O PASSADO E O PRESENTE  DE UMA  ASSALTANTE PÁGINAS DA HISTÓRIA DO BRASIL QUE DEVERIAM TER MAIS DIVULGAÇÃO
ESTELLA CÉREBRO  DO ROUBO  AO COFRE
A COMPANHEIRA ESTELLA Nos tempos da ditadura militar a  companheira Estella   foi uma das que planejou aquele que seria o ...
 
A ficha nos arquivos militares de Dilma Rousseff,  hoje ministra do governo Lula:  só em 1969, ela organizou  três ações d...
 
 
 
 
 
 
 
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TrajetóRia Criminosa

771 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
771
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TrajetóRia Criminosa

  1. 1. O PASSADO E O PRESENTE DE UMA ASSALTANTE PÁGINAS DA HISTÓRIA DO BRASIL QUE DEVERIAM TER MAIS DIVULGAÇÃO
  2. 2. ESTELLA CÉREBRO DO ROUBO AO COFRE
  3. 3. A COMPANHEIRA ESTELLA Nos tempos da ditadura militar a companheira Estella foi uma das que planejou aquele que seria o mais rentável golpe da luta armada em todo o mundo: o roubo do cofre de Adhemar de Barros, ex-governador de São Paulo. O crime foi cometido pela Vanguarda Armada Revolucionária-Palmares (VAR-Palmares), resultado da fusão da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) do capitão Carlos Lamarca com o Colina, do qual a companheira Estella era líder. Onze dias depois da fusão, em julho de 1969, 13 guerrilheiros da VAR-Palmares roubaram o cofre de 200 kg de uma casa no bairro carioca de Santa Tereza, onde vivia a amante de Adhemar. Os guerrilheiros sacaram do cofrinho do Ademar US$ 2,6 milhões de dólares. Onde foi parar o dinheiro? Eis um dos mistérios insondáveis daquela época que produziu tantos “heróis” e “heroínas” da esquerda..."
  4. 5. A ficha nos arquivos militares de Dilma Rousseff, hoje ministra do governo Lula: só em 1969, ela organizou três ações de ROUBO de armamentos em unidades do Exército no Rio de Janeiro.

×