Atualização vídeo aula rodovia - vol.1 - AutoCAD Civil 3D 2016

1.081 visualizações

Publicada em

Nova estrutura, novos materiais (Design Criteria DNIT), ferramentas, fórmulas e conceitos para aplicação de cálculos na versão 2016 do Civil 3D.
Criação do modelo digital de terreno com junção de uma surface SRTM da Nasa utilizando Infraworks e aplicando Datashortcut, mapeamento online por Geolocation, determinação das características técnicas da vicinal e análise da base de dados do projeto para critérios DNIT, traçado do alinhamento horizontal com geometrias necessárias, cálculos automáticos para superelevação e superlargura incluindo extensão Vehicle Tracking, desenvolvimento do greide com premissas da classe da rodovia, seção transversal específica com codes para notas de serviço, cálculos incluindo diferença algébrica do acostamento, gráficos e targets. Modelo tridimensional da plataforma acabada da pista adequando os dados, alça de aceleração com tapper, relatórios padrão DER, DNIT, ARTESP. Cálculos de terraplenagem incluindo limpeza e materiais por seções. Diagrama de massas e novas documentações CKB 2016

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.081
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atualização vídeo aula rodovia - vol.1 - AutoCAD Civil 3D 2016

  1. 1. © 2011 Autodesk www.garlipp.blogspot.com www.prospecad.com.br Autodesk® Civil 3D 2016 Atualização Vídeo-aula de Rodovia – Vol.1 – Projeto de Vicinal em template Tiago Garlipp – Diretor Técnico da ProspeCAD Projetos e Treinamentos
  2. 2. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 1 – Criando e manipulando a topografia Antes: Integração do desenho com o Google Earth. Agora: Geolocation – BING Antes: Offset da borda da surface para interpolação de pontos; Agora: Surface SRTM para união com a topografia levantada; Datashortcut da surface (Autodesk 360). Antes: Limitação da surface à faixa de domínio (borda – feature line – breakline); Agora: Delimitação da faixa de domínio pelo eixo e boundarie do elemento. Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com
  3. 3. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 2 – Características técnicas do projeto Antes: Consultas das tabelas DNER; Preencher tabela do Excel para velocidade diretriz, superelev. máx para curvas circulares, espirais e seções, alinhamentos horizontais e verticais. Agora: - Determinação da classe de projeto ou nível de serviço, i% da rampa máxima e mínima, velocidade diretriz da pista e emax com base em tabelas do DER; Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com
  4. 4. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 3 – Projetando a rodovia (vicinal) Configuração de critérios Antes: Design Criteria Editor: - Adequação para valores de distância de visibilidade , parada e iluminação em curvas côncavas e convexas; - Adequação de valores para raios mínimos de curvas e superelevação máxima em abaulamento. Agora: Design Criteria Editor (Base de dados DNIT): Novos conceitos para fórmulas de superelevação entre as fases dentro da distribuição Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com
  5. 5. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 3 – Projetando a rodovia (vicinal) Parte 1 – Projeto geométrico (alinhamento horizontal) Adequar a tabela de alinhamento horizontal com o traçado em planta; Curvas circulares e espirais; Divisão de trecho associando diferentes velocidades; Calculo de superelevação; Criação de offset alignment para superlargura; Melhoras: - Criando Aligmnent from Objects do eixo do planialtimétrico; - Inserindo sinalização (placas regulamentação e advertência); - Adequando novos valores para geometrias horizontais circulares para o trecho com nova velocidade - Calculo de superelevação para a vicinal com diferença algébrica no acostamento e obedecendo critérios do DER; - Editando a superelevação para curva circular simples; - Criação de offset alignment para superlargura (adaptando ao veículo do plugin Vehicle Traking); Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com
  6. 6. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 3 – Projetando a rodovia (vicinal) Parte 2 – Desenvolvendo o greide Antes: Alinhamento vertical com valores de K máx. e mín; Elaboração de parábola determinando o valor de K; Trabalhando com a Data-bands e caixões. Gerando vistas de superelevação. Agora: - Tudo de antes e... - Criando shortcut reference da surface primitivo; - Gerando vistas de superelevação obedecendo o gráfico de superelevação exigido pelo DER. - -Aplicação para Design Check Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com
  7. 7. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 3 – Projetando a rodovia (vicinal) Parte 3 – Seção tipo Antes: Seção tipo com pavimento, acostamento, condicional de taludes, valetas e declividades de cada elemento; Trabalhando com assembly, subassemblies e palletes; Sub-assembly específico para aplicação da superelevação e superlargura. Compondo base, sub-base, leito e reforço do sub-leito para a pista; Definição de materiais para a seção; Agora: - Entendendo o code set style da template para Notas de serviço DER-SP - Criando o eixo da seção tipo gabarito (assembly); - Criando subassemblies com pavimento, base, subbase e reforço do subleito já com condicional aceitando superelevação, acostamento (do Kit country Brazil 2016) aceitando superelevação com diferença algébrica, aplicando subassembly de taludes com banquetas (Kit country Brazil 2016) - Criando market points para notas de serviço incluindo cota do coroamento; Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com
  8. 8. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 3 – Projetando a rodovia (vicinal) Corredor Antes: Geração dos corredores com superelevação e superlargura; Criação da surface dos corredores; Editando frequências e targets; Aplicação de taludes da template (slope pattern); Visualização em 3D. Agora: Tudo isso e... - Usando novos códigos para alteração do estilo da feature line e slope pattern. - Sample line para análise de distribuição da superelevação Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com Fonte:Autodesk
  9. 9. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 3 – Projetando a rodovia (vicinal) Faixa de aceleração Antes: Cálculo de Taper, comprimento mínimo e raio mínimo em função da velocidade do trecho – Excel e Offset Alignment; Profile Superimposed do alinhamento principal para o de saída do trecho; Criação de polilinhas para target do trecho de pedágio ou pesagem de caminhão. Criação do corredor da faixa de aceleração e edição para trecho de pedágio. Agora: Tudo isso e retirado Criação de polilinhas para target do trecho de pedágio ou pesagem de caminhão. Faixa de aceleração com um encaixe mais adequado. Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com Fonte:Autodesk
  10. 10. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 4 – Volumes e notas de serviço (totalmente reformulado) Criação da surface de limpeza Configuração para cálculos de volume e terraplenagem por sample lines; Criando seções como Notas de serviço (NS – DER/SP); Recurso adicional: Gerar PDF de Notas de Serviço DER-SP Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com Fonte:Autodesk
  11. 11. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 5 – Relatórios (totalmente reformulado) Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com Fonte:Autodesk - Comparação; - Etiquetas (labels) com numerações para alinhamentos horizontais. - Diagrama de massas ou Bruckner; - Tabela de geometria em .dwg - Tabela de volumes, massas e materiais (Volume Report – CKB 2016) - Tabela Horizontal DER-SP - Relatório Horizontal DER-SP - Relatório Vertical DER-SP - Modelo superelevação (Notas de Serviço) Em outro arquivo.
  12. 12. © 2011 Autodesk AutoCAD Civil 3D – 2016 Capítulo 6 – Acabamento (Apresentação final do projeto) Antes: Folhas de documentação em planta, perfil longitudinal e greide – padrão DER; Inserção de malha de coordenadas; Notas de serviço - padrão DER; Percurso em 3D da rodovia. Agora: Tudo isto e... - Trabalhando com a Data-bands e caixões. - Sincronizando dados do projeto para atualização do acabamento; - Retirado Drive Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com Fonte:Autodesk
  13. 13. © 2011 Autodesk Engenheiro Garlipp – Civil 3D http://garlipp.blogspot.com Contato Site: www.prospecad.com.br Blog: www.garlipp.blogspot.com E-mail: tiago.prospecad@gmail.com Telefone: (19) 3254-0259

×