19 energia solar-fotovoltaica-em-aeroportos-priscila-braun

837 visualizações

Publicada em

Apresentação Energia Solar em Aeroportos - Ricardo Ruther e Priscila Braun-Grabolle (USFC)
Disponibilizado no site do Instituto Ideal

Rafael Celso Pereira

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

19 energia solar-fotovoltaica-em-aeroportos-priscila-braun

  1. 1. Priscila Braun-GrabolleRicardo Rüther Universidade Federal de Santa Catarina
  2. 2. Energia Solar Diferentes!!!! Energia Elétrica Energia TérmicaCasa Eficiente – Eletrobrás Eletrosul Florianópolis - SC
  3. 3. – Irradiância solar => eletricidade (efeito fotovoltaico) ( ) contato metálico frontal fótons camada tipo-n (excesso de elétrons) tipo n película anti-refletora material semicondutor camada ti d tipo-p ((excesso d l de lacunas) ) contato metálico traseiro
  4. 4. – Tecnologias g Material semicondutor
  5. 5. – Módulos fotovoltaicos MÓDULOS FOTOVOLTAICOS conjunto decélulas fotovoltaicas
  6. 6. Arranjo fotovoltaicoCasa Eficiente – Eletrobrás Eletrosul Florianópolis - SC
  7. 7. – High-tech mas é simples de usar– É um sistema sem peças móveis– Baixa manutenção e operação desassistida– Não produz ruído– C Característica modular (mW a MW) t í ti d l ( W– Não-poluente e renovável p
  8. 8. – Irradiação solar Na região mais ensolarada da Alemanha é 40% menor do que na região menos ensolarada do Brasil kWh/m2 2153-2226 2080-2153 2117-2007 1934-2080 1861-1934 1788-1861 1715-1788 1642-1715
  9. 9. Arranjo j Fotovoltaico CARGAS CCControlador Banco de Inversor CARGAS CA de carga Baterias CC => CA Componentes C t • Módulos fotovoltaicos • Controlador de carga • Banco de baterias • In e so Inversor
  10. 10. Ilha de RatonesFlorianópolis-SC p Sistema para alimentação da Ilha Módulos (p-Si) - 4.676Wp 20 Baterias Estacionarias 180Ah
  11. 11. Arranjo j Fotovoltaico Medidor ( (kWh) ) REDEIInversor Medidor Opcional CARGAS CACC => CA (kWh) Componentes • Módulos fotovoltaicos • Inversor
  12. 12. Número deGrandes áreas sem Passageiros:sombreamento b t Crescimento de 5% ao ano (mundo) 12% no Brasil“Meio mundo” em 2009 passa pelos aeroportostodos os anos Novo Aeroporto Internacional de Florianópolis Fonte: INFRAERO Pode P d ser f t de $ para fi fonte d financiar sistemas f t i i t fotovoltaicos lt i em grande escala
  13. 13. – As características construtivas dos aeroportos: praticamente horizontais, grandes áreas, livres de sombreamento; h i t i d á li d b t– Muitos formadores de opinião e tomadores de decisão passam por aeroportos;– Os aeroportos estão em crescente ampliação e modernização em função do aumento da quantidade de passageiros;– A INFRAERO vem investindo em renovação e construção de ã ã novos aeroportos no Brasil.
  14. 14. MAS, Saarbrücken, Alemanhaé permitido espalharfotovoltaico emaeroportos? 1ª fase 2ª fase 3ª fase Janeiro 2004 Setembro 2005 Dezembro 2005 1,4 MWp 1,8 MWp 0,8 MWp 10.000m 10.000m² 35.000m 35.000m² 3.500m 3.500m² 9.200 módulos 10.360 módulos 3.500 módulos 1.100 ton CO2 / ano 1.500 ton CO2 / ano 600 ton CO2 / ano TOTAL = 4 MWp http://www.city-solar-ag.com/index.php?id=90
  15. 15. MAS, é permitido espalhar fotovoltaico em aeroportos? Munique, Alemanha q , Novembro 2002 0,457 MWp 4.000 m² 2.856 2 856 módulos – 160W p-Si p Si 450.000 kWh/ano 423 ton CO2 / ano http://www.deutschebp.de
  16. 16. MAS, é permitido espalhar fotovoltaico em aeroportos? Colônia, Al C lô i Alemanha h Outubro 2008Março 2009 1,0 MWp ,0 p0,295 MWp 16.000 m²9.000 m² 4.300 módulos – 230W m-Si1.6851 685 módulos – 175W p Si p-Si 1 TWh/ TWh/ano265.400 kWh/ano http://www.koelnerbildagentur.de
  17. 17. Aeroporto Internacional de Brasília /DFAeroporto Internacional de Guarulhos /SPAeroporto Internacional do Rio de Janeiro /RJ pAeroporto Internacional de Florianópolis /SC
  18. 18. Tecnologia Fabricante Modelo Potência (W) a-Si UniSolar PVL-136 136 HIT Sanyo Solar HIP 205BA3 HIP-205BA3 205 m-Si Shell Solar Ultra 175-PC 175
  19. 19. Aeroporto Internacional de Brasília /DF
  20. 20. Aeroporto Internacional de Brasília /DF Potência Geração Tecnologia Contribuição (MWp) (GWh) a-Si 1,2 12,9 87% HIT 3,0 21,4 150% m-Si m Si 2,3 23 18,6 18 6 130%
  21. 21. Aeroporto Internacional de Guarulhos /SP
  22. 22. Aeroporto Internacional de Guarulhos /SP Potência Geração Tecnologia Contribuição (MWp) (GWh) a-Si 2,9 24,9 29% HIT 7,5 42,1 50% m-Si m Si 5,4 54 36,6 36 6 43%
  23. 23. Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro /RJ
  24. 24. Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro /RJ Potência Geração Tecnologia Contribuição (MWp) (GWh) a-Si 3,7 24,9 29% HIT 9,7 42,1 50% m-Si m Si 7,2 72 36,6 36 6 44%
  25. 25. Aeroporto Internacional de Florianópolis /SC Potência Geração Tecnologia Contribuição (MWp) (GWh) a-Si 1,4 0,6 30% m-Si
  26. 26. Área da Área do gerador solar:edificação: 14.000 m² de área de33.000 m² cobertura + brisesde áreaconstruída Novo A N Aeroporto I t t Internacional d Florianópolis i l de Fl i ó li Fonte: INFRAERO Custo do gerador Custo da obra do novo R$ 11 milhões ~ 4% ilhõ aeroporto R$ 276 milhões do custo total da obra
  27. 27. – A aviação é responsável por 3,5% das emissões globais de CO2, CO2 com expectativa de dobrar nos próximos 15 anos;Emissões da aviação ficaram f õ ã f fora de Kyoto até 2012 éO que fazer com esta realidade ?
  28. 28. Encarar pode ser uma boa alternativa!
  29. 29. Benefícios para a INFRAERO e para o BRASILVANGUARDA e IMAGEMA Infraero (e o Brasil), admitindo o impacto dasemissões da aviação, toma medidas voluntáriasANTES de ser obrigada (Kyoto 2012)BENEFÍCIOSAlém da imagem, passa a usufruir da energia limpae renovável gerada no ponto de consumo LARGA ESCALAEstabelecimento de uma indústria nacional de fabricação de módulos solares impulsiona o mercado!!
  30. 30. Priscila Braun-Grabollepriscilab@labeee.ufsc.br i il b@l b f b+55 (48) 3721-5184 Universidade Federal de Santa Catarina
  31. 31. A cada vez que aprodução acumuladadobra, o custo deprodução diminui emcerca de 20% O custo da tecnologia fotovoltaica poderá ser inferior a um dólar por Wp em 2020

×