Matéria e suas propriedades

Bio Sem Limites
Bio Sem LimitesEditor de vídeo-aulas no YouTubeEdu em Bio Sem Limites

Resumo sobre Matéria e suas propriedades

Acesse:ciensinadobiologia.come façao download.
Matéria e suas Propriedades
Matéria é tudo o que tem massa e volume, em palavras mais
populares: É tudo o que tem massa e ocupa lugar no espaço. Aqui, massa
refere-se a quantidade de matéria que está presente numa amostra. A
matéria pode ser chamada de corpo quando se tratar de uma porção
delimitada dela e de objeto quando parte dela se referir a algo usado como
utensílio ou ferramenta para o homem.
EXcorpo: pedaço de vidro, barra de ouro (perceba que um pedaço de
vidro e uma barra de ouro representam apenas uma parte da matéria vidro
e da matéria ouro existentes).
EXO bjeto: copo de vidro, joias de ouro (perceba que o copo de vidro e as
joias de ouro são partes da matéria que possuem alguma utilidade para
homem).
Tanto os seres vivos (bactérias, protozoários, fungos, plantas e
animais) quanto os seres não vivos (rochas, minerais, ar, água, etc.) são
formados por matéria.
Os mais diversos tipos de matérias podem ser identificados e
diferenciados uns dos outros através de uma série de características que
trataremos como sendo as propriedades da matéria.
Há as propriedades gerais que são comuns a toda espécie de matéria
e as propriedades específicas que são características peculiares dela.
Massa e volume são exemplos de propriedades gerais.
As propriedades organolépticas, aquelas que podem ser percebidas
através dos sentidos humanos (cheiro = olfato; sabor = paladar; cor = visão;
viscosidade = tato; etc.), são exemplos de propriedades específicas da
matéria, além de: ponto de fusão, ponto de ebulição, densidade,
maleabilidade, ductibilidade, inflamabilidade, reatividade, entre outras.
Estas característica podem ser classificadas ainda como propriedades
físicas ou propriedades químicas.
Propriedades físicas são as qualidades ou os atributos que uma
amostra da matéria exibe sem que haja mudança em sua forma ou estado,
não modificando sua composição. Os pontos de fusão e de ebulição são
propriedades físicas. No derretimento do gelo (fusão), por exemplo, a
transformação da matéria é apenas em seu estado físico, de sólido para
Acesse:ciensinadobiologia.come façao download.
líquido, no entanto a composição da substância não se modifica, o gelo é
água no estado sólido e após seu derretimento continua sendo água, mas
agora no estado líquido.
Água(sólido)  Água(líquido)
Propriedades químicas são as
qualidades ou os atributos que uma amostra
da matéria exibe sofrendo ou resistindo as
alterações em sua composição. A exemplo
disto, a oxidação do ferro muda a composição deste, convertendo-o em óxido
férrico (ferrugem). O ferro é um metal que demonstra facilidade em reagir
com oxigênio em relação ao ouro, neste caso estamos nos referindo a uma
propriedade química destes materiais (ferro e ouro), a reatividade. O ferro
se apresenta mais reativo que o ouro, ou seja, o ferro possui facilidade em
oxidar-se o ouro não. Outro exemplo é caso da enzima amilase salivar que
é responsável pela digestão química do amido, transformando-o em glicose.
4Fe(s) + 3O2(g)  2Fe2O3(s)
Ferro Gás oxigênio Ferrugem
Vale citar ainda outras as propriedades ditas extensivas e intensivas.
Propriedade extensivas são aquelas que dependem da quantidade de
substância presente na amostra. O volume e a massa são propriedades
extensivas, pois são diretamente proporcionais a quantidade de matéria da
amostra, ou seja, em 2 L de água haverá maior volume e massa que em
apenas 1 L da mesma substância (sob as mesmas condições), obviamente.
As propriedades intensivas são independentes da quantidade de substância
presente na amostra. Cor, brilho, ponto de fusão e ebulição são alguns
exemplos de propriedades intensivas da matéria, pois não importa se temos
2 L ou 1L de água, a cor, brilho, pontos de fusão e ebulição não irão ser
diferentes.
A densidade é uma propriedade física que possui a seguinte fórmula:
D =
m
V
Reatividade=que faz reagir, que
provoca reação; reagente.
Dicionário Eletrônico
Houaiss da Língua
Portuguesa 3.0
Acesse:ciensinadobiologia.come façao download.
É calculada através de duas propriedades extensivas, mas ainda assim
é uma propriedade intensiva, pois a densidade não se altera com maior ou
menor quantidade de amostra da substância.
DICA: Todas as propriedades químicas são também propriedades intensivas.
Os estados físicos da matéria
São três os estados físicos da matéria: sólido, líquido e gasoso. Um
sólido possui forma e volume definido, sua forma e volume não se altera
independente do recipiente em que seja colocado. Um cubo de gelo,
permanece sendo um cubo onde quer que seja colocado (sem considerar que
ele derreta, é claro), um prego também não perderá a sua forma que esteja
dentro de uma caixa de ferramentas, quer esteja em cima de uma mesa ou
dentro de um copo, e, seu volume também não se altera. Um líquido possui
volume definido, mas a forma não. O líquido sempre toma a forma do
recipiente. Para um gás tanta a forma quanto o volume são variáveis, é por
este motivo que ao abrir o frasco de perfume o cheiro se espalha por todo o
ambiente.
As partículas de um sólido estão agrupadas e bastante organizadas,
um líquido tem suas partículas agrupadas, mas menos organizadas que as do
sólido, já as partículas de um gás encontra-se desagrupadas e bastante
desorganizadas.
Classificação da matéria
A matéria pode ser classificada como substância pura ou mistura.
Uma substância pura é composta por um único componente. Este tipo
de substância pode ser caracterizado por suas propriedades físicas, já que
estas propriedades não mudam de amostra para amostra, ou seja o ponto de
fusão, por exemplo, da água é diferente do ponto de fusão do sal,
características que identificam o tipo da amostra. Caso ocorra qualquer
alteração física da matéria, esta não se decompõem em outra espécie de
amostra.
EX.: Água (H2O) e Sal (NaCl) são exemplos de substâncias puras.
Acesse:ciensinadobiologia.come façao download.
Uma mistura é composta por mais de um componente, assim as
propriedades físicas se alteram de uma amostra para outra, ou seja, o sabor
da água misturada ao sal é diferente do sabor da água misturada ao açúcar,
ou ainda, dependendo da quantidade de sal adicionado este pode deixar a
mistura mais salgada ou menos salgada. Uma mistura também pode ser
separada através de alterações físicas. Ao aquecer a mistura água e sal até
seu intervalo de ebulição é possível separar água do sal, obtendo no final a
substância sal que não evapora.
EX.: Se colocarmos um colher de sal (NaCl) num copo com água (H2O)
temos uma mistura com dois componentes.
Acesse: ciensinandobiologia.com

Recomendados

Estudo da matéria por
Estudo da matériaEstudo da matéria
Estudo da matériaDalu Barreto
26.6K visualizações64 slides
Propriedades da matéria por
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matériaRoberta Almeida
2.6K visualizações14 slides
Aula propriedade da materia por
Aula propriedade da materiaAula propriedade da materia
Aula propriedade da materiaCoens Cursos e Concursos
402 visualizações79 slides
Matéria 9° ano por
Matéria   9° anoMatéria   9° ano
Matéria 9° anoadriana
23.5K visualizações32 slides
Propriedades gerais da materia por
Propriedades gerais da materiaPropriedades gerais da materia
Propriedades gerais da materiaLucas Mariano da Cunha e Silva
22.9K visualizações49 slides
A matéria e suas transformações por
A matéria e suas transformaçõesA matéria e suas transformações
A matéria e suas transformaçõesKarol Maia
23.3K visualizações24 slides

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Propriedades da materia por
Propriedades da materiaPropriedades da materia
Propriedades da materiaLuiza Gonçalves
1.9K visualizações16 slides
Propriedades da matéria por
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matériamatheusrl98
47.9K visualizações16 slides
Início da química por
Início da químicaInício da química
Início da químicaKarol Maia
6.9K visualizações30 slides
Denner e jennefer propriedades da materia por
Denner e jennefer propriedades da materiaDenner e jennefer propriedades da materia
Denner e jennefer propriedades da materiaemefguerreiro
462 visualizações7 slides
Propriedades específicas da matéria por
Propriedades específicas  da matériaPropriedades específicas  da matéria
Propriedades específicas da matériaPedro Araújo
1.1K visualizações36 slides
Matéria e energia por
Matéria e energiaMatéria e energia
Matéria e energiagiovannimusetti
4.6K visualizações30 slides

Mais procurados(20)

Propriedades da materia por Luiza Gonçalves
Propriedades da materiaPropriedades da materia
Propriedades da materia
Luiza Gonçalves1.9K visualizações
Propriedades da matéria por matheusrl98
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
matheusrl9847.9K visualizações
Início da química por Karol Maia
Início da químicaInício da química
Início da química
Karol Maia6.9K visualizações
Denner e jennefer propriedades da materia por emefguerreiro
Denner e jennefer propriedades da materiaDenner e jennefer propriedades da materia
Denner e jennefer propriedades da materia
emefguerreiro462 visualizações
Propriedades específicas da matéria por Pedro Araújo
Propriedades específicas  da matériaPropriedades específicas  da matéria
Propriedades específicas da matéria
Pedro Araújo1.1K visualizações
Matéria e energia por giovannimusetti
Matéria e energiaMatéria e energia
Matéria e energia
giovannimusetti4.6K visualizações
Propriedades da matéria (1) por santanaciencias
Propriedades da matéria (1)Propriedades da matéria (1)
Propriedades da matéria (1)
santanaciencias23.4K visualizações
Fenômenos e propriedades da matéria por Carlos Priante
Fenômenos e propriedades da matériaFenômenos e propriedades da matéria
Fenômenos e propriedades da matéria
Carlos Priante2.4K visualizações
Aula 02 matéria e suas propriedades por Rafael Varistelo
Aula 02   matéria e suas propriedadesAula 02   matéria e suas propriedades
Aula 02 matéria e suas propriedades
Rafael Varistelo1.7K visualizações
9 ano propriedades da matéria por crisbassanimedeiros
9 ano propriedades da matéria9 ano propriedades da matéria
9 ano propriedades da matéria
crisbassanimedeiros16.9K visualizações
Matéria por marise brandao
MatériaMatéria
Matéria
marise brandao10.9K visualizações
Propriedades da matéria bruna silva por emefguerreiro
Propriedades da matéria bruna silvaPropriedades da matéria bruna silva
Propriedades da matéria bruna silva
emefguerreiro1.4K visualizações
Alcione - slides (A matéria e suas propriedades por AlcioneShirley2011
Alcione -  slides (A matéria e suas propriedadesAlcione -  slides (A matéria e suas propriedades
Alcione - slides (A matéria e suas propriedades
AlcioneShirley201110.1K visualizações
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades por Carolina Suisso
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
9º ano - 1º bimestre - Matéria e suas propriedades
Carolina Suisso29.3K visualizações
Matéria, constituição, propriedades e transformações por SMEdeItabaianinha
Matéria, constituição, propriedades e transformaçõesMatéria, constituição, propriedades e transformações
Matéria, constituição, propriedades e transformações
SMEdeItabaianinha3K visualizações
Propriedades dos materiais por PublicaTUDO
Propriedades dos materiaisPropriedades dos materiais
Propriedades dos materiais
PublicaTUDO7.2K visualizações
Aula 1 propriedades da matéria por profNICODEMOS
Aula 1   propriedades da matéria Aula 1   propriedades da matéria
Aula 1 propriedades da matéria
profNICODEMOS3.2K visualizações
Propriedades da matéria juliana c-31 por emefguerreiro
Propriedades da matéria   juliana c-31Propriedades da matéria   juliana c-31
Propriedades da matéria juliana c-31
emefguerreiro600 visualizações
Propriedades Gerais e Específicas da Matéria - resumo teórico por Otávio Sales
Propriedades Gerais e Específicas da Matéria - resumo teóricoPropriedades Gerais e Específicas da Matéria - resumo teórico
Propriedades Gerais e Específicas da Matéria - resumo teórico
Otávio Sales7.8K visualizações

Destaque

Física e química introdução matéria e suas propriedades por
Física e química introdução matéria e suas propriedadesFísica e química introdução matéria e suas propriedades
Física e química introdução matéria e suas propriedadesCarlos Alexandre Ribeiro Dorte
9.2K visualizações16 slides
Matéria e energia 9º ano Prof. Jucicleia por
Matéria e energia 9º ano Prof. JucicleiaMatéria e energia 9º ano Prof. Jucicleia
Matéria e energia 9º ano Prof. JucicleiaJucicleia Mariano
31.4K visualizações23 slides
A materia e as súas propiedades por
A materia e as súas propiedadesA materia e as súas propiedades
A materia e as súas propiedadesguest6378c1
640 visualizações12 slides
Reações químicas por
Reações químicasReações químicas
Reações químicasLucas Mariano da Cunha e Silva
6K visualizações31 slides
A matéria e suas propriedades por
A matéria e suas propriedadesA matéria e suas propriedades
A matéria e suas propriedadesLuise Moura
1.9K visualizações6 slides
Lista de exercícios_de_química por
Lista de exercícios_de_químicaLista de exercícios_de_química
Lista de exercícios_de_químicaRonnie Ederli
38.4K visualizações22 slides

Destaque(19)

Matéria e energia 9º ano Prof. Jucicleia por Jucicleia Mariano
Matéria e energia 9º ano Prof. JucicleiaMatéria e energia 9º ano Prof. Jucicleia
Matéria e energia 9º ano Prof. Jucicleia
Jucicleia Mariano31.4K visualizações
A materia e as súas propiedades por guest6378c1
A materia e as súas propiedadesA materia e as súas propiedades
A materia e as súas propiedades
guest6378c1640 visualizações
A matéria e suas propriedades por Luise Moura
A matéria e suas propriedadesA matéria e suas propriedades
A matéria e suas propriedades
Luise Moura1.9K visualizações
Lista de exercícios_de_química por Ronnie Ederli
Lista de exercícios_de_químicaLista de exercícios_de_química
Lista de exercícios_de_química
Ronnie Ederli38.4K visualizações
CFQ: Propriedades físicas e químicas das substâncias por nelsonesim
CFQ: Propriedades físicas e químicas das substânciasCFQ: Propriedades físicas e químicas das substâncias
CFQ: Propriedades físicas e químicas das substâncias
nelsonesim29.2K visualizações
O que pensam os cientistas sobre Deus? por Presentepravoce SOS
O que pensam os cientistas sobre Deus?O que pensam os cientistas sobre Deus?
O que pensam os cientistas sobre Deus?
Presentepravoce SOS13.9K visualizações
Trabalho de quimica ensino médio por WANDERSON JONER
Trabalho de quimica ensino médioTrabalho de quimica ensino médio
Trabalho de quimica ensino médio
WANDERSON JONER45.1K visualizações
Aula sobre grandezas químicas por Profª Alda Ernestina
Aula sobre grandezas químicasAula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicas
Profª Alda Ernestina12.8K visualizações
Trabalho de química - 1a O2. por EEB Francisco Mazzola
Trabalho de química - 1a O2.Trabalho de química - 1a O2.
Trabalho de química - 1a O2.
EEB Francisco Mazzola36.4K visualizações
Ap quimica modulo 01 exercicios por comentada
Ap quimica modulo 01 exerciciosAp quimica modulo 01 exercicios
Ap quimica modulo 01 exercicios
comentada24.8K visualizações
Lista de exercícios i de química orgânica pdf por Karol Maia
Lista de exercícios i de química orgânica   pdfLista de exercícios i de química orgânica   pdf
Lista de exercícios i de química orgânica pdf
Karol Maia29.7K visualizações
ATOMÍSTICA-INTRODUÇÃO por ORISVALDO SANTANA
ATOMÍSTICA-INTRODUÇÃOATOMÍSTICA-INTRODUÇÃO
ATOMÍSTICA-INTRODUÇÃO
ORISVALDO SANTANA39.6K visualizações
Imperialismo por Raí Camelo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Raí Camelo6.1K visualizações
Medidas e sistema de unidades por Guilherme Machado
Medidas e sistema de unidadesMedidas e sistema de unidades
Medidas e sistema de unidades
Guilherme Machado9.3K visualizações
Propriedades fisicas e quimicas por Isadora Girio
Propriedades fisicas e quimicasPropriedades fisicas e quimicas
Propriedades fisicas e quimicas
Isadora Girio28.6K visualizações
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda... por Joana Figueredo
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
www.exerciciosresolvidosde.com.br - Química - Exercícios Resolvidos Proprieda...
Joana Figueredo30.1K visualizações
Livro de capa_preta por Presentepravoce SOS
Livro de capa_pretaLivro de capa_preta
Livro de capa_preta
Presentepravoce SOS46.1K visualizações

Similar a Matéria e suas propriedades

Apostila de Química Aplicada por
Apostila de Química AplicadaApostila de Química Aplicada
Apostila de Química AplicadaJosé Vitor Alves
5.2K visualizações26 slides
Capítulo 1: Matéria e medidas por
Capítulo 1: Matéria e medidasCapítulo 1: Matéria e medidas
Capítulo 1: Matéria e medidasKaires Braga
5.6K visualizações59 slides
Noções básicas de química inorgânica por
Noções básicas de química inorgânicaNoções básicas de química inorgânica
Noções básicas de química inorgânicacmdantasba
5.1K visualizações6 slides
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria por
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaClassificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaProfª Alda Ernestina
9.8K visualizações34 slides
"Somos Físicos" Substâncias e Misturas por
"Somos Físicos" Substâncias e Misturas"Somos Físicos" Substâncias e Misturas
"Somos Físicos" Substâncias e MisturasVania Lima "Somos Físicos"
184.5K visualizações91 slides
Trabalho Final CFQ por
Trabalho Final CFQTrabalho Final CFQ
Trabalho Final CFQtiagoabrantes7b
503 visualizações9 slides

Similar a Matéria e suas propriedades(20)

Apostila de Química Aplicada por José Vitor Alves
Apostila de Química AplicadaApostila de Química Aplicada
Apostila de Química Aplicada
José Vitor Alves5.2K visualizações
Capítulo 1: Matéria e medidas por Kaires Braga
Capítulo 1: Matéria e medidasCapítulo 1: Matéria e medidas
Capítulo 1: Matéria e medidas
Kaires Braga5.6K visualizações
Noções básicas de química inorgânica por cmdantasba
Noções básicas de química inorgânicaNoções básicas de química inorgânica
Noções básicas de química inorgânica
cmdantasba5.1K visualizações
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria por Profª Alda Ernestina
Classificação, propriedades e transformações físicas da matériaClassificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Classificação, propriedades e transformações físicas da matéria
Profª Alda Ernestina9.8K visualizações
Trabalho Final CFQ por tiagoabrantes7b
Trabalho Final CFQTrabalho Final CFQ
Trabalho Final CFQ
tiagoabrantes7b503 visualizações
Propriedade mat por santanaciencias
Propriedade matPropriedade mat
Propriedade mat
santanaciencias2.1K visualizações
Aula 1 quim em por Walney M.F
Aula 1   quim emAula 1   quim em
Aula 1 quim em
Walney M.F667 visualizações
Conceitos BáSicos Attitude 2008 por Flávio Carmo da Silva
Conceitos BáSicos   Attitude   2008Conceitos BáSicos   Attitude   2008
Conceitos BáSicos Attitude 2008
Flávio Carmo da Silva3.4K visualizações
Propriedades gerais da matéria tabela por valquíria de Oliveira
Propriedades gerais da matéria tabelaPropriedades gerais da matéria tabela
Propriedades gerais da matéria tabela
valquíria de Oliveira99 visualizações
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria por Profª Alda Ernestina
Resumo   classificação, propriedades e transformações da matériaResumo   classificação, propriedades e transformações da matéria
Resumo classificação, propriedades e transformações da matéria
Profª Alda Ernestina1.5K visualizações
Aulão de introdução a química geral por Adrianne Mendonça
Aulão  de introdução a química geralAulão  de introdução a química geral
Aulão de introdução a química geral
Adrianne Mendonça3.8K visualizações
Estados da materia por estead2011
Estados da materiaEstados da materia
Estados da materia
estead20111.8K visualizações
Estados da matéria por estead2011
Estados da matériaEstados da matéria
Estados da matéria
estead20112.7K visualizações
Introdução à química por samuelr81
Introdução à químicaIntrodução à química
Introdução à química
samuelr811.9K visualizações
Propriedades da Matéria.pptx por JonathasAureliano1
Propriedades da Matéria.pptxPropriedades da Matéria.pptx
Propriedades da Matéria.pptx
JonathasAureliano14 visualizações
Resumos de fisico-quimica 7ºano por Joana Silva
Resumos de fisico-quimica 7ºanoResumos de fisico-quimica 7ºano
Resumos de fisico-quimica 7ºano
Joana Silva2.5K visualizações
Resumos da matéria de fisico-quimica 7ºano por Joana Silva
Resumos da matéria de fisico-quimica  7ºano Resumos da matéria de fisico-quimica  7ºano
Resumos da matéria de fisico-quimica 7ºano
Joana Silva2.3K visualizações
Pré requisitos - quimica A 10º ano por madalenapico
Pré requisitos - quimica A 10º anoPré requisitos - quimica A 10º ano
Pré requisitos - quimica A 10º ano
madalenapico432 visualizações

Mais de Bio Sem Limites

Ácidos Nucléicos por
Ácidos NucléicosÁcidos Nucléicos
Ácidos NucléicosBio Sem Limites
1.1K visualizações4 slides
Lipídeos por
LipídeosLipídeos
LipídeosBio Sem Limites
789 visualizações10 slides
Nutrientes: Carboidratos por
Nutrientes: CarboidratosNutrientes: Carboidratos
Nutrientes: CarboidratosBio Sem Limites
1.1K visualizações7 slides
Nomenclatura de hidrocarbonetos- Não Ramificados por
Nomenclatura de hidrocarbonetos- Não RamificadosNomenclatura de hidrocarbonetos- Não Ramificados
Nomenclatura de hidrocarbonetos- Não RamificadosBio Sem Limites
5.2K visualizações11 slides
Pteridófitas por
PteridófitasPteridófitas
PteridófitasBio Sem Limites
1K visualizações10 slides
Cromossomos ( o que é um cromossomo) por
Cromossomos ( o que é um cromossomo)Cromossomos ( o que é um cromossomo)
Cromossomos ( o que é um cromossomo)Bio Sem Limites
1.4K visualizações8 slides

Mais de Bio Sem Limites(20)

Ácidos Nucléicos por Bio Sem Limites
Ácidos NucléicosÁcidos Nucléicos
Ácidos Nucléicos
Bio Sem Limites1.1K visualizações
Lipídeos por Bio Sem Limites
LipídeosLipídeos
Lipídeos
Bio Sem Limites789 visualizações
Nutrientes: Carboidratos por Bio Sem Limites
Nutrientes: CarboidratosNutrientes: Carboidratos
Nutrientes: Carboidratos
Bio Sem Limites1.1K visualizações
Nomenclatura de hidrocarbonetos- Não Ramificados por Bio Sem Limites
Nomenclatura de hidrocarbonetos- Não RamificadosNomenclatura de hidrocarbonetos- Não Ramificados
Nomenclatura de hidrocarbonetos- Não Ramificados
Bio Sem Limites5.2K visualizações
Pteridófitas por Bio Sem Limites
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Bio Sem Limites1K visualizações
Cromossomos ( o que é um cromossomo) por Bio Sem Limites
Cromossomos ( o que é um cromossomo)Cromossomos ( o que é um cromossomo)
Cromossomos ( o que é um cromossomo)
Bio Sem Limites1.4K visualizações
Pteridófitas por Bio Sem Limites
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Bio Sem Limites855 visualizações
Briófitas por Bio Sem Limites
BriófitasBriófitas
Briófitas
Bio Sem Limites1.3K visualizações
Briófitas por Bio Sem Limites
BriófitasBriófitas
Briófitas
Bio Sem Limites1.7K visualizações
Questões de Vestibulares: Sistema Cardiovascular por Bio Sem Limites
Questões de Vestibulares: Sistema CardiovascularQuestões de Vestibulares: Sistema Cardiovascular
Questões de Vestibulares: Sistema Cardiovascular
Bio Sem Limites48.7K visualizações
Resumo: Ácidos e Bases por Bio Sem Limites
Resumo: Ácidos e BasesResumo: Ácidos e Bases
Resumo: Ácidos e Bases
Bio Sem Limites23.6K visualizações
Bases por Bio Sem Limites
BasesBases
Bases
Bio Sem Limites1.3K visualizações
Ácidos e Bases por Bio Sem Limites
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
Bio Sem Limites1.9K visualizações
Ácidos por Bio Sem Limites
ÁcidosÁcidos
Ácidos
Bio Sem Limites5.2K visualizações
Ácidos e Bases Exercícios de Vestibulares por Bio Sem Limites
Ácidos e Bases Exercícios de VestibularesÁcidos e Bases Exercícios de Vestibulares
Ácidos e Bases Exercícios de Vestibulares
Bio Sem Limites116.3K visualizações
Filo porifera slideshare por Bio Sem Limites
Filo porifera slideshareFilo porifera slideshare
Filo porifera slideshare
Bio Sem Limites2.6K visualizações
Cadeias e Teias Alimentares por Bio Sem Limites
Cadeias e Teias AlimentaresCadeias e Teias Alimentares
Cadeias e Teias Alimentares
Bio Sem Limites4.4K visualizações
Resumo Ciclo celular e mitose por Bio Sem Limites
Resumo Ciclo celular e mitoseResumo Ciclo celular e mitose
Resumo Ciclo celular e mitose
Bio Sem Limites22.4K visualizações
Resumo Sistema Cardiovascular por Bio Sem Limites
Resumo Sistema CardiovascularResumo Sistema Cardiovascular
Resumo Sistema Cardiovascular
Bio Sem Limites82.9K visualizações
Separação de misturas por Bio Sem Limites
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
Bio Sem Limites16K visualizações

Último

3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras... por
3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras...3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras...
3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras...azulassessoriaacadem3
177 visualizações2 slides
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi... por
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...HelpEducacional
91 visualizações3 slides
3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ... por
3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ...3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ...
3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ...azulassessoriaacadem3
44 visualizações4 slides
ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c... por
ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c...ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c...
ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c...azulassessoriaacadem3
35 visualizações4 slides
1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog... por
1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog...1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog...
1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog...azulassessoriaacadem3
41 visualizações3 slides
b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante... por
b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante...b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante...
b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante...HelpEducacional
76 visualizações4 slides

Último(20)

3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras... por azulassessoriaacadem3
3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras...3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras...
3. Os vídeos “Filha de pais surdos dá lição de amor” e “Cadela aprende libras...
azulassessoriaacadem3177 visualizações
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi... por HelpEducacional
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...
HelpEducacional91 visualizações
3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ... por azulassessoriaacadem3
3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ...3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ...
3- Levando em consideração suas respostas anteriores, qual o pré-diagnóstico ...
azulassessoriaacadem344 visualizações
ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c... por azulassessoriaacadem3
ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c...ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c...
ETAPA 1: CONSTRUA UM TEXTO ARGUMENTATIVO que explique: por que os materiais c...
azulassessoriaacadem335 visualizações
1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog... por azulassessoriaacadem3
1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog...1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog...
1a. DIFERENCIE, o princípio físico na formação da imagem para método de tomog...
azulassessoriaacadem341 visualizações
b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante... por HelpEducacional
b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante...b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante...
b) Explique os componentes das valvas cardíacas e o seu funcionamento durante...
HelpEducacional76 visualizações
A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v... por azulassessoriaacadem3
A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v...A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v...
A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v...
azulassessoriaacadem344 visualizações
Texto: Ezequiel 1:1 – Bíblia ARA Aconteceu no trigésimo ano, no quinto dia do... por azulassessoriaacadem3
Texto: Ezequiel 1:1 – Bíblia ARA Aconteceu no trigésimo ano, no quinto dia do...Texto: Ezequiel 1:1 – Bíblia ARA Aconteceu no trigésimo ano, no quinto dia do...
Texto: Ezequiel 1:1 – Bíblia ARA Aconteceu no trigésimo ano, no quinto dia do...
azulassessoriaacadem3199 visualizações
a) Explique como ocorre a circulação do sangue dentro do coração (câmaras car... por HelpEducacional
a) Explique como ocorre a circulação do sangue dentro do coração (câmaras car...a) Explique como ocorre a circulação do sangue dentro do coração (câmaras car...
a) Explique como ocorre a circulação do sangue dentro do coração (câmaras car...
HelpEducacional216 visualizações
A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v... por azulassessoriaacadem3
A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v...A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v...
A) Determine a média, a moda, a mediana, o desvio-padrão e o coeficiente de v...
azulassessoriaacadem338 visualizações
2- Dos valores de pressão arterial apresentados pelo paciente, qual é a SÍSTO... por azulassessoriaacadem3
2- Dos valores de pressão arterial apresentados pelo paciente, qual é a SÍSTO...2- Dos valores de pressão arterial apresentados pelo paciente, qual é a SÍSTO...
2- Dos valores de pressão arterial apresentados pelo paciente, qual é a SÍSTO...
azulassessoriaacadem341 visualizações
MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023 por AaAssessoriadll
MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023
MAPA - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 54/2023
AaAssessoriadll53 visualizações
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi... por HelpEducacional
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...
4) Explique a diferença dos coxibes em relação aos AINEs convencionais, consi...
HelpEducacional111 visualizações
4. No vídeo “Cadela aprende libras para entender comando dos donos” foi apres... por azulassessoriaacadem3
4. No vídeo “Cadela aprende libras para entender comando dos donos” foi apres...4. No vídeo “Cadela aprende libras para entender comando dos donos” foi apres...
4. No vídeo “Cadela aprende libras para entender comando dos donos” foi apres...
azulassessoriaacadem344 visualizações
Ao refletir sobre a importância da idealização de práticas inovadoras na Educ... por azulassessoriaacadem3
Ao refletir sobre a importância da idealização de práticas inovadoras na Educ...Ao refletir sobre a importância da idealização de práticas inovadoras na Educ...
Ao refletir sobre a importância da idealização de práticas inovadoras na Educ...
azulassessoriaacadem359 visualizações
B. Orientações para as mamães que tem bebês com mais de 7 meses de idade e qu... por azulassessoriaacadem3
B. Orientações para as mamães que tem bebês com mais de 7 meses de idade e qu...B. Orientações para as mamães que tem bebês com mais de 7 meses de idade e qu...
B. Orientações para as mamães que tem bebês com mais de 7 meses de idade e qu...
azulassessoriaacadem385 visualizações
4- Sobre o paciente do caso 2, EXPLIQUE quais os mecanismos fisiológicos da ... por azulassessoriaacadem3
4- Sobre o paciente do caso 2,  EXPLIQUE quais os mecanismos fisiológicos da ...4- Sobre o paciente do caso 2,  EXPLIQUE quais os mecanismos fisiológicos da ...
4- Sobre o paciente do caso 2, EXPLIQUE quais os mecanismos fisiológicos da ...
azulassessoriaacadem3156 visualizações
3) Os AINEs são classificados de acordo com sua composição química. A esse re... por HelpEducacional
3) Os AINEs são classificados de acordo com sua composição química. A esse re...3) Os AINEs são classificados de acordo com sua composição química. A esse re...
3) Os AINEs são classificados de acordo com sua composição química. A esse re...
HelpEducacional193 visualizações
5) Anexo do folder e da foto de distribuição do folder: Após elaborado o fold... por azulassessoriaacadem3
5) Anexo do folder e da foto de distribuição do folder: Após elaborado o fold...5) Anexo do folder e da foto de distribuição do folder: Após elaborado o fold...
5) Anexo do folder e da foto de distribuição do folder: Após elaborado o fold...
azulassessoriaacadem351 visualizações
sorteados Reserva de vagas 2024.pdf por Jornal do Commercio
sorteados Reserva de vagas 2024.pdfsorteados Reserva de vagas 2024.pdf
sorteados Reserva de vagas 2024.pdf
Jornal do Commercio2.2K visualizações

Matéria e suas propriedades

  • 1. Acesse:ciensinadobiologia.come façao download. Matéria e suas Propriedades Matéria é tudo o que tem massa e volume, em palavras mais populares: É tudo o que tem massa e ocupa lugar no espaço. Aqui, massa refere-se a quantidade de matéria que está presente numa amostra. A matéria pode ser chamada de corpo quando se tratar de uma porção delimitada dela e de objeto quando parte dela se referir a algo usado como utensílio ou ferramenta para o homem. EXcorpo: pedaço de vidro, barra de ouro (perceba que um pedaço de vidro e uma barra de ouro representam apenas uma parte da matéria vidro e da matéria ouro existentes). EXO bjeto: copo de vidro, joias de ouro (perceba que o copo de vidro e as joias de ouro são partes da matéria que possuem alguma utilidade para homem). Tanto os seres vivos (bactérias, protozoários, fungos, plantas e animais) quanto os seres não vivos (rochas, minerais, ar, água, etc.) são formados por matéria. Os mais diversos tipos de matérias podem ser identificados e diferenciados uns dos outros através de uma série de características que trataremos como sendo as propriedades da matéria. Há as propriedades gerais que são comuns a toda espécie de matéria e as propriedades específicas que são características peculiares dela. Massa e volume são exemplos de propriedades gerais. As propriedades organolépticas, aquelas que podem ser percebidas através dos sentidos humanos (cheiro = olfato; sabor = paladar; cor = visão; viscosidade = tato; etc.), são exemplos de propriedades específicas da matéria, além de: ponto de fusão, ponto de ebulição, densidade, maleabilidade, ductibilidade, inflamabilidade, reatividade, entre outras. Estas característica podem ser classificadas ainda como propriedades físicas ou propriedades químicas. Propriedades físicas são as qualidades ou os atributos que uma amostra da matéria exibe sem que haja mudança em sua forma ou estado, não modificando sua composição. Os pontos de fusão e de ebulição são propriedades físicas. No derretimento do gelo (fusão), por exemplo, a transformação da matéria é apenas em seu estado físico, de sólido para
  • 2. Acesse:ciensinadobiologia.come façao download. líquido, no entanto a composição da substância não se modifica, o gelo é água no estado sólido e após seu derretimento continua sendo água, mas agora no estado líquido. Água(sólido)  Água(líquido) Propriedades químicas são as qualidades ou os atributos que uma amostra da matéria exibe sofrendo ou resistindo as alterações em sua composição. A exemplo disto, a oxidação do ferro muda a composição deste, convertendo-o em óxido férrico (ferrugem). O ferro é um metal que demonstra facilidade em reagir com oxigênio em relação ao ouro, neste caso estamos nos referindo a uma propriedade química destes materiais (ferro e ouro), a reatividade. O ferro se apresenta mais reativo que o ouro, ou seja, o ferro possui facilidade em oxidar-se o ouro não. Outro exemplo é caso da enzima amilase salivar que é responsável pela digestão química do amido, transformando-o em glicose. 4Fe(s) + 3O2(g)  2Fe2O3(s) Ferro Gás oxigênio Ferrugem Vale citar ainda outras as propriedades ditas extensivas e intensivas. Propriedade extensivas são aquelas que dependem da quantidade de substância presente na amostra. O volume e a massa são propriedades extensivas, pois são diretamente proporcionais a quantidade de matéria da amostra, ou seja, em 2 L de água haverá maior volume e massa que em apenas 1 L da mesma substância (sob as mesmas condições), obviamente. As propriedades intensivas são independentes da quantidade de substância presente na amostra. Cor, brilho, ponto de fusão e ebulição são alguns exemplos de propriedades intensivas da matéria, pois não importa se temos 2 L ou 1L de água, a cor, brilho, pontos de fusão e ebulição não irão ser diferentes. A densidade é uma propriedade física que possui a seguinte fórmula: D = m V Reatividade=que faz reagir, que provoca reação; reagente. Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 3.0
  • 3. Acesse:ciensinadobiologia.come façao download. É calculada através de duas propriedades extensivas, mas ainda assim é uma propriedade intensiva, pois a densidade não se altera com maior ou menor quantidade de amostra da substância. DICA: Todas as propriedades químicas são também propriedades intensivas. Os estados físicos da matéria São três os estados físicos da matéria: sólido, líquido e gasoso. Um sólido possui forma e volume definido, sua forma e volume não se altera independente do recipiente em que seja colocado. Um cubo de gelo, permanece sendo um cubo onde quer que seja colocado (sem considerar que ele derreta, é claro), um prego também não perderá a sua forma que esteja dentro de uma caixa de ferramentas, quer esteja em cima de uma mesa ou dentro de um copo, e, seu volume também não se altera. Um líquido possui volume definido, mas a forma não. O líquido sempre toma a forma do recipiente. Para um gás tanta a forma quanto o volume são variáveis, é por este motivo que ao abrir o frasco de perfume o cheiro se espalha por todo o ambiente. As partículas de um sólido estão agrupadas e bastante organizadas, um líquido tem suas partículas agrupadas, mas menos organizadas que as do sólido, já as partículas de um gás encontra-se desagrupadas e bastante desorganizadas. Classificação da matéria A matéria pode ser classificada como substância pura ou mistura. Uma substância pura é composta por um único componente. Este tipo de substância pode ser caracterizado por suas propriedades físicas, já que estas propriedades não mudam de amostra para amostra, ou seja o ponto de fusão, por exemplo, da água é diferente do ponto de fusão do sal, características que identificam o tipo da amostra. Caso ocorra qualquer alteração física da matéria, esta não se decompõem em outra espécie de amostra. EX.: Água (H2O) e Sal (NaCl) são exemplos de substâncias puras.
  • 4. Acesse:ciensinadobiologia.come façao download. Uma mistura é composta por mais de um componente, assim as propriedades físicas se alteram de uma amostra para outra, ou seja, o sabor da água misturada ao sal é diferente do sabor da água misturada ao açúcar, ou ainda, dependendo da quantidade de sal adicionado este pode deixar a mistura mais salgada ou menos salgada. Uma mistura também pode ser separada através de alterações físicas. Ao aquecer a mistura água e sal até seu intervalo de ebulição é possível separar água do sal, obtendo no final a substância sal que não evapora. EX.: Se colocarmos um colher de sal (NaCl) num copo com água (H2O) temos uma mistura com dois componentes. Acesse: ciensinandobiologia.com