ProjectoEspiral_ConselhoParceiros

302 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ProjectoEspiral_ConselhoParceiros

  1. 1. Conselho de Parcerios 30 de Março de 2011 2ª Reunião
  2. 2. ORDEM DE TRABALHOSObjectivo: Avaliar o desenvolvimento do Projecto Espiral, nos seus diferentes Eixos;Partilhar os resultados referentes ao 1º trimestre (Janeiro a Março de 2011) e reflectir sobre os mesmos. 1. Actividades do 1º Trimestre: Apresentação e reflexão; 2. Propostas para o próximo trimestre; 3. Apresentação de materiais produzidos no âmbito do Projecto Espiral. 4. Outros assuntos: . Calendarização da próxima reunião do conselho de parceiros; . ...
  3. 3. 1. Actividades do 1º Trimestre: Apresentação e Reflexão
  4. 4. Eixo de Intervenção 1Emprego, Formação e Qualificação Gabinete de Empregabilidade Pessoas Pessoas Pequenosdesempregadas que empresáou em situação querem rios de emprego criar o locais precário próprio emprego
  5. 5. Gabinete de Empregabilidade
  6. 6. Pessoas desempregadas ou em situação de emprego precário
  7. 7. Pessoas atendidas eacompanhadas no Gabinete de Empregabilidade Janeiro – Março de 2011 51 – Flamenga 91 40 - Lóios
  8. 8. 61 casos novos (67%) •19 •42Lóios Flamenga
  9. 9. Pessoas atendidas por situação face ao emprego 86% das pessoas estão desempregadas 37% das pessoas em situação de desemprego são desempregadas de longa duração
  10. 10. Pessoas atendidas segundo a proveniência (v.a.)
  11. 11. Perfil das pessoas atendidas Idades (%)Sexo (%) Feminino Masculino
  12. 12. Pessoas atendidas segundo a escolaridade e sexo Lóios (%)Flamenga (%)
  13. 13. Número de ofertas de emprego recolhidas
  14. 14. • Acções desenvolvimento de competências para aempregabilidade • 5 sessões: • Direitos e Deveres no Trabalho; • Saberes da Vida e do Trabalho – Competências Pessoais e Profissionais; • Comunicar melhor para trabalhar melhor! • Espelho meu... Espelho meu – A imagem pessoal no local de trabalho; • Se eu gostar de mim, o meu emprego também gostará? • Participantes: 9 (4 homens e 5 mulheres)
  15. 15. Outras Actividades • Visita à Futurália; • Visita às ofertas formativas.
  16. 16. Pequenos empresários locais
  17. 17. • 98 empresas contactadas: 26 do Bairro da Flamenga, 72 do Bairro dos Lóios.• Realização de entrevistas junto de 11 empresas.
  18. 18. • Concorrência de empresas maiores é superior em termos de preços e oferta de produtos;• Custos elevados comprimem as margens de lucro;• Capacidade reduzida de gestão e inovação;• Falta de informação ou contacto com o sector respectivo;• Permanente expectativa exacerbada de actuação por parte do estado;• Identificação da crise e do Governo como origem da situação;• Ausência de associativismo.
  19. 19. Contacto com Academia de PME’s do IAPMEI:Disponibilidade para criar oportunidades de formação, à medida, dirigidas a empresários e empreendedores locais.
  20. 20. Eixo de Intervenção 2Intervenção Familiar e Parental
  21. 21. Nova resposta /insucesso escolar a partir dos recursos Desenvolvimento existentes de competências parentaisEixo de Intervenção 2Intervenção Familiar e Desenvolvimento de Parental Espaço competências Cidadania pessoais Voluntariado Acompanhamento de Psicológico Proximidade
  22. 22. Espaço Cidadania Desenvolvimento decompetências pessoais
  23. 23. • Locais: Centro de Arte Moderna eCERCI • 13 Pessoas:• 5ª Sessão realizadas. • 5 Homens; • 8 Mulheres.
  24. 24. Idades (v.a.)Escolaridade (v.a.)
  25. 25. Espaço Cidadania Desenvolvimento deCompetências para uma Parentalidade Positiva
  26. 26. •Grupo de 22 pessoas (pais, mães e avós)• Funcionamento: 2 salas do CSC da Flamenga;• 5 Sessões realizadas
  27. 27. Sexo (v.a.) Escolaridade (v.a.)12 1110 9 8 1º Ciclo 6 2º Ciclo 4 3º Ciclo 2 2 0
  28. 28. Situação face ao Emprego(v.a.) 14 14 Empregado/a 12 10 Desempregados 8 < 12 meses 6 Desempregado > 4 12 meses 4Nº de Filhos/as (v.a.) 2 2 2 Outros 020 1715 1 210 3 5 Mais 5 3 1 1 0
  29. 29. Espaço CidadaniaAcompanhamento Psicológico
  30. 30. 4 Mulheres / média de 8 sessões por pessoa 1 Idades (v.a.) 20-24 35-44 2 50-54 1 Escolaridade (v.a.) 2 Situação face ao Emprego(v.a.) 21,5 1º ciclo 3 3 1 1 1 2º ciclo 2,5 12º ano 20,5 Empregadas 1,5 Formação 1 1 0 0,5 0
  31. 31. Voluntariado de Proximidade
  32. 32. • 9 pessoas inscritas Sexo (v.a.) 7 7 6 5 4 Feminino 3 Masculino 2 2 1 0 Escolaridade (v.a.) 3 3 1º ciclo 32,5 2º ciclo 2 3º ciclo1,5 1 1 1 1 Ensino0,5 Secundário Ensino Superior 0
  33. 33. Eixo de Intervenção 3Capacitação da Comunidade e das Instituições
  34. 34. Implementação de Formação a Organização deEixo 3 Profissionais Condomínios acções/projectos de iniciativa comunitárias
  35. 35. Formação a Profissionais 2 Temas: Intervenção para um 2 sessões Envelhecimento Activo; 12 horas Workshop de Maquilhagem. 1 pessoa: > 4º ano 1 pessoa: 3º ciclo 6 pessoas: Ensino 7 Instituições 17 Pessoas / Mulheres Secundário9 pessoas: Ensino superior
  36. 36. Organização de Condomínios - Flamenga• Participação em reuniões de condomínio com a Equipa daGebalis• Apoio na organização e dinamização de TertúliasComunitárias referente ao tema dos Condomínios / Comissãode Lotes.
  37. 37. Organização de Condomínios - Lóios Desde Janeiro até Março de 2011 foram efectuados osseguintes contactos:• Pessoa responsável do IHRU para identificação deadministradores de lote• Administradores de lote para perceber como estão afuncionar: procedimentos, necessidades.Durante o período acima mencionado foram efectuados 20contactos, sendo que no total já estão contactados 41administradores. Estes 41 lotes correspondem a 65%, maspara o período em referência estão contactados 31% doslotes.
  38. 38. Implementação de acções/projectos de iniciativa comunitárias• Participação nos Grupos Comunitários Flamenga e Lóios;• Participação / dinamização das Tertúlias do Grupo;Comunitário da Flamenga;• Participação na Iniciativa “Limpar Marvila”;• Presença na sessão de rua dinamizada pela APDES;• Apresentação de duas candidaturas ao Bip – Zip.
  39. 39. Implementação de acções/projectos de iniciativa comunitárias• Preparação da Feira do Bem-estar e Saúde;• Preparação do Festival de dança “Outros Ritmos”;• Sessão sobre Orçamento Participativo;• Sessão sobre a renda apoiada.
  40. 40. Acessibilidade a novas tecnologias Eixo 4Informação e Acessibilidades Acções públicas de valorização da freguesia
  41. 41. Acessibilidade anovas tecnologias• 19 pessoas orientadas para o CLIC Solidário / 15 participaram;• 8 ainda se encontram em formação (6 Flamenga; 2 Lóios);• 124 horas de formação.
  42. 42. Observatório OutrasActividades Encontro com os Clds´s da Cidade Lisboa
  43. 43. Alunos/as a frequentar Estabelecimentos de Ensino do Agrupamento Damião de Góis, segundo o sucesso e insucessoObservatório escolar, por escola (ano lectivo 2009- 2010) Taxa de Alunos/as Total de Alunos/as insucesso com alunos/as com sucesso escolar insucessoEB 1 Lóios 181 163 18 9.9%EB 1 Luíza Neto 196 151 45 23%JorgeEB 1 n.º 195 165 149 16 9.7%EB 2/3 Damião de 551 408 143 25.9%GóisTotal 1093 871 222 20.3%
  44. 44. Avaliação dos Parceiros no Conselho de Parceiros Contributos do Projecto para as Contributos das instituições para instituições o Projecto o Projecto . Resposta às necessidades do GAAF; . Desenvolvimento pessoal dos . Envolvimento de alguns encarregados residentes;de educação nas acções do. Cedência de espaços; . Formação dirigida às instituições locais;. Partilha de problemas e criaçãoconcertada de soluções; . Investimento partilhado em estratégias de dinamização local;. Facilitadora da articulação com asrestantes instituições; . Estímulo ao trabalho em parceria;. Cedência de dados sobre a freguesia; . Voluntariado de proximidade;. Encaminhamentos e discussão de casos. . Apoio à implementação dos objectivos do Programa Viver Marvila; .
  45. 45. 2. Propostas para o próximo trimestre
  46. 46. A DESTACAR: • 3ª edição da formação / empregabilidade; • Realização de sessões abertas à comunidade a partir de Abril ao nível das competências para a empregabilidade; • Formação em empreendedorismo; • Encontro de empresas e formação IAPMEI; • Sessões de curta duração / desenvolvimento de competências pessoais; • Formação do Voluntariado; • Formação técnicos: Desenvolvimento Local; • Encontro com administração e organização dos lotes 351 e 322.
  47. 47. . 3. Apresentação de materiais produzidos no âmbito do Projecto Espiral Flash Mob Brochuras – As Hortas da Cidade.
  48. 48. 4. Outros assuntos: • Calendarização das reuniões do conselho de parceiros; • ...

×