Lição 11 A Ética no Reino de Deus

416 visualizações

Publicada em

Lição 11 A Ética no Reino de Deus JUVENIS CPAD
www.ebdbrasil.blogspot.com

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Lição 11 A Ética no Reino de Deus

  1. 1. LIÇÃO 11 – A ética no reino de Deus "Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens". (Mateus 5:13 - NVI)
  2. 2. LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, e ele começou a ensiná-los, dizendo: "Bem- aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus. Bem- aventurados os que choram, pois serão consolados. Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos. Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia. Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus. Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus. "Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês". Mateus 5:1-12
  3. 3. INTRODUÇÃO Apresentar um código de conduta ou código de ética não foi o propósito de Cristo no sermão do monte, mas porque não? O intuito do Senhor não era imprimir obrigações ou uma nova lei, quando tratamos de código de ética nos remetemos ao Direito, mas o que Cristo fez no sermão do monte foi além de normas técnicas para um grupo novo que nascia, os seguidores do Caminho! Pois ser ético é tudo aquilo que coloca em primeiro lugar o interesse da comunidade em contradição ao interesse individual… Jesus vai além de um padrão ético humano comum, ele interfere categoricamente no sistema ético que existia entre os judeus, na realidade, ele os confrontou! A lei mosaica (código ético e legal judaico – Torah ou Pentateuco) seguia o mesmo princípio de Talião, olho por cada olho, dente por cada dente. O interesse de Cristo não estava na comunidade e seu bem comum, mas no bem do Reino de Deus.
  4. 4. 1. O SERMÃO: A EXPRESSÃO DA ÉTICA DO REINO DE DEUS. ALGUNS QUESTIONAMENTOS O que seria ética? Qual a relação do Reino de Deus e a ética? Deus tem ética? Existe padrão para uma ética divina e do Reino?
  5. 5. 1. O SERMÃO: A EXPRESSÃO DA ÉTICA DO REINO DE DEUS. RESPONDENDO AS QUESTÕES Segundo a filosofia a ética é a ciência dos princípios da moral, quando ela designa a aplicação de princípios nos atos particulares da vida. É parecido com o que Jesus fez, mas essa ética, diferente da humana é inconcebível ao homem sem Deus e que não entenda o Evangelho. O Reino de Deus não anda de acordo com a ética humana, pois a ética humana se acomoda no que diz respeito a tolerância. Hoje esta é a palavra chefe, tolerância religiosa, tolerância cultural, tolerância moral. E agora? Devemos ou não tolerar, o que Jesus ensina no sermão do monte? Que tolerância é essa? A que ele se referia? Deus tem ética, mas sua ética é incompreensível aos olhos humanos, pois o mesmo permite dificuldades e perseguições aos fiéis. Você perimitiria alguém de sua família ser perseguido? Isso é ético na visão humana?
  6. 6. 2. O SERMÃO DO MONTE É UMA MENSAGEM PARA HOJE A ATUALIDADE DO SERMÃO A ética humana produz padrões comportamentais que estão preocupados em haver harmonia em sociedade, nessa ética ninguém pode ser constrangido, na ética do Reino é diferente, além de ser constrangido você não pode reagir aos insultos provocados por sua conduta cristã! Jesus não impetrou uma Nova Era, ou um movimento revolucionário político, cultural ou social, Jesus veio para libertar a alma mesmo estando no corpo. Como assim? Enquanto a ética humana só pode conduzir o homem em comportamentos que podem ser vistos, a ética do Reino contempla o interior do homem, a intenção do coração. É então uma ética complexa!
  7. 7. 3. VIVENDO A ÉTICA DO REINO NA SOCIEDADE ETHOS A origem da ética vem desse termo grego que quer dizer costume, uso, etc. Trata-se de uma conduta ou comportamento, através de atos e deveres humanos, mas viver com o modo de agir ensinado por Cristo não pode ser relacionado a um manual teológico ou filosófico de ética, mas à uma transformação integral do ser humano, Jesus coloca como justa práticas que hoje são tratadas como tolices. Como alguns dizem: - Pobre de espírito? Eu não! Jamais me rebaixarei ao meu chefe ou a quem me lidera! Ser submisso aos meus pais? Jamais, já tenho meu próprio emprego, etc. Cristo ensina a coma ser humilhado e ainda ficar feliz, isso seria ético? Usando a visão humana e do Direito? Pelo contrário, os irmãos fazem caso com os outros e correm para a justiça humana porque alguém me humilhou por ser cristão!
  8. 8. 3. VIVENDO A ÉTICA DO REINO NA SOCIEDADE ETHOS Quando presenciamos atos de grupos de pessoas que escarnecem o nome de Cristo, ou se utilizam de forma imoral dos símbolos do cristianismo não devemos acionar o Ministério Público, nem tampouco procurar os direitos da religião que se professa cristã, mas pelo contrário, devemos ou vir o conselho do Mestre: "Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a recompensa de vocês nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês".
  9. 9. 3. VIVENDO A ÉTICA DO REINO NA SOCIEDADE EXEMPLOS DE PERSEGUIÇÕES ATUAIS  MOVIMENTOS LBGT (ESCÁRNIO DO CRISTIANISMO)  LEIS CONTRA O CRISTIANISMO  PORNOGRAFIA INCENTIVADA  MUDANÇA DO SIGNIFICADO HISTÓRICO DE FAMÍLIA  ABORTO  INCENTIVO A PROSTITUIÇÃO (USE CAMISINHA)  QUAL A NOSSA ATITUDE?  O PRESIDENTE ACREDITAM NO PODER DO DIABO.
  10. 10. 4. SAL E LUZ Ser sal e luz nada tem a ver com fazer o que as pessoas gostam ou ser alguém na qual todos querem imitar, ser sal e luz não nos remete a ser bonzinho ou o cara legal da escola ou do trabalho, pelo contrário, ser sal e luz mostra que somos diferentes do mundo de trevas, a luz ilumina e mostra o pecado que a escuridão esconde, o sal salga feridas, cura o pecado! As pessoas devem glorificar a Deus por sua vida, mas não pense que serão todos que gostarão de sua prática verdadeiramente cristã, não pense que ser sal e luz é ser unanimidade, pois quando somos sal ou luz as perseguições aparecem e Deus é glorificado através de sua vida!
  11. 11. PARA CONCLUIR O sermão do monte não é um código de ética comum, pelo contrário, esse foi um discurso de Cristo e não um documento formal de condução de vida, foi uma orientação de como ser um discípulo autêntico, sendo forte na hora da necessidade e calmo na hora da tempestade. Agir como Jesus agiu, ser como Ele foi, aguentar o que Ele aguentou é muito difícil, mas devemos a cada dia nos reportar a seus ensinos e dizer, SENHOR QUERO ANDAR NA TUA VONTADE AGRADÁVEL E PERFEITA. Tenha intimidade com Deus, um tempo só entre você e Ele que ninguém veja ou escute e Ele te orientará nas suas ações diárias! DEUS OS ABENÇOE!

×