SlideShare uma empresa Scribd logo

O Sistema Complemento é formado por proteínas presentes no soro e na membrana, as quais são extremamente importantes

Prime Assessoria
Prime Assessoria
Prime AssessoriaProfessor em Unicesumar

51/2023 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – ATIVIDADE 3 ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023 51/2023 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – ATIVIDADE 3

O Sistema Complemento é formado por proteínas presentes no soro e na membrana, as quais são extremamente importantes

1 de 1
Baixar para ler offline
O Sistema Complemento é formado por proteínas presentes no soro e na membrana,
as quais são extremamente importantes no mecanismo de defesa na imunidade inata
e adquirida. Esse sistema fornece uma eficaz proteção contra patógenos e exerce
funções fisiológicas e homeostáticas, como a eliminação de células mortas e a
remoção de complexos imunes.
RELATO DE CASO
Paciente do sexo feminino, 9 anos, parda, procedente de Poá-SP, Brasil, com história
de duas meningites meningocócicas graves, segundo a mãe. O primeiro quadro foi
aos 2 anos, com 33 dias de internação. Durante tal episódio evoluiu com necrose do
hálux, sendo necessária amputação. O segundo quadro ocorreu aos 9 anos,
permanecendo internada por 27 dias. Nesse episódio apresentou necrose em vários
locais e infecção de pele, que evoluíram para queloides.
Os exames imunológicos da paciente mostraram resultados com relação à faixa etária:
imunoglobulinas séricas normais, titulações positivas de anticorpos contra vários
sorotipos de S. pneumoniae, complemento total (CH50) 110 U/mL (valor normal 130 a
330 U/mL), C3 108 mg/dL (valor normal 88 a 201 mg/dL), C4 23 mg/dL (valor normal
16 a 47 mg/dL), C5 sem formação de halo por imunodifusão radial e C5 0,9 mg/L
(valor normal 45 a 190 mg/L) por ELISA.
Fonte: FORTE, W. C. N. et al. Deficiência do componente C5 do complemento
associada a meningites meningocócicas. Brazilian Journal of Allergy and Immunology,
v. 3, n. 1, p. 25-9, 2015. Disponível em: <https://aaai-
asbai.org.br/detalhe_artigo.asp?id=718. Acesso em: 24 de jan. de 2023.
Após a leitura do relato de caso apresentado, responda o que se pede:
a) A paciente do caso em questão foi diagnosticada com deficiência na produção da
proteína C5. Esta deficiência poderia prejudicar o funcionamento adequado do sistema
complemento? Se sim, qual via do sistema complemento seria afetada e por quê?
b) Qual a diferença entre as vias Clássica e Alternativa do sistema complemento?
Anúncio

Recomendados

ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023Unicesumar
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023Unicesumar
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023Unicesumar
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023Unicesumar
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51/2023Unicesumar
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 512023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 512023 ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 512023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 512023 Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51 2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51 2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51 2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51 2023Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51-2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51-2023ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51-2023
ATIVIDADE 3 – FAR – FUNDAMENTOS DA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA – 51-2023Prime Assessoria
 

Mais conteúdo relacionado

Mais de Prime Assessoria

ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.
ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.
ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.Prime Assessoria
 
Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.
Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.
Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.Prime Assessoria
 
Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.
Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.
Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.Prime Assessoria
 
Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...
Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...
Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023Prime Assessoria
 
A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...
A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...
A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...Prime Assessoria
 
4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...
4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...
4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...Prime Assessoria
 
3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...
3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...
3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...Prime Assessoria
 
2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...
2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...
2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...Prime Assessoria
 
1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...
1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...
1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...Prime Assessoria
 
Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...
Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...
Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...Prime Assessoria
 
Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...
Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...
Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023
ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023
ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023Prime Assessoria
 
Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...
Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...
Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...Prime Assessoria
 
As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...
As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...
As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...Prime Assessoria
 
4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...
4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...
4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...Prime Assessoria
 
3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.
3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.
3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.Prime Assessoria
 
2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...
2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...
2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...Prime Assessoria
 
1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...
1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...
1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...Prime Assessoria
 

Mais de Prime Assessoria (20)

ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.
ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.
ATIVIDADE 3 - CCONT - ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - 54 2023.
 
Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.
Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.
Renomeie o arquivo para - TRABALHO DO LUCRO PRESUMIDO - e após corrigir.
 
Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.
Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.
Você deverá refazer todo o trabalho da disciplina referente à atividade.
 
Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...
Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...
Sobre o acabamento superficial, como podemos avaliá-lo em uma peça usinada e ...
 
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
 
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
ATIVIDADE 3 - USINAGEM E CONFORMAÇÃO - 542023
 
A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...
A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...
A disciplina aborda os processos fundamentais envolvidos na fabricação de peç...
 
4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...
4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...
4. Os processos de usinagem são importantes e, muitas vezes, necessários para...
 
3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...
3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...
3. Diferencie os processos de usinagem convencional (torneamento, fresamento ...
 
2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...
2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...
2. A conformação plástica de metais é um processo de fabricação que consiste ...
 
1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...
1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...
1. Calcule o raio de dobramento mínimo para uma chapa de 0,5 mm com alongamen...
 
Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...
Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...
Para realizar o corte, utilizam-se os processos de corte por estampagem e por...
 
Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...
Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...
Descreva resumidamente, em no máximo cinco (05) linhas, a aplicação da ferram...
 
ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023
ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023
ATIVIDADE 3 - MÁQUINAS DE FLUXO - 542023
 
Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...
Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...
Assim, para que os objetivos sejam alcançados, são sugeridos princípios para ...
 
As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...
As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...
As ferramentas gerenciais da qualidade são estabelecidas para auxiliar a empr...
 
4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...
4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...
4 – Dentre as sete (07) ferramentas gerenciais da qualidade, qual você consid...
 
3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.
3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.
3 – Quais são as sete ferramentas gerenciais da qualidade.
 
2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...
2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...
2 – No livro texto foram apresentadas cinco (05) práticas para auxiliar as eq...
 
1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...
1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...
1 – Quais foram as práticas sugeridas para o desenvolvimento das ferramentas ...
 

Último

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfkeiciany
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsAlexandre Oliveira
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 

O Sistema Complemento é formado por proteínas presentes no soro e na membrana, as quais são extremamente importantes

  • 1. O Sistema Complemento é formado por proteínas presentes no soro e na membrana, as quais são extremamente importantes no mecanismo de defesa na imunidade inata e adquirida. Esse sistema fornece uma eficaz proteção contra patógenos e exerce funções fisiológicas e homeostáticas, como a eliminação de células mortas e a remoção de complexos imunes. RELATO DE CASO Paciente do sexo feminino, 9 anos, parda, procedente de Poá-SP, Brasil, com história de duas meningites meningocócicas graves, segundo a mãe. O primeiro quadro foi aos 2 anos, com 33 dias de internação. Durante tal episódio evoluiu com necrose do hálux, sendo necessária amputação. O segundo quadro ocorreu aos 9 anos, permanecendo internada por 27 dias. Nesse episódio apresentou necrose em vários locais e infecção de pele, que evoluíram para queloides. Os exames imunológicos da paciente mostraram resultados com relação à faixa etária: imunoglobulinas séricas normais, titulações positivas de anticorpos contra vários sorotipos de S. pneumoniae, complemento total (CH50) 110 U/mL (valor normal 130 a 330 U/mL), C3 108 mg/dL (valor normal 88 a 201 mg/dL), C4 23 mg/dL (valor normal 16 a 47 mg/dL), C5 sem formação de halo por imunodifusão radial e C5 0,9 mg/L (valor normal 45 a 190 mg/L) por ELISA. Fonte: FORTE, W. C. N. et al. Deficiência do componente C5 do complemento associada a meningites meningocócicas. Brazilian Journal of Allergy and Immunology, v. 3, n. 1, p. 25-9, 2015. Disponível em: <https://aaai- asbai.org.br/detalhe_artigo.asp?id=718. Acesso em: 24 de jan. de 2023. Após a leitura do relato de caso apresentado, responda o que se pede: a) A paciente do caso em questão foi diagnosticada com deficiência na produção da proteína C5. Esta deficiência poderia prejudicar o funcionamento adequado do sistema complemento? Se sim, qual via do sistema complemento seria afetada e por quê? b) Qual a diferença entre as vias Clássica e Alternativa do sistema complemento?