001 redação publicitária

363 visualizações

Publicada em

Primeiro conteúdo da disciplina de Redação Publicitária em Mídias Gráficas da Faculdade Estácio.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
363
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

001 redação publicitária

  1. 1. .J ~ . ;v3 a . k j; '“ #É u. ; - 1 C l -1 "' a s b o '°'c-, _ y _ '“'7¡Ê^v o QUE É PUBLICIDADE Pubücidade significa, genericamente, divulgar, tomar público um fato ou uma ideia. A palavra publicidade ' @Ligado latim "pubiicus", "público" em português.
  2. 2. c-ll Irá F* *l I** . l zlffzaeauí. 'I . . ›.; l ': à mui: em «s : - "'. lRZÍ. .vJ'= LD_FÊÍC~SJIII " . ki . -ílI,1=. lITo'f= (o'. '=›plrzollpzlnuüíoldllunl llifollnnnggífal? . , oluiiompuggguyllgopsozelin' ílnprzíialulâllolkílc, . r ;4_g¡'o¡¡; un: :f~_ ; m -l--wr-'z numa-dra: : : ni-lnüçasâ null¡ : Jlrzmcç › lu-Olplltlpiilíjlf-QYuOÍÕlIIO rfrillrãekuglaltgpç'
  3. 3. ' N ; QUE É PUBLICÍ oAáoEs ri 'l ç qpr pósitofde dar maior identidade a u produto ou à “as A, *esta/ torna os benefícios e Vantage do produto r a egfidcs e aumenta a convicção raciçinal ou V a emocional do consumidor emírelaçãciáo produto. publicidade além de estimular a açã de compra, tem ç 'X4
  4. 4. o QUE É PROPAGANDA? Propaganda é um modo específico de apresentar informação sobre um produto, marca, empresa ou instituição que visa influenciar a atitude de uma audiência para uma causa, posição ou atuação.
  5. 5. O QUE É PROPAGANDA? O CENP (Conselho Executivo de Normas Padrão) um dos órgãos que normatiza a atividade publicitária no Brasil, considera publicidade como sinônimo de propaganda.
  6. 6. l . .1 I: í li» lí¡›. ;›; ¡A*¡i*_Il¡Af“; Nt-'ãzfãlaclwf lãvl! :. o!kill-Mitoainiirs-pi-Iàllioliilaiíiaa gir-. qpnrgninzclai limicivnlnlta _IZPII-*Aâaãliníiãtiiâ-Oilliíiãl Eta » qoinnzqniimrzl: rslhrofeiau- »aomiqronalkxaisiiranálilnlnioilaynitsle. : Q(§1IIPÍl= iêv-: 'v1=llolI| fc›: . *steam¡faltando--»ãnlbliic-dtasàitrai ililtâprçraü. m¡uno. :-amuqui: -:: haniniiaudianpitóignutalniilau : :a1 : :mkIn-: luuipirzgp: : tozoiurgefrnmizonltocilnrõinlilnià-dtà _llllõlllã-Ílíiãtofãr "Elitlvulíi-'Tlngf' animar-Jc);
  7. 7. O QUE É PROPAGANDA? O termo publicidade é usado quando a veiculação na mídia é paga, já propaganda refere-se a veiculação espontânea (como a famosa propaganda boca-a-boca). Toda publicidade visa a divulgação de um produto e, consequentemente, sua compra pelo consumidor. AÀP~"'W. IJÍ: A ” › f/ ii i ; R1 r fil. . M' zh'. 'v- ' -7 ll/ *Ill i5” MW , fla 'f g . ', ' . i ; Away/ W " r v , Á E¡ ; l) t! E
  8. 8. O QUE É PROPAGANDA? Grosso modo, pode-se afimiar que a propaganda se refere à mensagem a ser veiculada ("oonteúdo"), enquanto a publicidade se refere aos "meios" (o "oomo") essa mensagem será veiculada nos diferentes meios. identificar as mensagens de propaganda é um pré-requisito para estudar os metodos utilizados para divulgação destas mensagens.
  9. 9. PROPAGANDA NÁ INTERNET O Google é o maior portal da rede, e oferece aos anunciantes uma ferramenta (meio) de divulgação que revolucionou o mercado publicitário' '. Pori$ooGoOgleé rloje uma das empresas mais valiosas do mercado na informática. o' -~' l _ i (VW i r . f à ' '* , Il ç t? ' gl: s f | ' l f. l ' 7 'l I I' v_ i4/ l I , ~ , , 'V'
  10. 10. GOOGLE ÁDWORDS Imagina sua empresa pagar apenas pelos clientes que chegam até suas dependências. Isso é o retomo de 100% - algo considerado impossivel antes do advento da ferramenta Google Adwords. Antigamente. para divulgar uma promoção de diária de um hotel, por exemplo, era necessário enviar 1000 cartas (mala direta) pelos correios.
  11. 11. wfl' Il ll : IL: ,il “Il/ l lHl P* ãfwzpiuuuinrogtou(william: -=I¡u: %.dt= ›-t= iioI¡nIo. . EIHGIOZOlIHTÕÍGIMlOÍEM-“llltlâbülo--6Í| 'lI0lV1ul: -OiÍI= lllÍ= l~*). Ivihtaaautoiiat oia-oinieitoiadto-aulvlto-at: ¡Izcliuniann t-Irain: :iuiilziiitlltitoiuzslto«lnwziáílauizmto-: Iau Irrm olliqLII-t = -0“'l= .lf0l 'lIv1=l›: iI'io'lo-á= ~uIIliic~ lllàlllil. = aíellllrtuulllpllzêtfà-*ff png: : nzlrwíllqliluqivr: (av: : lnltzlumvii: :I(í~«: ~~~. ~.: II : lira : I: vI ta: ;ngm t» IIIEÍUEÊHQLIK# um' ! SIM : ramal: uhrrnuu-. a «l . w. : rita um. : IIllt= mk¡ '14 'arame-obtain: tampa-wa
  12. 12. OUTRAS FORMAS DE PROPAGANDA NA INTERNET Colecionar seguidores do Tweeter e Facebook tem sido atualmente uma ferramenta muito usada por empresas que procuram fidelizar clientes e conquistar novos mercados- Em muitos casos é uma técnica eficiente, mas exige trabalho constante de atualização das publicações (posts).
  13. 13. COMUNICACAO E , COMUNICACAO PUBLICITARIA l l Há Cinco perguntas fundamentais antes de iniciar @Em _l ç a elaboração da mensagem do texto publicitário. 4 ' i M¡ tw J Juntas fonnam o direcionamento, a indicação . ' . 'lá 'à : v do que deve ser considerado na criação , f j' _ Í da mensagem. ' S: s* __ “j Na comunicação publicitária essas »ea Éíiílffr-iiii | perguntas tomam-se essenciais, pois as I 'p' j, informações obtidas por meio das perguntas “ ; Wim _. alteram-se a cada campanha criada pelo , ,j , ms , -5 redator e pelo diretor de arte. _ , 1m. - l »a1 Sem que a dupla siga um roteiro mínimo 'A , t, lj i @W513 de organização na criação de peças ou l til I _ gil í campanha, perde-se tempo, dinheiro l Í ¡ ; Ji eclientes. _l 'A z 7:1
  14. 14. OOUE COMUNICAR? A , O Sem conhecer o assunto (produto, empresa¡ serviço) dificilmente se elabora uma mensagem (texto publicitário). Este conhecimento eum - - _ ponto crucial para o trabalho do redato ' _, _ buscar a informação para saber o q a ~ " ' '3 * «- comunicar a respeito do produto, . empfesa, SGWÍÇO; _ . . _5- °'. "à O
  15. 15. a. ? _. ;, : 'í _ “ ! i A -I 9 n mu» "- er _í -J 5.0 7 l) n! !! w ll. . z _g _ r , s- , _ a_ 3 . f. . t-fl s' _ g5¡ _ _ç . › ~›. . “f H “ z u: : * P* r r : ec . r . v . Í 3;, sz. ; E _r : Wu : i: v. e , :e ' n . . l _La 3. C3 1. _' : Z
  16. 16. PARA QUEM COMUNICAR? Não se toma decisão de "como dizer' algo sem saber "para quem dizer”. Ou seja, a quem se destina a mensagem. Imagine um mesmo medicamento em gotas' (infantil) e em comprimidos (adultos); Ou uma agência de _ turismo com pacotes para a terceira idade e outro ' para jovens. As mensagens precisam ser _ '-' _ ü_ 'g diferentes, pois cada público tem o seu _ ' . ' ¡ repertório, seus interesses e ' _ . j_ seus discursos. ' . ° ' t I _ o_ j Í 'f' 4 , . _ '. . ag
  17. 17. COMO COMUNICAR? Para cada situação de comunicação devemos buscar uma estratégia que ajude a alcançar os objetivos. Por exemplo, para pedir 'algo-a' um amigo, devemos usar a afetividade: um encontro com a exposição do . problema pessoal, o sentimento, etc. ' Para solicitar _um empréstimo para , _ . ' ¡ um banco, devemos usar a_ _ ' _ . j_ objetividade, pois trata-se de . i . ° . uma transação comercial. - . - '- i I _ U_/ Í 'f' 4 , . "í * . '. I . ag '
  18. 18. . ao canal de comunicação. ONDE COMUNICAR? .. , ' A mensagem deve levar em consideração o' canal em que será transmitida Se a _ comunicação é direta, e importante usar' _- ' recursos interativos como expressão facial › P_ _ , _ _ e gestos. Mas quando é indireta (pelos ~ " ' A' ' meios de comunicação), a linguage: - a ser utilizada tem que ser adeq ' _' j

×