SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
Olá, estudante! Somos da Prime Assessoria Acadêmica e iremos te
ajudar nessa atividade!
Entre em contato
(99) 98525-8486
ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E
NEGOCIAÇÃO – 52/2023
"Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para outra.
É uma forma de atingir os outros com ideias, fatos, pensamentos, sentimentos e valores.
Ela é uma ponte de sentido entre as pessoas, de tal forma que elas podem compartilhar
aquilo que sentem e sabem. Utilizando esta ponte, uma pessoa pode cruzar com segurança
o rio de mal-entendidos que muitas vezes as separam".
SILVA, C. C. da. Comunicação Empresarial: a influência das redes sociais na comunicação
interna. 2022. 14 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Administração) —
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, Angical do Piauí, 2022. p. 4.
A respeito da comunicação interpessoal, a literatura ressalta que o processo de socialização
passa, necessariamente, pela comunicação, como via de transmissão do pensar e da
participação social, a partir do que se estabelece na dinâmica social. A partir do exposto,
descreva os elementos da comunicação: Emissor, Receptor e Canal.

Mais conteúdo relacionado

Mais de Unicesumar

6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...
6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...
6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...Unicesumar
 
5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...
5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...
5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...Unicesumar
 
4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...
4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...
4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...Unicesumar
 
3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...
3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...
3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...Unicesumar
 
2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...
2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...
2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...Unicesumar
 
1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...
1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...
1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...Unicesumar
 
Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...
Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...
Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...Unicesumar
 
Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...
Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...
Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...Unicesumar
 
a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...
a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...
a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...Unicesumar
 
A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...
A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...
A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...Unicesumar
 
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.Unicesumar
 
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAEConhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAEUnicesumar
 
A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...
A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...
A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...Unicesumar
 
01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes.
 01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes. 01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes.
01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes.Unicesumar
 
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...Unicesumar
 
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...Unicesumar
 
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...Unicesumar
 
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...Unicesumar
 
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...Unicesumar
 
Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...
Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...
Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...Unicesumar
 

Mais de Unicesumar (20)

6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...
6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...
6ª TEXTO 1 Se o ritmo atual do aquecimento global não for controlado, isso em...
 
5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...
5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...
5ª QUESTÃO Com base na charge apresentada e no estudo da Unidade 2 do Livro D...
 
4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...
4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...
4ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Após participar de uma açã...
 
3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...
3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...
3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Em 1950, década em que seu...
 
2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...
2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...
2ª QUESTÃO Ao olharmos para o termo em si, “tecnologia”, em um conceito mais ...
 
1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...
1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...
1ª QUESTÃO É através de um método científico que um pesquisador – seja de qua...
 
Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...
Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...
Calcule o valor aproximado da Confiabilidade Global do Sistema (R ) com base ...
 
Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...
Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...
Como a capacidade patogênica da teníase é pequena, em boa parte dependente do...
 
a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...
a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...
a) Defina quem são os cestoides, citando e explicando as principais caracterí...
 
A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...
A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...
A teníase é uma parasitose causada por helmintos do gênero Taenia. Embora apr...
 
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE.
 
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAEConhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE
Conhecendo um pouco mais sobre esse programa, relate qual é o objetivo do PNAE
 
A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...
A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...
A fermentação é uma das técnicas de conservação de alimentos mais antigas exi...
 
01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes.
 01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes. 01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes.
01 - Diferencie as células procariontes dos eucariontes.
 
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
 
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...
Desconfie de tudo o que se refere à política. Desconfie dos jornais, televisã...
 
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
 
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
A ética está diretamente ligada à cidadania, condição que implica o conhecime...
 
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
Todorov (1978, p. 18) afirma que, assim como prevê a função poética, “a liter...
 
Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...
Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...
Leia o texto a seguir: Sendo titular do poder, o cidadão não exerce participa...
 

Último

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 

Último (20)

Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 

Comunicação Empresarial: Elementos da Comunicação

  • 1. Olá, estudante! Somos da Prime Assessoria Acadêmica e iremos te ajudar nessa atividade! Entre em contato (99) 98525-8486 ATIVIDADE 1 – LOG – COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO – 52/2023 "Comunicação é a transferência de informação e compreensão de uma pessoa para outra. É uma forma de atingir os outros com ideias, fatos, pensamentos, sentimentos e valores. Ela é uma ponte de sentido entre as pessoas, de tal forma que elas podem compartilhar aquilo que sentem e sabem. Utilizando esta ponte, uma pessoa pode cruzar com segurança o rio de mal-entendidos que muitas vezes as separam". SILVA, C. C. da. Comunicação Empresarial: a influência das redes sociais na comunicação interna. 2022. 14 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Administração) — Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, Angical do Piauí, 2022. p. 4. A respeito da comunicação interpessoal, a literatura ressalta que o processo de socialização passa, necessariamente, pela comunicação, como via de transmissão do pensar e da participação social, a partir do que se estabelece na dinâmica social. A partir do exposto, descreva os elementos da comunicação: Emissor, Receptor e Canal.