Relembrando....
• Os EUA viviam um momento de prosperidade
na década de 1920, grande parte graças a 1ª
Guerra;
• Era difun...
A crise
• Existia a crença do crescimento sem fim,
enquanto a Europa se recuperava, os EUA
aumentavam cada vez mais a prod...
EUA
Produção industrial
destinada a Europa.
Recuperando
sua economia, e
dependendo
cada vez menos
dos EUA.
Superprodução
P...
Quebra da Bolsa de Nova York
• Os bancos e as grandes empresas
continuavam a fazer negociações na bolsa,
com valores irrea...
Ações pós-crise 1929
• A crise não foi restrita aos
EUA, o mundo todo sentiu
o reflexo, retirando os
investimentos das
emp...
Queima de Café em Santos/SP
O New Deal
Para recuperar a economia dos EUA, e sair
da Grande Depressão, Rooselvelt criou um Plano
Econômico chamado New ...
Liberalismo x New Deal
Resultados
• Apesar de não alcançar todos os objetivos
esperados, conseguiu controlar a crise social;
• Adotou ideias de J...
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Aula 3   crise de 1929
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 3 crise de 1929

2.086 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.086
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.081
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3 crise de 1929

  1. 1. Relembrando.... • Os EUA viviam um momento de prosperidade na década de 1920, grande parte graças a 1ª Guerra; • Era difundido o American Way of Life, que incentivava o consumismo; • Essa euforia do consumo gera um crescimento econômico muito grande, valorizando também as empresas que viam suas ações crescerem cada vez mais na bolsa de valores;
  2. 2. A crise • Existia a crença do crescimento sem fim, enquanto a Europa se recuperava, os EUA aumentavam cada vez mais a produção; • Os salários dos trabalhadores não acompanhavam os aumentos industriais; • Esses fatores vão ser importantes para gerar uma das maiores crises do capitalismo;
  3. 3. EUA Produção industrial destinada a Europa. Recuperando sua economia, e dependendo cada vez menos dos EUA. Superprodução Produtos sobrando nos estoques estadunidenses Salários baixo dos trabalhadores dos EUA Corte de emprego Protestos Lei Seca Atuação dos gangster Controle da entrada de Imigrantes Enquanto isso o governo, seguindo a lógica liberal, não interviu na economia, esperando que a crise se resolveria por si só.
  4. 4. Quebra da Bolsa de Nova York • Os bancos e as grandes empresas continuavam a fazer negociações na bolsa, com valores irreais nas ações, esperando que as coisas iriam se resolver; • No dia 24 de outubro de 1929 um grande número de ações deixaram de ser vendidas, e outras tantas foram colocadas a venda ás pressas, gerando a falência de várias pessoas;
  5. 5. Ações pós-crise 1929 • A crise não foi restrita aos EUA, o mundo todo sentiu o reflexo, retirando os investimentos das empresas estadunidenses, piorando ainda mais a situação; • No Brasil afeta a economia do café; • Na Alemanha agrava a crise social, o que possibilita a entrada dos Nazistas no poder;
  6. 6. Queima de Café em Santos/SP
  7. 7. O New Deal Para recuperar a economia dos EUA, e sair da Grande Depressão, Rooselvelt criou um Plano Econômico chamado New Deal (Novo Acordo): • Investimento em obras públicas; • Salário-desemprego; • Salário Mínimo; • Compra de produtos agrícolas pelo governo; • Empréstimos facilitados;
  8. 8. Liberalismo x New Deal
  9. 9. Resultados • Apesar de não alcançar todos os objetivos esperados, conseguiu controlar a crise social; • Adotou ideias de Jonh Keynes, famoso economista, que era contra ao “laissez-faire” e apoiava a intervenção do Estado na Economia; • É considerada a precursora do “Estado de bem estar social” que se desenvolveu após a guerra em alguns Estados europeus;

×