Brbcursoemexercicios03

98 visualizações

Publicada em

Estudo, técnicas e esforço !

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
98
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brbcursoemexercicios03

  1. 1. CONHECIMENTOS BANCÁRIOS CURSO EM EXERCÍCIOS – FX- 003 Prof.Marcos Freire. O Mercado de Seguros é disciplinado pelo Conselho Nacional de Seguros Privados, sendo fiscalizado pela SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, que é o órgão executivo do mercado de seguros. Acerca das Sociedades Seguradoras e das modalidades de seguros, julgue os itens a seguir. 01 - ( ) O co-seguro ocorre quando várias seguradoras assumem uma parcela do risco de um seguro, normalmente de valor muito alto. 02 - ( ) As sociedades resseguradoras são constituídas sob a forma de Sociedades Anônimas, que têm por objeto exclusivo a realização de operações de resseguros e retrocessão 03 - ( ) As Sociedades Seguradoras além dos contratos de seguros podem efetuar captação de depósitos a prazo com emissões de RDB. 04 - ( ) Uma corretora de seguro não pode em nenhum momento ter dependência econômica com o segurado, ou com a sociedade seguradora, incluindo seus sócios e diretores. 05 - ( ) Um contrato de seguro pode ser efetuado diretamente entre o segurado e uma sociedade seguradora. Acerca de produtos e serviços oferecidos no mercado financeiro, julgue os itens a seguir. 06 – ( ) O CDCI – Crédito Direto ao Consumidor com Interveniência são empréstimos concedidos às empresas clientes especiais dos bancos, normalmente empresas comerciais, que atuam como intervenientes repassando aos seus clientes financiamentos vinculados à compra de bens e/ou serviços. 07 – ( ) Nas operações envolvendo o CDCI, o banco assume o risco junto ao cliente da empresa. 08 – ( ) O CDC – Crédito Direto ao Consumidor é um produto oferecido pelas Financeiras, Bancos Comerciais e Bancos Múltiplos com Carteira Comercial. 09 – ( ) Na concessão do CDC não há incidência do IOF visto que a instituição financeira assume o risco total da operação. 10 – ( ) O CDC é um produto exclusivo das Sociedades de Crédito Financiamento e Investimento, e que tem por objetivo exclusivo o financiamento de máquinas e equipamentos. 11 – ( ) Os recebimentos de tarifas públicas, duplicatas em cobrança simples, tributos e taxas estão sujeitos a incidência do IOF que será recolhido diretamente pelo banco. 12 - ( ) O vendor finance é uma operação de financiamento de vendas baseada no princípio da cessão de crédito, que permite a empresa vender a prazo e receber à vista. 13 - ( ) Sobre as operações do vendor financed não há incidência do IOF visto que ocorre uma transferência de crédito. 14 - ( ) Nas operações em que pequenas indústrias efetuam vendas para grandes empresas comerciais, onde ocorre um dilatamento no prazo de pagamento sem envolver o vendedor ( fornecedor) temos o Compror Finance. 15 - ( ) Nas operações de Compror Finance o fiador do contrato é o próprio comprador. 16 - ( ) As operações do financiamento do Capital de Giro são de curto prazo e são formalizadas por meio de um contrato onde se estabelece prazos , taxas e garantias, não havendo incidência do IOF. 17 - ( ) O desconto de duplicatas corresponde a uma operação bancária efetuada por Bancos Comerciais na qual a empresa antecipa o recebimento de seus créditos (duplicatas), fortalecendo o seu fluxo de caixa. 18 – ( ) A diferença entre desconto de títulos e factoring, é que este corresponde a uma operação de compra de direitos creditórios não sendo caracterizado como uma opressão financeira. 19 – ( ) O crédito rotativo corresponde a uma abertura de crédito com limites estabelecidos, sendo que os juros e o IOF serão cobrados sobre o limite concedido em contrato. 20 – ( ) Na operação do crédito rotativo a disponibilidade de crédito aumenta na medida de sua utilização, enquanto diminui na medida em que os pagamentos forem efetuados. 21 – ( ) Em uma operação de vendor finance quem contrata a operação é a empresa vendedora que assume a posição de fiadora do contrato.
  2. 2. 22 – ( ) O financiamento do capital fixo destinado a aquisição de máquinas e equipamentos, veículos, imóveis etc...fazem parte da política do BNDES através do FINAME. 23 - ( ) Por tratar-se de uma política pública de financiamento, as operações destinadas ao financiamento do capital fixo estão isentas do IOF. 24 - ( ) Nas operações efetuadas via FINAME, o BNDES aplica a Taxa de Juros de Longo Prazo – TJLP. 25 - ( ) Nas operações de cobrança bancária, o banco não corre nenhum risco pois não trata-se de operação bancária (empréstimo) e sim de uma prestação de serviços. 26 – ( ) O “float” surge através da cobrança bancária, haja visto que o banco fica administrando recursos de terceiros criado para ele uma receita. 27 – ( ) As instituições financeiras autorizadas podem emitir Letras Financeiras, cujo prazo mínimo para resgate será de 24 meses. 28 – ( ) As Letras Financeiras estão cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito 29 – ( ) O valor mínimo para emissão de uma Letra Financeira é R$ 300.000,00 (trezentos mil reais). 30 – ( ) O pagamento dos rendimentos referentes as Letras Financeiras podem ser efetuados em intervalos de no mínimo 90 dias. Em relação as diversas instituições financeiras não monetárias que integram o Sistema Financeiro Nacional, julgue os itens a seguir. 31 – ( ) As Sociedades de Crédito Imobiliário são constituídas sob a forma de Sociedade Anônima, captam poupança, depósitos a prazo, e podem emitir Letras Financeiras. 32 – ( ) As Associações de Poupança e Empréstimos tem por objetivo o financiamento imobiliário, pois fazem parte do Sistema Financeiro de Habitação , e são autorizadas a emitirem Letras e Cédulas Hipotecárias, não podendo efetuar a captação de poupança. 33 – ( ) Uma das formas de captação de recursos por parte da Companhias Hipotecárias é a emissão de debêntures, ficando vedado a tais entidades emissões de Letras Financeiras. 34 – ( ) As Agências de Fomento são constituídas sob a forma de Sociedade de Economia Mista, com controle acionário do Estado da qual a Agência faz parte. 35 – ( ) As Agências de Fomento podem participar do controle acionário de outras empresas – instituições financeiras – cujo controle acionário seja pertencente ao Estado. 36 – ( ) As Sociedades Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários – SCTVM, são constituídas sob a forma de Sociedade Limitada e não podem intermediar operações de câmbio. 37 - ( ) Conforme decisão do BACEN as Sociedades Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários podem operar diretamente nos ambientes e sistemas de negociação dos mercados organizados de Bolsa de Valores. 38 - ( ) A BMF&BOVESPA é uma S.A de Capital Aberto com suas ações sendo negociadas em Bolsa de Valores conforme autorização da CVM. 39 - ( ) As Sociedades de Arrendamento Mercantil – Empresas de Leasing, podem emitir debêntures e contratar operações de empréstimos no exterior. 40 – ( ) As Bolsas de Valores são associações civis sem fins lucrativos, e seu funcionamento bem como a fiscalização de sua operações são efetuadas pelo Banco Central do Brasil. O Sistema Especial de Liquidação e Custódia - SELIC, é um sistema informatizado gerenciado pela AMBIMA e pelo Banco Central que tem por objetivo ser o depositário central dos títulos públicos emitidos pelo Tesouro Nacional processando a emissão, o resgate, o pagamento dos juros e a custódia. Acerca do SELIC, julgue os itens seguintes. 41 – ( ) O SELIC além de registrar as operações com títulos públicos federais, pode custodiar também alguns títulos privados principalmente aqueles emitidos por Sociedades de Economia Mista. 42 – ( ) As operações do SELIC são centralizadas na cidade do Rio de Janeiro, sendo que os registros poderão ser efetuados diariamente das 06:00 às 24:00 horas. 43 – ( ) Além dos títulos federais, o SELIC registra as operações com todos os títulos emitidos pelos Estados e Municípios. 44 – ( ) As operações realizadas via SELIC serão sempre liquidadas em D + 1 quando tratar-se de títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, e D + 2 quando se tratar de títulos privados tais como CDB e RDB.
  3. 3. 45 – ( ) Por tratar-se de sistema operacional administrado pelo BACEN que é órgão executivo do SFN, o SELIC registra também todas as operações desenvolvidas nas Bolsas de Valores, com liquidação à vista. 46 – ( ) Os títulos emitidos pelo BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica, são registrados através do SELIC, quando a liquidação ocorrer em D + 1. 47 – ( ) Os títulos Estaduais e Municipais emitidos até Janeiro de 1992, são registrados no SELIC. A CETIP S.A. Balcão Organizado de Ativos e Derivativos, tem suas ações negociadas em Bolsas de Valores, já que é uma S.A de capital aberto com atuação no mercado financeiro. Acerca da CETIP e suas operações, julgue os itens seguintes. 48 – ( ) A CETIP registra as operações com títulos privados, e os títulos Estaduais e Municipais emitidos após janeiro de 1992. 49 – ( ) Os títulos registrados na CETIP são em sua grande maioria emitidos eletronicamente. 50 – ( ) A CETIP é uma depositária principalmente de títulos de renda fixa privados, e títulos públicos emitidos por Estados e Municípios. O Mercado de Capitais é um setor fundamental para a economia do país, visto que nele são negociados os títulos e valores mobiliários emitidos pelas sociedades de capital aberto. Regulamentado e fiscalizado pela CVM o Mercado de Capitais funciona com a participação de várias empresas especializadas, tais como Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários, Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários e principalmente as Bolsas de Valores. Acerca do Mercado de Capitais e dos seus integrantes julgue os itens a seguir. 51 – ( ) As operações efetuadas no recinto das Bolsas de Valores ocorrem no denominado mercado primário. 52 – ( ) São negociados no mercado de capitais, ações, debêntures, commercial papers e principalmente os títulos de renda fixa. 53 - ( ) O denominado mercado secundário se desenvolve no recinto das Bolsas de Valores. 54 – ( ) As ações negociadas no mercado de capitais são emitidas pelas S.A de Capital Aberto com autorização do Banco Central do Brasil. 55 - ( ) As ações negociadas no mercado secundário serão liquidadas em D + 3. 56 - ( ) Os recursos obtidos com a venda de ações no mercado primário irão diretamente para as empresas emitentes, e serão destinados a novos investimentos. 57 - ( ) BLOCK TRADE corresponde a oferta de grande lote de ações antigas pertencente a algum acionista, através da Bolsa de Valores ou do Mercado de Balcão. 58 - ( ) As ações ordinárias são as que garantem a seus proprietários grandes lucros sem no entanto ter direito a dividendos. 59 - ( ) Os acionistas têm direitos sobre as ações de sua propriedade, um desses direitos é justamente a Bonificação que corresponde aos dividendos distribuídos pelas S.A de Capital Aberto. 60 – ( ) Split é um direito dos acionistas que corresponde ao desdobramento do número de ações pertencente ao mesmo, com uma redução no valor do título garantindo assim uma maior liquidez do mesmo. 61 – ( ) Nas operações realizadas no mercado de capitais, “Day Trade” corresponde a compra e venda de uma determinada ação, no mesmo dia, por ordem de um investidor. 62 - ( ) Os lucros obtidos pelos investidores em operações realizadas no recinto da Bolsa de Valores, serão canalizados para as empresas emitentes dos títulos 63 - ( ) After Market correponde ao período de negociação de títulos e valores mobiliários fora do horário regular do pregão da bolsa. 64 - ( ) As S.A de Capital Fechado podem emitir “Commercial Papers” que serão negociados no Mercado de Capitais com prazo de resgate no máximo em 360 dias. 65 - ( ) Commercial Papers são títulos emitidos por S.A com autorização da CVM sendo vedada a sua emissão por instituições financeiras, Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários, Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários e Empresas de Leasing. 66 – ( ) O prazo mínimo de resgate da Commercial Papers é de 30 dias e o máximo de 360 dias. 67 - ( ) As emissões de Commercial Papers estão isentas do IOF, visto que tal operação não se caracteriza como um empréstimo. 68 - ( ) As ações preferenciais emitidas por S.A de Capital Aberto não rendem dividendos aos seus acionistas. 69 - ( ) As S.A de Capital Aberto integrantes do Novo Mercado não podem emitir ações preferenciais, só poderão emitir ações ordinárias.
  4. 4. 70 - ( ) Os juros sobre o capital próprio que é um direito dos acionistas serão limitados a TJLP – Taxa de Juros de Longo Prazo. 71 - ( ) O denominado IPO – Initial Public Offering – (Oferta Pública Inicial) secundária refere-se à venda em bloco de ações pertencentes a acionistas o que não se caracteriza ingresso de caixa para as empresas. 72 - ( ) Por Tender Offer entende-se a oferta de compra de uma classe de ações pertencente aos atuais detentores, e que envolve o pagamento de um prêmio sobre o valor de mercado. As operações de “underwriting” são axplicitamente autorizadas aos Bancos de Investimentos e demais isntituições integrantes do sistema de distribuição de títulos e valores mobiliários. Acedrca de “underwriting”, julgue os itens a seguir. 73 – ( ) O “underwriting” denominado “Garantia Firme” corresponde a operação na qual a instituição financeira se compromete a colocar no mercado um determinado lote de ações a um preço estabelecido, assumindo o risco pela colocação no mercado dos títulos. 74 – ( ) Stand-by é uma modalidade de “underwriting”no qual a instituição financeira se compromete a sunscrever o equivalente a 50% da ações lançadas. 75 – ( ) Na modalidade de “underwriting” denominada “Melhores Esforços” ou Best Efforts a instituição financeira responsável pela operação, se compromete a colocar no mercado todas as ações emitidas, assumindo o risco total da operação. 76 – ( ) Na modalidade de “underwriting” Stand-By a instituição financeira assume o compromisso de subscrever os títulos que ela não conseguiu vender. 77 – ( ) A modalidade de “underwiriting” – Book Building – caracteriza-se pela colocação exclusiva no mercado interno de ações preferenciais emitidas por Sociedades de Economia Mista, tipo Banco do Brasil. 78 – ( ) Nas operações de “underwriting” a remuneração das instituições financeiras corresponde ao ágio que será cobrado sobre os títulos negociados. 79 – ( ) As operações de “underwriting” só ocorrem no mercado primário, com o lançamento de novas ações. 80 - ( ) No “underwriting” Garantia Firme, a instituição financeira assume o compromisso de subscrever os títulos que ela não conseguiu colocar no mercado. GABARITO 01 – C; 02 – C; 03 – E; 04 – C; 05 – E; 06 – C; 07 – E; 08 – C; 09 – E; 10 – E. 11 - E; 12 - C; 13 - E; 14 - C; 15 - C; 16 - E; 17 - C; 18 - C; 19 - E; 20 – E. 21 - C; 22 - C; 23 - E; 24 - C; 25 - C; 26 - C; 27 - C; 28- E; 29 - C; 30- E. 31 - C; 32 - E; 33 - E; 34 - E; 35 - E; 36 - E; 37 - C; 38 – C; 39 - C; 40 – E. 41 - E; 42 - E; 43 - E; 44 - E; 45 - E; 46 - E; 47 - C; 48 - C; 49 – C; 50 – C. 51 - E; 52 - E; 53 - C; 54 - E; 55 - C; 56 – C; 57 - C; 58 - E; 59 - E; 60 - C. 61 - C; 62 - E; 63 - C; 64 - E; 65 - C; 66 - C; 67 - C; 68 - E; 69 - C; 70 - C. 71 - C; 72 - C; 73 - C; 74 - E; 75 - E; 76 - C; 77 - E; 78 - E; 79 - E; 80 - E.

×