Consumismo infantil

7.217 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
175
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Consumismo infantil

  1. 1. Consumismo Infantil
  2. 2. Dados Estatísticos
  3. 3. • Atualmente o Brasil é composto por 45 milhões de crianças (aproximadamente 25%) em seu território, esse é o motivo pelo qual tantas empresas procuram investir no público infantil.• Isso coloca o país como o 2º maior consumidor de produtos infantis destinados a pessoas de 0 a 10 anos. Fonte: IBGE e Euromonitor
  4. 4. Comportamento Infantil de 0 a 12 anos
  5. 5. Crianças na Internet• Uma pesquisa da AVG, realizada com 2.200 mães de crianças de 2 a 5 anos de idade, em 10 países, apontou que as crianças de hoje desenvolvem habilidades digitais até mais cedo do que brincadeiras tradicionais.• E outra pesquisa aponta que as crianças brasileiras são as mais jovens a entrar em redes sociais
  6. 6. Idade média das crianças que utilizam as redes sociais Fonte: “Internet Safety for Kids & Families
  7. 7. Obesidade Infantil• Segundo algumas pesquisas da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), os brasileiros correm risco do índice de obesidade no Brasil chegar a “empatar” ou até mesmo superar os EUA.• Hoje, uma em cada cinco crianças entre 5 e 9 anos está acima do peso normal para a idade.• A Obesidade também atinge famílias, quase 40% das crianças no Brasil. Essas famílias estão entre as classes médias e classes médias baixas.
  8. 8. Tá, e onde entra a publicidade nisso?
  9. 9. Calma, esse vídeo vai explicar tudo: Paciência Jovem Padawan
  10. 10. Agora falaremos um pouco mais sobre cada item:
  11. 11. Obesidade Infantil
  12. 12. • Dados do IBGE mostram que houve um aumento de mais de 200% na incidência de sobrepeso em crianças com idades entre cinco e nove anos nos últimos 30 anos no país• Um dos grandes motivos das crianças gordinhas desse meu Brasil de meu Deus é devido as diversas propagandas de fast foods e alimentos já prontos (geralmente os que vem com brinquedos).• E quem é que faz essas propagandas que fazem as crianças consumirem cada vez mais?
  13. 13. Nós publicitários! Sinta-se um vilão agora! ... Tá já pode parar!
  14. 14. Na verdade só estamos fazendo nosso trabalho, a educaçãoalimentar vem de casa, cabem aos pais a dizerem ao seusfilhos o que podem ou não consumir.
  15. 15. Agora um vídeo sobre obesidade infantil:
  16. 16. Crianças na Rede
  17. 17. Ok, falando sério agora
  18. 18. • Como foi mostrado no começo da apresentação, o aumento de crianças na Internet vem crescendo muito.• De acordo com a pesquisa do Ibope Nielsen Online, a quantidade de internautas entre 2 e 11 anos registrou alta de 15%.• Levando em conta que toda a internet domiciliar cresceu apenas 7% no Brasil nos últimos seis meses.• Atualmente estas crianças nessa faixa etária já representam 14.1% de toda a comunidade conectada do país, tendo chegado aos 5,9 milhões em maio.• Nos últimos 24 meses, a taxa de crescimento dos pequenos na rede foi de 1 milhão ao ano.
  19. 19. E como a publicidade age com as crianças na internet?
  20. 20. Não só a publicidade infantil, mas a publicidade em si temcada vez mais investindo nas redes sociais, onde podematingir os mais variados públicos.Para falar com as crianças, geralmente são em sites de jogosonline, de revistas infantis ou desenhos.
  21. 21. Habbo, quem nunca?
  22. 22. Mas o que a Lei diz sobre publicidade infantil?
  23. 23. No CONAR existe apenas uma recomendação para aqueles queforem trabalhar com publicidade infantil:
  24. 24. O artigo 37 do código de regulamentação do órgão diz:• “b. respeitar-se-á especialmente a ingenuidade e a credulidade, a inexperiência e o sentimento de lealdade dos menores; c. não se ofenderá moralmente o menor; d. não se admitirá que o anúncio torne implícita uma inferioridade do menor, caso este não consuma o produto oferecido; e. não se permitirá que a influência do menor, estimulada pelo anúncio, leve-o a constranger seus responsáveis ou importunar terceiros ou o arraste a uma posição socialmente condenável;”
  25. 25. Porém, não há punição de quem não cumprir essa regulamentação (Afinal, é só uma recomendação).
  26. 26. Por isso esse tema gera tanta discussão entre pais,políticos, ONGs e publicitários
  27. 27. Mas então,o que eles pensam sobre o assunto?
  28. 28. Mas e aí, qual é a sua opinião?

×