SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
O DNA DAS CULTURASO DNA DAS CULTURAS
“MATADORAS”“MATADORAS”
AlgumasAlgumas
EmpresasEmpresas
Crescem OndeCrescem Onde
Outras “Patinam”;Outras “Patinam”;
Elas Têm TáticasElas Têm Táticas
Agressivas eAgressivas e
Contam ComContam Com
Funcionários FiéisFuncionários Fiéis
Do Que São Feitas asDo Que São Feitas as
Empresas MaisEmpresas Mais
Competitivas doCompetitivas do
Brasil?Brasil?
Saiba a RelaçãoSaiba a Relação
Existente Entre osExistente Entre os
“Viciados em“Viciados em
Trabalho” e asTrabalho” e as
Empresas VencedorasEmpresas Vencedoras
Em Psicologia, as Pessoas ExtremamenteEm Psicologia, as Pessoas Extremamente
Competitivas (Quase Agressivas) em Busca deCompetitivas (Quase Agressivas) em Busca de
Seus Objetivos, São Classificadas ComoSeus Objetivos, São Classificadas Como
““Pessoas Com Padrão de Comportamento APessoas Com Padrão de Comportamento A””
São Rotulados de “São Rotulados de “ WorkaholicsWorkaholics”;”;
Ou Seja, Pessoas “Viciadas” emOu Seja, Pessoas “Viciadas” em
Trabalho, No Cumprimento deTrabalho, No Cumprimento de
Metas e Com Pouco – OuMetas e Com Pouco – Ou
Nenhum – Interesse na VidaNenhum – Interesse na Vida
PessoalPessoal
Estudos Vêm AplicandoEstudos Vêm Aplicando
Esse Conceito ao UniversoEsse Conceito ao Universo
Das OrganizaçõesDas Organizações
Pessoas Podem Perfeitamente Sobreviver SemPessoas Podem Perfeitamente Sobreviver Sem
os Genes do “Comportamento Tipo A”. Mas,os Genes do “Comportamento Tipo A”. Mas,
Atualmente, o Mesmo Não Ocorre Com asAtualmente, o Mesmo Não Ocorre Com as
OrganizaçõesOrganizações
““Empresas Que Não TenhamEmpresas Que Não Tenham
Cultura Corporativa VoltadaCultura Corporativa Voltada
Para a CompetitividadePara a Competitividade
Estão Fadadas aEstão Fadadas a
Desaparecer”Desaparecer”
Empresas do “Tipo A” SãoEmpresas do “Tipo A” São
Aquelas Que Utilizam SuaAquelas Que Utilizam Sua
Cultura Interna ParaCultura Interna Para
Impulsionar aImpulsionar a
Competitividade
Ao Analisar Essas OrganizaçõesAo Analisar Essas Organizações
Foram Identificados AlgunsForam Identificados Alguns
Elementos CulturaisElementos Culturais, os Quais, os Quais
Têm Impacto Sobre aTêm Impacto Sobre a
Performance e a CompetitividadePerformance e a Competitividade
O 1° é o Papel doO 1° é o Papel do FundadorFundador nana
Criação dos Valores éCriação dos Valores é Um DosUm Dos
ElementosElementos Que Vão Orientar aQue Vão Orientar a
Futura Atuação da OrganizaçãoFutura Atuação da Organização
Dizemos Estudiosos Que Uma Empresa ComDizemos Estudiosos Que Uma Empresa Com
Valores Sólidos e Arraigados emSeu Passado,Valores Sólidos e Arraigados emSeu Passado,
TemMais Chances de ApresentarUma BoaTemMais Chances de ApresentarUma Boa
PerformancePerformance
Uma Dessas Empresas é aUma Dessas Empresas é a
SUZANOPapel e CeluloseSUZANOPapel e Celulose
(Criada em1924), a Qual(Criada em1924), a Qual
Desde o Princípio Segue àDesde o Princípio Segue à
Risca a Cultura IntroduzidaRisca a Cultura Introduzida
Pelo Fundador(Que Saiu daPelo Fundador(Que Saiu da
Ucrânia em1917)Ucrânia em1917)
Ele Transmitiu àEle Transmitiu à
Empresa SeusEmpresa Seus
Próprios Valores –Próprios Valores –
Como Não TemerComo Não Temer
Riscos, SempreRiscos, Sempre
Procurar NovasProcurar Novas
Oportunidades e TerOportunidades e Ter
Obsessão Pelo NovoObsessão Pelo Novo
Na Prática, IssoNa Prática, Isso Fez Com QueFez Com Que
a SUZANO Entrasse noa SUZANO Entrasse no
Negócio deNegócio de Produção deProdução de
CeluloseCelulose no Brasil, Enquantono Brasil, Enquanto
os Concorrentes Aindaos Concorrentes Ainda
Importavam o ProdutoImportavam o Produto
Por Idéia do Fundador, a SUZANO Foi aPor Idéia do Fundador, a SUZANO Foi a
Primeira Companhia do Mundo a Apostar noPrimeira Companhia do Mundo a Apostar no
Eucalipto Para a Produção de PapelEucalipto Para a Produção de Papel
O Desempenho Atual daO Desempenho Atual da
Organização é Visto Por SeusOrganização é Visto Por Seus
Controladores Como Resultado daControladores Como Resultado da
Preservação da Herança Cultural doPreservação da Herança Cultural do
FundadorFundador
Além de Ser Uma DasAlém de Ser Uma Das
Maiores Empresas em PapelMaiores Empresas em Papel
e Celulose no Brasil, ae Celulose no Brasil, a
SUZANO é a MaisSUZANO é a Mais
Competitiva do SetorCompetitiva do Setor
Uma Forte CulturaUma Forte Cultura
Corporativa Só ExisteCorporativa Só Existe
Com o EngajamentoCom o Engajamento
Irrestrito de Todos osIrrestrito de Todos os
Funcionários e, SendoFuncionários e, Sendo
Assim, oAssim, o Segundo FatorSegundo Fator
FundamentalFundamental Para aPara a
Alta Performance é aAlta Performance é a
MOTIVAÇÃOMOTIVAÇÃO
Nesse Caso a Estratégia Ideal São osNesse Caso a Estratégia Ideal São os
Programas de Remuneração Por ResultadosProgramas de Remuneração Por Resultados
Alcançados, Associados a Uma RígidaAlcançados, Associados a Uma Rígida
Cobrança Por Cumprimento Das MetasCobrança Por Cumprimento Das Metas
O MelhorO Melhor
Exemplo é aExemplo é a
BraskemBraskem
PetroquímicaPetroquímica
Empresa deEmpresa de
AltaAlta
Performance,Performance,
Ela Chega aEla Chega a
Pagar AtéPagar Até
Trinta SaláriosTrinta Salários
Por Ano AosPor Ano Aos
SeusSeus
““Hoje Não é PossívelHoje Não é Possível
Pensar Numa CompanhiaPensar Numa Companhia
Que Busque Alto Grau deQue Busque Alto Grau de
Competitividade, Se ElaCompetitividade, Se Ela
Não Tiver Forte ProgramaNão Tiver Forte Programa
de Incentivo”de Incentivo”
AA BraskemBraskem
Herdou aHerdou a
AgressividadeAgressividade dodo
Seu FundadorSeu Fundador
(Grupo(Grupo
Odebrecht)Odebrecht)
““Se os Resultados SãoSe os Resultados São
Extraordinários, a Remuneração éExtraordinários, a Remuneração é
Extraordinária. Mas, Se Não Atinge asExtraordinária. Mas, Se Não Atinge as
Metas, o Funcionário Só Ganha SeuMetas, o Funcionário Só Ganha Seu
Salário” (Norberto Odebrecht)Salário” (Norberto Odebrecht)
O Último Item na TrincaO Último Item na Trinca
de Elementos Parade Elementos Para
Constituir Uma ForteConstituir Uma Forte
Cultura Corporativa é aCultura Corporativa é a
LIDERANÇALIDERANÇA
Liderança é AquelaLiderança é Aquela
Capacidade DifusaCapacidade Difusa
de Algumasde Algumas
Pessoas, QuePessoas, Que
Mobiliza Grupos emMobiliza Grupos em
Torno de UmTorno de Um
Mesmo ObjetivoMesmo Objetivo Todas as Segundas FeirasTodas as Segundas Feiras
de Manhã, Um Ritual Tomade Manhã, Um Ritual Toma
Conta Das Lojas doConta Das Lojas do
Magazine LuizaMagazine Luiza (Franca –(Franca –
SP). De Mãos Dadas Com osSP). De Mãos Dadas Com os
Funcionários, a PresidenteFuncionários, a Presidente
Luiza Helena Canta o HinoLuiza Helena Canta o Hino
Nacional e Recita UmaNacional e Recita Uma
OO Objetivo é Entrosar os Empregados,Objetivo é Entrosar os Empregados,
Discutir Desempenho, Resultados e,Discutir Desempenho, Resultados e,
Sobretudo, Incorporar o Exército de 8.000Sobretudo, Incorporar o Exército de 8.000
Vendedores Ao Jeito de Ser da EmpresaVendedores Ao Jeito de Ser da Empresa
A Presença Carismática deA Presença Carismática de LUIZALUIZA
Costuma Eletrizaro Ambiente. Ela SabeCostuma Eletrizaro Ambiente. Ela Sabe
Disso e Aproveitou Sua Habilidade ParaDisso e Aproveitou Sua Habilidade Para
Catequizara Organização e Levá-la AosCatequizara Organização e Levá-la Aos
ObjetivosObjetivos
Sob o Comando de LUIZA HELENA,Sob o Comando de LUIZA HELENA,
a Rede Saiu de 32 Para 354 Lojas.a Rede Saiu de 32 Para 354 Lojas.
Hoje, é a Terceira Maior Cadeia deHoje, é a Terceira Maior Cadeia de
Varejo de Eletrodomésticos do PaísVarejo de Eletrodomésticos do País

Mais conteúdo relacionado

Destaque (6)

Apresentação do Curso "Gestão Empresarial"
Apresentação do Curso "Gestão Empresarial"Apresentação do Curso "Gestão Empresarial"
Apresentação do Curso "Gestão Empresarial"
 
Máquinas e equipamentos da logística
Máquinas e equipamentos da logísticaMáquinas e equipamentos da logística
Máquinas e equipamentos da logística
 
(7) aprendendo a aprender
(7) aprendendo a aprender(7) aprendendo a aprender
(7) aprendendo a aprender
 
4ª aula de adm
4ª aula de adm4ª aula de adm
4ª aula de adm
 
3ª aula de Logística (Atividades de Apoio)
3ª aula de Logística (Atividades de Apoio)3ª aula de Logística (Atividades de Apoio)
3ª aula de Logística (Atividades de Apoio)
 
5) liderança e administração eficaz (resumo do livro)
5) liderança e administração eficaz (resumo do livro)5) liderança e administração eficaz (resumo do livro)
5) liderança e administração eficaz (resumo do livro)
 

Semelhante a O DNA das Culturas Matadoras

O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!
O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!
O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!Alan Leite
 
Planejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação Interna
Planejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação InternaPlanejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação Interna
Planejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação InternaSanto de Casa Endomarketing
 
Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você.
Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você. Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você.
Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você. Frederico Abreu
 
02 gestão de negócios
02   gestão de negócios02   gestão de negócios
02 gestão de negóciosHelder Lucas
 
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de EmpreendedoresApresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de EmpreendedoresConexão Empreendedora
 
P4BW - Apresentação Fev. 2015
P4BW - Apresentação Fev. 2015P4BW - Apresentação Fev. 2015
P4BW - Apresentação Fev. 2015Martin GP Bernard
 

Semelhante a O DNA das Culturas Matadoras (20)

Empresas Competentes Buscam Líderes Eficazes
Empresas Competentes Buscam Líderes EficazesEmpresas Competentes Buscam Líderes Eficazes
Empresas Competentes Buscam Líderes Eficazes
 
(7) estratégias para motivar funcionários
(7) estratégias para motivar funcionários(7) estratégias para motivar funcionários
(7) estratégias para motivar funcionários
 
(5) empregabilidade
(5) empregabilidade(5) empregabilidade
(5) empregabilidade
 
Técnicas Para Motivar Equipes
Técnicas Para Motivar EquipesTécnicas Para Motivar Equipes
Técnicas Para Motivar Equipes
 
(4) administração evolução e conceitos
(4) administração evolução e conceitos(4) administração evolução e conceitos
(4) administração evolução e conceitos
 
Quem é o Melhor Funcionário?
Quem é o Melhor Funcionário?Quem é o Melhor Funcionário?
Quem é o Melhor Funcionário?
 
Livro 2 Gerenciamento
Livro 2 GerenciamentoLivro 2 Gerenciamento
Livro 2 Gerenciamento
 
(1) livro vi recursos humanos
(1) livro vi recursos humanos(1) livro vi recursos humanos
(1) livro vi recursos humanos
 
O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!
O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!
O grande "segredo" das startups que chegam lá: times incríveis!
 
Planejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação Interna
Planejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação InternaPlanejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação Interna
Planejamento e Gestão de Endomarketing e Comunicação Interna
 
Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você.
Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você. Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você.
Propósito e Design Thinking. O que isso tem a ver com você.
 
Gestaode pessoas[1]
Gestaode pessoas[1]Gestaode pessoas[1]
Gestaode pessoas[1]
 
A Arte de gerenciar pessoas nas organizações
A Arte de gerenciar pessoas nas organizaçõesA Arte de gerenciar pessoas nas organizações
A Arte de gerenciar pessoas nas organizações
 
02 gestão de negócios
02   gestão de negócios02   gestão de negócios
02 gestão de negócios
 
O Brasil em 2020 (De Volta à Escola)
O Brasil em 2020 (De Volta à Escola)O Brasil em 2020 (De Volta à Escola)
O Brasil em 2020 (De Volta à Escola)
 
2) empregabilidade
2) empregabilidade2) empregabilidade
2) empregabilidade
 
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de EmpreendedoresApresentações 22º Encontro de Empreendedores
Apresentações 22º Encontro de Empreendedores
 
P4BW - Apresentação Fev. 2015
P4BW - Apresentação Fev. 2015P4BW - Apresentação Fev. 2015
P4BW - Apresentação Fev. 2015
 
Mudanças
MudançasMudanças
Mudanças
 
Você faz a diferença
Você faz a diferençaVocê faz a diferença
Você faz a diferença
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas (20)

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de Trabalho
 
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptx
 
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
 
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
 
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
 

O DNA das Culturas Matadoras

  • 1. O DNA DAS CULTURASO DNA DAS CULTURAS “MATADORAS”“MATADORAS” AlgumasAlgumas EmpresasEmpresas Crescem OndeCrescem Onde Outras “Patinam”;Outras “Patinam”; Elas Têm TáticasElas Têm Táticas Agressivas eAgressivas e Contam ComContam Com Funcionários FiéisFuncionários Fiéis Do Que São Feitas asDo Que São Feitas as Empresas MaisEmpresas Mais Competitivas doCompetitivas do Brasil?Brasil? Saiba a RelaçãoSaiba a Relação Existente Entre osExistente Entre os “Viciados em“Viciados em Trabalho” e asTrabalho” e as Empresas VencedorasEmpresas Vencedoras
  • 2. Em Psicologia, as Pessoas ExtremamenteEm Psicologia, as Pessoas Extremamente Competitivas (Quase Agressivas) em Busca deCompetitivas (Quase Agressivas) em Busca de Seus Objetivos, São Classificadas ComoSeus Objetivos, São Classificadas Como ““Pessoas Com Padrão de Comportamento APessoas Com Padrão de Comportamento A”” São Rotulados de “São Rotulados de “ WorkaholicsWorkaholics”;”; Ou Seja, Pessoas “Viciadas” emOu Seja, Pessoas “Viciadas” em Trabalho, No Cumprimento deTrabalho, No Cumprimento de Metas e Com Pouco – OuMetas e Com Pouco – Ou Nenhum – Interesse na VidaNenhum – Interesse na Vida PessoalPessoal Estudos Vêm AplicandoEstudos Vêm Aplicando Esse Conceito ao UniversoEsse Conceito ao Universo Das OrganizaçõesDas Organizações
  • 3. Pessoas Podem Perfeitamente Sobreviver SemPessoas Podem Perfeitamente Sobreviver Sem os Genes do “Comportamento Tipo A”. Mas,os Genes do “Comportamento Tipo A”. Mas, Atualmente, o Mesmo Não Ocorre Com asAtualmente, o Mesmo Não Ocorre Com as OrganizaçõesOrganizações ““Empresas Que Não TenhamEmpresas Que Não Tenham Cultura Corporativa VoltadaCultura Corporativa Voltada Para a CompetitividadePara a Competitividade Estão Fadadas aEstão Fadadas a Desaparecer”Desaparecer” Empresas do “Tipo A” SãoEmpresas do “Tipo A” São Aquelas Que Utilizam SuaAquelas Que Utilizam Sua Cultura Interna ParaCultura Interna Para Impulsionar aImpulsionar a Competitividade
  • 4. Ao Analisar Essas OrganizaçõesAo Analisar Essas Organizações Foram Identificados AlgunsForam Identificados Alguns Elementos CulturaisElementos Culturais, os Quais, os Quais Têm Impacto Sobre aTêm Impacto Sobre a Performance e a CompetitividadePerformance e a Competitividade O 1° é o Papel doO 1° é o Papel do FundadorFundador nana Criação dos Valores éCriação dos Valores é Um DosUm Dos ElementosElementos Que Vão Orientar aQue Vão Orientar a Futura Atuação da OrganizaçãoFutura Atuação da Organização Dizemos Estudiosos Que Uma Empresa ComDizemos Estudiosos Que Uma Empresa Com Valores Sólidos e Arraigados emSeu Passado,Valores Sólidos e Arraigados emSeu Passado, TemMais Chances de ApresentarUma BoaTemMais Chances de ApresentarUma Boa PerformancePerformance
  • 5. Uma Dessas Empresas é aUma Dessas Empresas é a SUZANOPapel e CeluloseSUZANOPapel e Celulose (Criada em1924), a Qual(Criada em1924), a Qual Desde o Princípio Segue àDesde o Princípio Segue à Risca a Cultura IntroduzidaRisca a Cultura Introduzida Pelo Fundador(Que Saiu daPelo Fundador(Que Saiu da Ucrânia em1917)Ucrânia em1917) Ele Transmitiu àEle Transmitiu à Empresa SeusEmpresa Seus Próprios Valores –Próprios Valores – Como Não TemerComo Não Temer Riscos, SempreRiscos, Sempre Procurar NovasProcurar Novas Oportunidades e TerOportunidades e Ter Obsessão Pelo NovoObsessão Pelo Novo Na Prática, IssoNa Prática, Isso Fez Com QueFez Com Que a SUZANO Entrasse noa SUZANO Entrasse no Negócio deNegócio de Produção deProdução de CeluloseCelulose no Brasil, Enquantono Brasil, Enquanto os Concorrentes Aindaos Concorrentes Ainda Importavam o ProdutoImportavam o Produto
  • 6. Por Idéia do Fundador, a SUZANO Foi aPor Idéia do Fundador, a SUZANO Foi a Primeira Companhia do Mundo a Apostar noPrimeira Companhia do Mundo a Apostar no Eucalipto Para a Produção de PapelEucalipto Para a Produção de Papel O Desempenho Atual daO Desempenho Atual da Organização é Visto Por SeusOrganização é Visto Por Seus Controladores Como Resultado daControladores Como Resultado da Preservação da Herança Cultural doPreservação da Herança Cultural do FundadorFundador Além de Ser Uma DasAlém de Ser Uma Das Maiores Empresas em PapelMaiores Empresas em Papel e Celulose no Brasil, ae Celulose no Brasil, a SUZANO é a MaisSUZANO é a Mais Competitiva do SetorCompetitiva do Setor
  • 7. Uma Forte CulturaUma Forte Cultura Corporativa Só ExisteCorporativa Só Existe Com o EngajamentoCom o Engajamento Irrestrito de Todos osIrrestrito de Todos os Funcionários e, SendoFuncionários e, Sendo Assim, oAssim, o Segundo FatorSegundo Fator FundamentalFundamental Para aPara a Alta Performance é aAlta Performance é a MOTIVAÇÃOMOTIVAÇÃO Nesse Caso a Estratégia Ideal São osNesse Caso a Estratégia Ideal São os Programas de Remuneração Por ResultadosProgramas de Remuneração Por Resultados Alcançados, Associados a Uma RígidaAlcançados, Associados a Uma Rígida Cobrança Por Cumprimento Das MetasCobrança Por Cumprimento Das Metas
  • 8. O MelhorO Melhor Exemplo é aExemplo é a BraskemBraskem PetroquímicaPetroquímica Empresa deEmpresa de AltaAlta Performance,Performance, Ela Chega aEla Chega a Pagar AtéPagar Até Trinta SaláriosTrinta Salários Por Ano AosPor Ano Aos SeusSeus ““Hoje Não é PossívelHoje Não é Possível Pensar Numa CompanhiaPensar Numa Companhia Que Busque Alto Grau deQue Busque Alto Grau de Competitividade, Se ElaCompetitividade, Se Ela Não Tiver Forte ProgramaNão Tiver Forte Programa de Incentivo”de Incentivo”
  • 9. AA BraskemBraskem Herdou aHerdou a AgressividadeAgressividade dodo Seu FundadorSeu Fundador (Grupo(Grupo Odebrecht)Odebrecht) ““Se os Resultados SãoSe os Resultados São Extraordinários, a Remuneração éExtraordinários, a Remuneração é Extraordinária. Mas, Se Não Atinge asExtraordinária. Mas, Se Não Atinge as Metas, o Funcionário Só Ganha SeuMetas, o Funcionário Só Ganha Seu Salário” (Norberto Odebrecht)Salário” (Norberto Odebrecht)
  • 10. O Último Item na TrincaO Último Item na Trinca de Elementos Parade Elementos Para Constituir Uma ForteConstituir Uma Forte Cultura Corporativa é aCultura Corporativa é a LIDERANÇALIDERANÇA Liderança é AquelaLiderança é Aquela Capacidade DifusaCapacidade Difusa de Algumasde Algumas Pessoas, QuePessoas, Que Mobiliza Grupos emMobiliza Grupos em Torno de UmTorno de Um Mesmo ObjetivoMesmo Objetivo Todas as Segundas FeirasTodas as Segundas Feiras de Manhã, Um Ritual Tomade Manhã, Um Ritual Toma Conta Das Lojas doConta Das Lojas do Magazine LuizaMagazine Luiza (Franca –(Franca – SP). De Mãos Dadas Com osSP). De Mãos Dadas Com os Funcionários, a PresidenteFuncionários, a Presidente Luiza Helena Canta o HinoLuiza Helena Canta o Hino Nacional e Recita UmaNacional e Recita Uma
  • 11. OO Objetivo é Entrosar os Empregados,Objetivo é Entrosar os Empregados, Discutir Desempenho, Resultados e,Discutir Desempenho, Resultados e, Sobretudo, Incorporar o Exército de 8.000Sobretudo, Incorporar o Exército de 8.000 Vendedores Ao Jeito de Ser da EmpresaVendedores Ao Jeito de Ser da Empresa A Presença Carismática deA Presença Carismática de LUIZALUIZA Costuma Eletrizaro Ambiente. Ela SabeCostuma Eletrizaro Ambiente. Ela Sabe Disso e Aproveitou Sua Habilidade ParaDisso e Aproveitou Sua Habilidade Para Catequizara Organização e Levá-la AosCatequizara Organização e Levá-la Aos ObjetivosObjetivos Sob o Comando de LUIZA HELENA,Sob o Comando de LUIZA HELENA, a Rede Saiu de 32 Para 354 Lojas.a Rede Saiu de 32 Para 354 Lojas. Hoje, é a Terceira Maior Cadeia deHoje, é a Terceira Maior Cadeia de Varejo de Eletrodomésticos do PaísVarejo de Eletrodomésticos do País