos, K . “4 j_ " como osjogos educativos, mas os A Ã j; dois primeiros são os mais populares l 'i no mercado hoje em dia. i
  24. 24. ADVERGAMES Os advergames normalmente são destinados a um publico maisjovem, que possuem uma vasta experiência com tecnologia, internet e games.
  25. 25. ADVERGAMES l/ luitas vezes, os jovens estão jogando um advergame e nem percebem (caso dos games de personagens de desenho animado ou de algum produto relacionado com este publico), o que realmente e a intenção da empresa criadora do produto: ter sua marca vinculada excessivamente de uma maneira que seja sutil para o cliente. L EM TBOOPEIIS II
  26. 26. Ap iiiteearwas Os custos para o desenvolvimento deium advergame ikria. Grandesdesenvolvedores podem cobrar até R$1 milhão por um advergame. Entretanto, muitas _empresas menores cobram em tomo de RS 10 mil a R$ 100 mil, dependendo do n' l de personalização e do iãto de o jogo basear-se u não_ em um já existente, como uma adaptação do Tetris para o produto desejado. /_/
  27. 27. ADVERGAMES O tempo de desenvolvimento do game também apresenta variáveis, dependendo de fatores essenciais, como a complexidade e o nível de personalização do jogo. Um jogo completamente novo, que exija um roteiro exdusivo, pode levar de 12 a 18 meses para ser desenvolvido, enquanto advergames mais simples podem ser feitos em poucos meses, dependendo do desenvolvedor e de sua equipe.
  28. 28. à i Êríllllllllllii É . , , A ç _. _ " ' l * “j "F77 5 L7 iu 'JL/ EL' ; Êínm-. sdlki "Imsclnrrcãlaüliluílamlllãlsíñyzu A qcnrin. zojl= ia= tnvrolivg' ' _oiroipi-. igai skndllvruuíl 1 _"'
  29. 29. AD VERGAMES Esses dois fatores auxiliam a garantia de que você poderá ter um jogo não apenas irresistível e divertido de jogar, mas também que incorpore efetivamente o produto e a sua mensagem publicitária garantindo então uma publicidade . eficaz no para o nicho escolhido de mercado.
  30. 30. ii. 4 Kd. l. : "a O impressionante crescimento dos advergames na indústria publicitária só nos faz crer que este segmento irá continuar a evoluir, uma vez que diversas empresas estão descobrindo sua eficácia na memorização da marca. aq'
  31. 31. .m l i ill? ” z. ' : ' ; . , z, _¡ ~ ~. Fator que deve ser comem do prinapalmente por pequenos desenvolvedores de games, que podem abraçar este mercado e investir na criação de diversas campanhas publicitárias pequenas, até conseguirem pegar o tão sonhado "glande projeto". Fica aía dica para quem quer começar nesta área. “Ver -i/ SIYií-b,
  32. 32. w 5T E A M' LOJA COMUNIDADE SOBRE SUPORTE Todos os jogos ~ Ação ~ America's Army: Proving Grounds Beta America's Army: Proving Grounds Beta AMERICA'S s. l A America's Army: PmvingGrutndsistheofñcial ' ganeoftheuâArmyandpatofthehigiy acdâmed America's Army game series. This free míitay game focuses on small unit tactical marteuvers and puts you to the test in new America's Army maps as well as AA fan favorites -~ . . ugeiranrenhposiivas 1~ r -' 29Iago/2013
  33. 33. Gene ? err 951515!" IJICENTE MFIRTIIIJ MRSTROCDLFI LIVRO DE GAME DESIGN cni. .Ç; ._. . . _m_ -i “i : WMM: l . .. u moereçn aa emairnara recem» nnimçacbea ue novas to: v: : o-mmii 4' CL-mvuwiii Ii
  34. 34. still» ã" OVERLOADR %. s' milan: irma: : mui» *Jlijãni ; -'ljl_l-, 'b; r' E' _ L f! , ! Start
  35. 35. WEBCÚHE›IAKARI : na amem¡ ¡nmm - . m. eo¡ (Jlzi. seia ln-ni rrmluf . ("unhrçrz nosso Irulxillitv. A Show Reel Webcore Games 2015 _ ; - Í m; ; rumo-cw. .. vv. , o : :Gamafulebul - Redvülnhu: g g 11mm¡ 1 t. a A s l . ' P mu *a viana: .É - - ' - J
  36. 36. _OLÁ PRDCURiÃRtOGCÉ Cvclom anlacs -, O _ ç ›, . '” « oo 4 ; (9 5 _ @a p ¡ , . _ (22.3 tem m: Nascimento Bebe Congelado Armario De Anna Prinresa Elsa Cano-r March Conqeladas Princesa Eleaante De Elsa A 7.2. É. l . _-, ¡ . r ^ o j' I

×