001 Planejamento Visual

445 visualizações

Publicada em

Primeiro conteúdo da disciplina de Planejamento Visual, Computação Gráfica e Design do curso de Publicidade e Propaganda da UCDB.

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

001 Planejamento Visual

  1. 1. PLANEJAMENTO vgsuAL, COMPUTAÇAO GRAFICA E DESIGN «
  2. 2. a_ a _FW PLANEJAMENTO VISUAL, COMPUTAÇÃO GRÁFICA E DESIGN Planejamento Visual Gráfico é a tarefa de organizar todos os elementos de uma página (texto, ilustração, cor, etc. ) de maneira tornar a mensagem mais legível e agradável.
  3. 3. PLANEJAMENTO VlSUAL, COMPUTAÇAO GRAFICA E DESIGN Todo la começa com um espaço em branco que pode ser pree ido com textos, imagens, cores, etc. , mas, acima de tudo, deve ser preenchido com objetividade, simplicidade e inteligência. / I
  4. 4. 'c . . 'n u . _. j¡ n «w '. .j À- 'xl 2.¡ n 5' - _ .1 'If-y fg¡ _ _ ) v . ., L , -. ~ : :of ' - 4.: . - r . . = r . . , , _ e, ', S¡ I o . V. -"' . -. ' r ° z - ' um. : ~, x . -” ' ix . Z ¡ j COMPUTAÇA , ,. j. n, . n 7 EDESIGN . nas. a *› x . ~. _ I. /› O layout baseia-se na diagramação, organização, _ ordenação dos elementos. *. ' '. . _›_
  5. 5. PLANEJAMENTO visuAL, ' a COMPUTAÇÃO GRÁFICA E DESIG N a . - É preciso ter a compreensão que tudo em uma página significa algo, ou seja, nãoapenas as palavras, 'as ilustrações . e as imagens têm sentido no anúncio, mas toda a disposição das informações_ na página possui significado einñuência , ' › no modo como o observador vai apreender a mensagem. n
  6. 6. ;Í ii " o . _F*)LAJ; ieltL= íelAAxlYAJÉÍÍLAVIA : ÃlíiLlÃAlàLçi A › Cir lçitlçlil' tJAiafLUÉxWi ÊLÉ"LÃLLJ, IÉ: JV'1LÊUL «aan-lt _hnatlgñtimvlãli-iluñãli"plâl : :Ibn-hi Lutar-mito). E _ c': :intimista-lnieivnidtei' 'animam
  7. 7. ?'LÁÉI, i1lsIE, ;Í_Áà. LÊlJ: Hi e j Ííí: Iií: i_i~; iJ 'L t_t': íxí_; ;_ 'leillil _F ? í i2? I '(55' i i . llqftíiíãilàílilüÍÍÍ ii( Éiessit- ! Iii crduijgrâ) InIlInIeH---i-_Ààiapnuí ton, .A -Il Clklanilnnlc: :lltânllçtllmirflnií-I¡nmtâaie. 'fsiümnqkkaiemiolliiauoílm : qua: ¡Iclkállblom¡i= lIííáiml¡hüulêlíhliâjkllildã-Qll(ãuntbilléilli _citar VÃÊÊIQÍÍÍIIIÊÍLÍQL ; ASSÊIÍÓXGÍQIKHF 'ãlñêültrãltíãhltdlàülidia «latina ÓÍmnlllÍlllIRO; si'
  8. 8. IJÀEILJ¡ H¡ [rÍ”A_ . rlLiítrâclsíc -Áâ. l“3;l. L=›I_r7fcl'*Í" Ir' unir* t, trtyzxlxr: ci üílrzt-ifitgrãq-çróiii Iiíllífñliwrátíiâlilílitçlfàiíli)”'M " uiliíalialltçgalaalíiiiâr aiii¡nui(álilniíàlííilvlalíbnlhaalIãííllñ l^ ¡nnr : lllllsál ¡ananipiraiainioílioihnr "lionlllil '. .u. (n . ar-av. n_ ar. , raiar-rein- uiargitrçihr-rtaiiúiaiaixg I'M-J, aliam! nã¡? Xipllmía, -iillelllalliíonllnlslãlálil : namifoiigiuiar
  9. 9. Ang-n' PLANEJAMENTO VISUAL, COM PUTAÇAO GRAFICA E DESIGN Um dos grandes equívocos cometidos por principiantes ao diagramar uma página é distribuir as informações "por igual", sem deixar "brancos". lsso é ineficiente porque uma página "por igual" não estabelece a hierarquia tão necessária a comunicação. Além disso, é preciso considerar que os espaços em branco também são significativos. É ideal deixar uma "área de silêncio" em tomo de uma informação que julgamos importante_
  10. 10. "' L W l a ' E A . _. . E. E. , _ , J x' / _ as b ' w r_ *In s¡ i» _ . t» . já ú . A segunda consideração essencial no processo de diagramação e a ideia (le que os ollios fazem um caminho "costume-irol' pela pagina. F natural, eniie IlÓS, de origem cultural judaicoecrlstà ocidental, que desde tedo aprendemos que uma página se le Cla *esquerda para direita e de rima para baixo, lororrc? o oposto no Japão, por exemplo), achar que o oIIial do OÕSQIVBCÍOl' vai iiaturalriiente partir do topo da pagina e descer ao pe ou que ele fara Lima leitura diagonal do canto supc-vrior esquerdo ao cianto inferior direito (Vesteiggiaid e Scliiocier, ZOO/ l, p. 63).
  11. 11. _. -__. _ . _-<- an; viSUALizAçÃo DA' ' PAGINA. ” IMPRESSA Os pontos 1 e 2 correspondem às ZONAS NOBRES:1) zona primária- dentro de uma leitura ocidental, área onde procuramos em primeiro lugar quando olhamos para uma página impressa; 2) zona terminal diagonal- corremos o olho rapidamente, seguindo a linha diagonal visualizando de forma geral os elementos/ assuntos da página.
  12. 12. _. -__. _ . _-<- an; viSUALizAçÃo DA' ' PAGINA IMPRESSA Os pontos 3 e 4 correspondem às ZONAS MORTAS: 3) zona morta- setor que necessita ser valorizado com elementos de destaque para um maior equilíbrio dos elementos, colocando fotos, ou textos em destaque; 4) zona morta terminal- seguimos nosso olhar ao setor quatro procurando novos elementos de interesse.
  13. 13. _ . ví, . _-<- an; VlbS UALLZAÇAO DA PAGINA livi PRESSA O ponto 5 corresponde ao CENTRO ÓTlCO: Situado um pouco acima do centro geométrico. O centro ótico é o ponto que paramos realmente, atentando para os detalhes. Por isso esta zona central tem a força maior natural para prender nossa atenção.
  14. 14. _ . ví, . _-<- an; viSUALizAçÃo DA' ' PAGINA IMPRESSA Por fim, o ponto 6 é o CENTRO GEOMÉTRICO: Depois dessa rápida olhada pela página, focalizamos a vista no ponto central.
  15. 15. vISUALizAçÃo DA PAGINA IMPRESSA O diagramador deve preencher as zonas mortas e o centro ótico da página com aspectos atrativos para que a leitura se' torne ordenada, com racionalidade, sem o deslocamento brutal da visão.
  16. 16. viSUALIzAçAo DA PAGINA IMPRESSA FONTE BIBLIOGRÁFICA: ARAÚJO, Sidney. Print- um toque de direção de arte. CESAR, Newton. Direção de arte em propaganda . 1 ed. São Paulo: Futura, 2000. COLLARO, A. Celso. Projeto Gráfico: teoria e prática da diagramação . 2 ed. Rio de Janeiro, 2002. FIGUEIREDO, Celso. Redação Publicitária: sedução pela pa| avra. São Paulo: Thomson, 2006. VESTERGAARD, T. , SCHRODER, K. A linguagem da propaganda. 4 ed. Martins Fontes, 2004.

×