Linguagem poética
Noções de versificação
Intencionalidade da poesia
• provocar uma reflexão
sobre o mundo
concreto a partir de
uma visão metafórica;
• emocionar;
•...
Poema e poesia
Poesia: "arte de criar
imagens, sugerir emoções
por meio de uma linguagem
em que se combinam sons,
ritmos e...
Tem Tudo a ver
"Elias José"
•
A poesia
Tem tudo a ver
Com tua dor e alegrias,
Com as cores, as formas, os cheiros,
Os sabo...
Linguagem poética
- Predominância de
palavras
empregadas no
sentido figurado
(conotação)
- Uso de figuras de
linguagem
O que faz do poema um poema?
FORÇA DO HÁBITO
Um dia o meu cavalo voltará sozinho e,
assumindo sem querer a minha própria i...
SOBRE A AMBIÇÃO
Só
de pó
Deus o fez
mas ele , em vez
de se conformar,
quis ser sol, quis ser mar,
e ser céu... – ser tudo,...
Amar!
Florbela Espanca
Eu quero amar, amar perdidamente
Amar só por amar: Aqui… Além…
Mais este e aquele, o outro e toda a...
Noções Básicas
• Verso: cada uma das linhas do poema, que pode ter
sentido completo ou não.
• Estrofe: conjunto de versos;...
Estrutura Estrófica
Número de versos Classificação das estrofes
2 Dístico
3 Terceto
4 Quadra ou Quarteto
5 Quintilha ou Qu...
• Metro: número de sílabas de um verso.
• Escanção: contagem de sílabas métricas de
um verso.
• Verso: Cada uma das linhas do poema. Pode ter
sentido completo ou não.
• VERSOS LIVRES – sem métrica
• VERSOS BRANCOS – ...
Metro é a medida do verso. O estudo do metro chama-se
metrificação e escansão é a contagem dos sons dos versos.
As sílabas...
Tipos de verso
A um número de sílabas métricas em determinado verso podem ser atribuídos
nomes:
Dodecassílabo: 12 sílabas
...
METRO
Os versos classificam-se quanto ao número de silabas métricas.
Noções de versificação
Classificação dos versos quant...
 Correspondência de sons num
poema que, não sendo
indispensável, contribui para o
ritmo e a expressividade do
texto.
 Os...
Noções de versificação
A rima tem designações diferentes, consoante:
• o esquema das suas combinações — esquema rimático
O...
Noções de versificação
Grande é a poesia, a bondade e as danças… a
Mas o melhor do mundo são as crianças, a
Flores, música...
Noções de versificação
• a classe das palavras que rimam
Rima pobre: as palavras que rimam pertencem à mesma classe
gramat...
Noções de versificação
MIGUEL TORGA, Poesia Completa, Lisboa, D. Quixote, 2000, pp. 296 e 363
Rima toante: rimam apenas as...
Linguagem poética e versificação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Linguagem poética e versificação

1.181 visualizações

Publicada em

Conteúdo para a prova

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Linguagem poética e versificação

  1. 1. Linguagem poética Noções de versificação
  2. 2. Intencionalidade da poesia • provocar uma reflexão sobre o mundo concreto a partir de uma visão metafórica; • emocionar; • registrar sentimentos; • empregar as palavras com objetivos estéticos.
  3. 3. Poema e poesia Poesia: "arte de criar imagens, sugerir emoções por meio de uma linguagem em que se combinam sons, ritmos e significados". Poema:"obra em verso ou não em que há poesia". Ou seja: quando falamos em poesia, estamos falando de uma arte e, quando falamos em poema, estamos nos referindo a um texto concreto.
  4. 4. Tem Tudo a ver "Elias José" • A poesia Tem tudo a ver Com tua dor e alegrias, Com as cores, as formas, os cheiros, Os sabores e a música Do mundo. A poesia Tem tudo a ver Com o sorriso da criança, O diálogo dos namorados, As lágrimas diante da morte, Os olhos pedindo pão. • A poesia tem tudo a ver Com a plumagem, o vôo e o canto, A veloz acrobacia dos peixes, As cores todas do arco--íris O ritmo dos rios e cachoeiras, O brilho da lua, do sol e das estrela, A explosão em verde, em flores e frutas. A poesia - é só abrir os olhos e ver - tem tudo a ver com tudo. Palavras de encantamento.São Paulo: Moderna,2001.v.1.p,35 (Programa literatura em minha casa)
  5. 5. Linguagem poética - Predominância de palavras empregadas no sentido figurado (conotação) - Uso de figuras de linguagem
  6. 6. O que faz do poema um poema? FORÇA DO HÁBITO Um dia o meu cavalo voltará sozinho e, assumindo sem querer a minha própria imagem e semelhança, virá ler, naquele café de sempre, nosso jornal de cada dia... MÁRIO QUINTANA
  7. 7. SOBRE A AMBIÇÃO Só de pó Deus o fez mas ele , em vez de se conformar, quis ser sol, quis ser mar, e ser céu... – ser tudo, enfim! Mas nada pôde! E foi assim que se pôs a chorar de furor... Mas – ah ! – foi sobre a sua própria dor que as lágrimas tristes rolaram. E o pó molhado, ficou sendo lodo – e lodo só ! Guilherme de Almeida
  8. 8. Amar! Florbela Espanca Eu quero amar, amar perdidamente Amar só por amar: Aqui… Além… Mais este e aquele, o outro e toda a gente Amar! Amar! E não amar ninguém! Recordar? Esquecer? Indiferente!… Prender ou desprender? É mal? É bem? Quem disser que se pode amar alguém Durante a vida inteira é porque mente! Há uma Primavera em cada vida É preciso cantá-la assim florida, Pois se Deus nos deu voz, foi para cantar! E se um dia hei de ser pó, cinza e nada Que seja a minha noite uma alvorada, Que me saiba perder… para me encontrar…
  9. 9. Noções Básicas • Verso: cada uma das linhas do poema, que pode ter sentido completo ou não. • Estrofe: conjunto de versos; as estrofes encontram-se separadas por um espaço em branco. • Estrutura Estrófica: as estrofes podem ser classificadas conforme o número de versos que as constituem.
  10. 10. Estrutura Estrófica Número de versos Classificação das estrofes 2 Dístico 3 Terceto 4 Quadra ou Quarteto 5 Quintilha ou Quinteto 6 Sextilha 7 Sétima 8 Oitava 9 Nona 10 Décima Mais de 10 Irregular – Não há classificação
  11. 11. • Metro: número de sílabas de um verso. • Escanção: contagem de sílabas métricas de um verso.
  12. 12. • Verso: Cada uma das linhas do poema. Pode ter sentido completo ou não. • VERSOS LIVRES – sem métrica • VERSOS BRANCOS – sem rimas • VERSOS POLIMÉTRICOS – quando o poema apresenta mais de uma medida silábica. • VERSOS ISOMÉTRICOS - quando o poema apresenta o mesmo número de sílabas poéticas.
  13. 13. Metro é a medida do verso. O estudo do metro chama-se metrificação e escansão é a contagem dos sons dos versos. As sílabas métricas, ou poéticas, diferem das sílabas gramaticais em alguns aspectos. Contam-se as sílabas ou sons até a tônica da última palavra de um verso. Exemplo: A-mo-te,ó-cruz,no-vér-ti-ce-fir-ma/da = 10 sílabas De es-plên-di-das-i-gre/jas = 6 sílabas Mi-nha-mu-lher-ex-pi-rou = 7 sílabas E as-bre/ves = 2 sílabas Vir-gem-das-do/res = 4 sílabas
  14. 14. Tipos de verso A um número de sílabas métricas em determinado verso podem ser atribuídos nomes: Dodecassílabo: 12 sílabas Ins | pi | ra | do^a | pen | sar | em | teu | per | fil | di | vi | (no) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Decassílabo: 10 sílabas (muito comum em sonetos) Não | tens | que | ças | da | que | lea | mor | ar | den | (te) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Eneassílabo: 9 sílabas Nos | sos | pais | con | du | zis | te^à | vi | tó | (ria) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Redondilha maior ou heptassílabo: 7 sílabas Se | nho | ra, | par | tem | tão | tris | (tes) 1 2 3 4 5 6 7 Redondilha menor: 5 sílabas Tan | tos | gri | tos | rou | (cos) 1 2 3 4 5
  15. 15. METRO Os versos classificam-se quanto ao número de silabas métricas. Noções de versificação Classificação dos versos quanto ao número de sílabas 1 sílaba monossílabo 7 sílabas heptassílabo ou redondilha maior 2 sílabas dissílabo 8 sílabas octossílabo 3 sílabas trissílabo 9 sílabas eneassílabo 4 sílabas tetrassílabo ou quadrissílabo 10 sílabas decassílabo 5 sílabas pentassílabo ou redondilha menor 11 sílabas hendecassílabo 6 sílabas hexassílabo 12 sílabas dodecassílabo ou verso alexandrino > 12 sílabas verso livre
  16. 16.  Correspondência de sons num poema que, não sendo indispensável, contribui para o ritmo e a expressividade do texto.  Os versos que rimam chamam-se versos rimados.  Os versos que não rimam chamam-se versos soltos ou brancos. RIMA Noções de versificação
  17. 17. Noções de versificação A rima tem designações diferentes, consoante: • o esquema das suas combinações — esquema rimático O poeta é um fingidor. a Finge tão completamente b Que chega a fingir que é dor a A dor que deveras sente. b Rima cruzada os versos rimam alternadamente
  18. 18. Noções de versificação Grande é a poesia, a bondade e as danças… a Mas o melhor do mundo são as crianças, a Flores, música, o luar, e o sol, que peca b Só quando, em vez de criar, seca. b Rima interpolada os versos que rimam estão separados por dois ou mais versos que terminam de forma diferente Rima emparelhada os versos rimam dois a dois Ela ia, tranquila pastorinha a Pela estrada da minha imperfeição. b Segui-a, como um gesto de perdão, b O seu rebanho, a saudade minha… a FERNANDO PESSOA, Liberdade e outros poemas ortónimos, Lisboa, Ática, 2009, pp. 25, 45 e 49
  19. 19. Noções de versificação • a classe das palavras que rimam Rima pobre: as palavras que rimam pertencem à mesma classe gramatical - peca (verbo)/seca (verbo); Rima rica: as palavras que rimam pertencem a classes gramaticais diferentes – completamente (advérbio)/sente (verbo). Flores, música, o luar, e o sol, que peca Só quando, em vez de criar, seca; Finge tão completamente A dor que deveras sente. A rima tem designações diferentes, consoante:
  20. 20. Noções de versificação MIGUEL TORGA, Poesia Completa, Lisboa, D. Quixote, 2000, pp. 296 e 363 Rima toante: rimam apenas as vogais tónicas, e por vezes as átonas, excluindo-se as consoantes (melodia/poesia); Rima consoante: há correspondência completa dos sons a partir da vogal tónica (futuro/duro). A rima tem designações diferentes, consoante: • os sons que rimam Uma leve e gratuita melodia, Junto o meu canto de homem natural Ao grande coro dessa poesia. A seara do futuro, Sem saber se o chão e duro

×