»QUAiTRS Plâihltiiílüâ
: o liíãâllíix'

No design,  há quatro princípios básicos. 
Esâo presentes em qualquer obra de
desi...
l' 'z i I V( -' 'V'
. Il r* _l ai( t» lí-, _l_ltlg. _l_l'ly t»
l v -i«' E'. 
l 1g Ih-IJÍÍ
illlñliilstlvllãnllli*
: ultram....
^ tudo pela direita.  Se alinhar a um,  dois ou quatro

- _ou quatro centímetros da borda.  Evite a todo

_ela não têm um ...
Lorem Ipsum
Dolor sit amet,  consectetur adipis-
cing em.  Vestibulum eleifend Iuctus
veIIt.  id malesuada sapien teugiat
...
QUATRO “PÍIÀÍJNCÍPIÓS
DO DESIGN

PROXIMIDADE 1' .  
Elementos similares devem estarpróximos.  “'

Por exemplo,  acima dest...
QUATRO PRINcíPIOS
DO DESIGN

PROXIMIDADE
A lei é:  não faça a pessoa ter que pensar nisso.  Se ela ficar se questionando
O...
.t.  ?Lais-e , 

1:1»  Iii I ii o» Lili_

; tltêlltlllpküllii

»roll-I 'dIÍo-. Inuizig *açIaIs. ::›¡I= I1II«"ai-Walk
"ilug...
,l

el? 
QUATRO PRINcíPIOS 
DO DESIGN lx

CONTRASTE s

Não é incomum de ver gente usando fundo amarelo 

com letra branca....
QUATRO PRINcíPIOS
DO DESIGN

CONTRASTE
convenhamos,  até quando não existe um fundo,  existe

Claro,  dá pra colocar um te...
,ç _ a t m4» 4-
qà;  '  l¡ à i] n Í &u; 
'É aÔ 'É : '.  "  'V l
t.  a# n na V;  
CONTRASTE

E contraste não é só de cor, ...
Lorem ipsum. 

Ooior sit amet.  consectetur adipis-
cing elit.  Vestlbulum eieitend luctus
velit,  id malesuada sapien feu...
gil lfirgiils:  i isíâlii~lll= ?Íliitiffv lí? 
l li* l ¡Elíiltílvl

: Gain:  "Ati

"taum.  oiízliouíolbllaiqpizlíléil,  :L...
I
IRQ " -rvftmm 'wrw ti, 
.  v «o É'*lfílÍ'%-Í
 " 'wc t¡

A repetição de elementos é importante
especialmente para a pesso...
:çlf-lllliüsliitti

IIIIIIINII:  :ruim_ü-nriiiatíilliràrili
_íllár-Iiuup-: liin. llwiiiillllltuu: imitan-r
_iu-uu 'Íllnqoh...
AUDIrORIO SEBRAEMS
.  m'.  nmrooncsso_ m : sa-e

o CEbFROIAAiPOGRAitDE

Oyóv/ ONI

   
     
 

BGTVOGVLSBVWHLSB

oaoxmono...
AGUARDAMOS A SUA PRESENÇA NO

 «ÃL¡%_›
¡«°~ 'c a_
,  .Í -: -›. 
' iv Ehtcvmvuwttí

DE INOVAÇÃO

  

INCUBADORAS E PARQUES,...
1"* ^ PIÁRIÚ FTNFSS

br-rs J. 

    

VOCÊA RANSFORMA ASUA
HOJE,  SOMOS.  E U M r 7

'Y'

EU

: :VH

"acebiooa co 'n/ eume...
,
* FHRADE oRGÁNicos , :  ç
AZANIVERSARIO »Amei / /l

2o NA ; mu DO
a9

RADIO
nã:  CLUBE
O ponto de encontro entre
empresas e profissionais de TI

     

i,  X b PONTO DE ENCONTRO ENT
_TÍIPÍESAS E PROFISSIONAlS ...
i """"""""""""""""""""" "

l

  

IMPERIAIÊ

Mou xmmmi u. 

AHISTÓNADÉCÀDAFÍSSOAÉESCRÍTANNDANOVENTREDENOSSKSMAES
UMAJORNAD...
wakeiíeld
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

002 Planejamento Visual

209 visualizações

Publicada em

Novo conteúdo da disciplina de Planejamento Visual do curso de Publicidade e Propaganda da UCDB.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
209
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

002 Planejamento Visual

  1. 1. »QUAiTRS Plâihltiiílüâ : o liíãâllíix' No design, há quatro princípios básicos. Esâo presentes em qualquer obra de design, é o mais básico dos básioos. Estes princípios são: proximidade, alinhamento, contraste e repetição.
  2. 2. l' 'z i I V( -' 'V' . Il r* _l ai( t» lí-, _l_ltlg. _l_l'ly t» l v -i«' E'. l 1g Ih-IJÍÍ illlñliilstlvllãnllli* : ultram. .látqlainlta. assuma-r-¡ntiat-: :inroievauoilhâir Í'. ; HlagnIr-*lgn-. ifo-oílc-xaniitcnplnuqlltãltanqhnpiígglnâ tojtmzcm-: tn--rçiat--dt-ikazülo-qeiu¡ aih); B. e ê- Ê . 3- 'é Í É 'E S. E' Í E. a : intaumfâaniíonapnm-*xalr“íldikli_ _g
  3. 3. ^ tudo pela direita. Se alinhar a um, dois ou quatro - _ou quatro centímetros da borda. Evite a todo _ela não têm um ponto de referência fácil QUATRO PRINCÍPIOS DO DESIGN ALINHAM ENTO ' f - Se começar a alinhar algo pela esquerda, alinhe tud - _ _ . pela esquerda. Se for pra alinhar tudo a direita, alinhe _ _ _ _ _ . ' centrímentros da borda, alinhe tudo a um, dois custo alinhar text pelo centro: isto dá um ar de desordenado e a pessoa se perde facilmente quando vai de uma linha pra outra, já que_ n (no caso, o início da última linha lida). _. ' E você não gosta de se sentir perdido ao ler um texto ou ver uma image L né? Ninguém gosta. ' a
  4. 4. Lorem Ipsum Dolor sit amet, consectetur adipis- cing em. Vestibulum eleifend Iuctus veIIt. id malesuada sapien teugiat ac. Ouisque ut est nunc. sit amet pretium odio Donec in sem Et massa facIIisIs Iacinia. Nullam teugiat egestas turpis quis mattts. Lorem Ipsum Dolor sit amet. consectetur adipis- cing eiit. Vestibulum eleitend Iuctus velit. Id malesuada sapien teugiat ac. Ouisque ut est nunc. sit amet pretium odio. Donec In sem Et massa tacilisis Iacinia. Nullam ieugiat egestas turpis quis matt# *p*
  5. 5. QUATRO “PÍIÀÍJNCÍPIÓS DO DESIGN PROXIMIDADE 1' . Elementos similares devem estarpróximos. “' Por exemplo, acima deste de parágrafo existe o titulo "Proximidade". Se eu colocasse o titulo três linhas acima 4 , _ do início deste parágrafo, isso poderia gerar cena ' confusão pra você leitor; você estaria se L, perguntando "O que essa palavra tá fazendo aí no meio do texto? É uma palavra-chave? Qual a ralado dele oom o resto do texto? ? p . v
  6. 6. QUATRO PRINcíPIOS DO DESIGN PROXIMIDADE A lei é: não faça a pessoa ter que pensar nisso. Se ela ficar se questionando O por que desta distância, ela não vai conseguir concentrar-se no conteúdo. O mesmo vale para imagensrse uma imagem não têm nexo nenhum com uma segunda, po¡ que deixa-los próximos? Vamos manter uma distância para não confundir a pessoa que esta ' izando a obra. Aproximando elementos similares, " I inui a confusão, e deixa a informação mais clara . gdireta. a 5 _ “p” -f, 1 _V4 : :rf 24': 'j' ' '- L _ ! cf ' á, .v'- " . . s*
  7. 7. .t. ?Lais-e , 1:1» Iii I ii o» Lili_ ; tltêlltlllpküllii »roll-I 'dIÍo-. Inuizig *açIaIs. ::›¡I= I1II«"ai-Walk "ilugiálit '(= _i~'ÍiÍ'-l! ll| II| i:llãihigl-Illgdiuv viam. :ouimune-mai: »zisnqnm-uies» *ÍCIIÍÍIÍVL dir-Í_ ii- : ,umñiI-iiniu f¡¡Iibbftznkl-illhilv-tki-llciki . Iwiz . gr iaIJgÍP-lcagggasibidüllgliü-elil¡ ñgglzuc. auiííianiigiçjiiii_ ÍÍliÍ| l"'-_““Íí| lll= ¡z . ›I-IuI. -4.: ;›ii= ¡¡IiN: I-il_-ik- riiuieuçlli- 'm IIIIII¡, -=li, =Iii: IIriIIiI-¡lpI›g~ I¡= ilis: iglnr-ligisi . rzIst: ›-~ír¡I; -n= IIII, -lmlkl : m 'UIF-"lqtlinnlluícivtlíllln : IihIIuI-t gliànlltirui-Íii-r Ir-¡gizzrqlrusziir àAÍlklfíl-*ÍNÊIIÉ-llnn-'Ííwthlfglmi Hlllhíu_ (anemia, atwiiaiat-iiriis-: pik-¡miijt
  8. 8. ,l el? QUATRO PRINcíPIOS DO DESIGN lx CONTRASTE s Não é incomum de ver gente usando fundo amarelo com letra branca. Pessoal, amarelo é muito próximo &aq; do branco. Se você colocar aquilo no sol, o pessoal 2 não vai conseguir ler nada. Contraste é algo importantíssimo, ainda mais quando existe uma i figura e um fundo.
  9. 9. QUATRO PRINcíPIOS DO DESIGN CONTRASTE convenhamos, até quando não existe um fundo, existe Claro, dá pra colocar um texto preto sobre um papel branco. É uma ótima forma de contraste. Mas se quiser destacar algo em amarelo, por que não colocar uma tarja preta no fundo desta palavra? É uma ótima forma de contraste; faz aparecer bem aquilo que você quis que se destacasse e não acabou sumindo no fundo. uma cor da mídia (por exemplo, o papel ou a tela do PC).
  10. 10. ,ç _ a t m4» 4- qà; ' l¡ à i] n Í &u; 'É aÔ 'É : '. " 'V l t. a# n na V; CONTRASTE E contraste não é só de cor, mas de x elementos também. Uma frase com tipografia diferente do restante do texto pode V ser contrastante. Até uma palavra ou frase negritada E pode dar o ar de contraste. lsso serve não só para destacar algo, mas também para diferenciar dois elementos. x
  11. 11. Lorem ipsum. Ooior sit amet. consectetur adipis- cing elit. Vestlbulum eieitend luctus velit, id malesuada sapien feugiat ac. Oulsque ut est nuno, si! amet pretium odio. Donec in sem. Et massa iacilisis Iaclnla. Nullam feugiat egestas turpis quis mams; GPJÊFÍÍN' lfkii-liui Ilollr) 'ufiirliiiáe . Ui-lulsíáúi-iili Willi-ii? - qut-uqii. 'mui-l pin-argila. : : :img-p 'nim Iiiutzlizaiirzici. «mimn: isupiizi” Êlñ OtIIHçUIu-IcáiainnIIIIIn. diana-a sldziillinv-I-ll-r 9131313* Ii' : ij-UI 'ánm-Liak-hi-ilnrííwr-Imnmi . êtvllhiu, biluir-l-c: um@iv-trusiíugiukquuniji.
  12. 12. gil lfirgiils: i isíâlii~lll= ?Íliitiffv lí? l li* l ¡Elíiltílvl : Gain: "Ati "taum. oiízliouíolbllaiqpizlíléil, :Lui-Inuñibiui-tro-aoifn 1:¡giz¡nao-itadlamslnnox-uvmunnc. ãnumnuñta . pI-I ': ›:(= Iu|9ll›, vzazsfàa-“rzlvtawaipiaíl D-: lñlllilllnullãliâvràlll toiihic. zic. .p›= iglnni: iniraiunr-. p, Jus-nana, !mibr-Clã nlmbi ? Qliltllifaüüiü Iliâllll 1m: _eñiyi-m: "malucas,
  13. 13. I IRQ " -rvftmm 'wrw ti, . v «o É'*lfílÍ'%-Í " 'wc t¡ A repetição de elementos é importante especialmente para a pessoa saber que ainda está no mesmo site. No caso do design de impressos, você pode repetir a cor, fontes, relações espaciais, etc A repetição cria uma sensação de organizaáo.
  14. 14. :çlf-lllliüsliitti IIIIIIINII: :ruim_ü-nriiiatíilliràrili _íllár-Iiuup-: liin. llwiiiillllltuu: imitan-r _iu-uu 'Íllnqohhlllfilêêdlhllh . +:I_un-. II~~! ›II| .-i¡= ¡›: r-In Opñsagiors : if ai¡ rurais. 2.1:¡ alicia¡ _IVII-iàüiíliii fpüpp Íç» : m w »i .51 , ; um. . _ÍíafÍ/ Çdh* Ian/ p, jÍHÍfy/ u , t-ííríf' Íflpi/ 'pvj _g1 s" -w A15'- t. ~;tu_crí. r.i . IM, mu; _litil-l-fsüiílulslrv s-i-rtI-Ikg-Iiri. ::mineira -liIL-nilin 'bmíiàillilicIu=1I= I¡k= Isr-IlII-i¡II- 'nllié IiIIIIrli-k-IIhI-knfiriraiIla-ulbi: u» ! UiH-_Ill-nlitqai¡Iluuasilmlrrrá ; Iiíail-, Iuin-I¡ o, CLJJÊIPÍ' Ju' SDM! #auras-mrB¡-tllI-IF~àkI-IlIlB› t'| |lIF= _lJr iilllsltlliaglwtfrk*llluikigillkji
  15. 15. AUDIrORIO SEBRAEMS . m'. nmrooncsso_ m : sa-e o CEbFROIAAiPOGRAitDE Oyóv/ ONI BGTVOGVLSBVWHLSB oaoxmonosiioavwva DHNIND 'SEinbHVd 3 SVHOGVEHDNI ÍVIDGIADNI Ildldlã IX ON VÓN3S3Hd VHS V SOWVGHVHDV 3V 3VÀON| É Cl EMPRÊS CONFIIUMDAS NO EVENTO Move Viscovi- Igorvisioi canwrsiandeanracoio- kloviiqueüain Cooperativa Juma - Mhz¡ Coura Exciai ni Tecnologia -Milson Banson Jem VSIÍDNIUÓB Morena Flora -Vahna Dias Optliiiah- Peter Cheung Uzinga - Fernando Rodngxies Realização: Redevisdeinovaçáo. Apolo: Gauemoth Enadode M atocroisodo Sul, ASSMAASUL SEBRAE/ MS. FUNWCT, UFMS, UEMS, VHS, FMBÀNPROTEC, Prefeitura Municipal decaivipo Grande, Yunus N@cios Sociais do Brasil n Rádio Jrliderp FN. de maio 2015 20 (marta-feira) - Manhã 01h30 'i5 08h30 Cafe¡ Credenciamento Apresentacao C uluiral 06h30 Abertura Oñcial 09h - Patent: Assaciaçao Nacional de I 'ii mas: Iwnmrxrwazrie Fmawndedñknw Irovadc-'ÇSANDQKTELI Pmi. Dr. Jorge Andy Ur? tam» rtr : h 'NPRG7EC. WMO-Palestra 'FWCNA FLFCJCJU l'i“lÍl| li(| (É('T(Y'. .gi JC *isliuuude Habilaisile inovação rc interior do Lsrado ? nicht Roberto Hashioka e Pro( Luix Simão Stasnuzk IlHJI J 10h - Palestra *vinis Negocicsscc-. ns ismawr_ : amam: fcelertxinra ; iam negoons. :Utaisf Rogério Dllveh atuou» Nov. : Niduu na. 07h30 an1 mmummjo lNIW-Plhúl "Incubadora Tecnologia¡ Le Cooueiativas - . mia realidade desucessc e uue [IEWSÍUIHB Vidas" Mirian CMI¡ (UFMS) uh - Polenta "Padua Tecnongicc Intevnacicnai»-'Iin. peismcrwasparaa ilrgiñrxbímnieim' watkiiltlntnssu . Pi ih, ¡noo-Pomms 11h50- Emnrramentc ms -Ttiuidncm na periodorw', rranhzi 20 -Íquarta-ferml ~ iarde 14h 'as ! Mi ^ Minicurso “Planejamento e Im lantaçáo de Incu duras” Emerson cinza Í FMS› Jardel Mattos e Mirian Coura (U EMS) Dulatilu asalivnimir: :IJ dia 20735 : se i Littmann). cueestaaoutoiarv «moedas em Marc Grosso de s : - : :ue pmssaritielãçac . amas UNMWKXÍFÕMJWIPXVY na hai dapwtnri fÍñY-'KTXSAIM cxpciím manera. : ¡AWIHIUYQ- . Sparuijuaiilvb unit-una: .iiwzatlespir destinar/ otimas 21 (quinta-loira) ~ MarifioTaide 'Workshop Negócios Sociais Sociallab nogédnoineira equipe vmiis Negócios Sociais donas! 'so VAGAS DismnivEis rs( uses. Zkgdt- ali nentos nao rec¡ . reis entregues r o loca do evento. E queoeverac ser fe : as 'i a SRE' 'irrm/ gongl/ H' ll I:
  16. 16. AGUARDAMOS A SUA PRESENÇA NO «ÃL¡%_› ¡«°~ 'c a_ , .Í -: -›. ' iv Ehtcvmvuwttí DE INOVAÇÃO INCUBADORAS E PARQUES, cnMiNHoPAnAAcoNsoumcmDo S| ST EMA ESTADUAL DE INOVAÇÃO 20 . 21 de maio 2015 AUDlTÓRIO SEBRAEMS AV. MATO GROSSO, N° 1561. CENTRO, CAMPO GRAN DE __
  17. 17. 1"* ^ PIÁRIÚ FTNFSS br-rs J. VOCÊA RANSFORMA ASUA HOJE, SOMOS. E U M r 7 'Y' EU : :VH "acebiooa co 'n/ eumele-. eo
  18. 18. , * FHRADE oRGÁNicos , : ç AZANIVERSARIO »Amei / /l 2o NA ; mu DO a9 RADIO nã: CLUBE
  19. 19. O ponto de encontro entre empresas e profissionais de TI i, X b PONTO DE ENCONTRO ENT _TÍIPÍESAS E PROFISSIONAlS D TI l . hi1.. .-. . É- AGASEMDESTAQU _ . mdhlIImÍÚh* EMPRESAS QUE ANUNClAM (Mole-end «um qu! mcenvcavur' mm; Uliounmuadlt
  20. 20. i """"""""""""""""""""" " l IMPERIAIÊ Mou xmmmi u. AHISTÓNADÉCÀDAFÍSSOAÉESCRÍTANNDANOVENTREDENOSSKSMAES UMAJORNADADEMEEJOSEINCERVEZASEMQKJE ENCONYRAMOS SEGURANÇA NOSBRÀÃDEÍESÀIMPERÀTRZ NE_SS_L . V¡ 7.2¡ VCELEBREOPR NOSSN I ' LINHAii/ IEDITERRANEO l; .í " *i7 A' CLASSE ESPORTIVA __f IMPERIAIJ mas mi MCS
  21. 21. wakeiíeld

×